Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Acções

Bruma

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ir para: navegação, pesquisa
Dados de Bruma Bruma2.jpg
Nome: Armindo Tué Na Bangna
Nascimento: 24 de Outubro de 1994
Naturalidade: Guiné-Bissau
Posição: Avançado
Escalão Época Clube Jogos Golos Titulos Internacionalizações
S/15 S/16 S/17 S/18 S/19 S/20 S/21 AA Golos
Iniciados 2007/08 SPORTING
Iniciados 2008/09 SPORTING 31 34 Campeonato Regional 3 3
Juvenis 2009/10 SPORTING 24 13 1 14 2 7
Juniores 2010/11 SPORTING 33 15 5 13 2
Juniores 2011/12 SPORTING 34 21 Campeonato Nacional 13 3
Juniores 2012/13 SPORTING 0 0 6 7
Total = 3 1 19 2 32 22
2ª Liga 2012/13 SPORTING B 25 7 6 5
1ª Liga 2012/13 SPORTING 13 1
1ª Liga 2013/14 Galatasaray 1 1
1ª Liga 2014/15 Galatasaray
Total B= 25 7
Total = 13 1 6 1 28

Armindo Tue Na Bangna, mais conhecido por Bruma, foi desde muito cedo apontado como um dos mais promissores jovens jogadores da Academia Sporting.

Tendo chegado ao Sporting Clube de Portugal na temporada de 2007/08, vindo do União Desportiva Internacional de Bissau, Bruma demonstrou ser um avançado muito rápido, de grande técnica e com uma excelente capacidade de finalização. Estas características permitiam-lhe encarar sem medo os adversários, apostando no um para um e jogando preferencialmente como um extremo que procura diagonais para o centro do relvado.

Com apenas 15 anos, e com um longo caminho a percorrer na sua formação, Bruma foi apontado pela imprensa britânica como sendo um dos alvos preferenciais do Chelsea Football Club, chegando a ser considerado o novo Cristiano Ronaldo, e a verdade é que tal como este, desde muito cedo que começou a queimar etapas na sua formação.

Naturalizou-se português e no seu primeiro ano de Juvenil já era titular indiscutível da equipa principal do Sporting dessa categoria e, jogava na Selecção Nacional de sub-17, tendo inclusivamente participado no Europeu desse escalão, realizado no Liechtenstein em 2010, onde foi o jogador mais novo a pisar os relvados, para além de ter feito nessa época um jogo pela equipa nacional de sub-18.

Em 2010 foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria "Academia Sporting", depois de ter assinado o seu primeiro contrato como profissional, no meio de alguma polémica, devido ao interesse que continuava a despertar entre os "tubarões" do futebol europeu.

Na época de 2010/11 ainda com idade de Juvenil, passou a jogar nos Juniores e na Selecção sub-19, que representou no Europeu de 2012, disputado na Estónia, depois de ter conquistado o seu primeiro titulo de Campeão Nacional ao serviço do Sporting.

Na temporada de 2012/13 apesar de ainda ser Júnior, foi integrado na Equipa B, um projecto que o Sporting retomou nessa altura, assegurando de imediato a titularidade e tornando-se numa das principais figuras de uma equipa que fez uma excelente época.

Com a chegada do Professor Jesualdo Ferreira ao comando da primeira equipa do Sporting ainda nessa temporada, Bruma foi definitivamente integrado no plantel principal, fazendo a sua estreia, e logo como titular, num jogo frente ao Marítimo a contar para o Campeonato Nacional.

Agarrou a oportunidade e daí para a frente jogou sempre, confirmando ser um verdadeiro diamante por lapidar e voltando a despertar o interesse de grandes clubes europeus, numa altura em que a renovação do seu contrato estava em cima da mesa, num processo que arrastava já há algum tempo e que o recém empossado Presidente Bruno de Carvalho tudo fez para resolver antes do final da temporada, mas sem êxito.

Foi nesta situação de indefinição contratual com o Sporting que seguiu para o Mundial de sub-20 que se disputou em Julho de 2013 na Turquia, onde foi uma das grandes figuras, marcando 5 golos em 4 jogos, aguçando ainda mais o interesse dos "tubarões" do futebol europeu, daí que ao regressar a Portugal foi induzido pelos seus representantes a entrar com um processo de nulidade do seu contrato, não comparecendo em Alcochete para os trabalhos da pré temporada que já decorriam.

Depois de muita polémica, a CAP da Liga Portuguesa de Futebol indeferiu as pretenções do jogador, considerando válido o contrato que ligava Bruma ao Sporting até ao final da época de 2013/14, mas mesmo assim o atleta continuou sem se apresentar na Academia, tentando forçar a saída.

No inicio de Setembro de 2013, a Sporting SAD chegou a acordo com o Galatasaray, para a transferência de Bruma pelo montante fixo de 10 milhões de euros com uma variável de mais 3 milhões de euros, dependente da prestação desportiva do clube turco, mantendo o Sporting a titularidade de 25% da mais-valia numa futura transferência do jogador e o direito de preferência em caso de venda ou empréstimo. Para trás ficaram apenas 13 jogos oficiais disputados ao serviço da equipa principal do Sporting, nos quais marcou 1 golo.

Assim Bruma assinou com o Galatasaray um contrato válido por 5 épocas, recebendo 1 milhão de euros como prémio de assinatura e ficando a auferir mais de 1 milhão de euros por cada temporada, valores que explicam a sua súbita vontade de sair do Sporting, e as pressões a que foi sujeito nesse sentido, da parte do seu tutor e do seu representante legal.

No dia 15 de Janeiro sofreu uma rotura no ligamento cruzado anterior do joelho direito que o obrigou a uma longa paragem, o que motivou que o Galatasaray o tivesse emprestado ao Gaziantepspor, para abrir mais uma vaga para um estrangeiro no seu plantel, embora nunca tenha jogado nesse clube.

To-mane 21h16min de 2 de Setembro de 2014 (WEST)