Skip to main content
Época anterior:
Atletismo 1957
Época seguinte:
Atletismo 1959

Ultrapassagem ao Benfica

No inicio do novo ano, Manuel Faria repetiu a proeza de ganhar a São Silvestre de São Paulo, calando as bocas dos mais incrédulos, porque desta vez derrotou o russo Vladimir Kutz, que era o então campeão olímpico e Recordista Mundial dos 5000 e 10000m, sendo assim elevado à condição de grande herói da comunidade portuguesa no Brasil, a quem dedicou mais esta vitória.

No Corta Mato Joaquim Ferreira foi Campeão Regional, numa corrida emocionante, em que conseguiu recuperar um atraso de cerca de 30 metros em relação ao benfiquista José Araújo, que comandava a prova depois da inesperada desistência por indisposição, de Manuel Faria, numa competição onde o Sporting recuperou o titulo colectivo.

Nos Nacionais tudo voltou à normalidade, com a 4ª vitória consecutiva de Manuel Faria, e o 2º lugar na competição por equipas, que já escapava ao Sporting desde 1952, enquanto nos Juniores emergia uma nova figura do Atletismo leonino: Armando Aldegalega, que se sagrou Campeão Nacional da categoria.

No Crosse das Nações disputado em Cardiff, Portugal repetiu o 4º lugar do ano anterior, apesar da prestação menos conseguida de Manuel Faria, que desta vez nem foi o melhor português, mas a presença de 4 atletas leoninos na Selecção, já indiciava o regresso do Sporting ao domínio desta especialidade.

Na Pista o Sporting sagrou-se tri-Campeão Regional no sector masculino, onde uma equipa constituída por Dias Santos, Manuel Marques, Rogério Gonçalves e Marques da Silva, estabeleceu um novo Recorde Nacional da estafeta não homologada dos 4x1500m, com o tempo de 16,32,2m, que cerca de três meses depois seria melhorado por outra equipa do Sporting, com Manuel Faria no lugar de Rogério Gonçalves, fixando então o novo Recorde em 16,19,7m.

As senhoras também conseguiram bater um Recorde Nacional, neste caso o da estafeta dos 4x100m, mas mais uma vez o título colectivo foi para o Belenenses, o mesmo acontecendo nos Campeonatos de Portugal, onde as atletas leoninas conseguiram apenas 2 vitórias.

Nos Campeonatos Nacionais o Sporting também foi tri-Campeão, com 10 vitorias dos seus atletas, conquistando o seu 10º titulo desde que a competição por equipas era oficialmente reconhecida, e com esta vitória os Leões voltaram a ultrapassar o rival Benfica, na soma total de Campeonatos ganhos, uma vantagem que dali para a frente foi aumentando tendencialmente.

Em termos individuais Manuel Faria a Manuel Mendes repetiram o duplo êxito da temporada anterior, enquanto Manuel da Silva conquistava o 29º e último título da sua brilhante carreira, que era simultaneamente o seu 9º no Lançamento do Peso.

Entre as figuras emergentes, destacaram-se Valentim Baptista e Joaquim Ferreira, que bateram os Recordes Nacionais dos 400m e 3000m obstáculos, surgindo como os emblemas de uma renovação da equipa, que estava em curso, isto num ano em que Portugal se fez representar no Europeu de Atletismo, apenas pelo Maratonista José Araújo, o que deixou os atletas do Sporting de fora dessa grande competição.

Há ainda a salientar a vitória do Sporting na Estafeta Guincho-Algés, que durante algum tempo substituiu a tradicional corrida entre Cascais e Lisboa, com a equipa leonina a ser constituída por Joaquim Ferreira, Manuel Faria, Albino Neves, Manuel Marques e Dias Santos.

To-mane 19h43min de 12 de Março de 2012 (WET)

Vitórias do Clube

Competição Escalão Especialidade Observações
Campeonato Regional Seniores Masculinos Corta Mato
Corta Mato dos 10 Masculinos Corta Mato
Campeonato Nacional Seniores Masculinos Pista CO
Campeonato Regional Seniores Masculinos Pista
Estafeta Guincho-Algés Seniores Masculinos Estrada CNO

Legenda
CO=Competição Oficial; CNO=Competição não Oficial; CP=Competição Particular

Campeonato Nacional de Corta Mato

Classificação individual

Posição Atleta Marca Observações
Manuel Faria
Dias Santos
Joaquim Ferreira
Júlio do Carmo
João Pinto
Álvaro Conde

Classificação por equipas

Posição Clube Pontos
Benfica
SPORTING

Atletas Campeões Nacionais

Atleta Prova Marca Observações
Manuel Faria Corta Mato
Marques da Silva 800m 2,00,2m
Dias Santos 1500m 3,58,9m RCP
Manuel Faria 5000m 14,43,4m RCP
Manuel Faria 10000m 31,53,2m
Pedro de Almeida 110m barreiras 15,6s
Joaquim Ferreira 3000m obstáculos 9,28,4m RCP
Eugénio Lopes Triplo Salto 14,35m
Manuel da Silva Lançamento do Peso 12,55m
Manuel Mendes Lançamento do Disco 41,38m
Manuel Mendes Lançamento do Dardo 55,77m
Ludovina Costa 100m 13,6s
Ruth Lara Salto em Altura 1,28m

Legenda
RCP=Recorde dos Campeonatos de Portugal, RN=Recorde Nacional

Recordes Nacionais

Atleta Prova Marca Competição Data
Valentim Baptista 400m 49,1s 13-07-1958
Ludovina Costa 4x100m 56,5s Campeonato Regional 16-08-1958
Ruth Lara 4x100m
Fernanda Costa 4x100m
Preciosa Costa 4x100m
Joaquim Ferreira 3000m obstáculos 9,16,8m 20-09-1958

Atletas em competições internacionais

Atleta Competição Prova Fase Clas. Marca
Manuel Faria São Silvestre de São Paulo Estrada
Manuel Faria Crosse das Nações Corta Mato 24º
Dias Santos Crosse das Nações Corta Mato 38º
Joaquim Ferreira Crosse das Nações Corta Mato 41º
Armando Aldegalega Crosse das Nações Corta Mato 55º