Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Atletismo 1942

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Época anterior:
Atletismo 1941
Época seguinte:
Atletismo 1943

Um Campeonato usurpado

Índice

Domínio total no Crosse A época de 1942 ficou marcada pela cada vez mais intensa rivalidade entre Sporting e Benfica, que desta feita acabou com muita polémica.

A temporada principiou com o Sporting a dominar por completo as competições de Corta Mato. Manuel Nogueira começou por confirmar a sua condição de favorito nesta especialidade, vencendo o Crosse de Abertura e o Crosse dos Quatro, mas no Crosse dos Dez sofreu uma queda e lesionou-se, agravando a situação ao teimar em concluir a prova. Quem aproveitou foi Aníbal Barão, que ganhou essa corrida e o Grande Prémio de Lisboa que se seguiu.

Nos Campeonatos Regionais, o Sporting continuou a dominar, ganhando por equipas nos Juniores e nos Seniores. Alberto Ferreira que até poderia ter participado na prova dos Principiantes, sagrou-se Campeão Regional Júnior, com grande à vontade, confirmando-se como a revelação deste inicio de época. Na prova principal Manuel Nogueira regressou à competição, mas foi 2º classificado atrás de Aníbal Barão, que estava em grande forma. Salvador Antunes fechou a equipa do Sporting no 3º lugar, consumando mais uma vitória esmagadora dos Leões.

Os Campeonatos Nacionais de Corta Mato não foram muito diferentes dos Regionais. Alberto Ferreira voltou a vencer com facilidade a corrida dos Juniores, embora desta vez o Sporting não tenha conseguido ganhar por equipas. Nos Seniores havia alguma expectativa, depois da vitória de Aníbal Barão sobre Manuel Nogueira nos Regionais, um desfecho que se repetiu numa competição que decorreu nos terrenos do Lumiar, só que desta vez Nogueira quedou-se pelo 4º lugar, sendo mesmo ultrapassado por Salvador Antunes, que repetiu a 3ª posição dos Regionais.

Em Abril Manuel Nogueira ganhou uma corrida de 15Km, que serviu para abrir a época de Estrada, seguindo-se a Estafeta Cascais-Lisboa, que o Sporting Clube de Portugal ganhou pela 2ª vez na sua história, com uma equipa constituída por José Gaspar, Salvador Antunes, Aníbal Barão, Alberto Ferreira e Manuel Nogueira. No Regional de Fundo, Anacleto Gomes foi o único representante do Sporting, terminando a prova no 2º lugar.

Nos Campeonatos Regionais de Pista, o Sporting foi o clube com mais títulos conquistados na categoria de Estreantes, com 5 vitórias obtidas por Manuel Núncio nos 60m, Alberto Ferreira nos 2000m, João Mendonça no Salto em Comprimento, Carlos Ferreira no Lançamento do Disco e Amaral Cardoso no Lançamento do Peso. Nos Principiantes, os atletas leoninos ganharam três títulos, por intermédio de Amaral Cardoso no Salto com Vara e no Lançamento do Disco e de João Durães no Salto em Altura.

Nos Juniores, o Sporting foi o grande vencedor, quer nos Regionais, quer nos Nacionais. Nos Campeonatos de Lisboa, os atletas leoninos conquistaram 10 dos 15 títulos em disputa, numa demonstração de inequívoca superioridade, consumada nas vitórias de Manuel Núncio nos 80m, João Castilho nos 300m, Herlander Paixão nos 1000m, João Durães no Salto em Altura, Augusto Cabral no Salto com Vara, Amaral Cardoso no Lançamento do Disco, Anselmo Pereira no Lançamento do Dardo e das estafetas dos 5x80m, 3x300m e 3x1000m.

Nos Campeonatos Nacionais de Juniores, o Sporting confirmou a sua superioridade, voltando a vencer, desta vez com 8 títulos conquistados pelos seus atletas, contra 4 dos do Benfica. Manuel Núncio nos 80m e 150m, Jorge Azevedo nos 1000m, João Durães no Salto em Altura, Anselmo Pereira no Lançamento do Dardo e as equipas das estafetas dos 5x80m, 3x300m e 3x1000m, foram os Campeões Nacionais do Sporting.

Nos Campeonatos Regionais absolutos, já com a presença das raparigas, o Sporting triunfou em toda a linha, terminando em 1º lugar nas classificações colectivas em masculinos e femininos. A superioridade das Leoas foi esmagadora, com Olga Ribeiro a ganhar as corridas dos 60m, 150m e 80m barreiras, Ester Cabral a vencer os saltos em Altura e em Comprimento e Ester Ramos a triunfar nos lançamentos do Disco e do Dardo, em ambos os casos com novos Recordes Nacionais. A estas vitórias há ainda a juntar mais uma, na estafeta dos 3x60m, pelo que apenas escapou ao Sporting o título do Lançamento do Peso.

No sector masculino a luta com o Benfica foi cerrada, com os atletas do Sporting a ganharem 11 títulos, contra 9 dos seus rivais, havendo ainda a registar uma vitória para o Belenenses e outra para o Carcavelinhos. Os Campeões de Lisboa do Sporting foram: Fernando Lourenço nos 100m, Francisco Bastos nos 800m e nos 1500m, Manuel Oliveira no Salto em Comprimento, Santos Ruivo no Lançamento do Peso, Amaral Cardoso no Lançamento do Disco, Manuel da Silva no Lançamento do Martelo e as equipas das estafetas dos 4x100m, dos 4x400m, dos 4x800m e dos 4x1500m. A polémica chegada dos 100m nos Nacionais Os Campeonatos Nacionais disputaram-se a 1 e 2 de Agosto, no Estádio do Lima no Porto, onde mais uma vez se assistiu a uma animada disputa entre Sporting e Benfica. No final da 1ª jornada a vantagem estava do lado dos vermelhos e cifrava-se em 5 pontos, registando-se apenas duas vitórias para os atletas leoninos. No entanto no domingo as coisas melhoraram para o Sporting, de tal forma que se chegou à última prova, a estafeta dos 4x100m, ainda com tudo em aberto, mas o Benfica ganhou surpreendentemente essa corrida decisiva e assim os dois velhos rivais terminaram empatados com 64 pontos, sendo o titulo atribuído aos benfiquistas que tinham ganho 9 provas, contra 6 vitórias dos Leões.

No entanto a verdade é que a vitória de Luís Alcide no Triplo Salto foi conseguida com um ensaio irregular, pelo que o atleta do Benfica deveria ter ficado no 3º lugar, enquanto na corrida dos 100m foi atribuída a 3ª posição a Manuel Núncio, quando as fotografias posteriormente publicadas nos jornais da época, demonstraram que o atleta leonino tinha sido 2º, logo atrás do seu companheiro de equipa Fernando Lourenço.

Qualquer uma destas situações se devidamente ajuizada, teria dado o título por equipas ao Sporting, o que levou os Directores leoninos a afirmarem: "Mais uma vez como tantas, nos foi anexada uma Taça que ganhámos regularmente no campo"

Os destaques individuais da competição foram para Francisco Bastos que conquistou os títulos dos 400 e 800m e para Santos Ruivo, com mais uma vitória no Lançamento do Peso, que para ele era a sétima.

No final de Agosto realizou-se pela primeira vez em Portugal uma prova de Decatlo. A competição decorreu nas Salésias, contando com a presença de 7 atletas, 3 dos quais representando o Sporting. Destes, Amaral Cardoso foi o melhor classificado, concluindo as 10 disciplinas no 4º lugar, com 2330 pontos. Romeu Correia e um tal de Moniz Pereira, foram os outros Leões que participaram nesta prova.

To-mane 17h20min de 18 de Fevereiro de 2012 (WET)

Vitórias do Clube

Competição Escalão Especialidade Observações
Crosse de Abertura Estreantes Masculinos Corta Mato CNO
Crosse de Abertura Juniores Masculinos Corta Mato CNO
Crosse de Abertura Seniores Masculinos Corta Mato CNO
Crosse dos Quatro Seniores Masculinos Corta Mato CNO
Crosse dos Dez Seniores Masculinos Corta Mato CNO
Grande Prémio de Lisboa Seniores Masculinos Corta Mato CNO
Campeonato Nacional Seniores Masculinos Corta Mato CO
Campeonato Regional Seniores Masculinos Corta Mato CO
Campeonato Regional Juniores Masculinos Corta Mato CO
Estafeta Cascais-Lisboa Masculinos Estrada CNO
Campeonato Nacional Juniores Masculinos Pista CO
Campeonato Regional Seniores Masculinos Pista CO
Campeonato Regional Seniores Femininos Pista CO
Campeonato Regional Juniores Masculinos Pista CO
Taça Belenenses Masculinos Pista CP
Torneio do Barreirense Estreantes Masculinos Pista CP
Torneio da Parede Seniores Masculinos Pista CP

Legenda
CO=Competição Oficial; CNO=Competição não Oficial; CP=Competição Particular

Campeonato Nacional de Corta Mato

Classificação individual

Posição Atleta Marca Observações
Aníbal Barão 26,55m
Salvador Antunes
Manuel Nogueira
António Marques
Ladislau Dias
Anacleto Gomes Desistiu

Classificação por equipas

Posição Clube Pontos
SPORTING 8
Benfica 13

Campeonato Nacional de Atletismo - Masculinos

Classificação por equipas

Posição Clube Pontos
Benfica 64
SPORTING 64

Atletas Campeões Nacionais

Atleta Prova Marca Observações
Aníbal Barão Corta Mato 26,55m
Fernando Lourenço 100m 11,2s
Francisco Bastos 400m 52,5s
Francisco Bastos 800m 2,02,1m
António José Pereira 110 barreiras 16,5s
Santos Ruivo Lançamento do Peso 12,25m
António Calado 4x400m 3,37,9m
Alberto Afonso 4x400m
João Jacinto 4x400m
Francisco Bastos 4x400m

Legenda
RCP=Recorde dos Campeonatos de Portugal, RN=Recorde Nacional

Recordes Nacionais

Atleta Prova Marca Competição Data
Ester Ramos Lançamento do Disco 33,65m Campeonatos Regionais 19-07-1942
Ester Ramos Lançamento do Dardo 26,15m Campeonatos Regionais 19-07-1942
Alberto Afonso 4x800 8,28,0m Campeonatos Regionais 16-08-1942
Jorge Azevedo 4x800 8,28,0m Campeonatos Regionais 16-08-1942
António Calado 4x800 8,28,0m Campeonatos Regionais 16-08-1942
Francisco Bastos 4x800 8,28,0m Campeonatos Regionais 16-08-1942