Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

Academia Sporting

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

A aposta na juventude

Índice

Vista aérea da Academia Sporting

Desde sempre que o Sporting apostou nos seus jovens, iniciando e construindo uma longa tradição de Clube formador, de tal maneira que hoje a imagem de marca do Sporting é a excelência dessa formação.

Os primeiros títulos no futebol aconteceram em 1911 quando o Sporting ganhou o Campeonato de Lisboa da 4ª categoria, uma espécie de juvenis da altura, e logo com 21 vitórias em 22 jogos, feito que repetiria no ano seguinte.

Foi nesses escalões que se iniciaram jogadores históricos desses tempos como Francisco Stromp, António Stromp, Jorge Vieira, Jaime Gonçalves e Torres Pereira, entre outros.

Em 1939 o Sporting ganhou o primeiro Campeonato Nacional de Juniores disputado em Portugal, e ao longo dos anos vários foram os grandes jogadores oriundos das camadas jovens leoninas, entre os quais se destacaram nomes como Manecas, Octávio Barrosa, Pedro Gomes, Vítor Damas, Bastos e Laranjeira.

No entanto, foi a partir de meados dos anos setenta que esse movimento passou a ser regular, e daí para a frente em quase todas as temporadas foram promovidos alguns juniores à equipa principal e regra geral, pelo menos um acabava por se impor.

Inácio, Barão, Freire, Virgílio, Ademar, Mário Jorge, Carlos Xavier, Venâncio, Morato, Futre, Litos, Fernando Mendes, Jorge Cadete, Paulo Torres, Figo, Peixe, Dani, Caneira, Beto, Simão, Carlos Martins, Quaresma, Hugo Viana e Cristiano Ronaldo são nomes que todos os sportinguistas conhecem e que saíram das escolas do Sporting, cujo prestígio e tradição aumentavam de ano para ano.

Uma das vertentes do chamado Projecto Roquete passava pela optimização dos conhecimentos e práticas adquiridas durante décadas na formação de jogadores, apontando como grande instrumento de trabalho a construção de um espaço que servisse não apenas para os treinos e estágios da equipa principal, mas também para acolher, em regime de internato, os jovens descobertos pela rede de olheiros coordenada pelo Mestre Aurélio Pereira e trabalhá-los de forma cientifica e sistematizada, preparando-os para a equipa principal.

To-mane 17h58min de 23 de Setembro de 2008 (UTC)

O surgimento da Academia Sporting

Pormenores da Academia: vista aérea, refeitório, quarto, auditório e hidromassagem

Assim, a 21 de Junho de 2002 foi inaugurada a Academia Sporting, um complexo desportivo com 250 mil metros quadrados, o primeiro com esta envergadura e qualidade feito em Portugal e um dos mais modernos e melhor equipados da Europa, construído no meio de uma mata de sobreiros e portanto situado num ambiente verde e tranquilo, ideal para a prática desportiva.

No entanto os primeiros treinos em Alcochete tinham sido realizados no dia 22 de Janeiro, abrangendo inicialmente apenas as equipas Juniores e BB, situação que foi sendo progressivamente alargada aos outros escalões. No dia 15 de Fevereiro iniciou-se a ocupação das instalações pelos atletas que ficariam em regime de internato, pelo que a época de 2001/02 foi um período de transição para uma nova realidade, mas ainda sem jogos disputados na Academia, por faltar a homologação dos campos. Finalmente a equipa principal só em Abril é que começou a trabalhar em Alcochete

A Academia Sporting dispõe de cinco campos de futebol com relva natural e dimensões de 110x70 metros, um campo de relva sintética com 90x70 metros e um recinto coberto equipado com piso sintético de 60x40 metros.

O campo principal tem o apoio de bancadas com capacidade para mil espectadores, parcialmente cobertas e balneários para visitante, visitado e equipas de arbitragem.

O Centro de Futebol do Sporting dispõe de um centro médico, dois amplos ginásios dotados com a mais moderna aparelhagem, tanques de hidromassagem, banho turco e balneários.

As vastas dimensões do espaço onde foi construída a Academia Sporting permitem a utilização de, aproximadamente, 120 mil metros quadrados de matas como espaços de lazer e zonas de corrida.

Um tanque de hidroterapia, também utilizado como piscina de lazer, e um campo polidesportivo ao ar livre completam o leque das infra-estruturas desportivas disponíveis.

A Academia Sporting dispõe ainda de um edifício central com 11 mil metros quadrados de área coberta, com 91 quartos totalmente equipados e com varanda, 18 dos quais duplos e disponíveis para alugar.

No edifício funcionam ainda dois refeitórios, salas de estar equipadas com jogos, cozinha e rouparia.

O edifício central da Academia Sporting está dotado também de um moderno auditório com 70 lugares e capacidades multimédia.

O complexo desportivo do futebol do Sporting dispõe de sala de conferência de imprensa e sala de imprensa equipadas com as funcionalidades adequadas às exigências da moderna sociedade de informação.

O espaço da Academia integra ainda áreas de estacionamento e garagem em condições para acolher autocarros.

Todo o complexo desportivo está completamente vedado e protegido por um sistema de videovigilância e detecção de intrusão e a entrada é feita através de um portão com tele-vigilância e uma portaria em funcionamento permanente.

Este é o local de trabalho de todo o futebol leonino, ao serviço da preparação e dos estágios da equipa profissional e de todos os escalões de formação a partir dos 13 anos de idade e onde está instalada a nova linha de produção de talentos do Sporting. Daqui já saíram nomes comoCristiano Ronaldo, João Moutinho, Nani, Miguel Veloso, Yannick Djaló, Rui Patrício, Carriço, Adrien Silva, Cédric Soares, André Martins, Bruma, William Carvalho e Carlos Mané que são apenas os primeiros de uma lista que se prevê interminável.

Em 2007 o Sporting celebrou um contrato de publicidade com uma conhecida marca de artigos desportivos e "a menina dos olhos" dos sportinguistas passou a chamar-se Academia Sporting / Puma.

Em 2010 a Academia Sporting é a primeira na Europa a receber o certificado de qualidade ISO9001:2008, atribuído pela EIC (Empresa Internacional de Certificação e Reconhecimento do Modelo de Excelência, da European Foundation for Quality Management), um feito histórico assinalado numa cerimónia a 19 de Janeiro desse ano. A Academia vai continuar a ser avaliada externamente e terá como objectivo continuar a ser reconhecida, ano após ano.

To-mane 17h58min de 23 de Setembro de 2008 (UTC)

Os primeiros anos

Mesmo antes da Academia de Alcochete ter sido construída e inaugurada já o Sporting tinha a fama e o proveito da excelência da sua formação, de onde saíam regularmente jogadores para a equipa principal, alguns dos quais destinados a atingirem o topo do futebol mundial.

No entanto, apesar dessa linha de produção de talentos, nem sempre os resultados desportivos das equipas das camadas jovens do Clube corresponderam às expectativas geradas pela qualidade individual dos jogadores que as constituíam.

Nessa matéria a Academia foi um ponto de viragem, e a partir daí o Sporting, para além de continuar a produzir jogadores para a sua equipa sénior, passou também a conquistar regularmente os títulos em disputa nos escalões de formação, assumindo a liderança nesse sector, materializada com a conquista de 11 Campeonatos Nacionais em 18 possíveis, nas primeiras seis temporadas de trabalho em Alcochete.

Actualmente, por norma os iniciados e juvenis de 1º ano competem nos Campeonatos Regionais, enquanto os de 2º ano disputam os Nacionais, embora os melhores possam queimar algumas dessas etapas.

Nos Juniores já só há uma equipa, pelo que é aí que se faz a primeira triagem, e onde só chegam os melhores, dos quais poucos passam directamente para o plantel principal, e apenas alguns são emprestados para rodarem noutros clubes nos primeiros anos de seniores, numa transição nem sempre fácil e para a qual a as Equipas B inseridas na 2ª Liga, foram a solução encontrada, depois de uma experiência fracassada na 2ª Divisão B e da Liga Intercalar, que também não vingou To-mane 12h50min de 20 de Dezembro de 2008 (WET)

A expansão da Academia Sporting

A Academia Sporting foi um sucesso imediato em todas as suas vertentes, de tal forma que a sua expansão era inevitável, e foi assim que em 2006 arrancou o Projecto Escolas de Futebol Academia Sporting liderado por Diogo Matos, com o objectivo de levar a todo o país o saber acumulado pelo Clube nesta área, onde o Sporting é reconhecido com sendo um dos melhores do mundo, e daí que em 2009 tenham sido dados os primeiros passos no sentido dessa expansão também se estender ao estrangeiro, com os acordos firmados com o Bloemfontein Celtic da África do Sul e o Santos FC de Angola.

To-mane 19h30min de 22 de Maio de 2009 (WEST)

Escolas Academia Sporting

Aprende com os melhores!

Com a criação de uma rede de Escolas de Futebol Academia Sporting para crianças entre os 5 e os 14 anos e espalhadas por todo o País, o Sporting pretende não só detectar talentos, mas também contribuir para a formação desportiva dos jovens portugueses, e incutir-lhes a cultura de um Clube centenário.

Assim o Sporting associando-se a escolas de futebol já existentes, ou a outras que sejam formadas para o efeito, fornece-lhes a sua experiência e saber acumulados e a imagem da sua marca de qualidade ímpar, coordenando um trabalho sistematizado dentro dos moldes pré estabelecidos pela Academia Sporting, esperando mais tarde colher frutos desse investimento.

O projecto arrancou com quatro escolas - Clube Internacional de Futebol (CIF), que tem como director Carlos Xavier, a escola 4x4x2, situada na Alta de Lisboa, a Indoorfut de Corroios, e a FUTIndoor de Setúbal - mas o interesse depressa cresceu por todo o País, e hoje de Viana do Castelo ao Algarve, já são mais de vinte as Escolas Academia Sporting, que movimentam milhares de crianças, algumas das quais já foram integradas nas equipas jovens do Sporting.

Entretanto já se tornou numa tradição a realização de um encontro das escolas no final de cada época, que se transformou numa enorme festa pintada de verde e branco, onde os miúdos podem conviver com os craques da equipa principal, e jogar no relvado do Complexo Alvalade XXI.

To-mane 19h30min de 22 de Maio de 2009 (WEST)

A Academia Sporting no estrangeiro

Em Fevereiro de 2009 foi oficialmente lançada a Academia Sporting África, que deveria ter sido construída em terrenos situados perto do aeroporto de Bloemfontein, prevendo quatro campos relvados, um campo de relva artificial, um ginásio, balneários, centro médico, alojamento para jogadores e treinadores, estruturas de apoio logístico e administrativo e escolar, sala de conferências, auditório e cantina. No entanto o projecto não passou do papel.

Em Abril de 2009 foi assinado um protocolo com o Santos FC de Angola que previa a criação de uma Academia naquele país, onde se deveria trabalhar utilizando o modelo de formação da Academia de Alcochete, com o Sporting a comprometer-se a prestar apoio nas áreas de formação técnica, desportiva, documentação e promoção. Mas mais uma vez o projecto não vingou.

A 24 de Abril de 2010 José Eduardo Bettencourt inaugurou em Toronto, Canadá, a primeira Escola Academia Sporting fora de território nacional, numa parceria com o Sporting Clube Português de Toronto.

A 9 de Junho de 2010 o Sporting assinou um contrato de Consultoria em Formação Desportiva com o Al-Ahli, da Arábia Saudita. Uma parceria com a duração de três anos, que previa a implementação de um programa de desenvolvimento desportivo ao nível dos escalões de formação do Al-Ahli, envolvendo a intervenção de toda a estrutura do futebol de formação da Academia Sporting.

Em 21 de Janeiro de 2011 o Sporting anunciou um acordo de parceria para exploração e desenvolvimento da Academia Sporting na República Popular da China e na Região Administrativa Especial de Macau.

To-mane 19h30min de 22 de Maio de 2009 (WEST)

A Formação Época a Época

2002/03 · 2003/04 · 2004/05 · 2005/06 · 2006/07 · 2007/08 · 2008/09 · 2009/10 · 2010/11 · 2011/12 · 2012/13 · 2013/14