Wiki Sporting - a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes

A maldição na Taça Latina

Da Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Lisboa engalanou-se de verde e branco para receber a quinta edição da Taça Latina, e o Sporting de Randolph Galloway, que acabara de conquistar o seu segundo tri-campeonato, desistira da Taça de Portugal para se concentrar totalmente na conquista de um troféu que teimava em escapar-lhe.

A competição arrancou no dia 4 de Junho de 1953 no Estádio Nacional. Frente a frente Milan e Sporting que, já sem Jesus Correia, alinhou com: Carlos Gomes; Caldeira e Joaquim Pacheco; Passos, Armando Barros e Juca; Mendonça, Travassos, João Martins, Vasques e Albano.

O jogo começou da pior forma para os Leões com a lesão grave de Joaquim Pacheco, que o deixou um ano fora de combate e ao Sporting com menos um elemento logo no início do jogo.

Apesar da adversidade, os Leões não se intimidaram e chegaram à vantagem por intermédio de Vasques, mesmo em cima do intervalo.

A perder e com mais um elemento, o Milan, onde pontificavam os suecos Nordahl e Lindholm, reentrou com tudo e entre os 65 e os 70 minutos, Nordahl virou o resultado.

Oito minutos depois, penalti contra o Sporting e tudo parecia perdido, mas Carlos Gomes defendeu o remate de Lindholm, mantendo vivas as esperanças dos Leões. No último minuto, João Martins empatou, para loucura dos milhares de sportinguistas que enchiam o Jamor.

Chegou-se assim ao prolongamento e, logo a abrir, João Martins bisou. De repente, e não se percebendo de onde surgira, um lagarto cruzou o relvado, havendo logo quem o tomasse como amuleto que levaria os sportinguistas à vitória...mas não. Quando tudo parecia encaminhar-se para que o milagre se consumasse, a 4 minutos do fim, Lindholm, de forma irregular, empatou o jogo outra vez, obrigando as equipas a disputar mais 10 minutos de um segundo prolongamento.

A fatalidade consumar-se-ia no último minuto, com um golo de Frigani que transformou o Vale do Jamor num vale de lágrimas, confirmando a má sina do Sporting nesta competição que nunca ganhou e pela qual tanto lutou. Do outro lado, alegria exuberante dos italianos e o elogio do adversário que se batera com bravura: "Sporting, buona squadra".

No fim, ficou a consolação do 3º lugar obtido com uma vitória sobre o Valência por 4-1, com Vasques e João Martins a marcarem, cada um, dois golos. Em relação ao primeiro jogo, houve mudanças na equipa leonina: Galileu jogou a extremo-direito, João Martins derivou para o eixo do ataque e saiu Mendonça. Na defesa, Vicente jogou em vez de Joaquim Pacheco. Na Final, o Milan viria a perder por 3-0 com o Reims do famoso Coppa.


To-mane 18h52min de 20 de Outubro de 2008 (WEST)