Skip to main content

Campeões de Lisboa a triplicar

Futebol1934-35.jpg

Esta temporada ficou marcada pela introdução de uma nova competição no calendário nacional, o Campeonato da Liga que se realizou pela primeira vez a título experimental, obrigando à redução do Campeonato Regional, que passou a ser disputado apenas por 6 clubes, de forma a terminar no final do ano.

Filipe dos Santos regressou ao Sporting para substituir Rudolf Jeny no cargo de treinador e a linha avançada voltou a ser alvo de mexidas. Foram lançados o extremo direito Rui Carneiro e o interior esquerdo Ferdinando, enquanto de Vila Franca chegou Francisco Lopes outro dianteiro.

O Campeonato de Lisboa não começou da melhor forma para o Sporting, que à 4ª jornada estava no penúltimo lugar, já com duas derrotas e apenas uma vitória, o que numa prova tão curta parecia um atraso irrecuperável. Mas dali para a frente a equipa encarreirou e na 9ª jornada quando o União de Lisboa que liderava a competição, sofre uma derrota, Sporting, Belenenses e Benfica passam para a frente da classificação todos com os mesmos pontos, o que perspectivava a necessidade de uma poule de desempate, um cenário que se confirmaria.

No entanto o União de Lisboa protestou o jogo da última jornada, o que deu origem a um novo imbróglio que obrigou à repetição do encontro e à interrupção da "poule" final, em que o Sporting começara por derrotar o Benfica por 2-1, ao que se seguiu uma vitória deste clube sobre o Belenenses por 2-0.

Assim o Sporting precisava apenas de um empate no último jogo com o Belenenses, que chegou a estar marcado para Janeiro, mas nessa altura o Benfica alegou que esse confronto só se deveria realizar depois da repetição do União de Lisboa-Sporting, a contar com a hipótese de vencer o campeonato à custa dos unionistas, que curiosamente nada tinham a ganhar com a situação.

Em Fevereiro realizou-se finalmente a desejada repetição do jogo, mas o Sporting não deu hipóteses nem ao União, nem ao Benfica, ganhando novamente, da mesma forma que um mês depois despachou o Belenenses, conquistando assim o seu 9º Campeonato de Lisboa.

Nesta época o Sporting para além de ter conquistado o título regional na categoria de honra, foi também Campeão de Lisboa em Reservas e na 2ª categoria, isto numa altura em que a Direcção tinha decidido dispensar os futebolistas mais velhos, considerando que as categorias inferiores deviam servir para criar jogadores para a equipa principal e não para alojar os veteranos. Assim a equipa da 2ª categoria ganhou o campeonato com larga vantagem sobre os segundos classificados, enquanto as Reservas tiveram de disputar uma Finalíssima com o Casa Pia, vencendo por 3-1 num jogo onde o Sporting alinhou com Jóia; António Serrano, Farrin; Abelhinha, Forno e Rosado; Pires, Pacheco, Santana, Reynolds e Francisco Lopes.

Esta tripleta era um feito único na história do Sporting, que assim igualava o Benfica e o Belenenses que também já tinham ganho três campeonatos numa só época, mas numa altura em que ainda se disputavam quatro provas, o que deixara de acontecer nesta temporada, onde a 3ª categoria fora suprimida.

Entretanto já tinha arrancado o Campeonato da Liga, com o Sporting a começar de uma forma muito irregular, chegando ao final da 1ª volta a 3 pontos do FC Porto e do Belenenses, que lideravam a tabela classificativa. Mas na 2ª volta os Leões fizeram um percurso quase irrepreensível, entrando na última jornada do campeonato a 2 pontos do FC Porto, que se deslocava a Lisboa para defrontar o Sporting no jogo decisivo da competição, que por razões meramente financeiras se disputou no Estádio do Lumiar, uma decisão da Direcção do Sporting Clube de Portugal que foi muito contestada pelos sócios leoninos.

Os Leões precisavam de ganhar ao FC Porto por duas bolas de diferença, para serem os grandes vencedores da 1ª edição do Campeonato da Liga, uma missão difícil mas não impossível e, na 1ª parte desse jogo, depois de Ferdinando ter inaugurado o marcador, o objectivo chegou a estar muito próximo de ser atingido. Mas perto do intervalo, contra a corrente do jogo os portistas empataram, e logo a abrir a 2ª parte passaram para a frente no marcador, desfazendo as esperanças dos sportinguistas, num jogo que terminaria com um empate a duas bolas, que garantiu o título ao FC Porto. Soeiro foi o melhor marcador da prova com 14 golos.

No Campeonato de Portugal que encerrou a época, o Sporting a afastou com algumas dificuldades o Leixões e despachou Nacional da Madeira com duas goleadas, para na meia-final se desforrar do FC Porto, a quem aplicou um 4-0 que muito jeito teria dado no Campeonato da Liga, seguindo-se um nulo no Porto, que garantiu aos Leões mais uma presença na Final daquela que ainda era a competição mais importante do calendário nacional.

Na Final pela primeira vez encontram-se os dois grandes rivais lisboetas, que contavam ambos com 2 títulos de Campeões de Portugal e 9 Campeonatos de Lisboa. Em cinco encontros oficiais disputados entre os dois clubes nessa época, o Sporting tinha ganho três e perdido apenas um e a tradição também favorecia os Leões em finais ou confrontos decisivos até aí disputados entre Benfica e Sporting.

No entanto desta vez a vitória sorriu ao Benfica por 2-1, num jogo assistido por cerca de 30 mil adeptos um recorde em Portugal e, que seria decidido por um golo de Valadas, um jogador que o Sporting não tinha sabido guardar.

Nesta época o Sporting empatou com o Bocskay, uma equipa húngara que se deslocou a Lisboa em Dezembro de 1934 e, em Maio do ano seguinte Portugal empatou a 3 bolas com a Espanha, num jogo que teve a participação dos sportinguistas Dyson, Jurado, Rui Araújo, Mourão e Soeiro que marcou um golo.

To-mane 19:13, 5 Agosto 2008 (WEST)

Figuras

Secção do Futebol

Nome Cargo Jogos V E D Titulos
Filipe dos Santos Capitão Geral
Filipe dos Santos Treinador 33 20 7 6 Campeonato de Lisboa

Plantel

Jogador Posição Obs. CN CP CL Total
J G J G J G J G
Dyson Guarda-redes 9 -13 6 -8 5 -4 20 -25
Joia Guarda-redes 5 -7 1 -2 7 -9 13 -18
Jurado Defesa 14 1 7 0 9 0 30 1
Joaquim Serrano Defesa 14 0 6 0 12 0 32 0
António Serrano Defesa 0 0 0 0 1 0 1 0
Farrin Defesa 0 0 1 0 2 0 3 0
Rui Araújo Médio 14 0 6 0 10 0 30 0
Abelhinha Médio 14 0 6 0 12 0 32 0
Faustino Médio Capitão 11 1 7 3 11 2 29 6
Raul Silva Médio 2 0 0 0 0 0 2 0
Rosado Médio 1 0 0 0 1 0 2 0
Terruta Médio 0 0 2 0 1 0 3 0
Soeiro Avançado 14 14 7 9 12 11 33 34
Mourão Extremo direito 9 3 6 3 11 1 26 7
Vasco Nunes Avançado 10 7 7 5 12 6 29 18
Francisco Lopes Avançado 12 4 7 1 3 1 22 6
Ferdinando Avançado 11 5 6 4 8 5 25 14
Carneiro Avançado 8 2 1 1 11 5 20 8
Reynolds Avançado 3 2 0 0 3 0 6 2
Pacheco Avançado 3 0 0 0 0 0 3 0
Manuel Martins Avançado 0 0 1 0 1 0 2 0
  • Há um autogolo de Soares (Casa Pia)

Legenda
Competição: CN=Campeonato Nacional, CP=Campeonato de Portugal, CL=Campeonato de Lisboa

Jogos

Campeonato de Portugal

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
19-05-1935 1ª Eliminatória Leixões – SPORTING 2 – 1 Ficha
26-05-1935 1ª Eliminatória SPORTING – Leixões 4 – 1 Ficha
02-06-1935 Quartos de Final Nacional – SPORTING 2 – 7 Ficha
09-06-1935 Quartos de Final SPORTING – Nacional 9 – 3 Ficha
16-06-1935 Meias Finais SPORTING – F.C. Porto 4 – 0 Ficha
23-06-1935 Meias Finais F.C. Porto – SPORTING 0 – 0 Ficha
30-06-1935 Final Benfica – SPORTING 2 – 1 Ficha

Campeonato da I Liga

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
20-01-1935 1ª Jornada Académica – SPORTING 0 – 6 Ficha
27-01-1935 2ª Jornada SPORTING – Belenenses 1 – 3 Ficha
03-02-1935 3ª Jornada SPORTING – Ac. do Porto 3 – 0 Ficha
10-02-1935 4ª Jornada Benfica – SPORTING 1 – 1 Ficha
17-02-1935 5ª Jornada SPORTING – V. Setúbal 1 – 1 Ficha
24-02-1935 6ª Jornada SPORTING – União de Lisboa 5 – 0 Ficha
03-03-1935 7ª Jornada F.C. Porto – SPORTING 4 – 2 Ficha
10-03-1935 8ª Jornada SPORTING – Académica 5 – 1 Ficha
17-03-1935 9ª Jornada Belenenses – SPORTING 1 – 1 Ficha
24-03-1935 10ª Jornada Ac. do Porto – SPORTING 2 – 3 Ficha
31-03-1935 11ª Jornada SPORTING – Benfica 3 – 1 Ficha
07-04-1935 12ª Jornada V. Setúbal – SPORTING 0 – 1 Ficha
14-04-1935 13ª Jornada União de Lisboa – SPORTING 4 – 5 Ficha
12-05-1935 14ª Jornada SPORTING – F.C. Porto 2 – 2 Ficha

Classificação

Total Casa Fora
Clube J V E D GM - GS P V E D GM - GS P V E D GM - GS P
1. Porto 14 10 2 2 43 - 19 22 7 0 0 31 - 10 14 3 2 2 12 - 9 8
2. SPORTING 14 8 4 2 39 - 20 20 4 2 1 20 - 8 10 4 2 1 19 - 12 10
3. Benfica 14 8 3 3 41 - 23 19 6 1 0 25 - 9 13 2 2 3 16 - 14 6
4. Belenenses 14 8 2 4 45 - 20 18 5 2 0 25 - 6 12 3 0 4 20 - 14 6
5. Vitória Setúbal 14 7 2 5 26 - 24 16 4 1 2 12 - 10 9 3 1 3 14 - 14 7
6. União de Lisboa 14 3 2 9 30 - 49 8 2 1 4 15 - 20 5 1 1 5 15 - 29 3
7. Académico do Porto 14 2 2 10 20 - 54 6 2 1 4 15 - 23 5 0 1 6 5 - 31 1
8. Académica 14 1 1 12 14 - 49 3 1 1 5 7 - 22 3 0 0 7 7 - 27 0

Pontuação: 2 pontos por vitória, 1 por empate, 0 por derrota

Campeonato de Lisboa

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
14-10-1934 1ª Jornada SPORTING – Benfica 2 – 3 Ficha
21-10-1934 2ª Jornada Belenenses – SPORTING 2 – 2 Ficha
28-10-1934 3ª Jornada SPORTING – Casa Pia 3 – 1 Ficha
04-11-1934 4ª Jornada Carcavelinhos – SPORTING 2 – 1 Ficha
11-11-1934 5ª Jornada SPORTING – União de Lisboa 2 – 0 Ficha
18-11-1934 6ª Jornada Benfica – SPORTING 1 – 2 Ficha
25-11-1934 7ª Jornada SPORTING – Belenenses 1 – 1 Ficha
02-12-1934 8ª Jornada Casa Pia – SPORTING 0 – 3 Ficha
09-12-1934 9ª Jornada SPORTING – Carcavelinhos 8 – 0 Ficha
16-12-1934 10ª Jornada União de Lisboa – SPORTING 0 – 3 * Ficha
21-02-1935 10ª Jornada União de Lisboa – SPORTING 0 – 2 Ficha
Poule Final
23-12-1934 1ª Jornada SPORTING – Benfica 2 – 1 Ficha
21-03-1935 3ª Jornada SPORTING – Belenenses 4 – 2 Ficha

(*) Por protesto do União de Lisboa, este encontro seria anulado e repetido a 21 de Fevereiro.

Classificação

Class. Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Golos Pontos
SPORTING 12 8 2 2 32-13 30
Benfica 12 8 0 4 27-13 28
Belenenses 12 5 4 3 26-14 26

Outros Jogos

Data Jornada Jogo Resultado Ficha de jogo
02-09-1934 Torneio Relâmpago SPORTING – Benfica 1 – 1 Ficha
02-09-1934 Torneio Relâmpago SPORTING – Belenenses 0 – 0 Ficha
09-09-1934 Amigável SPORTING – Misto Belenenses/Benfica 5 – 1 Ficha
16-09-1934 Taça Inauguração Barreirense – SPORTING 2 – 1 Ficha
23-09-1934 Taça Inauguração Benfica – SPORTING 3 – 1 Ficha
30-09-1934 Taça Pepe Benfica – SPORTING 0 – 4 Ficha
05-10-1934 Amigável Casa Pia – SPORTING 1 – 3 Ficha
07-10-1934 Taça Inauguração SPORTING – Belenenses 3 – 0 Ficha
30-12-1934 Amigável SPORTING – Bocskay 1 – 1 Ficha
21-04-1935 Amigável Luso Beja – SPORTING 0 – 3 Ficha
 ??-??-1935 Amigável Beira Mar – SPORTING 0 – 5 Ficha
Resumo da Época
Campeonato de Portugal Campeonato da I Liga Campeonato de Lisboa 1ª Categoria Campeonato de Lisboa - Reservas Campeonato de Lisboa - 2ª Categoria
Finalista 2º lugar Campeão Campeão Campeão