Incêndio Pedrógão Grande - 64 mortos confirmados

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

@Chown , eu não estou a defender a ministra , nem as falhas da proteção civil.

É obvio que nem ela , nem quem está na proteção civil têm a menor competência para o cargo , e os próprios sabem disso , porque a 1ª coisa que fizeram quando se deslocaram ao local foi esconderem o nº de vítimas e culpar 1º a GNR e depois os bombeiros.
Desde o 1º dia se vê , é de caras a flagrante incompetência , então mas o António Costa não sabe disso , os jornalistas , os comentadores da nossa praça , não sabem disso , sabem , então porque ninguem se escandaliza com isto , ninguem se escandaliza porque todos sabem que a ministra é o bode expiatório ideal para encobrir muitas responsabilidades a montante , nomeadamente , as das câmaras , enquanto ela lá estiver ninguem fala da responsabilidade de outros , inclusive do próprio António Costa no Siresp.

A grande verdade é que os partidos nacionais estão todos refens do poder local para conseguir votos e encarreirar tachos logo ninguem toca na responsabilidade das câmaras , existe uma espécie de pacto de não agressão , vocês não tocam na nossa área e vocês arranjam-nos votos e tachos por isso , por isso para o ano , daqui a 2 , 3 , 5 , 10 anos , haverá outro Pedrogão , seja qual for o ministro , seja qual for quem esteja na proteção civil , mesmo que saía alguma lei nova para fazer um melhor ordenamento florestal , porque apesar disso tudo vai continuar a haver mato perto das casas e das estradas que as câmaras se recusam a cortar porque isso não lhes dá dinheiro.
 @Green Lion 1906, sem dúvida.

 Veremos o que irá acontecer em termos políticos, sabendo de antemão que é raro acontecer algo aos graúdos. 
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Citar
A ministra da Defesa holandesa, Jeanine Hennis-Plasschaert, e o chefe militar holandês, Tom Middendorp, demitiram-se esta terça-feira no seguimento de um relatório sobre um acidente num treino que matou dois soldados e feriu um terceiro. O relatório, a cargo do Dutch Safety Board e publicado na semana passada, refere-se a um acidente durante um treino de artilharia no Mali, em 2016, onde os soldados integravam as forças da paz. Hennis-Plasschaert, que estava em funções desde as eleições nacionais de março, anunciou esta terça-feira a sua demissão no parlamento depois de um longo debate sobre o relatório, onde o Ministério da Defesa foi acusado de "graves deficiências". A ministra anunciou também a demissão de Tom Middendorp, que acontece pouco antes do mesmo se reformar.

 Um bom exemplo do que é ser uma pessoa com a noção do cargo que ocupa. Que assume as responsabilidades dos seus actos e dos actos do Ministério que dirige. Por cá, a Constança continua o seu percurso de resiliência e jamais se vai demitir, era só isso que faltava!
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Vão-se demitir pessoas, vão-se acabar com alguns cargos, vão abrir-se novos cargos para velhas pessoas, vai-se mudar novamente o enquadramento institucional da prevenção e combate a incêndios, pior, vai-se criar uma porrada de novas agências e de merdocas apenas para criar a confusão quando a situação se torna crítica.

Tem sido assim nas últimas décadas.

@Ravanelli

não consigo deixar de relevar todas as tuas chamadas de atenção para vários problemas, em geral, mas ao mesmo tempo não consigo valorizar ainda mais todos os indícios de falha humana, de favorecimento pessoal político, de tentativa de encobrimento e de branqueamento do que se passou.

A floresta tem mil e um problemas e morreu muita gente por causa disso. Mas brincar com nomeações, brincar com responsabilidades perante um cenário dantesco e ainda desligar as caixas negras do sistema de comunicações, para abafar o caso ou tentar escamotear responsabilidades e tomadas de decisão injustificáveis?

Como é que se explica isto a uma família das vítimas?

Há coisas que ultrapassam e em larga escala os problemas da floresta e Pedrógão foi um desses casos. Ver a cabeça da ministra espetada num pau provavelmente não resolveria rigorosamente nada, mas sempre haveria algum conforto emocional que deriva da relação causa/consequência, fruto das suas (ir)responsabilidades.
Assim, nem tão pouco a floresta vai mudar o que quer que seja, nem tão pouco voltarão a haver quaisquer consequências por se inundar uma estrutura de protecção civil de afficcionados partidários, absolutos incompetentes, que de modo tão leviano brincam com as vidas de milhares.

Eu vou mais longe, depois do que se tem sabido, deveria haver responsabilidades criminais para vários dos intervenientes, a ver se paramos de brincar com isto. E pelo meio, podem sempre fazer o que quiserem com a floresta.
- You're a real stone player, aren't you, Ma? You threatened to smother his children.
- What does that mean?
- You know, everyone thought Dad was the ruthless one. But I gotta hand it to you. If you'd been born after those feminists, you woulda been the real gangster.
- I don't know what you're talking about!
Num país normal , só o nº de mortos em Pedrogão , implicaria que alguem fosse dentro , é o normal numa sociedade normal , para que se evite que no futuro se repitam situações iguais.

A culpa disto é da elite portuguesa que valoriza mais os laços familiares e laços de amizade do que a competência , que importa que alguem morra devido aos desmandos de alguem , o responsavel até um tipo porreiro , eu conheço a mulher , podia-me acontecer a mim , que injustiça.

Num país destes , situações como a de Pedrogão tendem a suceder-se , porque esta elite serve-se do país ao invés de o servir , mas enquanto os portugueses continuarem a sancionar isto , continuando a votar nas eleições nestes mesmos incompetentes , não podem esperar outra coisa.

Votar num país em que ninguem assume responsabilidades é votar na irresponsabilidade e na incúria.
Comentário do Administrador Incendios de 15 de Outubro de 2017 que já fizeram mais de 30 mortos aqui:

http://www.forumscp.com/index.php?topic=68788.0