Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 26, 2014, 01:51

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Futebol Profissional (Moderadores: wild_oscar, Stunner, 138, Leão88, sotnas) Tópico:

"A Bola" nos "bastidores" do Sporting

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: [1] 2 3 ... 5 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting (Lida 6192 vezes)

"A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « em: Fevereiro 06, 2008, 03:47 »



*
Juvenil

Mensagens: 1144


A Bola de hoje promete alimentar muita discussão, motivar reacções e comunicados oficiais.

O título: "Toda a verdade sobre a CRISE do Sporting"

Chamadas de capa:

"Indisciplina no balneário com empurrões, revolta e insubordinação"
"Um capitão de equipa imposto"
"A pouco pacífica saída de Carlos Freitas"
"Um director nada consensual e um treinador cada vez mais sob fogo"
"A eterna pressão da formação"
"Rendimento intermitente de jogadores-chave"

Teremos que esperar pela edição em papel para comentar e debater a reportagem. Aqueles que, como eu, não têm assinatura electrónica, claro.
« Última modificação: Fevereiro 06, 2008, 03:51 por Stromp1906 » Registado


Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #1 em: Fevereiro 06, 2008, 03:58 »


Leónidas


*
Sénior

Condecorações:Por Onde Andas 2009


Mensagens: 4818
Idade: 33
Masculino


Teremos que esperar pela edição em papel para comentar e debater a reportagem. Aqueles que, como eu, não têm assinatura electrónica, claro.

E aqueles que não conhecem gajos porreiros que deixam a malta aceder à sua própria conta online do pasquim:

http://www.forumscp.com/index.php?topic=9126.0

 Wink
Registado

Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol.
Para Alvalade, rapidamente e em força.
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #2 em: Fevereiro 06, 2008, 04:21 »


Leónidas


*
Sénior

Condecorações:Por Onde Andas 2009


Mensagens: 4818
Idade: 33
Masculino


Não consigo fazer copy-paste do texto, já tentei de várias maneiras e não dá.

São duas páginazecas que se lêm em menos de 10 minutos. É apenas um resumo de tudo o que correu mal ao Sporting este ano. Não tem nada de novo, nem nada que não tenha já sido aqui falado no fórum. É manchete para vender papel e nada mais, comprar o jornal por causa deste artigo é deitar 0,70€ ao lixo.
Registado

Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol.
Para Alvalade, rapidamente e em força.
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #3 em: Fevereiro 06, 2008, 07:14 »



*
Veterano

Condecorações:Melhor Avatar 2006


Mensagens: 8609
Idade: 44
Localidade: Edmonton, Alberta, Canada
Masculino


Não consigo fazer copy-paste do texto, já tentei de várias maneiras e não dá.

São duas páginazecas que se lêm em menos de 10 minutos. É apenas um resumo de tudo o que correu mal ao Sporting este ano. Não tem nada de novo, nem nada que não tenha já sido aqui falado no fórum. É manchete para vender papel e nada mais, comprar o jornal por causa deste artigo é deitar 0,70€ ao lixo.
  Digo eu ke "print screen" e imagem alojada, era capaz de funcionar, não sei, apenas digo eu... Indeciso
Registado

Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #4 em: Fevereiro 06, 2008, 07:49 »

JPTS

Tenho alguma curiosidade depois de ver a capa...

A pressão para lançar jovens jogadores e o capitão imposto são chão que já deu uvas. É claro como agua. A ver vamos...

Registado
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #5 em: Fevereiro 06, 2008, 08:36 »



*
Veterano

Mensagens: 5895
Idade: 28
Localidade: Paris
Masculino


termos ganho ao porto e o benfica continuar a bela trampa que se ve (tal como nos) veiu provocar desconforto nos adversarios que ja arranjaram meio de dificultar a reabilitaçao da equipa....

eu acho que com isto tudo o Paulo bento vai ter que repetir a limpeza de balneario de ha 2 anos

as madames ja se começam a impor demais no balneario e o capitao nao os tem no sitio pa se fazer impor dps da nisto
Registado
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #6 em: Fevereiro 06, 2008, 09:36 »

JPTS

termos ganho ao porto e o benfica continuar a bela trampa que se ve (tal como nos) veiu provocar desconforto nos adversarios que ja arranjaram meio de dificultar a reabilitaçao da equipa....

eu acho que com isto tudo o Paulo bento vai ter que repetir a limpeza de balneario de ha 2 anos

as madames ja se começam a impor demais no balneario e o capitao nao os tem no sitio pa se fazer impor dps da nisto

quando n se têm jogadores experientes no balneario...é mais do que natural que os projectos de bons jogadores se imponham rapido de mais...e a cabeça nem sp esta onde devia estar.

Qua saudades de ver equipas com Barbosa, Sa Pinto, Beto, Marco Aurelio, JVP, Paulo Bento, ACruz, RJorge, etc, etc.

Estamos entregue às bicharada. Mas a maioria continua a achar que ainda precisamos de mais meninos na equipa. Ele é Caiado (o tal dos 172 min nesta epoca), é Zezinando, é Celestino, é Saleiro...é o jardim zoologico dos 18 anos a ver navios.
Registado
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #7 em: Fevereiro 06, 2008, 10:05 »



*
Júnior

Mensagens: 2509
Idade: 44
Localidade: Lisboa/Leicester
Masculino


Obrigado Eddie por deixares aceder ao Pasquim,resolvi postar aqui assim todos podem ver a reportagem.

UTILIZAR a palavra «crise» não será excessivo quando se pretende abraçar o actual momento leonino, ainda que, como recentemente lembrou o próprio Paulo Bento, seja muito fácil criar crises para, logo a seguir, embarcar em euforias. Não será o caso concreto do Sporting. A CRISE, de facto, existe, está no dia-a-dia do leão e A BOLA mais não tenta nestas páginas do que chegar ao «olho do furacão», explicando o que, de facto, não deixa sossegar o leão...

O Sporting não vive dias fáceis e nem a recente vitória sobre o campeão nacional, o FC Porto, conseguiu alterar o ânimo em Alvalade. Uma semana depois desse saboroso triunfo, a equipa voltou a claudicar e foi vergada a mais uma derrota na Liga, desta feita no Restelo, diante do Belenenses, a quarta esta época.

Num momento em que os principais responsáveis pelo futebol Sporting tentam encontrar soluções para ultrapassar este mau momento — Filipe Soares Franco e Miguel Ribeiro Teles ainda anteontem estiveram na Academia, desta feita não apenas para dar moral às tropas mas sobretudo para tentar perceber as raízes profundas da crise de resultados e de exibições junto de Paulo Bento — A BOLA vai ao encontro desse mesmo desafio e revela dados que, embora não expliquem tudo, podem ter contribuído de forma decisiva para uma época que está longe de ser agradável para os adeptos e que leva a que o jogo do próximo sábado para a Taça de Portugal, em Alvalade com o Marítimo, seja decisivo, não só para continuar a alimentar a esperança de salvar a época com a conquista da Taça da Liga e da Taça de Portugal, mas até do próprio projecto desportivo que está em prática em Alvalade.

Sendo certo que o apoio directivo ao treinador Paulo Bento é inequívoco (e não só até ao final da presente temporada mas até ao final do mandato da actual direcção) e que Paulo Bento tem ainda forças para combater o desgaste e ir ao encontro de soluções (como apontou no final do jogo com o Belenenses), a verdade é que ninguém em Alvalade consegue prever com segurança absoluta o que um desaire no próximo sábado poderia acarretar a todos os níveis.

Nas duas páginas que se seguem, uma ideia surge sobre todas as outras: o grupo leonino não está tranquilo e a ausência de problemas (alguns graves) é mera quimera, como o confirmam várias personalidades, algumas dentro do próprio grupo de trabalho, outras que convivem muito perto dos corredores de Alvalade...

sete capítulos que ajudam a explicar o mau momento do leão
Radiografia de uma época de sobressaltos

O Sporting começou a época com o pé direito (de Izmailov) ao ganhar a Supertaça ao FC Porto, mas esse jogo ficou marcado pela primeira de várias lesões no plantel. Sendo certo que um jogador não faz uma equipa, não deixa de ser verdade que há jogadores que são mais importantes do que outros num colectivo. Neste contexto, as lesões de Pedro Silva e Derlei (duas opções iniciais de Paulo Bento) privaram o treinador de duas peças importantes. E estas ausências colocaram a nu as parcas soluções no plantel, pois Yannick demonstrou que estava longe do fulgor evidenciado na época passada (o facto de, por vontade própria, não ter sido submetido a uma intervenção no final da época passada para debelar um problema inguinal porque queria jogar o Europeu de sub-21 acabou por prejudicá-lo na presente temporada). No rol de problemas físicos há ainda que destacar as lesões de Polga, sobretudo a meio da fase de grupos da Liga dos Campeões. No plantel não há ninguém com categoria equivalente para o substituir.

O que em 2006/07 parecia ser o início de uma grande equipa acabou por se descaracterizar esta época. As saídas de Nani, Caneira, Tello e Ricardo — principalmente estes — não conseguiram ser colmatadas, até porque o investimento total nas nove contratações feitas rondou os 9,3 milhões de euros. Um investimento superior a anos anteriores mas muito longe do que foi gasto, por exemplo, pelos dois principais rivais, o Benfica e o FC Porto. A verdade é que apenas Vukcevic e Izmailov são opções do treinador regularmente. Os restantes jogam a espaços ou sempre que uma lesão ou castigo lhe abrem espaço no que concerne à titularidade. Tudo isto com uma questão de fundo. Para além da insuficiência no ataque (com a lesão de Derlei), o leão começou também coxo na lateral esquerda. Tello e Caneira saíram e apenas chegou Had por empréstimo e sem condições de vingar.

Há quem defenda, ou melhor, quem tente explicar, a carreira da equipa leonina com a muita juventude que existe no plantel, ainda que em Janeiro tenham sido contratados mais dois jovens, nomeadamente Tiuí e Grimi. O núcleo duro é bastante reduzido para as necessidades de uma equipa que joga em quatro frentes para ganhar e, por isso, é que internamente há quem questione a incongruência que tem surgido à volta desta questão, ou seja, um dia pede-se tempo para os jovens jogadores, os talentos, mas depois diz-se que o Sporting tem de ser campeão no curto prazo. Paciência e tempo. Haverá isso por Alvalade?

Os responsáveis leoninos têm tentado passar a mensagem de que o balneário está unido, apesar da crise de resultados. Os muitos casos de indisciplina que se verificaram na presente temporada desmentem essa versão e não falta, mesmo no grupo de trabalho, quem não duvide que esta questão em vez de ser desmentida nos jornais com alguma regularidade deve antes ser atacada de frente internamente. No jogo com o Belenenses, tal como tinha sucedido em outros, foi visível ver jogadores a protestarem uns com os outros. Grave também foi o que sucedeu no jogo com o Marítimo, nos Barreiros. O encosto de cabeça entre Liedson e Vukcevic e, sobretudo, o que se passou depois no balneário, com muitos nervos e ameaças físicas depois de um jogo que a equipa tinha... acabado de vencer, revelam que o plantel tem tido muitos problemas de convivência. Outro exemplo que espelha bem as dificuldades no reino do leão aconteceu ao intervalo do jogo Manchester United-Sporting a contar para a Liga dos Campeões, com o plantel a envolver-se numa grande confusão no túnel de acesso aos balneários, num sururu que começou por Polga e Romagnoli e que culminou com um espectáculo pouco digno perante alguns elementos da UEFA e do próprio Manchester. A juntar a isto, a rábula das grandes penalidades que Liedson se recusou a ensaiar num treino, a versão ditatorial do avançado sobre o assunto, ou ainda a entrevista do irmão de Stojkovic, Vladan, isto para já não focar o problema da falta de oportunidades que conduziu à rescisão de Carlos Paredes. Muitos casos a fazer lembrar a época de José Peseiro e com naturais reflexos no balneário. E isto sem contar com as críticas de jogadores aos próprios... jogadores.

Como em qualquer equipa, o Sporting também tem os seus jogadores-chave e, alguns, andam esta época com desempenhos abaixo do esperado. Neste lote incluem-se João Moutinho, Miguel Veloso e Liedson. Estes têm prolongado uma irregularidade exibicional, apenas mascarada nos jogos de maior dificuldade. João Moutinho começou a época à procura de fulgor, conseguiu melhorar o seu rendimento, mas está longe de atingir a qualidade exibicional dos anos anteriores. A constante mudança de posições no meio-campo também não ajuda. Miguel Veloso é outro dos jogadores que anda longe do rendimento que é capaz de colocar em campo e que as suas qualidades inatas lhe permitem. É médio defensivo, já foi defesa-central e jogou até algumas vezes como lateral-esquerdo. Não se sabe ainda se as razões se situam no crescimento precoce ou se tem tido o acompanhamento devido de quem de direito. Uma coisa é certa: no seguimento do último desaire no Restelo, Veloso foi o mais criticado não só pelos adeptos mas também internamente, o que estará a causar, inclusivamente, algum mal-estar no jogador, incomodado e nada disponível para ser uma espécie de bode expiatório...

Quanto a Liedson, o brasileiro continua a ser o melhor avançado da equipa, um lutador nato, mas há muito que deixou de festejar golos. A crise de resultados também nasce na crise de pontaria do levezinho.

A estrutura, que se pensava ser coesa e indestrutível, começou a abanar com os primeiros assobios e críticas. No jogo com o Louletano, a 8 de Dezembro, por exemplo, alguns sócios insultaram todos os responsáveis mas só pediram desculpas ao presidente, não retirando os insultos ao administrador Carlos Freitas e aos jogadores. Carlos Freitas esteve em fase de reflexão, regressou, mas por pouco tempo. Pediu a demissão que se concretizará no final deste mês, ele que ainda desempenhou papel preponderante nas aquisições de Tiuí e Grimi. Quer no acumular dos resultados negativos, quer no lidar com os problemas que surgiram ao longo da época, só Soares Franco, presidente da SAD mas elemento não directamente interveniente no dia-a-dia do futebol, saiu a terreiro. O vice-presidente para o futebol, Miguel Ribeiro Teles só se viu em alguns treinos, numa entrevista a um diário generalista e, mais recentemente, ouviu-se no final do jogo como Belenenses. Do director de futebol, Pedro Barbosa, com alguns anticorpos no balneário por tudo o que aconteceu na era de José Peseiro, nada... Ou melhor, só se ouviu recentemente nos sorteios da Taça de Portugal e da Taça UEFA. Internamente, garantem várias vozes, a personalidade de Pedro Barbosa não é nada consensual, ainda que seja a pessoa de confiança de Paulo Bento.

Fora do âmbito desportivo surgem ainda as críticas de Rui Meireles à gestão de Franco e a recente entrevista de um dirigente campeão que parecia andar desaparecido: José Eduardo Bettencourt. A 12 de Janeiro dava a novidade que o Sporting, afinal, até tinha «mais papagaios que o Benfica» e algo bastante polémico: o balneário estava «em cacos» e que, se calhar, era preciso mudar a estratégia. 22 dias depois Ribeiro Teles no Restelo diz que o balneário está unido e que quer acreditar que a estratégia está correcta.

Até ao início da época Paulo Bento nunca tinha sido alvo da contestação dos adeptos leoninos. Mas com a equipa mergulhada no mar de problemas que os resultados espelham, os primeiros assobios e, ainda que com pouca expressão, alguns lenços brancos tiveram o treinador sportinguista como alvo — e até ecos de Espanha, com uma polémica entrevista do ex-leão Carlos Martins. As opções do técnico deixam de ser consensuais. A começar pela rotatividade na baliza. Hoje titular, Rui Patrício começou a época como terceira opção, atrás de Stojkovic e Tiago. Mas a 10.ª jornada trouxe a aposta no jovem português, para muitos precipitada, para outros a pecar por ser em altura conturbada… E com isso Stojkovic a perder posição, garantem alguns, de forma irreversível...

Depois, um problema central: Gladstone relegado a algum ostracismo, justificado pelo técnico pelo facto de o brasileiro ter as mesmas características de Tonel e, por isso, não poder acompanhar o português aquando da ausência de Polga. Na altura recuou Miguel Veloso, hoje Gladstone já acompanha Tonel sempre que necessário.

O modelo táctico de Paulo Bento também é criticado neste tempo de vacas magras. Ou melhor, a rigidez do técnico, ao não apresentar muitas vezes alternativas ao esquema de 4x4x2 em losango, mesmo nas alturas em que Liedson se apresenta como único ponta-de-lança. Primeiro arriscou ainda um 3x5x2, mais recentemente um 4x2x3x1 mas sempre como plano B.

Outra opção contestada passa pela escolha do capitão de equipa: João Moutinho. A juventude do jogador e o pouco peso para dar um grito no balneário colocam contestação na nomeação assumida por Paulo Bento mas que muitas vozes dizem ter sido obra de Pedro Barbosa. Uma decisão difícil, todos reconhecem, sobretudo depois das saídas simultâneas de Custódio, Ricardo e, sobretudo, Marco Caneira, um jogador que para além de importante dentro das quatro linhas, sempre desempenhou um papel aglutinador no seio do balneário, pouco dado a divisões e com personalidade que todos reconheciam.

Como se vê, também as opções de Paulo Bento entram nesta radiografia, ainda para mais quando os adeptos lembram declarações do treinador a garantir que teve os jogadores que quis e que fez as dispensas que bem entendeu.

Não são só os simples adeptos que lançam pressão sobre a estrutura do futebol sportinguista. A convivência com a área da formação também nem sempre é pacífica, ainda que as causas, muitas vezes, só se encontrem nas entranhas do próprio clube. Por outras palavras, o relevo público dado aos jogadores que vêm da formação sobrepõe-se irremediavelmente a tudo o resto e aí se compreenda o amontoar de críticas aos jogadores contratados fora de portas. Os principais dirigentes também fomentam essa visão de clube formador, ainda que a necessidade de ganhar seja permanente e o clube não esteja preparado nem para segurar os jogadores mais talentosos que surgem nas suas escolas nem, tão pouco, para comprar de forma inequívoca os grandes nomes no mercado internacional.
Oleão tem dificuldades em rugir, fá-lo aos soluços. Esta tem sido uma temporada recheada de casos e com performances desportivas aquém do esperado. O título é uma miragem e o acesso directo à Liga dos Campeões, estando perfeitamente ao alcance, está a revelar-se um objectivo difícil de alcançar. Nas taças, o Sporting pode celebrar a presença na final da Taça da Liga (mas não do percurso até ao Estádio do Algarve) e na Taça de Portugal chegou a hora de medir forças com um Marítimo do mesmo escalão. A BOLA apresenta hoje a radiografia de uma época de sobressaltos, tentando explicar aos leitores, em particular aos sportinguistas, as suas razões. São vários capítulos de uma crise. Que merece reflexão séria...


« Última modificação: Fevereiro 06, 2008, 10:07 por Yazalde70 » Registado

(Este post NÃO foi escrito ao abrigo do Acordo Ortográfico)
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #8 em: Fevereiro 06, 2008, 10:19 »

MadeiraLion

Um tópico que não vou ler  Dormir [sei que ninguém se importa com isso mas... A Bola para mim não existe e tenho pena que sportinguistas estejam anciosos para ver "as novidades" que esse pasquim encarnado vai mostrar sobre "a realidade" (LOLADA) do Sporting].

"A Bola sabe" que para mim é um zero à esquerda.
Registado
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #9 em: Fevereiro 06, 2008, 10:35 »



*
Júnior

Mensagens: 2509
Idade: 44
Localidade: Lisboa/Leicester
Masculino


Este artigo é tipico do pasquim.
Muito diz-que-disse,a culpa é de X mas pode ser de Y tambem...resumindo acharam que fazer uma capa sobre um amigavel da seleccao nao vendia,resolveram fazer um "best of" da "crise",quem se fica a rir sao sempre os mesmo porque no clube deles a bosta é igual mas nao se fazem ondas nos jornais.
Registado

(Este post NÃO foi escrito ao abrigo do Acordo Ortográfico)
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #10 em: Fevereiro 06, 2008, 10:37 »

MadeiraLion

Este artigo é tipico do pasquim.
Muito diz-que-disse,a culpa é de X mas pode ser de Y tambem...resumindo acharam que fazer uma capa sobre um amigavel da seleccao nao vendia,resolveram fazer um "best of" da "crise",quem se fica a rir sao sempre os mesmo porque no clube deles a bosta é igual mas nao se fazem ondas nos jornais.

Pois, como calculava  Roll Eyes
Registado
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #11 em: Fevereiro 06, 2008, 10:42 »

JPTS

Gostei muito do artigo. Parece-me serio.

A parte das camadas jovens é um must. Neste momento a estrategia é mesmo atirar areia para os olhos dos adeptos escudando-se na formação por forma a justificar a falta de investimento na equipa. É patetico. E tão real. E não vamos ganhar nada com isso...
Registado
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #12 em: Fevereiro 06, 2008, 10:44 »



*
Júnior

Mensagens: 2021
Idade: 58
Localidade: Lisboa
Masculino


Não compreendo como há Sportinguistas que conseguem dirigir sequer o olhar para Instituições que já foram grandes, mas que se tornaram em declarados órgãos de intoxicação do SLB.
Só não vê quem não quer, ou é tão viciado que não consegue deixar de comprar o maldito jornal.

'A Bola' já foi em tempos (muito largos) considerada a Bíblia !. E na verdade, foi um jornal desportivo, na verdadeira acepção da palavra.

Hoje talvez seja o Al-Corão de algibeira impresso nas rotativas do clube da Luz.

PS - Quanto ao(s) assunto(s) que traz, são verdades de La Palice que todos sabemos (ou devíamos saber).
Registado

O meu símbolo é o LEÃO não o carneiro.

Dinasta da Dívida : Roquette - 'O Projectista Falhado', Dias da Cunha - 'O Crédulo Impenitente', Soares Franco - 'O Dissimulado compulsivo', Bettencourt - 'O Visigodo Inimputável', Godinho Lopes - 'O ex-Arguido Credível'
Day AfterBruno de Carvalho  - 'O SCP é Nosso, outra vez !!!'
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #13 em: Fevereiro 06, 2008, 10:48 »


No avatar!

*
Juvenil

Mensagens: 961
Localidade: Alentejo


O pasquim das gaylinhas a tentar desviar as atenções da galinhagem e do salvador Padre Frederico estar a salvar a sua carteira.


Nem para limapar o ...
Registado

SPORTING a maior potência desportiva NACIONAL
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #14 em: Fevereiro 06, 2008, 10:54 »



*
Veterano

Mensagens: 5726
Idade: 31
Localidade: Margem Sul
Masculino


ok....para muitos a bola é um jornal sem credibilidade.
Mas agora pergunto-vos....do que foi escrito, o que é que não é verdade?
Apontem um só caso que não seja verdade no meio disso tudo....
Nós sportinguistas, parece que não queremos ver, o que é real.
Eu, nunca tinha estado tão preocupado com o Sporting, como estou agora....
Registado

Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #15 em: Fevereiro 06, 2008, 10:55 »


No avatar!

*
Veterano

Condecorações:Por Onde Andas 2008Melga 2006Talibã 2007Talibã 2006


Mensagens: 8971
Idade: 39
Localidade: Lisboa
Masculino


Não compreendo como há Sportinguistas que conseguem dirigir sequer o olhar para Instituições que já foram grandes, mas que se tornaram em declarados órgãos de intoxicação do SLB.
Só não vê quem não quer, ou é tão viciado que não consegue deixar de comprar o maldito jornal.

'A Bola' já foi em tempos (muito largos) considerada a Bíblia !. E na verdade, foi um jornal desportivo, na verdadeira acepção da palavra.

Hoje talvez seja o Al-Corão de algibeira impresso nas rotativas do clube da Luz.

PS - Quanto ao(s) assunto(s) que traz, são verdades de La Palice que todos sabemos (ou devíamos saber).


E opiniões objectivas sobre o conteúdo publicado pelo jornal? Temos?
Há várias personagens ou instituições que enfermam deste problema, no mundo do desporto... até podem dizer uma verdade, mas como são vistas transversalmente como o inimigo tudo o que digam é desconsiderado, por serem ditas por si e não pelo seu conteúdo. Rui Santos, A Bola, Record, Jogo, Abrantes Mendes... são alguns dos cromos que digam o que disserem, por serem quem são (o último coitado é mesmo só por ser vesgo pq nunca deu provas de ser o inimigo).

Atentemos no conteúdo do artigo... isso é que deve interessar. A não ser que estejam a querer dizer que naõ existe qualquer crise no Sporting e que tudo isto é uma manobra do pasquim para vender jornais Cheesy
Registado
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #16 em: Fevereiro 06, 2008, 10:56 »

JPTS

Não compreendo como há Sportinguistas que conseguem dirigir sequer o olhar para Instituições que já foram grandes, mas que se tornaram em declarados órgãos de intoxicação do SLB.
Só não vê quem não quer, ou é tão viciado que não consegue deixar de comprar o maldito jornal.

'A Bola' já foi em tempos (muito largos) considerada a Bíblia !. E na verdade, foi um jornal desportivo, na verdadeira acepção da palavra.

Hoje talvez seja o Al-Corão de algibeira impresso nas rotativas do clube da Luz.

PS - Quanto ao(s) assunto(s) que traz, são verdades de La Palice que todos sabemos (ou devíamos saber).

bah...que visão obtusa.

Quero que se lixe se a Bola é vermelha, azul ou roxa. Este artigo está de facto muito bom e pelo que sei espelha bastante bem o que se passa no Sporting.
Registado
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #17 em: Fevereiro 06, 2008, 11:08 »


No avatar!

*
Juvenil

Mensagens: 961
Localidade: Alentejo


Não compreendo como há Sportinguistas que conseguem dirigir sequer o olhar para Instituições que já foram grandes, mas que se tornaram em declarados órgãos de intoxicação do SLB.
Só não vê quem não quer, ou é tão viciado que não consegue deixar de comprar o maldito jornal.

'A Bola' já foi em tempos (muito largos) considerada a Bíblia !. E na verdade, foi um jornal desportivo, na verdadeira acepção da palavra.

Hoje talvez seja o Al-Corão de algibeira impresso nas rotativas do clube da Luz.

PS - Quanto ao(s) assunto(s) que traz, são verdades de La Palice que todos sabemos (ou devíamos saber).


E opiniões objectivas sobre o conteúdo publicado pelo jornal? Temos?
Há várias personagens ou instituições que enfermam deste problema, no mundo do desporto... até podem dizer uma verdade, mas como são vistas transversalmente como o inimigo tudo o que digam é desconsiderado, por serem ditas por si e não pelo seu conteúdo. Rui Santos, A Bola, Record, Jogo, Abrantes Mendes... são alguns dos cromos que digam o que disserem, por serem quem são (o último coitado é mesmo só por ser vesgo pq nunca deu provas de ser o inimigo).

Atentemos no conteúdo do artigo... isso é que deve interessar. A não ser que estejam a querer dizer que naõ existe qualquer crise no Sporting e que tudo isto é uma manobra do pasquim para vender jornais Cheesy

Tudo o que diz mal do Sporting é amigo do Sporting, seja o Orelhas o Pinto da Costa ou o Papa.
Quanto ao vego foi apenas presidente da Assembleia Geral do Sporting da equipa desse grande presidente o Bigodes.

E os outros são velhos do Restelo  Smiley
Registado

SPORTING a maior potência desportiva NACIONAL
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #18 em: Fevereiro 06, 2008, 11:09 »

MadeiraLion

ok....para muitos a bola é um jornal sem credibilidade.
Mas agora pergunto-vos....do que foi escrito, o que é que não é verdade?

Até pode ser verdade, mas a partir do momento que o jornal diz que os sportinguistas somos trampa e não faz um pedido de desculpas (nem a direcção do nosso clube se importa com isso é verdade) para mim deixa de ter qualquer valor.

Mas pelo que já foi comentado, o artigo em si não tem nenhuma novidade... tudo o que está lá escrito é o que estamos a discutir neste fórum ou na mesa do café. Logo...
Registado
Re: "A Bola" nos "bastidores" do Sporting , « Resposta #19 em: Fevereiro 06, 2008, 11:10 »



*
Júnior

Mensagens: 2021
Idade: 58
Localidade: Lisboa
Masculino


Não compreendo como há Sportinguistas que conseguem dirigir sequer o olhar para Instituições que já foram grandes, mas que se tornaram em declarados órgãos de intoxicação do SLB.
Só não vê quem não quer, ou é tão viciado que não consegue deixar de comprar o maldito jornal.

'A Bola' já foi em tempos (muito largos) considerada a Bíblia !. E na verdade, foi um jornal desportivo, na verdadeira acepção da palavra.

Hoje talvez seja o Al-Corão de algibeira impresso nas rotativas do clube da Luz.

PS - Quanto ao(s) assunto(s) que traz, são verdades de La Palice que todos sabemos (ou devíamos saber).

bah...que visão obtusa.

Quero que se lixe se a Bola é vermelha, azul ou roxa. Este artigo está de facto muito bom e pelo que sei espelha bastante bem o que se passa no Sporting.

Vou realçar o meu Post-Scriptum : Quanto ao(s) assunto(s) que traz, são verdades de La Palice que todos sabemos (ou devíamos saber).

Ou entao, segundo o eddie :
Citar
Não tem nada de novo, nem nada que não tenha já sido aqui falado no fórum. É manchete para vender papel e nada mais, comprar o jornal por causa deste artigo é deitar 0,70€ ao lixo.

Afinal, onde está a visão obtusa ?
Registado

O meu símbolo é o LEÃO não o carneiro.

Dinasta da Dívida : Roquette - 'O Projectista Falhado', Dias da Cunha - 'O Crédulo Impenitente', Soares Franco - 'O Dissimulado compulsivo', Bettencourt - 'O Visigodo Inimputável', Godinho Lopes - 'O ex-Arguido Credível'
Day AfterBruno de Carvalho  - 'O SCP é Nosso, outra vez !!!'
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: [1] 2 3 ... 5 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Futebol Profissional (Moderadores: wild_oscar, Stunner, 138, Leão88, sotnas) Tópico:

"A Bola" nos "bastidores" do Sporting

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade