Rugby

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

GLASGOW 7'S


Terminou a sétima etapa do Circuito Mundial de Sevens.

Portugal 14-19 Escócia
Portugal 12-40 Fiji
Portugal 7-42 País de Gales
Portugal 0-12 Quénia
Portugal 10-7 Rússia
Portugal 12-22 Samoa

Com dois reforços de luxo, José Lima e Pedro Bettencourt, e o jovem Tiago Fernandes, Portugal foi até à Escócia disputar a penúltima etapa do Circuito Mundial de Sevens, já com os olhos postos no Circuito Europeu.
Logo a abrir, Portugal defrontou a equipa da casa, a Escócia, num jogo onde deu bons indicativos - e podia mesmo ter vencido -, mas os Lobos não tiveram sangue frio para segurar a vantagem com que saíram ao intervalo. De seguida, contra as Fiji, Portugal nunca conseguiu travar a impetuosidade  dos atletas oceânicos e cedo se viu a perder, num jogo muito marcado por erros individuais. Contra o País de Gales, e no último jogo da fase-de-grupos, a equipa nacional nunca se conseguiu encontrar no jogo e os britânicos jogaram a seu bel-prazer.
Já na Bowl, Portugal encarou o Quénia e voltou a entrar mal, os erros individuais sucederam-se e os africanos não desperdiçaram, vencendo confortavelmente a nossa selecção. Relegados para as meias-finais da Shield, e com uma grande exibição de Adérito Esteves, marcador dos dois ensaios nacionais, os Lobos venceram a Rússia e apuraram-se para a final. Com a oportunidade de vencer mais uma Taça Shield, que seria a terceira neste circuito, Portugal chegou a estar em vantagem, mas os samoanos nunca baixaram os braços, ao contrário dos portugueses que se acomodaram e a taça iria mesmo para os africanos.
Portugal ficou classificado no 14º lugar da etapa e, com o último lugar dos japoneses, tem a permanência no Circuito Mundial quase garantida.

Next stop: London 7's
''Juntos somos mais e melhores. Vamos Sporting, vamos equipa!''
LONDON 7'S


Terminou o Circuito Mundial de Sevens 2014/2015!

Portugal 0-19 África do Sul
Portugal 12-28 Estados Unidos
Portugal 19-26 França
Portugal 14-31 Samoa
Portugal 21-26 Japão

Com a substituição de Gonçalo Foro por João Bello à última da hora, Portugal foi até Londres com a manutenção na elite mundial de rugby na variante de sevens praticamente assegurada. E nem foi preciso ganhar. Três jogos da fase-de-grupos demonstraram que Portugal se apresentava em Inglaterra com pouca raça, saldando três derrotas. Na fase seguinte, contra a Samoa, os Lobos ainda assustaram, mas nada que os samoanos não dessem conta. Resultado: mais uma derrota. Contra o já despromovido Japão, e com tudo para vencer, a selecção nacional mostrou-se quase sempre desorganizada colectiva e individualmente, e a vitória viria a sorrir mesmo aos nipónicos.

Portugal garantiu assim, mesmo com cinco derrotas em outros tantos jogos neste torneio, a sua presença no circuito mundial do próximo ano.
''Juntos somos mais e melhores. Vamos Sporting, vamos equipa!''