Política Nacional

Espinoza e 7 Visitantes estão a ver este tópico.

De forma a revogar a descida...

 
 Belo parceiro de coligação.

 Também é bonito ver que o António Costa prometeu ao partido Os Verdes e ao BE que mantinha excluído uma diminuição da TSU para as entidades empregadoras. No entanto, mudou de opinião. Contudo, silêncio total entre os parceiros de coligação.

 O PS tem que chegar acordo com os seus parceiros, caso a baixa da TSU vá ao Parlamento. É com eles que tem que negociar, com eles que tem que ceder, como tem feito até ao momento. Certamente mantém o dom de exímio negociador. Apesar daquela tanga "Palavra dada, palavra honrada".
Ao levarem a medida ao Parlamento, tanto o BE como o PCP pretendem mostrar ao PS, que meteu os dois num colete de forças cuja destruição dificilmente será imputável ao PS, que o PS está no poder porque eles deram a mão ao chefe da Geringonça.

É um "Costa, cuidado, não te estiques, só conseguimos engolir tanto de uma só vez".
A 100% com o Passos Coelho. 100%. Não me esqueço da traição que ele cometeu quando deu a mão ao Costa no infame caso BANIF.
Porquê? Por vingança? Rancor? Não.
Simples: não faz nenhum sentido apoiar medidas que vão prolongar a vida de um governo com o qual discordamos profundamente, governo esse que, na nossa opinião, é praticante de um modelo económico que vai redundar em mais uma intervenção externa (ou num cenário no qual um novo governo reverterá o que foi feito e acentuará a medida que todos tomaram desde sempre, que é aumentar a carga fiscal).
Portanto, apoiar este governo constituiria apoiar mais uma intervenção externa.
O Costa quis a Gerigonça, fartou-se de dizer que ela sozinha governaria, que tomaria as medidas necessárias.
Então, Costa, governa aí.

Escreveste bem, a traição que ele (Passos) cometeu...

Porque em matéria de traições, incoerências e mentiras descaradas, ninguém, absolutamente ninguém na política portuguesa consegue superar o Passos (nem o recluso 44).

Esse fanboyismo desequilibrado fica-te tão, mas tão mal.

Haver em 2017 quem tente, ainda que por comparação espatafúrdia, fazer de Sócrates algo menos que um dos maiores ladrões e usurários da riqueza pública nacional é algo que não consegue ser compreendido pelo meu humilde cérebro. Certamente defeito meu, nem questiono isso.
Sócrates, o pior governante de todos os tempos.
E estou a contar desde o pai do Fundador.
@juziel

Quase as mesmas medidas???

O passos queria repor salários? O passos queria negociar com a ue as medidas de austeridade impostas? O passos ia deixar de se dobrar voluntariamente às exigências da troika?

Eu vejo um mundo de diferenças nos respectivos modus operandi.
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
O balofo volta a demonstrar má-fé para com os seus parceiros da geringonça. A brigada do Socas está de volta para colocar o país na rota da bancarrota! E que o "Presidente" Marcelo continue a fazer amen aos seus comparsas do PS!
Curioso como a malta da direita andou aqui a acariciar o falo do Marcelo em periodo eleitoral. Agora que ele tem feito o trabalho dele melhor que o tabasco silva já é o anti-cristo. Impecável.
Curioso como a malta da direita andou aqui a acariciar o falo do Marcelo em periodo eleitoral. Agora que ele tem feito o trabalho dele melhor que o tabasco silva já é o anti-cristo. Impecável.
Estou em crer que essa posta de pescada não foi dirigida a mim. Não votei nele e nunca foi um cenário que passou pela minha cabeça.
Curioso como a malta da direita andou aqui a acariciar o falo do Marcelo em periodo eleitoral. Agora que ele tem feito o trabalho dele melhor que o tabasco silva já é o anti-cristo. Impecável.
Estou em crer que essa posta de pescada não foi dirigida a mim. Não votei nele e nunca foi um cenário que passou pela minha cabeça.

Nao me dirigi a ninguem em particular, é uma constatacao.
Curioso como a malta da direita andou aqui a acariciar o falo do Marcelo em periodo eleitoral. Agora que ele tem feito o trabalho dele melhor que o tabasco silva já é o anti-cristo. Impecável.
Estou em crer que essa posta de pescada não foi dirigida a mim. Não votei nele e nunca foi um cenário que passou pela minha cabeça.

Nao me dirigi a ninguem em particular, é uma constatacao.
Constatação só se for da tua loucura, não vi aqui ninguém a ser fanboy do marcelo.
O maior apoiante deve ter sido o chown. Naturalmente que qualquer pessoa minimamente bem de saúde mental preferia o marcelo ao novoa. E a maioria dos portugueses pelos vistos concordou comigo, tendo-lhe dado a maioria na 1º volta.

@juziel

Quase as mesmas medidas???

O passos queria repor salários? O passos queria negociar com a ue as medidas de austeridade impostas? O passos ia deixar de se dobrar voluntariamente às exigências da troika?

Eu vejo um mundo de diferenças nos respectivos modus operandi.

Tu estás a falar em cagagésimos de diferenças... repor salários? Que salários? Só se for os da FP, o resto anda tudo na mesma, a diferença é residual.

Os aumentos nas pensões, tão badalados a certa altura, chegaram a ser de 80 cêntimos. Depois vieram aumentos de dezenas de euros, mas veio-se a saber que não incluíam os que antes foram faustosamente aumentados nos tais 80 cêntimos...

O imposto sobre os combustíveis, a pretexto do baixo custo petrolífero, onde anda? Quando desaparece? É que o combustível já subiu cerca de 40% no governo Costa. "Só" 40%...

Mérito seja dado a Costa, isto não está pior do que estava. Mas desenganem-se, porque também não está melhor, a única grande diferença é as pessoas acreditarem que está melhor e isso faz mudar os comportamentos e a percepção da realidade, mas isso só vai fazer com que mais uns quantos voltem a ser apanhados na curva quando o inverno chegar. Porque ele vai chegar e com os problemas políticos actuais da UE, a questão não é saber "se", antes "quando".
- You're a real stone player, aren't you, Ma? You threatened to smother his children.
- What does that mean?
- You know, everyone thought Dad was the ruthless one. But I gotta hand it to you. If you'd been born after those feminists, you woulda been the real gangster.
- I don't know what you're talking about!
Juziel, não te querendo tirar a razão, mas eu lembro-me de pagar 1,80 euros pela gasolina 95 na altura do tio passos e não vi o choro que vejo agora.
O maior apoiante deve ter sido o chown.

 Concordei que era o melhor candidato, por mera exclusão de partes.

 O homem deve ser a figura política com a maior taxa de popularidade até hoje. É impressionante. Em muitos momentos, preferia uma pessoa mais reservada, mantendo alguma distância, até pela importância do cargo que ocupa. Sem dúvida que é imensamente popular, ouve todos os portugueses e tem uma disponibilidade incrível.

 Espero que tenha pulso firme quando tiver que o ter. Posições críticas são sempre bem-vindas.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
A 100% com o Passos Coelho. 100%. Não me esqueço da traição que ele cometeu quando deu a mão ao Costa no infame caso BANIF.
Porquê? Por vingança? Rancor? Não.
Simples: não faz nenhum sentido apoiar medidas que vão prolongar a vida de um governo com o qual discordamos profundamente, governo esse que, na nossa opinião, é praticante de um modelo económico que vai redundar em mais uma intervenção externa (ou num cenário no qual um novo governo reverterá o que foi feito e acentuará a medida que todos tomaram desde sempre, que é aumentar a carga fiscal).
Portanto, apoiar este governo constituiria apoiar mais uma intervenção externa.
O Costa quis a Gerigonça, fartou-se de dizer que ela sozinha governaria, que tomaria as medidas necessárias.
Então, Costa, governa aí.

Escreveste bem, a traição que ele (Passos) cometeu...

Porque em matéria de traições, incoerências e mentiras descaradas, ninguém, absolutamente ninguém na política portuguesa consegue superar o Passos (nem o recluso 44).

Esse fanboyismo desequilibrado fica-te tão, mas tão mal.

Haver em 2017 quem tente, ainda que por comparação espatafúrdia, fazer de Sócrates algo menos que um dos maiores ladrões e usurários da riqueza pública nacional é algo que não consegue ser compreendido pelo meu humilde cérebro. Certamente defeito meu, nem questiono isso.

Fanboyismo? Eu nem tenho queda para o Sócrates. E sim, talvez tenha sido um dos maiores ladrões, mas eu não estava a falar de ladroagem ou corrupcão, mas de inépcia, traição, incoerência, mentira, burrice... nisso o Passos bate-o aos pontos.
A 100% com o Passos Coelho. 100%. Não me esqueço da traição que ele cometeu quando deu a mão ao Costa no infame caso BANIF.
Porquê? Por vingança? Rancor? Não.
Simples: não faz nenhum sentido apoiar medidas que vão prolongar a vida de um governo com o qual discordamos profundamente, governo esse que, na nossa opinião, é praticante de um modelo económico que vai redundar em mais uma intervenção externa (ou num cenário no qual um novo governo reverterá o que foi feito e acentuará a medida que todos tomaram desde sempre, que é aumentar a carga fiscal).
Portanto, apoiar este governo constituiria apoiar mais uma intervenção externa.
O Costa quis a Gerigonça, fartou-se de dizer que ela sozinha governaria, que tomaria as medidas necessárias.
Então, Costa, governa aí.

Escreveste bem, a traição que ele (Passos) cometeu...

Porque em matéria de traições, incoerências e mentiras descaradas, ninguém, absolutamente ninguém na política portuguesa consegue superar o Passos (nem o recluso 44).

Esse fanboyismo desequilibrado fica-te tão, mas tão mal.

Haver em 2017 quem tente, ainda que por comparação espatafúrdia, fazer de Sócrates algo menos que um dos maiores ladrões e usurários da riqueza pública nacional é algo que não consegue ser compreendido pelo meu humilde cérebro. Certamente defeito meu, nem questiono isso.

Fanboyismo? Eu nem tenho queda para o Sócrates. E sim, talvez tenha sido um dos maiores ladrões, mas eu não estava a falar de ladroagem ou corrupcão, mas de inépcia, traição, incoerência, mentira, burrice... nisso o Passos bate-o aos pontos.

Sócrates é sinónimo de tudo isso menos de burrice. Porque lá esperto como tudo era ele.

Se bem que a "mentira" no Sócrates é questionável, porque quando ele fala parece que acredita mesmo na sua "narrativa" do PEC 4.

Já para não falar no atual primeiro ministro que é o Rei das Incoerências Disfarçadas. E que neste momento está a tentar puxar o tapete a si próprio para provocar eleições antecipadas e lutar por uma maioria absoluta. Sempre com os interesses do País à frente.
A 100% com o Passos Coelho. 100%. Não me esqueço da traição que ele cometeu quando deu a mão ao Costa no infame caso BANIF.
Porquê? Por vingança? Rancor? Não.
Simples: não faz nenhum sentido apoiar medidas que vão prolongar a vida de um governo com o qual discordamos profundamente, governo esse que, na nossa opinião, é praticante de um modelo económico que vai redundar em mais uma intervenção externa (ou num cenário no qual um novo governo reverterá o que foi feito e acentuará a medida que todos tomaram desde sempre, que é aumentar a carga fiscal).
Portanto, apoiar este governo constituiria apoiar mais uma intervenção externa.
O Costa quis a Gerigonça, fartou-se de dizer que ela sozinha governaria, que tomaria as medidas necessárias.
Então, Costa, governa aí.

Escreveste bem, a traição que ele (Passos) cometeu...

Porque em matéria de traições, incoerências e mentiras descaradas, ninguém, absolutamente ninguém na política portuguesa consegue superar o Passos (nem o recluso 44).

Esse fanboyismo desequilibrado fica-te tão, mas tão mal.

Haver em 2017 quem tente, ainda que por comparação espatafúrdia, fazer de Sócrates algo menos que um dos maiores ladrões e usurários da riqueza pública nacional é algo que não consegue ser compreendido pelo meu humilde cérebro. Certamente defeito meu, nem questiono isso.

Fanboyismo? Eu nem tenho queda para o Sócrates. E sim, talvez tenha sido um dos maiores ladrões, mas eu não estava a falar de ladroagem ou corrupcão, mas de inépcia, traição, incoerência, mentira, burrice... nisso o Passos bate-o aos pontos.
Só mesmo na cabeça de um fanboy esquerdista como tu.
Juziel, não te querendo tirar a razão, mas eu lembro-me de pagar 1,80 euros pela gasolina 95 na altura do tio passos e não vi o choro que vejo agora.
Qual era o preço do petróleo?
Chat shit get banged.
Juziel, não te querendo tirar a razão, mas eu lembro-me de pagar 1,80 euros pela gasolina 95 na altura do tio passos e não vi o choro que vejo agora.
Qual era o preço do petróleo?
A tua teoria não faz sentido. A do mayhem é muito melhor, o passos metia a gasolina a 1.80 mas depois veio o costa e baixou o preço.
A do mayhem é muito melhor, o passos metia a gasolina a 1.80 mas depois veio o costa e baixou o preço.

 Aumentando os impostos sobre os produtos combustíveis.

 Génio.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp