Política Nacional

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Não sabem mesmo mais o que criticar, lol... Que parvoíce.

 Bem, mas agora é proibido ter uma opinião?

Yah, @Chown ... Eu proibi-te a ti, o moderador desta secção, de ter ou expressar uma opinião.

Simplesmente dei uma opinião sobre a vossa crítica/opinião.
 @M, eu acho ridículo organizar uma exposição de carros eléctricos no Museu dos Coches. Tu deste a entender que é uma crítica que vem na linha de tudo criticar, passando a ideia que nada se faz de bem. Erradamente. Elogio quando há algo para elogiar.

 Mas já que estamos com o Museu dos Coches, o governo anterior também meteu água, quis apressar a inauguração do museu, por motivos políticos, sem que o museu estivesse com a colecção completa. Só agora é que a temos como foi projectado inicialmente. Mesmo assim, registou em 2016 383 mil visitantes, sendo o museu (pertencente à Direcção-Geral do Património Cultural)  que mais visitas recebe, logo, contraria aquela ideia do ter que diversificar para registar receita.

 Nem sou contra à ideia de diversificar para atingir novos públicos, é uma boa estratégia, mas misturar ali os Coches com carros eléctricos foi uma ideia mal concebida. Deviam ter aproveitado outro espaço para o fazer, inserido no Museu dos Coches, espaço esse que desconheço se existe.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
@Chown posso estar errado, mas talvez tenhas compreendido mal o tipo de exposição de que se trata. Não se trata de uma exposição temporária para visitantes do museu, antes um evento internacional de 3 dias cujo tema é os veículos eléctricos - uma espécie de conferência com uma forte componente de indústria/comércio. Este tipo de conferências ou é organizado em grandes centros de conferência ou salões tipo FIL, ou geralmente faz-se em espaços mais pequenos mas agradáveis para os participantes do evento - e o Museu dos Coches é um espaço agradável e bem localizado, acrescido dessa curiosidade de ser um museu sobre veículos.

É ridículo para quem? Para quem participa no evento? Esses provavelmente vão achar piada ver os coches. Para o Museu? Esse amealha uns trocos por um evento de 3 dias que ajuda a pagar os custos.

Não percebo razão para escândalo.  :inde:
@M, é um museu de Coches. Com uma organização específica, com interacção tecnológica e que ainda há poucos dias abriu portas com toda a colecção. O espaço para a feira de carros eléctricos foi mal escolhido, aquele é um espaço específico e que acabou de abrir com a colecção completa.

Certamente há espaços mais acolhedores, envolventes, para realizar essa feira, ao invés de um Museu cuja a temática são os Coches. E se querem utilizar os Museus, ao menos usem aqueles que têm poucas visitas, é que este é somente o que maior número de visitas regista. Eu coloquei uma foto, para vermos o que é para mim o ridículo da situação, é que nem há qualquer simbiose entre peças em exposição ( carros e Coches). Foi uma tentativa de ser diferente falhada, acontece.

Vamos lá ver se nenhum vendedor de carros se lembra de negociar um Coche, nunca se sabe. O Mário Centeno é pessoa para aproveitar para diminuir o défice, já que as avionetas já foram todas.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Foi uma tentativa de ser diferente falhada, acontece.

Falhada se os participantes da Expo não gostarem...  :inde:
 O Ministro Mário Centeno a confirmar que o crescimento económico, que neste próximo trimestre poderá ser superior a 3%, deve-se ao crescimento das exportações e do investimento.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
 @Rui Sampaio, era uma tremenda seca se tivéssemos todos a mesma opinião. Alguém tinha que concordar com aquilo, caso contrário a exposição dos carros estava noutro sítio. Eu entendo que a escolha do espaço foi infeliz.

 
Não sabem mesmo mais o que criticar, lol... Que parvoíce.

 Bem, mas agora é proibido ter uma opinião?

Sim claro, é como a arte, o que para uns é uma obra prima do mestre, para outros é a prima do mestre de obra... :great:
Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
Acho que mais importante do que a questão de os carros estarem bem ali ou não (a mim não me choca), é a promoção da mobilidade sustentável.
 O Ministro Mário Centeno a confirmar que o crescimento económico, que neste próximo trimestre poderá ser superior a 3%, deve-se ao crescimento das exportações e do investimento.
 :lol: :lol: :lol:

Há que aproveitar agora a notoriedade. Tenho sérias duvidas que isso aconteça. Em caso de um crescimento dessa dimensão, iriamos encaminhar-nos para um crescimento entre 2.5 a 3% neste ano, o que não me parece de todo possível
 Quem estiver interessado numa possível explicação plausível sobre o crescimento económico do primeiro trimestre de 2017, pode ler isto: https://desviocolossal.wordpress.com/2017/05/18/uma-explicacao-trivial-mas-palavrosa-para-o-maior-crescimento-economico-do-milenio/

 Faz todo o sentido. É a recuperação de uma economia nacional que decresceu imenso. A recuperação económica europeia também explica algumas coisas, estão praticamente quase todos os países a recuperar e com bons valores. Assim que atinja um ponto semelhante ao que estivemos no passado, pode estagnar e voltar ao base, que é um crescimento entre o 1% e o 1,5%, se nada fizermos.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Ainda estou para perceber como é que estagnas enquanto cresces. É dos maiores oxymorons que já li.

Sent from my MI 5 using Tapatalk

Ainda estou para perceber como é que estagnas enquanto cresces. É dos maiores oxymorons que já li.

 Porque abaixo dos 1,5 / 1,6% o desenvolvimento económico está próximo de nulo. Faz sentido falar em desenvolvimento económico quando falamos de crescimento económico superior aos 2%, abaixo disso a economia tenderá a ficar praticamente estagnada. Qualquer valor positivo representará crescimento na teoria, na prática é que será um bocado diferente.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp


Ainda estou para perceber como é que estagnas enquanto cresces. É dos maiores oxymorons que já li.

 Porque abaixo dos 1,5 / 1,6% o desenvolvimento económico está próximo de nulo. Faz sentido falar em desenvolvimento económico quando falamos de crescimento económico superior aos 2%, abaixo disso a economia tenderá a ficar praticamente estagnada. Qualquer valor positivo representará crescimento na teoria, na prática é que será um bocado diferente.

Na teoria e na pratica. Nulo = sem valor, 0. 1% é um crescimento pequeno, anemico, baixo, insignificante, mas não é nulo nem estagnado. Se eu crescer 1% ao ano cresco quase 2cm, logo não estou com o crescimento estagnado.

Se é bom? Não. Mas economicamente falando os tempos de crescimentos de 5% em nações desenvolvidas já vão bem longe (fora certas excepções).

Sent from my MI 5 using Tapatalk

Na teoria e na pratica. Nulo = sem valor, 0. 1% é um crescimento pequeno, anemico, baixo, insignificante, mas não é nulo nem estagnado. Se eu crescer 1% ao ano cresco quase 2cm, logo não estou com o crescimento estagnado.

Se é bom? Não. Mas economicamente falando os tempos de crescimentos de 5% em nações desenvolvidas já vão bem longe (fora certas excepções).

Sent from my MI 5 using Tapatalk

 Em termos económicos é praticamente estagnação. O emprego manter-se-à estável, o desemprego idem, que era exactamente nessa situação que estávamos antes de 2008. A criação de riqueza igualmente. Por isso faz sentido falar em estagnação, os resultados são quase nulos e ninguém verá qualquer diferença.

 O que temos que fazer é aproveitar esta mudança de ciclo económico, que temos a economia a recuperar da crise que passou, para aplicar reformas estruturais de modo a que possamos ter bons crescimentos económicos, assim que a economia começar atingir esse ponto de estagnação e volte ao ponto onde estava anteriormente. Pegar nos bons ciclos económicos e preparar o país para os maus ciclos económicos.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp