Hugo Chávez

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar
CARACAS, Venezuela (AP) -- President Hugo Chavez called for radical changes to Venezuela's constitution Wednesday night, proposing reforms that would eliminate current limits on his re-election and extend presidential terms.

Venezuela President Hugo Chavez wants to be allowed to be elected indefinitely.

Chavez, speaking to the National Assembly, also proposed ending the autonomy of Venezuela's Central Bank, which would give him access to billions of dollars of foreign reserves. He also called for increasing the government's power to expropriate private property before getting a court's approval.

The self-styled revolutionary said presidential terms should be extended from six to seven years, though he denied he wants lifelong power as his opponents allege.

"I propose to the sovereign people the seven-year presidential term. The president can be re-elected immediately for a new term," Chavez said. "If someone says this is a project to entrench oneself in power. No, it's only a possibility, a possibility that depends on many variables."

If approved, the reform of the constitution would be Chavez's most radical step yet in his drive to transform Venezuela along his vision of socialism. Since winning re-election to a new six-year term in December, he has aggressively advanced that goal, nationalizing the oil, telecommunications and electricity sectors.

Critics accuse Chavez of seeking to remain as president for decades to come, like his close friend Fidel Castro in Cuba. Many fear he is steering this oil-rich South American nation toward Cuba-style communism.

"Chavez is seeking to reduce the territory held by the opposition and give his intention to remain in power a legal foundation," said Gerardo Blyde, an opposition leader and former lawmaker.

He said many other reforms are likely to be "red capes" like those used by a bullfighter "to distract Venezuelans from his real objective."


Omg o homem ficou maluco de vez agora quer ficar para sempre como presidente da venezuela sem eleições,entre outras coisas... novo ditador?
 
Ajmo Hajduk , Ajmo Sporting! (anti-nn gays)
novo ditador?

Nem pensar! O homem tem o aval do nosso Marito dos faxes, só pode ser um genuíno democrata e laico e imbuído da mais estrita ética republicana e mais essas coisas todas que eles chamam uns aos outros... :arrow:
Estão a esquecer que o homem tem ganho eleições e referendos desde 1998... mas este tema é muito complexo, seria preciso ver a realidade desse país desde a década de 40 do século passado até hoje.

Para além de que essas eleições e referendos têm sido completamente livres e sem nada a apontar, segundo montes de ONGs dedicadas ao efeito, como por exemplo a ONG (The Carter Center) de Jimmy Carter (ex-presidente americano).
Pelos vistos, mais (bem mais) de 50% dos venezuelanos estão de acordo com a política de Chavez. Existem muitos que não estão de acordo? Epá, na democracia quem tem mais votos ganha e governa (quer dizer.... nem sempre - Timor Leste). Por isso, inchem. E inchem sobretudo aqueles que estavam a tirar a riqueza da Venezuela.
ex-dmalmeida
David Almeida - LE S: A27 F: 22 N: 39 Sócio Nº 14864
Σπόρτινγκ - Assim se escreve Sporting em grego. Спортинг - em Russo. Em japonês é スポルティング・リスボン.
Quem também ganhou eleições foi o Partido Nacional Socialista, mas deixem lá isso. :arrow:
Nada que uma invasão militar ordenada por um bebâdo analfabeto que nem sequer foi eleito pelo seu povo, não possa resolver.
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
Nada que uma invasão militar ordenada por um bebâdo analfabeto que nem sequer foi eleito pelo seu povo, não possa resolver.

Achas?

Ele já tem problemas que cheguem no Iraque.
Afinal, a crítica é para Soares ou para Chavez?!

Poucos se recordam, mas Chavez tentou fazer um golpe de estado. Falhou e foi preso. Contudo, chegou ao poder de forma democrática, e todos os actos legislativos venceu de forma limpa. As organizações internacionais presentes garantem a veracidade dos resultados e a democraticidade dos actos. E nesse tempo, foi vítima de duas tentativas de golpe constitucional, que visavam destituir alguém elito democraticamente. O curioso foi ver um estado que propaga a democracia a patrocinar golpes de estado. Mas essa era uma tradição antiga desde o pLano Condor...

Será que os autarcas "dinoussauros" com mais de 30 anos de poder são menos democratas que os outros? Serão ditadores? Em Democracias adultas não creio que a competência e alguém que é reconhecida pelos seus votantes, onde existe uma fiscalização total e permanente pelas entidades, se esfume ao fim de 8 anos.

Contudo, em cargos de grande responsabildiade e poder, concordo que exista uma limitação. E esse caminho que Chavez pretende trilhar, vestindo a pele do salvador único, não é para mim nem recomendável nem aceitável.

Citação de: FLL
Nem pensar! O homem tem o aval do nosso Marito dos faxes, só pode ser um genuíno democrata e laico e imbuído da mais estrita ética republicana e mais essas coisas todas que eles chamam uns aos outros... :arrow:
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010
Kadahfi, Pervez Musharraf e José Eduardo dos Santos são apontados como líderes exemplo e democratas convictos. Quantas eleições disputaram? Há medias da oposição?

Citação de: FLL
Quem também ganhou eleições foi o Partido Nacional Socialista, mas deixem lá isso. :arrow:
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010
Contudo, em cargos de grande responsabildiade e poder, concordo que exista uma limitação. E esse caminho que Chavez pretende trilhar, vestindo a pele do salvador único, não é para mim nem recomendável nem aceitável.

Bingo, mas não só. Isso de mudar à força uma cultura capitalista (e muito consumista) como a venezuelana para um sistema socialista (cof-cof, comunista) é um grande erro da parte dele. Eu, por questões particulares, continuo a seguir com alguma atenção o que se está a passar.
A Venezuela segue alegremente a sua "revolución" e caminha a passos largos para se tornar a Cuba da América do Sul. À medida que o tempo passa a linha entre a democracia e a ditadura na Venezuela vai ficando mais ténue.

Neste momento a única coisa democrática que existe no país são as eleições, mas mesmo essas estão a sofrer enormes apertos. Acho que o Chavez ao dizer que quer governar até 2021, já deu mais um grande sinal do trilho totalitarista que pretende continuar e aprofundar.

Ainda há pouco tempo soube-se que uma das tropelias chavistas foi deixar de divulgar estatísticas, porque elas não eram nada favoráveis, em especial as da violência e criminalidade que estão a aumentar assustadoramente.

Tenho pena do provo venezuelano que já sofreu e vai continuar a sofrer ainda mais na pele com os desvarios totalitários de um líder. É sempre de lamentar quando novos regimes totalitários vão nascendo no mundo.
A Venezuela segue alegremente a sua "revolución" e caminha a passos largos para se tornar a Cuba da América do Sul. À medida que o tempo passa a linha entre a democracia e a ditadura na Venezuela vai ficando mais ténue.

Neste momento a única coisa democrática que existe no país são as eleições, mas mesmo essas estão a sofrer enormes apertos. Acho que o Chavez ao dizer que quer governar até 2021, já deu mais um grande sinal do trilho totalitarista que pretende continuar e aprofundar.

Ainda há pouco tempo soube-se que uma das tropelias chavistas foi deixar de divulgar estatísticas, porque elas não eram nada favoráveis, em especial as da violência e criminalidade que estão a aumentar assustadoramente.

Tenho pena do provo venezuelano que já sofreu e vai continuar a sofrer ainda mais na pele com os desvarios totalitários de um líder. É sempre de lamentar quando novos regimes totalitários vão nascendo no mundo.

Sem tirar nem pôr. A Venezuela caminha a passos largos para se tornar uma ditadura sul-americana. E nós ficamos, impávidos e serenos, a assistir ao desenrolar dos acontecimentos.

Em qualquer cargo político, por muito bom que se seja, a limitação de mandato é um instrumento essencial para impedir regimes totalitaristas e para renovar o dirigismo do organismo ou estado...
E nós ficamos, impávidos e serenos, a assistir ao desenrolar dos acontecimentos.

O que podemos fazer?

Eles votaram nele e um dia vão mamar com ele. O povo manda e a Venezuela é um país soberano.
Também acho que ng tem nada que se meter nisso, se o povo vota, é porque o povo quer, é como o estupido embargo a Cuba que os impede de viver com melhores condições, são uma pequena ilha que não ameaça ninguém, no caso da Venezuela são maiores, se começarem a incomodar os outros, aí sim, acho que alguém terá que ir lá dar um pau no gajo, mas as medidas que ele tem tomado a nivel de estado (nao me refiro a si proprio a tentar eternizar o poder), como as nacionalizações e outras coisas ja referidas no post inicial, parecem-me de pura protecção ao proprio país que diga-se andava mesmo a ser chulado a torto e a direito, agora até que ponto é que o comunismo (sim, pq é comunismo) não acabará por cair nos lugares comuns das outras experiencias ja tentadas noutros lados em tempos não muito longiquos, já é outra "estória"...
Another day, another idiot...
Citação de: MadeiraLion
Bingo, mas não só. Isso de mudar à força uma cultura capitalista (e muito consumista) como a venezuelana para um sistema socialista (cof-cof, comunista) é um grande erro da parte dele. Eu, por questões particulares, continuo a seguir com alguma atenção o que se está a passar.

Socialismo nunca foi Comunismo.

Chávez tem sucesso. E sabes porquê? Porque deu de comer a muita gente que passava fome. Isso é inegável. Da mesma forma que tomou posse de matérias-primas que pertencem ao estado, que onde antes recebiam verbas inferiores a 1% do que era seu. É por isso Chavéz tem sucesso na Venezuela. Enquanto as pessoas têm fome, tudo o resto é menos importante.

O problema é que aqueles que dizem ser alternativas a Chávez são os mesmos que patrocinaram duas tentativas de golpe de estado. Além disso, e também muito grave, deu mais força a Chávez, fornecendo-lhe um caminho para derivas de autoritarismo e totalitarismo.
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010
Citação de: Ricardo Martins Pereira
Tenho pena do provo venezuelano que já sofreu e vai continuar a sofrer ainda mais na pele com os desvarios totalitários de um líder. É sempre de lamentar quando novos regimes totalitários vão nascendo no mundo.

Curioso que não se fale de Angola, e seja essa considerado um exemplo de progresso e uma grande oportunidade. Aqui, nem eleições... Mas não se critica...
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010
Citação de: MadeiraLion
O que podemos fazer?

Eles votaram nele e um dia vão mamar com ele. O povo manda e a Venezuela é um país soberano.

Exemplo maior é o Perú. Depois de Fujimori, voltaram a escolher Alan García, de largo cadastro e história de roubo de dinheiros públicos. Enfim...
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010
Citação de: Incitatus
Também acho que ng tem nada que se meter nisso, se o povo vota, é porque o povo quer, é como o estupido embargo a Cuba que os impede de viver com melhores condições, são uma pequena ilha que não ameaça ninguém, no caso da Venezuela são maiores, se começarem a incomodar os outros, aí sim, acho que alguém terá que ir lá dar um pau no gajo, mas as medidas que ele tem tomado a nivel de estado (nao me refiro a si proprio a tentar eternizar o poder), como as nacionalizações e outras coisas ja referidas no post inicial, parecem-me de pura protecção ao proprio país que diga-se andava mesmo a ser chulado a torto e a direito, agora até que ponto é que o comunismo (sim, pq é comunismo) não acabará por cair nos lugares comuns das outras experiencias ja tentadas noutros lados em tempos não muito longiquos, já é outra "estória"...

Fidel está no poder há décadas graças a esse embargo. Finalmente alguém fala do porquê do sucesso desses populistas: a forma como os recursos desses países eram explorados para proveito exclusivo de entidades estrangeiras, continuando o país miserável.

Incitatus, se Venezuela decidir não vender petróleo a um qualquer seu Cliente, é sua opção. O tempo das colónias há muito que terminou. Se a China paga mais, vende à China. São as regras de mercado. :arrow:

É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010
Socialismo nunca foi Comunismo.

Vamos ver... espero que não seja mesmo.

Chávez tem sucesso. E sabes porquê? Porque deu de comer a muita gente que passava fome. Isso é inegável.

Não só deu de comer, é o único presidente em mais de 40 anos que se preocupou com as pessoas de mais baixos recursos, precisamente a grande base de apoio que tem hoje. Bem ou mal, hoje essas pessoas têm acesso à educação, à saúde, e a outros serviços básicos que antes não conseguiem ter. Tudo subsidiado pelos petrodólares.

O problema é que aqueles que dizem ser alternativas a Chávez são os mesmos que patrocinaram duas tentativas de golpe de estado.

Não só, as alternativas são as mesmas pessoas que governaram durante 40 anos da maneira que disse mais atrás, só para os ricos, nada para os pobres. As alternativas de hoje são os chulos de ontem. O povo não esquece...

Mas um dos slogans do governo é "Venezuela é, agora, de todos", no entanto, o seu governo está a deixar as pessoas de mais recursos, a clase média, os privados, tudo de parte. Para conquistar mais algum carinho das clases mais pobres gosta de castigar quem mais tem.

Além da corrupção que, pelo que se diz, nunca foi tão grande como hoje.