Beto Pimparel

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar
Beto na Turquia "rumo ao Mundial 2018"

01 ago, 2017 - 18:53

O guarda-redes português, de 35 anos, deixou o Sporting, onde estava na sombra de Rui Patrício, indiscutível entre os postes leoninos, para poder estar no Mundial da Rússia.

O guarda-redes Beto Pimparel, que deixou o Sporting para assinar pelo Goztepe, da Turquia, assumiu, esta terça-feira, a ambição de ganhar um lugar entre as escolhas do seleccionador Fernando Santos.

"Rumo ao Mundial 2018", escreve o internacional português, de 35 anos, "sem reservas", na sua conta do Facebook, admitindo que o seu objectivo, ao sair da sombra de Rui Patrício, em Alvalade, foi tornar-se "cada vez mais sólido na seleçcão nacional".
"A léguas de Portugal com mais essa conquista em mente. [Desengane-se] quem descura o campeonato da Turquia do 'top' mundial. Aqui vou crescer e vou ser desafiado contra grandes estrelas em ambientes inacreditáveis", escreveu o guardião.

Beto está "mais que motivado para levar o Göztepe Spor Kulübü, Portugal e a família Pimparel à glória", naquela que acredita que será "a temporada mais fácil" da sua carreira.

RR
Citar
BETO PEDE ALMA E CORAÇÃO EM BUCARESTE
Já jogou na Roménia

Antigo guarda-redes do Cluj (2011/12), da Roménia, Beto sabe o que espera o Sporting em Bucareste, na segunda mão do playoff de acesso à Champions. "Em casa, o Steaua joga com muita alma, muito coração, mas se o Sporting igualar essa vontade, capacidade de sofrimento e querer, tenho a certeza absoluta que a sua qualidade individual e coletiva irá sobressair", disse à TSF o guardião, de 35 anos, que trocou os leões pelos turcos do Goztepe. Atento ao jogo de Alvalade, Beto considera que ao Sporting "faltou materializar em golos a superioridade".

"A eliminatória está em aberto e o Sporting tem todas as condições para garantir a qualificação", acredita o internacional português, apostado em convencer Fernando Santos. "Realizei o sonho de regressar ao Sporting, não tinha os minutos que gostaria, mas respeitei sempre e agora vim à procura de oportunidades para que a médio prazo possa ser opção para o selecionador nacional", admite.

Record