Incêndio Pedrógão Grande - 64 mortos confirmados

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Esta medida não tem nada a ver com mais ou menos investimento, é apenas um "re-direcionamento" do investimento já feito. Qualquer politico minimamente sensato deveria ter feito disto a sua prioridade após os incêndios do ano passado.

 Para aumentar a força de combate é preciso aumentar os meios de combate. O equipamento é caro e é preciso investimento para o adquirir. Até mesmo a formação. É toda uma despesa que depende de investimento e esse investimento está "proibido" pelo Ministério das Finanças. Fosse fácil, já o estavam a fazer. É que tenho sérias dúvidas que o Exército Português vá nessa cantiga, sobretudo os altos quadros, que estão confortáveis em ter nada para fazer.

És uma pessoa de fé. Não tem que ver com facilidade ou dificuldade. Tem que ver com coragem e inteligência para o fazer.

 :arrow:

Destaco a coragem essencialmente. Neste país, tudo o que envolve as forças armadas é gerido com pinças. Sendo que de momento são mais um adereço do que algo com utilidade pública. Infelizmente.
Como é que um negócio como a limpeza de matas, que podia gerar facilmente muito emprego e lucro com relativa facilidade, é um negócio que praticamente não existe num país como o nosso?

Não acham estranho? Alguém consegue encontrar uma justificação para tal?
Citar
@rr.sapo.pt
16:41  Número de mortos aumenta para 63. Morreu um bombeiro de Castanheira de Pêra.

Faleceu um dos cinco bombeiros que estava internado em estado grave na sequência do combate aos incêndios em Pedrógão Grande. O bombeiro em causa, Gonçalo Conceição, pertencia à corporação de Castanheira de Pêra, tinha 40 anos, era casado e tinha um filho. Morreu no Hospital de Coimbra. Dois outros bombeiros continuam internados em estado grave. A informação foi avançada aos jornalistas pelo presidente da Liga dos Bombeiros, Jaime Marta Soares.
 :'( :'(
- You're a real stone player, aren't you, Ma? You threatened to smother his children.
- What does that mean?
- You know, everyone thought Dad was the ruthless one. But I gotta hand it to you. If you'd been born after those feminists, you woulda been the real gangster.
- I don't know what you're talking about!
@dude_31

Infelizmente, o pior cenário veio a confirmar-se. Um grande abraço para ti e para os teus familiares  :'(

Isto é tudo devastador...
Como é que um negócio como a limpeza de matas, que podia gerar facilmente muito emprego e lucro com relativa facilidade, é um negócio que praticamente não existe num país como o nosso?

Não acham estranho? Alguém consegue encontrar uma justificação para tal?

Um negocio que teria de ser suportado pelo estado, e ainda não apareceram "Cesares" para o explorar.
António Costa ainda não apareceu hoje?

Quando é "notícias boas" é conferências de imprensa, photo-op's, sorrisos para aqui, bicadas na oposição para ali, é um ver se te avias de entrevistas para malhar no jornalista e enaltecer o "bom trabalho" do Governo.

Quando é para alguém ser responsabilizado e propor medidas para o problema...

Triste sina do nosso País.
A diferença entre um monhé vendedor de banha de cobra e o mais parecido que temos com um estadista em portugal:

As notícias não são boas. Agradeço, todavia, a quem partilhou e me endereçou mensagens pessoais.

A Lígia e o Sérgio (mais os dois filhos pequenos), faziam parte do grupo que tentou fugir de carro e foi apanhado na "estrada" da morte.

 :-\

@dude_31

Infelizmente, o pior cenário veio a confirmar-se. Um grande abraço para ti e para os teus familiares  :'(

Isto é tudo devastador...

Obrigado @lacrymea  :(
« Última modificação: Junho 19, 2017, 19:22 pm por dude_31 »
 Assim que a cinza assentar, a Ministra da Administração Interna Constança Urbano de Sousa tem que se demitir. É impensável que possa manter-se no cargo para mais uma temporada intensa de fogos. Já nem me lembrava que esta senhora decidiu ir de férias em pleno pico de incêndios. Quem a mantém neste cargo também devia ter alguma humildade e assumir o erro.

 Aqui e ali vamos percebendo que foram cometidos erros técnicos nesta tragédia em Pedrógão Grande. A falta de alguma GNR no controlo do trânsito, a falta de liderança de modo a compreender o fenómeno e coordenar o combate ao incêndio, a demora que houve a um combate efectivo. Ao estar previsto risco máximo de incêndio, são precisas tomar precauções necessárias a minimizar os estragos e, creio, que foi ignorado um bocado o aviso vermelho para incêndio.

 Aguardo, então, que haja a decência por parte da Sra. Constança Urbano de Sousa para se demitir. É impensável morrer tanta gente e nem uma demissão existir, nem um assumir de responsabilidades, nem que seja parcial. O fenómeno é de causas naturais, acção sobre o mesmo é humana e é sobre esta acção que temos que refletir.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
As notícias não são boas. Agradeço, todavia, a quem partilhou e me endereçou mensagens pessoais.

A Lígia e o Sérgio (mais os dois filhos pequenos), faziam parte do grupo que tentou fugir de carro e foi apanhado na "estrada" da morte.

 :-\

@dude_31

Infelizmente, o pior cenário veio a confirmar-se. Um grande abraço para ti e para os teus familiares  :'(

Isto é tudo devastador...

Obrigado @lacrymea  :(

Companheiro, forte abraço e os meus sentimentos à família.
Senão estou em erro o Sérgio andou na mesma escola que eu. (Secundária de Sacavem)
@dude_31 ouvi agora a notícia e apesar de não conhecer nenhum dos intervenientes foi como se tivesse levado um murro no estômago.
Forte abraço para todos.

Enviado do meu GT-I9301I através de Tapatalk

"O bom senso é a coisa que está mais bem distribuída. Cada um pensa estar tão bem provido dele, que até mesmo os mais difíceis de contentar, não tem o costume de desejar mais do que o que têm" (R. Descartes, 1637))
Enquanto se discutem políticas de prevenção e mais isto e aquilo, se eu fosse político local dessas aldeias tentava era construir uma panic-room numa cave qualquer com acesso à prova de fogo e capacidade para a aldeia inteira durante umas horas. Mais rápido, mais eficaz e se calhar mais barato enquanto a malta toda política passa o tempo para cá e para lá no que deve ser ou deixar de ser feito.
As notícias não são boas. Agradeço, todavia, a quem partilhou e me endereçou mensagens pessoais.

A Lígia e o Sérgio (mais os dois filhos pequenos), faziam parte do grupo que tentou fugir de carro e foi apanhado na "estrada" da morte.

 :-\

@dude_31

Infelizmente, o pior cenário veio a confirmar-se. Um grande abraço para ti e para os teus familiares  :'(

Isto é tudo devastador...

Obrigado @lacrymea  :(

Companheiro, forte abraço e os meus sentimentos à família.
Senão estou em erro o Sérgio andou na mesma escola que eu. (Secundária de Sacavem)
@dude_31 ouvi agora a notícia e apesar de não conhecer nenhum dos intervenientes foi como se tivesse levado um murro no estômago.
Forte abraço para todos.

Enviado do meu GT-I9301I através de Tapatalk


Obrigado a ambos!
Na minha opinião um aspecto negativo foi ter se acabado com a tropa obrigatória.
Podia se perfeitamente colocar o pessoal do exército a limpar matas nos tempos livres.
Outra opção são os presos.
Enquanto se discutem políticas de prevenção e mais isto e aquilo, se eu fosse político local dessas aldeias tentava era construir uma panic-room numa cave qualquer com acesso à prova de fogo e capacidade para a aldeia inteira durante umas horas. Mais rápido, mais eficaz e se calhar mais barato enquanto a malta toda política passa o tempo para cá e para lá no que deve ser ou deixar de ser feito.

 Aconteceu algo semelhante. Uma senhora, cuja casa é de construção recente, conseguiu salvar onze pessoas na sua habitação. Como a mesma estava preparada para uma situação de incêndio durante algumas horas, foi determinante para que aquelas pessoas tivessem sido salvas.

 A Câmara Municipal do Funchal está a formar, há vários meses, núcleos de intervenção rápida a incêndios em zonas mais isoladas. Nestes núcleos há uma série de material de combate a incêndios, como também outro material médico para intervir em caso de necessidade, que podem ter um papel importante no combate aos incêndios, sobretudo quando os bombeiros demoram a chegar. Formar, informar e sensibilizar. É um trabalho que tem que ser feito todos os anos e com grande periodicidade, que pode fazer a diferença, em caso de terem que intervir.

 Há algumas acções acontecer, mas todos sabem que é preciso um grande plano, mais abrangente e transversal. Daqui a uns meses já ninguém se lembra disto, sobretudo em ano de eleições autárquicas, onde será mais importante falar sobre elas e deixar passar assuntos pertinentes. Até aposto que o combate aos incêndios vai entrar nas promessas eleitorais, como se isto fosse um mero assunto, que mereça meia-dúzia de promessas.

 Haja coragem, determinação e inteligência. Que está tudo por fazer e ninguém faz nada. Vá, fazem muito pouco, para ser mais justo com pequenos bons exemplos, como aquele que acabei de referir.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
FORÇA GRANDE BRUNO CARVALHO...
Ja sao 64 :'(

E parece não ficar por aqui.

Há aldeias que ainda não foram inspeccionadas.
Ja sao 64 :'(

E parece não ficar por aqui.

Há aldeias que ainda não foram inspeccionadas.
Que tristeza! :'(
FORÇA GRANDE BRUNO CARVALHO...