A Força do Futebol Português!

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Hoje a selecção nacional deu-me umas das maiores alegrias desportivas da minha vida.
Obrigado Malta!

Neste momento importa reflectir no que é a actual força do futebol português.
Depois de uma fase em que começava a ser preocupante a renovação que era importante fazer na nossa selecção, neste momento, podemos dizer que o nosso futuro a uma década estará assegurado.

Hoje fomos Campeões da Europa de uma das forma mais difíceis que se podem imaginar:
Vencendo na casa de um dos maiores países do continente europeu e que é também uma das maiores forças do futebol mundial!
Conseguimo-lo de forma épica mesmo sem poder poder com o nosso melhor jogador, o Ronaldo.

Já agora, não posso deixar de referir que, na minha opinião, o Ronaldo é jogador para ainda fazer mais uns bons 6 anos pela selecção. Contem com ele em mais 3 fases finais de grandes competições...

Mas agora atente-se no que é o futebol português actual:
Neste momento, Portugal é:

Campeão da Europa de Séniores
Vice-Campeão da Europa de Sub-21
Campeão da Europa de Sub-17

Temos jogadores de presente mas temos também jovens que nos vão, certamente, garantir um grande futuro.
Senão vejamos:

Rafael Guerreiro
Ilori
P. Oliveira
Ruben Semedo
Cédric
Rafa Soares
William
Danilo
João Mário
A. Gomes
Renato Sanches
Bernardo Silva
Bruma
Iuri Medeiros
Rafa
Gelson Martins
André Silva
...

E estou a esquecer-me de vários para além de não estar a referir ninguém dos Sub-17 que também são Campeões da Europa.

Enfim...
Incrível para um país com a dimensão do nosso!
Nada é bom demais para o SCP!
Sem dúvida. E acho que daqui a dois anos vamos chegar ao Mundial com um belíssimo conjunto, novamente. Pensando já nessa competição, se a evolução dos jogadores for o esperado, levava estes:

GR - R. Patrício, Anthony L., C. Marafona

DD - Cédric S., Vieirinha/N. Semedo

DC - Pepe, J. Fonte

DC - L. Neto, D. Carriço/R. Semedo/R. Ferreira

DE - Raphael G., F. Coentrão/Antunes/M. Rui

MD - William C., Danilo P./R. Neves

MC - Adrien S., J. Moutinho/A. Gomes

MD - J. Mário, Renato S.

ME - B. Silva, Rafa S.

AV - Nani, R. Quaresma/Pizzi

PL - C. Ronaldo, Éder/A. Silva

Acho que até essa competição, no onze da Seleção, podem entrar o Neto do Zenit (não porque o Fonte não tenha qualidade, mas porque o Neto é mais jovem) e o Bernardo Silva (que me parece mais criativo e perigoso que o Renato Sanches).

Não me esqueço da enorme qualidade do meio-campo da Seleção Sub-21 que foi à final, e que jogava com William, João Mário, Sérgio Oliveira (o menos forte) e Bernardo Silva.

Vamos ver como evolui André Silva, como é que a idade passa por Quaresma, Fonte e Vieirinha, como é que Moutinho, Adrien e André Gomes evoluem, etc etc.

Se o Neto me parece que terá lugar garantido com as saídas de Ricardo Carvalho e Bruno Alves, também há dúvidas sobre quem será o quarto central. Neste momento, Rúben Semedo, Carriço (Sevilla) e Ricardo Ferreira (Braga) parecem-me bem lançados. Paulo Oliveira e Ilori (dupla titular nos sub-21), por não serem titulares, podem ter mais dificuldades, a não ser que o cenário mude nas próximas 2 temporadas.
« Última modificação: Julho 11, 2016, 21:11 pm por GonçaloC »
Temos já para o ano mais uma competição (Taça das Confederações na Rússia)
A nível futuro, preocupa essencialmente a falta de excelentes centrais (Semedo + ?) e avançados (André S. ?)
"Classe e qualidade. Vamos lá ganhar esta merd* caralh*"
Pedro Barbosa
Sem dúvida. E acho que daqui a dois anos vamos chegar ao Mundial com um belíssimo conjunto, novamente. Pensando já nessa competição, se a evolução dos jogadores for o esperado, levava estes:

GR - R. Patrício, Anthony L., C. Marafona

DD - Cédric S., Vieirinha/N. Semedo

DC - Pepe, J. Fonte

DC - L. Neto, D. Carriço/R. Semedo/R. Ferreira

DE - Raphael G., F. Coentrão/Antunes/M. Rui

MD - William C., Danilo P./R. Neves

MC - Adrien S., J. Moutinho/A. Gomes

MD - J. Mário, Renato S.

ME - B. Silva, Rafa S.

AV - Nani, R. Quaresma/Pizzi

PL - C. Ronaldo, Éder/A. Silva

Acho que até essa competição, no onze da Seleção, podem entrar o Neto do Zenit (não porque o Fonte não tenha qualidade, mas porque o Neto é mais jovem) e o Bernardo Silva (que me parece mais criativo e perigoso que o Renato Sanches).

Não me esqueço da enorme qualidade do meio-campo da Seleção Sub-21 que foi à final, e que jogava com William, João Mário, Sérgio Oliveira (o menos forte) e Bernardo Silva.

Vamos ver como evolui André Silva, como é que a idade passa por Quaresma, Fonte e Vieirinha, como é que Moutinho, Adrien e André Gomes evoluem, etc etc.

Se o Neto me parece que terá lugar garantido com as saídas de Ricardo Carvalho e Bruno Alves, também há dúvidas sobre quem será o quarto central. Neste momento, Rúben Semedo, Carriço (Sevilla) e Ricardo Ferreira (Braga) parecem-me bem lançados. Paulo Oliveira e Ilori (dupla titular nos sub-21), por não serem titulares, podem ter mais dificuldades, a não ser que o cenário mude nas próximas 2 temporadas.

Espero bem que nessas contas já entrem jogadores de potencial tremendo como são Iuri Medeiros, Bruma, Gelson e quiçá Matheus...
Não digo todos...
Estes jogadores é que podem assegurar a magia que sempre caracterizou o futebol português e que não se pode perder!
Nada é bom demais para o SCP!
A nível futuro, preocupa essencialmente a falta de excelentes centrais (Semedo + ?) e avançados (André S. ?)

Sou fã do Neto. Acho que para o futuro próximo, com Pepe, Fonte e Neto estamos tranquilos. Parece-me que os dois primeiros, apesar da idade, ainda estarão em boa forma nos próximos 2/3 anos. Depois há vários jovens que podem evoluir e chegar à Seleção, como o Rúben Semedo, Paulo Oliveira, Tiago Ilori, Tobias Figueiredo... e veremos que devem aparecer outros. Ainda há o Carriço, que pode finalmente ter a sua oportunidade.

A nível de avançados, também não estou particularmente preocupado. Esta Seleção mostrou resultar bem sem um 9 fixo e com Ronaldo na frente. O Éder ganhou um novo fôlego com esta final (não foi só o golo, foi muito eficiente em segurar a bola e tabelar com os colegas) e o André Silva é muito promissor.
Este titulo também vai fazer aumentar a base de recrutamento, vai ser mais fácil convencer descendentes de Portugueses a representar a Seleção.
A nível futuro, preocupa essencialmente a falta de excelentes centrais (Semedo + ?) e avançados (André S. ?)

No Sporting CP tens 2: Semedo e Paulo Oliveira. O Carriço tem 27 anos. O Luís Neto tem 28. Estão aí 4 jogadores seleccionáveis. Para quem quiser fazer futurologia ainda tem mas 3 potenciais: Ilori, R. Vezo e Tobias Figueiredo.

Não acho que falte qualidade à selecção.

Antes do Nelson Semedo chegar à selecção ainda aparecerá (naturalmente) o Cancelo. O Bruno Fernandes acabará também por ser chamado. O Bernardo Silva regressará. Depois há jogadores como o Bruma, o Iuri, o André Silva, o Gelson e afins cuja chegada à selecção dependerá (muito) da aposta nos clubes.

Nos próximos tempos não ficarei espantado se regressarmos ao 4x3x3, voltando a deslocar o Ronaldo para uma ala, abrindo espaço a um novo PL. O Eder ganhou muito crédito com este golo, crédito o suficiente para não marcar nos próximos 10 jogos.  :mrgreen:
@Strikerr o que mais próximo estará disso será o Gelson, em minha opinião. Talvez o Bruma também. O Medeiros parece-me mais difícil, adoro-o e até é o que gosto mais dos três, mas não sei se será aposta do Jesus... que adora o Gelson.

Não acho que faça sentido algum naturalizar jogadores, daí achar que a inclusão do Matheus não tem grande sentido.

A verdade é que tens alguns miúdos criativos e com desequilíbrio que já se afirmaram nos seus clubes... João Mário, Renato Sanches, Rafa e Bernardo Silva desde logo, são jogadores mexidos e de bom requinte técnico. E outros que se podem afirmar (Gelson, por exemplo).

Vamos ver. Acho que no imediato Santos tentará mexer o mínimo possível na equipa, pelo que na próxima época só me parece provável a saída de Ricardo Carvalho dos convocados, para entrada do Neto. Os outros deverão ter de esperar pela época 2017/2018 (talvez com excepção para uma saída do André Gomes e entrada do Bernardo Silva... se este fizer uma grande época no Mónaco no próximo ano e, já agora, uns grandes Jogos Olímpicos).

@CaptainCharisma acho que o Cancelo (tal como o André Gomes) é bom jogador, mas é inflacionado pelo factor Jorge Mendes. Vamos ver como será a sua próxima época, mas acho que o Nélson Semedo tem mais potencial que ele (mera opinião).
No mundial vamos com Ronaldo e Matheus na frente.
@Strikerr o que mais próximo estará disso será o Gelson, em minha opinião. Talvez o Bruma também. O Medeiros parece-me mais difícil, adoro-o e até é o que gosto mais dos três, mas não sei se será aposta do Jesus... que adora o Gelson.

Não acho que faça sentido algum naturalizar jogadores, daí achar que a inclusão do Matheus não tem grande sentido.


Se o JJ não apostar no Iuri e no Matheus, devemos dar-lhe um calduço.
Quanto ao Matheus, jogador formado no SCP e completamente aculturado ao país, vejo-o como português já neste momento...  :inde:
Até acho que ele se está a atrasar com a questão burucratica.
Se já tivesse experiência de selecção, isso só o teria beneficiado na carreira.
Como o génio que o considero, ficarei contente se puder contar.

Isto não é o mesmo que naturalizar um Liedson. ;)
Nada é bom demais para o SCP!
(...)

@CaptainCharisma acho que o Cancelo (tal como o André Gomes) é bom jogador, mas é inflacionado pelo factor Jorge Mendes. Vamos ver como será a sua próxima época, mas acho que o Nélson Semedo tem mais potencial que ele (mera opinião).

O Cancelo ofensivamente é bastante razoável. Precisa de melhorar na decisão, mas está num patamar interessante. O Nelson Semedo ainda não me convenceu e a lesão certamente não ajudou. Veremos se são aposta na próxima temporada.
@Strikerr o que mais próximo estará disso será o Gelson, em minha opinião. Talvez o Bruma também. O Medeiros parece-me mais difícil, adoro-o e até é o que gosto mais dos três, mas não sei se será aposta do Jesus... que adora o Gelson.

Não acho que faça sentido algum naturalizar jogadores, daí achar que a inclusão do Matheus não tem grande sentido.


Se o JJ não apostar no Iuri e no Matheus, devemos dar-lhe um calduço.
Quanto ao Matheus, jogador formado no SCP e completamente aculturado ao país, vejo-o como português já neste momento...  :inde:
Até acho que ele se está a atrasar com a questão burucratica.
Se já tivesse experiência de selecção, isso só o teria beneficiado na carreira.
Como o génio que o considero, ficarei contente se puder contar.

Isto não é o mesmo que naturalizar um Liedson. ;)

Não disse que era o mesmo. Mas não concordo na mesma. Não é português nem filho de pais portugueses. E, quando assim não é, para mim não se deve naturalizar. Ponto.

Li umas declarações dele há uns tempos e a impressão que fiquei é que tanto lhe fazia jogar por Portugal ou Brasil... desde que jogasse. Percebo perfeitamente o ponto de vista dele. Mas não gosto.
O que é certo é que há uma infinidade de jogadores para todos os gostos.
Podemos fazer aqui um misto de juventude vs experiência excepcional.
E nem estamos a contar com a geração Campeã da Europa de Sub-17...

Por outro lado, depois deste título, eu até já nem peço peço mais títulos.
Isso é sempre complicado.
Já ficarei contente se fizermos boas fases finais.

Temos tudo para conseguir isto.
Nada é bom demais para o SCP!
@Strikerr o que mais próximo estará disso será o Gelson, em minha opinião. Talvez o Bruma também. O Medeiros parece-me mais difícil, adoro-o e até é o que gosto mais dos três, mas não sei se será aposta do Jesus... que adora o Gelson.

Não acho que faça sentido algum naturalizar jogadores, daí achar que a inclusão do Matheus não tem grande sentido.


Se o JJ não apostar no Iuri e no Matheus, devemos dar-lhe um calduço.
Quanto ao Matheus, jogador formado no SCP e completamente aculturado ao país, vejo-o como português já neste momento...  :inde:
Até acho que ele se está a atrasar com a questão burucratica.
Se já tivesse experiência de selecção, isso só o teria beneficiado na carreira.
Como o génio que o considero, ficarei contente se puder contar.

Isto não é o mesmo que naturalizar um Liedson. ;)

Não disse que era o mesmo. Mas não concordo na mesma. Não é português nem filho de pais portugueses. E, quando assim não é, para mim não se deve naturalizar. Ponto.

Li umas declarações dele há uns tempos e a impressão que fiquei é que tanto lhe fazia jogar por Portugal ou Brasil... desde que jogasse. Percebo perfeitamente o ponto de vista dele. Mas não gosto.

Para mim, desde que o jogador esteja há muito tempo no país e esteja perfeitamente aculturado, não me incomoda.
Nada é bom demais para o SCP!
@Strikerr o que mais próximo estará disso será o Gelson, em minha opinião. Talvez o Bruma também. O Medeiros parece-me mais difícil, adoro-o e até é o que gosto mais dos três, mas não sei se será aposta do Jesus... que adora o Gelson.

Não acho que faça sentido algum naturalizar jogadores, daí achar que a inclusão do Matheus não tem grande sentido.


Se o JJ não apostar no Iuri e no Matheus, devemos dar-lhe um calduço.
Quanto ao Matheus, jogador formado no SCP e completamente aculturado ao país, vejo-o como português já neste momento...  :inde:
Até acho que ele se está a atrasar com a questão burucratica.
Se já tivesse experiência de selecção, isso só o teria beneficiado na carreira.
Como o génio que o considero, ficarei contente se puder contar.

Isto não é o mesmo que naturalizar um Liedson. ;)

Não disse que era o mesmo. Mas não concordo na mesma. Não é português nem filho de pais portugueses. E, quando assim não é, para mim não se deve naturalizar. Ponto.

Li umas declarações dele há uns tempos e a impressão que fiquei é que tanto lhe fazia jogar por Portugal ou Brasil... desde que jogasse. Percebo perfeitamente o ponto de vista dele. Mas não gosto.

Para mim, desde que o jogador esteja há muito tempo no país e esteja perfeitamente aculturado, não me incomoda.

E eu respeito totalmente essa posição. Só não concordo  :great:
@Strikerr o que mais próximo estará disso será o Gelson, em minha opinião. Talvez o Bruma também. O Medeiros parece-me mais difícil, adoro-o e até é o que gosto mais dos três, mas não sei se será aposta do Jesus... que adora o Gelson.

Não acho que faça sentido algum naturalizar jogadores, daí achar que a inclusão do Matheus não tem grande sentido.


Se o JJ não apostar no Iuri e no Matheus, devemos dar-lhe um calduço.
Quanto ao Matheus, jogador formado no SCP e completamente aculturado ao país, vejo-o como português já neste momento...  :inde:
Até acho que ele se está a atrasar com a questão burucratica.
Se já tivesse experiência de selecção, isso só o teria beneficiado na carreira.
Como o génio que o considero, ficarei contente se puder contar.

Isto não é o mesmo que naturalizar um Liedson. ;)

Não disse que era o mesmo. Mas não concordo na mesma. Não é português nem filho de pais portugueses. E, quando assim não é, para mim não se deve naturalizar. Ponto.

Li umas declarações dele há uns tempos e a impressão que fiquei é que tanto lhe fazia jogar por Portugal ou Brasil... desde que jogasse. Percebo perfeitamente o ponto de vista dele. Mas não gosto.

Para mim, desde que o jogador esteja há muito tempo no país e esteja perfeitamente aculturado, não me incomoda.

E eu respeito totalmente essa posição. Só não concordo  :great:

 :great:
Nada é bom demais para o SCP!
O que é certo é que há uma infinidade de jogadores para todos os gostos.
Podemos fazer aqui um misto de juventude vs experiência excepcional.
E nem estamos a contar com a geração Campeã da Europa de Sub-17...

Por outro lado, depois deste título, eu até já nem peço peço mais títulos.
Isso é sempre complicado.
Já ficarei contente se fizermos boas fases finais.

Temos tudo para conseguir isto.

A questão passará mesmo por aqui. Esta conquista do Europeu também deve marcar o fim de um ciclo e o fim desse ciclo é a saída de alguns jogadores. Há, pelo menos, 3 nomes que têm de deixar de aparecer nas opções da selecção: Carvalho, Bruno Alves e Eliseu.

O Raphael Guerreiro ganhou a titularidade. Há 3 candidatos ao lugar de suplente: Antunes, Mário Rui e Fábio Coentrão.

O Bruno Alves sai, deverá ser substituído pelo Rúben Semedo ou pelo Paulo Oliveira, depende de qual se assuma como titular esta temporada no Sporting CP.

O Ricardo Carvalho sai e entra o Carriço se continuar como titular. Estas são as três primeiras alterações a que procedia.
Sei é que temos uma geração de ouro a aparecer que acredito que poderá dar muitas alegrias aos portugueses!

Eu até percebo não fazer uma grande remodelação na seleção, tendo em conta a conquista do Euro, mas há aqui vários jogadores que pensaria 2 vezes em voltar a convocá-los para seleção.

No entanto vai depender da aposta dos clubes na tal geração de ouro. A aposta no Rúben Neves, no André Silva, no Iuri, no Gelson, no Bruma, no Sérgio Oliveira, no Paulo Oliveira, no Rúben Semedo, no Ilori, etc.

Ricardo Carvalho, Bruno Alves, Eliseu, Merdinho, Quaresma, Nani, são para mim candidatos a "sair" da seleção ou a não terem um papel tão importante na caminhada para o mundial.
Atualização:

Portugal é:
Campeão da Europa de Séniores
Vice-Campeão da Europa de Sub-21
3ºClassificado no Europeu de Sub-19
Campeão da Europa de Sub-17
Nada é bom demais para o SCP!