Consultório Médico

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Anso com uma dor que não consigo descrever, maxilar, perto do ouvido direito, começou com uma pequena moideira mas tem progredido a ponto de não me estar a deixar dormir. Estou a pensar ir ao médico hoje mas não sei se vá a médico, dentista ou outro. Comprimidos pouco aliviam e a dor é mais notória quando acordo. Mastigar é tranquilo, bocejar já doi, mas está sempre lá uma dor.
Volto a esta questão, sendo que ainda me incomoda. Fui ao médico numa consulta de urgência, fizeram uma ecografia e em análise não pareceu existir qualquer inflamação ou infecção dos tecidos moles. Brufen e Voltaren durante 3 ou 4 dias... já passaram mais e continuo com a mesma dor, sobretudo de manhã. Na terça feira fiz um TAC, estou à espera do resultado para saber se poderá ser problema no maxilar/mandíbula.
Bom, o TAC também dá resultado normal.
Uma das colegas da minha esposa (trabalha num hospital) disse que poderia ser uma Nevrite...

Por acaso tens bruxismo? O que pode acontecer é estares a ranger os dentes a dormir e a causar essa dor.
O meu martírio é as costas, já não sei o que fazer... Tenho à quase 3 anos uma dor localizada nas costas, mais ou menos a meio das costas, do lado direito. Começou de forma espontânea em casa, não foi queda, nem esforço. É uma moínha que vai crescendo ao longo do dia (trabalho sentado), no fim do dia estou cheio de dores e muitas vezes a dor irradia para o lado. Quando estou deitado alivia e deixa de doer.

Já fiz tantos tratamentos que é difícil enumerar todos.
Comecei por tomar medicação para dores musculares, contraturas, etc, nada resulta nem alivia. Fiz raio-x, radiografia, TAC, sem detetar nada. Fui para a fisioterapia 4 meses sem nenhum resultado nem melhoria. Fiz Osteopatia e também não resultou.
Depois aconselharam-me ir a uma unidade de dor crónica nos lusiadas ou na luz, lá fui eu e pediram-me para arranjar um aparelho de estímulos eléctricos, e andei 1 mes a trazer para o trabalho todos os dias, a ligar aquilo 3/4 vezes ao dia durante 20min. Não resultou.
Agora disseram que o próximo passo era aplicar umas injeções diretamente no nervo da zona afetada, com ajuda do aparelho de raio-x, um procedimento que custa 4000€, mas não me dão garantias de que resulte, ao qual eu recusei.

Já não sei o que fazer ou o que experimentar... ninguém me consegue fazer um diagnóstico do que tenho, fui a vários médicos e nada. Não estou desesperado porque não me afeta o sono devido ao facto de passado um bocado de tempo deitado a dor passar. Mas começo a ficar cansado da dor, já nem sei o que é viver sem ela, muitas vezes estraga-me a qualidade de vida, pois alguns dias chego a casa e tenho de me deitar uma hora para aliviar.

Eu sei que a origem das dores de costas são muito difíceis de diagnosticar, mas já ter feito tanta coisa e nada ajudou...

Disseram-me para experimentar acupuntura, talvez seja a próxima coisa que faça.
O meu martírio é as costas, já não sei o que fazer... Tenho à quase 3 anos uma dor localizada nas costas, mais ou menos a meio das costas, do lado direito. Começou de forma espontânea em casa, não foi queda, nem esforço. É uma moínha que vai crescendo ao longo do dia (trabalho sentado), no fim do dia estou cheio de dores e muitas vezes a dor irradia para o lado. Quando estou deitado alivia e deixa de doer.

Já fiz tantos tratamentos que é difícil enumerar todos.
Comecei por tomar medicação para dores musculares, contraturas, etc, nada resulta nem alivia. Fiz raio-x, radiografia, TAC, sem detetar nada. Fui para a fisioterapia 4 meses sem nenhum resultado nem melhoria. Fiz Osteopatia e também não resultou.
Depois aconselharam-me ir a uma unidade de dor crónica nos lusiadas ou na luz, lá fui eu e pediram-me para arranjar um aparelho de estímulos eléctricos, e andei 1 mes a trazer para o trabalho todos os dias, a ligar aquilo 3/4 vezes ao dia durante 20min. Não resultou.
Agora disseram que o próximo passo era aplicar umas injeções diretamente no nervo da zona afetada, com ajuda do aparelho de raio-x, um procedimento que custa 4000€, mas não me dão garantias de que resulte, ao qual eu recusei.

Já não sei o que fazer ou o que experimentar... ninguém me consegue fazer um diagnóstico do que tenho, fui a vários médicos e nada. Não estou desesperado porque não me afeta o sono devido ao facto de passado um bocado de tempo deitado a dor passar. Mas começo a ficar cansado da dor, já nem sei o que é viver sem ela, muitas vezes estraga-me a qualidade de vida, pois alguns dias chego a casa e tenho de me deitar uma hora para aliviar.

Eu sei que a origem das dores de costas são muito difíceis de diagnosticar, mas já ter feito tanta coisa e nada ajudou...

Disseram-me para experimentar acupuntura, talvez seja a próxima coisa que faça.
@raisttlin ... A minha esposa tinha uma dor crônica num ombro, pescoço e costas. Um grande amigo meu trabalha à base de terapias naturais, reiki, shiatsu, acumpuntura coreana e mais algumas coisas que não sei numerar. 2 consultas, sem lhe tocar, há dois anos, nunca mais se queixou. Quase que se poderia dizer que foi um trabalho de psicólogo com alinhamento energético. Também já fiz algumas consultas com ele e quando é físico ele também faz fisioterapia. Mas nem todas as manifestações de dores físicas são do corpo. ;)
« Última modificação: Setembro 30, 2017, 19:32 pm por Phillipric »
«O importante é ganhar. Quer se goste mais de umas coisas e menos de outras, quer se tenha uma opinião mais para a esquerda ou mais para a direita, o que realmente importa é que cada um de nós ponha sempre os interesses do Sporting Clube de Portugal acima de qualquer gosto particular, de qualquer ataque dos nossos adversários, e tão alto que nada nem ninguém nos impeça de sermos cada vez mais fortes, ganhadores e campeões».
Anso com uma dor que não consigo descrever, maxilar, perto do ouvido direito, começou com uma pequena moideira mas tem progredido a ponto de não me estar a deixar dormir. Estou a pensar ir ao médico hoje mas não sei se vá a médico, dentista ou outro. Comprimidos pouco aliviam e a dor é mais notória quando acordo. Mastigar é tranquilo, bocejar já doi, mas está sempre lá uma dor.
Volto a esta questão, sendo que ainda me incomoda. Fui ao médico numa consulta de urgência, fizeram uma ecografia e em análise não pareceu existir qualquer inflamação ou infecção dos tecidos moles. Brufen e Voltaren durante 3 ou 4 dias... já passaram mais e continuo com a mesma dor, sobretudo de manhã. Na terça feira fiz um TAC, estou à espera do resultado para saber se poderá ser problema no maxilar/mandíbula.
Bom, o TAC também dá resultado normal.
Uma das colegas da minha esposa (trabalha num hospital) disse que poderia ser uma Nevrite...

Por acaso tens bruxismo? O que pode acontecer é estares a ranger os dentes a dormir e a causar essa dor.
Não sei. Nunca fui muito forte de dentes, é verdade. A médica também me falou nisso, mas nunca dei por ela. A minha esposa diz que nunca reparou que eu rangesse os dentes. De qualquer forma, há forma de se confirmar isso em casa? Se for, a que especialidade devo recorrer? Esse meu colega que falei no exemplo anterior também me disse que a ele lhe parecia que de noite eue deveria fechar os maxilares com força excessiva.
«O importante é ganhar. Quer se goste mais de umas coisas e menos de outras, quer se tenha uma opinião mais para a esquerda ou mais para a direita, o que realmente importa é que cada um de nós ponha sempre os interesses do Sporting Clube de Portugal acima de qualquer gosto particular, de qualquer ataque dos nossos adversários, e tão alto que nada nem ninguém nos impeça de sermos cada vez mais fortes, ganhadores e campeões».
Anso com uma dor que não consigo descrever, maxilar, perto do ouvido direito, começou com uma pequena moideira mas tem progredido a ponto de não me estar a deixar dormir. Estou a pensar ir ao médico hoje mas não sei se vá a médico, dentista ou outro. Comprimidos pouco aliviam e a dor é mais notória quando acordo. Mastigar é tranquilo, bocejar já doi, mas está sempre lá uma dor.
Volto a esta questão, sendo que ainda me incomoda. Fui ao médico numa consulta de urgência, fizeram uma ecografia e em análise não pareceu existir qualquer inflamação ou infecção dos tecidos moles. Brufen e Voltaren durante 3 ou 4 dias... já passaram mais e continuo com a mesma dor, sobretudo de manhã. Na terça feira fiz um TAC, estou à espera do resultado para saber se poderá ser problema no maxilar/mandíbula.
Bom, o TAC também dá resultado normal.
Uma das colegas da minha esposa (trabalha num hospital) disse que poderia ser uma Nevrite...

Por acaso tens bruxismo? O que pode acontecer é estares a ranger os dentes a dormir e a causar essa dor.
Não sei. Nunca fui muito forte de dentes, é verdade. A médica também me falou nisso, mas nunca dei por ela. A minha esposa diz que nunca reparou que eu rangesse os dentes. De qualquer forma, há forma de se confirmar isso em casa? Se for, a que especialidade devo recorrer? Esse meu colega que falei no exemplo anterior também me disse que a ele lhe parecia que de noite eue deveria fechar os maxilares com força excessiva.
Podes nem ranger, mas inconscientemente cerrar os dentes con muita forca e causar problemas no maxilar. Se comeres pão não sentes um moer / um barulho fino nessa zona?

Outra hipótese são problemas de oclusão. Podes ir a um dentista :)
Tenho andado a adiar o dentista há algum tempo, mas vai ter de ser. Não é por receio. Desde miúdo me habituei quase a ir mensalmente... por necessidade. Em termos de oclusão há uns tempos o dentista disse que era curioso os dentes atrás não serem muito certos mas encaixarem bem. Em miúdo usei aparelho ainda alguns bos anos. Mas vou ter mesmo de marcar consulta.
Verdade é que nestes 2 ultimos dias está cá uma dor, mas menos recorrente e só em movimentos específicos. Na consulta, a médica associou a stress, receitou me Valium. Fui pai há 15 dias mas isto começou ainda antes e não andava particularmente nervoso. Embora muitas vezes no sub consciente isso possa acontecer.
«O importante é ganhar. Quer se goste mais de umas coisas e menos de outras, quer se tenha uma opinião mais para a esquerda ou mais para a direita, o que realmente importa é que cada um de nós ponha sempre os interesses do Sporting Clube de Portugal acima de qualquer gosto particular, de qualquer ataque dos nossos adversários, e tão alto que nada nem ninguém nos impeça de sermos cada vez mais fortes, ganhadores e campeões».
Anso com uma dor que não consigo descrever, maxilar, perto do ouvido direito, começou com uma pequena moideira mas tem progredido a ponto de não me estar a deixar dormir. Estou a pensar ir ao médico hoje mas não sei se vá a médico, dentista ou outro. Comprimidos pouco aliviam e a dor é mais notória quando acordo. Mastigar é tranquilo, bocejar já doi, mas está sempre lá uma dor.
Volto a esta questão, sendo que ainda me incomoda. Fui ao médico numa consulta de urgência, fizeram uma ecografia e em análise não pareceu existir qualquer inflamação ou infecção dos tecidos moles. Brufen e Voltaren durante 3 ou 4 dias... já passaram mais e continuo com a mesma dor, sobretudo de manhã. Na terça feira fiz um TAC, estou à espera do resultado para saber se poderá ser problema no maxilar/mandíbula.
Bom, o TAC também dá resultado normal.
Uma das colegas da minha esposa (trabalha num hospital) disse que poderia ser uma Nevrite...

Por acaso tens bruxismo? O que pode acontecer é estares a ranger os dentes a dormir e a causar essa dor.
Não sei. Nunca fui muito forte de dentes, é verdade. A médica também me falou nisso, mas nunca dei por ela. A minha esposa diz que nunca reparou que eu rangesse os dentes. De qualquer forma, há forma de se confirmar isso em casa? Se for, a que especialidade devo recorrer? Esse meu colega que falei no exemplo anterior também me disse que a ele lhe parecia que de noite eue deveria fechar os maxilares com força excessiva.

Especialidade de maxilo-facial. Sabem tanto quanto um dentista para além de estarem habituados a tratar problemas do género do teu.
«O importante é ganhar. Quer se goste mais de umas coisas e menos de outras, quer se tenha uma opinião mais para a esquerda ou mais para a direita, o que realmente importa é que cada um de nós ponha sempre os interesses do Sporting Clube de Portugal acima de qualquer gosto particular, de qualquer ataque dos nossos adversários, e tão alto que nada nem ninguém nos impeça de sermos cada vez mais fortes, ganhadores e campeões».
O meu martírio é as costas, já não sei o que fazer... Tenho à quase 3 anos uma dor localizada nas costas, mais ou menos a meio das costas, do lado direito. Começou de forma espontânea em casa, não foi queda, nem esforço. É uma moínha que vai crescendo ao longo do dia (trabalho sentado), no fim do dia estou cheio de dores e muitas vezes a dor irradia para o lado. Quando estou deitado alivia e deixa de doer.

Já fiz tantos tratamentos que é difícil enumerar todos.
Comecei por tomar medicação para dores musculares, contraturas, etc, nada resulta nem alivia. Fiz raio-x, radiografia, TAC, sem detetar nada. Fui para a fisioterapia 4 meses sem nenhum resultado nem melhoria. Fiz Osteopatia e também não resultou.
Depois aconselharam-me ir a uma unidade de dor crónica nos lusiadas ou na luz, lá fui eu e pediram-me para arranjar um aparelho de estímulos eléctricos, e andei 1 mes a trazer para o trabalho todos os dias, a ligar aquilo 3/4 vezes ao dia durante 20min. Não resultou.
Agora disseram que o próximo passo era aplicar umas injeções diretamente no nervo da zona afetada, com ajuda do aparelho de raio-x, um procedimento que custa 4000€, mas não me dão garantias de que resulte, ao qual eu recusei.

Já não sei o que fazer ou o que experimentar... ninguém me consegue fazer um diagnóstico do que tenho, fui a vários médicos e nada. Não estou desesperado porque não me afeta o sono devido ao facto de passado um bocado de tempo deitado a dor passar. Mas começo a ficar cansado da dor, já nem sei o que é viver sem ela, muitas vezes estraga-me a qualidade de vida, pois alguns dias chego a casa e tenho de me deitar uma hora para aliviar.

Eu sei que a origem das dores de costas são muito difíceis de diagnosticar, mas já ter feito tanta coisa e nada ajudou...

Disseram-me para experimentar acupuntura, talvez seja a próxima coisa que faça.

Força aí raisttlin! Espero que o próximo tratamento que faças resolva esse problema!