Fórum SCP

Cédric Soares

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Com a equipa no estado que estava, acho que dificilmente era o lateral que ia mudar as coisas ofensivamente... :inde: :inde:

Há jogos que dou na cabeça do Cédric pelo que fez ofensivamente, mas este não é um deles.

Concordo que não esteve mal (o que é algo diferente de estar bem), mas porra... pensar que se compara com Danilos e afins... que cacete de laterais, parecem extremos a rachar adversários, médios a entregar a bola, e laterais pela resistência e velocidade...

Oxalá o porto seja obrigado a vender o Danilo (porque para o Alex Sandro até lá têm uma boa alternativa, o espanhol que andou na Roma).
Continua muito mediano!

Concordo que não esteve mal (o que é algo diferente de estar bem), mas porra... pensar que se compara com Danilos e afins... que cacete de laterais, parecem extremos a rachar adversários, médios a entregar a bola, e laterais pela resistência e velocidade...

Oxalá o porto seja obrigado a vender o Danilo (porque para o Alex Sandro até lá têm uma boa alternativa, o espanhol que andou na Roma).

O Danilo tem evoluído bastante, mas defensivamente continua-me a não convencer. Acho que qualquer extremo com qualidade continua a rasgar na boa o Danilo.
Primeiro discordo, mas o que é que é mais importante numa equipa que passa 60 a 70% com bola?

O porto este ano é a melhor defesa a par do benfica, com 10 golos sofridos. Nós temos... o dobro. Mais 6 que o braga, os mesmos que o Guimarães e só menos 3 que o Belenenses.

Quantos golos teria sofrido o porto se o Maicon e o Marcano fossem bons centrais, se o Danilo e o Alex Sandro soubessem defendessem e não fossem rachados por qualquer gajo e o Casemiro tivesse a qualidade do William?
Primeiro discordo, mas o que é que é mais importante numa equipa que passa 60 a 70% com bola?

O porto este ano é a melhor defesa a par do benfica, com 10 golos sofridos. Nós temos... o dobro. Mais 6 que o braga, os mesmos que o Guimarães e só menos 3 que o Belenenses.

Quantos golos teria sofrido o porto se o Maicon e o Marcano fossem bons centrais, se o Danilo e o Alex Sandro soubessem defendessem e não fossem rachados por qualquer gajo e o Casemiro tivesse a qualidade do William?

Pessoalmente, para mim um lateral tem de saber tanto defender como atacar. Mas, se um treinador arranjar um método defensivo em que os laterais são bem protegidos, então aí pode-se usar um lateral mais ofensivo.

O Maicon e o Marcano são bons centrais, o Alex Sandro defende bastante bem, o Casemiro dá muito pau e técnicamente não é nada de jeito, mas não é um gajo que se posiciona mal e o Lopetegui conseguiu impor um bom sistema defensivo nos porcos, a realidade é esta.

O Danilo melhorou defensivamente, aceito perfeitamente isso, mas eu sinceramente ainda não vejo o Danilo a um nível satisfatório para um grande clube em termos defensivos. O que me parece (tendo visto os jogos do porco) é que o espanhol arranjou uma boa maneira de compensar as subidas dos laterais e de impedir que haja muitos 1 para 1 com os laterais, especialmente o Danilo.

Porque eu percebo que um grande clube normalmente tem mais de 50% de posse de bola quando enfrenta clubes menores (especialmente da mesma liga), mas onde é que normalmente atacam esses clubes? Pelos corredores, seja através de transições, seja quando têm alguma posse e aí é importante (a meu ver) que os laterais defendam bem e também estejam bem protegidos. Se conseguires uma dessas 2 já não é nada mau, mas o melhor mesmo é conseguir ambas.
Portanto, o único gajo que defende mal desses 5 é o danilo? Estou em total desacordo.

O porto para mim é um óptimo exemplo do que quero dizer... defensivamente a equipa está longe até de ser brilhante (nas soluções de Herrera para trás e no processo), mas como ataca muito e bem sofre poucos golos e ganha jogos.

Contradição? Nem por isso. O porto mantém mais tempo a bola (pelo que reduz a possibilidade de sofrer golo) e pela qualidade defensiva encosta a maior parte dos adversários lá atrás (pelo que a afasta mais da sua baliza).

E os laterais são ambos fundamentais nisso. Um lateral hoje nem devia ser considerado um defesa (pela ideia que temos de defesa), é um jogador absolutamente fulcral no processo ofensivo, que numa equipa grande passa mais tempo em momento ofensivo (e no meio-campo adversário) que a defender.

Dizer que o Danilo defende mal, à escala nacional, é a mesma coisa que dizer que o Daniel Alves do tempo do Guardiola era comido defensivamente. So what? Os prós não eram claramente superiores aos contras? A equipa não precisava absolutamente da profundidade ofensiva dos laterais? E quem diz o Barça/Guardiola diz, à vontade, outras equipas grandes. É olhar para os laterais da maioria deles, encontras extremos adaptados, médios adaptados... é muito mais raro encontrares centrais adaptados. O que diz muita coisa.

Um lateral no processo ofensivo tem, regra geral, um posicionamento bem mais adiantado que o médio-defensivo, e muitas vezes está mais adiantado até que o médio-centro. Tem de oferecer muita profundidade numa equipa grande, é essa a sua principal função para mim (que entendo principal como aquela que desempenha mais tempo, o resto também cabe ao treinador - a parte do posicionamento, reacção à perda da bola, coberturas, etc).

Para o Danilo ser um buraco a defender, e o Cédric bom, nunca podiam sofrer metade dos golos que sofremos. Nem perto.

Esta época o porto sofreu até ao momento 10 golos (metade dos nossos), há 2 anos (portanto, época anterior à última) sofreu 9 em 30 jogos, com o Danilo a titular.

Isto diz-me três coisas: o Danilo não é um buraco a defender (quando comparado com o Cédric... de todo); o treinador tem um papel chave nos golos sofridos da equipa (considerando que tem um lateral que é papado por qualquer um então...); uma equipa que ataca bem, tem mais tempo a bola e sabe o que fazer com ela tende a ser a que ganha Campeonatos. Mais que a que defende bem (veja-se a Série A... e há quantos anos se safou por cá o Trapattoni!!). E o Danilo já foi campeão 1 vez (não sei se foi 2).E este ano vai aos 4os da Liga dos Campeões (já foi há 2 anos aos oitavos). Para um gajo que é um buraco a defender (e que teve parceiros como Maicon, Marcano, Alex Sandro; e anteriormente Mangala), aquilo correu demasiado bem.

Basta ver os 2 laterais direitos que têm sido campeões nos últimos anos... Danilo e Maxi. Defendem bem? Epá, se calhar não tanto. So what? São peças chave no ataque das suas equipas. E é a marcar golos que essas equipas ganham Campeonatos.

Não quero estar a fazer de fanboy... aceito perfeitamente o argumento que eles custaram o que custaram e nós temos o orçamento que temos. Faz todo o sentido e aplica-se, até, à maioria das posições. Mas sobretudo nas laterais, ponta-de-lança e meio-campo ofensivo (pelo Óliver e por haver 2 suplentes como Evandro e Quintero; não pelo Herrera, claro).

Ver o Danilo jogar semanalmente dá para tirar ilações. Assim como ver o Alex Sandro. Jogam numa equipa com grandes jogadores, é verdade, mas eles são, de entre esses, 2 dos mais importantes. É ver as perdas de bola. A capacidade de a segurar. O sucesso que têm no 1x1. A forma como ajudam a encostar o adversário às cordas. A profundidade que dão na ala e os movimentos interiores que conseguem. Os golos e assistências.

Isso não é tudo defender? Defender e atacar não são coisas que estão umbilicalmente ligado? Uma equipa que ataca melhor não joga, regra geral, melhor? E defender não é jogar? Se tiveres alguém que perde poucas bolas, ajuda a manter o adversário atrás e contribui para o ataque com qualidade, não estás a impedir que os adversários a recuperem? E não a recuperando, não os estás a impedir de marcar, que é o objectivo principal de defender?

Podes-me dizer: ah, e tal, não estão tão bem quanto isso no Campeonato. Até é verdade. Mas foi o Danilo, o Alex Sandro e mais uns quantos que empurraram o benfica para o seu meio-campo, e o fizeram ganhar apenas porque o Herrera e  o Jackson falharam golos e o Danilo deu um frango? O futebol não é só resultado. O benfica da lição táctica não criou uma jogada de jeito (teve sorte, como teve em Alvalade). Ao contrário do porto. Isso não é jogar bem futebol? E defender não é uma das partes de jogar futebol?

O Maxi também não é satisfatório a nível defensivo, o Dani Alves não era conhecido por defender bem, o Coentrão e o Marcelo também não, etc. São conhecidos por atacar bem. E por serem importantes em equipas que ganham títulos a atacar bem. Porque em 30 dos 34 jogos do Campeonato a equipa vai ter de assumir o jogo. Se não atacar bem não vai ganhar sempre. Pura e simplesmente. Pode defender bem. Mas vai perder títulos. E, se a equipa for grande mesmo, a melhor, vai assumir os jogos nas partidas contra os rivais.

Posso-te dar vários exemplos de equipas portuguesas nos últimos anos... do AVB (que deu 5 ou 6 ao benfica), do VP ("O benfica contra o porto é bola longa para o cardozo"... disse-o e bem) e o jesus quando apanhou o porto fragilizado (1º ano do jesus, ano passado em que fizeram uma grande 2a volta, etc). Este ano até pode ser a excepção, mas há factores que ajudam a explicar a vantagem...

Todas essas equipas conhecidas por terem laterais bons a atacar. Mais que a defender. Não estamos a pensar ao contrário? Somos o Sporting ou o braga?
Grande post, Ehrmantraut. Subscrevo cada palavra.
"If God had meant football to be played in the air, he would have put grass in the sky"

Brian Clough
No ultimo jogo valeu 0 ofensivamente. Há um golo, o 2º salvo erro, que está a por em jogo o Tello por estar completamente fora da linha da defesa.

Não fosse o Jefferson estar castigado, por mim entra o M Lopes para o seu lugar. Assim sendo, defendo a inclusão do Miguel á esquerda na 5ª
(...)
Esta época o porto sofreu até ao momento 10 golos (metade dos nossos), há 2 anos (portanto, época anterior à última) sofreu 9 em 30 jogos, com o Danilo a titular.
(...)
Todas essas equipas conhecidas por terem laterais bons a atacar. Mais que a defender. Não estamos a pensar ao contrário? Somos o Sporting ou o braga?

Importa ver o contexto em cada equipa.

No ano passado, Danilo e Alex Sandro tinham uma responsabilidade no ataque que este ano é menor. Aliás, o porto dependia decisivamente das subidas dos laterais, que os extremos eram anedóticos e o meio campo tinha verticalidade nenhuma.

E a manta ficou curta. Danilo em maior dose e Alex Sandro também, sempre que apanhavam uma equipa mais capaz, eram toureados a torto e a direito, porque o pulmão não chegava e sobretudo Danilo tem dificuldades nos momentos defensivos. Carrillo, fez 3, 4 jogos consecutivos contra o porto que fez o que quis dos seus laterais.

Imagino se fosse o Cedric a ser ultrapassado 5, 6, 7 vezes e com toda a facilidade pelo extremo contrário. E não é.

Danilo é o melhor lateral em Portugal, sem dúvida que pelo que dá no ataque, mas no ano passado foi absolutamente miserável.

Cedric tem evoluido muito pouco ou nada... ou mesmo regredido no ataque. Ainda assim, continua a ser um lateral que transporta muito jogo e oferece linhas de passe perto da área adversária. Defensivamente, é sólido. Tendo o Sporting um lateral do lado contrário que tem qualidade no ataque, vejo mal nenhum em uma equipa grande ter um lateral com mais valências defensivas que ofensivas, sendo que não é propriamente uma estátua que fica presa à sua posição.

No ultimo jogo valeu 0 ofensivamente. Há um golo, o 2º salvo erro, que está a por em jogo o Tello por estar completamente fora da linha da defesa.

Não fosse o Jefferson estar castigado, por mim entra o M Lopes para o seu lugar. Assim sendo, defendo a inclusão do Miguel á esquerda na 5ª

Tello está em jogo por Cedric e está em linha com o Oliveira.

________________


Já o disse. Não fosse eu Sportinguista, pagava para ver o sonho de alguns relativamente ao upgrade e à sua capacidade de lidar com Brahimis e quejandos, numa equipa desastrada defensivamente e ainda assim dar alguma coisa ofensivamente, coisa que nem os avançados fizeram.

O porto dependia mais dos laterais ofensivamente? Acho radicalmente o contrário... este ano têm mais bola, atacam mais, e como consequência os laterais também atacam mais.

Em vários jogos têm causado grandes desequilíbrios ofensivos. Não foi só neste. Continuam muito importantes nas manobras ofensivas (como quase todos os laterais das equipas que assumem os jogos são).

O Cédric também foi toureado no seu primeiro ano, por exemplo. A questão é que numa equipa organizada (responsabilidade do treinador) um tem MUITO mais qualidade que o outro. E o mesmo do outro lado.

E aceito perfeitamente a questão do orçamento, até concordo com ela e não sou mal-agradecido (de todo). Sei bem o que é possível e de onde viemos. Mas a diferença é tremenda, aí basta ver os jogos para perceber.

Cédric não é ultrapassado pelo lateral adversário? Isso dá golos? Na alemanha não fecha dentro o que oferece um golo aos adversários... e digo desde já que concordo que tem sido bem aceitável a defender, mas há coisas muito mais importantes que o 1x1 (mas, lá está, apenas numa equipa organizada, que jogue como equipa).

Eu vejo todo o mal nisso. Mas é o que existe e é difícil arranjar melhor.

E para mim o melhor lateral é mesmo o Alex Sandro. Depois o Danilo. Depois, bem longe, o Maxi. Depois sim, vem Jefferson e Cédric, e lá bem abaixo o Eliseu.

Editado: O próprio Sílvio facilmente seria melhor que o Cédric se estivesse bem fisicamente. E seria, na mesma, suplente do Maxi.
« Última modificação: Ontem às 20:12 por Ehrmantraut »
...
Tello está em jogo por Cedric e está em linha com o Oliveira.
...

Tello está em jogo por Cedric, mas também por Paulo Oliveira. Curiosamente, dos 4, só mesmo o PO reagiu bem ao lance: se o Cedric está a dormir, o Tobias e o Jonathan não estão melhor: avançado recebe e roda, fica de frente para a defesa, e nem central nem lateral se mexem.
Mesmo retirando o Cedric do lance (que estava a dormir - repito), o PO continuaria a meter o Tello em jogo e não é porque reagiu mal, mas sim porque é o único a reagir bem.
- You're a real stone player, aren't you, Ma? You threatened to smother his children.
- What does that mean?
- You know, everyone thought Dad was the ruthless one. But I gotta hand it to you. If you'd been born after those feminists, you woulda been the real gangster.
- I don't know what you're talking about!
Bom post Ehrmantraut .

Eu concordo com o geral das tuas ideias (o melhor ataque é a melhor defesa) e a importância dos laterais. Agora é como digo, os laterais tal como os centrais para mim têm de ser competentes na arte de defender e por isso darei sempre importância à parte defensiva do lateral.

Sobre o Danilo, estou mais com o Lion73, mas não considero Danilo melhor lateral em Portugal, prefiro o Alex Sandro.

Sobre o Maxi, a defender prefiro mais o Cédric (porque lá está, o Cédric a defender dá lições ao Maxi), mas a atacar o Maxi é superior sem dúvida (pelo menos a este Cédric).
Bom post Ehrmantraut .

Eu concordo com o geral das tuas ideias (o melhor ataque é a melhor defesa) e a importância dos laterais. Agora é como digo, os laterais tal como os centrais para mim têm de ser competentes na arte de defender e por isso darei sempre importância à parte defensiva do lateral.

Sobre o Danilo, estou mais com o Lion73, mas não considero Danilo melhor lateral em Portugal, prefiro o Alex Sandro.

Sobre o Maxi, a defender prefiro mais o Cédric (porque lá está, o Cédric a defender dá lições ao Maxi), mas a atacar o Maxi é superior sem dúvida (pelo menos a este Cédric).

Basicamente é isso tudo sobre a parte final. Um melhor numa coisa, outro melhor noutra. Depois dá-se mais valor ao que se quiser...

E diga-se que o porto com o danilo e o benfica com o maxi sofreram metade dos nossos golos... o que indicia que com um bom treinador malta que defende mal se pode safar bem a defender.

Basicamente é isso tudo sobre a parte final. Um melhor numa coisa, outro melhor noutra. Depois dá-se mais valor ao que se quiser...

E diga-se que o porto com o danilo e o benfica com o maxi sofreram metade dos nossos golos... o que indicia que com um bom treinador malta que defende mal se pode safar bem a defender.

Certo, já tinha concordado com isso  :great:
Pelo que acabo de ler, e se quisesse acreditar no CM, pelos vistos não haveria grande problema se o Cedric saísse para o Benfica. :whistle:

O Alex Sandro e o Danilo juntos custaram mais de 30 ME ao Porto. Estão por lá à anos e ao longo deste tempo, na minha opinião, nem de perto nem de longe justificaram o que se pagou por eles.

No entanto e como o Futebol é um local giro, de repente meia Europa parece querer o Danilo. Real Madrid, Barcelona, Man Utd. Eu devo ser muito estupido, porque não percebo como de um dia para o outro este jogador passa a ser, pelos vistos, o melhor lateral da Europa. Ou serão os fundos e empresários a trabalhar..  :think:

Voltando ao Cedric, tem sido dos jogadores que mais evoluíram desde que chegou à primeira equipa do Sporting. Ataca e defende melhor, tacticamente está mais evoluído, e deve ser dos jogadores do plantel com melhor capacidade física.

Um jogo não são jogos. No Dragão toda a defesa meteu água, o desacerto foi geral. Recordar esse jogo para avaliar a prestação geral do Cedric não me parece justo.

Este ano a equipa defende pior. Não será alheio a isso, não termos tido um dupla de centrais inequívoca ao longo da temporada. Salvo erro, Paulo Oliveira e Tobias é a 4a tentativa do MS para estabilizar a defesa. O ano passado com LJ, a defesa praticamente não mexeu: Cedric, Maurício, Rojo, Jefferson, jogaram talvez 90% das partidas, e por isso sofríamos muito menos golos. Terminamos a temporada com 20 golos sofridos, os mesmos que temos neste momento.

Para terminar, acho o Cedric um lateral com estofo para ser titular no Sporting por muitos e bons anos.

@Nuno Lapa é um lateral com estofo para ser titular, mas está estagnado. Quando se previa que fosse evoluir, como o fez a época passada, não aconteceu. Creio até que decresceu na qualidade ofensiva, começou bem a época, desde então tem vindo a descer consideravelmente. Estamos num ponto decisivo, a sua renovação. Acreditamos que vai ainda crescer mais, que vai potencializar a sua qualidade, renovamos por três ou quatro anos. Ou então não acreditamos que possa dar mais que isto e aí é de ponderar a sua venda, podemos renovar e vender, por exemplo.

 Possivelmente renovava com o Cédric, por valores abaixo dos mais bem pagos, mas tentava dar concorrência séria ao Cédric. Miguel Lopes e o Geraldes, na minha opinião não são concorrência séria ao lugar. Algumas reticências quanto ao Ricardo Esgaio, ver como se comporta na Académica e ponderar no fim da época. Saber que tem o lugar em risco, fará com que o Cédric comece a dar mais de si, apresentando um melhor futebol, principalmente a nível ofensivo. Agora, deixa-lo confortável no seu lugar, é mais difícil que possa evoluir.

 Podemos já começar por o sentar no banco contra o Nacional. Depois da burrice contra o porto, acabar o jogo, é o que merecia que lhe acontecesse. Tem que controlar mais o seu ímpeto, anda demasiado irracional, é muito característico dele, mas isso acarreta problemas para a equipa. Garra sim, mas mais com a cabeça e menos com o coração.
"I studied Italian five hours a day for many months to ensure I could communicate with the players, media and fans. Ranieri had been in England for five years and still struggled to say ‘good morning’ and ‘good afternoon." José Mourinho
@Chow concordo em absoluto que o Cedric precisa de concorrência e não não o Miguel Lopes e o Geraldo que lhe tiram o sono. Só lhe faria bem para evoluir ter na sombra um jogador que pudesse efectivamente "roubar-lhe" o lugar.

Já o ter estagnado, que não estou tão certo de ser assim, acho que se deve mais às dificuldades que o sector defensivo tem tido esta temporada que um exclusivo do Cedric. Bem vistas as coisas o próprio Jefferson não fez melhor esta época em comparação com o ano de estreia.

@Nuno Lapa é no seu jogo ofensivo que reside a maior parte das críticas e com as quais eu concordo. A nível defensivo, até tem estado a um bom nível, principalmente nos jogos de maior exigência, num sector que tem andado turbulento. Agora, tem que crescer imenso a nível ofensivo e não falo apenas no acerto nos cruzamentos. Vejo-o timidamente a procurar outros espaços, não tem conseguido oferecer outras opções aos colegas. Se já temos o extremo e um médio perto da linha, não é necessário estar lá também o Cédric, faz mais sentido que venha mais para dentro. É verdade que a largura do jogo é dada normalmente pelo lateral, mas se temos um extremo que faz em demasia esses movimentos, então temos que pedir ao lateral que assuma mais o jogo interior. O Cédric tem dificuldades em entender isso, já o fez, mas é tudo muito tímido. Ainda por cima tem uma excelente capacidade física, faz sempre o corredor todo com a mesma velocidade, agora é preciso ganhar consistência e procurar oferecer bem mais do que tem oferecido.

 A maior parte dos nossos jogos são contra equipas que actuam blocos baixos, equipas que fecham-se imenso e dão pouco espaços. Os laterais têm um papel muito activo contra estas equipas, dado que dão largura e profundidade ao nosso jogo, fazendo com que se povoe mais a zona central com outros jogadores, tentando assim criar espaços. Depois, convêm acertar mais nos cruzamentos, sejam pelo ar ou pelo chão, ter mais opções acrescentar ao jogo ofensivo da equipa. É nisto que o Cédric precisa de crescer e bastante.
"I studied Italian five hours a day for many months to ensure I could communicate with the players, media and fans. Ranieri had been in England for five years and still struggled to say ‘good morning’ and ‘good afternoon." José Mourinho
Não tem a capacidade de desequilíbrio técnico dos outros, não vale a pena falar de empresários ou fundos companheiro @Nuno Lapa. Vendo o Danilo e o Alex Sandro jogar dá para perceber que tecnicamente são de outro patamar (que não a nossa Liga...). Atacam muito melhor. Mesmo o Maxi também ataca melhor, e eu não sou um grande fã do uruguaio.

Em relação ao Cédric, para o nosso orçamento, é um titular bastante razoável, ainda que, mesmo neste contexto, nunca vá ser um dos elementos chave da equipa, mas quando quer é cumpridor (para as condicionantes e expectativas).

Pessoalmente gostava que ficasse, mas confesso que mais por achar complicado contratar melhor (tendo em conta o orçamento e visibilidade) do que exactamente por ser um gajo que adore ver jogar, ou que ache um jogador top.

Acho que o Esgaio terá melhor carreira, mas tudo depende de como evoluir, porque também acreditava imenso no Cédric quando andava pela Académica. De qualquer forma, acho que o facto do Ricardo ter passado pela posição de extremo ajuda-o a desequilibrar mais no ataque, tanto a cruzar como a passar aos colegas, ou mesmo em ir para cima do adversário e/ou para a área criando desequilíbrios (há quanto tempo o Cédric não tem um lance como o do Esgaio na assistência que faz para o Héldon este ano?).

Espero que regresse ao plantel para o ano e que a opção do treinador (seja ele qual for) se deva ao rendimento que ambos mostrarem na pré-temporada, não ao estatuto. Porque há poucas jogadores que vejo com qualidade para poderem ser aguentados quando estão num mau momento de forma (como já aconteceu este ano com William, e agora acontece com Nani) mas têm de ter uma qualidade muito acima da média para o aceitar.

O Sporting construiu um bom plantel este ano - e muito bom face ao contexto financeiro do Clube -, mas face ao do porto, tirando na baliza e nos centrais, o deles é bem melhor. Não vale a pena iludirmo-nos: há 2/3 anos andamos nos tópicos dos jogadores a dizer que são melhores que os dos rivais, que deviam ser titulares na Selecção, que é incompreensível como não são, etc etc, mas há que reconhecer que craques... temos tido poucos. E títulos infelizmente também.

Quanto à ida para o benfica... depende se fosse para suplente ou titular. Se fosse para titular... não aumentava em nada a qualidade do onze. Que já não é muito superior ao nosso. Mais provável era o contrário.

Espero que os jogadores tenham noção do que valem... e não peçam Mundos e fundos. Mas também que a direcção saberá que tem sido difícil contratar, a título definitivo, grandes jogadores (diferente de bons jogadores). E que saiba que mudar por mudar também não vale a pena.