Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 31, 2014, 07:08

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Modalidades de Outras Equipas, Selecções e Atletas (Moderador: Angel Lion) Tópico:

NBA | Parte III |

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.
Votação
Pergunta:
Quem seria, à data, o justo MVP da NBA [2013-2014]?
Lebron James
Kevin Durant
Chris Paul
Paul George
LaMarcus Aldrige
Stephen Curry
Tony Parker
Nenhum dos anteriores

Páginas: « anterior 1 [2] 3 4 ... 899 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: NBA | Parte III | (Lida 931209 vezes)

NBA , « Resposta #20 em: Dezembro 12, 2006, 21:03 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Citação de: "DonRamires"
barbosa, digo-te, eu não tendo nenhuma equipa favorita da NBA (gosto de todas mesmo... Talvez tirando os Houston Rockets), adoraria que quem ganhasse a competição fossem os Suns. Para já porque o Nash é o meu jogador favorito a par de outro, Stoudemire que também é de lá. E depois porque o basket é realmente espectacular. Bizarro é quando eles não chegam aos 110 ou mais por jogo e isso diz tudo. O Run & Gun célebre dos anos 80 foi muito bem recuperado pelo Mike D'Antoni com toda a gente a saber lançar de 3 (inclusive postes).

Mas é aborrecido vê-los chegar aos playoff e chegam a uma meia-final ou final de conferência e não dá para mais. Quando encontram pela frente defensores tipo Tim Duncan, Bruce Bowen, Terry, DeSagana Diop... Já era.

A NBA é mesmo assim. Depois dos célebres anos em que houve aquele match-up perfeito entre Larry Bird x Magic Johnson/Jabbar e depois dos Bulls do Jordan e do Pippen, quem tem ganho é quem melhor defende e não quem dá mais espectáculo lá na frente.

É veres as finais e raros são os jogos que chegam aos 100 pontos.

"As defesas ganham campeonatos".

E é por isso que o Shaq deu títulos a LA e Miami. Estes dois conjuntos podem ter um Kobe ou um Wade a fazerem 60 pontos por noite, mas senão tem um money in the bank que impede esses mesmos 60 pontos do adversário, não dá.

Aí está a razão dos Suns não ganharem anéis. Falta-lhes um Shaq. Falta-lhes um defensor assíduo. Stoudemire não é consistente e as lesões quebraram-lhe a evolução e o Shawn Marion é maluco da cabeça.

Se aliarem uma melhor defesa ao ataque que têm, de certeza que eram campeões muitos e bons anos.


Completamente de acordo, aliás esse é um aspecto que poderá estar relacionado com quase todos os desportos, hoje em dia uma boa defesa aliada a um ataque pragmático ou razoavelmente bom pode dar certos frutos.

De facto a defesa dos Suns é muito debilitada e que em comparação com outras equipas fica muito atrás, mas aquele é o sistema de jogo deles e talvez um ou dois reforços não fizessem mal a esta equipa. Como adepto dos Suns sinto-me sempre frustrado quando mesmo jogando para o publico e para o bom espectaculo não conseguem ganhar um titulo.

O caminho para os play-offs é sempre muito prazeroso para mim proprio e para qualquer simples adepto da NBA, como tu que gostas do fabuloso espectaculo que é a NBA mas que não torce por nenhuma em especial, mas falta-lhe sempre qualquer coisa. Muitas vezes o argumento dos adeptos dos Suns aos outros é sempre " Quem vos dera jogar como nós!", mas o que é certo é que quando é de facto importante não ganham.

Para mim é sempre um prazer vê-los jogar, ficando muitas vezes pelas vitorias morais. Um pequeno detalhe, o Shawn Marion é de facto maluco, mas quando resolve jogar bem, é um excelente jogador
Registado



NBA , « Resposta #21 em: Dezembro 13, 2006, 00:42 »


14.12.1986: 7-1


*
Veterano

Mensagens: 9159
Localidade: Almada
Masculino


O problema é de um bom defensor como o Shaq, Ben Wallace ou outro poste gigante é a lentidão. Sendo lento não se enquandra nos Suns. Mas isso são coisas muito pormenorizadas. E a NBA é um desporto muito mais táctico que o futebol e poderíamos tar aqui semanas a falar de uma simples defesa zona 2-3.

Quanto ao Shawn Marion, tem um potencial enorme e pode fazer números como 30 pontos e 25 ressaltos numa noite, como já fez. Mas falta-lhe um pouco de cabeçinha. Se a tivesse seria um jogador descomunal porque além de jogar muito bem debaixo do cesto, ter um caparro que mete medo, ser um lutador na defesa, saltar imenso, ainda consegue vir cá fora e lançar de 3 com qualidade (apesar do seu gesto técnico ser do mais horrível que existe). Joga na minha opinião, a 80% do total do seu valor. Mas por alguma coisa o chamam de Matrix...

Já agora aqui fica o meu 5 favorito do momento

C - Dwight Howard
PF - Amaré Stoudemire
SF - Dirk Nowitzki
SG - Kobe Bryant
PG - Steve Nash
Registado

«No matter which way we go, it is no better than any other.»
NBA , « Resposta #22 em: Dezembro 13, 2006, 18:46 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Citação de: "DonRamires"


Quanto ao Shawn Marion, tem um potencial enorme e pode fazer números como 30 pontos e 25 ressaltos numa noite, como já fez. Mas falta-lhe um pouco de cabeçinha. Se a tivesse seria um jogador descomunal porque além de jogar muito bem debaixo do cesto, ter um caparro que mete medo, ser um lutador na defesa, saltar imenso, ainda consegue vir cá fora e lançar de 3 com qualidade (apesar do seu gesto técnico ser do mais horrível que existe). Joga na minha opinião, a 80% do total do seu valor. Mas por alguma coisa o chamam de Matrix...

Já agora aqui fica o meu 5 favorito do momento

C - Dwight Howard
PF - Amaré Stoudemire
SF - Dirk Nowitzki
SG - Kobe Bryant
PG - Steve Nash


Digamos aqui para quem não está atento á NBA, que é um Carlos Martins, mas a regularidade exibicional do Shawn Marion é melhor que a do Carlos Martins mas vistas as coisas assim, será mais facil de entender. Quanto ao Shawn Marion, na linha de lance livre, o seu gesto técnico ainda fica em maior evidência e aquilo é de facto deprimente para um jogador com tanta qualidade, mas se ele é bom assim, o que se há de fazer :wink:

Não arrisco um 5 base, porque seria uma injustiça para os outros grandes jogadores que não caberiam ai, por isso analiso apenas a tua opinião e digo que cada um desses é fenomenal.
Registado

NBA , « Resposta #23 em: Dezembro 13, 2006, 19:34 »


"United We Stand Divided We Fall"


*

Mensagens: 10614
Idade: 29
Localidade: Ilha Terceira - Açores
Masculino

WWW
mas que jogao!!! Vi ontem a repetiçao na SportTV e foi simplesmente fenomenal  Cool
Registado

NBA , « Resposta #24 em: Dezembro 13, 2006, 19:42 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Citação de: "SkyGod"
mas que jogao!!! Vi ontem a repetiçao na SportTV e foi simplesmente fenomenal  Cool


Ai se não fosse eu a lembrar!  Cheesy  :wink:

Tou a brincar, mas de facto foi do melhor
Registado

NBA , « Resposta #25 em: Dezembro 13, 2006, 22:25 »



*
Veterano

Condecorações:Melhor Avatar 2006


Mensagens: 8609
Idade: 44
Localidade: Edmonton, Alberta, Canada
Masculino


A NBA está morta, devido a Jordan...

Primeiro matou o jogo pq era muito melhor que os adversarios e bastava ter o gajo para ser campeao, depois matou o jogo pq se foi embora e nunca haverá outro igual...

A mim, sinceramente, faz-me impressão pq tem um jogo de basket 4 quarters, tirando raras excepçoes, decide-se sempre no ultimo quarter, pq raio nao fazem um jogo so de 15 mn? Seta

Opinioes...
Registado

NBA , « Resposta #26 em: Dezembro 13, 2006, 23:22 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Citação de: "Incitatus"
A NBA está morta, devido a Jordan...

Primeiro matou o jogo pq era muito melhor que os adversarios e bastava ter o gajo para ser campeao, depois matou o jogo pq se foi embora e nunca haverá outro igual...

A mim, sinceramente, faz-me impressão pq tem um jogo de basket 4 quarters, tirando raras excepçoes, decide-se sempre no ultimo quarter, pq raio nao fazem um jogo so de 15 mn? Seta

Opinioes...



É mesmo uma opinião de quem não está atento ao basket actual, os 4 quarters torna o jogo mais espectacular daquilo que já é, é precisamente o facto de nada estar decidido que acaba por se tornar num dos desportos mais emocionantes e mais bonitos ( para quem aprecia, é claro).

O Jordan é incomparável, não há motivo para tentar negar mas tanto ganhava em termos de espectacularidade nos desafios dos Bulls como perdia nos outros todos, quer dizer era bonito ve-lo jogar mas de certa forma tornava a NBA extremamente previsivel, em questão de resultados.

Não vou mudar a tua opinião, mas tenta assistir a uma época da NBA, não tens um Jordan mas tens muitos bons jogadores enquanto que na altura havia O JOGADOR, podes dizer-me que não havia só Jordan mas o facto é que ele era o rei de toda a NBA e não lhe tiro o mérito. Vê um Steve Nash a jogar, e depois dizes-me se aquilo não é do outro mundo.

É a mesma coisa que eu dizer que o futebol acabou porque o Péle e o Maradona já não jogam, isso é um comentário algo despropositado.
Registado

NBA , « Resposta #27 em: Dezembro 14, 2006, 00:49 »


14.12.1986: 7-1


*
Veterano

Mensagens: 9159
Localidade: Almada
Masculino


Citação de: "Incitatus"
A NBA está morta, devido a Jordan...

Primeiro matou o jogo pq era muito melhor que os adversarios e bastava ter o gajo para ser campeao, depois matou o jogo pq se foi embora e nunca haverá outro igual...

A mim, sinceramente, faz-me impressão pq tem um jogo de basket 4 quarters, tirando raras excepçoes, decide-se sempre no ultimo quarter, pq raio nao fazem um jogo so de 15 mn? Seta

Opinioes...


A NBA esteve morta aquando da saída do Jordan. Está renascida. LeBron James tem tudo e mais alguma coisa para ser melhor que o Jordan, eu diria. Aliás, na minha opinião ele já é melhor que o Jordan pelo menos com esta idade. Quando o Jordan tinha os seus 22 não era tão bom quanto o King James.

Mas nunca se vai reconhecer isso porque ficou esse estigma do MJ. Há-de ser sempre aquele...

Quanto aos quarters, epá se formos a ver o tempo de jogo nem é muito, acabam por ser 48 minutos. E normalmente resolver o jogo nos últimos 12 é que dá muita espectacularidade à NBA. Um jogo de 12 minutos era bizarro. O problema são mesmo os time-outs. São num número exagerado e tiram pica ao ritmo de jogo. E muitos TO nem são pedidos pelos treinadores mas sim para publicidade de empresas na TV americana. Sim... a NBA é sempre aquele negócio.
Registado

«No matter which way we go, it is no better than any other.»
NBA , « Resposta #28 em: Dezembro 14, 2006, 02:03 »



*
Juvenil

Mensagens: 1152
Idade: 51
Localidade: Riverside, New Jersey
Masculino


Citação de: "Incitatus"
Não suporto Basket, mas percebo o ponto de vista do teu post, qdo o espectaculo é bom, toda a gente ganha...


E eu agora que tenho que aturar os jogos da minha filha ja' que o futebol ja' acabou e so' la' para a primavera. Sad  Sad  Sad
Registado

"And yet the country north of the Tagus, Lusitania, is the greatest of the Iberian nations, and is the nation against which the Romans waged war for the longest times" Strabo
NBA , « Resposta #29 em: Dezembro 17, 2006, 14:45 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Ontem houve mais um bom jogo, não foi um jogo espectacular mas foi um jogo extremamente agradável, onde eu me sentei no meu rico sofa e apreciei o talento de ambas as equipa, o desafio foi entre Detroit Pistons e New Jersey Nets, sendo que mais uma vez os Nets perdem em casa num encontro bastante equilibrado.

Até ao quarto e ultimo periodo, o empate parecia revelar-se como uma grande arma para o prolongamento, mas isso não aconteceu porque Detroit tem uma excelente equipa e que conseguiu sacar a vitória através da sua defesa. Esta equipa tem espirito e estrela de campeão, sem ter uma exibição muito boa conseguiram bater-se sempre de igual para igual porque sempre que tinham opurtunidades importantes não desperdiçaram. No ultimo periodo, Detroit fez um parcial nos ultimos minutos de 8-0, sendo que aniquilaram qualquer tentativa de ataque aos Nets, que nem com Jason Kidd a introduzir esperança conseguiram ganhar.

Este desafio irritou-me no entanto com a passividade dos arbitros para com o Vince Carter, que simplesmente não sofreu faltas em todo o desafio, foram muito tendenciosos e isso não me agradou, mas isso não retira o mérito aos Pistons que venceram graças á defesa.

De realçar a excelente exibição dos dois postes de Detroit, quer Chancey Billups, quer Richard Hamilton fizeram aproximadamente 30 pontos, dando um total de 60 e o jogo acabou por 90-82. Isto revela de facto o bom desempenho de ambos os postes da equipa.

PS. O Iverson está a revelar uma pessima personalidade, abandonou a equipa de Philadelphia durante dois jogos consecutivos, desta vez resolveu ficar em casa á espera que lhe arranjem uma transferência para abandonar o clube. Enfim,...
Registado

NBA , « Resposta #30 em: Dezembro 19, 2006, 17:37 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Mal soube disto, tive logo de vir aqui comentar este episodio que revela a profissionalidade que existe num dos grandes desportos da América e que por exemplo não existe no nosso Campeonato, onde os jogadores são quase que desculpados mesmo que tenham tido atitudes nojentas para com os árbitros ou até entre jogadores.

No jogo entre New York Knicks e Denver Nuggets houve pancadaria no final do desafio, eu não sei qual foi o motivo para esta pancadaria mas sei que foi mau para a NBA e mau para o bom desportivismo que se costuma sempre assistir em jogos da NBA. Aqui a grande diferença ainda está para vir e o resultado destas cenas inéditas, foi a suspensão de vários jogadores de ambas as equipas que a meu ver, ao todo foram 6 jogadores.

O que teve o castigo mais pesado foi de 15 jogos consecutivos sem jogar, e durante este periodo nenhum dos castigados vai receber o respectivo ordenado, e o jogador com 15 jogos consecutivos é dos Denver Nuggets e chama-se Carmello Anthony que pode ser comparado com o nosso Liedson. Ambos tem a mesma importancia para a respectiva equipa mas mesmo assim levou com 15 jogos em cima. Depois os restantos estavam entre os 12 e os 5 jogos de castigo.

Era bonito que em Portugal se fizesse isto no Futebol e veriamos já muitos jogadores sentadinhos na bancada por uns longos jogos
Registado

NBA , « Resposta #31 em: Dezembro 19, 2006, 18:49 »


No avatar!

*
Iniciado

Mensagens: 294


Eu não conheço muito bem a NBA, mas pela idéia que tenho eles jogam quase dia sim dia não, pelo que 15 jogos na fase regular não é assim tanto quanto isso... se calhar em termos temporais representa uns 4-5 jogos no campeonato português...
Quantos jogos tem a fase regular da NBA?
Registado

Saudações Leoninas,
atento_scp
NBA , « Resposta #32 em: Dezembro 19, 2006, 19:18 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Citação de: "serlopes"
Eu não conheço muito bem a NBA, mas pela idéia que tenho eles jogam quase dia sim dia não, pelo que 15 jogos na fase regular não é assim tanto quanto isso... se calhar em termos temporais representa uns 4-5 jogos no campeonato português...
Quantos jogos tem a fase regular da NBA?



Não sei ao certo mas são bastantes é verdade.

No entanto, acabam por ser 4 jogadores importantes para Denver e ainda por cima o melhor deles está castigado por 15 jogos, são sempre bastantes jogos e podem facilmente dificultar a vida aos Nuggets.

No Campeonato Português existem também bastantes jogos e mesmo assim é a vergonha que se vê, em termos de castigos.

15 jogos são sempre 15 jogos, que fazem muita diferença numa equipa mediocre como são os Denver Nuggets
Registado

NBA , « Resposta #33 em: Dezembro 20, 2006, 12:16 »


14.12.1986: 7-1


*
Veterano

Mensagens: 9159
Localidade: Almada
Masculino


Citação de: "serlopes"

Quantos jogos tem a fase regular da NBA?


82.
41 em casa, 41 fora.
Cerca de 50 jogos são feitos com equipas da mesma conferência (jogam 4 vezes, duas em casa, duas fora), e os restantes com equipas da conferência contrária (um em casa e um fora).
Registado

«No matter which way we go, it is no better than any other.»
NBA , « Resposta #34 em: Dezembro 28, 2006, 23:36 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Ontem mais uma vez assistimos a uma festa enorme na Sporttv, foi simplesmente fantástico podermos assistir a um "renascer" ou um "breve acordar" dos New York Knicks, que andam muito mal á demasiado tempo e isto devido a muitos factores que condicionam os resultados desportivos, tais como:

1 - O excesso de bases que a equipa possui e se isso não bastasse o cinco inicial digamos que contém cerca de quatro bases ao mesmo tempo, e sendo assim é muito complicado conseguir marcar muitos cestos, porque perdem verdadeiros postes que ganhem ressaltos ofensivos e defensivos e com isto sofrem e falham pontos. Mas houve um mal que caiu por bem, aquando da cena de pancadaria em Nova York foram castigados cinco jogadores dos Knicks e com isso foram-se o exagero dos bases, passando assim a jogar como deve ser, ou seja só com um.

2 - As falhas constantes nas contrataçõe e as constantes vendas de jogadores bons e importantes da equipa, o que leva a que a equipa não crie rotinas, não consiga criar um verdadeiro bom ambiente no balneário e a própria estabilidade e sustentabilidade da equipa vai por água a baixo pela má gestão dos seus presidentes. Esta foi um dos motivos que levou á quebra dos Knicks que foram em tempos passados uma das melhores equipas da NBA e como tal sempre teve uma grande legião de fans que sem duvida merecem muito melhor "agradecimento" por parte dos jogadores.

3 - O ultimo e por acaso o menos importante porque como já disse acabou por livrar a equipa do excesso de bases, foi a cena de pancadaria no jogo entre os New York Knicks e os Denver Nuggets. Estes acontecimentos invulgares na NBA foram rapidamente reprimidos com castigos e foi falado durante bastante tempo, sendo alvos de gozo com piadas do género " Já que não conseguem ganhar começam á porrada", enfim o normal argumento das pessoas que não são adeptas dos Knicks.

A explicar isto quase que me esquecia da verdadeira causa da minha vinda a este tópico novamente, mas aqui vai, ontem os Knicks resolveram aparecer novamente e tiveram um apoio incondicional. O jogo teve direito aquilo que o povo gosta que são os prolongamentos e não teve nem um, nem dois mas sim três. Os adeptos estavam totalmente em delirio com a equipa, que estranhamente estava a jogar como nunca contra uma equipa forte que são os Pistons, até os comentadores americanos estavam estupefactos, devido a este motivo os adeptos euforicos e maravilhosos que os Knicks têm puxaram a equipa durante todo o jogo mas o apoio intensificou-se nos prolongamentos e ficaram TODOS em pé durante os três prolongamentos.

Foi um espectaculo muito bonito e no qual o publico respondeu de uma maneira absolutamente fantastica. Mas que grande jogo dos Knicks!
Registado

NBA , « Resposta #35 em: Dezembro 29, 2006, 00:49 »



*
Sénior

Mensagens: 3276
Idade: 34
Localidade: Vila Nova de Gaia
Masculino


Citação de: "barbosa"
Ontem mais uma vez assistimos a uma festa enorme na Sporttv, foi simplesmente fantástico podermos assistir a um "renascer" ou um "breve acordar" dos New York Knicks, que andam muito mal á demasiado tempo e isto devido a muitos factores que condicionam os resultados desportivos, tais como:

1 - O excesso de bases que a equipa possui e se isso não bastasse o cinco inicial digamos que contém cerca de quatro bases ao mesmo tempo, e sendo assim é muito complicado conseguir marcar muitos cestos, porque perdem verdadeiros postes que ganhem ressaltos ofensivos e defensivos e com isto sofrem e falham pontos. Mas houve um mal que caiu por bem, aquando da cena de pancadaria em Nova York foram castigados cinco jogadores dos Knicks e com isso foram-se o exagero dos bases, passando assim a jogar como deve ser, ou seja só com um.

2 - As falhas constantes nas contrataçõe e as constantes vendas de jogadores bons e importantes da equipa, o que leva a que a equipa não crie rotinas, não consiga criar um verdadeiro bom ambiente no balneário e a própria estabilidade e sustentabilidade da equipa vai por água a baixo pela má gestão dos seus presidentes. Esta foi um dos motivos que levou á quebra dos Knicks que foram em tempos passados uma das melhores equipas da NBA e como tal sempre teve uma grande legião de fans que sem duvida merecem muito melhor "agradecimento" por parte dos jogadores.

3 - O ultimo e por acaso o menos importante porque como já disse acabou por livrar a equipa do excesso de bases, foi a cena de pancadaria no jogo entre os New York Knicks e os Denver Nuggets. Estes acontecimentos invulgares na NBA foram rapidamente reprimidos com castigos e foi falado durante bastante tempo, sendo alvos de gozo com piadas do género " Já que não conseguem ganhar começam á porrada", enfim o normal argumento das pessoas que não são adeptas dos Knicks.

A explicar isto quase que me esquecia da verdadeira causa da minha vinda a este tópico novamente, mas aqui vai, ontem os Knicks resolveram aparecer novamente e tiveram um apoio incondicional. O jogo teve direito aquilo que o povo gosta que são os prolongamentos e não teve nem um, nem dois mas sim três. Os adeptos estavam totalmente em delirio com a equipa, que estranhamente estava a jogar como nunca contra uma equipa forte que são os Pistons, até os comentadores americanos estavam estupefactos, devido a este motivo os adeptos euforicos e maravilhosos que os Knicks têm puxaram a equipa durante todo o jogo mas o apoio intensificou-se nos prolongamentos e ficaram TODOS em pé durante os três prolongamentos.

Foi um espectaculo muito bonito e no qual o publico respondeu de uma maneira absolutamente fantastica. Mas que grande jogo dos Knicks!


Também gosto imenso de basket mas há qui algumas correcções a fazer a este texto.

1- Os Knicks têm até mais de 4 bases na sua formação. Bases puros (Point Guards), podem ser considerados o steve francis(discutível), o stephon marbury e o nate robinson(suspenso). No entanto a estes juntam-se os bases atiradores, que são  o rookie mardy collins (um dos suspensos), jamal crawford, quentin richardson(pode jogar a extremo mas a sua função única é ser um atirador temível de 3 pontos). Ou seja 6 jogadores para normalmente 2 lugares. Aqui surge o problema. Os knicks nunca jogaram com 4 bases no 5 inicial. o Cinco base da equipa tem sido Stephon Marbury (Pg) Steve Francis (Sg) Jared Jeffries - qd não está lesionado (Sf) Channing Frye (Pf) e Eddie Curry (C)

Quando Jared Jeffries (especialista defensivo) não pode jogar, joga outro extremo de quem muito gosto de seu nome David Lee, um jogador agressivo, e que é muito útil na luta pelas tabelas e na atitude defensiva. Quando Steve Francis não pode jogar, normalmente é substituído no 5 inicial por Jamal Crawford, também um base atirador. Por isso o 5 inicial dos knicks é constituído por 2 bases (o normal de todas as equipas da NBA). O grande problema era, e continua a ser, aquilo a que os americanos chamam Team Chemistry e a capacidade defensiva. Bases como Stephon Marbury e Steve Francis são jogadores eminentemente ofensivos e algo individualistas, assim como o extremo/poste channing Frye. O Poste (enorme) Eddie Curry é extremamente mau nos aspectos defensivos. É um autêntico bicho de manteiga. É enorme, faz mais de 18 pontos por jogo de média, mas é uma nulidade em termos defensivos. O único jogador que é um especialista defensivo no 5 inicial dos Knicks é jared Jeffries, contratação deste ano e que por lesões e pelo castigo só pôde jogar 11 ou 12 jogos esta época. Assim a equipa dos Knicks está desiquilibrada. É uma equipa que demonstra défice defensivo, e tem demasidos jogadores descontentes na posição de base, visto que a divisão de minutos não agrada a estrelas como Marbury e Francis, jogadores com um enorme ego habituados a jogarem perto de 40 minutos por jogo nas suas anteriores equipas. No fundo, é uma equipa com estrelas a mais, e com role players a menos.

2- As contratações dos Knicks não se podem considerar falhadas. Stephon Marbury e Steve Francis são, quer se queira quer se não, duas grandes estrelas da NBA. Quentin Richardson é um joagdore extremamente útil a qualquer equipa devido ás suas capacidades de atirador. Jmal Crawford é um base atirador do mais talentoso que há na liga. Eddy Curry é uma das maiores ameças ofensivas na liga em termos da posição Poste. Agora o grande problema é o equilíbrio de tudo isto. faltam rolo players a esta equipa. Depois Stephon Marbury e Steve Francis não conseguem co habitar, e um deles terá mais tarde ou mais cedo de sair, até porque Crawford não é jogador que se contente constantemente com o banco. Depois Nate Robinson,  Channing Frye e David Lee, são Sophomores, jogadores de 2º ano, muito jovens, e ainda em evolução, cujo papel ira crescer ao longo do tempo. Depois falta ainda  contratar mais um dois role players que possam ser especialistas defensivos e que compensem em momentos pré determinados a ausência de agressividade na tabela defensiva dos big mans, Frye e Curry. Considero portanto os Knicks uma equipa em construção a quem faltam poucas peças e tempo para o sucesso.

3- A Cena de pancadaria não interferiu em nada com os bases titulares da equipa dos Knicks. Base puro, só foi excluído nate robinson (que é suplente). Depois um base atirador tb foi expulso, mas esse é um suplente, rookie e com muito poucos minutos (Mardy Collins). O único titular castigado foi jared jeffries, que é um extremo. mais um poste Jerome James (também suplente do fundo do banco)
No máximo o que esta altercação fez foi motivar e unir um pouco mais um balenário muito desavindo, mas tal como já disse atrás, enquando stephon Marbury e Steve Francis estiverem na mesma equipa, não me parece que os Knicks possam ter hipóse de dar o próximo passo. Se quiserem um exemplo, era o mesmo que ter na mesma equipas os egos de Maradona e Pelé. Imaginem as faíscas.

Posto isto, só me falta realçar o grande jogo de ontem, que marca uma série de jogos em que os Knicks têm obtidos bem mais vitórias do que derrotas.

Só desejo que os Knicks percam todos os jogos a partir de agora  Cheesy

Porquê?
Porque os meus Bulls são os detentores da escolha da primeira ronda do draft dos Knicks para este ano. Quanto mais derrotas tiverem os Knicks, mais os Bulls têm a probabilidade de conseguirem uma altassíma escolha no Draft (de preferência a primeira, em que escolheriam de certeza a já estrela universitária Greg Oden).

Esperemos para ver  Seta
Registado

NBA , « Resposta #36 em: Dezembro 29, 2006, 01:06 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Caro, compreendo tudo o que dizes mas em vês de me explicares a diferença entre um base e um base atirador talvez percebas que não deixam de ser bases porcausa disso e tem lá bastantes, o que leva á falta de outros jogadores bastante importantes que podem fazer a diferença quer em termos ofensivos quer em termos defensivos. Eles têm uma quantidade imensa de bases em todo o plantel e falo dos bases em geral e isso influencia e muito o rendimento principalmente defensivo de toda a equipa, e o pior de tudo é que deixam o ataque completamente entregue á motivaão de todos os seus bases e sendo assim as coisas correm mal porque quando um não tem a bola, começa a não gostar e a mostrar desagrado e isto torna-se num ciclo que não se consegue parar. Tu já dizeste quem foi castigado por parte do Knicks e depois de dizeres isso tudo, vê lá se não percebes que sem eles a equipa não começou a co-existir e a tornar-se cada vez mais unida.
´
Quanto ás contratações, é melhor re-leres o meu post quando falo deste aspecto, mas alguém aqui disse que eles contratavam mal? É assim, os Knicks não mantem os mesmos jogadores e o seu insucesso na criação de uma equipa é bastante grave daí que eu diga que existam falhas nas contratações. Existem falhar porque os bons jogadores não se mantêm e a equipa não consegue criar todos os aspectos necessários para uma equipa de qualquer desporto. Os dirigentes compram e vendem e nem sequer olham para os jogadores que compram e os que vendem, mas ainda tenho mais, caro vai ver o plantel deles e diz-me se não existem jogadores extremamente mediocres para uma equipa com o historial deles.

Mas se tu achas que uma cena de pancadaria ajuda a equipa é contigo, se viste o jogo dontem percebeste que os jogadores que estão castigados não fizeram falta nenhuma na equipa e até beneficiaram a equipa em todos os seus processos, por isso eu disse que foi um mal que veio por bem. E é claro que isto influencia a equipa, que desmoronou mas depois com um trabalho de balneário que nós não sabemos conseguiu melhorar bastante culminando com este grande jogo :wink:
Registado

NBA , « Resposta #37 em: Dezembro 29, 2006, 01:30 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 26277
Idade: 30
Masculino


Deixo aqui um recado para quem amanhã não tem de acordar cedo e que tem Sporttv.

Vão ver o jogo entre Dallas Mavericks contra Phoenix Suns

Este jogo promete e eu como adepto dos Phoenix não estou a perder nem um segundo :wink:
Registado

NBA , « Resposta #38 em: Dezembro 29, 2006, 03:09 »



*
Sénior

Mensagens: 3276
Idade: 34
Localidade: Vila Nova de Gaia
Masculino


Citação de: "barbosa"
Caro, compreendo tudo o que dizes mas em vês de me explicares a diferença entre um base e um base atirador talvez percebas que não deixam de ser bases porcausa disso e tem lá bastantes, o que leva á falta de outros jogadores bastante importantes que podem fazer a diferença quer em termos ofensivos quer em termos defensivos. Eles têm uma quantidade imensa de bases em todo o plantel e falo dos bases em geral e isso influencia e muito o rendimento principalmente defensivo de toda a equipa, e o pior de tudo é que deixam o ataque completamente entregue á motivaão de todos os seus bases e sendo assim as coisas correm mal porque quando um não tem a bola, começa a não gostar e a mostrar desagrado e isto torna-se num ciclo que não se consegue parar. Tu já dizeste quem foi castigado por parte do Knicks e depois de dizeres isso tudo, vê lá se não percebes que sem eles a equipa não começou a co-existir e a tornar-se cada vez mais unida.
´
Quanto ás contratações, é melhor re-leres o meu post quando falo deste aspecto, mas alguém aqui disse que eles contratavam mal? É assim, os Knicks não mantem os mesmos jogadores e o seu insucesso na criação de uma equipa é bastante grave daí que eu diga que existam falhas nas contratações. Existem falhar porque os bons jogadores não se mantêm e a equipa não consegue criar todos os aspectos necessários para uma equipa de qualquer desporto. Os dirigentes compram e vendem e nem sequer olham para os jogadores que compram e os que vendem, mas ainda tenho mais, caro vai ver o plantel deles e diz-me se não existem jogadores extremamente mediocres para uma equipa com o historial deles.

Mas se tu achas que uma cena de pancadaria ajuda a equipa é contigo, se viste o jogo dontem percebeste que os jogadores que estão castigados não fizeram falta nenhuma na equipa e até beneficiaram a equipa em todos os seus processos, por isso eu disse que foi um mal que veio por bem. E é claro que isto influencia a equipa, que desmoronou mas depois com um trabalho de balneário que nós não sabemos conseguiu melhorar bastante culminando com este grande jogo :wink:


Barbosa, percebo que defendas o teu ponto de vista, mas continuo a achá-lo completamente errado e falacioso. O melhor exemplo que te posso dar é o dos Phoenix Suns, talvez os maiores candidatos ao título esta época. Ora, para terem uma ideia esta equipa tem em termos de bases (não fazendo distinção entre bases atiradores e point guards), 6. A saber, Steve Nash, Marcus Banks, Raja Bell, Leandro Barbosa, Eric Piatkowsi, e Jalen Rose. Como vês isto não impede que a restante equipa esteja equilibrada e com jogadores adaptados ao estilo da equipa e a trabalharem para um mesmo objectivo. Em conclusão, a talvez melhor equipa da NBA no momento, tem no plantel o mesmo número de bases que têm os New York Knicks. Por isso mesmo reforço, que não é o número de bases o real problema da equipa de New York (falarei do real problema mais tarde). Depois dizer que o excesso de bases influencia negativamente o rendimento defensivo da equipa também não me parece correcto. Temos de pensar na defesa do perímetro barbosa. Lembro-te o exemplo da equipa dos Bulls da época passada, com quem Scott Skiles recorria muitas vezes a uma equipa de baixíssima estatura, apoiada na fortíssima defesa do perímetro de Kirk Hinrich e Chris Duhon, isto porque na altura não tinham nenhum Ben Wallace em quem se apoiar, e Tyson Chandler não era o pilar defensivo que se esperava a Poste. Lembro também que a época passada a equipa dos Bulls foi a melhor em termos de pontos sofridos (sofreu a menor média de pontos por jogo de todas as equipas da NBA), e isso foi reconhecido por todos como sendo em grande parte devido à atitude dos seus bases. Se a equipa dos Knicks tiver menso egos no Backcourt, acredita que também terá nos seus bases o pilar da sua defesa.

Depois, quando dizes que o jogo dos Knicks fica entregue à motivação dos bases, digo-te que esse é um dos objectivos do jogo. O Point Guard tem a função de ter a bola e envolver os seus colegas no jogo, algo que por exemplo Steve Nash consegue fazer na perfeição. Não há equipa campeão sem um grande base que seja o pilar e motivação de toda a equipa. Como exemplo recente tems Dwayne Wade, Tony Parker e Chauncey Billups. Todos grandes bases das últimas equipas campeãs da NBA. Todos estrelas da competição. Estrelas bem ao jeito de um Stephon Marbury ou de um Steve Francis. O que quero dizer, é que em termos de Point Guards, a equipa dos Knicks está por aí apetrechada até para chegar a um possível título futuro.

Depois, Um Shooting Guard, ao estilo por exemplo de Ben Gordon e Richard Hamilton já tem como objectivo secundário o ter a bola, e passa a ter como objectivo principal tirar o rendimento do jogo interior e dos double teams que se possam efectuar, ajudando a sua equipa a ter um ataque de perímetro temível. O problema dos Knicks não é um ou outro base ter ou não a bola Barbosa. É muito mais profundo que isso. Tem a ver com tempo de jogo. Tem a ver com os egos de Stephon Marbury e Steve Francis. Como disse estes dois jogadores são demasiado semelhantes para co-existirem. Mas também isso só se sabe depois de os contratar. A ideia era excelente. Fazia-se de Marbury o Point Guard, e tinha-se em Steve Francis um temível base atirador. O Problema foram os egos e as preferências pessoais de cada um destes jogadores. Marbury, ou Francis, gostam ambos de jogar a PG, são ambos estrelas da competição, e ambos viram os seus minutos por jogo decrescerem desde que chegaram a Nova Iorque. É claro que isso cria instabilidade, mas não são os bases reservas que a criam, são estas duas estrelas. Por isso re-afirmo. A saída por exemplo, de Francis (acho Marbury um jogador mais completo) e a entrada de um novo base, role player, e especialista na defesa do perímetro seria um aspecto chave para a recuperação dos Knicks.

Quanto à questão das contratações, percebo muito parcialmente aquilo que dizes. Não sei há quanto tempo acompanhas o jogo, mas se o tentas estudar profundamente e se gostas dele tanto como eu, percebes que na NBA existem momentos de estabilidade e momentos de reconstrução. Os Knicks estão em construção. Estão eles como estão muitas equipas na competição. Isso implica muitas mudanças. Implica entrada e saída de jogadores até que a Team Chemistry Seja Atingida e os jogadores certos encontrados. Por isso mesmo é que os Knicks mudaram imenso de jogadores até há um ano atrás, e este ano só contrataram um jogador na free agency mais os rookies, e foi um free agent necessário e para fortalecer a equipa defensivamente. Jared Jeffries. Ou seja, os Knicks estão a estabilizar. Desde a época passada só houve uma contratação mais a adição dos jovens. Do ano passado mantêm-se quase todos, e entre eles estão Eddy Curry, Channing Frye, David Lee, e o recém-adicionado Jared  Jeffries que já são as pedras basilares daquilo que serão os Knicks nos próximos anos. Só falta decidir uma coisa. Qual será a estrela da equipa.  Marbury ou Francis? Um deles terá de ser trocado, Na minha opinião, pelo tal base especialista na defesa do perímetro ou  por um Poste que complemente defensivamente Eddy Curry (isto se Mardy Collins evoluir e puder ajudar a defesa de perímetro dos Knicks), e depois disso, esta equipa dos Knicks tem todas as condições para subir exponecialmente de rendimento acompanhado a progressão dos jovens Frye e David Lee.

Quanto ao plantel dos Knicks já foi aqui dita muita coisa Barbosa, mas uma coisa te digo, medíocre é que ele não é. Aliás, é universalmente reconhecido que talento não falta naquela equipa. Por isso mesmo é que eles são uma das equipas mais caras da NBA como sabes, e pagam até a Luxury Tax por estarem muito acima do limite de salários imposto pela Liga.

Plantel dos Knicks.

Marbury e Francis. Duas grandes estrelas da liga.
Jamal Crawford - Talentosíssimo base atirador admirado por muitos
Eddy Curry - Poste com um potencial ofensivo tremendo.
Frye e Lee - Dois sophomores com médias excelentes  ultimamente.
Jared Jeffries - Especialista defensivo bem ao jeito de Bruce Bowen dos Spurs.
Nate Robinson - Base rapídissimo mas muito jovem. Não se sabe como irá evoluir.
Quentin Richardson - Temível atirador de 3 pontos, muito útil a qualquer equipa, muito ao jeito de Leandro Barbosa em phoenix.
Malik Rose - Extremo de grande utilidade e qualidade técnica. Belo role player, quem me dera tê-lo nso bulls em vez de P.J. Brown ou Malik Rose.
Mardy Collins e Rolando Balkman - Rookies, e por isso incógnitas
Jerome James e Kelvin Cato - Estes concordo contigo que não têm categoria suficiente para a NBA. No entanto todas as equipas têm veterenos deste tipo no plantel. Dizem eles que ajudam os jovens a integrar-se na liga. Eu trocaria facilmente estes dois postes por um mais útil em termos de minutos, mas quem sou eu para questionar as opções de todas as equipas da nba que têm jogadores assim (por exemplo, como é que se explica que esteja alguém como Eric Piatkowski no roster dos suns? eu não o percebo, e se já viste o "pike" jogar barbosa, tb tenho a certeza que achas que esse matreco não tem lugar na nba, quanto mais nos suns)

Quanto à luta no jogo com Denver e aos castigos Barbosa há aí alguma falta de informação. É claro que os jogadores castigados não fazem falta à equipa, sabes porquê?
Porque antes não jogavam quase nada e já não eram parte significativa da equipa dos Knicks! Não  O Único importante a ser expulso foi Jared Jefferies, e adivinha lá! Ele já tinha cumprido o castigo, foi titular, e chave defensiva da vitória dos Knicks ontem!
Os únicos que continuavam castigados eram Mardy Collins e Nate Robinson.
Para teres uma ideia, o Collins é miúdo, rookie. Esta época tem uma média de 3 minutos por jogo! estar castigado ou não para a equipa é a mesma coisa! Por isso é que disse Barbosa, os jogadores castigados (só dois ontem) nem sequer são elementos que costumam ser muito importantes para a equipa, e por isso é claro que esta vitória não tem a ver com a sua ausência e a estabilidade que a mesma poderia dar!

Finalmente quanto aos efetios psicológicos da tal luta contra Denver. Mas tu duvidas que essa Brawl uniu um balneário um pouco desavindo? Se segues a liga como eu sabes bem também do que aconteceu com o problema da headband de Ben Wallace com os Bulls. Os Bulls num slump de derrotas. Ben Wallace infingiu uma regra da equipa, é retirado do jogo, surge uma grande polémica com opiniões de diversos jogadores. Nos jogos a seguir a esses Chicago ganhou 11 de 13 jogos!!
Sabes o que disse Ben Wallace? Esse incidente melhorou a comunicação entre toda a equipa e uniu uma equipa que tinha até ali um saldo muito negativo! É assim mesmo a NBA!

Já agora agradeço-te também a ti barbosa pelo tópico e pelas tuas respostas, pois só assim posso escrever sobre um jogo de que tanto gosto há tanto tempo!  Cheesy  
E é bom ver que há mais sportinguistas interessados pelo Basket! É com muita pena minha que este já não é uma modalidade do clube.  Sad

Boa Noite a todos, especialmente áqueles que gostam de Basket e que nesta altura também devem estar a ver o jogo entre duas grandes equipas como são os mavericks e os suns!
Registado

NBA , « Resposta #39 em: Dezembro 29, 2006, 16:44 »



*
Veterano

Mensagens: 8847
Idade: 31
Localidade: Lisboa
Masculino


Adorava a NBA mas desde que passou para a Sporttv deixei de acompanhar.Lembro-me das 10 melhores jogadas na rtp2,dos comentários de Carlos Barroca,das finais Chicago-Utah ou Jordan contra Malone e também das finais contra Seattle de Gary Payton,isto nas últimas épocas de Jordan.Lembro-me que Utah para além de Malone tinha Stockton também como mais-valia.
Registado

2h9m21s
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 [2] 3 4 ... 899 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Modalidades de Outras Equipas, Selecções e Atletas (Moderador: Angel Lion) Tópico:

NBA | Parte III |

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade