Futebol Inglês - Parte II

Phillipric e 4 Visitantes estão a ver este tópico.

 :mrgreen:

É incrível como não há um único atleta que esboce uma tentativa de desarme de bola.

Tentar verificar|enumerar tudo o que está errado nos processos colectivos de Wenger faz-nos questionar em que liga estão os Gunners.
 :lol: :menos:

Higill a saltar de punho cerrado com o cotovelo direitinho à cara do Gabriel.

#UFChampionship
E mesmo a perder o Arsenal continua a dar a iniciativa de jogo ao Preston, clube que há 56 anos não consegue regressar ao primeiro escalão, apesar de ter sido o primeiro campeão nacional.
1 - 1 | Ramganou-se.

 :mrgreen:
O Marco Silva fez um trabalho fantástico antes de chegar ao Sporting, é inegável. Agora, o que interessa a todos (ou devia interessar), é o trabalho realizado no Sporting. Conquistou uma taça de Portugal, mas jogávamos mal e porcamente. Fizemos um campeonato medíocre e ainda houve vários problemas com o presidente.

Também não consigo perceber o problema de haver gente que não queira ver o Marco a ter sucesso. Quanto a mim, indiferença total.

Eu sou Sportinguista e não me esqueço dos problemas que o Marco Silva, falso como um gato, causou no Sporting a fazer panela com o amigo Nélio Lucas da Doyen no caso Rojo, a desafiar a direcção em público e a prestar-se ao papelote de arma-de-arremesso dos Sportinguenses contra o presidente que o contratara meses antes.

E sim, futebol miserável, mesmo tendo a mais Nani do que tinha Leonardo Jardim.

Ainda por cima o Marco Silva era o treinador fêtiche dos lãpeões, o Marco Silva dava um peido e era ver lãpeões e sportinguenses em masturbações sincronizadas porque de facto o que criou o Deus Marco Silva não foram as boas épocas no Estoril nem o título oferecido pelo Olympiakos mas sim ter afrontado Bruno de Carvalho. Pois então, deixem-me desfrutar da azia deles quando ficar provado que treinadores que só sabem mandar os extremos correr para a linha e cruzar para área há por aí aos pontapés.

@Viridis

Se calhar, não me expressei bem amigo.

O que eu quis dizer, é que não percebo quem fica indignado por haver gente afeta ao Sporting que queira que o MS tenha insucesso. É algo perfeitamente normal depois daquilo que se passou por cá. :great:
Não desvalorizem as forças estranhas que esta linda competição infunde nos pequenos.
"Infelizmente, o Sporting é o Clube mais divisionista, intriguista e falso-puritano que conheço. Por muito que doa aos sportinguistas, não há sentido de Corpo neste Clube. Somos todos sportinguistas, sim senhor, mas desde que o Sporting seja à medida de cada um e não à medida de todo o mundo leonino. Há quem exulte com as derrotas do clube, se isso significar estar um passo mais perto do lugar, do cargo, da posição ou, como se diz na gíria leonina, do "croquete" "
1-2 | Cinderella Man

Spoiler: mostrar


De qualquer das formas: o meio campo a 2 unidades - nem digo três que há sempre uma [Mesut Ozil] que não conta para as tarefas defensivas! - é uma lacuna brutal em termos de organização|solidez|segurança|equilíbrio na equipa dos Gunners. Há uma enorme falta de "noção" de como (se) deve atacar objectivamente e defender eficazmente. A única características digna de uma "equipa" nos Gunners é o equipamento comum em 11 atletas.
Não param de criticar o Giroud, mas ele lá vai salvando o Arsenal.

Nunca percebi tanto ódio contra o homem.
"Esforço, Dedicação, Devoção e Glória"
Onde andam os iluminados? Quando há uma estatística boa...

@scanferr, quais deles: os que atenuavam as paupérrimas exibições na suposta falta de qualidade do plantel (1) ou os que (ainda) o acusam de ter perdido o encanto na rentabilização dos seus atletas (2)? :mrgreen: Há uma tese que é claramente descabida (1) - há qualidade nos Red Devils para duas equipas top 6|7 na Premier League!* - e outra que é, simplesmente, discutível|questionável (2).

Spoiler: mostrar
*
GK: David De Ge | Sergio Romero.
DD: Matteo Darmian | Antonio Valência.
DC: Chris Smalling | Phil Jones.
DC: Eric Bailly | Marcos Rojo.
DE: Luke Shaw | Daley Blind.

MD: Michael Carrick | Morgan Schneiderlin.
MC: Paul Pogba | Henrikh Mikhtarian.
MC: Juan Mata | Hector Herrera.

AV: Anthony Martial | Jesse Lingard.
AV: Marcus Rashford | Memphis Depay.
AV: Zlatan Ibrahimovic | Wayne Rooney.

E de fora ainda estão Bastian Schweinsteiger, Marouanne Fellaini, Adnan Januzaj e Ashley Young.


É bizarro alguém apelidar de medíocre uma equipa com tantas soluções. :menos: Ter 8 vitórias consecutivas é elogiável mas é preciso não ignorar que (se) encontram no ciclo mais "acessível" do seu calendário e que dos últimos 6 adversários da Premier League, 4 estão no bottom 7, com a (pequena) particularidade de que não fossem dois late goals [88' (vs CRY), 86' (vs MID)] e não haveria essa estatística "fantástica". E isto sem querer estar a entrar nos golos inválidos e|ou expulsões convenientes. Eu (também) queria que o fiscal tivesse visto que era pontapé de baliza (vs EVE), que o Sané não estava em linha (vs MAC) e|ou que o Bellerin tinha sido empurrado (vs BOU).

E eu também queria que tu não visses apenas o que te convém. :lol: E para falares nos golos inválidos tinhas também de referir que se fossem retirados o United teria ganho ambos os jogos (já que os golos foram o 3-1 e 2-0, respectivamente). E depois também tinhas de colocar os lances onde o United foi prejudicado. Já para não falar da enormíssima lata que é preciso ter para como adepto do Arsenal andares a falar em late goals esta época. :lol:

No próximo fim de semana já vem um teste a sério, e se o United vencer o Liverpool em casa então considero que estará efetivamente na luta pelos lugares cimeiros (não digo titulo porque o Chelsea ainda leva uma boa vantagem). Mas o que interessa aqui é que a equipa estabilizou, há jogadores a recuperar a forma (Rooney, Martial) e finalmente existe alguma confiança em Old Trafford. Agora o jogo da proxima semana pode voltar a colocar pontos de interrogação, ou lançar o United para uma excelente segunda volta. Veremos.
Boa série de vitórias do United.
Não me parece que tenham grandes hipóteses de lutar pelo título, mas pelo menos já se aproximaram dos lugares cimeiros.
Vamos lá ver como vai ser o jogo com o Liverpool...
Vitória tranquila do United, seguimos em frente!  :mais:



Para mim, foi a melhor exibição do City desde que o Guardiola chegou a Inglaterra. Autêntico massacre.

Em 4x4x2 losango, já agora, para quem não viu o jogo. Espero que seja para continuar.

Como estavam posicionados os jogadores do meio-campo para frente? Aguero em dupla com quem?
Como estavam posicionados os jogadores do meio-campo para frente? Aguero em dupla com quem?
Yaya a 6, Zabaleta e De Bruyne como interiores, Silva a 10, Aguero e Sterling na frente. O losango era muito versátil, e tirando o Yaya, qualquer um dos outros três podia aparecer nas três posições. Nota-se que o Yaya, sem bola, não faz ideia do que é jogar como 6, mas com bola dá muita qualidade à equipa. Ideal era poder-se ver este sistema com o Gundogan a 6, que tem outra percepção do jogo e outro rigor posicional, e com Yaya, Silva e De Bruyne a completarem o losango.
"If God had meant football to be played in the air, he would have put grass in the sky" - Brian Clough

“Quando treinava o Saragoça, um jogador veio ter comigo no início da época e disse-me, todo contente: ‘Mister, estou melhor do que nunca fisicamente.’ Olhei para ele e respondi-lhe: ‘Isso é a pior notícia que me podias dar. Agora vais estar em mais sítios errados mais vezes, c*****.’” - Juan Manuel Lillo

Yaya a 6, Zabaleta e De Bruyne como interiores, Silva a 10, Aguero e Sterling na frente. O losango era muito versátil, e tirando o Yaya, qualquer um dos outros três podia aparecer nas três posições. Nota-se que o Yaya, sem bola, não faz ideia do que é jogar como 6, mas com bola dá muita qualidade à equipa. Ideal era poder-se ver este sistema com o Gundogan a 6, que tem outra percepção do jogo e outro rigor posicional, e com Yaya, Silva e De Bruyne a completarem o losango.

 :great:

Vou ver se vejo um resumo alargado ou algo do género. Zabaleta interior? Ok... :shifty:
O passe do Silva no lance do penalty é qualquer coisa...
O Marco Silva fez um trabalho fantástico antes de chegar ao Sporting, é inegável. Agora, o que interessa a todos (ou devia interessar), é o trabalho realizado no Sporting. Conquistou uma taça de Portugal, mas jogávamos mal e porcamente. Fizemos um campeonato medíocre e ainda houve vários problemas com o presidente.

Também não consigo perceber o problema de haver gente que não queira ver o Marco a ter sucesso. Quanto a mim, indiferença total.

Eu sou Sportinguista e não me esqueço dos problemas que o Marco Silva, falso como um gato, causou no Sporting a fazer panela com o amigo Nélio Lucas da Doyen no caso Rojo, a desafiar a direcção em público e a prestar-se ao papelote de arma-de-arremesso dos Sportinguenses contra o presidente que o contratara meses antes.

E sim, futebol miserável, mesmo tendo a mais Nani do que tinha Leonardo Jardim.

Ainda por cima o Marco Silva era o treinador fêtiche dos lãpeões, o Marco Silva dava um peido e era ver lãpeões e sportinguenses em masturbações sincronizadas porque de facto o que criou o Deus Marco Silva não foram as boas épocas no Estoril nem o título oferecido pelo Olympiakos mas sim ter afrontado Bruno de Carvalho. Pois então, deixem-me desfrutar da azia deles quando ficar provado que treinadores que só sabem mandar os extremos correr para a linha e cruzar para área há por aí aos pontapés.

@Viridis

Se calhar, não me expressei bem amigo.

O que eu quis dizer, é que não percebo quem fica indignado por haver gente afeta ao Sporting que queira que o MS tenha insucesso. É algo perfeitamente normal depois daquilo que se passou por cá. :great:

Eu sei. O nosso clube infelizmente está repleto de almas demasiadamente bondosas.



Klopp armado em esperto a facilitar.
Apesar da rotação que o Klopp promoveu no 11 inicial, o Liverpool tem estado a dominar o Plymouth. Ao intervalo, os visitantes tinham 19(!)% de posse de bola.

O Plymouth está a apostar numa estratégia super-defensiva (como seria de esperar). Resta saber se o autocarro vai conseguir aguentar a pressão dos Reds até ao final sa partida.
O Liverpool tem quase toda a posse de bola, mas é uma posse muito estéril.
Com o Liverpool prestes a ser forçado a jogo de desempate, o Chelsea adianta-se no marcador com um golo de Pedro!
Sempre simpatizei com o Plymouth Argyle.
Dos clubes das principais divisões, o Plymouth é o único que equipa claramente de verde.