Fórum SCP

O relvado

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

O psilva de certo poderá dar algumas explicações visto que arquitectura do estádio é com ele...mas penso que se o estádio é feito de Este-Oeste em vez de Norte-Sul, este problema seria muito menos grave e mais fácil de controlar...tendo em conta as condicionantes de um estádio "semi-fechado"

Não. A orientação obedece às recomendações técnicas da UEFA/FIFA, que funciona como "guideline" para o planeamento de estádios (mais a mais estádios com capacidade para competições internacionais).

Este documento refere que uma orientação Norte-Sul é considerada ideal, admitindo-s no entanto outra angulação dentro do mesmo quadrante (nomeadamente a orientação do ângulo médio do Sol considerada num jogo levado a cabo à tarde).

No caso de Alvalade é "spot-on" Norte-Sul. Caso se optasse pela outra formulação de ângulo, o estádio rodaria no sentido dos ponteiros do relógio uns quantos graus (admito que, utilizando o referencial do relógio, rodasse do 12-6 para o 1-7 ou um pouco mais). Duvido é que isso per si tivesse impacto significativo na qualidade do relvado.

Como curiosidade o galinheiro, tem a orientação, contrariamente ao recomendado e voltando ao referencial do relógio, 11-5.
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Pronto  :mrgreen:
Eu disse que o especialista vinha aqui e assim foi...
Obrigado pelos esclarecimentos.  :beer:
fiquei foi sem perceber uma coisa, percebi que a orientação serguiu as guidelines da UEFA, mas interrogo-me se essa tal variação na orientação não poderia ter impacto nas condições do relvado (assumindo que em vez de 1-7, podia se ir até ao 2-8...)

Percebo  a ideia de que ter o Sol de frente é prejudicial em termos de jogo, mas tendo os estádios coberturas bastante extensas, presumo que a incidencia em termos d por do sol, quase não atinja o relvado, quanto muito mete mas é a malta das bancadas cegueta :p
« Última modificação: Fevereiro 23, 2012, 11:16 am por Márinho »
Sempre Sporting!
Pronto  :mrgreen:
Eu disse que o especialista vinha aqui e assim foi...
Obrigado pelos esclarecimentos.  :beer:
fiquei foi sem perceber uma coisa, percebi que a orientação serguiu as guidelines da UEFA, mas interrogo-me se essa tal variação na orientação não poderia ter impacto nas condições do relvado (assumindo que em vez de 1-7, podia se ir até ao 2-8...)

Percebo  a ideia de que ter o Sol de frente é prejudicial em termos de jogo, mas tendo os estádios coberturas bastante extensas, presumo que a incidencia em termos d por do sol, quase não atinja o relvado, quanto muito mete mas é a malta das bancadas cegueta :p

Sinceramente, não me parece. Possivelmente até aumentaria a zona de sombra.
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Obrigado pelas dicas ...  :beer:
Sempre Sporting!
O relvado nao deve dar direito a comissao senao ja tinham mudado 3 vezes este ano!

Ja sabemos que as estruturas de grande parte dos estadios modernos, nao permitem as melhores condicoes para a manutencao dos relvados.

Mas tenho quase a certeza que os grandes clubes que tem relvados muito bons, mudam em muito maior frequencia do que sai nas noticias ate porque nao e grande noticia e nem vale a pena noticiar a substituicao de um relvado.

Nos ja adquirimos alguns sistemas usados por grandes clubes para melhorar a qualidade do tapete, mas agora tambem deviam planear como manter um relvado adequado a grandeza do nosso clube.
Isto e definir datas de substituicao do mesmo e escolher uma empresa competente para o efeito, se for preciso mudem todos os anos uma vez qual e o problema?
Quem tem 8,5 Milhoes por jogadores razoaveis, tambem pode por no orcamento anual uma mudanca de relvado!

Mas ate ja tivemos um relvado que se aguentou bastante bem, durante um tempo e que com o equipamento adquirido podia ser melhor ainda o nome era grassmaster sei la o que.

Nao sou especialista de relvados, mas acho que da para perceber que solucoes ha muitas!
E preciso e que alguem tenha o interesse de trabalhar para isso e querer solucionar o problema!

fala-se tanto do nosso relvado, olha que neste momento o nosso deve ser dos melhores em Portugal esteve a ver o de braga e guimaraes estão bem piores  e o da luz nada melhor que o nosso, entao por essa europa fora ha de tudo, o melhor so mesmo o dos tripas,...

fala-se tanto do nosso relvado, olha que neste momento o nosso deve ser dos melhores em Portugal esteve a ver o de braga e guimaraes estão bem piores  e o da luz nada melhor que o nosso, entao por essa europa fora ha de tudo, o melhor so mesmo o dos tripas,...

 :arrow:
Exactamente!
Não sei se é da tinta ou não, mas o relvado pela TV parece bom, pelo menos já não se vêem aqueles tufos todos no ar, agora se está irregular ou não, não sei!
Obrigado pelas dicas ...  :beer:

Já agora, feito de maneira muito rápida e simplificada uma simulação (aliás 3) que que falávamos.

orientação N-S (orientação real) janeiro a fevereiro às 15.00h
Video - TinyPic - Free Image Hosting, Photo Sharing & Video Hosting

orientação NE-SO  janeiro a fevereiro às 15.00h
Video - TinyPic - Free Image Hosting, Photo Sharing & Video Hosting

orientação E-O   janeiro a fevereiro às 15.00h
Video - TinyPic - Free Image Hosting, Photo Sharing & Video Hosting
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Podem discutir o que quiserem mas o Estadio nao foi construido a pensar no futebol, foi construido a pensar em espectaculos, todo o conceito e estrutura do Estadio revela isso mesmo...


Sofre o Relvado, sofrem os adeptos pelo fosso, sofreram as finanças do clue, que para alem da derrapagem viram o Sporting a indeminizar a Somague do Vaz Guedes, numa altura em que quem liderava o projecto da Construçao do Estadio era nem mais nem menos o nosso estimado presidente Godinho Lopes...

A Construçao do Alvalade XXI foi um desastre completo, fez uma enorme mossa nas contas do clube (para analisar no futuro quem foram os amigos do Godinho a lucrar com isso) e tem ainda marcas visiveis da incompetencia de quem liderou a sua construçao, o relvado é apenas uma delas...
Mais uma vez psilva, obrigado pelo teu interesse e empenho nas infra-estruturas do nosso clube...
pessoalmente, sinto-me sempre um burro a olhar para o palácio...  :mrgreen: no que toca a pormenores técnicos e de viabilidade...

Já referi anteriormente, penso que a alteração ao projecto inicial, salvo erro para 40K espectadores influenciou negativamente todo o desenrolar do processo...quer as alteraç~eos per si, quer à posteriori as novas regulamentações que sairam em termos de segurança (e que nos obrigou a rectificaar outra vez os planos).

Um estádio de 40K chegava e sobrava e se calhar até tinha proporcionado outras condições aos espectadores bem como ao clube em si...(pavilhao)
Sempre Sporting!
Mais uma vez psilva, obrigado pelo teu interesse e empenho nas infra-estruturas do nosso clube...
pessoalmente, sinto-me sempre um burro a olhar para o palácio...  :mrgreen: no que toca a pormenores técnicos e de viabilidade...

Obviamente que a viabilidade neste momento é nula. Apenas fiz as simulações à pressa para perceber (à posteriori) o impacto do que sugerias.

O objectivo não era aferir qualquer alteração. Era mesmo e apenas uma simulação.

Já referi anteriormente, penso que a alteração ao projecto inicial, salvo erro para 40K espectadores influenciou negativamente todo o desenrolar do processo...quer as alteraç~eos per si, quer à posteriori as novas regulamentações que sairam em termos de segurança (e que nos obrigou a rectificaar outra vez os planos).

Um estádio de 40K chegava e sobrava e se calhar até tinha proporcionado outras condições aos espectadores bem como ao clube em si...(pavilhao)

Completamente de acordo!
« Última modificação: Fevereiro 23, 2012, 14:28 pm por psilva »
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
(...)

Desde já muito obrigado pelos videos! :great:

Assim numa primeira analise, parece-me que a exposição solar está longe de ser a ideal. O problemático nem é tanto a orientação solar, mas sim a atura/inclinação das bancadas que provoca zonas de sombra demasiado extensas.

Parece-me, sem perceber muito de relvados, que esta é um condicionante muito forte, principalmente se juntarmos com as questões de arejamento do relvado.

Gosto do efeito/noção de proximidade entre as bancadas e relvados, mas não terá sido um preço demasiado elevado a pagar? :inde:
(...)

Desde já muito obrigado pelos videos! :great:

Assim numa primeira analise, parece-me que a exposição solar está longe de ser a ideal. O problemático nem é tanto a orientação solar, mas sim a atura/inclinação das bancadas que provoca zonas de sombra demasiado extensas.

Parece-me, sem perceber muito de relvados, que esta é um condicionante muito forte, principalmente se juntarmos com as questões de arejamento do relvado.

Gosto do efeito/noção de proximidade entre as bancadas e relvados, mas não terá sido um preço demasiado elevado a pagar? :inde:

Parece-me sinceramente que o maior stress é provocado pela ventilação (ou falta dela). A exposição solar também se faz indirectamente (e até presumo que nalguns casos possa ser excessiva) e de resto a simulação não leva em conta as zonas translucidas.

O que me parece ser o grande defeito foi nunca (em projecto, construção ou utilização) se ter estudado o assunto a fundo de maneira a encontrar soluções permanentes e eficientes para o problema.

Porque o estádio, quase qualquer que fosse o modelo, naquele lote, com aquele tamanho, para aquela lotação sofreria sempre desses problemas, nomeadamente os da insolação.

E para o problema da ventilação existem soluções. Uma, em potencial, é falada por aqui desde ~2009. Chama-se FAAVS. (referido no documento que dá origem ao tópico e posteriormente ao longo do mesmo: http://www.forumscp.com/index.php?topic=15082.0)
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
ja fugindo um pouco a questão do relvado,.... afinal qual é em Portugal o melhor estadio??? em termos de conforto e visiblidade
Mais uma vez psilva, obrigado pelo teu interesse e empenho nas infra-estruturas do nosso clube...
pessoalmente, sinto-me sempre um burro a olhar para o palácio...  :mrgreen: no que toca a pormenores técnicos e de viabilidade...

Já referi anteriormente, penso que a alteração ao projecto inicial, salvo erro para 40K espectadores influenciou negativamente todo o desenrolar do processo...quer as alteraç~eos per si, quer à posteriori as novas regulamentações que sairam em termos de segurança (e que nos obrigou a rectificaar outra vez os planos).

Um estádio de 40K chegava e sobrava e se calhar até tinha proporcionado outras condições aos espectadores bem como ao clube em si...(pavilhao)

O Juventus Stadium tem 41k e não é por causa disso que a Juventus vai deixar de ser um dos maiores emblemas do futebol mundial.O projecto estádio/pavilhao foi muito mal elaborado contra factos não há argumentos! 
Bill Shankly treinador legenda do FC Liverpool (1959–1974)

"O clube pertence aos fãs que o apóiam. Os diretores estão lá apenas para assinar os cheques."

"Algumas pessoas acreditam que futebol é questão de vida ou morte. Fico muito decepcionado com essa atitude. Eu posso assegurar que futebol é muito, muito mais importante"
Exactamente...e temos varios exemplos...o Ithiadd (acho que é assim...) é outro.
O problema foi a trampa do Euro e o medo de que se não tivesse 50K nao podia receber a meia final ou algo que o valha... (honestamente não me lembro mas tenho ideia que foi por algo deste genero...)

Dos novos com até 45k lugares temos:
Palmeiras
Spartak Moscovo
Besiktas
Pana
Portsmouth
CSKA
entre muitos outros...
« Última modificação: Fevereiro 23, 2012, 15:45 pm por Márinho »
Sempre Sporting!
Exactamente...e temos varios exemplos...o Ithiadd (acho que é assim...) é outro.
O problema foi a trampa do Euro e o medo de que se não tivesse 50K nao podia receber a meia final ou algo que o valha... (honestamente não me lembro mas tenho ideia que foi por algo deste genero...).

O motivo teve a ver com isso mas com outras cambiantes nunca verdadeiramente explicadas.

Ao que se sabe, por receio de o galinheiro não ser feito (ou não ser acabado a tempo) e na iminência de a capital não ter um estádio capaz de receber uma final (segundo os parâmetros da UEFA) o Sporting foi "convidado" a aumentar a lotação do estádio.
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Desculpem, na minha perspectiva o Sporting nunca pode ter um estádio com menos de 50.000 lugares. Era descolar-se dos rivais e colar-se aos de baixo.

Nem sei como isso chegou a ser ponderado...
(...)

Desde já muito obrigado pelos videos! :great:

Assim numa primeira analise, parece-me que a exposição solar está longe de ser a ideal. O problemático nem é tanto a orientação solar, mas sim a atura/inclinação das bancadas que provoca zonas de sombra demasiado extensas.

Parece-me, sem perceber muito de relvados, que esta é um condicionante muito forte, principalmente se juntarmos com as questões de arejamento do relvado.

Gosto do efeito/noção de proximidade entre as bancadas e relvados, mas não terá sido um preço demasiado elevado a pagar? :inde:

Parece-me sinceramente que o maior stress é provocado pela ventilação (ou falta dela). A exposição solar também se faz indirectamente (e até presumo que nalguns casos possa ser excessiva) e de resto a simulação não leva em conta as zonas translucidas.

O que me parece ser o grande defeito foi nunca (em projecto, construção ou utilização) se ter estudado o assunto a fundo de maneira a encontrar soluções permanentes e eficientes para o problema.

Porque o estádio, quase qualquer que fosse o modelo, naquele lote, com aquele tamanho, para aquela lotação sofreria sempre desses problemas, nomeadamente os da insolação.

E para o problema da ventilação existem soluções. Uma, em potencial, é falada por aqui desde ~2009. Chama-se FAAVS. (referido no documento que dá origem ao tópico e posteriormente ao longo do mesmo: http://www.forumscp.com/index.php?topic=15082.0)

Sem duvida! Os problemas haveriam sempre de acontecer, fosse estes ou outros. É normal haver problemas pós contrução, mas devem ser verdadeiramente estudados, analisados e resolvidos!

A solução que falas para a ventidação não é mais que uma ventilação invertida, isto é, em vez de ser na superficei do relvado, ser na zona da raiz. Embora nunca tenha visto/lido muito sobre isto, parece-me um bom conceito, tendo no entanto algumas duvidas ao nível da colmatação dos tubos de ventilação com o solo onde se encontra a relva.

Embora, por norma, os terrenos para relva tenham uma grande composição de areia (material mais drenante e que não colmata) não deixa de ter uma boa percentagem de argila que poderá colmatar e "tapar" o sistema de ventilação. No entanto, nada que não fosse resolvido através de uma manta geotextil entre o solo da relva (a camada de terra vegetal) e a camada drenante (em brita). As tubagens de ventilação colocar-se-iam na camada drenante, certo?

Assim, teriamos o arrefecimento da camada de terra vegetal atrás do diferencial de temperatura entre o ar na zona da folha e o ar na zona da camada drenante. Creio que o mais preocupante seja a temperatura na semente/raiz e não na folha (é, não é?  :-[ )

Por outro lado, temos a exposição solar que também me parece deficiente, no entanto, poderá ser realizada através de meios artificais na zona onde temos menor exposição solar. :inde: