C.Ronaldo: sem espaço para continuar em Inglaterra?

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Julho 03, 2006, 13:14 pm
Citar
Shearer: «Ronaldo poderá ter problemas quando regressar»

O ex-internacional inglês do Newcastle Alan Shearer afirmou que Cristiano Ronaldo pode ter problemas quando regressar ao Manchester United. Tudo devido a expulsão do seu companheiro de equipa, Rooney.
«Acredito que Rooney vá acertar alguma coisa com Ronaldo no regresso aos treinos do Manchester United», afirmou Shearer, que recordou que o português, além de estar indiretamente envolvido na expulsão do britânico, falou durante o Mundial que gostaria de representar o Real Madrid.

02-07-2006 19:00:12



Citar
Rooney quer «partir Cristiano Ronaldo em dois»

Wayne Rooney, jogador da Inglaterra expulso no decorrer do encontro dos quartos-de-final com Portugal no último sábado, quer «partir em dois» o português Cristiano Ronaldo, considerando-o responsável pela sua expulsão, segundo o jornal inglês The Sun.
Ambos jogam actualmente no Manchester United, e caso se confirme os atritos entre os dois, o clube inglês deverá ter razões para estar preocupado com a situação.

Segundo uma fonte da Federação Inglesa de Futebol (FA) citada pelo The Sun, Rooney disse que queria partir Ronaldo em dois e bater-lhe na cabeça.

Rooney afirma ainda que pretende resolver a situação «à sua maneira», de acordo com a mesma fonte.

03-07-2006 12:03:43
*** Julho 03, 2006, 13:29 pm
Citação de: "Mpcco"
Eu tenho uma opinião contrária à de todos que aqui se manifestaram. Diga-se de passagem, que durante o jogo e na altura da expulsão do Rooney, lembrei-me daquela comparação entre o futebol e o râguebi, que o Juba conhece tão bem, que diz qualquer coisa do género:

"O Râguebi é um jogo de animais jogado por 'gentlemens', o futebol é um jogo de 'gentlemens' jogado por animais".

Se continuo com a impressão que o Rooney não teve intenção de agredir o R. Carvalho, tenho a certeza que o C. Ronaldo teve mal em pressionar o árbitro para o expulsar.

A única justificação que vejo para isso é a vontade de CR criar mau ambiente no MU para poder sair, mas duvido que ele tivesse o discernimento para pensar nisso no momento. Por isso, condeno a atitude do CR que independentemente de ter sido agressão ou não, é reveladora de falta de 'fair-play', e principalmente de um desrespeito total pelo seu colega de trabalho.
O problema é que no futebol já é tão normal este tipo de atitudes que já ninguém leva mal, o tão proclamado 'fair-play' só é lembrado apenas nas devoluções de bola em lances que algum jogador está lesionado. :roll:


Manel,

não estou de acordo contigo quando dizes que Rooney não teve intenção de magoar o Ricardo, mas estou em sintonia com a tua opinião sobre a atitude do C.Ronaldo, medindo obviamente pelos meus princípios éticos e desportivos. Na minha perspectiva, ele nem precisava de ter feito a tal pressão sobre o árbitro para o "pig face" do Rooney ser castigado, conforme é cavalo de batalha dos ingleses, já que o árbitro se encontrava mesmo em cima da jogada e o pisão foi evidente.
Se o castigo seria com amarelo ou vermelho, isso já é do domínio da especulação.

Contudo, há uma diferença que pode ter estado na origem da opção, pq é disso que se trata, tomada por CR naquela fracção de segundo e que abona sobre o espírito de grupo reinante: enquanto o jogador que jazia no chão era Ricardo carvalho, um português, colega de selecção, e talvez amigo, Rooney, o agressor, era "apenas" um colega de profissão que o pagador dos seus salários juntou na mesma equipa. E do qual, necessariamente, não tem de gostar.
Jameson Franco: NO RULES, great Scotch!!
*** Julho 03, 2006, 13:57 pm
A tua teoria até tem lógica, mas não acredito nisso. Para mim CR viu ali uma oportunidade de ficarmos em vantagem e no melhor espirito 'custe o que custar' agiu em conformidade, não olhando para trás.

Por outro lado, CR e Rooney são colegas se não me engano à cerca de 3 anos. Segundo já ouvi falar, sujeito a confirmação, até seriam amigos, mas mesmo que não fossem, não consta que existissem problemas entre eles, sendo assim custa-me vê-lo a tomar atitudes tão lamipónicas como esta.
FORÇA SCP!
* Julho 03, 2006, 14:04 pm
Citação de: "Mpcco"
A tua teoria até tem lógica, mas não acredito nisso. Para mim CR viu ali uma oportunidade de ficarmos em vantagem e no melhor espirito 'custe o que custar' agiu em conformidade, não olhando para trás.

Por outro lado, CR e Rooney são colegas se não me engano à cerca de 3 anos. Segundo já ouvi falar, sujeito a confirmação, até seriam amigos, mas mesmo que não fossem, não consta que existissem problemas entre eles, sendo assim custa-me vê-lo a tomar atitudes tão lamipónicas como esta.



Em relação a isto lembro-me de uma célebre expulsão do Jorge Andrade no Dragão quando o Corunha defrontou o Fcp originada por um teatrozinho do Deco.

Quanto ao Ronaldo apesar de ter pressionado o árbitro, só ele sabe o que disse e não o vi a pedir o cartão, por isso não concordo com o julgamento feito ao Cristiano, porque penso que ele teve uma atitude que provavelmente nós teríamos naquele caso, se fossemos jogadores de futebol.
"Somos o que somos, mas somos principalmente o que fazemos, para mudar o que somos!"
*** Julho 03, 2006, 14:12 pm
Citação de: "Jardax XXI"
Citação de: "Mpcco"

Por outro lado, CR e Rooney são colegas se não me engano à cerca de 3 anos. Segundo já ouvi falar, sujeito a confirmação, até seriam amigos, mas mesmo que não fossem, não consta que existissem problemas entre eles, sendo assim custa-me vê-lo a tomar atitudes tão lamipónicas como esta.



Em relação a isto lembro-me de uma célebre expulsão do Jorge Andrade no Dragão quando o Corunha defrontou o Fcp originada por um teatrozinho do Deco.


Essa expulsão no dragão não foi por teatro, foi porque o árbitro viu o andrade a dar um toquezinho no deco, não ouve teatro.

Na minha opinião o facto de Ronaldo ser da mesma equipa que o Rooney e de ser amigo dele não impede que ele tenha feito isso. Ele também é amigo do Carvalho, e nesse caso estava a defender o seu comapnheiro de equipa. É uma situação normal no futebol. Caso contrário o Rooney também não tinha nada que mandar calar o Ronaldo.

O Árbitro estava em cima do lance e acho que ajuizou bem.

Espero que o Ronaldo saia do Manchester por uma boa quantia, para que o Sporting receba algum dinheiro, nem que seja pela formação do jogador.
Julho 03, 2006, 14:13 pm
Acho que se está (a imprensa inglesa) a tentar arranjar um bode expiatório neste caso  8)

Rooney agrediu barbaramente Ricardo Carvalho. Foi expulso e bem expulso! A suposta pressão de Cristiano Ronaldo sobre o árbitro não me parece relevante. O árbitro decide por ele próprio e se sente pressionado por um jogador para tomar uma decisão deverá admoestar o jogador que o faz.

Quanto à atitude do Cristiano Ronaldo parece-me muito bem que defenda as cores da selecção assim como defende as do seu clube quando o representa!

Citar
O mau perder dos ingleses: Wayne Rooney quer «partir ao meio» Cristiano Ronaldo

O futebolista Wayne Rooney quer «partir ao meio» o português Cristiano Ronaldo, seu colega no Manchester United, acusando-o de ser «responsável» pela sua expulsão no encontro entre Inglaterra e Portugal.

O Sun garante que o diferendo entre os dois jogadores constitui «um grave problema» para o técnico do United, Alex Ferguson.

Também a Federação Inglesa de futebol terá referido àquele jornal «que Rooney está profundamente agastado com o avançado luso».

Irritado pela eliminação da sua Selecção, Wayne Rooney estará disposto a resolver o problema à sua maneira «partindo ao meio» Cristiano Ronaldo «na primeira vez em que estiverem juntos».


Seguindo a lógica dos ingleses, que raio de jogador pensa em fazer isto a um colega de equipa?  :roll:
***** Julho 03, 2006, 14:31 pm
A minha primeira reacção em tempo real (mas também já estava com a visão um pouco...nebulada! :lol: ) foi que não tinha sido intencional, mas depois na repetição vê-se bem que ele intencionalmente atinge o Ricardo Carvalho. Quanto à suposta atitude do Cristiano, mesmo que ele tenha pedido a expulsão, só fez o que todos faríamos se tivessemos visto um dos nossos levar um pontapé nos tomates! Deixemo-nos de lirismos e de falsos "fair-plays". Aliás, para quem passa o jogo todo a dizer fuck-off´s bem perceptíveis para tudo o que mexa, merce de facto muito fair-play...
Assinatura renovada! Demorou, mas foi!
Julho 03, 2006, 14:57 pm
Quem é que não faria o que o C.Ronaldo fez ao vêr um colega de selecção a ser barbaramente agredido?!?!?

Falta de fair-play era o agressor continuar em campo. Estes bifes têm muita piada....
Julho 03, 2006, 15:04 pm
Penso que se está a atribuir ao Ronaldo comportamentos com um grau de sofisticação e maquiavelismo que manifestamente não estão ao alcance do espécime.

O que eu vi foi o Rooney a calcar deliberada e violentamente as family jewels do Carvalho, e depois vi o Ronaldo- e com ele "n" outros jogadores portugueses- a confrontar o árbitro, um pouco ao jeito do "que trampa é esta?!" que qualquer um de nós diria se, numa situação de tensão semelhante, visse um amigo a ser agredido. Nem sequer o vi a esboçar o gesto corriqueiro com que se costuma pedir a amostragem de cartão. Nesta medida, não creio que se lhe pudesse exigir comportamento diferente, e digo até que se fosse colega de equipa dele, não gostaria de o ver esmorecer na sua solidariedade, retraíndo a sua justa indignação só porque o protagonista joga no mesmo clube e poderia arranjar problemas com ele.

Por outro lado, como já foi salientado, não é crível que o árbitro necessitasse da "douta e preclara" opinião do "ilustre" Cristiano Ronaldo para tomar a decisão de expulsar ou não expulsar. O árbitro estava literalmente em cima da jogada, de tal maneira que foi ele próprio a enxotar o Rooney para longe do agonizante Carvalho.

Quanto muito admito que a convicção inicial do árbitro possa ter sido reforçada pelo empurrão do Rooney ao Ronaldo, mas aí o inglês só tem que se queixar de si próprio. A verdade é que o Rooney não tem apenas o facies de um pequeno brawler suburbano- tem também o génio. Portanto, que assuma os seus actos e as suas consequências, e pode ser que aprenda a deixar em Inglaterra a sua permanente pose de rufião.

Quanto ao Ronaldo, imaginar que se foi colocar na confusão na esperança de que o Rooney o empurrasse, e/ou de com isso criar um mau clima que lhe facilitasse a transferência do Man Utd... é como digo, não o vejo capaz de antecipar processos causais desse tipo. :)
* Julho 03, 2006, 15:17 pm
Citação de: "herrXXI"
Citação de: "Jardax XXI"
Citação de: "Mpcco"

Por outro lado, CR e Rooney são colegas se não me engano à cerca de 3 anos. Segundo já ouvi falar, sujeito a confirmação, até seriam amigos, mas mesmo que não fossem, não consta que existissem problemas entre eles, sendo assim custa-me vê-lo a tomar atitudes tão lamipónicas como esta.



Em relação a isto lembro-me de uma célebre expulsão do Jorge Andrade no Dragão quando o Corunha defrontou o Fcp originada por um teatrozinho do Deco.


Essa expulsão no dragão não foi por teatro, foi porque o árbitro viu o andrade a dar um toquezinho no deco, não ouve teatro.

Na minha opinião o facto de Ronaldo ser da mesma equipa que o Rooney e de ser amigo dele não impede que ele tenha feito isso. Ele também é amigo do Carvalho, e nesse caso estava a defender o seu comapnheiro de equipa. É uma situação normal no futebol. Caso contrário o Rooney também não tinha nada que mandar calar o Ronaldo.

O Árbitro estava em cima do lance e acho que ajuizou bem.

Espero que o Ronaldo saia do Manchester por uma boa quantia, para que o Sporting receba algum dinheiro, nem que seja pela formação do jogador.



Sim Herr eu sei, mas lembro-me que apesar da brincadeira do Andrade (que foi mesmo isso para com o Deco), o Deco aproveitou-se um pouco da situação. Na altura era de ficarem chateados quase como este caso, mas são e continuam amigos do peito.

O problema do Rooney é que me parece que tem excesso de vedetismo a mais, e isso nunca será o caminho indicado. Reitero aquilo que disse, para mim o Ronaldo fez aquilo que devia ser feito em prol da equipa. Amizades dentro do campo não podem existir, se Rooney ou os ingleses não percebem isso... Game Over!
"Somos o que somos, mas somos principalmente o que fazemos, para mudar o que somos!"
* Julho 03, 2006, 15:48 pm
Citar
Está tudo esclarecido sobre as relações entre o português Cristiano Ronaldo e o inglês Wayne Rooney, dois jovens avançados do Manchester United que tiveram destinos diferentes na fase final do Mundial de Futebol2006. «O Rooney até me deu os parabéns por seguirmos em frente», revela Cristiano.
ASF
Muito se tem escrito e dito sobre uma alegada «guerra» que terá estalado entre os dois futebolistas, com o clube que representam a entrar na «confusão» instalada através de alguns meios de comunicação de Londres.

Cristiano Ronaldo tem sido acusado de ter sido o «impulsionador» da expulsão de Rooney no jogo com Portugal, sendo hoje atribuídas declarações ao ponta-de-lança inglês segundo as quais estaria «disposto a partir ao meio Cristiano Ronaldo», isto enquanto se noticiava também que o Manchester United estaria na disposição de deixar sair o jogador luso.

Por cá, e no site da Gestifute, Cristiano Ronaldo esclarece a situação, afirma que não existe qualquer tipo de problema entre ambos e que no final do jogo e no dia seguinte «até trocámos uma série de mensagens por telemóvel, isto para reforçar que tenho uma relação óptima com Rooney».

Pode ler-se no referido site da Gestifute parte da crónica escrita por Cristiano Ronaldo e que transcrevemos para melhor esclarecimento do que se passa efectivamente:

«Foram ditas barbaridades sobre mim e o meu companheiro (do Manchester United) e amigo Rooney. Como é possível dizer que fui eu que ajudei a expulsá-lo? Eu não sou árbitro para ter poderes para expulsar quem quer que seja, nem tão pouco tenho moral para o convencer a mostrar cartões. O árbitro mostrou-lhe o cartão vermelho porque considerou que o devia fazer e a minha participação nisso foi absolutamente nula. Gostava, também, de deixar bem claro que entre mim e o Rooney não existe qualquer tipo de problema. Insisto: nenhum tipo de problema. No final do jogo, trocámos uma série de mensagens por telemóvel e já durante o dia de ontem também. Isto para reforçar que tenho uma relação óptima com Rooney. Entre nós os dois está tudo esclarecido. Aliás, ele não só me deu os parabéns por seguirmos em frente no Mundial, como me disse que temos uma grande equipa, para continuarmos assim que chegaríamos longe. Ele não estava zangado comigo, nem nada que se parecesse. E mais: disse para ignorar o que foi escrito na Imprensa inglesa a este propósito, que eles só querem arranjar confusão. É o costume… Tanto ele como eu já estamos habituados. Por isso é que surgiram declarações como se fossem dele, a dizer que não queria voltar a jogar comigo no Manchester. Ai não que não quer! Claro que quer! Isso é absolutamente falso, como ele próprio fez questão de me dizer. Enfim, coisas típicas dos jornais ingleses, a que já nos acostumámos. Que remédio… Garanto que não é isso que me tira o sono».



Tudo arrumado.  :lol:
"Somos o que somos, mas somos principalmente o que fazemos, para mudar o que somos!"
***** Julho 03, 2006, 17:46 pm
Vá lá eles até gozam com o Spice boy -  Topem só.
Citar
Found on the floor in Baden-Baden
Sócio/Emblema de Prata/Gamebox A14
14/12/2005 memorável, joguei no relvado do Estádio de Alvalade.