Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Setembro 23, 2014, 17:32

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Futebol Profissional (Moderadores: wild_oscar, Stunner, 138, Leão88, sotnas) Tópico:

Vamos falar de Futebol II

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: [1] Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Vamos falar de Futebol II (Lida 3214 vezes)

Vamos falar de Futebol II , « em: Outubro 14, 2004, 14:00 »



*

Mensagens: 1840
Localidade: Lisboa
Masculino


Vou à bola há mais 15 anos. E mesmo assim, tenho sempre dificuldade em fazer julgamentos severos sobre os treinadores. Porque acho que o que se faz nos treinos é que deve decidir quem joga. E que se deve treinar aqueles que vão jogar. E como eu não vou as treinos...

 No entanto...acho que nunca fui tão alérgico a uma equipa como actualmente sou à equipa do peseiro.

A meu ver, o principal problema é o centro do meio campo. É confuso e atabalhoado, ataca muita cá atrás, e o famoso pressing defensivo é feito com 2 segundos de atraso, o que resulta num dispêndio de esforço e poucas recuperações de bola. Isto significa que temos, actualmente, 3 ou 4(!!) com desempenho equivalente ao de 2.

Tenho dificuldade em ver que meio campo quer Peseiro. Às vezes dá para perceber o objectivo, de determinada táctica, mesmo que na prática se veja um desastre ambulante. Mas com Peseiro não estou a conseguir.

Sem um meio campo eficaz, e muito menos eficiente, não há defesa que aguente. Por isso, num outro post, referi que achava que os laterias pagavam muito pela falta de rotinas defensivas.

Obviamente que Roca vai dar uma grande ajuda. Porque, por si só, é um jogador esclarecido, que aguenta a bola, e tem boa visão de jogo. Vamos ver se Peseiro não o põe no meio de mais 3 jogadores, mas se lhe dá alternativas de passe.

O ataque também sofre com as deficiências do meio campo. Liédson deve estar farto de ter que vir buscar jogo, e de certeza que a carreira goleadora de Pinilla, mesmo que escassa, foi feita com mais jogo de ataque.

A minha táctica preferida sempre foi o 4-4-2.

Assim, e tendo em conta o potencial de cada jogador, e não a sua actual forma, gostava de ver:

Ricardo
Mário Sérgio-Beto-Polga-Paíto
Duala-Rogério-Roca-Barbosa (Danny)
Liédson-Niculae (Pinilla)

A.A.
Registado


Vamos falar de Futebol II , « Resposta #1 em: Outubro 14, 2004, 14:39 »


No avatar!

*
Iniciado

Mensagens: 185
Idade: 38
Localidade: Bruxelas
Masculino


Tambem acho que falta um medio muito creativo atras dos avancados (um tal numero 10) para fazer o ultimo passe e que da volecidade ao jogo leonino.
Um jogador tipo ... Joao Pinto  :?  ... pois e.
Registado

Secret of my form is sport.
I dont do any.
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #2 em: Outubro 14, 2004, 17:31 »



*
Sénior

Mensagens: 3641
Idade: 38
Localidade: Edimburgo
Masculino


Continuo a nao saber se sou eu que nao percebo nada de futebol , ou se anda tudo a fingir que nao ve. Parce-me obvio que a tactica que o Peseiro quer implantar no Sporting é em tudo semelhante á que o Mourinho implantou no Porto, dai o losango e coisas do genero. Parece-me tambem obvio que o problema maior desta equipa nao esta tanto no meio-campo mas começa exactamente na defesa onde as constantes mudanças impedem qualquer tipo de rotina ou coesao, ja que o talento nao abunda  a coesao seria mesmo a unica esperança. Passa depois para o meio-campo onde a profusão de meios-defensivos, medios centro, medios de contenção , trincos e afins impedem qualquer tipo do profundidade ofensiva , aquilo so da para destruir e mesmo assim sempre pouco e tarde, no ataque so há o Liedson, o resto é tudo para fazer numero, ressalvo aqui o Douala que nao fosse a semelhança de estilo com o Liedson podia ser um complemento interessante, assim sao dois a fazer o mesmo, e ja que estou com a mao na massa gostaria de salientar que o plantel é muito curto para outras ambiçoes que nao um lugar europeu, e quando digo curto, digo curto de quantidade e de qualidade.
Registado

No meu mundo imaginário o Sporting contracta o ... blah, nao contracta ninguem porque de certeza um dos juniores da academia e melhor.
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #3 em: Outubro 14, 2004, 17:34 »



*
Júnior

Mensagens: 2062
Idade: 34
Masculino


A minha tactica preferida tambem é o 4-4-2, mas um "4-4-2 normal" e não um "4-4-2 losango". O problema para alguem jogar no SCP com a tactica que eu prefiro vem de cima, logo até compreendo que se jogue com o losango... há que adaptar a tactica aos jogadores existentes e não o contrario, senão para alem de renderem pouco passam a não render nada.
Os "nossos" extremos andam perdidos pelos outros grandes de Portugal, portanto tambem não há muito a fazer.

Para um 4-4-2 resultar (seja ele qual for, mas principalmente no losango onde se nota mais a amputação da equipa nas alas) são precisos dois laterais de raíz, que sejam capazes de fazer o flanco. O Paíto, bem ou mal, consegue. Do outro lado nem por isso, resultado, andamos sempre coxos.

Acho que em Dezembro deviamos ir assinar (pelo menos) um extremo como deve ser, já que o Douala se safa bem.
Registado
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #4 em: Outubro 14, 2004, 17:35 »


No avatar!


Registado

Mensagens: 26


Partindo do principio que em Dezembro não vão buscar nenhum jogador (e essa é outra missa...) e que o treinador se mantém avizinha-se um resto de campeonato muito complicado e vai muito para alem do mau momento de forma da equipa, a verdade é que com desequilíbrios tão acentuados no plantel qualquer lesão ou castigo prejudica gravemente a equipa e até aqui nada de novo...

É a minha forte convicção que qualquer táctica (dentro dos limites do aceitável) funciona desde que os jogadores estejam rotinados com ela, tendo isso como base e sabendo que o ponto mais forte do plantel é o meio campo, o com menos soluções o ataque e o que causa mais azia a defesa, como se uma batalha se tratasse aproveitem-se os pontos fortes e atenuem-se os fracos.

Após tais premissas o táctica é obvia...3-5-2, resolve-se o problema dos defesas direitos encostando os 2 já que juntos não valem 1, do mesmo modo na direita Rui Jorge deixa de ter lugar na equipa mas também já conquistou um lugar na tribuna dos honrados de Alvalade e passa a ser o primeiro mártir deste treinador, Paito passa a ser oficialmente extremo direito e se no futuro vier a ser um jogador de nível mundial este treinador vai sempre dizer que é o responsável pelo seu sucesso esquecendo que foi o clube que o formou e a única coisa que fez foi adaptá-lo.

Assim sendo temos 3 centrais Beto, Polga e Ena e um meio campo de inúmeras possibilidades, na frente Liedson e MaisUm, o MaisUm é um jogador “especial” que ou não marca ou está lesionado nunca se sabe...

Se resulta? Heh ...provavelmente não mas pronto no caso de não resultar posso sempre insultar os jornalistas, se o seleccionador pode...
Registado
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #5 em: Outubro 14, 2004, 17:49 »



*

Mensagens: 1840
Localidade: Lisboa
Masculino


jmlima,

É óbvio, e tens toda a razão: Peseiro foi atrás da táctica de Mourinho, tal como o Carvalhal no Belém implementou a mesma táctica (o que falta no belém é um avançado mais forte, além da média de qualidade do plantel).

Peseiro só se esqueceu de um pormenor: o Sporting não tem jogadores para o losângulo, fundamentalmente porque: 1) defesas laterais não têm qualidade para participar de forma equilibrada no ataque 2) o losango implica um nº 10 (Deco, Diego, Carlos Alberto, Juninho Petrolina) 3) é a táctica que implica a maior sincronização entre os jogadores.

Ponho, portanto, o losango de lado. Sobram o 4-4-2 clássico, e o 4-3-3.

Destas prefiro a primeira, apenas porque os nossos extremos não são de grande qualidade, e porque o Liédson rende mais com companhia.

A.A.
Registado
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #6 em: Outubro 14, 2004, 18:32 »



*

Condecorações:Melhor Iniciativa 2010Melhor Iniciativa 2009Treinador de Bancada 2007Treinador de Bancada 2006


Mensagens: 8482
Idade: 50
Localidade: Angra do Heroísmo
Masculino


Sobre a defesa já escrevi no outro tópico que a aposta em Enakarhire no lado direito me parece a melhor solução para este sector porque ao mesmo tempo que lhe dá mais consistência e centímetros proporciona a Paíto alguma liberdade no lado esquerdo.

No ataque está mais do que visto que Liedson não tem características para jogar sozinho na frente pelo que temos de nos desenrascar com Niculae ou Pinilla pelo menos até Dezembro, depois não tendo um lateral direito capaz de subir há que jogar com um extremo que só pode ser o Douala.

Restam 3 lugares para o meio campo onde na minha opinião Rochemback e Rogério tem lugar cativo, podendo jogar um pouco mais atrás dum homem criativo, ou mais à frente com Custódio nas suas costas. Mas para este triângulo há muitas opções quer na sua configuração, quer nos seus intérpretes.

Quanto ao losango, sem João Pinto deixa de fazer sentido
Registado

Vamos falar de Futebol II , « Resposta #7 em: Outubro 14, 2004, 18:58 »


No avatar!

*
Iniciado

Mensagens: 183
Localidade: Lisboa


hj, dia 14 de out de 04:

nélson
mário sérgio – enakacalhau - polga – paíto
beto
rogério – rochemgordo – martins - barbosa
liedson

razões:
1. g-redes
tou cansado do Ricardo. dá-me tanta segurança e tantas garantias como o Nélson.

2. defesa
Mário Sérgio ou Garcia é igual. não gosto de nenhum. hj, optava pelo Msérgio.

Paíto ou R Jorge a mm coisa. um defende mal. o outro, mal defende. hj, optava pelo Paíto.

em condições normais a dupla de centrais seria Beto e Polga.
mas em condições normais o Sporting teria um plantel equilibrado e com mais qualidade – e não tem.

o melhor dos centrais é Beto. verdade.
e eu punha-o a meio-campo. mais recuado q os restantes. pq?

pq no plantel do Sporting não vejo melhor para aquela zona do terreno, e pq acho q essa posição é fundamental para a estabilidade defensiva da equipa – mais até, do que os centrais utilizados.

é alto. é forte. sabe passar p os lados e p trás como o Custódio e como qq jogador dos juvenis e dos juniores.
marca melhor, dá mais presença e mais amplitude àquela zona.
não tem medo de assumir jogo, de transportar a bola p frente, de se integrar nas manobras ofensivas da equipa.
além disto, tem bom pontapé, e não me esqueço dum jogo no velho Alvalade contra o slb – a meio-campo, em cima do Roger, com o Manel Fernandes a treinador. com Babb e Cruz a centrais. 3-0. golos do Acosta, Barbosa e Beto.

era ele o meu médio mais recuado.
 
Enakarhire em vez de Hugo pq? por nada de especial.
surpresa das surpresas, tb não gosto de nenhum. optava pelo nigeriano, pq é mais forte, mais duro.
seria este o central de marcação, ficando o Polga - q tem feito um início de época miserável - para as dobras.

3. meio-campo
Beto tá explicado.

Rogério é um bom jogador de futebol. experiente. pode assumir 2 ou 3 lugares sem grandes problemas.
encostava-o à direita. sobe bem, centra razoavelmente, defende bem – seria um importante apoio p o beque direito – e aparece bem a finalizar.

Rochemback é titular mm com 20 kg a mais.

Martins ao lado. chuta bem, lança bem. defende mal.
podia ser o Viana, que tem características mto idênticas. mas hj, optava por este.

Barbosa encostado à esquerda pq com 35 anos e numa forma física lastimável TEM de ser titular. é dos poucos (ia escrever único, mas tou bem disposto) q sabe pensar o jogo. q sabe reter a bola.
encostado à esq pq se desgasta menos q no meio.

4. ataque
Liedson sozinho na frente aos saltinhos e armado em parvo.

gostava de ter um ponta de lança bom q complementasse o Liedson. gostava de ter um 10 à balakov. gostava de ter extremos decentes. gostava de ter laterais a sério.
gostava de mta coisa...

mas com aquilo q há, hj, era este o meu 11.
...

no ínicio da época apostava em:
ricardo
garcia – polga – beto – paíto
rogério
rochemback – viana
barbosa
liedson – pinigol
(q foi exactamente o 11 q o treinador tinha na cabeça no ínicio - com tinga em vez do roca q estava a recuperar.
e q desconfio, a maior parte dos sportinguistas, tb.)

amanhã, não sei.
...

não tenho a mania das tácticas. nca tive.
não conheço tácticas perfeitas e infalíveis.

defendo q táctica estará sempre ao serviço dos jogadores disponíveis.
e defendo q acima dos 4-3-3, dos 4-4-2, dos 3 centrais, dos losangos e dos triângulos, é a dinâmica do esquema escolhido q realmente importa.

2 ou 3 na frente, por si só, não garantem mais golos q 1 na frente – sobretudo se  a bola não chega lá, pq o meio-campo não existe e/ou não se impõe.

ahhhhhhhhhhhhhhhh

adoro escrever estes lugares comuns todos Cheesy
Registado

'When the seagulls follow the trawler, it is because they think sardines will be thrown into the sea' - Eric Cantona
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #8 em: Outubro 14, 2004, 19:23 »



*
Júnior

Mensagens: 2834
Idade: 25
Localidade: Lisboa
Masculino


Citação de: "netzer"
hj, dia 14 de out de 04:

nélson
mário sérgio – enakacalhau - polga – paíto
beto
rogério – rochemgordo – martins - barbosa
liedson

razões:
1. g-redes
tou cansado do Ricardo. dá-me tanta segurança e tantas garantias como o Nélson.

2. defesa
Mário Sérgio ou Garcia é igual. não gosto de nenhum. hj, optava pelo Msérgio.

Paíto ou R Jorge a mm coisa. um defende mal. o outro, mal defende. hj, optava pelo Paíto.

em condições normais a dupla de centrais seria Beto e Polga.
mas em condições normais o Sporting teria um plantel equilibrado e com mais qualidade – e não tem.

o melhor dos centrais é Beto. verdade.
e eu punha-o a meio-campo. mais recuado q os restantes. pq?

pq no plantel do Sporting não vejo melhor para aquela zona do terreno, e pq acho q essa posição é fundamental para a estabilidade defensiva da equipa – mais até, do que os centrais utilizados.

é alto. é forte. sabe passar p os lados e p trás como o Custódio e como qq jogador dos juvenis e dos juniores.
marca melhor, dá mais presença e mais amplitude àquela zona.
não tem medo de assumir jogo, de transportar a bola p frente, de se integrar nas manobras ofensivas da equipa.
além disto, tem bom pontapé, e não me esqueço dum jogo no velho Alvalade contra o slb – a meio-campo, em cima do Roger, com o Manel Fernandes a treinador. com Babb e Cruz a centrais. 3-0. golos do Acosta, Barbosa e Beto.

era ele o meu médio mais recuado.
 
Enakarhire em vez de Hugo pq? por nada de especial.
surpresa das surpresas, tb não gosto de nenhum. optava pelo nigeriano, pq é mais forte, mais duro.
seria este o central de marcação, ficando o Polga - q tem feito um início de época miserável - para as dobras.

3. meio-campo
Beto tá explicado.

Rogério é um bom jogador de futebol. experiente. pode assumir 2 ou 3 lugares sem grandes problemas.
encostava-o à direita. sobe bem, centra razoavelmente, defende bem – seria um importante apoio p o beque direito – e aparece bem a finalizar.

Rochemback é titular mm com 20 kg a mais.

Martins ao lado. chuta bem, lança bem. defende mal.
podia ser o Viana, que tem características mto idênticas. mas hj, optava por este.

Barbosa encostado à esquerda pq com 35 anos e numa forma física lastimável TEM de ser titular. é dos poucos (ia escrever único, mas tou bem disposto) q sabe pensar o jogo. q sabe reter a bola.
encostado à esq pq se desgasta menos q no meio.

4. ataque
Liedson sozinho na frente aos saltinhos e armado em parvo.

gostava de ter um ponta de lança bom q complementasse o Liedson. gostava de ter um 10 à balakov. gostava de ter extremos decentes. gostava de ter laterais a sério.
gostava de mta coisa...

mas com aquilo q há, hj, era este o meu 11.
...

no ínicio da época apostava em:
ricardo
garcia – polga – beto – paíto
rogério
rochemback – viana
barbosa
liedson – pinigol
(q foi exactamente o 11 q o treinador tinha na cabeça no ínicio - com tinga em vez do roca q estava a recuperar.
e q desconfio, a maior parte dos sportinguistas, tb.)

amanhã, não sei.
...

não tenho a mania das tácticas. nca tive.
não conheço tácticas perfeitas e infalíveis.

defendo q táctica estará sempre ao serviço dos jogadores disponíveis.
e defendo q acima dos 4-3-3, dos 4-4-2, dos 3 centrais, dos losangos e dos triângulos, é a dinâmica do esquema escolhido q realmente importa.

2 ou 3 na frente, por si só, não garantem mais golos q 1 na frente – sobretudo se  a bola não chega lá, pq o meio-campo não existe e/ou não se impõe.

ahhhhhhhhhhhhhhhh

adoro escrever estes lugares comuns todos Cheesy


O onze que metes como o que querias para HOJE seria muito bom se o Sporting tivesse (como parece que está) a lutar para a não despromoção e consequentmente para o pontinho.

Por isso penso que mesmo numa situação tão má o Sporting nunca poderia apresentar cinco médios sendo que um é defesa.

O meu onze seria:

Nelson
Ena-Beto-Hugo-Paito
Rogério/Rochembach
Hugo viana
Douala/liedson/ Danny

GK- Ricardo não mostra serviço dá-se oportunidade a outro.venha o diabo e escolha e se este nao conseguir atirem uma moeda ao ar

Defesa-Polga não mostra serviço tá excluido porque um treinador tem que ser duro e po-los na ordem. Experimenta-se outro se este der resultado fica se não volta-se a colocar o Polga e logo se ve se aprendeu se não poe-se o que mostrar mais empenho. Lado esquerdo Paito ataca melhor que R.Jorge e tem mais velocidade, ambos defendem mal fica Paito. Muitos ficaram especados a olhar para a defesa que pus mas o Ena a direita mesmo sendo muito mau e melhor que o Garcia e o M.Sergio e o Hugo entra por causa da situação do Polga.

Médios-Um triangulo já que o Rogerio defende e ataca bem e o mesmo se passa com o Rocha. O Hugo Viana destribuiria o jogo ja que o acho melhor nesta posição que encostado as alas. Não gosto do Barbosa, aqui esta a razao da sua exclusao.

Ataque-Douala numa das alas e Danny na outra colocariam velocidade no jogo. apoiariam Liedson que já não teria que recuar tanto... Preferiria ve-lo numa das posiçoes de alas tipo Derlei no Porto mas nao temos nenhum ponta de lança de jeito.

PS: Para quem não percebeu seria uma tactica a Porto de Mourinho que tantos bons resultados deu. Podem dizer que seria como o do Timex mas nao seria ja que o Timex e um nabo e nao os sabe incentivar e fazer subsitiuições. Precisamos potnato de um treinador que saiba fazer estas coisas. Temos a tactica nao tmeos o treinador.

PS2: Mais tarde poderia entrar o Polga se o merecesse bem como o Ricardo.
Registado

"A 18 de Julho de 1911, os jogadores do Sporting recusaram-se a entrar em campo para defrontar a equipa do Benfica, alegando que estes não eram dignos de pisar as suas instalações"

Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting!
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #9 em: Outubro 14, 2004, 20:31 »



*
Júnior

Mensagens: 2062
Idade: 34
Masculino


Após estas respostas, visto que ainda ninguem falou nele e que está sempre presente no 11 titular, estamos a chegar à conclusão que o Tinga é um cancro?
Registado
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #10 em: Outubro 14, 2004, 20:44 »


No avatar!

*
Iniciado

Mensagens: 183
Localidade: Lisboa


Citação de: "André Cativo Oliveira"

O onze que metes como o que querias para HOJE seria muito bom se o Sporting tivesse (como parece que está) a lutar para a não despromoção e consequentmente para o pontinho.

não tenho grandes expectativas. é verdade.
não espero grandes exibições. não espero goleadas das antigas.
mas espero ir ganhando. à rasquinha como no ano passado, mas espero.
por alguma razão, tu próprio dás uma resposta realista – "como parece que está".

Citação de: "André Cativo Oliveira"

Por isso penso que mesmo numa situação tão má o Sporting nunca poderia apresentar cinco médios sendo que um é defesa.

temos jogado c o Pinilla e com o Liedson na frente. as coisas têm resultado?

Douala já jogou, Douala já saiu. Barbosa já jogou, Barbosa já saiu. Danny já jogou, Danny já saiu. Viana já jogou, Viana já saiu. Custódio já jogou, Custódio já saiu.
as coisas têm resultado?

o Sporting nca poderia apresentar 5 médios sendo q 1 é defesa, dizes tu.
pq? há alguma regra q diz o contrário? é crime? Cheesy
o giro disto, é q tudo é possível.

em França quem vai à frente no campeonato é um clubezeco chamado Lille – q joga com 5 médios e um gajo sozinho na frente. vê lá tu a escandaleira.
na Alemanha, vai o Wofsburg, do nosso amigo Quiroga, q joga com 3 centrais.

a melhor equipa a jogar à bola na europa neste momento é o Barça, em 4-3-3, q tem como trinco um central. e q tem como central um defesa direito de origem.

nenhuma táctica, por si só, é melhor que as outras.
os gajos do clube da terra do meu pai, a jogarem na táctica do Mourinho – q tu gostavas de ver aplicada no Sporting (e que by the way, já foi. mm este ano) – perdiam com o Real Madrid a jogar num 8-2-0.

garanto-te Cheesy

todas elas são legítimas. todas elas são justificáveis.
a tua. a minha. a do Peseiro...

convém é ir-mos ganhando.
por 5-4 vendo futebol espectáculo. ou por 1-0 vendo um jogo horrível e sofrido.
Registado

'When the seagulls follow the trawler, it is because they think sardines will be thrown into the sea' - Eric Cantona
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #11 em: Outubro 14, 2004, 20:49 »

FLL

A opção do Peseiro pelo losango não será filosófica, porque não se conhecem antecedentes em nenhuma das suas anteriores equipas.

Também não acredito que resulte apenas de um síndrome de copycat do Mourinho.

Como é evidente e já foi salientado, o treinador foi empurrado para esta táctica pelas circunstâncias, que se traduzem numa super-abundância de jogadores para o miolo (tão bem identificados pelo jmlima) e quase completa ausência de extremos.

Um losango que funcione precisa de alguns factores:

- Laterais ofensivos, que compensem a pouca amplitude do ataque;
- Médios de características muito específicas, perfeitamente adaptados aos seus papéis;
- Avançados versáteis e móveis;
- Um treino intensíssimo, pela complexidade da movimentação que esta táctica implica.

O Sporting tem pouco ou nada disto.

- Não tem laterais em condições: só o Paíto tem profundidade ofensiva, e à custa de eficácia defensiva (acresce que é baixo e fraco fisicamente). Os outros laterais não existem.

- Tem uma série de médios todos iguais: Custódio, Tinga, Rogério, Rochemback, Hugo Viana e o próprio Moutinho são jogadores com o mesmo perfil fundamental.

De nenhum deles se pode dizer que é um trinco com capacidade de choque e recuperação, ou um polivalente capaz de progredir em tabelas com os laterais, ou um 10 capaz de chegar perto da dupla da frente em condições de servir ou rematar. Pegue-se em 4 e distribua-se à toa pelos lugares do meio campo, o resultado é indiferente. Roca pode ser trinco, interior direito ou 10, Tinga pode ser tudo menos 10, Custódio idem, Rogério tudo menos interior esquerdo, Viana tudo menos trinco. É este o grau de especialização da nossa mão de obra no miolo.

Fui e continuo a ser 100% a favor da saída do JVP, mas valha a verdade que não há ninguém para o lugar dele. Ando há anos a ouvir que o Barbosa é um desperdício nos flancos, mas ainda não o vi fazer um jogo de jeito no meio, onde se sente a pressão e não há tempo para pensar. No seu estilo lento e habilidoso, o lugar de Barbosa é aquele em que jogou no ano passado, interior esquerdo, em diagonais para o meio com a bola a jeito do pé direito. Para 10, desde Balakov, continuo à espera.

- Só tem um avançado móvel, Liedson, e outro que desenrasca, Douala; os outros não têm habilidade e jogam (mal) apenas na grande área.

- Não tem rotinas nesta táctica: o losango não parece sequer ser uma opção segura, alternando com o 4-3-3.

Uma equipa não joga em losango às vezes: joga em losango sempre, e tem esquemas de recurso para situações específicas. O Peseiro nem sequer tem certezas quanto à táctica modelo, quanto mais as outras...

Tudo isto para constatar o óbvio: a estratégia da equipa de futebol do Sporting é profundamente condicionada por factores extra-desportivos, em particular a errática política de transferências. Contrata-se por atacado o que for mais barato, vende-se a eito como se não houvesse amanhã, e logo se vê a táctica que se arranja para o plantel que ficar.

Aliás, isto já acontecera no ano passado com o Timex, que entrou em Alvalade a jurar amor eterno ao 4-3-3 com pressão alta e acabou condenado ao triste fado do losango. Recordo que o Sporting iniciou a pré-época com Quaresma e Ronaldo, andou até às vésperas do campeonato a tentar trazer o Conceição, e terminou a época sem extremo nenhum no plantel, com Paulo Sérgio em Coimbra e Luis Filipe em Leiria. Uma gestão desportiva verdadeiramente notável, para um clube que queria jogar em 4-3-3...

E já nem falo na intenção, repetida há quase dez anos, de implantar um modelo de jogo único desde os infantis até aos seniores, cuja aplicação prática está à vista. O clube que desde Futre a Ronaldo vem produzindo os extremos mais talentosos do futebol português, joga numa táctica sem extremos, porque os que formou jogam nos rivais ou foram vendidos ao preço da uva mijona...


PS- Visto que se está a instalar neste fórum a saudável cultura de "falar de bola", deixo, para os que não conhecem, o link para o planetadofutebol.com, um excelente site da autoria de Luis Freitas Lobo, que compila as suas crónicas no pasquim (aliás a única razão plausível para comprar o jornal). É um mimo lê-lo sobre táctica, treinadores, jogadores, tendências, etc.. Vale mesmo a pena.
Registado
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #12 em: Outubro 14, 2004, 20:56 »



*
Júnior

Mensagens: 2834
Idade: 25
Localidade: Lisboa
Masculino


Citação de: "netzer"


o Sporting nunca poderia apresentar 5 médios sendo q 1 é defesa, dizes tu.
pq? há alguma regra q diz o contrário? é crime? Cheesy
o giro disto, é q tudo é possível.

É giro mas eu não gosto Cheesy

em França quem vai à frente no campeonato é um clubezeco chamado Lille – q joga com 5 médios e um gajo sozinho na frente. vê lá tu a escandaleira.

Pa o Boavista tambem ganhou um campeonato, eu e que acho que nao temos que ser iguais. acho que um clube com a grandeza do Sporting nao pode pensar como esses clubezecos como dizes. Só o poderiamos fazer numa fase mais adiantado do campeonato quando se visse que somos realmente uma desgraça. Por agora pretendo ser optimista e pesnar que o 5 e possivel Cheesy

na Alemanha, vai o Wofsburg, do nosso amigo Quiroga, q joga com 3 centrais.

a melhor equipa a jogar à bola na europa neste momento é o Barça, em 4-3-3, q tem como trinco um central. e q tem como central um defesa direito de origem.

Esse defesa central adaptado e o Puyol?? Se for ele tenho a impressao que começou como central e depois e que foi adaptado a direita, e tenho tambem a impressao que ele ja jogou a esquerda e tudo e que portanto e polivalente. Para mim isso so porvoa que poderiamos fazer o que eu disse com o ENA

nenhuma táctica, por si só, é melhor que as outras.
os gajos do clube da terra do meu pai, a jogarem na táctica do Mourinho – q tu gostavas de ver aplicada no Sporting (e que by the way, já foi. mm este ano) – perdiam com o Real Madrid a jogar num 8-2-0.

garanto-te Cheesy

Nunca se sabe Cheesy

todas elas são legítimas. todas elas são justificáveis.
a tua. a minha. a do Peseiro...

convém é ir-mos ganhando.
por 5-4 vendo futebol espectáculo. ou por 1-0 vendo um jogo horrível e sofrido

Concordo Cheesy
Registado

"A 18 de Julho de 1911, os jogadores do Sporting recusaram-se a entrar em campo para defrontar a equipa do Benfica, alegando que estes não eram dignos de pisar as suas instalações"

Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting!
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #13 em: Outubro 14, 2004, 20:57 »


No avatar!

*
Juvenil

Mensagens: 1278
Idade: 49
Localidade: castelo branco
Masculino

WWW
desculpem-me a insistência...

antes de losangos, 4-3-3, 4-4-2, e coisas afins, a principal falha do Sporting é a mentalidade vencedora. não se conquista por decreto. não se assume com dirigentes falhos de ambição. quando sonharmos e ousarmos vencer, sem medos, em qualquer estádio do mundo, seremos grandes!
Registado

no tempo feliz sonhei o poema
escrito no sol
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #14 em: Outubro 14, 2004, 21:01 »



*
Júnior

Mensagens: 2834
Idade: 25
Localidade: Lisboa
Masculino


Peço desculpa pela ultimoa mensagem mas não sei como se faz para citar parte a parte a  mensagem de outra pessoa. So o Netzer vai perceber onde escrevi pois ele sabe o que escreveu e verá que apaguei partes. Se alguem me puder ajudar agradecia Cheesy .
Registado

"A 18 de Julho de 1911, os jogadores do Sporting recusaram-se a entrar em campo para defrontar a equipa do Benfica, alegando que estes não eram dignos de pisar as suas instalações"

Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting!
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #15 em: Outubro 14, 2004, 21:06 »



*
Júnior

Mensagens: 2834
Idade: 25
Localidade: Lisboa
Masculino


Citação de: "stromp"
desculpem-me a insistência...

antes de losangos, 4-3-3, 4-4-2, e coisas afins, a principal falha do Sporting é a mentalidade vencedora. não se conquista por decreto. não se assume com dirigentes falhos de ambição. quando sonharmos e ousarmos vencer, sem medos, em qualquer estádio do mundo, seremos grandes!
~

Concordo, mentalidade é coisa que não temos a varios anos. Parece que eles não querem ganhar, que temem sempre o adversario, não correm etc etc...
Registado

"A 18 de Julho de 1911, os jogadores do Sporting recusaram-se a entrar em campo para defrontar a equipa do Benfica, alegando que estes não eram dignos de pisar as suas instalações"

Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting!
Vamos falar de Futebol II , « Resposta #16 em: Outubro 15, 2004, 00:09 »



*
Veterano

Mensagens: 5612
Idade: 44


Neste momento aquilo que falta ao Sporting e um conjunto de jogadores de EXCELENTE qualidade, capazes de potenciar todos os demais.

Quando se diz que o Barbosa e o unico que pode fazer a diferenca (e se calhar ate e) e nos esquecemos que em 2000 ele era apenas uma muleta dos EXCELENTES jogadores que faziam jogar a equipa (Schmeichel, Cruz, Duscher e Acosta), estara explicada a situacao por que passamos.

Dizem que ha um tecto salarial de 75 mil euros/mes... Eu apelo desde ja a que se jogue com os putos da formacao acompanhados de 4 jogadores de 300 mil euros/mes.

Resumindo... onde nao ha qualidade nao ha resultados, o que me parece profundamente errado e seguir a "velha politica" da UE (normalize-se tudo) e apresentar um plantel onde se nivelam todos pelo mesmo standard... que por acaso e rasteirinho.

Como diz o stromp... "a SAD vendeu o sonho e a ilusao".

Mas aplicou a harmonizacao e isso nos dias de hoje e o que interessa...
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: [1] Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Futebol Profissional (Moderadores: wild_oscar, Stunner, 138, Leão88, sotnas) Tópico:

Vamos falar de Futebol II

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade