Fórum SCP

Mundial 2006 - Favoritos?

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citação de: "MadeiraLion"
Citação de: "Luisito"
MadeiraLion: onde é que fazem dobragens? Epá... falou-se aqui na Espanha. Há Italia, França, Canadá, Alemanha, etc. etc.


Vou corrigir:

Para além de nós, quem utiliza legendas nos filmes da TV?
Ah... pois... nesse aspecto a minha cultura não é suficientemente larga para poder responder a isso!

Barros: se não era traduzido e era em francês é porque o filme era... francês! O que é que queres fazer a isso?
“Existem lendas que nos fazem imaginar, mas melhor é VIVER a realidade. O leão sempre foi e sempre será o REI... Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!” — Marcelo Boeck
Citação de: "Luisito"
Citação de: "MadeiraLion"
Citação de: "Luisito"
MadeiraLion: onde é que fazem dobragens? Epá... falou-se aqui na Espanha. Há Italia, França, Canadá, Alemanha, etc. etc.


Vou corrigir:

Para além de nós, quem utiliza legendas nos filmes da TV?
Ah... pois... nesse aspecto a minha cultura não é suficientemente larga para poder responder a isso!

Barros: se não era traduzido e era em francês é porque o filme era... francês! O que é que queres fazer a isso?

Dobrado, quer dizer que tinha legendas como em Portugal.
"And yet the country north of the Tagus, Lusitania, is the greatest of the Iberian nations, and is the nation against which the Romans waged war for the longest times" Strabo
Citação de: "Luisito"
Citação de: "Green Lioness"
Citação de: "Luisito"
Citação de: "Green Lioness"
Aquele cena de dormir la siesta durante a tarde, tb me irrita profundamente, e os filmes todos em espanhol, pk eles não estão para aprender línguas tb. Há muita coisa para ficar irritada com eles. :)
Meu amigo, também vais encontrar essas cenas noutros povos. E quanto a filmes, só mesmo NÓS é que não traduzimos nada, porque de resto todos os países traduzem, mas enfim...


Então não traduzimos? Como o Ao Leo, disse, traduzimos sob a forma de legendas, nunca mas nunca na vida quero ver dobragens ridículas como se vê na tv espanhola, é através dos filmes que aprendi a maior parte do inglês, se fosse tudo dobrado, onde eu iria parar? Mas pelos vistos, não sabes traduzir nem o meu nick Green Lioness=Leoa Verde, ok? Deves estar acostumado às dobragens. :wink:
Deves estar a gozar comigo, não é? Chama-me pateta já agora! :shock:

1. Poças é preciso sabedoria de génio para perceber que com "traduzir" eu queria dizer "legendar" ? Pá mete-te no contexto e percebe là o sentido das frases!

2. Eu algum dia disse que preferia os filmes portugueses dobrados?

3. Se não fosse os filmes fazias como toda a gente, ias para uma escola de inglês!

4. Vamos mas é voltar à bola :D


Para mim, legendagem e dobragem são coisas completamente distintas uma da outra.

Filmes portugueses? Quem falou em filmes portugueses?

Aprende-se muito mal na ESCOLA, basta ver o insucesso escolar nesta disciplina.  :wink:
Citação de: "Green Lioness"
Para mim, legendagem e dobragem são coisas completamente distintas uma da outra.

Filmes portugueses? Quem falou em filmes portugueses?

Aprende-se muito mal na ESCOLA, basta ver o insucesso escolar nesta disciplina.  :wink:
- Para mim também. Eu não estou a confundir isso, simplesmente assimilei "tradução" a "dobragem", o que não é falso.

- Expressei-me mal, queria dizer: algum dia disse que preferia os filmes dobrados em português?

- Pois é, pois é... mas enfim...

(este sistema da treta de quotes já me está a irritar)
“Existem lendas que nos fazem imaginar, mas melhor é VIVER a realidade. O leão sempre foi e sempre será o REI... Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!” — Marcelo Boeck
A resistência portuguesa à ridícula dobragem é um dos últimos estandartes que me permite ter orgulho da nossa cultura apesar do nosso atraso. Ainda hoje me passo da cabeça quando vejo que países bem mais desenvolvidos que nós incorrem nessa verdadeira palhaçada que é dobrar filmes. Não seria completamente ridículo ouvir uma dobragem de um disco de arias cantadas por pavarotti ou de uma rockalhada dos rolling stones dobrada por um qualquer palhaço da operação triunfo?

Muito patéticas são as culturas que foram  por esse caminho. Quem não sabe ler aprende.
Basta olhar para o Dawson´s Creek na tvglorias, que até parece ser uma série interessante, mas é simplesmente intragavel com a dobragem.

Já com a serie Amigos tentaram o mesmo noutro canal e foi a parvoice que se viu...
Mauras: até concordo plenamente contigo. E até acho que seria preciso aparecer por aí um gajo qualquer a traduzir o James Blunt para português para a malta abrir os olhos e finalemente perceber que é ridículo.

Mata&Esfola: ora aí está um bom exemplo: a série Dawson's Creek em português é horrível! E o "Amigos"... estás a falar de Friends certo? Eu vejo todos os dias na 2: em inglês, e é mesmo uma delícia! Mas acredita que até à 5 anos atrás via na Suiça em francês e não achava menos bom: as vozes eram bastante semelhantes e a coisa até nem saía mal. Mas é verdade que diga-se o que se disser, o português não fica bem!

Mas para defender um pouco a outra parte, epá de vez em quando vê-se com cada idiotice a nível de legendagem que até mete dó. :(
“Existem lendas que nos fazem imaginar, mas melhor é VIVER a realidade. O leão sempre foi e sempre será o REI... Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!” — Marcelo Boeck
ups... enganei-me no topico. afinal este tópico é sobre favoritos sobre tv 2006: legendagem ou dobragens  :mrgreen:

voltando ao assunto real deste tópico, a minha opinião tardia (férias), e já com a fase de grupos a meio dá a entender que os favoritos são:

Argentina (mais um fã de riquelme :) )
Itália
Espanha
Brasil
Alemanha

Outsiders:
Inglaterra
Portugal
Holanda
Copa Libertadores 2009 - mais um título para "la brujita"
Citação de: "JS_Veron"
ups... enganei-me no topico. afinal este tópico é sobre favoritos sobre tv 2006: legendagem ou dobragens  :mrgreen:

voltando ao assunto real deste tópico, a minha opinião tardia (férias), e já com a fase de grupos a meio dá a entender que os favoritos são:

Argentina (mais um fã de riquelme :) )
Itália
Espanha
Brasil
Alemanha

Outsiders:
Inglaterra
Portugal
Holanda


Bem-vindo ao clube!  :D
Sporting Sempre! 14.244
Citação de: "Joao SCP"
Citação de: "JS_Veron"
ups... enganei-me no topico. afinal este tópico é sobre favoritos sobre tv 2006: legendagem ou dobragens  :mrgreen:

voltando ao assunto real deste tópico, a minha opinião tardia (férias), e já com a fase de grupos a meio dá a entender que os favoritos são:

Argentina (mais um fã de riquelme :) )
Itália
Espanha
Brasil
Alemanha

Outsiders:
Inglaterra
Portugal
Holanda


Bem-vindo ao clube!  :D


Bem vindo :D
"Somos o que somos, mas somos principalmente o que fazemos, para mudar o que somos!"
Citação de: "Luisito"
Mauras: até concordo plenamente contigo. E até acho que seria preciso aparecer por aí um gajo qualquer a traduzir o James Blunt para português para a malta abrir os olhos e finalemente perceber que é ridículo.



Bem visto :). O James Blunt é um bom exemplo de algo que é óbvio mas que nunca ninguém repara: 90% das músicas anglo saxónicas de sucesso, do mais pop ao mais underground soariam a completa patetice e bimbalhice em português. A música de maior sucesso do James Blunt é um bom exemplo, quando a ouvi a primeira vez gostei da sonoridade pq me lembrava counting crows mas quando comecei a perceber a letra só me deu para rir.
O hábito de ler legendas ou de ouvir filmes dobrados é apenas isso, um hábito. Os países que fazem dobragem, grande maioria a nível mundial, fazem-no com grande qualidade, aliás basta ver as dobragens de obras da Disney como o Schreck, são excelentes e dão tanta vontade de ouvir como as versões originais.

Em Portugal gostamos das legendas porque estamos acostumados a isso. Ganha-se com a voz original mas perde-se muitos detalhes porque ao ler não estamos a centrar a nossa visão no centro da imagem mas sim no rodapé. O que é mais poderoso, a imagem ou o som?

Se tivessem vivido parte da vida em países com dobragem, isso seria naturalissimo e a legendagem é que seria uma anormalidade. Como já vivi em países com os 2 sistemas, dou todo o crédito a ambos e não tengo grandes preferências.
Citação de: "alemid"
Em Portugal gostamos das legendas porque estamos acostumados a isso. Ganha-se com a voz original mas perde-se muitos detalhes porque ao ler não estamos a centrar a nossa visão no centro da imagem mas sim no rodapé. O que é mais poderoso, a imagem ou o som?


É uma forma interessante de abordar o problema, mas não acho que seja assim tão linear como dizes. É verdade que não só a tua atenção está a ser excessivamente centrada num ponto, como a própria imagem estará a ser adulterada por estarem a aparecer caracteres onde não deveria estar nada, mas encaro isso como um mal menor. E é nesses moldes que coloco o problema, ou seja, qual o mal menor?

É que uma dobragem é uma representação em cima de outra. E, mesmo bem feita, aquela atenção despendida nas legendas é substituída por um esforço de abstracção pelo facto de estarmos a ver actores estrangeiros a falar uma outra lingua. Lembro-me sempre de um ou outro anúncio com actrizes estrangeiras a falarem português perfeito e como aquilo me soa sempre tão mal.

Há ainda a artificialidade da tomada de som. Isto é, por muito bem feitas que sejam as dobragens, dá para percebermos que é um registo feito numa cabina de som. Perde-se aquele realismo do som captado no momento, algo que já acontecerá em filmes onde os actores fazem posteriormente a dobragem das suas próprias cenas.

Por fim, há os danos colaterais das dobragens. Países mais habituados às dobragens terão mais dificuldades na aprendizagem de línguas estrangeiras. O simples facto de vermos cá os filmes legendados dá-nos uma maior familiaridade com as línguas originais desses filmes.

Resumindo, neste ponto acho que Portugal leva vantagem em relação a outros países. Mesmo com a nossa elevada taxa de analfabetismo, fico feliz por nunca termos investido de forma definitiva nesse sentido.
Citação de: "alemid"
O hábito de ler legendas ou de ouvir filmes dobrados é apenas isso, um hábito. Os países que fazem dobragem, grande maioria a nível mundial, fazem-no com grande qualidade, aliás basta ver as dobragens de obras da Disney como o Schreck, são excelentes e dão tanta vontade de ouvir como as versões originais.

Em Portugal gostamos das legendas porque estamos acostumados a isso. Ganha-se com a voz original mas perde-se muitos detalhes porque ao ler não estamos a centrar a nossa visão no centro da imagem mas sim no rodapé. O que é mais poderoso, a imagem ou o som?

Se tivessem vivido parte da vida em países com dobragem, isso seria naturalissimo e a legendagem é que seria uma anormalidade. Como já vivi em países com os 2 sistemas, dou todo o crédito a ambos e não tengo grandes preferências.
Concordo plenamente. Eu pessoalmente vivi 15 anos na Suiça portanto filmes dobrados em francês é coisa que eu conheço bem. Quando regressei a Portugal costou habituar-me à legendagem, mas agora estou perfeitamente adaptado. E não acho um sistema superior ao outro. Dou-me bem com ambos (desde que bem legendado ou bem dobrado).
“Existem lendas que nos fazem imaginar, mas melhor é VIVER a realidade. O leão sempre foi e sempre será o REI... Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!” — Marcelo Boeck
A origem da dobragem é o analfabetismo. Quando surgiu a dobragem esta vizava combater o forte analfebetismo da altura, ou seja o problema não eram os detalhes que se perdiam para quem não dominava a lingua estrangeira mas a quantidade incomportável (para a industria) de pessoas que não conseguiam acompanhar legendas ou mesmo sequer lê-las.

Com uma origem destas obviamente a dobragem nunca pode ser grande coisa. Deve ser combatida. A solução não está em dobrar bem, a solução está em ter um sistema de educação moderno e competente que permita às crianças aprender o inglês (e outras linguas) desde os 6 anos de idade. Foi o que se passou comigo e com muita gente com sorte que hoje em dia não precisa sequer de legendas para perceber um filme. Deve ser esse o objectivo, pois o segredo não está em facilitar a ignorância mas sim em combatê-la.

Concordo obviamente que filmes para crianças devem ter versão portuguesa de qualidade*. O que falo é de filmes que não são para crianças. É ridículo imaginar que teria passado toda uma vida a ouvir (como já ouvi e fiquei de boca aberta) frases patéticas e surreais do tipo "je suis bond, james bond" ou ver como vi uma vez o jerry lewis francês. A alma de uma pessoa é também a a voz, e nesse sentido esta é peça fundamental do trabalho de um actor. Retirar-lhe essa peça devia ser considerado violação da obra artística.

* Por dobragem intantil de qualidade obviamente não entendo a versão do Shrek 1 que tinha a personagem principal a dizer "chiça penico!" a dada altura ou um episódio da série dragon ball z que tinha um tipo a dizer em fundo no meio de uma algazarra "fode o careca", por mais piada que tenha achado às duas situações.
Concordo. Por exemplo, aquele que para mim é o número 1 da comédia, Jerry Seinfeld, não faz o minimo sentido que seja dobrado. A série perde o interesse todo. Tal como em muitos filmes. E quem perceba um minimo de inglês, não precisa de acompanhar as legendas a 100%.
Sporting Sempre! 14.244
E tens 21 aninhos o que só comprova o que digo. Com uma escolaridade como deve ser (não é preciso nada do outro mundo ou sequer andar em cursos de inglês) as legendas tornam-se apenas um apoio ocasional e o espectador consegue usufruir da obra (sim, pq é uma obra, o som tb) na sua versão original.
E acredita que o meu inglês é do mais básico que há. Tenho pena de não ter apanhado inglês desde a primária. Toda a malta que conheço que teve desde a primária, dominam perfeitamente o inglês.
Sporting Sempre! 14.244
Pois, eu tive a sorte de ter desde os 6 anos numa altura em que estupidamente isso não era normal em Portugal. Penso que hoje já é normal (espero) e assim é que deve ser. Basta isso para se chegar aos 17,18 anos com um inglês excepcional, aliás pq os portugueses têm bastante facilidade com as línguas desde que treinados desde tenra idade (provavelmente pq temos uma das mais lixadas do mundo).
Eu sou contra as dobragens porque para além da voz ser sempre diferente da do actor principal, não consigo ver a boca a mexer-se e ouvir-se palavras diferentes.

Por exemplo nos canais de musica da tvcabo, o som normalmente está desfazado da imagem, o que torna impossível para mim de ver.