Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 23, 2014, 20:23

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Futebol Profissional (Moderadores: wild_oscar, Stunner, 138, Leão88, sotnas) Tópico:

Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 ... 50 51 [52] 53 54 ... 357 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal (Lida 270708 vezes)

Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1020 em: Fevereiro 19, 2012, 23:35 »


CdS - Capitão Moura

No avatar!

*

Mensagens: 9628
Idade: 22
Masculino


Sá Pinto, cheira-me que não tens mãozinhas para isto.
Vamos lá ver...

A sério? Que cambada de tristes nem quando ganhamos e dominamos estão contentes. Já se notou uma clara melhoria desde a era Mingos, agora é ver se ele consegue por a equipa a carburar! Só treinadores de FM! Eu lá também sou muito bom, mas é só um jogo...

Sá Pinto és tu?

Não me faças rir, a sério. Por estas e por outras é que ninguém aguenta 2 minutos no Sporting. O Domingos? Sempre achei que não servia. O Sá? O que se pode pedir dele? Já tão a jogar melhor, pegou numa equipa que não foi ele que construiu, não é em meia dúzia de dias que se põe uma equipa a render. Vai dormir que já deu o vitinho.

Estamos a jogar melhor? Tens a certeza que viste o mesmo jogo que eu?! Shocked

Vi, jogámos melhor na primeira parte, muito melhor que o costume. Na segunda parte? Fomos castigados pelo cansaço de jogar num batatal e por um árbitro de M****. Mas pronto, leva a bicicleta.


Na primeira parte fizemos 3 remates e marcamos num autogolo.
Dominamos sim, mas sem pressão é fácil trocar a bola na defesa. E foi à velocidade do caracol.

Para mim a culpa disto tudo foi da direcção quando mandou embora o Domingos.

O Sá Pinto por enquanto tem pouca culpa no meio disto tudo, mas mesmo assim não acredito que seja a pessoa certa para dar a volta a isto.
A ver se engulo um grande sapo Rezar
Registado


Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1021 em: Fevereiro 19, 2012, 23:41 »

Pedro 1906

Não vou estar outra vez a discutir o porquê do Pereirinha jogar... até porque, para mim basta-me um outro nome para mandar essa tua teoria dos treinadores perceberem mais disto que eu (subjectivo): Anderson Polga.
Portanto, achas que sabes mais que os treinadores que tomam decisões com que não concordas. Um pouquinho de presunção.

Presunção ou complexo de inferioridade da tua parte? Não acho nada presunçoso dizer que Polga e Pereirinha não servem para o Sporting, quando os jogos que vou vendo vão de encontro ao que eu defendo.
Reconhecer que vários (e não um) profissionais da área sabem mais do que eu de futebol que sou apenas um treinador de bancada, penso que seja uma questão de humildade e até de bom senso, uma vez que é uma relação profissionais-amadores. Tu chamas-lhe complexo de inferioridade. Não acho que o seja. Pelo menos não me sinto complexado em admitir que um profissional de uma qualquer área sabe mais do que eu, amador na mesma área. E se até poderia admitir que um (1) profissional pudesse saber menos do que eu, já será bem mais difícil que isso aconteça quando são vários profissionais a tomarem a mesma decisão.

Mas são alguns supra-sumos ou quê? Tens o exemplo do Zé Carlos aqui do Fórum que resolveu tirar o curso e agora é treinador. O Zé Carlos fez isso, eu posso fazer, tu podes fazer... eles são homens como nós, com as suas manias, amizades, etc... mas agora por se ter curso de treinador, passa-se a ser alguma sumidade no assunto? Que raio de mentalidade, Liurai. É como estares a querer dizer que um Engenheiro qualquer é muito melhor pessoa que um gajo que trabalhe numa fábrica qualquer só por causa do curso.

Agradeço que me poupes a essa mentalidade dos ''sr drs'' e etc.

Mas tu é que estás a duvidar não só da parte profissional como da parte pessoal de Paulo Bento, Carlos Carvalhal, Domingos Paciência e Ricardo Sá Pinto, pois ao dizeres que o Bruno só joga por ter padrinhos, estás a implicar que esses 4 treinadores sejam coniventes com essa situação. E isso seria grave se fosse verdade. E é uma acusação muito grave. Ainda para mais porque só a fazes porque não gostas do jogador e porque na tua opinião de treinador de bancada achas que ele não deveria jogar.

Estou, pois estou! E digo-o há muito tempo e os anos têm-no provado... no Sporting joga sempre, no Guimarães é dispensado em Janeiro e no Kavala pouco jogou. Isto não quer dizer nada pra ti, mas a mim diz-me muito.

E digo do Pereirinha e do Polga. É acusação grave? Olha que chatice... Até parece que o homem joga muito e eu é que sou teimoso, como outro que andou por aí que tinha um problema qualquer com o Izmailov. Não é o caso, o Pereirinha, nem de perto nem de longe.

Portanto, o que estou a dizer é que tens todo o direito como treinador de bancada de dizeres que gostas ou não de determinado jogador e que achas que ele deveria ou não de jogar. Tens tu esse direito e todos temos esse direito.
O que não tens direito é de insinuares que um jogador só joga (com vários treinadores) por ter padrinhos, pois aí estás a colocar em causa a honorabilidade de várias pessoas.

Pois tenho, e agradeço que pares de reduzir a minha opinião só por não ter curso de treinador, como tens vindo a fazer, como se lá por não ter curso, a minha opinião valer zero em comparação aos treinadores que, de modo geral, são apenas uns broncos e bimbos com um papel da FPF.

E insinuo e vou continuar a insinuar até o Pereirinha e outros que tais saírem do Clube.


É a última mensagem que escrevo sobre isto, porque não estou para me chatear por causa do Pereirinha.
Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1022 em: Fevereiro 19, 2012, 23:45 »



*
Sénior

Mensagens: 3582
Idade: 28
Localidade: Lisboa
Masculino


Não percebi algumas frases de Sá Pinto na análise que fez ao jogo, dá até a sensação de que assistiu a um desafio diferente...No entanto, isso poderá estar relacionado com uma mensagem positiva e de confiança para dentro do plantel, procurando transmitir a crença do treinador nas capacidades dos seus comandados. Só assim poderei entender o teor de certas interpretações suas quanto à exibição do Sporting!

Quanto à equipa. Não há ali, como é óbvio, rigorosamente nenhum dedo de Sá Pinto. Estranho seria se houvesse, atendento ao tempo de trabalho de Sá com a equipa. Hoje, em Alvalade, vimos a "cara chapada" da pior versão do 4-3-3 de Domingos!
« Última modificação: Fevereiro 19, 2012, 23:56 por Juan Seminário » Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1023 em: Fevereiro 19, 2012, 23:45 »



*
Juvenil

Mensagens: 867
Idade: 40
Localidade: Santarém
Masculino


Agora sim, jogamos à Barcelona: Passe curto, de primeira, 70% de posse bola, só que apenas conseguimos fazer isto no nosso meio campo. E depois, ainda continuo a ver o Polga em campo, meter anedotas em campo, que tristeza!
Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1024 em: Fevereiro 19, 2012, 23:49 »



*
Júnior

Mensagens: 2726
Idade: 23
Localidade: Samora Correia
Masculino


Esta de virem culpar o Sá Pinto que está lá à cinco dias dá-me vontade de rir.
Registado

Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1025 em: Fevereiro 19, 2012, 23:52 »



*
Júnior

Mensagens: 2913
Idade: 28
Masculino


Esta de virem culpar o Sá Pinto que está lá à cinco dias dá-me vontade de rir.

Acho que pouca gente, ou ninguém, culpa o Sá Pinto pela miséria que se viu hoje.
Registado

23 de Março 2013 - A batalha que definirá o desfecho da guerra.
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1026 em: Fevereiro 19, 2012, 23:57 »


No avatar!

*
Júnior

Mensagens: 1730
Idade: 44
Localidade: Alcochete
Masculino


para já uma nota positiva... pareceu-me muito mais interventivo que o outro senhor... a incentivar constantemente os jogadores, a chamá-los para receber instruções... se há alguma mudança em relação ao passado recente na forma de jogar? não... irão aparecer? creio que sim e espero que resultem...
tenhamos calma, nem o DP era o melhor do mundo, assim como não o será o Sá...
qual é o drama do DP ter ido embora depois da equipa ter feito 10 a 15 jogos deprimentes?  se fosse o PS a fazê-los não havia problema de ir embora, foi o DP está tudo em brasa - e atenção, não estou a dizer que gostava de PS, simplesmente a dar um exemplo da porcaria de jogos que fizemos com ele e com DP.

deixem o Sá trabalhar e depois se farão as contas
Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1027 em: Fevereiro 19, 2012, 23:57 »



*
Veterano

Mensagens: 6168
Localidade: Porto
Masculino


notei neste jogo uma nova abordagem ao jogo e que, na minha opinião, se adequa bem ao plantel que temos.

a equipa tentou privilegiar o passe curto, fazer a bola circular entre vários jogadores na zona do meio campo, o meio campo pareceu-me dinamico e móvel (não rápido) sendo que os extremos iam muitas vezes atrás apoiar a circulação de bola dos centro campistas.

a partir desse momento de jogo (da troca de bola considerada por muitos como secante) começam a aparecer espaços e a primeira acção da equipa (e por isso penso que foram essas as ordens do treinador) foi o jogar sempre pelo seguro. deu-me a ideia que a coisa ia resultar mas entretanto apareceram os assobios e a equipa começou a precipitar-se, a tentar chegar muito depressa à frente com passes directos ou com tentativas de arrancadas que levaram a muitas perdas de bola e comprometeram aquilo que me pareceu ser o plano inicial. nesse plano inicial vi o rinaudo a encostar aos centrais promovendo a troca de bola no sector mais recuado, vi os laterais bem abertos, vi o elias, o schaars, o izmailov e por vezes o carrillo sempre em movimento á procura de dar linhas de passe aos companheiros, algumas vezes em zonas mais avançadas e soltos de marcação.

o porquê do meu optimismo?.. porque me pareceu que a equipa do paços estava a começar a deixar cair as marcações e que as situações de perigo iriam começar a aparecer. por outro lado essa posse em segurança impede que a equipa seja apanhada em contra pé (que eu acho fundamental tendo em atençao as caracteristicas dos nossos centrais).


Um comentario com logica por aqui, Parabens. Seta

Notei precisamente o mesmo, os sectores mais proximos e um meio campo dinamico mas lento, no qual o Schaars nao estava preso na esquerda nem o Elias na direita nem o Rinaudo na posiçao de trinco, haviam constantes trocas e movimentos de aproximaçao. Os extremos recuavam no momento de construçao o fensiva e esta era feita com um bloco mais solido, falhou aqui a velocidade, e nesse sentido acho que os extremos, ambos, o peruano e o russo, estiveram miseraveis, lentos, previsiveis, e se por um lado davam uma boa cobertura defensiva falhavam a dar largura para a transiçao, isto fazia do Wolf um jogador completamente isolado. Confesso ter gostado do Pereirinha, nao sendo um apreciador do jogador, pela dinamica que veio trazer, o que é revelador do mau momento dos extremos titulares e da falta de opçoes para essa posiçao.

A proximidade entre sectores, o passe curto foram as unicas mudanças visiveis do Sa para o Domingos. E sejamos honestos, nao se pode pedir muito mais ao Sa Pinto com tao poucos dias de trabalho, passados na sua grande parte em recuperaçao fisica dos jogadores, e fica aqui precisamente essa nota, a equipa, fisicamente, esta de rastos.

Criticar o Sa Pinto com tao poucos dias de trabalho ou prever desde ja o seu falhanço nao faz grande sentido. é provavel que falhe sim, dado os Bandidos e Amadores que lideram o clube, mas nao sera por uma potencial falta de capacidade, pois essa, com tao pouco tempo de trabalho é impossivel de descobrir.

Repetindo, gostei de alguns mecanismos e espero ver mais na Quinta, tudo isto sem nunca me desviar da realidade, o jogo desta noite foi miseravel.
Registado

"If man makes himself a worm he must not complain when he is trodden on." - Immanuel Kant
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1028 em: Fevereiro 19, 2012, 23:59 »



*
Júnior

Mensagens: 2726
Idade: 23
Localidade: Samora Correia
Masculino


Esta de virem culpar o Sá Pinto que está lá à cinco dias dá-me vontade de rir.

Acho que pouca gente, ou ninguém, culpa o Sá Pinto pela miséria que se viu hoje.

Pouca gente talvez. Anda ai pessoal que em 5 dias consegue ver logo que ele não tem capacidade para o cargo, sensacional.
Registado

Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1029 em: Fevereiro 20, 2012, 00:04 »


No avatar!

*
Júnior

Mensagens: 1730
Idade: 44
Localidade: Alcochete
Masculino


notei neste jogo uma nova abordagem ao jogo e que, na minha opinião, se adequa bem ao plantel que temos.

a equipa tentou privilegiar o passe curto, fazer a bola circular entre vários jogadores na zona do meio campo, o meio campo pareceu-me dinamico e móvel (não rápido) sendo que os extremos iam muitas vezes atrás apoiar a circulação de bola dos centro campistas.

a partir desse momento de jogo (da troca de bola considerada por muitos como secante) começam a aparecer espaços e a primeira acção da equipa (e por isso penso que foram essas as ordens do treinador) foi o jogar sempre pelo seguro. deu-me a ideia que a coisa ia resultar mas entretanto apareceram os assobios e a equipa começou a precipitar-se, a tentar chegar muito depressa à frente com passes directos ou com tentativas de arrancadas que levaram a muitas perdas de bola e comprometeram aquilo que me pareceu ser o plano inicial. nesse plano inicial vi o rinaudo a encostar aos centrais promovendo a troca de bola no sector mais recuado, vi os laterais bem abertos, vi o elias, o schaars, o izmailov e por vezes o carrillo sempre em movimento á procura de dar linhas de passe aos companheiros, algumas vezes em zonas mais avançadas e soltos de marcação.

o porquê do meu optimismo?.. porque me pareceu que a equipa do paços estava a começar a deixar cair as marcações e que as situações de perigo iriam começar a aparecer. por outro lado essa posse em segurança impede que a equipa seja apanhada em contra pé (que eu acho fundamental tendo em atençao as caracteristicas dos nossos centrais).


Um comentario com logica por aqui, Parabens. Seta

Notei precisamente o mesmo, os sectores mais proximos e um meio campo dinamico mas lento, no qual o Schaars nao estava preso na esquerda nem o Elias na direita nem o Rinaudo na posiçao de trinco, haviam constantes trocas e movimentos de aproximaçao. Os extremos recuavam no momento de construçao o fensiva e esta era feita com um bloco mais solido, falhou aqui a velocidade, e nesse sentido acho que os extremos, ambos, o peruano e o russo, estiveram miseraveis, lentos, previsiveis, e se por um lado davam uma boa cobertura defensiva falhavam a dar largura para a transiçao, isto fazia do Wolf um jogador completamente isolado. Confesso ter gostado do Pereirinha, nao sendo um apreciador do jogador, pela dinamica que veio trazer, o que é revelador do mau momento dos extremos titulares e da falta de opçoes para essa posiçao.

A proximidade entre sectores, o passe curto foram as unicas mudanças visiveis do Sa para o Domingos. E sejamos honestos, nao se pode pedir muito mais ao Sa Pinto com tao poucos dias de trabalho, passados na sua grande parte em recuperaçao fisica dos jogadores, e fica aqui precisamente essa nota, a equipa, fisicamente, esta de rastos.

Criticar o Sa Pinto com tao poucos dias de trabalho ou prever desde ja o seu falhanço nao faz grande sentido. é provavel que falhe sim, dado os Bandidos e Amadores que lideram o clube, mas nao sera por uma potencial falta de capacidade, pois essa, com tao pouco tempo de trabalho é impossivel de descobrir.

Repetindo, gostei de alguns mecanismos e espero ver mais na Quinta, tudo isto sem nunca me desviar da realidade, o jogo desta noite foi miseravel.

comungo destas duas opiniões, na íntegra Bater Palmas

alguém com bom senso
Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1030 em: Fevereiro 20, 2012, 00:08 »



*
Veterano

Mensagens: 6754
Idade: 42
Localidade: Amadora, Portugal
Masculino


Mas são alguns supra-sumos ou quê? Tens o exemplo do Zé Carlos aqui do Fórum que resolveu tirar o curso e agora é treinador. O Zé Carlos fez isso, eu posso fazer, tu podes fazer...
E quando o fizeres saberás mais do que eu.  Indeciso

eles são homens como nós, com as suas manias, amizades, etc... mas agora por se ter curso de treinador, passa-se a ser alguma sumidade no assunto?
Sumidade não, mas saberão um bocado mais do que aqueles que não o tiraram. Se juntares a isso o tempo que tiveram como jogadores profissionais, mais o tempo de andar lá na poda enquanto nós estamos nos nossos empregos de outras actividades, então saberão um bom bocado mais que nós.
É como colher um cacho de uvas..... todos sabemos como o fazer, mas aqueles que o fazem todos os dias e o fazem há anos, farão de certeza mais depressa e melhor que nós.

É como estares a querer dizer que um Engenheiro qualquer é muito melhor pessoa que um gajo que trabalhe numa fábrica qualquer só por causa do curso.

Agradeço que me poupes a essa mentalidade dos ''sr drs'' e etc.
Melhor pessoa? Mas quem é que falou na qualidade das pessoas? E estás a ver precisamente ao contrário. O Engenheiro de certeza que fará melhor que o gajo da fábrica naquilo em que foi formado. E o gajo da fábrica fará melhor do que o Engenheiro aquilo que faz todos os dias.

Mas tu é que estás a duvidar não só da parte profissional como da parte pessoal de Paulo Bento, Carlos Carvalhal, Domingos Paciência e Ricardo Sá Pinto, pois ao dizeres que o Bruno só joga por ter padrinhos, estás a implicar que esses 4 treinadores sejam coniventes com essa situação. E isso seria grave se fosse verdade. E é uma acusação muito grave. Ainda para mais porque só a fazes porque não gostas do jogador e porque na tua opinião de treinador de bancada achas que ele não deveria jogar.

Estou, pois estou! E digo-o há muito tempo e os anos têm-no provado... no Sporting joga sempre, no Guimarães é dispensado em Janeiro e no Kavala pouco jogou. Isto não quer dizer nada pra ti, mas a mim diz-me muito.
Em relação ao Guimarães, estás a esquecer-te de dizer que no início de época foi figura da equipa e que depois lesionou-se gravemente. Quanto ao Kavala, viste tanto dos jogos dele como eu, ou seja, nada. Portanto, não sabes porque é que um gajo que acabou de lá chegar e só ia ficar 5 meses não conseguiu entrar na equipa.

E digo do Pereirinha e do Polga. É acusação grave? Olha que chatice... Até parece que o homem joga muito e eu é que sou teimoso, como outro que andou por aí que tinha um problema qualquer com o Izmailov. Não é o caso, o Pereirinha, nem de perto nem de longe.
Acaba por ser um pouco isso e parece que tens um problema qualquer com o Pereirinha. Pois se reparares, hoje emitiste a opinião ainda o jogador não tinha entrado no jogo. Num jogo que segundo as opiniões da maioria dos foristas que comentaram (repara que eu nem sequer avaliei o jogador nem como ele jogou hoje), ele até esteve superior à maioria dos colegas.

Portanto, o que estou a dizer é que tens todo o direito como treinador de bancada de dizeres que gostas ou não de determinado jogador e que achas que ele deveria ou não de jogar. Tens tu esse direito e todos temos esse direito.
O que não tens direito é de insinuares que um jogador só joga (com vários treinadores) por ter padrinhos, pois aí estás a colocar em causa a honorabilidade de várias pessoas.

Pois tenho, e agradeço que pares de reduzir a minha opinião só por não ter curso de treinador, como tens vindo a fazer, como se lá por não ter curso, a minha opinião valer zero em comparação aos treinadores que, de modo geral, são apenas uns broncos e bimbos com um papel da FPF.

E insinuo e vou continuar a insinuar até o Pereirinha e outros que tais saírem do Clube.

É a última mensagem que escrevo sobre isto, porque não estou para me chatear por causa do Pereirinha.
Ou seja, não admites que o treinador do Sporting tenha uma opinião diferente da tua? Se a opinião não é igual à tua é porque não é  uma pessoa honrada e está a proteger um jogador contra os interesses do clube?
Registado

ex-dmalmeida
David Almeida - LE S: A27 F: 22 N: 39 Sócio Nº 14864
Σπόρτινγκ - Assim se escreve Sporting em grego. Спортинг - em Russo. Em japonês é スポルティング・リスボン.
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1031 em: Fevereiro 20, 2012, 00:13 »



*

Mensagens: 2620
Idade: 20
Localidade: Cacém
Masculino


Notei dedo do Sá ali hoje. Vê-se que a equipa se quer livrar dos velhos hábitos do chutão e fé no Wolfswinkel...e ainda bem! Tentou-se jogar pelo seguro, com passes curtos e simples. Estivemos no meio campo adversário durante grande parte da primeira parte a trocar, calmamente, a bola. Apenas pedia mais alguma objectividade, porque trocar a bola só por trocar não nos leva a lado nenhum, mas também tenho noção que é cedo para se pedir grande coisa.

Na 2º parte a equipa quebrou fisicamente e é triste assistirmos sempre a este filme. Espero algum dia perceber porque é que os nossos jogadores parecem autênticos velhos, completamente estafados e quase sem fôlego.

Mas enfim. 5 dias de treino e já se nota mão do novo treinador. Arrisco dizer que vi mais hoje do que nos últimos meses. Pode não ser aquele futebol de agradar a olhos vistos, mas é um futebol simples que promove a troca de bola até se encontrar brechas na defesa adversária (que, diga-se de passagem, se encostou totalmente às cordas, até mesmo depois de levar o 1-0).

Sempre em frente, Sá! Positivo!
Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1032 em: Fevereiro 20, 2012, 00:14 »

Pedro 1906

Está bem, Liurai. Leva a bicicleta. Os números estão aí e as histórias dos jogos também. De resto, só não vê quem não quer. Siga. Seta
Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1033 em: Fevereiro 20, 2012, 00:26 »



*
Júnior

Mensagens: 2069


Notei dedo do Sá ali hoje. Vê-se que a equipa se quer livrar dos velhos hábitos do chutão e fé no Wolfswinkel...e ainda bem! Tentou-se jogar pelo seguro, com passes curtos e simples. Estivemos no meio campo adversário durante grande parte da primeira parte a trocar, calmamente, a bola. Apenas pedia mais alguma objectividade, porque trocar a bola só por trocar não nos leva a lado nenhum, mas também tenho noção que é cedo para se pedir grande coisa.

Na 2º parte a equipa quebrou fisicamente e é triste assistirmos sempre a este filme. Espero algum dia perceber porque é que os nossos jogadores parecem autênticos velhos, completamente estafados e quase sem fôlego.

Mas enfim. 5 dias de treino e já se nota mão do novo treinador. Arrisco dizer que vi mais hoje do que nos últimos meses. Pode não ser aquele futebol de agradar a olhos vistos, mas é um futebol simples que promove a troca de bola até se encontrar brechas na defesa adversária (que, diga-se de passagem, se encostou totalmente às cordas, até mesmo depois de levar o 1-0).

Sempre em frente, Sá! Positivo!

O treino do Sá ainda está "colado a cuspo", na 2ª parte foi um futebol totalmente diferente, é natural. Não pode acontecer, mas é natural. E a equipa obviamente que está cansada, anda a jogar há duas semanas a cada 3/4 dias com viagens daqui para ali...

A equipa neste momento precisa de confiança e apoio, não percebo alguns assobios mesmo quando se estava a trocar a bola bem... Ainda vou ver um dia o Sporting a jogar no tiki taka e a ser assobiado... Como diz o Mourinho:"Otros tocan y tocan y la gente disfruta, pero aquí la gente te pita" Bater Cabeça

Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1034 em: Fevereiro 20, 2012, 00:32 »



*
Júnior

Mensagens: 1526


Hoje fizemos uma exibição muito fraca (como de costume), mas como outros foristas, principalmente no início do jogo, vi uma intenção da equipa em jogar rápido, circular a bola e tentar não deixar o adversário respirar. Com o decorrer do tempo esta atitude foi-se perdendo, e a intranquilidade tomou novamente conta dos jogadores.
« Última modificação: Fevereiro 20, 2012, 00:39 por DF » Registado

Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1035 em: Fevereiro 20, 2012, 00:32 »



*
Veterano

Condecorações:Melhor Avatar 2010Humorista 2009Humorista 2008


Mensagens: 10655
Idade: 37
Localidade: Alfena
Masculino


notei neste jogo uma nova abordagem ao jogo e que, na minha opinião, se adequa bem ao plantel que temos.

a equipa tentou privilegiar o passe curto, fazer a bola circular entre vários jogadores na zona do meio campo, o meio campo pareceu-me dinamico e móvel (não rápido) sendo que os extremos iam muitas vezes atrás apoiar a circulação de bola dos centro campistas.

a partir desse momento de jogo (da troca de bola considerada por muitos como secante) começam a aparecer espaços e a primeira acção da equipa (e por isso penso que foram essas as ordens do treinador) foi o jogar sempre pelo seguro. deu-me a ideia que a coisa ia resultar mas entretanto apareceram os assobios e a equipa começou a precipitar-se, a tentar chegar muito depressa à frente com passes directos ou com tentativas de arrancadas que levaram a muitas perdas de bola e comprometeram aquilo que me pareceu ser o plano inicial. nesse plano inicial vi o rinaudo a encostar aos centrais promovendo a troca de bola no sector mais recuado, vi os laterais bem abertos, vi o elias, o schaars, o izmailov e por vezes o carrillo sempre em movimento á procura de dar linhas de passe aos companheiros, algumas vezes em zonas mais avançadas e soltos de marcação.

o porquê do meu optimismo?.. porque me pareceu que a equipa do paços estava a começar a deixar cair as marcações e que as situações de perigo iriam começar a aparecer. por outro lado essa posse em segurança impede que a equipa seja apanhada em contra pé (que eu acho fundamental tendo em atençao as caracteristicas dos nossos centrais).


Um comentario com logica por aqui, Parabens. Seta

Notei precisamente o mesmo, os sectores mais proximos e um meio campo dinamico mas lento, no qual o Schaars nao estava preso na esquerda nem o Elias na direita nem o Rinaudo na posiçao de trinco, haviam constantes trocas e movimentos de aproximaçao. Os extremos recuavam no momento de construçao o fensiva e esta era feita com um bloco mais solido, falhou aqui a velocidade, e nesse sentido acho que os extremos, ambos, o peruano e o russo, estiveram miseraveis, lentos, previsiveis, e se por um lado davam uma boa cobertura defensiva falhavam a dar largura para a transiçao, isto fazia do Wolf um jogador completamente isolado. Confesso ter gostado do Pereirinha, nao sendo um apreciador do jogador, pela dinamica que veio trazer, o que é revelador do mau momento dos extremos titulares e da falta de opçoes para essa posiçao.

A proximidade entre sectores, o passe curto foram as unicas mudanças visiveis do Sa para o Domingos. E sejamos honestos, nao se pode pedir muito mais ao Sa Pinto com tao poucos dias de trabalho, passados na sua grande parte em recuperaçao fisica dos jogadores, e fica aqui precisamente essa nota, a equipa, fisicamente, esta de rastos.

Criticar o Sa Pinto com tao poucos dias de trabalho ou prever desde ja o seu falhanço nao faz grande sentido. é provavel que falhe sim, dado os Bandidos e Amadores que lideram o clube, mas nao sera por uma potencial falta de capacidade, pois essa, com tao pouco tempo de trabalho é impossivel de descobrir.

Repetindo, gostei de alguns mecanismos e espero ver mais na Quinta, tudo isto sem nunca me desviar da realidade, o jogo desta noite foi miseravel.

Concordo com ambos os comentários.
Esse futebol de troca de bola, pelo seguro, à espera que o adversário cometa uma falha, foi muito visto no tempo do Peseiro. E sobre ele, lembro-me de certa vez o Sá Pinto dizer que nunca lhe tinha dado tanto prazer jogar à bola.
Registado

#&%@-$€!!!
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1036 em: Fevereiro 20, 2012, 01:00 »


No avatar!

*

Mensagens: 14858
Idade: 32
Localidade: Figueira da Foz
Masculino


E temos meio campo para isso, mas não neste modelo.
Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1037 em: Fevereiro 20, 2012, 01:00 »

HULK VERDE

Tá bem Sá Pinto, depois de apenas 2 dias de descanso não se podia pedir mais, notou-se claramente que a equipa estava cansada.

Vencemos isso é que era importante, o resto foi o roubo vergonhoso de sempre contra nós 2 penaltis roubados sobre Wolfswinkel e 1 sobre Pereirinha na recarga ao penalti marcado e falhado por Wolfswinkel, o nosso futebol é uma enorme vergonha.

Fechar o fosso é muito urgente! Farto de ser roubado escandalosamente.

Força Sá Pinto!  Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas


   Nem mais, e acrescento: a sorte protege os audazes.

   O jogo não foi bem jogado, mas o Sporting foi excessivamente prejudicado pela dualidade de critérios da arbitragem, que roubou descaradamente 3 penaltis. Inadmissível o comportamento dos árbitros e dos adversários em Alvalade, ao qual tudo lhes é permitido.

   O que interessa é o resultado, e este foi uma vitória.

    Positivo 3 pts!!!

   Agora há que começar a guardar o jogo!
Registado
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1038 em: Fevereiro 20, 2012, 01:03 »



*

Mensagens: 24431
Feminino


Polga? A sério? Azn

Tem até ao fim da época para por esta equipa a jogar à bola.
Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal , « Resposta #1039 em: Fevereiro 20, 2012, 01:03 »


Vivenciar o Jogo para condicionar o Jogo!


*

Condecorações:Treinador de Bancada 2009Fair-Play 2009Fair-Play 2008Fair-Play 2007


Mensagens: 7754
Idade: 30
Localidade: Paços de Brandão
Masculino


A construção de um modelo de jogo, demora o seu tempo. Acredito que Sá Pinto tenha, desde que assumiu a equipa, apenas três treinos aquisitivos, não mais do que isso. Ele próprio o disse, que não haveria tempo para que se consolidassem os processos que ele pretendia no seu modelo. Ora, isto é fundamental.

Hoje, não esperava muito. Aliás, esperava que acontecesse o que aconteceu. Uma equipa com pouco tempo de recuperação entre jogo de quinta e hoje, com poucos treinos aquisitivos e com pouco tempo para assimilação de novos métodos. Não há milagres, sou treinador e sei do que falo. Há coisas que já têm o dedo do Sá e acredito que com o tempo, elas vão ser consolidadas. Agora, é preciso tempo, é preciso vitórias em cima do joelho e com o processo a meio para devolver confiança e isso é o mais difícil. Não é fácil para um treinador entrar numa terça feira, ter jogo numa quinta feira, e outro no domingo. É manifestamente impossível fazer melhor.

Isto que aconteceu hoje, acontecerá mais vezes. É a consolidação e a aquisição de um modelo de jogo. Demora tempo, nem vocês imaginam o quanto é preciso treinar, pior, o que é preciso treinar. E isto é fundamental. Se se conseguir ir ganhando enquanto se consolidam processos, óptimo. A confiança vem com as vitórias e a qualidade de jogo vai aumentar certamente. Agora, se quando as coisas não correm bem, se se assobia, torna-se sempre mais difícil.

O Guardiola ao terceiro jogo pelo Barcelona era assobiado e via lenços brancos por aqueles que agora o idolatram. O André Villas Boas exactamente igual no Porto da época passada, até ao encontro da Supertaça com o Benfica e mesmo em alguns jogos em que as coisas não saíam. É perfeitamente natural. Sá Pinto pretende um estilo de jogo claramente protagonista, com muita posse de bola, com qualidade de jogo, mas vão existir jogos em que as coisas simplesmente não saiem como queremos. Vamos constantemente estar a assobiar?

Se me perguntarem se prefiro mandar no jogo, ter um estilo protagonista, em que sou eu quem controlo o jogo, mesmo que no jogo nem sempre as coisas saiem bem, em vez de ter um jogo mais expectante, mais posicional, à espera de uma zona de pressão, de uma bola perdida para sair em transição, eu prefiro claramente a primeira. Porque aí, estarei sempre mais próximo de ganhar. Sempre.

Percebam a dificuldade: treinador com 3/4 treinos aquisitivos, dois jogos com pouco tempo para os preparar. Um jogo razoável, outro em que ganhamos, mas jogamos com uma equipa com dois autocarros atrás. Ora, para uma equipa que está em processo de assimilação, acham fácil? Não é, desculpem mas não é.

E sim, é preciso tempo. Senão o dermos, não saíremos da cepa torta.
Registado

"Somos o que somos, mas somos principalmente o que fazemos, para mudar o que somos!"
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 ... 50 51 [52] 53 54 ... 357 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Futebol Profissional (Moderadores: wild_oscar, Stunner, 138, Leão88, sotnas) Tópico:

Ricardo Sá Pinto - Treinador do Sporting Clube de Portugal

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade