Metropolitanos de Portugal: Informação das Linhas

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Intendente, Anjos e Martim Moniz têm um nível de segurança muito similar...

Curiosamente, Martim Moniz e Intendente são as estações mais próximas de minha casa  :wall:. Ainda há pouco tempo ia sendo assaltado na do Martim Moniz, apesar de a usar sempre.

Recomendam mais Intendente ou MM ao fim da tarde?

Já apanhei alguns sustos a caminho da estação do Martim Moniz ao pé do Hospital de S. José, mas não tenho paciência para ir até ao Intendente :mrgreen:
@Pedro 1906: Claro que não são fatores objetivos, mas tens sempre uma ideia geral de que não há perigo em ires à noite pela Baixa-Chiado mas que se tentares ir no Martim Moniz à mesma hora vai dar trampa.

O objetivo disto é, para além de ter uma base de dados comunitária sobre isto e outras coisas, alertar e assegurar os utilizadores desta rede de que esta ou outra estação são seguras ou não são mesmo sem lá irem. Ora ao planear uma visita ao Campo Mártires da Pátria às 21h, é mais seguro ir pelo autocarro do que pelo metro se se quiser demorar pouco tempo ou sair no Marquês e andar bastante se for preciso.

@jmatias: Quais é que achas que seriam mais adequados e porquê?

É assim, Laranjeiras e Rato, são as que mais frequentei, diariamente, a qualquer hora do dia, nunca me aconteceu, nem vi acontecer algo.

Pessoalmente dava 1 ás duas, nas Laranjeiras como está um pouco escondido pode-se pensar que seja perigoso, se já aconteceu la alguma coisa eu ficaria surpreendido.
Buy one. ;) :twisted:
O pessoal que tenha cuidado com as mochilas, que havia uma moda que era rasgar as mochilas sem se dar conta.
Sei de quem ficou sem o telemóvel a conta disso, mochila nas costas, não reparou!
@Pedro 1906: Claro que não são fatores objetivos, mas tens sempre uma ideia geral de que não há perigo em ires à noite pela Baixa-Chiado mas que se tentares ir no Martim Moniz à mesma hora vai dar trampa.

O objetivo disto é, para além de ter uma base de dados comunitária sobre isto e outras coisas, alertar e assegurar os utilizadores desta rede de que esta ou outra estação são seguras ou não são mesmo sem lá irem. Ora ao planear uma visita ao Campo Mártires da Pátria às 21h, é mais seguro ir pelo autocarro do que pelo metro se se quiser demorar pouco tempo ou sair no Marquês e andar bastante se for preciso.

@jmatias: Quais é que achas que seriam mais adequados e porquê?

É assim, Laranjeiras e Rato, são as que mais frequentei, diariamente, a qualquer hora do dia, nunca me aconteceu, nem vi acontecer algo.

Pessoalmente dava 1 ás duas, nas Laranjeiras como está um pouco escondido pode-se pensar que seja perigoso, se já aconteceu la alguma coisa eu ficaria surpreendido.
Intendente, Anjos e Martim Moniz têm um nível de segurança muito similar...

Curiosamente, Martim Moniz e Intendente são as estações mais próximas de minha casa  :wall:. Ainda há pouco tempo ia sendo assaltado na do Martim Moniz, apesar de a usar sempre.

Recomendam mais Intendente ou MM ao fim da tarde?

Já apanhei alguns sustos a caminho da estação do Martim Moniz ao pé do Hospital de S. José, mas não tenho paciência para ir até ao Intendente :mrgreen:
 :great: aos dois.

@Neo-Fox: O grande problema aqui não é mesmo os carteiristas e esses que atuam com base na desconcentração das vítimas. Desses podem acontecer em qualquer lado. O problema que se aborda aqui como risco é mesmo os assaltos à mão armada e os assaltos contra menorias.
Assaltos nunca me aconteceu nem conheço a quem tenha acontecido, pelo menos no metro ou junto às estações!
Ando todos os dias de metro (normalmente linha amarela) e comboio (linha da Azambuja) sempre mais da parte da tarde/ noite e nunca tive problemas nenhuns.

Já saí em quase todas as estações de metro em várias alturas do dia e também nunca tive problemas. Agora claro, se andarem a passear em sitios mais isolados no Colégio Militar/ Luz em dia de jogo dos orcs, por exemplo, é normal que se deparem com coisas menos boas.

Há que ter bom senso nestas coisas.
"Não podes saltar a uma bola com os braços encostados ao corpo! Não és nenhum pinguim!" - JJ (05/09/16)

A cena mais "wtf" que já me aconteceu no metro, foi no Intendente. Nesse dia, um domingo, tive de deslocar-me a uma farmácia de lá, porque era das poucas abertas, ao sair, entrei no Intendente e mal acabo de descer as escadas, começo a ouvir pessoas a gritar.. preferi não arriscar e pus-me logo na alheta. Optei por entrar nos Anjos. :sick:

De resto, naqueles que andei nunca tive qualquer problema. Mesmo num dia em que o Sporting jogava.

__________

Já agora, para vocês que são daí, as siglas "orc" tem algum significado?  :think:
Já perto das estações do Colégio Militar, Amexoeira/Lumiar e Sr. Roubado/Odivelas.

Nunca tive problema em nenhuma, contudo, sei de pessoas que já tiveram.

A do Colégio Militar não me parece das mais inseguras, contudo, ao cair da noite era um pouco mal frequentada e tende a ser cada vez mais. Dava-lhe um grau 2 de perigo à noite.

A da ameixoeira é enorme, mas está sempre vazia, contudo, em termos de segurança parece-me ser bastante aceitável, até porque é daquelas que aparenta ser bem frequentada.

No Sr. Roubado apanha-se de tudo um pouco. A estação em si é muito semelhante a Campo Grande (terminal de autocarros e paragem de táxis), contudo, já ouvi falar lá de alguns assaltos.

A de Odivelas em termos de segurança parece-me ser semelhante à do Sr. Roubado.

E a do Lumiar pela experiência que tenho é das piores da linha amarela. É interessante ver o pessoal a sair no Lumiar: por um lado é gente que aparenta ser cheia de dinheiro, por outro é gente duma classe muito empobrecida e com um aspeto deplorável.

Depois há o caso da Cidade Universitária que deve ser das mais seguras.

O Campo Grande também me parece ser minimamente seguro.

No Marquês de Pombal tens lá o posto da polícia e tudo  :lol:

Quanto às linhas em si, há uma parte da linha verde -  entre Alameda e Rossio - que  é muito recomendável a partir de certas horas.
Estou curioso para ver o desenvolvimento deste tópico ou não estivesse eu a trabalhar no Metropolitano de Lisboa e a implementar lá um projecto.
Moro ao pé de Santa Apolónia e uso a estação todos os dias. É bastante segura, com câmaras e segurança, além do facto de ter sempre muito movimento devido à estação de comboios e até ao Pingo Doce.

Cá fora nunca me aconteceu nada. Há muitos sem abrigo, mas a maioria está mais preocupada em ir ao PD comprar pacotes de vinho. Há também uma esquadra ao pé, apesar de ser atrás do Museu Militar.

Referências: Museu Militar, Alfama, Lux ( :mrgreen:).

Também já morei na zona do Tivoli e as estações perto da Av da Liberdade (Marquês, Avenida, Restauradores) também me pareciam calmas.
Com 19 anos apenas chegou a Lisboa a 26 de Junho de 1937 e não assinou logo contrato. Deu apenas a sua palavra de honra em como jogaria no Sporting sem ter sequer discutido questões monetárias. Apesar de abordado por um clube do norte, pensa-se serem os corruptos, e também pelos lampiões, oferecendo-lhe melhores condições, Peyroteo não aceitou pois estava verbalmente comprometido com o Sporting.
Já perto das estações do Colégio Militar, Amexoeira/Lumiar e Sr. Roubado/Odivelas.

Nunca tive problema em nenhuma, contudo, sei de pessoas que já tiveram.

A do Colégio Militar não me parece das mais inseguras, contudo, ao cair da noite era um pouco mal frequentada e tende a ser cada vez mais. Dava-lhe um grau 2 de perigo à noite.

A da ameixoeira é enorme, mas está sempre vazia, contudo, em termos de segurança parece-me ser bastante aceitável, até porque é daquelas que aparenta ser bem frequentada.

No Sr. Roubado apanha-se de tudo um pouco. A estação em si é muito semelhante a Campo Grande (terminal de autocarros e paragem de táxis), contudo, já ouvi falar lá de alguns assaltos.

A de Odivelas em termos de segurança parece-me ser semelhante à do Sr. Roubado.

E a do Lumiar pela experiência que tenho é das piores da linha amarela. É interessante ver o pessoal a sair no Lumiar: por um lado é gente que aparenta ser cheia de dinheiro, por outro é gente duma classe muito empobrecida e com um aspeto deplorável.

Depois há o caso da Cidade Universitária que deve ser das mais seguras.

O Campo Grande também me parece ser minimamente seguro.

No Marquês de Pombal tens lá o posto da polícia e tudo  :lol:

Quanto às linhas em si, há uma parte da linha verde -  entre Alameda e Rossio - que (não) é muito recomendável a partir de certas horas.

Muito obrigado (a ti e a todos os outros) pela participação  :great: :clap:

@FranciscoG: Ainda bem que podemos fazer assim uma espécie de ligação indireta entre este tópico e o metro de Lisboa. Neste momento a parte que mais pode ser melhorada (para além das extensões já planeadas) é o ponto que coloquei a negrito. À noite estas estações (Arroios, Anjos, Intendente, Martim Moniz) deviam ser bem vigiadas por profissionais para que a utilização do metro nesta zona seja segura. :great:

Repara que a segurança na maioria das estações não se prende com quem a vigia mas sim pela quantidade de pessoas que a frequentam e também pela "qualidade" de quem a frequenta.

A Cidade Universitária é uma estação extremamente frequentada, particularmente por jovens e por pessoas que vão ao hospital: não necessita de ter uma vigilância constante por parte dos profissionais porque para além de existir bastante movimento - ao fim-de-semana é um deserto - as pessoas que a frequentam estão é preocupadas em estudar ou ir ao hospital...

Toda a informação que aqui encontres vai ser sempre muito influenciada pela experiência de cada um.
Repara que a segurança na maioria das estações não se prende com quem a vigia mas sim pela quantidade de pessoas que a frequentam e também pela "qualidade" de quem a frequenta.

A Cidade Universitária é uma estação extremamente frequentada, particularmente por jovens e por pessoas que vão ao hospital: não necessita de ter uma vigilância constante por parte dos profissionais porque para além de existir bastante movimento - ao fim-de-semana é um deserto - as pessoas que a frequentam estão é preocupadas em estudar ou ir ao hospital...

Toda a informação que aqui encontres vai ser sempre muito influenciada pela experiência de cada um.

É óbvio que sim, mas convenhamos que uma estação (Baixa, Marquês, Luz) que tenha policiamento vai ser mais segura que uma (Martim Moniz, principalmente, que não tem NADA, se houver um tiroteio numa altura em que não haja metro ninguém sequer repara) que não tenha.

As experiências também contam, mas toda tem uma maneira de ser. É assim já há quem tenha dado aqui 3 a uma ou outra estação com razão mesmo sem ter tido experiências pessoais mas pelo aspeto de quem usa e da rede em si.
Só este ano comecei a andar mais para Lisboa, uso a linha amarela, do Campo Grande até á Cidade Universitária (e vice-versa), ou seja, só ando uma estação, e nunca tive problema algum.

De resto, já parei noutras paragens, em saídas á noite, mas não me lembro já, confesso, quais foram (creio que fiz uma pergunta á cara forista @ Imperatriz sobre um percurso, mas não me recordo qual).

Ou seja, a minha experiência relativamente ao Metro de Lisboa é demasiado curta para tirar quaisquer conclusões, mas, até agora, não tive qualquer tipo de problema, felizmente.
Há muito boa gente que é assaltada por ser idiota.

Dou um exemplo muito simples:

Tenho um colega meu, com um ar um bocado frágil - um pouco amaricado - foi assaltado num autocarro da Carris em plena luz do dia. Porquê? Estava ao pé da porta, com o telemóvel na mão a ouvir músicas e a mandar mensagens.

Quando me contou que tinha sido assaltado a minha resposta foi: o que estavas à espera?
Já fiz a linha verde desde o nosso estádio até á Alameda e aí troquei para a vermelha até aos Olivais á 00.30 e nada se passou. Foi num jogo contra o porco mas já não havia movimento de adeptos a essa hora. A viagem foi tranquila, iam algumas pessoas na composição e depois na linha vermelha apareceu o marreco para dançar no varão do metro e brindar os passageiros com alguns sons populares  :rotfl: :rotfl: :rotfl:

A linha verde é um bocado manhosa. Muito monhé com mau aspecto...
És do Sporting?

Amas o teu clube?

Então faz algo por ele!
http://www.sporting.pt/Socios/Inscricao/socios_inscricaosocio.asp
Não é ao pé da igreja dos dos anjos, entrada para o metro a cerca de 300m, que existe um centro de ajuda comunitário ao algo do género?
E que isso leva a que se crie um "certo ambiente" naquela zona, especialmente à noite!
sopa dos pobres, sim, mas o ambiente não é devido só a isso, é devido a muito mais coisas, sobretudo o Intendente.

Em qualquer dos casos, nos mais de 20 anos que vivi nos Anjos e andei de metro diariamente, não tive um único problema, por mim é nota 1.
Já eu, após vários anos a andar de metro, só fui assaltado na linha azul (quando tinha uns 13 ou 14 anos) e não é por isso que a vejo como mais perigosa que as demais.

Concordo com a abordagem que se está a dizer aqui (o nível de segurança não depende propriamente de câmaras mas sim das horas do dia e da zona em que se está).
SPORTING SEMPRE!

Uma paixão para além da verde e branca: