[Equipa B] Comentários e Opiniões

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

*** Janeiro 28, 2012, 23:14 pm
A minha ideia é que eles têm qualidade para fazer alguns jogos da equipa B. E acho importante serem inscritos para aumentarem o grau de competitividade que é muito baixo no campeonato junior. Só os vais fazer crescer como jogadores. Não digo que joguem todos os jogos da B mas que tivessem oportunidade para jogar alguns.
Como tal devem continuar nos juniores, não referi que iam sair completamente do campeonato junior embora alguns consigam dar essa passo muito facilmente.
*** Janeiro 29, 2012, 13:22 pm
Não concordo minimamente com o que aqui se tem escrito.

Não é possível te um plantel principal sempre a "beber" na equipa B. Quer dizer, é possível, mas nunca para lutar para o campeonato.

A equipa A não pode estar a contar todas as semanas com os jogadores da B, têm de ser claramente duas realidades separadas em termos competitivos. Essa ideia do plantel A curto a ir buscar jogadores à B será um completo desastre em minha opinião. Nessa situação, nem a A nem a B chegam a lado nenhum.

A maneira como vejo a equipa B é como uma facilitador de entrada no futebol sénior, mantendo rotinas de jogo dos escalões de formação, aproveitando automatismos já criados previamente. Daqui pode resultar valor, mas não é um valor imediato. Não acredito minimamente que por norma um jogador da B tenha qualidade para os A. Antes tivesse, mas a realidade é outra completamente diferente.

A equipa A pode pontualmente ir buscar um jogador à B e a equipa B dar rotinas pontualmente a jogadores menos utilizados dos A. Pontualmente. Se assim não for, só por lirismo alguém pode acreditar que um jogador da B "desenrasca" num Sporting campeão e que a equipa B não terá imensas dificuldades em manter-se na Orangina se andar sempre com as sobras dos A. Por outro lado, se a equipa for feita pellos actuais juniores, cai que nem um prego para a IIB.

O que espero que se faça, é que se crie um plantel muito competitivo nos B, que estes façam um bom campeonato para que 1 ou 2 jogadores possam integrar a equipa A a médio prazo. Se conseguirem isto 100% de sucesso.

Uma equipa B nos moldes que pretendes é inútil. Para isso que se façam antes mais acordos com clubes como o Cercle.

Sem querer se mal educado, não me interpretes mal, gostava então de perceber porque nenhum clube "competitivo" no mundo aplica esse modelo. Nenhum. Nem o Barcelona aplica um modelo tão agressivo. Aliás, em minha opinião, é demais evidente que esses jogaodores da B por norma não cabem na A, basta ver a quantidade de jogadores emprestados que temos alguns titulares em equipas muito competitivas do primeiro escalão, e mesmo assim existem dúvidas se seriam benéficos ao Sporting.

Em minha opinião, a equipa B serve para colocar jogadores a jogar bom futebol, segundo os métodos de formação Sporting, num campeonato muito competitivo. Tudo o resto são hipóteses teóricas que acarretam riscos enormes se colocadas em prática.
Outstanding Music for the Soul
hxxps://www.youtube.com/watch?v=WqZjp3twbd0
*** Janeiro 29, 2012, 13:45 pm
Não concordo minimamente com o que aqui se tem escrito.

Não é possível te um plantel principal sempre a "beber" na equipa B. Quer dizer, é possível, mas nunca para lutar para o campeonato.

A equipa A não pode estar a contar todas as semanas com os jogadores da B, têm de ser claramente duas realidades separadas em termos competitivos. Essa ideia do plantel A curto a ir buscar jogadores à B será um completo desastre em minha opinião. Nessa situação, nem a A nem a B chegam a lado nenhum.

A maneira como vejo a equipa B é como uma facilitador de entrada no futebol sénior, mantendo rotinas de jogo dos escalões de formação, aproveitando automatismos já criados previamente. Daqui pode resultar valor, mas não é um valor imediato. Não acredito minimamente que por norma um jogador da B tenha qualidade para os A. Antes tivesse, mas a realidade é outra completamente diferente.

A equipa A pode pontualmente ir buscar um jogador à B e a equipa B dar rotinas pontualmente a jogadores menos utilizados dos A. Pontualmente. Se assim não for, só por lirismo alguém pode acreditar que um jogador da B "desenrasca" num Sporting campeão e que a equipa B não terá imensas dificuldades em manter-se na Orangina se andar sempre com as sobras dos A. Por outro lado, se a equipa for feita pellos actuais juniores, cai que nem um prego para a IIB.

O que espero que se faça, é que se crie um plantel muito competitivo nos B, que estes façam um bom campeonato para que 1 ou 2 jogadores possam integrar a equipa A a médio prazo. Se conseguirem isto 100% de sucesso.

Uma equipa B nos moldes que pretendes é inútil. Para isso que se façam antes mais acordos com clubes como o Cercle.

Sem querer se mal educado, não me interpretes mal, gostava então de perceber porque nenhum clube "competitivo" no mundo aplica esse modelo. Nenhum. Nem o Barcelona aplica um modelo tão agressivo. Aliás, em minha opinião, é demais evidente que esses jogaodores da B por norma não cabem na A, basta ver a quantidade de jogadores emprestados que temos alguns titulares em equipas muito competitivas do primeiro escalão, e mesmo assim existem dúvidas se seriam benéficos ao Sporting.

Em minha opinião, a equipa B serve para colocar jogadores a jogar bom futebol, segundo os métodos de formação Sporting, num campeonato muito competitivo. Tudo o resto são hipóteses teóricas que acarretam riscos enormes se colocadas em prática.

O Cuenca joga por que equipas?

Claro que o Sporting não pode ter constantemente jogadores da equipa B na convocatória. Mas em caso de necessidade haverão jogadores capazes de desenrascar e talvez até acrescentar valor em certas situações. Um plantel de 20,21 jogadores contando com 2 ou 3 jogadores regularmente da equipa B, não vejo um modelo "tão agressivo" quanto descreves. Se a equipa B serve só para dar minutos e não de suporte à equipa B mais vale continuar a emprestar a equipas aleatórias. O objectivo da equipa B é esta jogar com o mesmo esquema de jogo e mesmos principios que a equipa principal, sendo quando necessário algum jogador já estar com rotinas semelhantes às da equipa A.
Janeiro 29, 2012, 17:43 pm
Estou preocupado com o que vocês andam a dizer.

Então, a II Liga vai ter 42 jogos e esperam, na equipa B, um plantel curto? Isto é o convite para a II Divisão B.

****** Janeiro 29, 2012, 19:07 pm
Não concordo minimamente com o que aqui se tem escrito.

Não é possível te um plantel principal sempre a "beber" na equipa B. Quer dizer, é possível, mas nunca para lutar para o campeonato.

A equipa A não pode estar a contar todas as semanas com os jogadores da B, têm de ser claramente duas realidades separadas em termos competitivos. Essa ideia do plantel A curto a ir buscar jogadores à B será um completo desastre em minha opinião. Nessa situação, nem a A nem a B chegam a lado nenhum.

A maneira como vejo a equipa B é como uma facilitador de entrada no futebol sénior, mantendo rotinas de jogo dos escalões de formação, aproveitando automatismos já criados previamente. Daqui pode resultar valor, mas não é um valor imediato. Não acredito minimamente que por norma um jogador da B tenha qualidade para os A. Antes tivesse, mas a realidade é outra completamente diferente.

A equipa A pode pontualmente ir buscar um jogador à B e a equipa B dar rotinas pontualmente a jogadores menos utilizados dos A. Pontualmente. Se assim não for, só por lirismo alguém pode acreditar que um jogador da B "desenrasca" num Sporting campeão e que a equipa B não terá imensas dificuldades em manter-se na Orangina se andar sempre com as sobras dos A. Por outro lado, se a equipa for feita pellos actuais juniores, cai que nem um prego para a IIB.

O que espero que se faça, é que se crie um plantel muito competitivo nos B, que estes façam um bom campeonato para que 1 ou 2 jogadores possam integrar a equipa A a médio prazo. Se conseguirem isto 100% de sucesso.

Uma equipa B nos moldes que pretendes é inútil. Para isso que se façam antes mais acordos com clubes como o Cercle.

Sem querer se mal educado, não me interpretes mal, gostava então de perceber porque nenhum clube "competitivo" no mundo aplica esse modelo. Nenhum. Nem o Barcelona aplica um modelo tão agressivo. Aliás, em minha opinião, é demais evidente que esses jogaodores da B por norma não cabem na A, basta ver a quantidade de jogadores emprestados que temos alguns titulares em equipas muito competitivas do primeiro escalão, e mesmo assim existem dúvidas se seriam benéficos ao Sporting.

Em minha opinião, a equipa B serve para colocar jogadores a jogar bom futebol, segundo os métodos de formação Sporting, num campeonato muito competitivo. Tudo o resto são hipóteses teóricas que acarretam riscos enormes se colocadas em prática.

O Cuenca joga por que equipas?

Claro que o Sporting não pode ter constantemente jogadores da equipa B na convocatória. Mas em caso de necessidade haverão jogadores capazes de desenrascar e talvez até acrescentar valor em certas situações. Um plantel de 20,21 jogadores contando com 2 ou 3 jogadores regularmente da equipa B, não vejo um modelo "tão agressivo" quanto descreves. Se a equipa B serve só para dar minutos e não de suporte à equipa B mais vale continuar a emprestar a equipas aleatórias. O objectivo da equipa B é esta jogar com o mesmo esquema de jogo e mesmos principios que a equipa principal, sendo quando necessário algum jogador já estar com rotinas semelhantes às da equipa A.

É isto.
O haaipe respondeu por mim.
*** Janeiro 31, 2012, 00:41 am
Não concordo minimamente com o que aqui se tem escrito.

Não é possível te um plantel principal sempre a "beber" na equipa B. Quer dizer, é possível, mas nunca para lutar para o campeonato.

A equipa A não pode estar a contar todas as semanas com os jogadores da B, têm de ser claramente duas realidades separadas em termos competitivos. Essa ideia do plantel A curto a ir buscar jogadores à B será um completo desastre em minha opinião. Nessa situação, nem a A nem a B chegam a lado nenhum.

A maneira como vejo a equipa B é como uma facilitador de entrada no futebol sénior, mantendo rotinas de jogo dos escalões de formação, aproveitando automatismos já criados previamente. Daqui pode resultar valor, mas não é um valor imediato. Não acredito minimamente que por norma um jogador da B tenha qualidade para os A. Antes tivesse, mas a realidade é outra completamente diferente.

A equipa A pode pontualmente ir buscar um jogador à B e a equipa B dar rotinas pontualmente a jogadores menos utilizados dos A. Pontualmente. Se assim não for, só por lirismo alguém pode acreditar que um jogador da B "desenrasca" num Sporting campeão e que a equipa B não terá imensas dificuldades em manter-se na Orangina se andar sempre com as sobras dos A. Por outro lado, se a equipa for feita pellos actuais juniores, cai que nem um prego para a IIB.

O que espero que se faça, é que se crie um plantel muito competitivo nos B, que estes façam um bom campeonato para que 1 ou 2 jogadores possam integrar a equipa A a médio prazo. Se conseguirem isto 100% de sucesso.

Uma equipa B nos moldes que pretendes é inútil. Para isso que se façam antes mais acordos com clubes como o Cercle.

Sem querer se mal educado, não me interpretes mal, gostava então de perceber porque nenhum clube "competitivo" no mundo aplica esse modelo. Nenhum. Nem o Barcelona aplica um modelo tão agressivo. Aliás, em minha opinião, é demais evidente que esses jogaodores da B por norma não cabem na A, basta ver a quantidade de jogadores emprestados que temos alguns titulares em equipas muito competitivas do primeiro escalão, e mesmo assim existem dúvidas se seriam benéficos ao Sporting.

Em minha opinião, a equipa B serve para colocar jogadores a jogar bom futebol, segundo os métodos de formação Sporting, num campeonato muito competitivo. Tudo o resto são hipóteses teóricas que acarretam riscos enormes se colocadas em prática.

O Cuenca joga por que equipas?

Claro que o Sporting não pode ter constantemente jogadores da equipa B na convocatória. Mas em caso de necessidade haverão jogadores capazes de desenrascar e talvez até acrescentar valor em certas situações. Um plantel de 20,21 jogadores contando com 2 ou 3 jogadores regularmente da equipa B, não vejo um modelo "tão agressivo" quanto descreves. Se a equipa B serve só para dar minutos e não de suporte à equipa B mais vale continuar a emprestar a equipas aleatórias. O objectivo da equipa B é esta jogar com o mesmo esquema de jogo e mesmos principios que a equipa principal, sendo quando necessário algum jogador já estar com rotinas semelhantes às da equipa A.

É isto.
O haaipe respondeu por mim.

Pessoalmente, não concordo com vocês. Apesar de esse modelo teórico ser excelente, na prática tem riscos enormes ao tornar o plantel principal mais fraco. Para já não falar que se retirarem os melhores jogadores da B com relativa frequência, esta está condenada provavelmente à IIB, pois não acredito que a B tenha assim tanta qualidade para se aguentar emprestando com regularidade alguns dos seus melhores jogadores aos A.
Outstanding Music for the Soul
hxxps://www.youtube.com/watch?v=WqZjp3twbd0
**** Fevereiro 09, 2012, 17:41 pm
No Facebook da Cortina Verde:

O Defesa Central Internacional SUB-18 Inglês Tom Champion pode estar a um passo de ingressar na equipa B do Sporting Clube de Portugal.
it's silly to give a shit about a game but earth is a little ball that's just spinning on its axis - too
**** Fevereiro 09, 2012, 18:12 pm
Não encontro informação sobre ele lol ... só de um já com 25 anos que jogos tipo nos distritais deles

Alias , a foto que esta na cortina é de 2004/2005 ... onde ele está a receber um premio :

Citar
Tom Champion: Jonathan Woodgate lookalike award.

http://www.bfcsa.co.uk/0405/articles/poy_0405.htm
« Última modificação: Fevereiro 09, 2012, 18:15 pm por pozzani »
««O Sporting é nosso outra vez» - Bruno de Carvalho» -> Agora não nos desiludas
**** Fevereiro 17, 2012, 22:59 pm
Acho que havia de fazer um campeonato de equipas B´s já vai haver mais 6 vagas.
www.atelier76.pt.vu

Sporting Sempre.
Fevereiro 18, 2012, 02:44 am
A equipa B existe para alimentar a A, como uma segunda fase de formaçao, com a vantagem de manter jogadores sobre controlo e identidade futebolistica do clube, coisa que se perde com os emprestimos...Criar equipa B a pensar noutra coisa que nao numa plataforma para a A nao faz sentido.
****** Fevereiro 18, 2012, 12:01 pm
Sou totalmente a favor de uma equipa B quando bem orientada, por um lado e quando não seja vista pelos técnicos, jogadores e adeptos como forma de castigo ou despromoção, como chegaram a ser utilizadas no passado.
** Fevereiro 23, 2012, 14:55 pm
Muito boa ideia este projecto, com um bom treinador jovem, é muito bom para desenvolver os nossos jovens sob um ideal Sportinguista!


WELCOME HOME THIERRY THE KING OF HIGHBURY PARK
****** Março 02, 2012, 08:43 am
A equipa tem que se chamar Sporting B ? Não lhe podem arranjar outro nome como faz o Real Mardrid (Castilla) ou fazia o Barcelona (Athlètic).
In • Hoc • Signo • Vinces
****** Março 02, 2012, 14:17 pm
A equipa tem que se chamar Sporting B ? Não lhe podem arranjar outro nome como faz o Real Mardrid (Castilla) ou fazia o Barcelona (Athlètic).

Suponho que não tenha. Mas que nome sugeres? É complicado arranjar um nome identificativo do Sporting e que não passe uma ideia diferente da nossa imagem.
**** Março 02, 2012, 14:21 pm
A equipa tem que se chamar Sporting B ? Não lhe podem arranjar outro nome como faz o Real Mardrid (Castilla) ou fazia o Barcelona (Athlètic).

O Castilla já existia antes de ser equipa B do Real Madrid. Quanto ao Barcelona Athlètic não sei. De qualquer forma, numa eventual subida de divisão à primeira, graças a terem nome diferente, isso é possível (creio eu). De qualquer das formas, se não estou em erro a equipa B do braga é o Vizela (por exemplo).

****** Março 02, 2012, 14:25 pm
A equipa tem que se chamar Sporting B ? Não lhe podem arranjar outro nome como faz o Real Mardrid (Castilla) ou fazia o Barcelona (Athlètic).

Suponho que não tenha. Mas que nome sugeres? É complicado arranjar um nome identificativo do Sporting e que não passe uma ideia diferente da nossa imagem.

Sei lá Sporting Academy ou algo assim, para dar a ideia que não é uma equipa secundária

A equipa tem que se chamar Sporting B ? Não lhe podem arranjar outro nome como faz o Real Mardrid (Castilla) ou fazia o Barcelona (Athlètic).

O Castilla já existia antes de ser equipa B do Real Madrid. Quanto ao Barcelona Athlètic não sei. De qualquer forma, numa eventual subida de divisão à primeira, graças a terem nome diferente, isso é possível (creio eu). De qualquer das formas, se não estou em erro a equipa B do braga é o Vizela (por exemplo).



As equipas B não podem subir de divisão em lado nenhum (pelo menos não conheço nenhuma liga que o permite), o Vizela é um clube satélite do braguinha agora com a o braguinha B quero ver como é que eles vão viver
In • Hoc • Signo • Vinces
****** Março 02, 2012, 14:30 pm
A equipa B existe para alimentar a A, como uma segunda fase de formaçao, com a vantagem de manter jogadores sobre controlo e identidade futebolistica do clube, coisa que se perde com os emprestimos...Criar equipa B a pensar noutra coisa que nao numa plataforma para a A nao faz sentido.

Ora nem mais só pde ser pensado dessa forma, para quê gastar dinheiro mal gasto em estrangeirada que por vezes não vale um sumol.
23-03-2013 A noite mais feliz da minha vida como Sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem haja Presidente!
Março 04, 2012, 11:44 am
A equipa tem que se chamar Sporting B ? Não lhe podem arranjar outro nome como faz o Real Mardrid (Castilla) ou fazia o Barcelona (Athlètic).

Suponho que não tenha. Mas que nome sugeres? É complicado arranjar um nome identificativo do Sporting e que não passe uma ideia diferente da nossa imagem.

Stromp Clube Futebol ou Alvalade Clube Futebol ou Leão Clube Futebol ou Cinco Violinos Clube Futebol ou Academia Sporting Clube Futebol
****** Março 04, 2012, 11:51 am
A equipa tem que se chamar Sporting B ? Não lhe podem arranjar outro nome como faz o Real Mardrid (Castilla) ou fazia o Barcelona (Athlètic).

Suponho que não tenha. Mas que nome sugeres? É complicado arranjar um nome identificativo do Sporting e que não passe uma ideia diferente da nossa imagem.

Stromp Clube Futebol ou Alvalade Clube Futebol ou Leão Clube Futebol ou Cinco Violinos Clube Futebol ou Academia Sporting Clube Futebol

O resto não me agrada
In • Hoc • Signo • Vinces
****** Março 04, 2012, 12:12 pm
Sporting Clube de Portugal B é o único nome que acho que deva ser utilizado!