Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 23, 2014, 10:04

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

O Sporting de 1995/96 a 2010/11: troféus e títulos

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 ... 5 6 [7] 8 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: troféus e títulos (Lida 9778 vezes)

Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #120 em: Janeiro 10, 2012, 14:17 »



*

Mensagens: 10034
Idade: 47
Localidade: 42616-0
Masculino

WWW
(permitam-me a piada parva, sem ofensa para ninguém!) é como o passivo do Sporting, por vezes cresce subitamente!
Registado



Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #121 em: Janeiro 10, 2012, 18:01 »



*
Juvenil

Mensagens: 1388
Idade: 34
Localidade: Lisboa
Masculino


Ontem tinha 17 pelo menos.

Parece o Jubas a fazer anos 
Registado

Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #122 em: Janeiro 10, 2012, 22:13 »



*

Mensagens: 10034
Idade: 47
Localidade: 42616-0
Masculino

WWW
Bem, detectei uma pequena gralha (um ano trocado) no palmarés internacional, não quero editar o post original para que não se pense que ando a "afinar" números, de modos que meto aqui a nova versão, não muda nada de essencial:



Para além disso, fui ver as restantes modalidades, coisas como bilhar, actividades subaquáticas, tiro com arco, horseball, etc etc etc. Dá isto:



Fica claro que, se nas modalidades ditas "importantes" o DR melhrou um bocadinho relativamente ao AR, nas restantes, manteve em bom nível até cerca de 2000, e aí decaiu muito. Não sei o que se passou! Será que para fazer a aposta no campeonato 99/00 e anos seguintes, se decidiu desinvestir nas modalidades "menores"? Não sei, mas os resultados foram maus.

nota: títulos de equipas masculinos séniores Smiley
Registado

Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #123 em: Janeiro 11, 2012, 02:56 »


CdS - Capitão Moura

No avatar!

*

Mensagens: 9628
Idade: 22
Masculino


Os títulos são recuperáveis, o património não.   
Registado
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #124 em: Janeiro 11, 2012, 02:56 »



*
Juvenil

Mensagens: 1144


Este ano, conto com vitórias em futsal, Taça de Portugal (futebol) e Globo de Ouro da SIC (musical).
Registado
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #125 em: Janeiro 11, 2012, 03:07 »

Illicitus

Perdoem-me a crueza, mas apelidar a última década e meia de "anos de glória" só merece ser considerado como uma aberração.

E fico-me por aqui, porque não tenho paciência para devaneios destes, verdadeiros apanágios da pequenez.
Registado
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #126 em: Janeiro 11, 2012, 03:47 »



*
Veterano

Mensagens: 8200
Masculino


Perdoem-me a crueza, mas apelidar a última década e meia de "anos de glória" só merece ser considerado como uma aberração.

E fico-me por aqui, porque não tenho paciência para devaneios destes, verdadeiros apanágios da pequenez.

 Seta

Tudo dito!

Sejam exigentes porra! Mas afinal o Sporting nasceu para ser o quê ?! Um clube para brincar aos "quases" e aos "faz de conta" ?!
O facto de sermos o clube Português mais titulado e 2º clube europeu com mais títulos nas diversas modalidades, por este andar não vai durar para sempre!
E depois que defesas ou grandes motivos de orgulho vamos ter ?! O que nos resta ?! Dizer que somos um clube correcto e diferente ?!... Isso é uma parte muito importante de ser Sporting, mas infelizmente não chega para ter um clube vitorioso.

E isto é como uma bola de neve, há muitos anos acabou-se o Sporting que cumpria o seu lema, o Sporting popular, o Sporting lutador sempre até ao fim... e começou o Sporting empresa, o Sporting dos interesses pessoais, o Sporting manso... tudo o resto veio e vem por arrasto!

Têm problemas em admitir que o nosso clube não tem estado e não está ao nível de outros ?! Eu também tenho, mas é a verdade... não vou agora andar a tentar enganar-me a mim próprio e aos outros para não ter que lidar com a verdade.
Apelidar os últimos 16 anos de gloriosos é não aceitar a verdade.

Podem dizer que, em comparação com algumas fases anteriores, em termos de títulos, os últimos 16 anos não foram os piores... Mas daí a dizerem que foram 16 anos de glória vai uma ENORME distância!

Realmente o post do KingJames foi um tiro certeiro!

Respeito o trabalho do nunoi e " percebo-o " , pelo menos , o que ele quis transmitir . Agora ... não concordo .

Obviamente que ganhámos taças europeias ( atletismo , andebol ... ) , campeonatos nacionais e taças em diversas modalidades é verdade que tivemos e temos desde sempre atletas olímpicos medalhados ... mas a Glória não se mede apenas pelos títulos .

O Sporting está doente . E está há muito tempo . Eu desde que nasci , só vi o Sporting ser campeão 2 vezes . 2 vezes !!! 2 vezes !!! Por vezes sinto " vergonha " de dizer que das maiores emoções que tive com o Sporting foi na meia-final duma taça uefa que ganhámos aos 120 minutos no último lance do jogo , ou num 5-3 dumas meias-finais da taça ,um nos quartos-de-final contra um Newcastle ( A festas do título foram grandes momentos mas ainda era uma criança e não vivi esses momentos como , com certeza , os viveria agora . Ainda por cima , sou do Porto e só os meus padrinhos e 3 primos são Sportinguistas ... nunca tive ninguém que me levasse à bola nem às celebrações dos títulos ) ... sabem porque tenho " vergonha " ?

Porque quando digo isso a alguém ( maioritariamente adeptos dos corruptos ) eles dizem-me isto " Pfff . Isso ? " e falam-me em finais da champions , em finais da Uefa , Intercontinentais , pentas , tri´s , goleadas ao maior rival , títulos em casa do maior rival etc etc  Indeciso

Se estes 16 anos foram de Glória ... então os últimos anos dos nossos " companheiros " foram o quê ? Provavelmente , ainda não se encontrou adjectivo para qualificar tal feito  Despercebido

Mas o problema nem é esse . A GLÓRIA é outra coisa . É a defesa do Sporting ! O respeito por e pelo Sporting ! Isso não houve ! Como o Assenza disse ... há adeptos e sócios que , sim , SÃO UNS BANANAS . UNS CÓCÓS DO C****** ! E , mais grave que isso , é o facto de sócios dessa estirpe terem estado à frente do clube !

No Sporting ... por muito na MERD.A QUE ESTIVERMOS NINGUÉM DEVE CALCAR ! NINGUÉM DEVE ESPEZINHAR ! NINGUÉM DEVE BANALIZAR ! TODOS NOS DEVEM RESPEITO !

E nos últimos ano , não foi isso que aconteceu ! Ora foram escutas , ora foram meninos da cantera a saírem para rivais , ora foram jogadores " infiltrados" no Sporting que NENHUM RESPEITO tinham à camisola , ora foram directores , treinadores a mamarem às nossas custas , oram foram presidentes de outros clubes a insultarem ( míticos ) trabalhadores nossos ... e o que aconteceu ? NADA ! PURA E SIMPLESMENTE NADA !

JÁ NÃO PEÇO TÍTULOS . PEÇO AMOR , PAIXÃO , RAÇA DE LEÃO ! NÃO QUERO DIZER QUE SOU DO SPORTING E DIZEREM-ME " Vá lá ! Ao menos não és do benfica/porto " . ISTO NÃO ! QUERO QUE SINTAM MEDO DE NÓS ! RESPEITO !

FARTO DOS CÓCÓS DOS PULLOVER´S AMARRADOS AO PEITO ! JÁ OUVI AQUI PELO FÓRUM MUITAS VEZES ASSOCIAREM O PORTO A UMA ALDEIA E CENAS QUE TAIS ... POIS AGORA SOU EU QUE VOU METER UMAS PALAS NOS OLHOS , SER UM BOCADO OTÁRIO , PERDER A RAZÃO , E ADOPTAR O DISCURSO "REGIONALISTA " ... CADA VEZ ESTOU MAIS CONVENCIDO QUE SE O SPORTING TIVESSE " SEDE " AQUI ESTA MERD.A ANDAVA DE OUTRA FORMA ! AQUI NÃO SE BRINCA ! OU SE GANHA ... OU SE GANHA !É O QUE DÁ SER GERIDOS POR UM CONJUNTO DE TÓTÓS DE CASCAIS OU DO ESTORIL(sem ofensa ... como se costuma por aqui dizer ) QUE SÓ SE PREOCUPAM COM O CROQUETE E COM O GOLFE E APARECER NAS REVISTAS AO LADO DAS CINHAS JARDINS DESTA VIDA ! VISTAM O FATO DE MACACO !

OS TÍTULOS NÃO TRAZEM GLÓRIA .OS TÍTULOS TRAZEM PRESTÍGIO ! O QUE MANTÉM UM CLUBE VIVO É RESPEITAR , HONRAR E A CAPACIDADE DE MANTER VIVO O LEMA DO CLUBE !

NÃO HOUVE ESFORÇO , DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E MUITO MENOS HOUVE GLÓRIA !






« Última modificação: Janeiro 11, 2012, 03:54 por Green_Heart » Registado

És um verdadeiro Leão na Internet... mas ainda não és sócio? Faz-te sócio e sê uma voz activa/participativa no nosso clube! Precisamos da ajuda de todos os Sportinguistas! -> http://www.sporting.pt/Socios/Inscricao/socios_inscsocio.asp

A verdade sobre o Sporting da "geração" Roquette

Documentário "GOLPE NO SPORTING" - Capítulo 1 - "Os Credíveis"
Documentário "GOLPE NO SPORTING" - Capítulo 2 - "Afinação Eleitoral"
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #127 em: Janeiro 11, 2012, 05:04 »


SVPERBIA : HONORA : FIDELITAS


*
Veterano

Condecorações:Melhor Assinatura 2010


Mensagens: 15601
Idade: 27
Localidade: Vialonga [91.069]
Masculino

WWW
Há 3 dias atrás escrevi isto: http://www.forumscp.com/index.php?topic=42647.msg1763845#msg1763845

É grande mas está lá tudo, a verdadeira explicação para, como tenho dito e direi até ver que assim o é, os sócios serem a maior vergonha do Sporting.
Registado

Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #128 em: Janeiro 11, 2012, 08:32 »



*
Juvenil

Mensagens: 1388
Idade: 34
Localidade: Lisboa
Masculino


Há 3 dias atrás escrevi isto: http://www.forumscp.com/index.php?topic=42647.msg1763845#msg1763845

É grande mas está lá tudo, a verdadeira explicação para, como tenho dito e direi até ver que assim o é, os sócios serem a maior vergonha do Sporting.

Assenza, não o disse na altura, mas digo-o agora: magnífico o teu post onde me revejo como se fosse eu a escrever aquelas palavras!  Bater Palmas

A única pena é ver um texto tão bom estar metido no meio de entulho que é este tópico vergonhoso!
Registado

Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #129 em: Janeiro 11, 2012, 10:30 »

Gebeeme

Há 3 dias atrás escrevi isto: http://www.forumscp.com/index.php?topic=42647.msg1763845#msg1763845

É grande mas está lá tudo, a verdadeira explicação para, como tenho dito e direi até ver que assim o é, os sócios serem a maior vergonha do Sporting.

@ Assenza

Fizeste bem em puxar o teu comentário de dia 8 para cima pois não o tinha lido.

Pode-se não concordar com a tua frontalidade mas só quem não te conhece destas lides poderia esperar coisa diferente.

Excelente, como sempre. Apesar da minha idade, o meu sentimento é o mesmo que o teu. Então quando dizes que perdemos dois campeonatos em 16 anos, por razões extra-desportivas (?)... É que em 16 anos disputaram-se outros tantos campeonatos e nós só ganhámos 2, essa é que é a verdade.

Houve alguém que disse que iria fazer com que o Sporting não dependesse da bola no poste para (não) ser campeão. O que é certo é que continuamos sem o ser e pelo andar da carruagem ainda não é este ano que o vamos ser.

Lapidar "post" para memória futura.

 Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas
Registado
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #130 em: Janeiro 11, 2012, 11:15 »



*
Júnior

Mensagens: 1970
Localidade: Fulham - UK
Masculino


Ao contrário da grande maioria, eu vejo este tópico como oportuno e certeiro. Na minha opinião, apenas falha no título. Apelidar este período de glorioso fez com que quase todos os foristas se centrassem no título e não tanto no conteúdo. Eu compreendo que seja uma provocação, que seja uma resposta aos “16 anos de banditismo”, do Chirola mas, conhecendo do nunoni aquilo que posso conhecer pelas suas intervenções neste fórum, estava à espera que não respondesse a um extremismo com outra coisa do género. Até porque o conteúdo do post inicial não o merece.

Os dados foram apresentados, cada um os interprete como quiser mas, se me permitem a sugestão, vão mais longe. Recuem até ao final dos anos 30 e, a partir daí, analisem o currículo de glória do nosso Sporting. Pois é, na última década em que ganhámos mais títulos no futebol que os nossos rivais, os pais da maioria dos foristas ainda não eram nascidos… Desconsolador, certo? Então se andamos há mais de meio século à procura de voltar à pujança ganhadora dos anos 40 e 50, porque é que surge agora este discurso que apresenta a falta de exigência como coisa nova? A resposta é simples: é que nem o discurso é novo, nem a falta de exigência é herdeira do Roquetismo. Os adeptos do Sporting nunca foram conhecidos pela exigência, mas sim pela fidelidade. E isso sim, admito que se esteja a perder aos poucos, ainda que os surpreendentes 50.000 que estiveram em Alvalade no sábado me tenham reforçado a convicção que o Sportinguismo pode adormecer, mas nunca se extingue.

Posto isto, um último desabafo. Os últimos 16 anos nada têm a ver com a perda ou recuperação da glória que há muito está esbatida neste Clube. Os últimos 16 anos nada têm a ver com a perda ou recuperação da exigência que há muito se vê substituída por um conformismo próprio de quem ganha muito pouco, durante muito tempo. E, caramba, o pessoal dos 20 e 30 anos que tenha um bocado mais de tolerância pelos adeptos que cresceram ao longo dos 18 anos de jejum. É natural que, para esses, estes 16 anos pareçam bem mais “gloriososos” do que para as gerações que começaram a viver o seu Sportinguismo por alturas do campeonato de 1999/2000.

@Assenza

Acredita que compreendo bem as tuas palavras mas, apesar de tudo, continuo a achar que a exigência ou falta dela não é a causa dos nossos problemas. Nem sequer acho que sejamos "geneticamente" menos exigentes que os adeptos dos rivais. O problema está na competência, não está na exigência. O porto começou a ganhar muito quando passou a ser gerido por um gajo competente, não foi por os seus adeptos se terem lembrado um dia de exigir mais títulos e mais vitórias. Estou convencido que os adeptos do Sporting só vão recuperar a exigência perdida quando se habituarem a ganhar regularmente.
« Última modificação: Janeiro 11, 2012, 11:36 por barbicane » Registado
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #131 em: Janeiro 11, 2012, 11:21 »



*

Mensagens: 10034
Idade: 47
Localidade: 42616-0
Masculino

WWW
Barbicane: OK.
Registado

Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: troféus e títulos , « Resposta #132 em: Janeiro 11, 2012, 12:03 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 24793
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino



Citar
barbicane:
Ao contrário da grande maioria, eu vejo este tópico como oportuno e certeiro. Na minha opinião, apenas falha no título. Apelidar este período de glorioso fez com que quase todos os foristas se centrassem no título e não tanto no conteúdo. Eu compreendo que seja uma provocação, que seja uma resposta aos “16 anos de banditismo”, do Chirola mas, conhecendo do nunoni aquilo que posso conhecer pelas suas intervenções neste fórum, estava à espera que não respondesse a um extremismo com outra coisa do género. Até porque o conteúdo do post inicial não o merece.

Concordo que o tópico tem valor e será também oportuno. Como o disse, já por várias vezes, o título é um pormenor... que não o é e como dizes e bem, desvia a discussão para algo de diferente.

Citar
Os dados foram apresentados, cada um os interprete como quiser mas, se me permitem a sugestão, vão mais longe. Recuem até ao final dos anos 30 e, a partir daí, analisem o currículo de glória do nosso Sporting. Pois é, na última década em que ganhámos mais títulos no futebol que os nossos rivais, os pais da maioria dos foristas ainda não eram nascidos… Desconsolador, certo? Então se andamos há mais de meio século à procura de voltar à pujança ganhadora dos anos 40 e 50, porque é que surge agora este discurso que apresenta a falta de exigência como coisa nova? A resposta é simples: é que nem o discurso é novo, nem a falta de exigência é herdeira do Roquetismo. Os adeptos do Sporting nunca foram conhecidos pela exigência, mas sim pela fidelidade. E isso sim, admito que se esteja a perder aos poucos, ainda que os surpreendentes 50.000 que estiveram em Alvalade no sábado me tenham reforçado a convicção que o Sportinguismo pode adormecer, mas nunca se extingue.

Não contando com o período até à década de 50, inclusive, o Sporting foi campeão entre 2 a 3 épocas por década, até entrarmos nos anos 80. O efeito Eusébio, entre os anos 60 e 70 foi importante para a hegemonia do rival de Lisboa, só quebrada pontualmente com as vitórias do Sporting, que curiosamente apareciam sempre como impeditivos dos tetras dos lampiões. Entretanto aparece Pinto da Costa e o surgimento do porto como novo clube dominador no futebol português e passámos para 3º plano. 1 título na década de 80, outro na de 90 e outro na dos 00.

O meu anseio, desejo, sonho, não é propriamente um Sporting como o dos anos 40 ou 50 ( embora tal fosse perfeito ), mas sim ter um Sporting que parte para todas as épocas com reais possibilidades de chegar ao primeiro lugar e em que os adeptos acreditem. Havendo 3 grandes em Portugal, o que quero do meu clube é que ganhe 1/3 dos títulos de campeão, em cada 10 anos.

Muita da aversão ao Roquetismo é precisamente ter-se posto em causa, a meu ver, a tal fidelidade dos adeptos do Sporting. Pelo discurso, pela postura, pelo novo paradigma de cliente/empresa, pela secundarização das ambições desportivas a favor de uma óptica de gestão que não se enquadrava com uma instituição onde o desporto tem que ser o suporte da mesma. Pondo de lado considerações sobre a competência ou falta dela, foi esta forma de pensar o clube que afastou muitos adeptos e revoltou outros. Quanto ao Sportinguismo, este está vivo, como se viu este ano. É algo que tem que ser acarinhado e não menorizado, como aconteceu durante demasiado tempo.

Citar

Posto isto, um último desabafo. Os últimos 16 anos nada têm a ver com a perda ou recuperação da glória que há muito está esbatida neste Clube. Os últimos 16 anos nada têm a ver com a perda ou recuperação da exigência que há muito se vê substituída por um conformismo próprio de quem ganha muito pouco, durante muito tempo. E, caramba, o pessoal dos 20 e 30 anos que tenha um bocado mais de tolerância pelos adeptos que cresceram ao longo dos 18 anos de jejum. É natural que, para esses, estes 16 anos pareçam bem mais “gloriososos” do que para as gerações que começaram a viver o seu Sportinguismo por alturas do campeonato de 1999/2000.

Eu cresci nesses 18 anos. Foi muito doloroso. Mas começava todos os anos com expectativas reforçadas e sentia que todos os Sportinguistas pensavam da mesma maneira... quantas vezes eu não ouvia adeptos rivais a interpelarem-nos e a chamarem-nos de crentes, com o célebre " para o ano que é!" acompanhado com um esfregar de mãos. Mas não me sentia alvo de chacota, porque nos reconheciam como uma massa adepta única e fiel como nenhuma outra. Repito...o que me causa revolta, no Roquetismo, é que tal tenha sido posto em causa. E esses 18 anos não me habituaram a perder. Nem os quase 10 após o último título. Não me conformo, podemos ser muito melhores que isto.

Registado

Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #133 em: Janeiro 12, 2012, 01:20 »



*
Iniciado

Mensagens: 389
Idade: 39
Localidade: serafina
Masculino


Isto não pode ser real, quer dizer. Digam-me que isto foi colocado aqui com outro qualquer propósito porque eu não consigo vislumbrar ponta de glória nenhuma no meio de tanta medíocridade.

Mas agora até já "campeonatos do quase" servem para se vangloriarem? Mas 'tá tudo doido? Mas afinal de contas o que é o Sporting? Andamos aqui todos feito parvos, só pode. Este "artigo" (até bem desenvolvido pelo nunoni mas de um vazio aterrador e afrontoso) é uma infâmia e uma clara provocação a todos aqueles que sentem, vivem e presenciam a morte do Sporting, época atrás de época.

É surreal, chega a ter contornos de patetice isto tudo. Não entendo.

Correndo o risco de me tornar extremamente repetitivo, mais uma vez digo que a maior vergonha deste clube moribundo, são os seus sócios. Aqueles que dizem que o amam mais e que o colocam acima de todos os números e realidades indesmentíveis, com provas factuais e verdadeiras inequívocas, são aqueles que o estão a matar. Aos poucos. Ao Sporting e à sua identidade.

E eu vou explicar porque é que digo sempre isso.

Eu acabo de voltar de um Sporting  - Porto onde para além de uma exibição miserável e medrosa da nossa parte, onde só ficámos a dever a vitória a nós mesmos, onde milhares de pessoas após o apito final aplaudiram incessantemente os jogadores. Mas o que é isto??! Mas onde é que está a exigência, pergunto eu? Onde é que estão os valores? Afinal de contas, somos o Sporting ou não somos o Sporting? Cada vez mais me convenço das palavras daqueles que me diziam que para muita, muita gente o campeonato que interessava ao Sporting era o da 2ª circular. Ficar à frente do Benfica. É vê-los todos alegres, até podemos ficar em 5º lugar, desde que eles fiquem em 6º já não foi uma época perdida. "Empatar frente ao Porto até é bom resultado!" Ouvi eu hoje nos corredores de Alvalade... Isto merece comentários? Andamos nós a alimentar esperanças de voltarmos a ser realmente alguém no panorama desportivo Português e depois ouvem-se frases destas?
O Porto não perde para o campeonato à 53 jogos seguidos (53!!) e sabem o que dizem eles? Que esta época tem sido bastante fraca, mas no entanto estão em 1º!! (até ver, mas estão). Percebem qual é a diferença aqui? Nós ficamos todos contentes e entusiasmados com 5 ou 6 vitórias seguidas e um bocado mais de bom futebol, eles estão em 1º com uma série incrível de invencibilidade e dizem que estão fracos. A ISTO CHAMA-SE EXIGÊNCIA! MANTER O NÍVEL BEM LÁ EM CIMA!

Todos nós sabemos a raça caprina e putídea que é aquele antro de corrupção do Norte, mas temos de nos envergonhar quando olhamos para os factos que acabei de citar. Os sócios do Sporting são os primeiros a conformarem-se com mediocridade, com medianice, com migalhas, com pobreza! Somos os parentes pobres dos três grandes e gritamos ao sete ventos que "somos diferentes", pois somos! Para PIOR! Somos uma cambada de bananas que andamos aqui a dar palmadinhas nas costas a quem calca mais o lema do clube para o lamaçal. O conformismo apoderou-se dos sócios do Sporting, não os deixa raciocinar, pensar pela própria cabeça, deixam-se ir em ilusões vãs e vazias que de reais têm pouco ou nada. Contentam-se com 3 pontos e com vitórias morais quando o próprio clube se enterra mandato após mandato mas para eles está tudo bem, desde que a bola não bata no ferro mas sim na rede, está tudo bem.

Sempre foi assim desde que esta cambada de cleptómanos se apoderou das rédeas do clube. Instalou-se um amorfismo tal que vamos levar anos e anos a sair disto, a mudar mentalidades, a tentar virar prismas e modos de ver, mas aí talvez já seja tarde demais.

Temos um passivo astronómico, os sócios não querem saber. Barafustam pelo valor mas em AG's calam-se que nem ratos; "Eles que decidam, eles é que estão à frente do clube não sou eu, por isso sabem o que é melhor". Quantas vezes é que várias pessoas aqui já ouviram isto em AG's? Dezenas. Dezenas!! Fomos vilipendiados e atrozmente gamados e saquiádos com os terrenos do antigo estádio que foram vendidos (dados!) ao desbarato por METADE DO PREÇO DO VALOR DE MERCADO e quem é que os comprou? Muitos aqui sabem mas fingem não saber, não lhes dá jeito, não convém, é incomodativo. Vão ver! Temos uma Academia do outro mundo de que tanto nos orgulhamos, com tudo do bom e do melhor mas que já despesas elevadíssimas e completamente desnecessárias, sobretudo com o piorar da situação em que nos encontramos. O que fizémos? Vendemos a Academia à SAD. Mais um Património que se vai assim como dá cá aquela palha, sem nos apercebermos nem darmos conta.. Muitos nem querem dar, nem querem saber, não interessa para nada. O que interessa é que quase ganhámos dois campeonatos e uma final europeia, que gloriosos anos esses! Anos que vão e já não voltam. Enquanto a Academia formar um Nani de 5 em 5 anos estamos satisfeitos! Ah, carneirice madrasta.

Construímos um estádio estéticamente horrível e com "N" defeitos em que o ÚNICO e PRINCIPAL responsável pela sua construção se senta hoje, impunemente, já depois de ter roubado o Sporting e o próprio País, na cadeira do poder e nos espezinha, cravando-nos punhais de traição que não nos importamos desde que continue a trazer Schaar's e Insúa's. A ignorância mata, meus caros. Destrói. Hoje em dia não têm qualquer desculpa para não estarem informados quer acerca do clube, quer principalmente por quem o dirige. Não sabem porque simplesmente NÃO QUEREM SABER ou NÃO SE INTERESSAM POR SABER.
A mesma criatura que nos brindou com um estádio que nem um relvado consegue ter em condições porque tem defeitos irreparáveis de contrução, é o mesmo que aquando do planeamento da construção se recusou a incluir um Pavilhão para as Modalidades. Hoje ninguém se lembra. Mas foi Godinho Lopes que RECUSOU dar um Pavilhão ao Sporting. Mais uma vez comeram e calaram e nem quiseram saber patavina se iríamos ter pavilhão ou não. Hoje andam todos "ò tio ò tio" porque querem um Pavilhão e não há, temos de andar com a casa às costas entre Loures, Vistoso e Tojal/Parede e já começa a ser um tanto ou quando embaraçoso (mas só agora! Porque mandaram lixar as modalidades quando souberam que não ia haver pavilhão).

Estamos reféns dos bancos até à eternidade. Empréstimos para pagar empréstimos, receitas antecipadas, andamos a viver do que temos e do que não temos, tentando sempre arranjar mais alguma migalhinha, qual vagabundo faminto, para ver se enganamos o povo mais um bocadinho com promessas e balelas. Somos o único clube que tem dentro dos seus orgãos sociais pessoas claramente e publicamente assumidas que fazem parte das entidades credoras a quem o Sporting deve dinheiro. José Maria Ricciardi é a face mais visível e todos sabem disso. Sabem mas finjem não querer saber ounão lhes interessar. Afinal de contas isto tudo que estou para aqui a dizer é conversa de chacha, o que interessam são os quase dois campeonatos e a quase final europeia que conquistámos! A promiscuidade e os interesses meramente pessoais, estando-se a marimbar autenticamente para o Sporting, não interessam. É tudo fantochada. É só para desestabilizar. Está tudo à frente dos vossos olhos e vocês, mais uma vez, não querem ver. Não têm interesse em ver porque só gostam daquele lado romancista e cor-de-rosa de amar um clube e devotar a ele toda a vossa dedicação e compaixão, apoio incondicional e fé infinita, tudo isto ao som de um chocalho. Acham-se superiores aos outros por causa disso.

Brevemente, os Sportinguistas (dizem-se eles, de nome, de fachada) irão deixar de ter poder sobre o clube. O Estádio irá passar para a SAD como previsto (último e derradeiro golpe, criminoso, no Património do Sporting), a SAD vai ser aberta a investidores estrangeiros e depois meus amigos, toca de prestar vassalagem a um qualquer Tunbeklaman desta vida (isto não estou a inventar, foi dito pelo VOSSO tão amado Presidente), portanto, será, infelizmente, mais do que uma mera realidade. Será o fim de um clube. O fim do associativismo. A derradeira prova, fria e cruel, de que não passamos somente de clientes, tratamos abaixo de cão. A quem é pedido fidelização eterna em troca de nada! Rigorosamente nada! Depois vêm em falar tão naturalmente que o Sporting acabar "como vocês apregoam!!" os Sportinguistas estão cá para refundar o clube.. Mas isto cabe na cabeça de alguém? Cabe na cabeça de alguém, sócios do Sporting encararem já o fim do clube como uma coisa natural e despreocupada??
Outros dizem que não se importam que o Naming do Estádio seja vendido, que para eles é e continuará a ser sempre o velho Estádio José de Alvalade, isto desde que entrem mais uns milhõezitos na conta do clube, claro está. .. Há reacção possível a isto? O que será de nós quando quisermos ir ao Estádio Ashaln Emirate? Ou ao Alvalidl, como já alguns lhe chamam? Onde é que anda a vossa identidade? ONDE É QUE ANDA A VOSSA EXIGÊNCIA? ONDE É QUE ANDA O VOSSO VERDADEIRO SPORTINGUISMO???

E com isto tudo lá voltei ao princípio...

Sabem que mais? Nem sei porque me dou ao trabalho. Já estou como o Jnrodrigues: "O último a sair que feche a porta."


VOCÊS QUE O CAVARAM, VOCÊS QUE O ENTERREM!!!

Após o jogo de hoje será que é preciso dizer mais alguma coisa Huh?
Estamos no fundo , não há ninguém que veja isto ?
Ao intervalo de uma meia final da taça , a perguntarem em que ano a ganhamos 7-1 ao benfica ?
 E batem palmas ? Chocado Chocado Chocado Chocado
Registado
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: troféus e títulos , « Resposta #134 em: Janeiro 12, 2012, 13:28 »


Ex-REBELIAO06


*
Sénior

Mensagens: 3670
Localidade: nacional 109


 Bater Cabeça Bater Cabeça Angry Angry 16 anos de gloria?Huh? é pá vao gozar o cara/&%#....poupem nos a estas vergonhas....para isso ja chega o que se passa em campo....é por estas e outras que eu ás vezes penso que deviamos levar 5-0 todos os fins de semana para domesticar certas parvoeiras.....
Registado

 
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: troféus e títulos , « Resposta #135 em: Janeiro 12, 2012, 13:41 »



*

Mensagens: 10034
Idade: 47
Localidade: 42616-0
Masculino

WWW
vê melhor o título do tópico, mudei-o ontem de manhã depois de achar que o Barbicane e mais alguns tinham razão Smiley sobretudo no que diz respeito a que o título original, que foi para provocar reacções e discussão, o que foi amplamente conseguido. Se calhar  desviou a atenção do conteúdo do post de abertura, que mostra que o declíneo de resultados desportivos vem de trás. Em 1982 eu já tinha visto o Sporting ser campeão 4 vezes, desde aí foram só mais duas. Ora de 82 a 95 vão 13 anos... e quando ganhámos em 2000 e 2002 pensei que aquela mudança tinha sido um sucesso! Eu e toda a gente. O declíneo real são os 9 anos de 2003 a 2011, e sobretudo a partir de 2004/05, em que todos os sonhos se têm evaporado.

Mas hão-de voltar!
Registado

Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: troféus e títulos , « Resposta #136 em: Janeiro 12, 2012, 14:00 »


Ex-REBELIAO06


*
Sénior

Mensagens: 3670
Localidade: nacional 109


Declinio real sao á 9 anos?Huh? o clube anda em declinio desde a decada de 64 (curiosamente depois da nossa maior e unica conquista europeia).....fomos o clube nº1 em Portugal durante 60 anos e hoje á pala de doutores e engenheiros nao passamos de um clube de meio da tabela.....tenho 34 anos e vi (ou lembro-me) de ver o Sporting campeao 3 vezes...3 VEZES. nem as modalidades amadores nos salvam....isto é de um clube grande??? uma falta de exigencia gritante nos adeptos faz com que algum clube no mundo seja grande?? a  fanfarronice de alguns (para nao dizer a maioria) está a fazer corar de vergonha o traço mais tipico dos lampioes....é pa tenham juizo. fo.da se o que a malta do porto se deve estar a rir a ler um toopico destes....
Um clube Grande ganha titulos! sempre e regularmente! a maior prova que um clube dito grande pode dar a si e aos outros é a tentativa continua e interminavel de se superar a si mesmo......no Sporting fala se de titulos ao berlinde e á bisca......

ainda ontem disse, no meio de tanta gente parva neste clube sem duvida a pessoa mais parva sou que ainda me chateio com este buraco negro em que se transformou o Sporting....

aprendam que ás vezes o silencio é ouro.

RIDICULO!
Registado

 
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: troféus e títulos , « Resposta #137 em: Janeiro 12, 2012, 14:16 »



*

Mensagens: 10034
Idade: 47
Localidade: 42616-0
Masculino

WWW
Declinio real sao á 9 anos?Huh? o clube anda em declinio desde a decada de 64

Lê melhor o que eu disse, óbvio que o declíneo vem de trás, precisamente desde o fim dos anos 1960. "Declineo real" do projecto Roquette em relação ao passado imediatamente anterior (ou seja anos 80 e 90), esse foi depois de 2002. Porque entre 1999 e 2002 parecia que estávamos como dizes que devíamos ser, a ter sucessos uns atrás dos outros! Parecia que ia tudo bem.  Indeciso

Já agora, se calhar é coincidência, mas em centenas de Jornais Sporting que eu folheei, foi precisamente a partir desses anos 60 que começámos a ser espoliados peos árbitros, com páginas e páginas da época a queixarem-se disso e a exigirem irradiação de árbitros.
Registado

Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: troféus e títulos , « Resposta #138 em: Janeiro 12, 2012, 14:49 »


No avatar!

*
Iniciado

Mensagens: 381


Louvável e interessante este trabalho de Nunoni. Mas com a enorme falha de não ter em conta o endividamento do clube. Ou seja, com tão grandes "investimentos" esperar-se-iam também grandes resultados. A mim parece-me que se esbanjou muito dinheiro no consulado Roquete (considero que este terminou, felizmente, com o famoso Bettencourt).
Deixo aqui alguns comentários. O primeiro tem a ver com a afirmação "As razões desse “ligeiramente” são claras: uma “mão de Ronny”, uma “cabeça de Luisão”. Pois bem, episódios muito mais graves do que estes tiveram lugar durante toda a anterior história do Sporting. Se há alguma coisa que melhorou no futebol português foi a limitação do domínio benfiquista (passou a ser partilhado com o Porto) sobre a arbitragem no período após o 25 de Abril, não tanto relacionado com as mudanças políticas mas mais com o advento da cobertura quase total dos jogos pela televisão.
Antes de ler os comentários de outros foristas, quero deixar já aqui mais algumas observações pois acho que o tema merece muita atenção.
Por exemplo: não me parece correcto fazer um média dos títulos conquistados. Isso é estar a dar a uma Taça ou Super Taça o mesmo valor que a um CAMPEONATO. Esta comparação só será pertinente se às diferentes competições forem atribuídas diferentes valências. Assim, olhando para o primeiro gráfico eu retiro uma conclusão oposta à do autor: foi melhor o período AR, com três campeonatos, do que o período Roquete apenas com dois, embora com mais taças e supertaças.
Não me parece igualmente muito correcto comparar períodos em que as principais modalidades amadoras se tornaram profissionais.
No atletismo os resultados são, sem dúvida, francamente favoráveis ao chamado período Roquete. Será talvez esta a única área em que este período fica a ganhar.
Na comparação dos títulos internacionais discordo com a aparente menorização dos títulos conquistados no corta-mato, uma das mais gloriosas páginas da história do nosso Sporting. Só quando surgiram os africanos a ganhar tudo a todos é que o Sporting foi ultrapassado.
Lamento sempre, mas mesmo sempre, ler frases como "contrariamente ao que querem fazer crer os arautos da desgraça,". Não há arautos da desgraça, há sim sócios e adeptos com diferentes opiniões, por vezes diametralmente opostas, e que desejam ver o clube seguir caminhos que o levem realmente à glória e não a esta apagada e vil tristeza que, como ainda ontem à noite vimos em Alvalade, nos continua a consumir.
Registado
Re: O Sporting de 1995/96 a 2010/11: 16 anos de glória , « Resposta #139 em: Janeiro 12, 2012, 14:53 »


No avatar!

*
Iniciado

Mensagens: 381


nunoni, primeiramente muitos parabéns pelo excelente trabalho!

Depois para o que ai apresentas uma muito simples frase: Contra factos não há argumentos!  Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas

Viva o Sporting Clube de Portugal!





Contra factos sempre houve argumentos. De outro modo não haveria discussão, a cada um bastaria apresentar os "seus" factos.
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 ... 5 6 [7] 8 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

O Sporting de 1995/96 a 2010/11: troféus e títulos

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade