Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Setembro 02, 2014, 03:03

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 ... 4 5 [6] Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar (Lida 7658 vezes)

Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #100 em: Novembro 02, 2012, 18:33 »




Registado

Mensagens: 24
Idade: 24
Masculino


Dizer que o nosso medio defensivo tem lugar em qualquer equipa do mundo e referir-se ao do rival do norte como "parece um polvo – mas que marca menos golos do que eu de muletas", deve ser para rir... ate parece que o nosso medio defensivo que tem lugar em qualquer equipa do mundo farta-se de marcar golos.

Apesar de não concordar em quase nada com a opinião do 20Ensinar, não concordo nada com esta insinuação de que o Rinaudo não é possível titular em qualquer equipa do mundo! A meu ver, o Rinaudo é um trinco de excelência. Se houve um forista que, aqui neste tópico, defendeu a ideia de que se os melhores jogadores dos nossos rivais jogassem no Sporting não teriam sucesso, tenho a certeza que, ao inverso, se o Rinaudo ou o Wolfswinkel, que tanto gostam de criticar, jogassem num dos nossos rivais, teriam enorme sucesso! O ambiente no nosso clube não é, de longe, o ideal para construir uma equipa vencedora. Longe disso. O clube está completamente dividido em dois e culpo, obviamente, esta direcção que ganhou as eleições da forma que todos nós sabemos e demonstra uma enorme falta de competência e uma falta de coragem maior ainda! Este não é o meu presidente de todo, eu TENHO VERGONHA deste presidente!
Trinco de excelência =/= de ter lugar em qualquer equipa do mundo, e é um trinco de excelência para o nosso campeonato porque noutros campeonatos ha outros trincos de excelência. E não, Rinaudo neste momento, não é titular em qualquer equipa do mundo.

Quanto ao resto não sera para mim de certeza ja que não me lembro de criticar Rinaudo e Wolfs, a não ser em jogos em que de facto tiveram mal.

Sim, dizer que é um trinco de excelência não quer dizer propriamente que jogue em qualquer equipa do mundo. Admiro o Rinaudo e faz-me confusão ler críticas aqui sobre ele. Pode não ter sido propriamente uma crítica, tenho noção disso, mas qualquer coisa que seja negar um elogio ao Fito faz-me confusão... Sou fã do homem! Fito é um jogador de uma estirpe que já não se fabrica. A postura, atitude, e skills do homem parecem importados nos anos 70. Onde é que vês um gajo novo como ele com aquela atitude perante o jogo? O homem parece um trintão a jogar, calção arregaçado, sem cristas e merdas na cabeça. A braçadeira parece que já nasceu naquele braço... Gajos assim só vemos jogar pelos nossos de tempos a tempos, é aproveitar enquanto por cá andar a varrer meio campos!
Registado

Saudações Leoninas!


Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #101 em: Novembro 02, 2012, 21:09 »


Ex-godsdog


*
Júnior

Mensagens: 2665
Localidade: Funchal



Este post está no minimo exagerado

Sim, temos bons jogadores mas os nosso rivais também têm

Vejamos

Guarda-redes: temos o titular da selecção portuguesa e um dos mais desejados do futebol europeu. E como se não bastasse temos um suplente que está, no mínimo, ao mesmo nível – e que se começa a jogar ainda se arrisca a só parar na selecção brasileira.

É um dos nosso pontos fortes e nao temos que invejar ninguém, mas Artur, Helton, Beto e Fabiano sao bons guarda redes. Aqui o nosso problema é nao vender à primeira oferta o Rui e dar confiança ao Boeck.

Laterais: o miudo que falas é o Cedric, correcto? Gosto dele mas têm muito que crescer, a nivel de outros laterais nao me estao a convencer nada. Insua uma grande desilusao e do Pranjic pouco vi dele até hoje.

Centrais: O Argentino do benfica é melhor e mais internacional que o nosso. E o Luisao é muito bom. Faz falta o Oguchi e o Polga de 2006/7. Apesar de tudo penso que o Rojo e o Xandao vao evoluir muito. Do Bouhlaroz nem o posso ver, desculpem.

Médio-defensivo: temos um internacional argentino que tinha lugar em qualquer equipa do mundo

Gosto muito do Rinaudo mas ele nao seria titular em um Real Madrid, Manchesters ou Chelsea e o polvo que está no porto é muito bom e nao marca menos golos que o Rinaudo. Apesar de tudo o Rinaudo está em recuperaçao de uma lesao terrivel e vai evoluir muito. Sobre o Gelson apenas digo que normalmente um jogador destes nao teria categoria para jogar no clube.

Sobre os medios interiores até estou de acordo contigo.   Wink Se bem que o Izma fisicamente está pior que o Aimar. E o braga tem um meio campo muito forte, talvez o melhor de Portugal.

Médios-ala: temos dois espanhóis de topo,  

desculpa mas aqui parei quase de ler  Smiley, mas o Carrilho é peruano e nao espanhol ou falavas do Jeffren. O Jeffren entre os adeptos do Barcelona foi considerado como um grande negocio a sua venda para o SCP. O Jeffren chegou tocado e segundo eles acabado para o futebol. Gosto do Capel e do Carrilho, mas quem sabe se o Jeffren possa recuperar um pouco da sua habilidade.

Sobre os avançados, siceramente parece que a concorrencia tem melhor. Trocava já o Ricky pelo Jackson ou o Lima. Duvido que o Ricky possa chegar mesmo ao nivel de um Cardozo. Mesmo assim temos outras opcoes como o Viola, a promessa Rubio e agora o fenomeno Betinho.

Temos um plantel que nao é mau mas nao é ainda o melhor da liga. Para isso a equipa tem de crescer e ser bem orientada. A ver o que Vercauteren vai fazer.

Registado
Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #102 em: Novembro 03, 2012, 17:30 »



*
Veterano

Mensagens: 9949
Idade: 22
Masculino


Também acho que o nosso plantel tem qualidade para render muito mais e até com alguns ajustes para lutar pelo campeonato, mas neste texto as comparações são tão exageradas e rídiculas que só posso concluir que este texto é trolling puro, a escolha do nick "20ensinar" por si só demonstra ao que este user veio.
Registado

Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #103 em: Novembro 04, 2012, 14:08 »


Ex-godsdog


*
Júnior

Mensagens: 2665
Localidade: Funchal


Também acho que o nosso plantel tem qualidade para render muito mais e até com alguns ajustes para lutar pelo campeonato, mas neste texto as comparações são tão exageradas e rídiculas que só posso concluir que este texto é trolling puro, a escolha do nick "20ensinar" por si só demonstra ao que este user veio.

trolling, falta noçao ou ter menos de 10 anos... possivelmente ou entao é o Carlos Freitas  Grin

já agora nao percebi a historia do nick.. que significa 20ensinar?
Registado
Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #104 em: Novembro 04, 2012, 15:31 »



*
Sénior

Mensagens: 4677


Pois eu desde inicio sempre achei que haviam lacunas óbvias neste plantel, já estou vacinado para as euforias de pré-época e dos jogadores (camiões deles) novos.
O plantel tem qualidade e profundidade? Sim mas não é nivelado para a nossa exigência histórica e isso também se faz sentir na nossa classificação. Eles não são todo o problema, claro, são apenas a menor parte. Não acho que Vercauteren necessite da nossa ajuda e conselho para compreender o que tem em mãos, ele melhor que nós saberá avaliar o plantel, embora os primeiros dois parágrafos sejam interessantes, na medida em que apelam ao orgulho Sportinguista, mas de resto, acho que está exagerado, mas não é uma avaliação transcendente. Muitos users já o fizeram no período de Agosto-Setembro.


Também acho que o nosso plantel tem qualidade para render muito mais e até com alguns ajustes para lutar pelo campeonato, mas neste texto as comparações são tão exageradas e rídiculas que só posso concluir que este texto é trolling puro, a escolha do nick "20ensinar" por si só demonstra ao que este user veio.

trolling, falta noçao ou ter menos de 10 anos... possivelmente ou entao é o Carlos Freitas  Grin

já agora nao percebi a historia do nick.. que significa 20ensinar?

20 = vinte = vim te (ensinar)  
« Última modificação: Novembro 04, 2012, 15:34 por Delatio » Registado
Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #105 em: Novembro 05, 2012, 09:30 »


Ex-godsdog


*
Júnior

Mensagens: 2665
Localidade: Funchal


Comentário do Administrador O que é que isso tem a ver com o assunto do tópico? Já disse várias vezes para não alimentarem a via da suspeição e discutirem os temas de cada tópico e não quem é ou deixa de ser o forista em causa.

Obrigado.
« Última modificação: Novembro 05, 2012, 11:05 por Winston Smith » Registado
Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #106 em: Novembro 09, 2012, 18:47 »



*
Veterano

Condecorações:Vencedor NHL Fantasy 2013/2014Membro do Ano 2013Vencedor NHL Fantasy 2012/2013


Mensagens: 11994
Idade: 31
Masculino


Meu caro Frank:

Seria de bom tom dar-te – deixa-me tratar-te por tu, porque quem treina o Sporting é da  família – as boas-vindas e dizer-te que espero que tenhas o maior sucesso e essas mariquices todas. Mas vou passar isso à frente e explicar-te o que é fundamental que saibas. Então aqui vai.

Aqui, no Sporting, não se exige ganhar. Não. Aqui, no Sporting, exige-se ganhar com mérito. Porque é essa, para os sportinguistas, a única forma de ganhar.

Aqui exige-se ganhar com mérito porque tens tudo – leste bem: tudo – o que é necessário para ganhar. Tens os melhores adeptos do mundo, esse bando de lunáticos que, por mais que o clube perca, estão aos milhares no estádio a aplaudir, à espera do milagre que nunca chega. Tens uma situação que, por não poder estar pior, só pode melhorar. Aproveita-a. Mas tens, sobretudo, aquilo que – por mais que muitos queiram apregoar o contrário, por mais falsos especialistas que por aí andem a contrariá-lo – faz com que as vitórias aconteçam dentro de campo: qualidade, talento, recursos humanos de excelência. Deixa-me apresentar-tos num instante.

Guarda-redes: temos o titular da selecção portuguesa e um dos mais desejados do futebol europeu. E como se não bastasse temos um suplente que está, no mínimo, ao mesmo nível – e que se começa a jogar ainda se arrisca a só parar na selecção brasileira. O Benfica tem o Artur, que nem de binóculos vê alguma selecção, e o Porto tem o Hélton, que é grande – mas que em breve pendura as botas. Do Braga, perdoa-me, nem vou falar. Acredito que o Sporting só deve comparar-se aos maiores.

Lateral-direito: temos um miúdo com velocidade, com personalidade, que cruza como há muito não se via em Alvalade. E temos um colombiano que parece ter asas nos pés – e que se lhe deres confiança nunca mais ninguém o pára. O Benfica tem um médio-centro adaptado, trabalhador mas lento. E o Porto tem um brasileiro de grande qualidade - mas que ainda não sabe se é defesa ou se é médio – e um suplente do Braga na época passada.

Lateral-esquerdo: temos um comboio, um monte de força e de velocidade, com um remate que decide jogos – internacional argentino de pleno direito. Mas temos mais: um croata que sem deslumbrar cumpre, perfeitamente fiável e com bons pés e capacidade de cruzamento. O Benfica tem um extremo adaptado que não sabe o que é posicionamento defensivo. E o Porto tem um titular da selecção do Brasil, bom de bola mas sem a capacidade de explosão que pode fazer a diferença no domínio ofensivo.

Centrais: temos um internacional argentino, jovem, rápido, com personalidade – mas ainda a precisar, aqui e ali, de acalmar os ímpetos. E depois ainda temos um internacional holandês experiente, um patrão; um brasileiro que sabe marcar golos de calcanhar, imponente no ar, rápido – mas a precisar de melhorar no capitulo do passe, tão decisivo na primeira fase de construção; e um capitão desde sempre, formado em Alvalade, líder por natureza, que não é bem-amado nem é brilhante – mas que tantos viram como capaz de triunfar ao mais alto nível. O Benfica tem um internacional brasileiro que demora 20 minutos a chegar dos 0 aos 100, e um argentino de valor – mas que não deslumbra. E o Porto tem um antigo suplente do Nacional, muito rápido e forte, e um internacional argentino que mede ainda menos do que o nosso mais baixo que toda a gente acusa de ser baixo.

Médio-defensivo: temos um internacional argentino que tinha lugar em qualquer equipa do mundo, capaz de construir e de destruir com a mesma qualidade, um líder por natureza. E temos um suíço que é um animal de força e de dedicação – e que até não passa mal. O Benfica tem um gajo grande que na última época fez meia dúzia de jogos. E o Porto tem um homem que parece um polvo – mas que marca menos golos do que eu de muletas.

Médios-interiores: temos de tudo. Portugueses jovens e tecnicistas, formados em casa e com vontade de mostrarem o que valem; um super internacional brasileiro que parece ter tudo e ainda não mostrou nada; um internacional russo que se estiver bem é o melhor médio em Portugal e a quem só falta pôr a bola a falar; um internacional holandês que joga como poucos ao primeiro toque, com aura de líder e um pé esquerdo muito fiável no passe de média e longa distância – e que ainda por cima marca golos;  e um jovem internacional marroquino que era estrela de topo na Holanda, imparável no um-para-um e capaz de inventar desequilíbrios e golos do nada. O Benfica tem um miúdo que nunca na vida há-de ser o craque que querem fazer dele, um argentino que muitos queriam despachar no início da época, um ex-jogador nosso que passa mais tempo no departamento médico do que em campo, e um velhadas que de vez em quando ainda faz umas coisitas engraçadas. E o Porto tem um argentino que joga simples e eficaz, com boa técnica e capacidade de passe – mas com pouca mobilidade e flexibilidade nas transições defensivas -, e um português que já foi nosso capitão, um médio que passa bem, recupera bem e faz tudo bem – mas que precisa de rematar mil vezes para fazer um golo.

Médios-ala: temos dois espanhóis de topo, rápidos, desconcertantes e ainda jovens; um peruano que vale milhões, que finta do nada e que só tem de aprender a ser mais sério; e temos ainda, assim abras os olhos para a equipa B, o nosso Neymar, veloz, com diamantes nos pés e com a capacidade de, quando concentrado, virar uma equipa do avesso. O Benfica tem um brasileiro de terceira linha e um argentino de grande qualidade – mas que não vale metade do que deram por ele. E o Porto tem um dispensado nosso, veloz e com boa capacidade de finalização, e um colombiano de ouro – mas que não é, nunca será, um médio-ala.

Avançados: temos um holandês veloz, lutador, que desperdiça muitas oportunidades mas que, se for bem aproveitado, pode marcar mais de 30 golos por época; um argentino que é exímio a jogar de fora para dentro, das alas para o meio, desequilibrador, muito rápido e incisivo; e temos ainda um menino que parece incapaz de fazer mal a uma mosca, que pouco se mexe – mas que, à lá Jardel, de meia oportunidade faz um golo. O Benfica tem dois matadores de verdade – um mais móvel do que outro – e um espanhol que se mexe bem e que causa desequilíbrios. E o Porto tem um colombiano que é uma espécie de Weah, pleno de força e de técnica – mas a alternativa é um brasileiro que não marca golos desde que o Passos Coelho cumpriu uma promessa eleitoral.


E pronto, Frank. É isto que tenho para dizer. Parece-me que tens todos os argumentos, pelo menos os argumentos que interessam, para ganhar. Se não ganhares, aqui estarei – e todos os sportinguistas também – para te pedir, por justa causa como pudeste perceber acima, para te ires embora. E quem te trouxe também.

Atenciosamente,
20Ensinar

@20Ensinar 2012


Entendo este post como uma maneira de dizer "mister, isto parece uma m#rda, mas há aqui muito valor individual, por isso está a trabalhar..."

Há alguns exageros no conteúdo, mas percebe-se que são para empolar o texto...

 Brinde
Registado

- You're a real stone player, aren't you, Ma? You threatened to smother his children.
- What does that mean?
- You know, everyone thought Dad was the ruthless one. But I gotta hand it to you. If you'd been born after those feminists, you woulda been the real gangster.
- I don't know what you're talking about!
Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #107 em: Novembro 09, 2012, 21:49 »


No avatar!

*
Júnior

Mensagens: 1709
Idade: 44
Localidade: Alcochete
Masculino


este é o texto que gostaria que fosse verdadeiro, infelizmente não é o nosso mundo real...

Registado
Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #108 em: Novembro 15, 2012, 15:12 »



*
Juvenil

Mensagens: 1268
Idade: 43
Localidade: Setúbal



É que a maioria da malta aqui percebe mesmo de futebol pá, portanto não consegue olhar para um texto que descreve o Wolf como veloz e lutador sem ser de forma crítica.


Eu considero o Wolf veloz e lutador.
Não digo veloz no sentido de ter grande velocidade de ponta, mas de se desmarcar muito rapidamente, deixando os defesas para trás.
Por outro lado, nunca foge à luta, dá o corpo ao manifesto, sendo por isso que "leva tanta pancada" durante os jogos.
Registado
Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #109 em: Novembro 15, 2012, 19:21 »



*
Juvenil

Mensagens: 1376


O Insua ao contrário do que foi dito não é uma desilusão antes pelo contrário .. Apesar de não estar a jogar o que nos habituou .. Mas quem esta tirando o Rei Patricio?

O Boulahrouz é somente de momento o melhor central que temos superando o Xandão e de longe o argentino que foi um barreto de primeira.

Temos um plantel engraçado e podemos fazer melhor, espero que o Frank nos consiga meter a jogar futebol.
Registado

Por ti contra tudo e todos!
Re: Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar , « Resposta #110 em: Novembro 20, 2012, 01:47 »




Registado

Mensagens: 32
Idade: 33
Localidade: Lisboa
Masculino


Há muito trabalho por fazer mas se há trabalho é porque temos matéria prima digna de ser trabalhada. Acho que, de facto, temos um bom plantel mas, de momento, não uma boa equipa.
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 ... 4 5 [6] Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

Carta a Frank - ou a certeza de que se exige ganhar

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade