Artilheiro Brasileiro

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

***** Abril 04, 2006, 08:48 am
O resultado do levantamento, feito por O JOGO, do desempenho dos goleadores brasileiros (em actividade) nas primeiras três temporadas na Europa não deixa margem para dúvidas: Liedson (54 golos) é o sexto melhor, sendo apenas superado por cinco máquinas goleadoras: Jardel, Ronaldo, Romário, Rivaldo e Sonny Anderson
"Sou um artilheiro e vou fazer muitos golos para alegrar a 'torcida' do Sporting" – sim, esta declaração foi feita por Liedson e reproduzida por O JOGO, a 23 de Agosto de 2003, pouco tempo depois de o ponta-de-lança confirmar a transferência para o futebol europeu. O baiano prometia muitos golos. E cumpriu. A viver a terceira temporada em Alvalade, soma já 54 golos (só no Campeonato), perfazendo uma média de 18 tentos por época. Um registo importante, sobretudo depois de estabelecermos um paralelo com 30 dos principais atacantes brasileiros ainda em actividade, tendo por base as respectivas primeiras três épocas no futebol do Velho Continente.

O resultado do levantamento feito por O JOGO é claro: Liedson ocupa o sexto lugar no "ranking" dos melhores pontas-de-lança brasileiros ao fim de três anos no futebol europeu, sendo apenas superado por cinco "máquinas goleadoras": Jardel (86), Ronaldo (76), Romário (67), Rivaldo (65) e Sonny Anderson (58). Atrás do 31 do Sporting ficam nomes como Ronaldinho Gaúcho (32), Ricardo Oliveira (30), Adriano (30), Kaká (26), entre muitos outros.

Perante os dados apurados, O JOGO ouviu as opiniões de Jardel, Rivaldo e Sonny Anderson, que se mostraram unânimes na convicção de que triunfar na Europa é tarefa apenas para predestinados.

"Tive uma adaptação rápida ao futebol europeu, o que não é fácil, e fiz muitos golos. Estar no ‘top’ cinco é fantástico", confessa o "pistoleiro" Sonny Anderson, actualmente a gozar a tranquilidade do futebol no Catar.

Quem ficou fascinado por liderar esta lista foi o bem conhecido Mário Jardel, actualmente no Goiás, do Brasil: "Ser o número um, à frente de Ronaldo, Romário e Rivaldo, é fantástico. É muito complicado chegar à Europa e começar a fazer golos. Eu fi-lo, e o Liedson também."
 
Perseguido por portista Adriano

O atacante baiano, que apenas aos 23 anos se tornou profissional de futebol (tem actualmente 28), afirmou-se sem intermitências, sendo o melhor de três "portugueses" que integram este lote. O portista Adriano (43 golos ao serviço do Nacional) surge num honroso oitavo lugar, com os mesmos tentos de Márcio Nobre (Fenerbahçe), enquanto Luís Fabiano (actualmente no Sevilha) é o último da lista, com três golos.

A arte de marcar golos na Europa não está ao alcance de qualquer brasileiro, como explica Rivaldo, em tempos (1999) o melhor jogador do mundo: "Não sabia que ocupava o quarto lugar numa contagem tão importante e recheada de grandes jogadores. Isso também significa que alcancei os meus objectivos. Sabe, quando vim para a Europa, eu queria ser o melhor do mundo. E consegui."
 
Sabia que...


... Marcos (Marítimo) foi a primeira vítima de Liedson no futebol europeu?

... na principal prova portuguesa, Liedson já bisou por 14 vezes (!) e apontou um hat trick (Estrela da Amadora)?

... os 54 golos que soma em três épocas conferem-lhe uma média de 18 tentos por temporada?

... no Campeonato, Liedson já marcou por cinco vezes ao Benfica e apenas uma ao FC Porto?

... ao serviço de Coritiba (5 golos), Flamengo (14) e Corinthians (10), Liedson marcou 29 golos, quase metade dos 54 que já garantiu em Portugal?

... o último penálti que ele converteu foi há mais de um ano (21 de Março de 2005), frente ao... FC Porto?