Fórum SCP

Andrzej Juskowiak

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar
Juskowiak: «Sá Pinto tem muito crédito entre os sportinguistas»
APROVA ESCOLHA Do novo TREINADOR

Andrzej Juskowiak jogou no Sporting entre 1992 e 1995 e na última temporada de verde e branco vestido partilhou o balneário com aquele que viria a ser conhecido como o Coração de Leão e que, anos mais tarde, haveria de assumir o comando técnico do clube.

“Lembro-me muito bem do Sá Pinto e também sei que fez um bom trabalho com os miúdos da Academia. Ele pode ser a solução porque é um grande sportinguista e, como tal, continua a ter muito crédito junto dos adeptos. Tem todas as condições para um novo arranque e pode ser o início de um novo Sporting”, explicou o antigo internacional polaco a Record, ainda com o português na ponta da língua.
http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=741364
Gostei do rever ontem em Alvalade, cruzei-me com ele no Hall Vip no fim do jogo.
Aquela equipa tinha muita classe e ao mesmo tempo muita irreverência dada pelos campeões de Riade e de Lisboa.

O Jusko, do que me lembro dele, oscilou entre o muito bom e o sofrível. Acho que aquele golo ao Boavista foi o seu melhor momento no Sporting.

Saudades de ver com o nº 10 um senhor chamado Kasimir Balakov, um dos melhores jogadores que passaram pelo nosso clube nos últimos 20 anos.

Aquela equipa só não foi campeã porque tinha um treinador chamado Carlos Queiroz.
 :offtopic: Um tal de Costinha na baliza, também não ajudou em nada.
Costinha e/ou Lemajic. Enterravam à vez.
Costinha e/ou Lemajic. Enterravam à vez.

Além das muitas más escolhas dos seus treinadores, sou da opinião que tínhamos dos melhores planteis, com GR muito muito fracos.
Costinha e/ou Lemajic. Enterravam à vez.

Também... ainda me lembro dum belo dum frango do Lamjic em pleno Santiago Bernabéu quando o nosso Sporting estava a fazer uma exibição épica a encostar literalmente o Real Madrid à cordas. Nunca estivemos tão perto de eliminar o Real como dessa vez.
Costinha e/ou Lemajic. Enterravam à vez.

Também... ainda me lembro dum belo dum frango do Lamjic em pleno Santiago Bernabéu quando o nosso Sporting estava a fazer uma exibição épica a encostar literalmente o Real Madrid à cordas. Nunca estivemos tão perto de eliminar o Real como dessa vez.

Relembra-me lá, foi um jogo em que estavamos a ganhar 2-0 com 2 golos de Sá Pinto e acabamos empatados 2-2? Acho que não deve ser, tenho ideia de que já foi bem mais tarde. Antes disso, não me recordo de mais nenhum confronto com o Real.
Costinha e/ou Lemajic. Enterravam à vez.

Também... ainda me lembro dum belo dum frango do Lamjic em pleno Santiago Bernabéu quando o nosso Sporting estava a fazer uma exibição épica a encostar literalmente o Real Madrid à cordas. Nunca estivemos tão perto de eliminar o Real como dessa vez.

Relembra-me lá, foi um jogo em que estavamos a ganhar 2-0 com 2 golos de Sá Pinto e acabamos empatados 2-2? Acho que não deve ser, tenho ideia de que já foi bem mais tarde. Antes disso, não me recordo de mais nenhum confronto com o Real.

Este foi o jogo em Alvalade. O de Madrid tinha sido antes, e nota os comentários que o pessoal faz no vídeo do Youtube.

[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=ay-ammmtVHU[/youtube]

Perdemos 1-0 em pleno Santiago Bernabéu com um frango do Lemajic e em Alvalade estivemos a ganhar 2-0, ou seja, estivemos quase, quase, quase a eliminar o poderoso... se não fosse o Lemajic mais uma vez e o Michael Laudrup.
« Última modificação: Fevereiro 26, 2012, 15:59 pm por Gêbêeme »
Aquela equipa tinha muita classe e ao mesmo tempo muita irreverência dada pelos campeões de Riade e de Lisboa.

O Jusko, do que me lembro dele, oscilou entre o muito bom e o sofrível. Acho que aquele golo ao Boavista foi o seu melhor momento no Sporting.

Saudades de ver com o nº 10 um senhor chamado Kasimir Balakov, um dos melhores jogadores que passaram pelo nosso clube nos últimos 20 anos.

Aquela equipa só não foi campeã porque tinha um treinador chamado Carlos Queiroz.

Porque tinha um treinador chamado Carlos Queiroz sim tens alguma razão, mas a meu ver não tens toda, pois nessa altura andava a corrupção ainda pior do que hoje a arrasar-nos por completo nós que tínhamos só a melhor equipa Portuguesa nessa época.

SL
23-03-2013 A noite mais feliz da minha vida como Sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem haja Presidente!
E lembro-me de uma mocada que ele deu no Fernando Couto, virando-o ao contrário, puro estilo malabarista. Nunca o Fernando Couto, perito em acotovelar jogadores adversários (grandes problemas tinha ele com outro porco, o Mozer), levou uma como aquela. Perdemos esse jogo contra o Porto, com 2 ou 3 expulsões.
Citar
Chev Chelios:

E lembro-me de uma mocada que ele deu no Fernando Couto, virando-o ao contrário, puro estilo malabarista. Nunca o Fernando Couto, perito em acotovelar jogadores adversários (grandes problemas tinha ele com outro porco, o Mozer), levou uma como aquela. Perdemos esse jogo contra o Porto, com 2 ou 3 expulsões.


Verdade. Mocada em resposta a outra, de Couto. Resultado: Jusko expulso e o jogador do porto fica em campo.
E lembro-me de uma mocada que ele deu no Fernando Couto, virando-o ao contrário, puro estilo malabarista. Nunca o Fernando Couto, perito em acotovelar jogadores adversários (grandes problemas tinha ele com outro porco, o Mozer), levou uma como aquela. Perdemos esse jogo contra o Porto, com 2 ou 3 expulsões.

Esse jogo foi das maiores roubalheiras que já vi. O Jusko, que apesar do físico era um jogador bastante meiguinho, fartou-se de levar socos e biqueiradas, sempre com a complacência do árbitro, quando por fim reagiu, com raiva, pimba, ordem de expulsão.

Felizmente que passado uns anos tivémos um outro ponta de lança, que também sabia devolver nas barbas dos árbitros, e desse modo acabou por deslocar a mandíbula de um andrade sarrafeiro. Mas isso já é uma história de outro tópico.  :mrgreen:
E lembro-me de uma mocada que ele deu no Fernando Couto, virando-o ao contrário, puro estilo malabarista. Nunca o Fernando Couto, perito em acotovelar jogadores adversários (grandes problemas tinha ele com outro porco, o Mozer), levou uma como aquela. Perdemos esse jogo contra o Porto, com 2 ou 3 expulsões.

Esse jogo foi das maiores roubalheiras que já vi. O Jusko, que apesar do físico era um jogador bastante meiguinho, fartou-se de levar socos e biqueiradas, sempre com a complacência do árbitro, quando por fim reagiu, com raiva, pimba, ordem de expulsão.

Felizmente que passado uns anos tivémos um outro ponta de lança, que também sabia devolver nas barbas dos árbitros, e desse modo acabou por deslocar a mandíbula de um andrade sarrafeiro. Mas isso já é uma história de outro tópico.  :mrgreen:

Bem sabemos que este não é o tópico dele, mas ficar-me-ia mal não lhe prestar uma vénia virtual!

Está dada! :D ;D 8)
E lembro-me de uma mocada que ele deu no Fernando Couto, virando-o ao contrário, puro estilo malabarista. Nunca o Fernando Couto, perito em acotovelar jogadores adversários (grandes problemas tinha ele com outro porco, o Mozer), levou uma como aquela. Perdemos esse jogo contra o Porto, com 2 ou 3 expulsões.

Esse jogo foi das maiores roubalheiras que já vi. O Jusko, que apesar do físico era um jogador bastante meiguinho, fartou-se de levar socos e biqueiradas, sempre com a complacência do árbitro, quando por fim reagiu, com raiva, pimba, ordem de expulsão.

Felizmente que passado uns anos tivémos um outro ponta de lança, que também sabia devolver nas barbas dos árbitros, e desse modo acabou por deslocar a mandíbula de um andrade sarrafeiro. Mas isso já é uma história de outro tópico.  :mrgreen:

Bem sabemos que este não é o tópico dele, mas ficar-me-ia mal não lhe prestar uma vénia virtual!

Está dada! :D ;D 8)

O adjunto do vitinho nunca mais se esqueceu do grande BA! :P :dance: :dance:
É nosso outra vez!
Vale tudo neste tópico  ::)  menos por em causa a sua presença neste Orgulho Leonino:shhh: Lá vou ter mais um post apagado... aqui sai um belo de um print screen para a posteridade.

Ele há coisas do catano  :think:
Costinha e/ou Lemajic. Enterravam à vez.

Também... ainda me lembro dum belo dum frango do Lamjic em pleno Santiago Bernabéu quando o nosso Sporting estava a fazer uma exibição épica a encostar literalmente o Real Madrid à cordas. Nunca estivemos tão perto de eliminar o Real como dessa vez.

Relembra-me lá, foi um jogo em que estavamos a ganhar 2-0 com 2 golos de Sá Pinto e acabamos empatados 2-2? Acho que não deve ser, tenho ideia de que já foi bem mais tarde. Antes disso, não me recordo de mais nenhum confronto com o Real.

Este foi o jogo em Alvalade. O de Madrid tinha sido antes, e nota os comentários que o pessoal faz no vídeo do Youtube.

[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=ay-ammmtVHU[/youtube]

Perdemos 1-0 em pleno Santiago Bernabéu com um frango do Lemajic e em Alvalade estivemos a ganhar 2-0, ou seja, estivemos quase, quase, quase a eliminar o poderoso... se não fosse o Lemajic mais uma vez e o Michael Laudrup.

1º jogo em Madrid:

[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=XjBiGXiwBxs[/youtube]

Acho que o golo sofrido em Alvaldade é mais grave do que este em Madrid, lembro-me também que foi o Sá Pinto que perdeu a bola à entrada da área num passe falhado do qual resultou este golo deles. Logo na jogada a seguir tem um lance magistral mas atira ao poste.  ^-^
No 2º jogo também ficaram por marcar dois pénaltis claros a nosso favor.

Tempos em que o nosso futebol era muito superior ao do Real Madrid.

Sporting Sempre
Ir a Madrid e acertar 3 nos ferros, não é para todos. Já imaginaram se todas elas tivessem entrado?
Ir a Madrid e acertar 3 nos ferros, não é para todos. Já imaginaram se todas elas tivessem entrado?

 :arrow: :arrow: :arrow:

Jogávamos muito à bola e não me venham dizer que era o Real que jogava pouco.
Essa equipa de 94/95 jogava muito. Essa jogatana em Madrid foi qualquer coisa... pena não termos passado.

O Lemajic era fraco, sim. O Costinha, dentro das suas limitações e apesar de ainda ser muito jovem, sempre achei que tinha potencial, acabou por fazer uma carreira interessante, com boas épocas em Leiria, por exemplo.

Lembro-me que era titular das seleções jovens e chegou a ser chamado a estágios da selecção A, estando nos pré-seleccionados para o Euro 96.

Acho que ficou muito marcado pelo jogo de Salzburgo, onde esteve francamente mal. Mas não o acho assim tão fraco... ainda acabou por fazer grandes jogos contra o benfica, já no Leiria  :)