Fórum SCP

As semelhanças com 1999-2000

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Em Maio de 2000, houve vários dias de festa rija em Portugal e por todo o mundo. O Sporting acabou um jejum de 18 anos sem ganhar o campeonato, e com uma equipa considerada por muitos como outsider, fez das fraquezas forças, uniu-se com uma onda verde criada pelos adeptos, e conseguiu a conquista do título num memorável jogo em Paranhos, com o estádio a abarrotar de adeptos verde-e-brancos.

Vem esta história a que propósito?

Cada dia, noto cada vez mais semelhanças da presente época com essa época. E passo a explicá-las.

1999-2000
  • Nesse início da época, onde houve também uma revolução do plantel e uma data de contratações, tínhamos um treinador estrangeiro chamado Giusepe Materazzi. A época começou mal, muito mal, com uma derrota humilhante em casa com o Viking e o despedimento do treinador italiano. A equipa jogava mau futebol, e a pressão das bancadas resultou no despedimento de G.M e na contratação de Augusto Inácio, ex-jogador do Sporting e do futebol clube do porto.
  • A equipa melhorou, mas de súbito uma das figuras, o trinco Delfim, dono de um pontapé canhão invejável, lesiona-se gravemente nas costas. O seu substituto era um jovem português, de seu nome Luis Vidigal, por quem ninguém dava muito apesar do seu reconhecido Sportinguismo, e logo se levantaram as vozes da desgraça dizendo que sem Delfim,tudo estaria perdido.
  • A equipa-tipo desse ano (depois de Janeiro) era Schmeichel, César Prates, André Cruz, Beto, Rui Jorge, Vidigal, Duscher, Pedro Barbosa (com Tonito a entrar aos 60 minutos sempre), De Franchesci, Ayew (Mbo Mpenza) e Beto Acosta.
  • Espanhóis, argentinos, brasileiros, dinamarqueses, portugueses, belgas, ganeses. Uma enormidade de nações representadas, e que no fim nos permitiram fazer a festa.

2011-2012
  • Este ano o treinador chama-se Domingos Paciência, foi jogador do Porto, e esteve prestes a ser jogador do Sporting quando saiu do Tenerife. O inicio também foi muito mau, com uma derrota humilhante frente ao Valência e más exibições até ao jogo de Paços de Ferreira. Domingos, felizmente, permaneceu no cargo.
  • A equipa começou a jogar bem mas, de súbito, uma das figuras, o trinco Rinaudo, dono de uma capacidade de recuperação e uma agressividade notável, lesiona-se gravemente no pé. O seu substituto era um jovem português, de seu nome André Santos, por quem ninguem dava muito apesar do seu reconhecido Sportinguismo, e logo se levantaram as vozes da desgraça dizendo que sem Rinaudo,tudo estaria perdido.
  • A equipa-tipo deste ano (antes de Janeiro e depois da lesão de Fito) é Rui Patrício, João Pereira, Onyewu, Carriço, Insua, André Santos, Schaars, Elias, Andrés Carrillo, Capel e Ricky Von Wolfswinkel.
  • Um 4-3-3 com um trinco, 2 interiores, 2 extremos bem abertos, flectindo um mais para o meio (Carrillo) e ficando outro mais colado à ala (Capel), e um avançado simultaneamente lutador e finalizador.
  • Espanha, Argentina, Perú, Brasil, Portugal, Holanda, Chile, Bulgária e Colômbia. Uma enormidade de nações representadas.


Vamos agora a mais umas semelhanças, só para aguçar o apetite.

- Schaars-Schmeichel- 2 dos jogadores com maior currículo a aterrar em Portugal. Quão comum é aparecer um jogador em Portugal cujo nome começe por Sch?
- Quantas vezes já ouviram, no estádio ou entre amigos, que antes de chegar Insua, não tinhamos um bom lateral esquerdo desde...Rui Jorge?
- Onyewu e André Cruz vieram do futebol italiano para o Sporting. Beto e Carriço foram formados em Alvalade.
- Olhem para o estilo de jogo e mesmo para o físico de Capel, e digam-me se não faz lembrar De Franceschi.
- Olhem para o falso lento Carrillo, a sua técnica, e digam-me se não vos faz lembrar o nosso antigo nr 8 e capitão?


Eu acredito que isto só quer dizer uma coisa. O fim da época 2011/12 vai ser igual ao fim da época 1999/00!
FORÇA SPORTING!


© McCandless 2011
« Última modificação: Novembro 07, 2011, 02:25 am por Paracelsus »
As semelhanças com 99/00.

Em Maio de 2000, houve vários dias de festa rija em Portugal e por todo o mundo. O Sporting acabou um jejum de 18 anos sem ganhar o campeonato, e com uma equipa considerada por muitos como outsider, fez das fraquezas forças, uniu-se com uma onda verde criada pelos adeptos, e conseguiu a conquista do título num memorável jogo em Paranhos, com o estádio a abarrotar de adeptos verde-e-brancos.
Vem esta história a que propósito?
Cada dia, noto cada vez mais semelhanças da presente época com essa época. E passo a explicá-las.
Nesse início da época, onde houve também uma revolução do plantel e uma data de contratações, tinhamos um treinador estrangeiro chamado Giuissepe Materazzi. A época começou mal, muito mal, com uma derrota humilhante em casa com o Viking e o despedimento do treinador italiano. A equipa jogava mau futebol, e a pressão das bancadas resultou no despedimento de G.M e na contratação de Augusto Inácio, ex-jogador do Sporting e do futebol clube do porto.
A equipa melhorou, mas de súbito uma das figuras, o trinco Delfim, dono de um pontapé canhão invejável, lesiona-se gravemente nas costas. O seu substituto era um jovem português, de seu nome Luis Vidigal, por quem ninguém dava muito apesar do seu reconhecido Sportinguismo, e logo se levantaram as vozes da desgraça dizendo que sem Delfim,tudo estaria perdido.
A equipa-tipo desse ano( depois de Janeiro) era Schmichael, César Prates, André Cruz, Beto, Rui Jorge, Vidigal, Duscher, Pedro Barbosa(com Tonito a entrar aos 60 minutos sempre), De Franchesci, Ayew(Mbo Mpenza) e Beto Acosta.
Espanhóis, argentinos, brasileiros, dinamarqueses, portugueses, belgas, ganeses. Uma enormidade de nações representadas, e que no fim nos permitiram fazer a festa.

Este ano,o treinador chama-se Domingos Paciência, foi jogador do Porto, e esteve prestes a ser jogador do Sporting quando saiu do Tenerife. O inicio também foi muito mau, com uma derrota humilhante frente ao Valência e más exibições até ao jogo de Paços de Ferreira. Domingos, felizmente, permaneceu no cargo.
A equipa começou a jogar bem mas, de súbito, uma das figuras, o trinco Rinaudo, dono de uma capacidade de recuperação e uma agressividade notável, lesiona-se gravemente no pé. O seu substituto era um jovem português, de seu nome André Santos, por quem ninguem dava muito apesar do seu reconhecido Sportinguismo, e logo se levantaram as vozes da desgraça dizendo que sem Rinaudo,tudo estaria perdido.
A equipa-tipo deste ano(antes de Janeiro e depois da lesão de Fito) é Rui Patrício, João Pereira, Onyewu, Carriço, Insua, André Santos, Schaars, Elias, Andrés Carrillo, Capel e Ricky Von Wolfswinkel.
Um 4-3-3 com um trinco, 2 interiores, 2 extremos bem abertos, flectindo um mais para o meio(Carrillo) e ficando outro mais colado à ala(Capel), e um avançado simultaneamente lutador e finalizador.
Espanha, Argentina,Perú,Brasil,Portugal, Holanda, Chile, Bulgária e Colômbia. Uma enormidade de nações representadas.
Vamos agora a mais umas semelhanças, só para aguçar o apetite.
Schaars-Schmichael- 2 dos jogadores com maior currículo a aterrar em Portugal. Quão comum é aparecer um jogador em Portugal cujo nome começe por Sch?
Quantas vezes já ouviram, no estádio ou entre amigos, que antes de chegar Insua, não tinhamos um bom lateral esquerdo desde...Rui Jorge?
Onyewu e André Cruz vieram do futebol italiano para o Sporting. Beto e Carriço foram formados em Alvalade.
Olhem para o estilo de jogo e mesmo para o físico de Capel, e digam-me se não faz lembrar De Franschesci.
Olhem para o falso lento Carrillo, a sua técnica, e digam-me se não vos faz lembrar o nosso antigo nr 8 e capitão?

Eu acredito que isto só quer dizer uma coisa. O fim da época 11\12 vai ser igual ao fim da época 99/00!
FORÇA SPORTING!



Pegaste em pormenores que vinham sendo reparados por todos e escreveste um belo texto!  :clap:
 Eu também acredito! Este é o ano!  :arrow:
Oxalá tenhas razão  ;D
Já agora, bom texto. Parabéns!
Abraço e Saudações Leoninas
Bom texto, só uma correcção: escreve-se Schmeichel, não schmichael... meti o nome a grande como a pessoa em causa merece.  :great:
Deus te oiça amigo, Deus te oiça :pray:

"Quem não sabe perder também não sabe ganhar", Nani 05/11/2014
Apesar de o meu cepticismo militante não me permitir encontrar algum sinal nessas coincidências, não deixo de desejar o mesmo fim. Estou confiante no campeonato! :victory:
Com 19 anos apenas chegou a Lisboa a 26 de Junho de 1937 e não assinou logo contrato. Deu apenas a sua palavra de honra em como jogaria no Sporting sem ter sequer discutido questões monetárias. Apesar de abordado por um clube do norte, pensa-se serem os corruptos, e também pelos lampiões, oferecendo-lhe melhores condições, Peyroteo não aceitou pois estava verbalmente comprometido com o Sporting.

NEM QUE FOSSE O RONALDO! - bdc

Ui era festa rija durante dias! O Marquês  vinha abaixo. Era tão lindo  :D
Bom artigo McCandless, apesar de achar que vai ser bastante complicado sermos campeões este ano devido à qualidade dos rivais (especialmente do Benfica).

Em relação às comparações, concordo com algumas e com outras discordo. Penso que em termos ofensivos temos mais qualidade que em 99/00. Capel é melhor que Di Francheschi e ainda temos Jeffren, Carrillo, Matias Fernandez, Van Wolsfwinkel e Rubio. Há 10 anos atrás tínhamos jogadores como Ayew e Mpenza que, não sendo coxos, não eram propriamente portentos futebolísticos.

Em termos defensivos, contudo, estamos piores. André Cruz, Rui Jorge, César Prates e Beto formavam um quarteto de grande nível. Qualquer destes centrais era melhor que os nossos actuais, o César Prates está ao mesmo nível do João e o Rui Jorge era mais forte defensivamente que o Insua - embora fosse pior em termos ofensivos.

Caberá ao treinador saber potenciar as qualidade e minorar os defeitos da equipa. Se o fizer, esperemos que o desfecho seja idêntico ao primeiro campeonato do milénio.
"The one thing that doesn't abide by majority rule is a person's conscience." - Harper Lee

Honestamente, não vejo assim tantas semelhanças. A maioria, já referida no singular, até acho forçada.

Não vejo qualquer ligação entre os 3 treinadores e até acho que a história tem sido injusta com alguns intervenientes. A lesão de Rinaudo e a de Delfim... bem, lesões acontecem e sempre que alguém importante (ou com estatuto de titular/pilar da equipa) se lesiona, surge sempre essa ideia de que já fomos. Não sei se André Santos será o Vidigal dessa história, primeiro porque, futebolisticamente, não são comparáveis e depois porque não sei se ele está perfilado para ser o substituto.

Por outro lado, Schaars e Schmeichel começam por "Sch", não é habitual... mas estás a ser irónico, certo?  :lol: Se fosse tão simples como um Sch, saía barato!

Naquela época só a substituição de Ayew por Mbo Mpenza (e vice-versa) sugeria uma forma inteiramente diferente de jogar. Hoje em dia também temos o mesmo... mas isso acontece sempre que mudam dois jogadores diferentes na forma de encarar o jogo.

Para outra semelhanças:

- Onyewu e André Cruz vieram do futebol italiano para o Sporting. Beto e Carriço foram formados em Alvalade.

E? Apenas coincidência... Porque semelhanças futebolísticas... Bem, o Carriço sujeita-se a evoluir tanto quanto o Beto, infelizmente.

- Olhem para o estilo de jogo e mesmo para o físico de Capel, e digam-me se não faz lembrar De Franceschi.

Ok.

- Olhem para o falso lento Carrillo, a sua técnica, e digam-me se não vos faz lembrar o nosso antigo nr 8 e capitão?

 :think: Não, nem por isso.


Eu acredito que isto só quer dizer uma coisa. O fim da época 2011/12 vai ser igual ao fim da época 1999/00!
FORÇA SPORTING!


© McCandless 2011

Espero bem que sim. Se for necessário até passo a concordar com todas as semelhanças!  :mrgreen:
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
se formos campeões pinto a 25 de Abril de Verde  :lol:

Bom tópico  :great:
"Classe e qualidade. Vamos lá ganhar esta merd* caralh*"
Pedro Barbosa
Muito bem escrito, e Deus queira que se realize a mesma festa rija  :victory:
Por acaso, até acho que esta época está a ser mais parecida com a 2001-2002 do que com a 1999-2000...
Como sou uma pessoa crente, Deus te oiça e que sejamos mesmo campeão, ia-me dar um gozo enorme festejar esta vitoria.

Também me vai dar gozo calar lampiões e andrades.


Força SPORTING
el 14 de los Verdes es un crack
Que o resultado final seja o mesmo. :great:

Ninguém quer repetir isto??:





 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :beer:

O Jejum durou 17 anos e já foi tempo de mais, por isso, não o aumentem se faz favor.
Mas pronto, é como a história dos seis milhões ou da data de fundação dos lampiursos e já se sabe que uma mentira contada muitas vezes acaba por parecer verdade. É o tal "sleep teaching" da imprensa lampiona. Depois há sempre alguns Sportinguistas que ajudam à festa e dizem Estádio Alvalade XXI ou Academia de Alcochete. O nosso Estádio chama-se José Alvalade e a Academia chama-se Academia Sporting.
SPORTING, O CLUBE DE PORTUGAL !!!
Não acho que haja assim tantas semelhanças entre as duas épocas, embora se possa ainda acrescentar que os extremos Capel e De Franceschi têm ambos o cabelo claro, e que ambos são muito queridos pela massa associativa.  ;)
Mas oxalá estejas 100% certo, e o Sporting nos dê, este ano, grandes alegrias!
Eu acredito!  8)
São coincidencias sim de facto foi muito bem observado, deus te oiça.. e como eu queria tanto que esse momento chegasse novamente, nunca mais me vou esquecer a primeira vez que vi o meu SPORTING ser CAMPEAO na minha vida... Sou um rapaz nortenho, mais concretamente de v.n.gaia e foi de facto uma onda VERDE e BRANCA, enchemos o porto todo de SPORTINGUISMO como nunca tinha visto e sou capaz de afirmar que muitos andrades mudaram de clube e foram sportinguistas nessa epoca. ehehe...
Que gozo me deu ir pra praça dos aliados fazer a festa e gritar bem alto como todos os outros sportinguistas que la estavam, O SPORTING É O GRANDE CAMPEÃO...
Acho a equipa de 1999 superior a esta, mas talvez seja a nostalgia a vir ao de cima. Comparar por exemplo o César Prates ao João Pereira ou o Schmeichel ao Rui é comparar o Messi ao Quaresma, nem sequer estão no mesmo campeonato.

Também beneficiamos muito dos nossos rivais estarem mais fracos, o que infelizmente não é o caso agora.

Mas eu sou um pessimista por natureza, espero que me engane.
e vais te enganar amigo beerfan os nossos adversarios nao estao assim tao fortes como eles "dizem" pelo menos é a sensação que eu tenho, ao contrario de nos que estamos bem mais fortes, nao so mas tambem, pelo menos psicologicamente do que nestes ultimos anos... EU ACREDITOOOO!! Força SPORTING!!! Estamos fortes