Asus Transformer Prime - Apresentação Oficial em Novembro

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

serviços de cloud existem muitos (dropbox, Adrive, etc), sendo uns mais fácies de usar, outros menos, mas existem ,e até com boas capacidades (a nível de espaço). agora, quando não estão acessíveis, nada como ter espaço extra no dispositivo. eu, por exemplo, uso o telemóvel como media player no carro, e quandou vou passear, ou fazer jogging. e nestas situações, gosto de ir a ouvir música. se não tivesse espaço no dispositivo, o meu plafond de 500 MB mensal não me durava uma semana...

Pois, se calhar, eu tenho 8GB no meu iPhone com mais de 1000 músicas por lá e até agora nunca precisei de mais espaço :inde:, e imagino que com mais de 20 GB esse problema não se vá colocar tão cedo. ;D
serviços de cloud existem muitos (dropbox, Adrive, etc), sendo uns mais fácies de usar, outros menos, mas existem ,e até com boas capacidades (a nível de espaço). agora, quando não estão acessíveis, nada como ter espaço extra no dispositivo. eu, por exemplo, uso o telemóvel como media player no carro, e quandou vou passear, ou fazer jogging. e nestas situações, gosto de ir a ouvir música. se não tivesse espaço no dispositivo, o meu plafond de 500 MB mensal não me durava uma semana...

Pois, se calhar, eu tenho 8GB no meu iPhone com mais de 1000 músicas por lá e até agora nunca precisei de mais espaço :inde:, e imagino que com mais de 20 GB esse problema não se vá colocar tão cedo. ;D

Dizes isso pelas limitações inerentes ao equipamento. Eu por exemplo não dispenso um tablet que leia na perfeição Mkv's de 1080p (por isso é que ainda não tenho nenhum, pois até ao Prime, nenhum era capaz de o fazer), pois vou regularmente usá-lo para ver filmes com essa resolução. Sendo que cada um dos filmes ocupa cerca de 9 Gb, tenho já uma pen usb de 64 Gb só à espera que o Prime saia cá para fora!  ;D
serviços de cloud existem muitos (dropbox, Adrive, etc), sendo uns mais fácies de usar, outros menos, mas existem ,e até com boas capacidades (a nível de espaço). agora, quando não estão acessíveis, nada como ter espaço extra no dispositivo. eu, por exemplo, uso o telemóvel como media player no carro, e quandou vou passear, ou fazer jogging. e nestas situações, gosto de ir a ouvir música. se não tivesse espaço no dispositivo, o meu plafond de 500 MB mensal não me durava uma semana...

Pois, se calhar, eu tenho 8GB no meu iPhone com mais de 1000 músicas por lá e até agora nunca precisei de mais espaço :inde:, e imagino que com mais de 20 GB esse problema não se vá colocar tão cedo. ;D

Dizes isso pelas limitações inerentes ao equipamento. Eu por exemplo não dispenso um tablet que leia na perfeição Mkv's de 1080p (por isso é que ainda não tenho nenhum, pois até ao Prime, nenhum era capaz de o fazer), pois vou regularmente usá-lo para ver filmes com essa resolução. Sendo que cada um dos filmes ocupa cerca de 9 Gb, tenho já uma pen usb de 64 Gb só à espera que o Prime saia cá para fora!  ;D

Num ecrã daquele tamanho contento-me perfeitamente com vídeos uma resolução menor (por exemplo, a resolução máxima do Youtube chega-me perfeitamente ;D), mas existirão certamente pessoas a dar outro tipo de utilização a estes aparelhos, muitas vezes até por inerência à própria profissão. :great:
Realmente, há coisas que eu não percebo no mundo da tecnologia.

Ver um 1080p num tablet? Primeiro, aquilo nem resolução FullHD tem, logo não gere a 100% a resolução do ficheiro de origem (1920x1080)

Segundo, eu vejo os meus filmes em 720p numa 32" e dos 720p para os 1080p noto diferença, mas nada que me faça justificar o dobro dos GB ou mais no ficheiro. só vejo 1080p de filmes com muitos efeitos ou assim.

1080p é justificável apenas em TV´s de 100cm ou mais! ai sim, nota-se bem a qualidade.

atacar um tablet com um 1080p é um fail tecnologico.
Realmente, há coisas que eu não percebo no mundo da tecnologia.

Ver um 1080p num tablet? Primeiro, aquilo nem resolução FullHD tem, logo não gere a 100% a resolução do ficheiro de origem (1920x1080)

Segundo, eu vejo os meus filmes em 720p numa 32" e dos 720p para os 1080p noto diferença, mas nada que me faça justificar o dobro dos GB ou mais no ficheiro. só vejo 1080p de filmes com muitos efeitos ou assim.

1080p é justificável apenas em TV´s de 100cm ou mais! ai sim, nota-se bem a qualidade.

atacar um tablet com um 1080p é um fail tecnologico.

Partes de pressupostos falaciosos.

A questão é que tenho uma tv de 42, onde vejo e colecciono os filmes hd em 1080p, porque têm melhor qualidade, porque a noto, e porque gosto.

É natural que queira aproveitar os filmes que colecciono ao invés de sacar novas versões em 720p não achas?  ;)
quem "compra" filmes a 1080p sabe bem o tamanho destes, é preciso uma linha rápida, é com facilidade de arranjas um 720p.

Mesmo com esse argumento, continuo a achar um exagero!
quem "compra" filmes a 1080p sabe bem o tamanho destes, é preciso uma linha rápida, é com facilidade de arranjas um 720p.

Mesmo com esse argumento, continuo a achar um exagero!

Isso é extremamente discutível, mas gostos não se discutem. Mais discutível é o facto de achares que é preferível ter 720p quando já tenho os 1080p com o remux feito, e com as legendas que quero como quero. Eu prefiro ter a melhor qualidade possível, independentemente do tamanho. Mas isso é uma discussão que não é para aqui chamada. Até podes achar o maior exagero do mundo, mas isso é subjectivo. Há quem não ache, e o Prime permite-te ter acesso a esse exagero, ao contrário dos outros tablets do mercado.

P.S.
 
E ainda te esqueces que tb vou usar o Prime como media player para, através de Hdmi, ver os filmes que quero, quando quero, e algumas vezes num belo plasma de 52''  ;D
« Última modificação: Novembro 28, 2011, 17:08 pm por rebentador »
serviços de cloud existem muitos (dropbox, Adrive, etc), sendo uns mais fácies de usar, outros menos, mas existem ,e até com boas capacidades (a nível de espaço). agora, quando não estão acessíveis, nada como ter espaço extra no dispositivo. eu, por exemplo, uso o telemóvel como media player no carro, e quandou vou passear, ou fazer jogging. e nestas situações, gosto de ir a ouvir música. se não tivesse espaço no dispositivo, o meu plafond de 500 MB mensal não me durava uma semana...

Pois, se calhar, eu tenho 8GB no meu iPhone com mais de 1000 músicas por lá e até agora nunca precisei de mais espaço :inde:, e imagino que com mais de 20 GB esse problema não se vá colocar tão cedo. ;D

Dizes isso pelas limitações inerentes ao equipamento. Eu por exemplo não dispenso um tablet que leia na perfeição Mkv's de 1080p (por isso é que ainda não tenho nenhum, pois até ao Prime, nenhum era capaz de o fazer), pois vou regularmente usá-lo para ver filmes com essa resolução. Sendo que cada um dos filmes ocupa cerca de 9 Gb, tenho já uma pen usb de 64 Gb só à espera que o Prime saia cá para fora!  ;D

Num ecrã daquele tamanho contento-me perfeitamente com vídeos uma resolução menor (por exemplo, a resolução máxima do Youtube chega-me perfeitamente ;D), mas existirão certamente pessoas a dar outro tipo de utilização a estes aparelhos, muitas vezes até por inerência à própria profissão. :great:

Profissão ou passatempos e colecções mais ou menos obssessivas!  ;)
quem "compra" filmes a 1080p sabe bem o tamanho destes, é preciso uma linha rápida, é com facilidade de arranjas um 720p.

Mesmo com esse argumento, continuo a achar um exagero!

Isso é extremamente discutível, mas gostos não se discutem. Mais discutível é o facto de achares que é preferível ter 720p quando já tenho os 1080p com o remux feito, e com as legendas que quero como quero. Eu prefiro ter a melhor qualidade possível, independentemente do tamanho. Mas isso é uma discussão que não é para aqui chamada. Até podes achar o maior exagero do mundo, mas isso é subjectivo. Há quem não ache, e o Prime permite-te ter acesso a esse exagero, ao contrário dos outros tablets do mercado.

P.S.
 
E ainda te esqueces que tb vou usar o Prime como media player para, através de Hdmi, ver os filmes que quero, quando quero, e algumas vezes num belo plasma de 52''  ;D

Bastava dizeres o que está no P. S.  E esta discussão nem tinha acontecido. Aquilo vai estar em full hd na TV ou na resolução do tablet?

Eu por exemplo, uso o WDTV live e umas colunas da bose :)
quem "compra" filmes a 1080p sabe bem o tamanho destes, é preciso uma linha rápida, é com facilidade de arranjas um 720p.

Mesmo com esse argumento, continuo a achar um exagero!

Isso é extremamente discutível, mas gostos não se discutem. Mais discutível é o facto de achares que é preferível ter 720p quando já tenho os 1080p com o remux feito, e com as legendas que quero como quero. Eu prefiro ter a melhor qualidade possível, independentemente do tamanho. Mas isso é uma discussão que não é para aqui chamada. Até podes achar o maior exagero do mundo, mas isso é subjectivo. Há quem não ache, e o Prime permite-te ter acesso a esse exagero, ao contrário dos outros tablets do mercado.

P.S.
 
E ainda te esqueces que tb vou usar o Prime como media player para, através de Hdmi, ver os filmes que quero, quando quero, e algumas vezes num belo plasma de 52''  ;D

Bastava dizeres o que está no P. S.  E esta discussão nem tinha acontecido. Aquilo vai estar em full hd na TV ou na resolução do tablet?

Eu por exemplo, uso o WDTV live e umas colunas da bose :)

Tenho quase a certeza absoluta que fica em full hd na tv, mas lá está, como ele ainda não saiu, não posso garantir a 100%  :)
E ainda te esqueces que tb vou usar o Prime como media player para, através de Hdmi, ver os filmes que quero, quando quero, e algumas vezes num belo plasma de 52''  ;D

Ah, mas pra isso é que existem leitores de Blu-Ray que estão comodamente perto da TV à distância de um dedo no comando sem ser preciso ligar cabos ou configurar seja o que for. :mrgreen:
E ainda te esqueces que tb vou usar o Prime como media player para, através de Hdmi, ver os filmes que quero, quando quero, e algumas vezes num belo plasma de 52''  ;D

Ah, mas pra isso é que existem leitores de Blu-Ray que estão comodamente perto da TV à distância de um dedo no comando sem ser preciso ligar cabos ou configurar seja o que for. :mrgreen:

Mas esses ainda não me lêem os Mkv's da pen, e não existem em casa de todos os amigos :)
Imagino que esse tipo de utilização seja muito muito restrito (para ver ficheiros mkv em HD na casa de amigos que não tenham leitor Bluray), portanto não vai ser por aí que este tablet irá ganhar pontos aos concorrentes.
Imagino que esse tipo de utilização seja muito muito restrito (para ver ficheiros mkv em HD na casa de amigos que não tenham leitor Bluray), portanto não vai ser por aí que este tablet irá ganhar pontos aos concorrentes.

Olhe que vai, olhe que vai!  :P

Agora fora de brincadeira, é uma funcionalidade importante poder servir de media player para ficheiros mkv 1080p, até porque não tenho conhecimento de leitores de blu ray que façam uma boa leitura destes ficheiros por usb. Até aqui tinha que andar com o portátil às costas. O teu leitor já lê mkv's na perfeição, com legendas e tudo? Qual é já agora?
« Última modificação: Novembro 28, 2011, 20:09 pm por rebentador »
Imagino que esse tipo de utilização seja muito muito restrito (para ver ficheiros mkv em HD na casa de amigos que não tenham leitor Bluray), portanto não vai ser por aí que este tablet irá ganhar pontos aos concorrentes.

Olhe que vai, olhe que vai!  :P

Agora fora de brincadeira, é uma funcionalidade importante poder servir de media player para ficheiros mkv 1080p, até porque não tenho conhecimento de leitores de blu ray que façam uma boa leitura destes ficheiros por usb. Até aqui tinha que andar com o portátil às costas. O teu leitor já lê mkv's na perfeição, com legendas e tudo? Qual é já agora?

Quando vou ao MediaMarket não olho para a extensão dos filmes que adquiro em DVD ou BlueRay, lamento. ;D. Mas garanto-te que fico satisfeitíssimo com a sua qualidade (pronto, também só tenho um plasma de 42''). :P
Imagino que esse tipo de utilização seja muito muito restrito (para ver ficheiros mkv em HD na casa de amigos que não tenham leitor Bluray), portanto não vai ser por aí que este tablet irá ganhar pontos aos concorrentes.

Olhe que vai, olhe que vai!  :P

Agora fora de brincadeira, é uma funcionalidade importante poder servir de media player para ficheiros mkv 1080p, até porque não tenho conhecimento de leitores de blu ray que façam uma boa leitura destes ficheiros por usb. Até aqui tinha que andar com o portátil às costas. O teu leitor já lê mkv's na perfeição, com legendas e tudo? Qual é já agora?

Quando vou ao MediaMarket não olho para a extensão dos filmes que adquiro em DVD ou BlueRay, lamento. ;D. Mas garanto-te que fico satisfeitíssimo com a sua qualidade (pronto, também só tenho um plasma de 42''). :P

Ah não? É que eu compro os filmes e ripo tudo para Mkv, para não gastar os discos! Por isso é essencial essa funcionalidade!  :P
Para quem quiser comparativos com iPad2, aqui ficam alguns dados do insuspeito AnandTech:















Toda a análise: http://www.anandtech.com/show/5163/asus-eee-pad-transformer-prime-nvidia-tegra-3-review


Para quem dizia que o iPad2 era "infinitamente inferior em tudo" olha que até nem se safa nada mal. ::) É o caso típico de máxima eficiência, como fazer muito com componentes mais limitados.
Como sempre, super afinados e oleados os produtos Apple, e eu não sou muito fã (só do osx, que venero)
Esses testes mostram aquilo em que o Ipad 2 era rei. A suavidade nas transições (aqui vistas sob a forma de FPS).
.
A grande evolução aqui é que com um sistema operativo já acabado (o Honeycomb) o prime já o conseguiu domar para níveis de suavidade inacreditáveis até aqui. Relembro que os fps medidos são indiferentes se forem superiores à taxa de refrescamento do ecrã em si. No ecrã do Ipad 2 e no do transformer prime, a taxa de refrescamento é de 60 Hz, pelo que, os Fps para uma suavidade máxima são os 60, valor que antes só o Ipad 2 atingia. A partir daí, é ineficiente e contra producente a produção de mais FPS, por gastar mais energia sem produzir mais “suavidade vísivel”

Assim, sempre que um aparelho com 60Hz de Refresh Rate no seu ecrã produz mais do que 60 Fps, está a gastar recursos desnecessários. Assim, o que a olho nu num gráfico parece uma grande qualidade, mostra uma falta de optimização natural para um aparelho dual core, e que não pode dosear na perfeição a energia do processador. Percebemos assim que o teste mostra afinal, que o Ipad 2 está até desafinado.

Apresento aqui um pequeno texto que explica talvez melhor aquilo a que me refiro, neste caso explicando os efeitos num computador:

“If you get higher fps than your LCD refresh rate, you get something called screen tearing

In general terms, you are wasting every frame produced above the lcd refresh rate and the power needed to produce them.

In games like CS:S it's important that you produce constant frames equal to higher than the server tick rate. (1 fps = 1 tick) So, if you are below you could be in "disadvantage" with other palyers.

In this case, usually, locking the game at 100 fps or 120 (max_fps command) it's enough ; if you can stand screen tearing

Nowadays, tick rate is 66 on servers. So if your average ftps is higher ot equal, that's fine. 300 it's just a waste. “

Quanto aos testes apresentados a 1024 x 768, são estranhos, porque essa não é a resolução nativa do Transformer Prime (é superior). Como todos sabemos, os lcd’s dão-se muito mal com resoluçoes que não são as suas nativas, e portanto, o que me admira nestes testes, é a proximidade de FPS entre o Prime e o Ipad 2, já que o Ipad deveria estar muito, mas muito mais preparado para lidar com a sua resolução nativa.

Mais uma vez exemplifico o que digo:

The native resolution of a LCD, LCoS or other flat panel display refers to its single fixed resolution. As an LCD display consists of a fixed raster, it cannot change resolution to match the signal being displayed as a CRT monitor can, meaning that optimal display quality can be reached only when the signal input matches the native resolution. An image where the number of pixels is the same as in the image source and where the pixels are perfectly aligned to the pixels in the source is said to be pixel perfect. [1]
“While CRT monitors can usually display images at various resolutions, an LCD monitor has to rely on interpolation (scaling of the image), which causes a loss of image quality. An LCD has to scale up a smaller image to fit into the area of the native resolution. This is the same principle as taking a smaller image in an image editing program and enlarging it; the smaller image loses its sharpness when it is expanded. This is especially problematic as most resolutions are in a 4:3 aspect ratio (640×480, 800×600, 1024×768, 1280×960, 1600×1200) but there are odd resolutions that are not, notably 1280×1024. If a user were to map 1024×768 to a 1280×1024 screen there would be distortion as well as some image errors, as there is not a one-to-one mapping with regard to pixels. This results in noticeable quality loss and the image is much less sharp.”
Portanto, acho estes estes testes algo incompreensíveis. Era o mesmo que tentar testar 1280 por 1024 no Ipad 2....

Depois, quanto as testes de bateria, não posso dizer que estou surpreendido. Ainda não existem as aplicações e o sistema operativo (ICS) que vão permitir a utilização do companion core do Tegra 3, e por isso é natural que nesse campo o Ipad e muitos mais tablets dêem ainda goleada ao prime.

Talvez por esquecimento, foram colocadas imagens aqui que mostram uma superioridade de FPS e de Battery Life do Prime, e não foram mostradas as outras imagens do teste.

Eu não as vou mostrar, até porque, como provei acima, muitas delas podem ser enganadoras para quem não está a par de tudo o que esta tecnologia envolve.

Vou deixar apenas as outras conclusões do teste:

Performance do CPU:

http://www.anandtech.com/show/5163/asus-eee-pad-transformer-prime-nvidia-tegra-3-review/2

Todos os testes à performance do CPU apresentados que envolvem o Ipad 2 ou outros, têm sempre o Asus transformer prime como o melhor do teste.

Teste Ao Display:

http://www.anandtech.com/show/5163/asus-eee-pad-transformer-prime-nvidia-tegra-3-review/4

Este teste mostra que o Ecrã do Transformer Prime bate, em todos os testes, toda a concorrência. Nomeadamente os testes abrangeram a pixel density, luminosidade, a qualidade dos pretos, o contraste e os ângulos de visualização.

Teste de Vídeo playback:
http://www.anandtech.com/show/5163/asus-eee-pad-transformer-prime-nvidia-tegra-3-review/5

Aqui não comparam o Transformer prime a nenhum específico, portanto vejam por vocês.

Teste de Qualidade da câmara:
http://www.anandtech.com/show/5163/asus-eee-pad-transformer-prime-nvidia-tegra-3-review/7
Aqui a câmara não é comparada directamente com ninguém, mas o Ipad 2 é tão mau neste campo, com a sua câmara de 0.7 Mega Pixels sem flash, que nem é comparável com um aparelho com uma câmara de 8 Mega Pixels e Flash. Pergunto-me porque raio a Apple utilizou estas câmaras miseráveis no seu tablet de topo, e não lhes colocou pelo menos as mesmas câmaras que utiliza no Iphone 4s...

Testes de Bateria:
Pelos vistos a unidade de teste da Asus enviada para a anandtech, tinha um problema qualquer, e uma nova unidade enviada mostra já consumos de bateria bem próximos do Ipad 2:
http://www.anandtech.com/show/5178/an-update-on-transformer-prime-battery-life-wifi-issues
No entanto volto a relembrar que só o ICS estará preparado para utilizar o companion core, pelo que temos de esperar para ver.

E penso que é isto. Não falei noutros aspectos, como a dock, ou a saída Hdmi e a performance em jogos proporcionada pelo Tegra 3, até porque penso não ser justo, pois nenhuma marca tem um teclado “dock” com estas capacidades, nem nenhuma marca tem um processador capaz dos mesmos efeitos que o Tegra 3 proporciona. Podem ver nos links o que dizem sobre isso de qualquer forma.
E penso que é o fim. Peço desculpa pelo testamento, mas nestas coisas da tecnologia, mostrar uns gráficos e analisá-los pela rama dá quase sempre uma interpretação errada. Agora, com os dados todos apresentados, fica para cada um a análise das capacidades do prime. Eu continuo a pensar que é o melhor tablet que já alguma vez existiu, pelos dados objectivos que tenho e aqui já apresentei, mas compreendo perfeitamente as opiniões contrários, visto que a máquina de lavagem cerebral (vide marketing) da Apple é muito forte e extremamente bem organizada, e pela capacidade da marca em optimizar equipamentos datados, e vendê-los como se tratassem do topo tecnológico que o seu preço poderia indicar.
« Última modificação: Dezembro 05, 2011, 23:57 pm por rebentador »
O Prime tem características de hardware muito interessantes. Mas eu - que até trabalho na área - confesso que hoje em dia dou uma importância mediana a esse aspecto: o mais importante é a "experiência para o utilizador", e isso vê-se no design do aparelho e nas suas funcionalidades.

O design do iPad é "made in apple": fantástico, desde o exterior até às aplicações. Mas, na minha opinião, com o android consegue-se "mais por menos". É certo que nem sempre os menus e aplicações são tão polidas, mas é um produto superior para mim porque:

- Não me prende aos produtos da Apple (o que é muito importante porque nem sequer tenho iTunes e nem podia ter, mesmo que quisesse)
- O hardware Apple é, em Portugal, mais caro que os concorrentes
- O software para os produtos Apple é mais caro (é um modelo de negócio frequente fazer uma versão gratuita para android e ganhar dinheiro vendendo a da apple - AngryBirds ou WhatsApp, anyone?)
- Posso fazer aplicações para o produto que compro (e para o fazer para um produto apple teria de gastar dinheiro em hardware e software)

Portanto, em termos de "funcionalidade e experiência", eu considero ter mais por menos com androids.

É por isso que estou ansiosamente à espera do Asus Prime. E só não sei ainda como serão os preços e disponibilidades da versão 3G e se quererei esperar por ela.