@VARiado

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Não há como fugir a este tema, o Sporting é o único clube que realmente quer a Verdade Desportiva e claro está a ferramenta do Vídeo-Árbitro que ajuda, desde que os padres não o avariem ou deixe de funcionar durante as missas.

até o bimbo da bosta que está desejoso de agarrar de novo o poder já quer trocar o VAR por um VARão num qualquer bar de alterne com muita fruta, café e chocolate à descrição.

Partilhem aqui todos os erros grosseiros do VAR, há já muita história para contar, mas esta jornada já mostrou que se com um dos corruptos a quer eliminar o vídeo-árbitro isto já não estava bom, agora com dois vai piorar.

ficam alguns exemplos...
« Última modificação: Dezembro 09, 2017, 22:48 pm por REI LEÃO »
ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA
https://socionumminuto.pt/
Não me parece que esse lance do golo do Boavista seja muito diferente do nosso em vila do conde. Lances no limite já se viu que o VAR respeita a decisão do árbitro
Não me parece que esse lance do golo do Boavista seja muito diferente do nosso em vila do conde. Lances no limite já se viu que o VAR respeita a decisão do árbitro

o VAR do jogo benfica-braga e benfica-portimonense riu-se...
ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA
https://socionumminuto.pt/
Não me parece que esse lance do golo do Boavista seja muito diferente do nosso em vila do conde. Lances no limite já se viu que o VAR respeita a decisão do árbitro

o VAR do jogo benfica-braga e benfica-portimonense riu-se...

Estou a comparar com o nosso jogo. Nos jogos do benfica o VAR tem sido muito caseiro sim, também influenciado pelas linhas que eles metem como querem.

Agora acho normal que tanto o golo do boavista hoje como o nosso em vila do conde não tenham sido anulados. São os dois no limite e sem linhas não consegues de maneira alguma ter 100% de certeza por isso concordo com respeitar a decisão do árbitro.
Assim fica mais fácil, percebermos como funciona o jogo do @VARiado
ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA
https://socionumminuto.pt/
Adiciona o lance do portimonense que faz o 2-2 na Luz .
Com que então o Var interviu naquele lance entre o Coentrão e o jogador do boavista que cái de costas e no penalty na Luz não diz nada ?
« Última modificação: Dezembro 09, 2017, 23:22 pm por Gonçalo27 »
@VARiado
ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA
https://socionumminuto.pt/
Citar
Vídeo-Árbitro: VARiável a ter em conta
Por Pedro Miguel Silva

O Presidente de um dos nossos rivais veio à “praça pública” defender o final do Vídeo-Árbitro e que ele só estava aí para beneficiar “certos e determinados clubes”.

Não posso deixar de concordar com parte do que Pinto da Costa quer dizer, mas na essência, discordo totalmente. Sim, é um facto que ainda há muitas arestas a limar neste novo sistema, mas na sua essência é algo que vem trazer a verdade desportiva à tona. Agora dependerá sempre da forma como for utilizado… e aí sim, tenho algumas dúvidas se o futebol quer-se “limpo” em Portugal.

Na última jornada, contra o Boavista, no Bessa, o nosso Sporting Clube de Portugal pode-se considerar prejudicado pelo VAR, mas o que interessa é também a atitude que se coloca no jogo. E esperemos que todos façam a sua parte, a arbitragem seja isenta e os clubes façam o seu máximo para conseguir a vitória. Sim, o lance sobre o Podence na área dos axadrezados é polémico e sim, o golo da turma do Bessa parece ser em fora de jogo. Mas a atitude é que faz ganhar os jogos (ou perdê-los). A garra que o Sporting mostrou foi suficiente para não deixar que, quer a equipa, quer os adeptos, acreditassem que o resultado seria diferente daquele que foi no final (vitória dos leões por três bolas a uma). E se não queremos sofrer golos, não podemos ter distrações como aquela que Coates teve, que antecedeu o golo dos panteras negras.

Mas, como disse o Mister Jorge Jesus, o jogo começou a ser ganho em Barcelona. Estamos naquela fase da época onde TODO o plantel deve dar mostras do seu valor e onde o treinador mostra a confiança no mesmo. Fomos a Camp Nau sem três dos habituais titulares e a equipa respondeu bem. Sim, o resultado não foi o que queríamos, mas era um jogo extremamente díficil. E sim, alguns jogadores mostraram que talvez a confiança ainda não seja a suficiente para serem titulares (como foi o caso de Alan Ruiz). Mas de resto, mostrámos que o plantel tem diversas soluções para jogar e até estrategicamente podemos variar consoante o adversário e arriscar diferentes soluções tácticas (jogar com três centrais, etc.).

Para todos os “atrasados mensais”, o Sporting nos últimos jogos mostrou que está mais vivo que nunca (é uma equipa pragmática, com diferentes soluções técnico-tácticas) e que, jogo a jogo, estaremos mais próximos do título.

Bola na Rede