O Caso Ricardo Carvalho

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Discutem aqui o caso do Ricardo Carvalho. Ao que parece na RTP diz que estava de cabeça quente, quase chamou mercenário ao PB, e diz que se sentia a mais na selecção.


O Ricardo Carvalho Passou-se ou História está muito mal contada?
« Última modificação: Setembro 03, 2011, 14:42 pm por COSA NOSTRA »
Eu acho que a história está muito mal contada.

Longe de mim estar a defender o Ricardo Carvalho, mas não me parece que ele fosse pessoa para abandonar o estágio da selecção só porque o treinador lhe disse que não ia ser titular.

Por outro lado o Paulo Bento disse na conferência de imprensa que "para haver um desentendimento é preciso que duas pessoas falem" e segundo ele o Ricardo Carvalho simplesmente saiu sem dar explicações a ninguém.

Não sei mesmo o que pensar sobre este caso, mas lá que está tudo muito mal contado, está.
É uma questão demasiado ligada à selecção nacional. Não faz sentido discuti-la lateralmente.
"Don't let yourself get attached to anything you are not willing to walk out on in 30 seconds flat if you feel the heat around the corner."

 Ao que parece na RTP diz que estava de cabeça grande

Acho que devias querer dizer cabeça quente  :lol:

 Ao que parece na RTP diz que estava de cabeça grande

Acho que devias querer dizer cabeça quente  :lol:

oops   ^-^

Já corrigi  :) ;)
Stoj. Vuk, etc, etc. Todas essas histórias sobre maus estares no balenário são do tempo dele, portanto penso que este caso também não seja alheio ao seleccionador. É dificil imaginar alguém calmo e pacífico como o RC a ser totalmente culpado neste caso. Como jogador eu sou um grande fã dele, considero-o um dos melhores do mundo e se o sr PB o banir definitivamente da selecção será sem duvida uma baixa de vulto para o Euro.

Se o motivo foi de facto não ser titular, ele errou e não devia ter saído do estágio daquela forma como ele próprio já reconheceu. Mas sejamos sinceros: Pepe ou Caceteiro-Mor melhores que ele e titulares à sua frente? Em que planeta? Só mesmo o PB. Tal como fazia com as suas birrinhas com certos jogadores quando esteve por cá, acabou de dar um tiro no pé ao dizer publicamente que não voltará a convocar RC. Ele não manda na selecção ou na opinião publica e considero as suas declarações de que o RC foi um desertor no mínimo pouco ponderadas e prepotentes de alguém hipócrita.

Fico muito triste e desiludido que um dos melhores jogadores do mundo fique definitivamente afastado da nossa selecção desta forma.
Esforço, dedicação, devoção e glória!!!
Eu ate tou burro com estas declaraçoes do Ricardo Carvalho!
O selecionar agora é um mercenario por tem um ordenado (longe do ordenado do carlos queiroz, scolari e o de outros de grandes seleccoes)! Ja o ricardo so joga por amor a portugal, o que foi uma pena eu nao o ter visto a abdicar dos premios RIDICULAMENTE ALTOS que ganhou no ultimo mundial!

Depois vem criticar o treinador por o ter pisado e falar nisso antes de um jogo! Mas ele estava a espera de que? Depois daquilo que fez!

E, em duas entrevistas, ainda nao teve coragem de dizer aquilo que realmente lhe fizeram... que foi nada. O menino nao ia jogar e foi-se embora!

Ridiculo e ainda vejo pessoas a porem-se do lado dele!
« Última modificação: Setembro 03, 2011, 18:27 pm por dias87 »
Um jogador pelo qual nutria um enorme carinho e respeito.

Depois desta atitude nojo é pouco para definir o que significa para mim o nome Ricardo Carvalho.
O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Pelo k estou a ver, ao ver que ele não seria titular, perdendo o lugar para o Pepe que chegou mais tarde o Ricardo decidiu ir embora.

Ou seja, fez birra porque achava que devia ser titular, mas ao invés de pedir explicações decidiu abandonar o estagio.
there's someone in my head but it's not me.
Comentário do Super-Moderador Tópico bloqueado. Não faz sentido estar-se a abrir um novo tópico para este assunto, visto o movimento no tópico da selecção não ser muito grande e não justificar este divisionismo.
"The one thing that doesn't abide by majority rule is a person's conscience." - Harper Lee