Fórum SCP

Frederico Varandas - Director Clinico Sporting CP

fred_verdebranco (+ 1 Escondidos) e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Para além do factor "cunha" o maior problema que encontro é a falta de experiência.
Na medicina, talvez mais do que em qualquer outra profissão, os anos de experiência acumulada são determinantes. Daí a importância dos estágios, internatos...
Com a sua idade e pouquíssimos anos de prática que experiência poderá o Sr ter?


 :arrow:

Não é preciso acrescentar nada.
Pelo que vi tem conhecimentos teóricos muito significativos, um óptimo CV, e tem já experiência prática na área da medicina desportiva. Além disto, é sportinguista, sócio, e naturalmente que, aliando-se as competências ao sportinguismo, se prevê que as coisas possam correr bem (pelo menos, assim faz sentido).

Não sei se devia ter aceite ou recusado. Talvez tenha achado (assim acredito) que podia ser útil ao Sporting, e que podia colocar os seus conhecimentos ao serviço do seu clube, e como tal, estando (teoricamente) habilitado para o cargo, decidiu aceitar.

Acho legítimo que, quem tenha sido eleito e escolhido pelos sócios, tenha a legitimidade de se cercar de pessoas em quem confie. No caso, existem elementos do CD que seguramente confiarão nele (até pelo parentesco) e existe quem no Departamento do Futebol (Manuel Fernandes e, penso, também Luís Duque) também confie.

A avaliação ao que foi feito e ao que o departamento médico conseguiu ou deixou de conseguir será seguramente feita no final, mas agora parece-me legítimo que, tendo o poder de decidir e escolher, tenham escolhido quem é sportinguista e quem é da confiança dos dirigentes leoninos.

Desejo toda a sorte ao Frederico Varandas, a sua sorte será a sorte do Sporting. Como não tenho grandes competências técnicas, não vou dizer que é um óptimo médico (sendo escolhido por isso) ou se não tem as competências para o cargo e foi escolhido pelos compadrios.

Que tem aparentes conhecimentos teóricos, e aparente bom trabalho prático na área para ser bem sucedido parece-me que sim. Mas mais que isso não sei...
Alguém me pode explicar o que tem de tão bom o CV do senhor?
Afinal ele já acabou a sua formação ou não?
Onde é que ele tem um óptimo CV? Por amor da Santa... :hand:
Na entrevista à RTPN, o Luís Duque afirmou que o F.Varandas foi indicado pelo Gomes Pereira.
A questão para todos os foristas , é apenas uma :

Se vocês fossem o Frederico Varandas aceitavam o cargo ?

Eu tenho muito orgulho em dizer que NÃO , por experiência própria. Mesmo tendo todas as qualificações e competências , preferi trilhar o meu caminho na vida profissional , mesmo tendo a determinada altura certas portas abertas.

No final é apenas a forma de estar cada um. A cunha tem dois aspectos , a porta e quem a atravessa...


Há um terceiro aspecto. Como atravessas aporta. Confiante daquilo que és ou sabendo aquilo que não és.

Há cunhas, mas não vamos ser pessimistas e achar que não há qualificação. Há muita gente que na nossa sociedada está por ciunha e não deixam de ser exemplares trabalhadores.

Por favor Majestade... Poupa-nos
Na entrevista à RTPN, o Luís Duque afirmou que o F.Varandas foi indicado pelo Gomes Pereira.

Foi indicado para trabalhar com ele. Não foi indicado como substituto.

Pertenecemos a aquellos que lo dan todo por una idea, dicen que estamos en extinción, puede que seamos los últimos rebeldes, pero con la convicción de luchar hasta el final por lo que defendemos. Recorremos miles de kilómetros sin la seguridad de volver todos enteros a casa, sin el aplauso de nadie... Porque no lo necesitamos, porque nosotros preferimos seguir a nuestro equipo donde vaya, que quedarnos en casa viendo la televisión.
Venid con nosotros, vuestra vida no será mejor, eso no lo podemos garantizar, pero si aseguramos que vivirás verdaderamente.                     POLITICAMENTE INCORRECTOS!


FORÇA & HONRA
Na entrevista à RTPN, o Luís Duque afirmou que o F.Varandas foi indicado pelo Gomes Pereira.

Foi indicado para trabalhar com ele. Não foi indicado como substituto.
.
Talvez tenha tido o aval...
O GP não tinha nenhum outro colega cque conhecesse e lhe merecesse confiança? Tinha que ser coincidentemente o
irmão de J.P. Varandas! ::)
QUERO    UM   SPORTING
CREDÍVEL  -  LIMPO  -  AMBICIOSO
Na entrevista à RTPN, o Luís Duque afirmou que o F.Varandas foi indicado pelo Gomes Pereira.

Foi indicado para trabalhar com ele. Não foi indicado como substituto.
.
Talvez tenha tido o aval...
O GP não tinha nenhum outro colega cque conhecesse e lhe merecesse confiança? Tinha que ser coincidentemente o
irmão de J.P. Varandas! ::)

A aprovação do F.Varandas pelo Gomes Pereira, muito provavelmente fez parte do acordo para a rescisão por mútuo acordo do mesmo com o Sporting.
És um verdadeiro Leão na Internet... mas ainda não és sócio? Muda isso num só minuto, faz-te sócio e sê uma voz activa/participativa no nosso clube! Precisamos da ajuda de todos os Sportinguistas! -> https://socionumminuto.pt

A verdade sobre o Sporting da "geração" Roquette

Documentário "GOLPE NO SPORTING"
Alguém me pode explicar o que tem de tão bom o CV do senhor?
Afinal ele já acabou a sua formação ou não?
Pelo que sei ainda é Interno complementar de Medicina física e de reabilitação.

O bom CV que alguns vêem nele é o facto de ser Sportinguista há 20anos, ter estado no exercito (e feito missões no afganistao).   
Ter a licenciatura em Medicina e ter estado uns tempos (julgo uma época) no Vitoria de Setúbal.

Fazendo paralelismo com um treinador:  seria como contratar o Andre villasboas....

...antes de ele ser adjunto do Mourinho, depois de ter treinado as Ilhas Virgens.
there's someone in my head but it's not me.
Citar
Licenciado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e também licenciado em Medicina Militar pela Academia Militar.
 
Oficial dos Quadros Permanentes do Exército Português com patente de Capitão, tendo sido condecorado em 2008 com a medalha de D. Afonso Henriques por feitos realizados em combate em missão da NATO, na frente de batalha em Kandahar, Afeganistão.

Internato da especialidade de Medicina Física e de Reabilitação (Fisiatria) do Hospital de Santa Marta, em Lisboa e pós-graduado em Medicina Desportiva.

Entre 2007 e 2011 exerceu Funções Médicas no Futebol Profissional do Vitória de Setúbal, tendo sido nas duas últimas épocas desportivas Director Clínico do respectivo departamento médico do Vitória de Setúbal.
Citar
Licenciado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e também licenciado em Medicina Militar pela Academia Militar.
 
Oficial dos Quadros Permanentes do Exército Português com patente de Capitão, tendo sido condecorado em 2008 com a medalha de D. Afonso Henriques por feitos realizados em combate em missão da NATO, na frente de batalha em Kandahar, Afeganistão.

Internato da especialidade de Medicina Física e de Reabilitação (Fisiatria) do Hospital de Santa Marta, em Lisboa e pós-graduado em Medicina Desportiva.

Entre 2007 e 2011 exerceu Funções Médicas no Futebol Profissional do Vitória de Setúbal, tendo sido nas duas últimas épocas desportivas Director Clínico do respectivo departamento médico do Vitória de Setúbal.

... eis outro currículo e de alguém cujos méritos no SCP questionei até ao dia da saída.

Citar
Possui duas licenciaturas, em Educação Física, no 1º Curso ISEF- Universidade Técnica de Lisboa e em Medicina na Faculdade de Ciências Médicas - Universidade Nova de Lisboa. Conciliando a vertente académica e clínica, doutorou-se em Ciências do Desporto (FMH-UTL) e especializou-se em Medicina Desportiva (OM). É actualmente Professor Catedrático na Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa.
Prelector regular em Congressos Nacionais e Internacionais, é autor de cerca de 130 publicações de carácter científico.
Na vertente médica, presta apoio a atletas de várias modalidades desportivas, tendo sido médico olímpico (Atlanta 1996). Desempenhou o cargo de Director Clínico das Selecções Nacionais de Futebol (entre 1990-1994). Instalou a Unidade de Medicina do Exercício no British Hospital de Lisboa, serviço polivalente de apoio ao praticante de actividade desportiva de competição e de lazer, da qual é Director. Desempenha actualmente o cargo de Director Clínico da Sporting – Sociedade Desportiva de Futebol,SAD.
É Fellow e Professional Member do ECSS (European College of Sport Science), e ACSM (American College of Sports Medicine). É também membro de várias outras Sociedades Científicas e Profissionais de âmbito nacional e internacional.
Alguém me pode explicar o que tem de tão bom o CV do senhor?
Afinal ele já acabou a sua formação ou não?
O que tem de bom? Deve ser a parte de ser sócio há 20 anos e ter ido à guerra...
Lion,

Não dou pareceres sobre a competência de Gomes Pereira. Para ter ficado tantos e tantos anos a liderar o departamento clínico do Sporting, é porque - supostamente - tinha bastantes competências técnicas. O que me parece que já não resultava tão bem era a relação com os jogadores (como Izmailov), e aqui a confiança entre médico e atletas é fundamental.

Seja como for, só tendo bases para poder afirmá-lo, podia dizer que era competente ou incompetente. O que consigo é dizer - naturalmente - que tem um grande currículo (estou a falar do G. Pereira, atenção) mas também consigo dizer que houve algumas situações estranhas a ocorrerem no departamento médico do Sporting nos últimos tempos.

De qualquer forma, como já disse, a competência não discuto, porque não tenho bases para tal.
Lion,

Não dou pareceres sobre a competência de Gomes Pereira. Para ter ficado tantos e tantos anos a liderar o departamento clínico do Sporting, é porque - supostamente - tinha bastantes competências técnicas. O que me parece que já não resultava tão bem era a relação com os jogadores (como Izmailov), e aqui a confiança entre médico e atletas é fundamental.

Seja como for, só tendo bases para poder afirmá-lo, podia dizer que era competente ou incompetente. O que consigo é dizer - naturalmente - que tem um grande currículo (estou a falar do G. Pereira, atenção) mas também consigo dizer que houve algumas situações estranhas a ocorrerem no departamento médico do Sporting nos últimos tempos.

De qualquer forma, como já disse, a competência não discuto, porque não tenho bases para tal.

Concordo.

O novo Director Clínico pode ser tremendamente competente e espero que sim... agora como é óbvio e até podia fazê-lo facilmente ( se me deixassem   :mrgreen: ), colocar aqui uns quantos CV de médicos , impressionantes também... eventualmente até menos competentes para esta função, não vejo é muito sentido que se teçam loas ao currículo do Dr Varandas.
Eu não teço loas, mas tenho grande consideração. Falando fora da esfera do clube, e imaginando que ele não tem nada haver com o Sporting, digo, sem problema algum, que o seu currículo me impressiona quando penso que tem apenas 31 anos...

Não sei quantos médicos de 31 anos têm um currículo do mesmo género. Se isso chega para chegar ao Sporting, se tem competências para tal, a razão pelo qual foi escolhido? Isso aí já me ultrapassa...  :mrgreen:
Pelo que vi tem conhecimentos teóricos muito significativos, um óptimo CV, e tem já experiência prática na área da medicina desportiva. Além disto, é sportinguista, sócio, e naturalmente que, aliando-se as competências ao sportinguismo, se prevê que as coisas possam correr bem (pelo menos, assim faz sentido).

Não sei se devia ter aceite ou recusado. Talvez tenha achado (assim acredito) que podia ser útil ao Sporting, e que podia colocar os seus conhecimentos ao serviço do seu clube, e como tal, estando (teoricamente) habilitado para o cargo, decidiu aceitar.

Acho legítimo que, quem tenha sido eleito e escolhido pelos sócios, tenha a legitimidade de se cercar de pessoas em quem confie. No caso, existem elementos do CD que seguramente confiarão nele (até pelo parentesco) e existe quem no Departamento do Futebol (Manuel Fernandes e, penso, também Luís Duque) também confie.

A avaliação ao que foi feito e ao que o departamento médico conseguiu ou deixou de conseguir será seguramente feita no final, mas agora parece-me legítimo que, tendo o poder de decidir e escolher, tenham escolhido quem é sportinguista e quem é da confiança dos dirigentes leoninos.

Desejo toda a sorte ao Frederico Varandas, a sua sorte será a sorte do Sporting. Como não tenho grandes competências técnicas, não vou dizer que é um óptimo médico (sendo escolhido por isso) ou se não tem as competências para o cargo e foi escolhido pelos compadrios.

Que tem aparentes conhecimentos teóricos, e aparente bom trabalho prático na área para ser bem sucedido parece-me que sim. Mas mais que isso não sei...

  Chamas CV aquilo??? Assim de repente lembrar-me-ia de 3 nomes aqui na Madeira com mais CV que o Varandas. No entanto pode ser um excelente profissional. Nem sempre os melhores teóricos são os melhores clínicos. A exepriência é um must na Medicina contemporânea e nesta área o facto de ser Sportinguist vale ZERO!a
Para quem não o conhece.


Pertenecemos a aquellos que lo dan todo por una idea, dicen que estamos en extinción, puede que seamos los últimos rebeldes, pero con la convicción de luchar hasta el final por lo que defendemos. Recorremos miles de kilómetros sin la seguridad de volver todos enteros a casa, sin el aplauso de nadie... Porque no lo necesitamos, porque nosotros preferimos seguir a nuestro equipo donde vaya, que quedarnos en casa viendo la televisión.
Venid con nosotros, vuestra vida no será mejor, eso no lo podemos garantizar, pero si aseguramos que vivirás verdaderamente.                     POLITICAMENTE INCORRECTOS!


FORÇA & HONRA
A questão que se coloca é a seguinte, vocês quando vão a um médico, preferem ir a um experiente, com curriculo, com o maior grau académico ou a um wannabe que até pode vir a ter um grande futuro.
Meus amigos, com a saude não se brinca, nem é um campo em que se possa dar ao luxo de vamos experimentar e ver no que dá.
A questão que se coloca é a seguinte, vocês quando vão a um médico, preferem ir a um experiente, com curriculo, com o maior grau académico ou a um wannabe que até pode vir a ter um grande futuro.
Meus amigos, com a saude não se brinca, nem é um campo em que se possa dar ao luxo de vamos experimentar e ver no que dá.

Wannabe?

A ignorância tem limites...