Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Setembro 20, 2014, 21:07

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Futebol Profissional (Moderadores: wild_oscar, Stunner, 138, Leão88, sotnas) Tópico:

Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 ... 21 22 [23] 24 25 ... 30 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 (Lida 40809 vezes)

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #440 em: Novembro 23, 2011, 21:53 »



*

Condecorações:Treinador de Bancada 2013Treinador de Bancada 2012Treinador de Bancada 2011


Mensagens: 9784
Idade: 38
Masculino


Estou de acordo com tudo o que disseste. Mas é assim que vejo a história: Elias corre demasiado para o lado direito, o João de menos para a frente e o Matias fica a meio de nada.

Pois, mas parece-me que tal não será por ordem, mas sim pelo momento actual.

Lá está, mais vale não rotinar (se é que é rotinado) e deixar as coisas na primeira forma: Elias vincadamente ao meio, Matias para andar por onde lhe apetece, a partir da direita, e o João para o "overlap". Cá atrás, eles que se arranjem.

Exacto, Elias não tem de ir para a direita, João Pereira tem de ir à linha (pois assim é a função de um lateral moderno) e o Matías tem de entrar e assistir (ou finalizar), embora não seja um espaço muito confortável para ele (ser a partir da direita).


Coincidência, ou talvez, não, Elias ganha protagonismo quando sai Matias e entra Carrillo (está no lance do penalty contra o Leiria e apareceu várias vezes a conduzir a bola, embora com fracas opções tomadas). Especulo eu que, com um extremo mais definido, fica mais "à vontade" para os movimentos verticais que eu lhe reclamo.

Não será coincidência. Nem tem grande lógica. Até porque Carrillo não se comporta como um extremo, portanto não percebo porque fará Elias movimentos verticais com ele e não com o Matías em campo.


Não penso, no entanto, que o equívoco seja Matias. O equívoco parece-mais o enredo que expliquei lá em cima.

Simplifique-se!

Pois, mas é que o enredo não tem lógica. Surge porquê?
Registado

“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly


Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #441 em: Novembro 23, 2011, 23:19 »



*

Mensagens: 7401


@Ravanelli

Eu não defendo que o Elias jogue da maneira que acho que tem jogado. Tenho notado que a coisa não está a sair convenientemente.

E parece-me, muito claramente, que o Elias joga mais por dentro, como deve, sem Matias. Aparece mais vezes como condutor de jogo e menos em terrenos da direita. Se Carrillo não se comporta como um extremo, movimenta-se de forma muito diferente do Matias. E, claramente, marca mais aquele pedaço de campo, lá pela extrema, como seu do que o Matias.

Não sei se faz sentido, ou se é suposto fazer sentido. Mas é o que tenho visto do Elias. De olho da direita, com Matias em campo, mais liberto para as funções no centro do terreno, com Carrillo ou outro (no último jogo, por aquele lado, até acabou por jogar o Capel, depois da saída do Matias). E não devia ser assim, do meu ponto de vista.

Assim, de repente, com Matias em campo lembro-me de duas situações em que aparece na área, por aquela que eu penso que deve ser a sua zona de acção: oferece o segundo golo a Matias, com o Leiria, e devia ter ganho um penalty, com o Feirense. Aliás, 3: expulsou elderson, fazendo o que eu acho que deve fazer. Sem Matias, o número de lances que conduz é superior, em número, embora de menor índice de qualidade.

Ganha um penalty com o Leiria (acaba por estar em 2 golos), numa zona frontal, já sem Matias. integra-se em lances de contra ataque, também já sem Matias, em número apreciável.

E estes 4 exemplos representam o tipo de acções que eu gostava de o ver levar a cabo num único jogo. Não que tenha haver sempre golos, penalties e expulsões, mas é o tipo de movimento que eu o quero ver fazer, nesse número de vezes, em cada partida, pelo menos.

Agora, porque surge o enredo? Porque é assim que eu vejo.
Registado

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #442 em: Novembro 23, 2011, 23:40 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 24380
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


É impressão minha ou a equipa está muito ( demasiado )posicional? Principalmente após a lesão de Rinaudo e falo principalmente dos 2 vértices interiores do triângulo e de Matias, quando na ala? Esperava, quando em posse de bola, ver algumas trocas em movimento, Schaars e Elias, Elias e Matias ( entre estes 2 então, faz-me todo o sentido ) e não tenho visto isso, a não ser pontualmente. Parece-me que cada um fica na sua quintinha... já pensei que seria como precaução à ausência do seu 6 e/ou como forma de dar liberdade aos laterais para subir no corredor mas acho que se está a exagerar um pouco. A equipa parece-me pouco dinâmica e por aqui também se explicaria alguma incapacidade na construção do jogo ofensivo.

Edit.

Vi agora o último post do sotnas. Faz sentido. Com Carrillo a equipa fica mais larga e as posições mais definidas e tudo sai mais naturalmente. A questão aqui tem a ver com a irregularidade do peruano, não se sabe bem o que sairá dali.

Bem, seja como for, entendo que precisamos de Matias Fernandez no meio. Tenho dúvidas que ali esteja no próximo jogo, aguardarei pelo seguinte.
Registado

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #443 em: Novembro 24, 2011, 10:49 »



*

Condecorações:Treinador de Bancada 2013Treinador de Bancada 2012Treinador de Bancada 2011


Mensagens: 9784
Idade: 38
Masculino


(ui... agora tenho de ter cuidado com as palavras...   Despercebido)

Caro Moderador @sotnas, em primeiro lugar parabenizá-lo pelo cargo e desde já avançar que pretendo dar-lhe pouco trabalho (mas não prometo, que por vezes distraio-me  Assobiar)

 Rir Muito Alto  Positivo! Bom trabalho!




Em relação ao assunto, eu queria dizer que defendias esta postura do Elias. Não sei como passei essa ideia, mas não queria. Nem sequer que és apenas tu que vês isto em campo. Porque acontece.

O que eu queria dizer é que não me parece que seja algo ensaiado. Algo que o Domingos diga durante a semana, do tipo: "Olha lá ò Elias, o Matías vem para o meio e tu vais para a direita, até porque o João vai subir menos, vai passar a ter maiores cuidados".

Quem pensa assim de repente nisto, até diz que seria boa ideia. Mas na prática não é, porque das vezes em que acontece, não resulta (embora eu não ache que o Elias se encoste tanto à linha, acaba é por ficar mais atrás e deixa o espaço para o Matías).

E isto acontece porquê? Será que o Elias pensa que o Matías é um wild card, e dá-lhe a liberdade toda? Será que o João não vai tanto à linha, porque tem medo de se não recuperar, mais ninguém recupera? Não interessa, nenhum tem de pensar daquela forma. O Sporting necessita que o João Pereira alargue o jogo pela direita (e até o tem feito, está no seu ADN, embora nem sempre combine bem com o Matías) e que o Elias esteja no meio, para abrir linhas de passe e para pressionar depois de perda de bola.

Eu não sei porque raio de motivo o Matías não pode funcionar como um Wijnaldum na direita. Ali com o vértice da área como referência, nunca se desterrando na linha, excepto a defender. Honestamente não percebo. Ok, percebo que não é propriamente o local mais confortável para ele, mas não percebo como faz tão poucas vezes a diferença ali no vértice da área. Aliás, sempre que arranca ali um drible e centra como sabe fazer, é um perigo do caraças (para o adversário).

Até porque sejamos sinceros, não estou a ver o Matías transformado num Willian ou num Jádson e conseguir ser uma séria solução no tridente do meio. Não num par de semanas. Mas também pensei que já haveria mais trabalho do treinador nesse aspecto, no de o ensinar a ser mais intenso a defender.



EDIT:

Mas @Lion73, o Carrillo não abre mais o flanco e ainda bem. Ele tem sempre a pulsão de fazer diagonais em direcção à baliza, procurando o golo. E ainda bem que o faz.

Não necessitamos de alargar o jogo com Carrillo, o João Pereira que o alargue. Necessitamos e de maior apoio e assistências para o van Wolfswinskel.
« Última modificação: Novembro 24, 2011, 11:02 por Ravanelli » Registado

“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #444 em: Novembro 24, 2011, 11:12 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 24380
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


Sim,  mas repara, enquanto Carrillo flecte e bem ( quando está... bem ) para o meio perto do vértice da área, Matias tem tendência para interiorizar o jogo uns 20 metros mais atrás, para terrenos onde está... Elias. É algo que precisa de ser... afinado...
Registado

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #445 em: Novembro 24, 2011, 11:39 »



*

Condecorações:Treinador de Bancada 2013Treinador de Bancada 2012Treinador de Bancada 2011


Mensagens: 9784
Idade: 38
Masculino



Mas isso mais em situação de contra-ataque (perdão, transição - ainda aparecem aí os comentadores televisivos a corrigir-me e não é necessário), o que não é necessariamente mau.

O Wijnaldum também o fazia no Feyenoord e a coisa dava-se.

O maior problema é que os 4 (Matías, Elias, J. Pereira e van Wolfswinkel) não se entendem quanto a movimentações e linhas de passe.  Na esquerda a coisa funciona muito melhor, até porque como o Capel vai muito à linha de fundo (e algo encostado à lateral) vem o Insúa preencher o espaço que fica na meia/esquerda. Se for lá o Schaars fazê-lo, Insúa mete-se ainda mais pelo meio ou vem o Elias preencher o espaço.

Em principio cabe ao lateral colar-se à linha, ao avançado (ou extremo, como quiserem) jogar mais pelo meio, entre o lateral e central adversários e ao médio fazer um vértice de triângulo para abri uma linha de passe. Os outro mexem-se de acordo. Mas pode mudar e na esquerda os jogadores adaptaram-se às características de cada um, mantendo uma boa distribuição em campo (embora já tenha funcionado melhor - porque os adversários não são parvos e também se adaptam).

Na direita nem se nota tanta necessidade de adaptação, pois o Matías não é jogador de linha. Ok, também não é avançado, mas não lhe noto qualquer dificuldade em penetrar por entre o central e o lateral, assistindo o ponta ou ficando ao 2º poste caso o jogo se desenrole do lado oposto. Não é tão natural assim (como seria jogando bem no meio), mas também não é contra-natura.

Até porque Matías não é bem um "10" como se dizia quando chegou. É mais um jogador de levar a bola para a frente e último passe (ou assistência) que um pensador deambulante ao estilo de Romagnoli.
Registado

“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #446 em: Novembro 24, 2011, 12:12 »



*
Iniciado

Mensagens: 58
Localidade: Açores
Masculino



Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória Vitória
Registado

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #447 em: Novembro 24, 2011, 12:38 »



*
Veterano

Mensagens: 8341
Idade: 94
Localidade: if you want to know where god is, ask a drunk


usando a discussão sobre compensações e afins que aqui vai (bem interessante, diga-se), hoje acordei a pensar se não seria mesmo uma boa opção jogar com Elias e Schaars numa primeira linha (funcionando como duplo pivot defensivo), libertando Matías para um apoio mais vertical e directo a Wolfswinkel...  Pensar

além de poderem ser uma ajuda à primeira fase de construção ofensiva (onde temos tido imensas dificuldades), podiam ser muito úteis nas tais compensações defensivas, libertando gente como (os nossos laterais) de vocação nitidamente atacante e equilibrando a equipa nas transições ataque/defesa.

é que não sei não...

o problema seria sempre a eterna questão: e quem jogaria do lado direito? pois... eu prefiro, nesta altura, manter o Carrillo no banco para usar e abusar da sua capacidade técnica e explosão numa fase mais adiantada do jogo. sobram Pereirinha, Arias ou João Pereira. como não acho que João Pereira traga algo à extrema-direita que compense o que se perde na defesa daquela faixa... restam Pereirinha e Arias. como ainda não vi o suficiente de Arias para dizer que pode ser uma boa opção... resta Pereirinha. por muito que me custe.  Undecided

ou então, partir para a loucura e dar uma oportunidade surpresa a André Martins.

divagações.  Grin
Registado

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #448 em: Novembro 24, 2011, 12:58 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 24380
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


Como duvido que será essa opção de Domingos e portanto não será uma opinião minha que vá ser posta à prova, mantenho: duplo pivot Elias e Schaars, Matias a 10 e Capel e Carrillo nas alas. Estou com uma vontade tremenda de colocar a carne toda no assador... felizmente, o treinador será bem mais sensato que eu...
Registado

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #449 em: Novembro 24, 2011, 14:41 »

Goncalojbcorreia

carlos,

Também pensei nisso. Mas parece-me desnecessário. Além de ser contraditório.

A única forma de, simultaneamente, colocar um duplo pivot defensivo e pôr o Matías a aproximar-se mais do Wolfswinkel era dar um espaço tremendo entre essas duas 'linhas' do meio-campo.

Se me dissesses: vamos jogar com dois médios-defensivos, e um médio-centro á frente, então aí a coisa ficará mais composta. Punha Santos e Schaars lado a lado, com o Elias á frente do duo (não demasiado longe destes).

Agora, dois 6's (mesmo a sair mais da posição, á vez) e um 10, seria dar todo o espaço do mundo a Witsel para gerir a construcção ofensiva do Benfica. E ele é bom nisso.

Isso ía exigir que todo o sector mais ofensivo (alas e avançado-centro) recuasse também. Que a equipa descesse um pouco em bloco, para não haver tantos espaços entre os jogadores. E se acredito na capacidade de Wolf recuar ligeiramente (muitas vezes, para a zona 10) tenho dúvidas da capacidade de Capel e de Carrillo (ou Matias) para o fazerem.

E é por tudo isto que acho o duplo pivot uma má ideia. Se é um duplo pivot defensivo, então exigirá que todos os jogadores á frente 'baixem' também (e duvido das capacidades dos alas para tal). Se é um duplo pivot menos defensivo (jogando na posição 8, e com Matias, aí sim, á frente a 10) há demasiado espaço para Aimar (e isso seria perder o jogo).
Registado
Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #450 em: Novembro 24, 2011, 14:50 »


Sporting Sempre!


*

Mensagens: 16456
Idade: 37
Localidade: Viana do Castelo
Masculino

WWW
A minha opção seria também pelo duplo pivot (Schaars + Elias) e Matias na ponta do triângulo, Capel do lado esquerdo e Pereirinha do lado direito, numa 2ª fase e consoante o resultado, ou entrava o Carriço para trinco e subia o Elias para a ponta do triângulo de meio-campo, saindo o Matias, ou entrava o Carrillo para a direita saindo o Pereirinha.

Seja como for nunca será um meio-campo com rotinas e consistente e é aqui que reside o meu medo, por outro lado acho que Elias e Schaars são 2 jogadores maduros e capazes de fazer a posição com mestria, é um problema para o Domingos resolver mas nem ele tem a solução, tem é que optar e qualquer das opções, neste caso, são justificáveis.
Registado

Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #451 em: Novembro 24, 2011, 14:56 »



*

Condecorações:Membro do Ano 2010


Mensagens: 29309
Idade: 33
Localidade: Stockholm
Masculino

WWW
usando a discussão sobre compensações e afins que aqui vai (bem interessante, diga-se), hoje acordei a pensar se não seria mesmo uma boa opção jogar com Elias e Schaars numa primeira linha (funcionando como duplo pivot defensivo), libertando Matías para um apoio mais vertical e directo a Wolfswinkel...  Pensar

além de poderem ser uma ajuda à primeira fase de construção ofensiva (onde temos tido imensas dificuldades), podiam ser muito úteis nas tais compensações defensivas, libertando gente como (os nossos laterais) de vocação nitidamente atacante e equilibrando a equipa nas transições ataque/defesa.

O problema aí são os corredores laterais... os corredores Insua -- Capel e João Pereira -- Carrillo só funcionam oleados quando têm um terceiro homem para o auxílio (tabelas, etc), e isso funciona bem quando é o Schaars e Elias que acompanham as alas, porque com Capel e Carrillo o jogo é muito vertical e os médios efectuam o acompanhamento na perfeição e criam os desequilíbrios. Só com o Matias tenho dúvidas que a coisa funcione tão bem, porque o Matias posiciona-se mais à frente sem o espírito todo-o-terreno para acompanhar o jogo na ala. Recuando Schaars e Elias também retiraria fulgor às alas, passando o jogo a empastelar no meio-campo.

No lugar do Domingos retiraria o Matias e voltava ao modelo de médios-interiores esquerdo e direito box-to-box com médios-ala rápidos e verticais, mesmo com a ausência do Rinaudo... eu sei que é um problema que tem de ser resolvido, mas não me parece que a solução Matias na ala ou Schaars+Elias no meio mais recuados vá fazer a diferença, pelo contrário, retira-nos muita capacidade ofensiva.
Registado
Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #452 em: Novembro 24, 2011, 15:04 »



*

Mensagens: 7401


Eu, inventava!

Carriço como trinco, Schaars e Elias como interiores e o Matias como 10.

Na frente, Wolf e rédea solta ao Capel.

Ao contrário de muitos de vós, não acho que o Emerson seja fraco. Sobe pouco e isso não cai no goto de muita gente. Portanto, eu punha era um ala, neste caso o Capel, do outro lado, para controlar/aproveitar as subidas do Maxi. Tendo o Emerson menos vocação ofensiva, o Elias, descaído por aquele lado, podia dar conta do recado.

E, contra as minhas convicções, eu ia lá para defender e contra atacar, embora entrasse com tudo nos primeiros 10 minutos, para tentar um golito cedo. Com Capel e Elias, temos velocidade. O Matias com espaço e com pouca gente pela frente pode fazer coisas engraçadas. E o Schaars, com espaço nas costas dos defesas para explorar, poderia arriscar os lançamentos longos, porque o faz bem.

E, se fosse necessário, Carriço recuava, Matias encostava-se à direita e tínhamos um 5-4-1, pronto a disparar no contra golpe.
Registado

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #453 em: Novembro 24, 2011, 15:13 »



*
Sénior

Mensagens: 3631
Idade: 31
Localidade: Loures
Masculino


A meu ver até podemos jogar num falso 4-3-3, isto é, com o Matias ou Elias à direita, embora a descair mais para o centro. Qualquer coisa deste genero:

                RP
JP     O.O.       A.P.     Insua.

              D.C./A.S.

         Elias          Schaars

      MF--->                   Capel
                   RvW

O Matias flectia mais para o meio de forma a ficar algo entre o 4-3-3 e o 4-4-2.

A ala esquerda do carnide é a mais fraca ofensivamente, o emerson não é um jogador que de muito ofensivamente à equipa, nem mesmo quando tem muito espaço, é mais posicional que a outra ala (maxi). Desta feita, apostava no MF a aparecer mais no meio, perdo dos centrais de forma a geral alguma confusão na linha defensiva do carnide.

O que me preocupa é o meio campo - AS e DC não tem rotinas, nem apresentam as melhores condições para actuar naquela posição.
E por outro lado a ala direita do ataque do carnide - em que espero que o Capel prenda bem o maxi lá atrás.


Registado
Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #454 em: Novembro 24, 2011, 15:15 »



*
Sénior

Mensagens: 3631
Idade: 31
Localidade: Loures
Masculino


Eu, inventava!

Carriço como trinco, Schaars e Elias como interiores e o Matias como 10.

Na frente, Wolf e rédea solta ao Capel.

Ao contrário de muitos de vós, não acho que o Emerson seja fraco. Sobe pouco e isso não cai no goto de muita gente. Portanto, eu punha era um ala, neste caso o Capel, do outro lado, para controlar/aproveitar as subidas do Maxi. Tendo o Emerson menos vocação ofensiva, o Elias, descaído por aquele lado, podia dar conta do recado.

E, contra as minhas convicções, eu ia lá para defender e contra atacar, embora entrasse com tudo nos primeiros 10 minutos, para tentar um golito cedo. Com Capel e Elias, temos velocidade. O Matias com espaço e com pouca gente pela frente pode fazer coisas engraçadas. E o Schaars, com espaço nas costas dos defesas para explorar, poderia arriscar os lançamentos longos, porque o faz bem.

E, se fosse necessário, Carriço recuava, Matias encostava-se à direita e tínhamos um 5-4-1, pronto a disparar no contra golpe.

Parece que estamos a pensar da mesma forma!
Só não apaguei o meu post e pus umas setinhas, porque já tinha dado muito trabalho a escrever.
Registado
Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #455 em: Novembro 24, 2011, 15:20 »



*

Mensagens: 7401


@Paulo

E eu não dei asas à minha imaginação.

Porque, na verdade, eu queria era o Wolf no banco e o Carrillo na frente com o Capel, apoiados pelo Matias.
Registado

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #456 em: Novembro 24, 2011, 15:29 »



*
Sénior

Mensagens: 3631
Idade: 31
Localidade: Loures
Masculino


@Paulo

E eu não dei asas à minha imaginação.

Porque, na verdade, eu queria era o Wolf no banco e o Carrillo na frente com o Capel, apoiados pelo Matias.
Realmente... Pensar
Registado
Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #457 em: Novembro 24, 2011, 15:50 »



*

Condecorações:Treinador de Bancada 2013Treinador de Bancada 2012Treinador de Bancada 2011


Mensagens: 9784
Idade: 38
Masculino



Inverter o triângulo a meio-campo ajudaria em alguns aspectos, até porque uma dupla Schaars - Elias não seria exclusivamente defensiva e qualquer umd eles pode subir com bola, variando esse aspecto de jogo. Mas isso até já acontece.

Não resolveria outros, porque Matias teria mesmo assim de defender (veja-se a Alemanha, que quando usa o duplo pivot, tem em Ozil um jogador mais inteligente na cobertura de espaços e na forma como obriga o adversário a ir por ali, coisa que o Matías não faz, porque continuam a não treiná-lo para isso) e continuaria a ter um problema na direita, pois se Carrillo é mais jogador de entrar durante o jogo e não de início (e o Sporting tira benefícios disso), não há ninguém que o faça.

Outro problema é se, neste momento, Schaars e Elias estão tão rotinados a apoiar na frente da área (mesmo fazendo-o menos nos últimos jogos), que temo que acabem por esbarrar no Matías, enquanto descuram quem fica lá atrás. Principalmente Schaars, que vem sendo rotinado a ser mais ofensivo do que estava habituado. E não sei se o próximo jogo será o melhor para testar isso.

Ainda outro: imaginemos que o Sporting arranja um Muller para colocar na direita (pode ser Carrillo, até Bojinov), o Matias continua a ter de dar apoio na meia direita (ou na meia esquerda - ao Capel) - mas vou-me concentrar na direita). Ou seja, volta a colocá-lo em espaços onde já devia andar neste posicionamento nestes jogos.

A menos que quem vá para a direita se comporte apenas como um extremo e o Matias só tenha de ser mesmo apoio ao avançado centro. Aí só temos médios mais centro/direita como André Martins, Pereirinha ou André Santos (para mim todos médios centro), que mesmo desempenhem bem a função, ao fazê-lo tornariam o jogo mais previsível. E mais cedo ou mais tarde, João Pereira e esse jogador vão andar a ocupar o mesmo espaço. Ainda mais, não vale a pena cruzar para a entrada da área, que não vai estar lá ninguém. Não vamos ter Wolf, Matías e Elias na área (com Elias na linha limite frontal), porque se um adversário ganha a bola, só sobra um médio centro. E fica tudo mais previsível.

A última vez que vi a Alemanha, jogavam com 4 jogadores a concentrar-se para o centro da área (Gomez, seguindo-se o trio Schurle - acho que é assim- Ozil e Muller). Muller sem se preocupar com a linha lateral, pois essa (se tiverem de parar o contra-ataque e esperar) já tem dono e vem a caminho. O duplo pivot poderia funcionar no Sporting, mas quem faz de Muller?

Pensando no esquema actual, Matías nunca será a solução final para ali. Mas pode ser solução temporária. Porque o problema não é Matías, é Jeffren. Com ele, em princípio, acaba-se o problema. Matías terá de transformar-se num médio ofensivo, mas com maiores responsabilidades defensivas. À imagem de um Van der Vaart, numa Holanda que tanto pode jogar com apenas um pivot, como com dois (vantagem Strootman). Mas tanto numa ocasião como noutra, Van der Vaart sabe sempre ocupar bem o espaço e pressionar a preceito. Como o Ozil ou até o Modric.

No posicionamento actual, só tem de se concentrar em duas coisas: defender a linha lateral atrás da linha de meio-campo e, recuperada a bola, traçar um linha recta até um ponto algures entre a meia-lua e o vértice direito limite da grande área. Elias dá-lhe apoio pelo centro, o João apoia-o pela lateral, ambos abrindo duas linha de passe. Wolfswinkel movimenta-se perante isto, com o apoio do Capel mais à esquerda. Schaars e o trinco (seja quem for) atentos ao espaço. Só...


Devaneios...  Rir Muito Alto
Registado

“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #458 em: Novembro 24, 2011, 16:44 »



*
Júnior

Mensagens: 2534
Localidade: Lisboa


Parece-me que uma das debilidades das galinhas são os corredores laterais defensivos. Emerson é fraco, Maxi um pouco melhor mas de luas, os extremos pouco ou nada defendem, Bruno Cesar então defende zero. Devemos aproveitar isso e criar condições para que principalmente João Pereira possa subir no terreno e criar desiquilibrios. Para mim Pereirinha á frente de JP pode dar essas condições (mais do que Carrillo).
Depois as galinhas são fortes na pressão alta e vão colocar os 3 avançados em cima dos nossos centrais para não os deixar sair a jogar, aqui parece-me fundamental que os médios recuem para receber e construir o nosso ataque. No caso de termos de quando em vez "chutar na frente" é muito importante que alguem esteja proximo de Wolf para se aproveitar o seu excelnte jogo de costas para os adversários.

Assim sendo apostaria em:

Patricio
JP - Onyewu - Carriço - Insua
Matias - Elias - Schaars
Pereirinha - Wolfswinkel - Capel

Não apostaria num duplo pivot defensivo mas num Schaars um pouco mais atrás e numa rotatividade entre Matias e Elias nas posições 8 e 10. Fundamental também que o jogador que jogue a 6 (no meu sistema Schaars) tenha sempre muita atenção ás movimentações de Aimar, se conseguirmos parar o argentino é meio caminho andado para o sucesso.
Registado

Re: Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012 , « Resposta #459 em: Novembro 24, 2011, 16:56 »


No avatar!

*

Mensagens: 14813
Idade: 31
Localidade: Figueira da Foz
Masculino


Independentemente de quem jogar, duplo pivô ou André Santos como trinco estou extremamente confiante que iremos ganhar no galinheiro. Pessoalmente preferia o Carrillo de início, dizem que depois não têm ninguém para agitar mas por mim colocava toda a carne no assador para resolver o jogo logo na primeira parte. A meio colocava o Carriço a trinco (saía o André ou o Matías, dependendo da prestação/desgaste), o Pereirinha para ala (ajudar a fechar o lado direito) e a outra logo se vê.
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 ... 21 22 [23] 24 25 ... 30 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Futebol Profissional (Moderadores: wild_oscar, Stunner, 138, Leão88, sotnas) Tópico:

Génios da Táctica - Sporting CP 2011/2012

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade