Fórum SCP

Carlos Mané

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Neste modelo, só vai render na esquerda. Na direita é Capeliza-lo.
Inside every cynical person, there is a disappointed idealist.
George Carlin
Neste modelo, só vai render na esquerda. Na direita é Capeliza-lo.

Já estamos a melhorar, já passou de Djaló a Capel :D
Neste modelo, só vai render na esquerda. Na direita é Capeliza-lo.

Já estamos a melhorar, já passou de Djaló a Capel :D

Espero que não aches que os estou a comparar
Inside every cynical person, there is a disappointed idealist.
George Carlin
Plz não comparem o Mané com o Djaló... ::)

Especialmente nas alas, onde o Mané é muito mas muito mais jogador que o Djaló.

Como segundo-avançado ou até como PL, aí podem comparar, porque já têm um nivel algo semelhante vá (o Djaló aí não era nada mau, mas o Mané tem tudo para ser muito melhor).

Plz não comparem o Mané com o Djaló... ::)

Especialmente nas alas, onde o Mané é muito mas muito mais jogador que o Djaló.

Como segundo-avançado ou até como PL, aí podem comparar, porque já têm um nivel algo semelhante vá (o Djaló aí não era nada mau, mas o Mané tem tudo para ser muito melhor).

Tchi, blasfémia. Não me lembro de ver o Djaló no centro, e felizmente, porque com aquele primeiro toque na recepção de bola, recebendo-a pressionado, dava perdas de bola perigosas atrás de perdas de bolas perigosas...

O Mané recebe e, pelo primeiro toque (porque a agilidade, simulação de corpo, arranque em velocidade, o Djaló também tem), consegue desenvencilhar-se muito mais da pressão, rodar, atacar a baliza ou tabelar de primeiro que o Djaló.

De qualquer forma, é por ser tão forte nas arrancadas com bola, ataque à área e aquele "serpentear" no seu estilo de fugir dos defesas, que gosto dele como extremo, e uma equipa que jogue em 4x3x3 precisa que os extremos marquem bastante golos (e os médios também), como acontece nos outros Clubes.

Para além disso com a sua velocidade se trabalhar as movimentações de ruptura para aproveitar os espaços em contra-ataque em alguns jogos (contra os grandes, por exemplo) pode ser muito perigoso e difícil de travar (andava aí um gif dele contra o porto que demonstra esse perigo a acelerar os ataques).

Até posso exigir a contratação de um bom substituto para o Nani, e eventualmente também de um para o Carrillo se ele não ficar (espero que fique), mas acredito que mesmo com 4 extremos de muita qualidade, pois meto o Iuri ao barulho (e a competitividade é boa), o Mané forçará o treinador a apostar nele e corresponderá.

Para além disso, com tantos problemas na posição 10 em alguns jogos podem jogar lá (eventualmente, mais remotamente, o Mané, e mais vezes o Iuri, que pode funcionar quase como misto de médio-ofensivo e segundo-avançado).

O treinador tem é de preparar bem as dinâmicas da equipa antes desses jogos, introduzindo essa nuance (mais facilmente com alguém como o Iuri, mais difícil com alguém como o Mané por ser mais de "acelerar" que de organizar e pausar quando preciso).
São jogadores diferentes, mas o Mané é mais jogador e pode ser ainda muito mais jogador!  :mrgreen:

Eu gosto bastante do Mané na ala, mas sou sincero, gostava imenso de o ver como PL (como via algumas vezes nos escalões de formação).

O pessoal normalmente diz que onde gostam mais de ver o Mané é como segundo-avançado, e compreendo, porque ele faz muito bem a posição, o problema é que o Sporting para começar com o Mané como segundo-avançado tem de jogar de outra maneira, para não se desiquilibrar defensivamente e também ofensivamente. Neste momento parece-me uma boa solução para entrar durante os jogos (quando não estão fáceis) para essa posição (já deu frutos mais que uma vez esta época e na época passada), a titular não.

Agora como PL, acho que pode perfeitamente começar de inicio e pode ser uma solução para posição.

Plz não comparem o Mané com o Djaló... ::)

Especialmente nas alas, onde o Mané é muito mas muito mais jogador que o Djaló.

Como segundo-avançado ou até como PL, aí podem comparar, porque já têm um nivel algo semelhante vá (o Djaló aí não era nada mau, mas o Mané tem tudo para ser muito melhor).

Tchi, blasfémia. Não me lembro de ver o Djaló no centro, e felizmente, porque com aquele primeiro toque na recepção de bola, recebendo-a pressionado, dava perdas de bola perigosas atrás de perdas de bolas perigosas...

Modelos diferentes. O Djaló rendeu sempre mais no meio, até a 10 jogou. Tinha um meio campo musculado que acabava por esconder esse tipo de defeitos e um avançado em Liedson que fazia o favor de vir buscar jogo atrás, portanto recebia muitas vezes já de frente para a baliza e dentro da área. Mas sim perdia bolas e não eram poucas, mas também tinha uma relação estranha com o golo. Era tosco mas não tinha medo nenhum de ir para o golo. Na ala era um desastre.

Modelos diferentes. O Djaló rendeu sempre mais no meio, até a 10 jogou. Tinha um meio campo musculado que acabava por esconder esse tipo de defeitos e um avançado em Liedson que fazia o favor de vir buscar jogo atrás, portanto recebia muitas vezes já de frente para a baliza e dentro da área. Mas sim perdia bolas e não eram poucas, mas também tinha uma relação estranha com o golo. Era tosco mas não tinha medo nenhum de ir para o golo. Na ala era um desastre.

A 10, mas aquele 10 é o mais chamado segundo-avançado e não o 10 médio.

Mas sim concordo contigo, o Djalo nunca devia ter saido do meio, estragou a carreira toda à pala disso.
O Djaló estragou a carreira porque não tinha qualidade. Não percebo qual é a duvida. O rapaz nunca conseguiu dominar uma bola em condições. Mesmo quando apareceu "em alta" com 2 golos ao benfica nunca vi nada de especial. Era rápido, às vezes rematava bem, mas nem conseguia levar a bola em condução sem a chutar 2 metros para a frente. Só a forma como o Mané acelera com a bola colada ao pé e de cabeça levantada havia de servir para afastar qualquer comparação entre eles.
Eu nem sequer comparo Djálo a Mané, acho mesmo que os únicos pontos que são comparáveis é o tom de pele, os penteados esquisitos, o facto de ambos serem formados no SCP e de ambos terem começado a sua formação a avnaçados e chegaram ao futebol sénior como extremos, de resto não vejo mais pontos que suscitem discussão. Na minha opinião, Mané é muito mais jogador do que Djálo, Mané tem uma capacidade técnica apurada (Djálo era/é um trapalhão), tem agilidade, conduz a bola de cabeça levantada, taticamente é evoluído (daí poder jogar em várias posições) e tem uma caraterística que eu acho fundamental num extremo: sentido de finalização muito apurado, Mané marca muitos golos porque se posiciona bem na área, tem faro pelo golo... Djálo é capaz de ter faro mas é só para apanhar periscas.
Precisa de mais minutos para evoluir ainda mais, num 11 atrás de Slimani com Carrillo e Nani nas alas, com JME e William nas costas sem grandes preocupações defensivas ainda o gostava de ver, como 2º avançado ou falso 10 ou lá como queiram chamar, era capaz de fazer estragos.

agora que temos 9pts de avanço do braguilha, o MS podia apostar mais nos jovens ( Mané, Gauld, Wallyson ) pelo menos dar-lhes mais uns minutos de jogo :great:

Mané se tiver cabeça e aproveitar as oportunidades que aí vêm pode ganhar pontos para na próxima época discutir a titularidade com Iuri Medeiros e Carrillo :great:
O SCP É O NOSSO GRANDE AMOR................Força SCP

90 + 2 = Melão , olha a cabeça, olha a cabeça, olha a cabeça do lampião continua a inchar continua a inchar
O Djaló estragou a carreira porque não tinha qualidade. Não percebo qual é a duvida. O rapaz nunca conseguiu dominar uma bola em condições. Mesmo quando apareceu "em alta" com 2 golos ao benfica nunca vi nada de especial. Era rápido, às vezes rematava bem, mas nem conseguia levar a bola em condução sem a chutar 2 metros para a frente. Só a forma como o Mané acelera com a bola colada ao pé e de cabeça levantada havia de servir para afastar qualquer comparação entre eles.

O Djálo tinha/tem problemas técnicos, sem dúvida, mas consiga mostrar mais os seus pontos fortes quando jogava numa posição de avançado centro ou segundo-avançado do que os seus pontos fracos.

Os vários golos que o Djálo fez pelo Sporting não foram obra do acaso.

Ele como finalizador tinha qualidade.
Entrou bastante bem a provar que merece mais minutos. Abanou logo com o jogo, conseguindo arrancar logo uma grande penalidade.

Para o ano acredito que será umas das figuras principais.
Empresários atentos a Carlos Mané

Spoiler: mostrar

Contrato com Zahavi quase no fim
terça-feira, 31 março de 2015 | 10:52


Apesar de ser representado atualmente pelo israelita Pini Zahavi, Carlos Mané vê o contrato com o agente perto do seu final, faltando cerca de sete meses para o vínculo se dar por terminado.

Neste sentido, e face à crescente importância que o camisola 36 parece ganhar no Sporting, são vários os empresários interessados em garantir os direitos do internacional pelos sub-21 portugueses. Ou seja, a próxima temporada poderá trazer novo representante para uma das figuras do leão em 2015/16.

http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=939943
Carlos Mané procura espaço

Spoiler: mostrar

AUTOR: José Bragança, 2015-04-01 03:04

Carlos Mané já tem mais golos e mais jogos oficiais realizados esta época, tendo por comparação o que fez na última temporada. O atacante vai merecendo a confiança de Marco Silva e ganhando espaço no plantel leonino.

O camisola 36, que está na formação verde e branca desde os seis anos, vai reclamando com os seus golos cada vez mais oportunidades na equipa de Alvalade. Aos 21 anos, Mané soma sete golos em 31 jogos oficiais, enquanto que em 2013/2014 somou quatro golos em 21 jogos oficiais com a principal camisola leonina.

Mané tenta corresponder em campo à confiança do técnico leonino, dando criatividade, improviso, mas também raça a defender e a pressionar o adversário. Preso por uma cláusula de rescisão fixada em 45 milhões de euros, Mané tem contrato até 2018 com o Sporting.

O jogador foi lançado oficialmente na primeira equipa do Sporting por Leonardo Jardim, em encontro da 7.ª jornada do último campeonato, num jogo diante do Vitória de Setúbal. O camisola 36 entrou para o lugar de Wilson Eduardo.

http://www.zerozero.pt/noticia.php?id=152860