Hóquei em Patins 2016/2017

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Nunca vi jogar este Hugo Santos, mas após uma pesquisa rápida, parece jogador a contratar já.

Ainda para mais com equipa B, não há desculpas.

Queixamo-nos de que os nossos adversários secaram os jovens valores nacionais, por isso é atacar a geração sub20 e sub18 e trazer os mais promissores.

Este Hugo Santos, era para ontem. Espero que a secção esteja atenta ( se já não tiver "reservado" por alguém ).
@Dasg87 , mas já verificaste se ele é lampião?  :twisted:
Nunca vi jogar este Hugo Santos, mas após uma pesquisa rápida, parece jogador a contratar já.

Ainda para mais com equipa B, não há desculpas.

Queixamo-nos de que os nossos adversários secaram os jovens valores nacionais, por isso é atacar a geração sub20 e sub18 e trazer os mais promissores.

Este Hugo Santos, era para ontem. Espero que a secção esteja atenta ( se já não tiver "reservado" por alguém ).

No serorc dizem que já assinou por eles e que é máquina.

Andamos a brincar ao hóquei.

Temos grande qualidade na formação, especialmente equipa B/sub 20, mas se não conseguimos agarrar nenhum jovem promissor, dificilmente conseguimos andar de igual para igual a curto médio prazo.

Não nos podemos andar sempre q escudar pelo facto de há uns anos nem termos modalidade oficial. Quem está à frente de uma secção do Sporting, seja qual for a modalidade, tem de viver 24h para a modalidade e para o Sporting.

Com tanto dinheiro gasto neste clube, não se consegue trazer 2/3 jogadores de cada modalidade, para viverem e estudarem em Lisboa, ao nível do que se faz no Barcelona ? Ou no que se faz a nível de futebol na Academia ?

O recrutamento de jogadores fora do distrito de Lisboa só existe no futebol ?

Temos de parar de arranjar desculpas, e começar a apresentar ideias, apresentar soluções, pensar à frente dos rivais, chegar primeiro, porque se continuamos assim, a viver o dia a dia e preocupados apenas em formar planteis para a equipa sénior da época seguinte, vamos continuar sempre atras dos outros e por culpa própria.





@Dasg87

Com o aumento de orçamento tem-se feito essa aposta nomeadamente nos Juniores que penso ser o escalão onde se pode começar a fazer esse tipo de aposta.
Esta equipa de juniores tem o Coimbra que é da Mealhada , o Tomas que é da zona do Porto e o Zé Costa de Turquel.
Mas por exemplo foi-se buscar um Juvenil há Argentina.

SL

O trabalho na nossa formação tem sido de excelência.

O Trindade, por muitos erros que possa ter cometido, por muito pouco que perceba de hóquei, penso que deu alguma organização e estrutura ao nosso hóquei de formação, aliando ao excelente trabalho que vinha a ser feito.

Não sei como ficou a ideia do Trindade, de ter o quartel general do Hóquei num pavilhão próximo de Alvalade, com excepção claro à equipa sénior e possivelmente equipa B.

No entanto, temos de ser mais agressivos no ataque ao mercado. Perdemos jogadores que estavam perfeitamente ao nosso alcance nos últimos anos, sendo que a falta de títulos e a falta de perspectiva de os conquistar, seja um handicap enorme na hora de contratar.

Concordando contigo, que Paulo Freitas é muito bom treinador, se não o melhor ( isto já é a minha opinião ), e tenho a certeza que com ele e com o Pavilhão João Rocha vamos dar o salto para o topo, só isso não chega.

Quando as equipas estão muito próximas, é muitas vezes o talento individual que resolve, e se em termos de treinador e estruturas vamos estar finalmente de igual para igual, em termos de jogadores, ainda estamos 2 degraus abaixo. Não temos jogadores que façam tanta diferença como eles.

Carnide com João Rodrigues e Nicolia.

Porto com Hélder Nunes e Gonçalo Alves.

Por muito que o Gil seja top, não faz os Golos que fazem esses jogadores. No entanto é um jogador fundamental, mas não pode ter os minutos em ringue que foi tendo esta época, isto se queremos lutar pelo título, porque em equipas que movimentam rápido, Gil fica muitas vezes nas covas a defender.

Girão, é top. No entanto a contratação de Paulo Freitas foi o melhor que lhe aconteceu. Pode subir ainda outro patamar.

João Pinto é fundamental, trás alma, trás balneário, é daqueles que vai incendiar o João Rocha nosso favor. Como jogador, vai ter de ser mais consistente. No entanto numa modalidade tão medieval com o hóquei, são precisos jogadores como o João, que faz valer o factor casa como ninguém.

Sobre o Caio, mudei de opinião com a chegada de Paulo Freitas. Mudou completamente a sua atitude, o foco, os níveis competitivos. Este Caio faz falta.

Gil e Font são indiscutíveis.

Vítor Hugo é outro que é bem vindo, tem tido uma média de golos bastante consistente ao longo da carreira, sabe o que é ganhar, impõe-se em ringue.

Magalhães, parece que vais regressar, porque tem valor para estar neste plantel.

Gual e Toni Perez parecem certos.


Parece-me que o plantel está fechado, e se assim for, continua a faltar pelo menos um jogador que faça a tal diferença, os tais 40 golos por época.
Este plantel com o Marvin ou o Torra já era bom!

Eu sei que querias ter escrito Marin, mas o Zeegelaar era uma opção interessante para o hóquei :)
Ja' ha' confirmações de entradas para a próxima época?