Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 24, 2014, 17:53

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Formação do Sporting (Moderador: sotnas) Tópico:

Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 [2] 3 4 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros (Lida 9038 vezes)

Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #20 em: Junho 25, 2011, 20:28 »


BANIDO


*
Iniciado

Mensagens: 342


quem colocou o Nelson oliveira no benfica foi o meu actual professor de telecomunicações, ele é olheiro do benfica e contou-me essa historia, há pouco mais de 1 semana, eu também lhe disse que um dos meus amigos pessoais, que jogava no Sporting nos escalões dos juvenis tinha sido dispensado, tenho representado a selecção nacional já, eu disse-lhe para ele leva lo para benfica que ele merece, pois deu tudo pelo Sporting e o Sporting agora não quis saber dele... é triste

Oi? Recomendas-te um gajo às galinhas?  Doente Bater Cabeça

recomendei, ele merece ser feliz, já que o Sporting não o soube aproveitar alguém que saiba, pode ser que daqui a uns 4\5 anos o Sporting veja o erro que cometeu

Eu fui observar 2 jogadores para o Sporting em 2008 quando ambos ainda estavam em equipas de menor dimensão, um deles jogou este ano nos Sub-15 do Porto embora ainda fosse Sub-14, o outro jogou esta época nos Sub-17 do FCP embora ainda seja Sub-16 e joga também na selecção nacional.

Tentei meter outro jogador no Sporting em 2010, acabou por ir parar a um clube da liga BBVA.

O jogador que jogou nos Juvenis A do Porto é MUITO bom, é capaz de um dia chegar à selecção A. O dos Iniciados A tenho dúvidas que daqui por 3 anos ainda esteja no FC Porto.

Em 2007 observei um jogador Sub-17 na margem sul, enviei o relatório para o SCP, 3 meses depois nem eu nem o jogador tinham recebido qualquer contacto da parte do Sporting. Três anos depois o mesmo jogador estava a jogar na equipa B do Ajax de Capetown. Pessoalmente na altura achei que ele não era melhor do que os que estavam no Sporting e continuo a ser da mesma opinião.

Ainda recentemente vi um jogador que é GR Sub-12 absolutamente fabuloso no Torneio ADCEO, mas hoje em dia já está fora de questão enviar qualquer relatório ao Sporting.

No Torneio da Pontinha de 2009 fui abordado por um dirigente do FC Porto para ser observador do clube na área de Lisboa, recusei educadamente, o que não quer dizer que não tenha ao longo dos últimos 12 meses encaminhado jogadores (recebo "toneladas" de mails de jogadores a enviarem CVs) para observações tanto no Benfica como no Porto, mais para este o último. O mais importante é os miúdos, se para o Sporting não servem...

Quem ajudou a meter o William Carvalho no Benfica foi um benfiquista amigo meu, também ele quis saber mais do miúdo do que do seu clube (benfica). Há tantas estórias assim...

Também já aconteceu eu "descobrir" jogadores muito bons e depois felizmente venho a saber que já estavam referenciados pelo Sporting, como foi recentemente o caso com o Pedro Empis do Estoril Praia.

A última vez que tentei meter um jogador no Sporting foi no dia 28 de Junho de 2010 (ainda tenho esse mail e a resposta do Sporting), e ainda bem, agora felizmente tenho muito mais tempo para dedicar à minha família.

Há uma questão que é muito importante destacar, o Sporting do pós-26 de Março de 2011 não pode pagar pelos "pecados" do Sporting pré-26 Março de 2011, há que ser sério e julgar as pessoas pelo que fazem e não pelo que os outros fizeram ou deixaram de fazer.
« Última modificação: Junho 25, 2011, 21:40 por ACF75 » Registado



Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #21 em: Junho 25, 2011, 20:49 »

Goncalojbcorreia

Parece-me óbvia - aliás, perfeitamente verificável - a clara melhoria que a formação tem tido na última década. Nem sequer percebo tantas críticas, para ser sincero. Seguramente que haverão muitas coisas para melhorar, e muitos aspectos positivos do Passado que podemos recuperar, mas a melhoria que temos tido nesta área nos últimos anos parece-me evidente, especialmente tendo em conta o crescimento que os rivais têm tido no Futebol Formação...
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #22 em: Junho 25, 2011, 20:59 »

Illicitus

Parece-me óbvia - aliás, perfeitamente verificável - a clara melhoria que a formação tem tido na última década. Nem sequer percebo tantas críticas, para ser sincero. Seguramente que haverão muitas coisas para melhorar, e muitos aspectos positivos do Passado que podemos recuperar, mas a melhoria que temos tido nesta área nos últimos anos parece-me evidente, especialmente tendo em conta o crescimento que os rivais têm tido no Futebol Formação...

Parece-te óbvio? No que te baseias para achares isso?
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #23 em: Junho 25, 2011, 21:08 »


No avatar!

*

Mensagens: 14858
Idade: 32
Localidade: Figueira da Foz
Masculino


Parece-me óbvia - aliás, perfeitamente verificável - a clara melhoria que a formação tem tido na última década. Nem sequer percebo tantas críticas, para ser sincero. Seguramente que haverão muitas coisas para melhorar, e muitos aspectos positivos do Passado que podemos recuperar, mas a melhoria que temos tido nesta área nos últimos anos parece-me evidente, especialmente tendo em conta o crescimento que os rivais têm tido no Futebol Formação...

Não sei porque não conheço, mas são muitos olheiros a lamentarem-se, não deve ser apenas sede de protagonismo. E se dizes que houve uma melhoria na dos rivais, porque é que essa melhoria não foi também ela compensada pela estagnação da nossa parte?
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #24 em: Junho 25, 2011, 21:12 »



*
Júnior

Mensagens: 2236

WWW
quem colocou o Nelson oliveira no benfica foi o meu actual professor de telecomunicações, ele é olheiro do benfica e contou-me essa historia, há pouco mais de 1 semana, eu também lhe disse que um dos meus amigos pessoais, que jogava no Sporting nos escalões dos juvenis tinha sido dispensado, tenho representado a selecção nacional já, eu disse-lhe para ele leva lo para benfica que ele merece, pois deu tudo pelo Sporting e o Sporting agora não quis saber dele... é triste

Oi? Recomendas-te um gajo às galinhas?  Doente Bater Cabeça

recomendei, ele merece ser feliz, já que o Sporting não o soube aproveitar alguém que saiba, pode ser que daqui a uns 4\5 anos o Sporting veja o erro que cometeu

Eu fui observar 2 jogadores para o Sporting em 2008 quando ambos ainda estavam em equipas de menor dimensão, um deles jogou este ano nos Sub-15 do Porto embora ainda fosse Sub-14, o outro jogou esta época nos Sub-17 do FCP embora ainda seja Sub-16 e joga também na selecção nacional.

Tentei meter outro jogador no Sporting em 2010, acabou por ir parar a um clube da liga BBVA.

O jogador que jogou nos Juvenis A do Porto é MUITO bom, é capaz de um dia chegar à selecção A. O dos Iniciados A tenho dúvidas que daqui por 3 anos ainda esteja no FC Porto.

Em 2007 observei um jogador Sub-17 na margem sul, enviei o relatório para o SCP, 3 meses depois nem eu nem o jogador tinham recebido qualquer contacto da parte do Sporting. Três anos depois o mesmo jogador estava a jogar na equipa B do Ajax de Capetown. Pessoalmente na altura achei que ele não era melhor do que os que estavam no Sporting e continuo a ser da mesma opinião.

Ainda recentemente vi um jogador que é GR Sub-12 absolutamente fabuloso no Torneio ADCEO, mas hoje em dia já está fora de questão enviar qualquer relatório ao Sporting.

No Torneio da Pontinha de 2009 fui abordado por um dirigente do FC Porto para ser observador do clube na área de Lisboa, recusei educadamente, o que não quer dizer que não tenha ao longo dos últimos 12 meses encaminhado jogadores (recebo "toneladas" de mails de jogadores a enviarem CVs) para observações tanto no Benfica como no Porto, mais para este o último. O mais importante é os miúdos, se para o Sporting não servem...

Quem ajudou a meter o William Carvalho no Benfica foi um benfiquista amigo meu, também ele quis saber mais do miúdo do que do seu clube (benfica). Há tantas estórias assim...


No meio de tantas solicitações, certamente será cliché afirmar que não há lugar para todos... Só mesmo para os excepcionais e talvez alguns muitos bons...
Registado



"O ser humano será o único animal que procura voluntariamente a servidão para se furtar ao dom que o distingue da restante criação: a inteligência." (Miguel Castelo Branco)
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #25 em: Junho 25, 2011, 21:13 »

a32772

Parece-me óbvia - aliás, perfeitamente verificável - a clara melhoria que a formação tem tido na última década. Nem sequer percebo tantas críticas, para ser sincero. Seguramente que haverão muitas coisas para melhorar, e muitos aspectos positivos do Passado que podemos recuperar, mas a melhoria que temos tido nesta área nos últimos anos parece-me evidente, especialmente tendo em conta o crescimento que os rivais têm tido no Futebol Formação...

As mudanças não provocam efeito no imediato, é sempre a médio prazo. Se actualmente ainda temos uma geração a bater à porta dos júniores com qualidade reconhecida parece-me óbvio que nos outros escalões não se vai ouvindo falar em nada de extraordinário. E isso é que me preocupa... E depois estas queixas todas,  demasiado fumo para não haver fogo!
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #26 em: Junho 25, 2011, 21:16 »



*
Veterano

Mensagens: 5268
Localidade: LAV


Parece-me óbvia - aliás, perfeitamente verificável - a clara melhoria que a formação tem tido na última década. Nem sequer percebo tantas críticas, para ser sincero. Seguramente que haverão muitas coisas para melhorar, e muitos aspectos positivos do Passado que podemos recuperar, mas a melhoria que temos tido nesta área nos últimos anos parece-me evidente, especialmente tendo em conta o crescimento que os rivais têm tido no Futebol Formação...

Gonçalo, parece-me que temos tido melhorias no que toca à formação em si...mas o mesmo não se verifica na prospecção.

Sendo verdade a questão do Nelson Oliveira, pergunto-me: Quantos mais do benfica e porto poderiam estar a jogar por nós e não estão devido a erros deste departamento?
Registado

Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #27 em: Junho 25, 2011, 21:16 »



*
Veterano

Mensagens: 17498
Idade: 26
Localidade: Paris
Masculino


quem colocou o Nelson oliveira no benfica foi o meu actual professor de telecomunicações, ele é olheiro do benfica e contou-me essa historia, há pouco mais de 1 semana, eu também lhe disse que um dos meus amigos pessoais, que jogava no Sporting nos escalões dos juvenis tinha sido dispensado, tenho representado a selecção nacional já, eu disse-lhe para ele leva lo para benfica que ele merece, pois deu tudo pelo Sporting e o Sporting agora não quis saber dele... é triste

Oi? Recomendas-te um gajo às galinhas?  Doente Bater Cabeça

recomendei, ele merece ser feliz, já que o Sporting não o soube aproveitar alguém que saiba, pode ser que daqui a uns 4\5 anos o Sporting veja o erro que cometeu


Quem ajudou a meter o William Carvalho no Benfica foi um benfiquista amigo meu, também ele quis saber mais do miúdo do que do seu clube (benfica). Há tantas estórias assim...

A última vez que tentei meter um jogador no Sporting foi no dia 28 de Junho de 2010 (ainda tenho esse mail e a resposta do Sporting), e ainda bem, agora felizmente tenho muito mais tempo para dedicar à minha família.

Tens ai um erro o  teu amigo lampião indicou-o e muito bem ao Sporting felizmente para ele não está nas galinhas 
Registado

“Para mim, o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres, mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!” De Franceschi
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #28 em: Junho 25, 2011, 22:43 »

Goncalojbcorreia

@ Ilicitus:

No número de jogadores lançados no plantel principal vindos da formação da última década face ás anteriores;
Na melhoria que as infra-estraturas do futebol de formação do Sporting têm vindo a ter nos últimos anos;
Na melhor percepção que - na minha opinião - se tem agora da forma como deve ser encarada e trabalhada a formação como principal produtora do plantel de futebol profissional do Sporting
Na melhoria na vertente técnica da formação, especialmente na questão do trabalho táctico e técnico (o trabalho que se faz nos treinos das camadas jovens agora, por exemplo, é muito mais profissional, moderno e organizado que anteriormente.

Nalguns aspectos que, na minha opinião, têm melhorado imenso na última década, ou nos últimos 15 anos, como preferires. Mas é apenas e só uma opinião...

Além disso, parece-me que o futuro será ainda mais promissor... além do trabalho interessante que já é feito exclusivamente no futebol formação, começa-se agora a pensar (isto é, os dirigentes do Sporting) na criação de planos para os jogadores da formação, planos de carreira (creio). Ou seja, além do bom trabalho que é feito nas camadas jovens, pretende-se, com esta medida e com outras (como a implementação da Equipa B) fazer com que esse mesmo trabalho seja mais e melhor aproveitado, por forma a que a integração desses jovens no futebol profissional ocorra da melhor forma possível (o que ainda não acontece, de facto).

@ Stunner:

Sinceramente não sei. Não tenho dúvidas que os rivais melhoraram, mas parece-me que nós também o fizémos (provavelmente até mais). A nível de sucessos desportivos no futebol formação, creio que os temos tido em muito maior número do que de 1995 para trás. Parece-me claro, visto que foi esta última década a mais produtiva para o Sporting neste aspecto.

Noutras questões que não o sucesso desportivo (que não me parece o mais importante da formação - nunca o foi, pelo menos para o Sporting, embora para os rivais me pareça ser), penso que melhorámos bastante. A nível de prospecção não estou seguro (tenho algumas dúvidas, de facto) mas em tudo o resto (trabalho técnico e táctico dos jogadores, gestão do fut formação em si, acompanhamento profissional dos jovens jogadores do Sporting, etc etc) penso que melhorámos, muito mesmo.

@ a32772:

O facto de não se ouvir falar em tantos jovens prodígios quanto isso (se bem que nos próximos juniores, estarão o Bruma, o Eric e o Iuri, que são muito falados como tal, nos juvenis manter-se-á - creio - o Ponde e irá o José Postiga também, iniciados desconheço o escalão anterior) penso que é muito mais pela estratégia que tem sido seguida do que por falta de competência.

Penso que ultimamente a formação do Sporting tem-se preocupado muito mais em trabalhar os jogadores do ponto de vista colectivo, do que em trabalhar e exponenciar as qualidades individuais que têm. Não conheço jogadores com a capacidade de desequilibrar, com a irreverência e com a fogacidade nos duelos individuais que já tiveram outras estrelas da formação (como Ronaldo e Nani á cabeça, sendo que o primeiro foi-se alterando após a saída do Sporting, estando hoje um jogador claramente diferente).

Mas talvez anteriorment não houvessem jogadores com a fiabilidade de André Santos, com a competência e segurança de Carriço, com a força psicológica de Patrício, etc etc. Procuram-se, agora, jogadores diferentes, creio. Não por competência ou por falta dela, mas por estratégia em si. E - também - porque craques não aparecem todas as gerações...

@ Mudo:

Talvez, de facto, a qualidade na prospecção não tenha melhorado (ou tenha mesmo diminuido). É, especialmente, aqui, que reconheço também maior evolução e competência nos rivais - face ao que faziam anteriormente, que era muitíssimo pouco.
« Última modificação: Junho 25, 2011, 23:25 por Goncalojbcorreia » Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #29 em: Junho 25, 2011, 23:29 »


BANIDO


*
Iniciado

Mensagens: 342




Caro Gonçalo Correia, com o devido respeito, eu não entendo como é que uma pessoa de 17 anos pode comentar as diferenças na formação do Sporting de 2006 para 2011 quanto mais de 2001 para 2011, digo isso sem querer menosprezar a sua opinião, mas com o devido respeito acho que não tem qualificações nem experiência para afirmar que as coisas estão melhores.

S.L.
Registado

Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #30 em: Junho 25, 2011, 23:44 »

a32772

@ Ilicitus:

No número de jogadores lançados no plantel principal vindos da formação da última década face ás anteriores;
Na melhoria que as infra-estraturas do futebol de formação do Sporting têm vindo a ter nos últimos anos;
Na melhor percepção que - na minha opinião - se tem agora da forma como deve ser encarada e trabalhada a formação como principal produtora do plantel de futebol profissional do Sporting
Na melhoria na vertente técnica da formação, especialmente na questão do trabalho táctico e técnico (o trabalho que se faz nos treinos das camadas jovens agora, por exemplo, é muito mais profissional, moderno e organizado que anteriormente.

Nalguns aspectos que, na minha opinião, têm melhorado imenso na última década, ou nos últimos 15 anos, como preferires. Mas é apenas e só uma opinião...

Além disso, parece-me que o futuro será ainda mais promissor... além do trabalho interessante que já é feito exclusivamente no futebol formação, começa-se agora a pensar (isto é, os dirigentes do Sporting) na criação de planos para os jogadores da formação, planos de carreira (creio). Ou seja, além do bom trabalho que é feito nas camadas jovens, pretende-se, com esta medida e com outras (como a implementação da Equipa B) fazer com que esse mesmo trabalho seja mais e melhor aproveitado, por forma a que a integração desses jovens no futebol profissional ocorra da melhor forma possível (o que ainda não acontece, de facto).

@ Stunner:

Sinceramente não sei. Não tenho dúvidas que os rivais melhoraram, mas parece-me que nós também o fizémos (provavelmente até mais). A nível de sucessos desportivos no futebol formação, creio que os temos tido em muito maior número do que de 1995 para trás. Parece-me claro, visto que foi esta última década a mais produtiva para o Sporting neste aspecto.

Noutras questões que não o sucesso desportivo (que não me parece o mais importante da formação - nunca o foi, pelo menos para o Sporting, embora para os rivais me pareça ser), penso que melhorámos bastante. A nível de prospecção não estou seguro (tenho algumas dúvidas, de facto) mas em tudo o resto (trabalho técnico e táctico dos jogadores, gestão do fut formação em si, acompanhamento profissional dos jovens jogadores do Sporting, etc etc) penso que melhorámos, muito mesmo.

@ a32772:

O facto de não se ouvir falar em tantos jovens prodígios quanto isso (se bem que nos próximos juniores, estarão o Bruma, o Eric e o Iuri, que são muito falados como tal, nos juvenis manter-se-á - creio - o Ponde e irá o José Postiga também, iniciados desconheço o escalão anterior) penso que é muito mais pela estratégia que tem sido seguida do que por falta de competência.

Penso que ultimamente a formação do Sporting tem-se preocupado muito mais em trabalhar os jogadores do ponto de vista colectivo, do que em trabalhar e exponenciar as qualidades individuais que têm. Não conheço jogadores com a capacidade de desequilibrar, com a irreverência e com a fogacidade nos duelos individuais que já tiveram outras estrelas da formação (como Ronaldo e Nani á cabeça, sendo que o primeiro foi-se alterando após a saída do Sporting, estando hoje um jogador claramente diferente).

Mas talvez anteriorment não houvessem jogadores com a fiabilidade de André Santos, com a competência e segurança de Carriço, com a força psicológica de Patrício, etc etc. Procuram-se, agora, jogadores diferentes, creio. Não por competência ou por falta dela, mas por estratégia em si. E - também - porque craques não aparecem todas as gerações...

@ Mudo:

Talvez, de facto, a qualidade na prospecção não tenha melhorado (ou tenha mesmo diminuido). É, especialmente, aqui, que reconheço também maior evolução e competência nos rivais - face ao que faziam anteriormente, que era muitíssimo pouco.

A questão é que dos júniores para baixo não ouves falar em rigorosamente nada. Fala-se no Postiga, muito também por ser irmão de quem é, e do Ponde que já foi descoberto para aí em 2004.

De resto, deixa-te de disparates como esse de dizer que nesses escalões se trabalha do ponto de vista colectivo. Não se trabalha. Nesses escalões continua-se unicamente a querer potenciar jogadores INDIVIDUALMENTE. Neste momento só existem duas equipas à escala mundial que tem essas preocupações colectivas para lá das individuais: Barcelona e Ajax. Nessas equipas existe um esquema mais ou menos definido, uma forma de jogar que se potencia desde a base para mais tarde ser aproveitada nos séniores. No Sporting não existe nada disso, apenas existe a preocupação de se formar o jogador e o homem (aqui temos falhado demasiadas vezes!).
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #31 em: Junho 25, 2011, 23:53 »


BANIDO


*
Iniciado

Mensagens: 342



A questão é que dos júniores para baixo não ouves falar em rigorosamente nada. Fala-se no Postiga, muito também por ser irmão de quem é, e do Ponde que já foi descoberto para aí em 2004.

Março de 2005.
Registado

Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #32 em: Junho 26, 2011, 00:07 »

Goncalojbcorreia



Caro Gonçalo Correia, com o devido respeito, eu não entendo como é que uma pessoa de 17 anos pode comentar as diferenças na formação do Sporting de 2006 para 2011 quanto mais de 2001 para 2011, digo isso sem querer menosprezar a sua opinião, mas com o devido respeito acho que não tem qualificações nem experiência para afirmar que as coisas estão melhores.

S.L.
E eu aceito com todo o respeito. Até porque estou a falar com um profissional na matéria. Naturalmente que as minhas opiniões e ideias baseiam-se, única e exclusivamente, do que já li e do que já ouvi sobre o tema. Disto, fiz o meu julgamento daquilo que se passou.

Creio, no entanto, que a questão do conhecimento directo do que se passou pode acabar por ser questionável. Eu não vivi muitos dos factos e evoluções históricas que ocorreram no Passado. Será que isso me torna alguém que só pode comentar, então, aquilo que se passou nos últimos 5,6 anos - seja o assunto de que matéria for ?

@ Ilicitus:

No número de jogadores lançados no plantel principal vindos da formação da última década face ás anteriores;
Na melhoria que as infra-estraturas do futebol de formação do Sporting têm vindo a ter nos últimos anos;
Na melhor percepção que - na minha opinião - se tem agora da forma como deve ser encarada e trabalhada a formação como principal produtora do plantel de futebol profissional do Sporting
Na melhoria na vertente técnica da formação, especialmente na questão do trabalho táctico e técnico (o trabalho que se faz nos treinos das camadas jovens agora, por exemplo, é muito mais profissional, moderno e organizado que anteriormente.

Nalguns aspectos que, na minha opinião, têm melhorado imenso na última década, ou nos últimos 15 anos, como preferires. Mas é apenas e só uma opinião...

Além disso, parece-me que o futuro será ainda mais promissor... além do trabalho interessante que já é feito exclusivamente no futebol formação, começa-se agora a pensar (isto é, os dirigentes do Sporting) na criação de planos para os jogadores da formação, planos de carreira (creio). Ou seja, além do bom trabalho que é feito nas camadas jovens, pretende-se, com esta medida e com outras (como a implementação da Equipa B) fazer com que esse mesmo trabalho seja mais e melhor aproveitado, por forma a que a integração desses jovens no futebol profissional ocorra da melhor forma possível (o que ainda não acontece, de facto).

@ Stunner:

Sinceramente não sei. Não tenho dúvidas que os rivais melhoraram, mas parece-me que nós também o fizémos (provavelmente até mais). A nível de sucessos desportivos no futebol formação, creio que os temos tido em muito maior número do que de 1995 para trás. Parece-me claro, visto que foi esta última década a mais produtiva para o Sporting neste aspecto.

Noutras questões que não o sucesso desportivo (que não me parece o mais importante da formação - nunca o foi, pelo menos para o Sporting, embora para os rivais me pareça ser), penso que melhorámos bastante. A nível de prospecção não estou seguro (tenho algumas dúvidas, de facto) mas em tudo o resto (trabalho técnico e táctico dos jogadores, gestão do fut formação em si, acompanhamento profissional dos jovens jogadores do Sporting, etc etc) penso que melhorámos, muito mesmo.

@ a32772:

O facto de não se ouvir falar em tantos jovens prodígios quanto isso (se bem que nos próximos juniores, estarão o Bruma, o Eric e o Iuri, que são muito falados como tal, nos juvenis manter-se-á - creio - o Ponde e irá o José Postiga também, iniciados desconheço o escalão anterior) penso que é muito mais pela estratégia que tem sido seguida do que por falta de competência.

Penso que ultimamente a formação do Sporting tem-se preocupado muito mais em trabalhar os jogadores do ponto de vista colectivo, do que em trabalhar e exponenciar as qualidades individuais que têm. Não conheço jogadores com a capacidade de desequilibrar, com a irreverência e com a fogacidade nos duelos individuais que já tiveram outras estrelas da formação (como Ronaldo e Nani á cabeça, sendo que o primeiro foi-se alterando após a saída do Sporting, estando hoje um jogador claramente diferente).

Mas talvez anteriorment não houvessem jogadores com a fiabilidade de André Santos, com a competência e segurança de Carriço, com a força psicológica de Patrício, etc etc. Procuram-se, agora, jogadores diferentes, creio. Não por competência ou por falta dela, mas por estratégia em si. E - também - porque craques não aparecem todas as gerações...

@ Mudo:

Talvez, de facto, a qualidade na prospecção não tenha melhorado (ou tenha mesmo diminuido). É, especialmente, aqui, que reconheço também maior evolução e competência nos rivais - face ao que faziam anteriormente, que era muitíssimo pouco.

A questão é que dos júniores para baixo não ouves falar em rigorosamente nada. Fala-se no Postiga, muito também por ser irmão de quem é, e do Ponde que já foi descoberto para aí em 2004.

De resto, deixa-te de disparates como esse de dizer que nesses escalões se trabalha do ponto de vista colectivo. Não se trabalha. Nesses escalões continua-se unicamente a querer potenciar jogadores INDIVIDUALMENTE. Neste momento só existem duas equipas à escala mundial que tem essas preocupações colectivas para lá das individuais: Barcelona e Ajax. Nessas equipas existe um esquema mais ou menos definido, uma forma de jogar que se potencia desde a base para mais tarde ser aproveitada nos séniores. No Sporting não existe nada disso, apenas existe a preocupação de se formar o jogador e o homem (aqui temos falhado demasiadas vezes!).
Bom, de facto se foi em 2004 (ou 2005) é certo que já foi há algum tempo. Mas foi, então, nos últimos 6 anos. E as críticas apontam para os últimos 15...

Quanto ao segundo parágrafo, creio que, agora, já não será bem assim - no Sporting. Mas, como não o posso comprovar, fica apenas como uma dúvida que tenho e uma crença de que as coisas já não são assim tão simples.

Além de que, para mim, fazer crescer jogadores individualmente sem que exista um crescimento colectivo no seu futebol... bom, parece-me muito complicado (para não dizer praticamente impossível). Um bom jogador, tem de ter algumas bases colectivas - mesmo que mínimas - e não apenas qualidades individuais. Isto na minha opinião, sendo que também me parece que esse trabalho não deve ser feito apenas nos séniores, mas também nas camadas jovens.

Como disse, não tenho a certeza que tal se faz no Sporting (não a posso ter) mas, de momento, duvido que as coisas sejam assim tão simples...
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #33 em: Junho 26, 2011, 00:12 »


Ex-JB1906


*
Juvenil

Mensagens: 1210


E os jogadores que hoje estão no Sporting porque nos antecipámos aos corruptos e aos lampiolas?

Isso não interessa?
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #34 em: Junho 26, 2011, 01:07 »



*
Sénior

Mensagens: 4812
Idade: 28
Masculino


Saindo um pouco de off-topic não percebo o porquê de indicar os jogadores que o Sporting não quer, ao benfica ou ao porto, sabendo de antemão que esses clubes não apostam em jogadores de formação. Na minha óptica, acho que faria muito mais sentido colocar o jogador num Braga ou num Guimarães pois aí teriam de certeza muito mais hipóteses de ter sucesso e em vez disso muitos andam a jogar na 2ª ou 3ª divisão.
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #35 em: Junho 26, 2011, 01:44 »


BANIDO


*
Iniciado

Mensagens: 342


Registado

Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #36 em: Junho 26, 2011, 01:51 »

a32772



Caro Gonçalo Correia, com o devido respeito, eu não entendo como é que uma pessoa de 17 anos pode comentar as diferenças na formação do Sporting de 2006 para 2011 quanto mais de 2001 para 2011, digo isso sem querer menosprezar a sua opinião, mas com o devido respeito acho que não tem qualificações nem experiência para afirmar que as coisas estão melhores.

S.L.
E eu aceito com todo o respeito. Até porque estou a falar com um profissional na matéria. Naturalmente que as minhas opiniões e ideias baseiam-se, única e exclusivamente, do que já li e do que já ouvi sobre o tema. Disto, fiz o meu julgamento daquilo que se passou.

Creio, no entanto, que a questão do conhecimento directo do que se passou pode acabar por ser questionável. Eu não vivi muitos dos factos e evoluções históricas que ocorreram no Passado. Será que isso me torna alguém que só pode comentar, então, aquilo que se passou nos últimos 5,6 anos - seja o assunto de que matéria for ?

@ Ilicitus:

No número de jogadores lançados no plantel principal vindos da formação da última década face ás anteriores;
Na melhoria que as infra-estraturas do futebol de formação do Sporting têm vindo a ter nos últimos anos;
Na melhor percepção que - na minha opinião - se tem agora da forma como deve ser encarada e trabalhada a formação como principal produtora do plantel de futebol profissional do Sporting
Na melhoria na vertente técnica da formação, especialmente na questão do trabalho táctico e técnico (o trabalho que se faz nos treinos das camadas jovens agora, por exemplo, é muito mais profissional, moderno e organizado que anteriormente.

Nalguns aspectos que, na minha opinião, têm melhorado imenso na última década, ou nos últimos 15 anos, como preferires. Mas é apenas e só uma opinião...

Além disso, parece-me que o futuro será ainda mais promissor... além do trabalho interessante que já é feito exclusivamente no futebol formação, começa-se agora a pensar (isto é, os dirigentes do Sporting) na criação de planos para os jogadores da formação, planos de carreira (creio). Ou seja, além do bom trabalho que é feito nas camadas jovens, pretende-se, com esta medida e com outras (como a implementação da Equipa B) fazer com que esse mesmo trabalho seja mais e melhor aproveitado, por forma a que a integração desses jovens no futebol profissional ocorra da melhor forma possível (o que ainda não acontece, de facto).

@ Stunner:

Sinceramente não sei. Não tenho dúvidas que os rivais melhoraram, mas parece-me que nós também o fizémos (provavelmente até mais). A nível de sucessos desportivos no futebol formação, creio que os temos tido em muito maior número do que de 1995 para trás. Parece-me claro, visto que foi esta última década a mais produtiva para o Sporting neste aspecto.

Noutras questões que não o sucesso desportivo (que não me parece o mais importante da formação - nunca o foi, pelo menos para o Sporting, embora para os rivais me pareça ser), penso que melhorámos bastante. A nível de prospecção não estou seguro (tenho algumas dúvidas, de facto) mas em tudo o resto (trabalho técnico e táctico dos jogadores, gestão do fut formação em si, acompanhamento profissional dos jovens jogadores do Sporting, etc etc) penso que melhorámos, muito mesmo.

@ a32772:

O facto de não se ouvir falar em tantos jovens prodígios quanto isso (se bem que nos próximos juniores, estarão o Bruma, o Eric e o Iuri, que são muito falados como tal, nos juvenis manter-se-á - creio - o Ponde e irá o José Postiga também, iniciados desconheço o escalão anterior) penso que é muito mais pela estratégia que tem sido seguida do que por falta de competência.

Penso que ultimamente a formação do Sporting tem-se preocupado muito mais em trabalhar os jogadores do ponto de vista colectivo, do que em trabalhar e exponenciar as qualidades individuais que têm. Não conheço jogadores com a capacidade de desequilibrar, com a irreverência e com a fogacidade nos duelos individuais que já tiveram outras estrelas da formação (como Ronaldo e Nani á cabeça, sendo que o primeiro foi-se alterando após a saída do Sporting, estando hoje um jogador claramente diferente).

Mas talvez anteriorment não houvessem jogadores com a fiabilidade de André Santos, com a competência e segurança de Carriço, com a força psicológica de Patrício, etc etc. Procuram-se, agora, jogadores diferentes, creio. Não por competência ou por falta dela, mas por estratégia em si. E - também - porque craques não aparecem todas as gerações...

@ Mudo:

Talvez, de facto, a qualidade na prospecção não tenha melhorado (ou tenha mesmo diminuido). É, especialmente, aqui, que reconheço também maior evolução e competência nos rivais - face ao que faziam anteriormente, que era muitíssimo pouco.

A questão é que dos júniores para baixo não ouves falar em rigorosamente nada. Fala-se no Postiga, muito também por ser irmão de quem é, e do Ponde que já foi descoberto para aí em 2004.

De resto, deixa-te de disparates como esse de dizer que nesses escalões se trabalha do ponto de vista colectivo. Não se trabalha. Nesses escalões continua-se unicamente a querer potenciar jogadores INDIVIDUALMENTE. Neste momento só existem duas equipas à escala mundial que tem essas preocupações colectivas para lá das individuais: Barcelona e Ajax. Nessas equipas existe um esquema mais ou menos definido, uma forma de jogar que se potencia desde a base para mais tarde ser aproveitada nos séniores. No Sporting não existe nada disso, apenas existe a preocupação de se formar o jogador e o homem (aqui temos falhado demasiadas vezes!).
Bom, de facto se foi em 2004 (ou 2005) é certo que já foi há algum tempo. Mas foi, então, nos últimos 6 anos. E as críticas apontam para os últimos 15...

Quanto ao segundo parágrafo, creio que, agora, já não será bem assim - no Sporting. Mas, como não o posso comprovar, fica apenas como uma dúvida que tenho e uma crença de que as coisas já não são assim tão simples.

Além de que, para mim, fazer crescer jogadores individualmente sem que exista um crescimento colectivo no seu futebol... bom, parece-me muito complicado (para não dizer praticamente impossível). Um bom jogador, tem de ter algumas bases colectivas - mesmo que mínimas - e não apenas qualidades individuais. Isto na minha opinião, sendo que também me parece que esse trabalho não deve ser feito apenas nos séniores, mas também nas camadas jovens.

Como disse, não tenho a certeza que tal se faz no Sporting (não a posso ter) mas, de momento, duvido que as coisas sejam assim tão simples...

Bem me parecia que estarias a falar "porque sim". O caso do Ponde foi tremendamente falado na opinião pública na altura, foi um jogador que mereceu reportagem por ser um puto filho de emigrantes romenos e que recebeu propostas de fora (Chelsea...).

Resumidamente parece-me que falas de cor. Os jogadores na sua formação evoluem física, técnica e tacticamente. Mas essa aposta destina-se apenas ao desenvolvimento INDIVIDUAL. Quando se fala em trabalho colectivo fala-se mais em envolvência em determinado sistema de jogo, numa mentalidade de jogo, numa base que depois é usada no futuro nos séniores. Isso no Sporting pura e simplesmente não existe. Nos escalões de formação o que observas é uma tentativa de potencialização de um jogador, desenvolvendo-o ao máximo.
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #37 em: Junho 26, 2011, 02:50 »

Goncalojbcorreia

@ A327772:

Não percebi. Colocaste a negrito o que eu disse... Mas o Ponde não foi descoberto nos últimos 15 anos, por exemplo, sendo um dos que falaste? Não estávamos a falar do défice qualitativo da prospecção ? É que - posso estar enganado - mas é destes tempos mais recentes que recaiem as críticas no artigo, sendo que a descoberta do Cristian (que agora, coitado do rapaz, anda num embróglio jurídico - não sei se já está resolvido) aconteceu dentro desse período  Indeciso

Disse também que não tinha a certeza sobre o trabalho colectivo a que os jogadores da formação do Sporting estavam submetidos - a questão de trabalharem dentro de um modelo de jogo que os prepare melhor para o tipo de futebol que se pretenda nos séniores. Simplesmente tenho algumas dúvidas que ainda não se faça tal trabalho no presente - como disse, não posso estar certo - e referi que achava que deveria ser feito, até pelo tipo de jogadores que têm saído da Académica nos últimos 5,6 anos, ou por volta disso, que me parecem diferentes...

@ ACF75:

Ora aí está uma das coisas que li para me informar (já que não conheço bem a realidade) antes de vir aqui comentar. Entre muitos outros artigos do Pedro e entre muitos outros artigos no ADT (inclusive, por vezes aparecem lá comentários bastante interessantes: uns mais críticos, outros menos, mas muitos são interessantes).

Pareceu-me interessante, e após ler artigos mais elogiosos (como esses, e outros que datam de alturas mais antigas no mesmo local) e outros mais críticos (como as entrevistas no Academia de Talentos - algumas retiradas, mas publicadas na blogosfera leonina) tirei, como já tinha dito, as minhas conclusões pessoais.
Registado
Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #38 em: Junho 26, 2011, 09:53 »



*
Juvenil

Mensagens: 1388
Idade: 34
Localidade: Lisboa
Masculino


Para quem jogou Manager, José Santos é o Major Santos... Um dos melhores olheiros do jogo...  

Tenente Coronel José Luís Santos.

Esquece lá a parte do Luis...é apenas José Santos.  Positivo!
 
Registado

Re: Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros , « Resposta #39 em: Junho 26, 2011, 13:06 »

a32772

@ A327772:

Não percebi. Colocaste a negrito o que eu disse... Mas o Ponde não foi descoberto nos últimos 15 anos, por exemplo, sendo um dos que falaste? Não estávamos a falar do défice qualitativo da prospecção ? É que - posso estar enganado - mas é destes tempos mais recentes que recaiem as críticas no artigo, sendo que a descoberta do Cristian (que agora, coitado do rapaz, anda num embróglio jurídico - não sei se já está resolvido) aconteceu dentro desse período  Indeciso

Disse também que não tinha a certeza sobre o trabalho colectivo a que os jogadores da formação do Sporting estavam submetidos - a questão de trabalharem dentro de um modelo de jogo que os prepare melhor para o tipo de futebol que se pretenda nos séniores. Simplesmente tenho algumas dúvidas que ainda não se faça tal trabalho no presente - como disse, não posso estar certo - e referi que achava que deveria ser feito, até pelo tipo de jogadores que têm saído da Académica nos últimos 5,6 anos, ou por volta disso, que me parecem diferentes...

@ ACF75:

Ora aí está uma das coisas que li para me informar (já que não conheço bem a realidade) antes de vir aqui comentar. Entre muitos outros artigos do Pedro e entre muitos outros artigos no ADT (inclusive, por vezes aparecem lá comentários bastante interessantes: uns mais críticos, outros menos, mas muitos são interessantes).

Pareceu-me interessante, e após ler artigos mais elogiosos (como esses, e outros que datam de alturas mais antigas no mesmo local) e outros mais críticos (como as entrevistas no Academia de Talentos - algumas retiradas, mas publicadas na blogosfera leonina) tirei, como já tinha dito, as minhas conclusões pessoais.

Mas quais 15 anos pá? Viste alguém neste tópico a falar-se nessa coisa dos 15 anos relativamente à prospecção? Está visto que a tua participação neste está demasiado focada em querer defender o que se tem passado nestes últimos 15 anos quando na realidade não é isso que está em causa.

Este problema da prospecção não se iniciou em 1996, foi muito depois disso, já nesta década. Foi justamente quando a formação do Sporting começou a ser "demasiadamente" elogiada na opinião pública e que levou levou a que os cargos ligados à formação começassem a ser apetecíveis. Esses problemas são relativamente recentes e não de há 15 anos...

Quanto ao esquema de jogo usado nos escalões de formação não vou discutir mais contigo. Tens dúvidas, não tens certezas, etc... Mas não és capaz de fazer o exercício mais básico que é o de comparar o esquema táctico maioritariamente usado nos escalões de formação com os esquemas preferencialmente usados nos séniores nas últimas épocas. 
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 [2] 3 4 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Futebol e Modalidades do Sporting Formação do Sporting (Moderador: sotnas) Tópico:

Jornal i: Formação. O Sporting tem vistas curtas para os olheiros

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade