Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Abril 19, 2014, 08:10

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

Nascer uma vez.

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: [1] Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Nascer uma vez. (Lida 2908 vezes)

Nascer uma vez. , « em: Janeiro 20, 2014, 16:10 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 21170
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


Em um momento que se fala muito da formação em Portugal, após mais uma sessão de destravamento linguístico de Jorge Jesus, muitas considerações se têm feito quanto ao trabalho do Sporting nos seus escalões mais jovens e, na minha opinião, muitos equívocos se têm cometido. Alguns desses equívocos originados apenas e só por  febre clubística e pura inveja e consequente desvalorização do Sporting e da sua importância no futebol português, enquanto clube formador e/ou como validação da estratégia dos clubes cujas cores defendem. Ou, em outros casos, equívocos causados por uma simples análise de determinados resultados desportivos, nos quais a aposta estratégica em causa tem que ser relativizada e inserida no contexto. Seja ele qual for.

Esses equívocos… ou melhor, pretensas verdades absolutas que como tal, só são e quando muito parcialmente válidos, têm passado principalmente por duas ideias chave.

1-   “A aposta na formação por parte do Sporting não lhe trouxe maior competitividade.

Não há um Sportinguista que não discuta este tema e não exprima o seu orgulho em um 11 titular da equipa profissional de futebol em grande parte constituída por jogadores portugueses por si formados e nos seus Bolas de Ouro, que não tenha como resposta: “ E quantos títulos tem ganho o Sporting? Tem valido de alguma coisa?”

A perda de competividade do Sporting não passou de todo por uma aposta estratégica na Academia. Mas sim em uma gestão desportiva errática, por uma política de contratações sem cabimento, por falta de planeamento financeiro e incapacidade de entrar no mercado, numa altura do boom das parcerias de financiamento no que à aquisição de jogadores diz respeito. Aliás, a última vez que o Sporting foi de facto consistentemente competitivo, tinha, à imagem da época em curso, um núcleo base de jogadores importantes no rendimento colectivo, nascidos nos escalões de formação.

A essa competitividade, soma-se o impacto financeiro. Das 10 maiores vendas da história do Sporting, 8 são de jogadores da nossa formação e em conjunto representaram mais de 100M  de Euros. Em um clube que apresenta um buraco enorme em termos de menos valias geradas por dezenas de contratações sem rentabilização desportiva e financeira, fica bem vincada a importância da nossa formação, também a nível económico.


2-   “O Sporting aposta na formação por necessidade.


Não é mentira. Mas além de não explicar tudo não é justo para um clube que gastou muito na dinheiro e recursos na prospecção e formação e que teve o seu momento alto com o nascimento da sua  Academia, que representou outro brutal investimento e é um case study na Europa para todos os clubes que olham para esta questão com algum interesse. Foi uma aposta estratégica, com implicações desportivas e financeiras e se nem sempre respeitada e mais tarde quase totalmente negligenciada por parte dos próprios responsáveis do clube, as sementes estavam lá e ainda dão frutos.

Mas não é e não foi a Academia que distinguiu o Sporting e com todo o mérito, como exemplar no que à formação e talentos diz respeito. O seu know how, os seus recursos humanos e a experiência acumulada, sim. Futre, Figo, Cristiano, Simão, Quaresma, Hugo Viana, Nani, Moutinho, nada ou muito pouco tiveram a ver com Alcochete.

Não se trata apenas de uma aposta por incapacidade de investir no mercado externo. Falamos de um clube que na última grande competição de selecções e dos 23 convocados, 44% tinham origem “verde e branca”. Tratam-se de jogadores, alguns de topo mundial e que tinham e têm lugar em muitas das grandes equipas das melhores ligas mundiais. São jogadores com escola, com critério, são jogadores de equipa grande. E Portugal e a sua equipa nacional muito têm beneficiado disso.

De maneira nenhuma pretendo dizer que foi ou é tudo bem feito. Neste momento, até terá algum cabimento a discussão quanto a algum adormecimento e obstáculos criados pela incapacidade directiva dos últimos anos e o seu impacto nas valências da nossa formação. De certa forma, parece justificar-se alguma preocupação quanto à qualidade dos nossos escalões mais jovens, embora não defenda a linearidade da competitividade e dos comportamentos colectivos das equipas dos diferentes escalões, com aquilo que é mais importante: formar jogadores e prepará-los para a equipa principal. Figo, salvo erro, nunca foi campeão pelo Sporting nas camadas jovens.

Actualmente, num país em crise profunda e com as SADs com estruturas de custos completamente desfasadas das receitas que conseguem originar de forma minimamente estruturada, a formação não é apenas uma alternativa em termos de gestão desportiva, é uma necessidade. Essa aposta pode ser mais ou menos vincada, pode ser mais ou menos complementar com a prospecção e investimento no mercado externo, mas tem que ser um dos caminhos a serem explorados, a bem dos clubes e do futebol português.

Neste momento, o Sporting está em 2º lugar, apresenta um futebol solidário, positivo e competente e para isso e na minha opinião, tem 5 jogadores nucleares no bom desempenho até ao momento: Patrício, Cedric, William, Adrien e Montero. 4 deles senão nascidos, pelo menos com um longo percurso na Academia. São do melhor que há em Portugal e, mais cedo ou mais tarde, serão peças chaves na selecção portuguesa, a juntar a vários outros que são por sua vez, nucleares nos resultados dos últimos largos anos.

Patrício teve o inicio por todos conhecido, mas alguém não esperou por um segundo nascimento e apostou convictamente aquele que é, por hoje, um dos grandes valores europeus na posição.

Cedric, que teve no seu percurso um ano de aprendizagem fora do clube e os problemas próprios de um jovem numa equipa e um clube em turbilhão,  prova que está bem vivo, por mais “upgrades” que tentassem introduzir na sua posição.

Adrien e William formam uma dupla ao nível do melhor que se vê em Portugal e o segundo é neste momento um dos jovens mais cobiçados na Europa.

Estes… e outros, terão nascido mais que uma vez. Alguns renasceram/ressuscitaram, mas em todos eles havia e há talento e é neles que assenta a força actual deste Sporting.

O que espero é que não haja mais desvios de índole estratégica neste clube, que não se contratem 30 estrangeiros em 2 anos, se gastem dezenas de milhões e se dupliquem os custos com o pessoal, para depois e do nada, alguém levar as mãos à cabeça e se lembrar que afinal o Sporting tinha um ADN, uma identidade, uma imagem de marca.

A chave do nosso futuro é criar condições, de forma estrutura e planeada, para potenciar e desenvolver o que temos de melhor e o que temos de melhor é mostrado em campo em todos os jogos. Temos carácter, temos espirito de missão e de grupo, sabemos o que é o Sporting e que este clube nasceu para ganhar. Os nossos sabem-no e demonstram-no. E transmitem-no aos outros. E isto é coisa que neste momento os nossos rivais não têm. Têm as suas estrelas, os seus milhões, recursos para fazer várias equipas. Identidade? Não.
Registado



Re: Nascer uma vez. , « Resposta #1 em: Janeiro 20, 2014, 17:02 »



*
Júnior

Mensagens: 2450
Idade: 35


Bom texto Lion73.  Bater Palmas

Acrescentaria só um pormenor.
Na realidade que o clube vive, isto é, falta de títulos, dificuldades económicas conhecidas e sem competições europeias (este ano), a Academia é o nosso melhor cartão de visita. E um factor positivamente diferenciador, relativamente a fruteiros e galinhas.

Não temos tido hipóteses de competir com vermelhos e azuis em termos de ordenado ou em termos de disputa (efectiva) por títulos. Enquanto a segunda premissa já está a ser alterada, a primeira manter-se-á imutável.
Logicamente que qualquer jovem que queira vir para Portugal por motivos meramente desportivos ou que sonhe ser formado por um clube grande... só pode escolher o Sporting. O nosso clube é um formador como poucos outros no mundo e qualquer um sabe que, em Portugal, só no Sporting se dá efectivo valor à formação.
Espero que esta faceta do nosso clube, independentemente da realidade financeira, nunca se altere.
É um orgulho.
Registado

"Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida."
Francisco Stromp
Re: Nascer uma vez. , « Resposta #2 em: Janeiro 20, 2014, 17:42 »


PLVS VLTRA


*
Veterano

Mensagens: 14824
Idade: 29
Masculino

WWW
Excelente Lion! Tudo o que penso da formação e o porquê de sentir orgulho nela!

Há quem se atreva a dizer que a nossa formação é um mito.

Registado

O Sporting é o Clube de Portugal.
Re: Nascer uma vez. , « Resposta #3 em: Janeiro 20, 2014, 20:52 »


ex-ruitrind


*
Veterano

Mensagens: 34744
Idade: 48
Localidade: Senhora da Hora
Masculino


Parabéns Lion73, excelente analise.  Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas
Registado

Re: Nascer uma vez. , « Resposta #4 em: Janeiro 21, 2014, 02:53 »


BANIDA


*
Juvenil

Mensagens: 525
Idade: 31
Feminino


Faltou a parte interessante e a parte em que acrescenta alguma coisa de relevante ao conhecimento comum...


Tirando isso, está óptimo. Parabéns  Positivo!
 Trolling recorrente.

15 dias moderada.

(Winston Smith)
Registado

Re: Nascer uma vez. , « Resposta #5 em: Janeiro 21, 2014, 03:59 »



*
Veterano

Mensagens: 12508
Idade: 22
Localidade: Odivelas, Lisboa
Masculino

WWW
Bom artigo @Lion73 (como é hábito).  Positivo!

A formação é algo que temos de aproveitar ao máximo, mas também temos de perceber que nem todos os jogadores se desenvolvem de forma igual, alguns demoram mais tempo a explodir que outros e há outros que nunca chegam a explodir.

Nada é mais bonito no futebol do que ver os miúdos da nossa formação, que vimos crescer nos escalões mais jovens, chegarem à equipa A e ganharem o seu lugar lá!

É um sentimento espetacular, um enorme orgulho, ver o Rui Patricio, o Cédric, o William, o Adrien, o André Martins, o Wilson Eduardo, o Mané, entre outros, jogarem equipa principal do Sporting e serem elementos importantes dessa equipa.

Sonho ainda um dia ver um onze do Sporting completamente formado por jogadores da formação! 

Mas quando digo isto, não digo que quero um onze com onze miúdos (abaixo dos 25 anos), porque acho muito importante para os jovens jogadores haver jogadores experientes, que consigam passar essa experiência aos miúdos e também para os miúdos perceberem o que é o Sporting e o que deve significar para eles.
Registado

ISTO É O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL! -> http://www.youtube.com/watch?v=MUjMxvnp4dQ

VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL! É NOSSO OUTRA VEZ! -> http://www.youtube.com/watch?v=9FRFyONqOBQ



Re: Nascer uma vez. , « Resposta #6 em: Janeiro 21, 2014, 10:41 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 21170
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


Faltou a parte interessante e a parte em que acrescenta alguma coisa de relevante ao conhecimento comum...

 Positivo!


Mas quando digo isto, não digo que quero um onze com onze miúdos (abaixo dos 25 anos), porque acho muito importante para os jovens jogadores haver jogadores experientes, que consigam passar essa experiência aos miúdos e também para os miúdos perceberem o que é o Sporting e o que deve significar para eles.

Um dos melhores momentos que me lembro em termos de correcto de enquadramento dos nossos jovens na nossa equipa principal, foi a integração de Quaresma e Hugo Viana. Dois jovens muito talentosos, o primeiro com características excepcionais, que tinham à sua volta uma equipa recheada de jogadores de grande qualidade e com muita competição nas pernas. Um plantel com Jardel, JVP, Pedro Barbosa, Paulo Bento, André Cruz, Babb, Rui Jorge, etc... que formavam um nucleo base fortíssimo onde assentavam as maiores responsabilidades competitivas, deixando para os miudos um papel secundário que desempenharam na perfeição.

Seis anos depois, no plantel constavam, como sub 22 e com mais de 15 jogos realizados: Rui Patrício, Carriço, Veloso, Moutinho, Yannick, Adrien e Pereirinha.

http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=2008/09

Em termos de utilização, os jovens da formação tiveram um peso muito relevante durante a época e não houve qualquer tipo de problema nisso, pelo contrário, que alguns eram titulares indiscutíveis e importantes no desempenho competitivo da equipa, mas a envolvente era já muito diferente do principio da década. Não havia o tal núcleo base, com qualidade E experiência. Havia Liedson, um jogador claramente acima da média e mais alguns jogadores, que tendo capacidade, estavam num patamar claramente abaixo.

Relativamente ao quadro actual de jogadores, penso que há espaço ainda para mais alguns jovens. Temos neste momento um quadro de jogadores sub 20 que, não havendo talvez um craque em potência, demonstram muita competência e potencial para chegar a um nível médio/alto e contribuírem para um Sporting mais forte. O mais importante é a construção do tal núcleo, da espinha dorsal. Para tal, precisamos de lhe incrementar qualidade insuspeita. Veremos o que acontece no verão.
Registado

Re: Nascer uma vez. , « Resposta #7 em: Janeiro 21, 2014, 23:00 »



*
Iniciado

Mensagens: 104
Idade: 40
Localidade: Barcelos
Masculino


Boa Noite,

Ainda há bem pouco tempo, também eu era de opinião que para termos uma Academia onde se limavam jovens para serem estrelas de futebol e não eram aproveitadas na equipa pricinpal,  mais valia fechar a Academia.
Neste momento, e como acho que o futuro é construido pelos jovens, olhar para a nossa equipa e ver que tem varios jogadores oriundos da formação, dá-me orgulho em ver a equipa a jogar, que o nosso futuro é a Academia aliada a uma gestão rigorosa.
Em relação ao caminho que o Clube leva, desde que não comecem outra vez a roubar, vamos sempre no caminho certo.
Paulo Fontes
Registado
Re: Nascer uma vez. , « Resposta #8 em: Janeiro 22, 2014, 12:58 »



*
Veterano

Mensagens: 13638


Muito pertinente, como já nos habituaste @Lion73! Parabéns pelo excelente texto  Bater Palmas
Registado

Fervor Sportinguista, acima de tudo! - João Benedito
Re: Nascer uma vez. , « Resposta #9 em: Janeiro 22, 2014, 15:16 »


No avatar!

*
Sénior

Mensagens: 3049
Localidade: exton, pensylvania, usa
Masculino


Eu ja agora vou tambem mandar para o ar aquilo que ja aqui disse e ha muito, sei que e polemico mas e o que penso e nao  e de agora .
Ja aqui disse isto e fui muito criticado, mas eu gosto de dizer aquilo que penso, mas nem sempre...

E Claro  que o Sporting e o clube portugues que mais dividendos tem tirado da sua Academia, e como e obvio os resultados comparativamente aos outros clubes nesse sentido e gritante !!

No entanto nunca  vi no Sporting um projecto alicercado  , tendo em conta uma aposta concreta na formacao, o que eu tenho visto  no Sporting  e passar muitos incompetentes  a frente dos destinos do clube , que dado os seus mistakes  que os leva a desiquilibrios financeiros , sentem a obrigacao de optar pela formacao , e fazem disso uma bandeira !!

Se repararem bem quais foram os jogadores que sairam do Sporting antes do paulo futre?
 
Antes disso o Sporting dos 3 grandes era o cube que menos ganhava competicoes a nivel de formacao, so apos o periodo do Paulo futre e quando comeceram os problemas financeiros se passou a optar por mais jovens da formacao , como disse antes muito dessas apostas foram feitas fruto dos problemas financeiros do clube!!

Dizer que o Sporting e um clube formador , e de facto, e o clube que mais jogadores tem dado ao futebol portugues , sem duvida , fruto de algum projecto , medio ,longo prazo, nao !!

Esta e e sempre foi a minha opiniao, que vale o que vale, so que por vezes e preciso ter coragem para falar do clube que gostamos, mesmo que faca faisca em alguem !!
« Última modificação: Janeiro 23, 2014, 21:50 por lcustodio » Registado
Re: Nascer uma vez. , « Resposta #10 em: Janeiro 23, 2014, 11:36 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 21170
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


Eu ja agora vou tambem mandar para o ar aquilo que ja aqui disse e ha muito, sei que e polemico mas e o que penso e nao  e de agora .
Ja aqui disse isto e fui muito criticado, mas eu gosto de dizer aquilo que penso, mas nem sempre...

E Claro  que o Sporting e o clube portugues que mais dividendos tem tirado da sua Academia, e como e obvio os resultados comparativamente aos outros clubes nesse sentido e gritante !!

No entanto nunca  vi no Sporting um projecto alicercado  , tendo em conta uma aposta concreta na formacao, o que eu tenho visto  no Sporting  e passar muitos incompetentes  a frente dos destinos do clube , que dado os seus mistakes  que os leva a desiquilibrios financeiros , sentem a obrigacao de optar pela formacao , e fazem disso uma bandeira !!

Se repararem bem quais foram os jogadores que sairam do Sporting antes do paulo futre?
 
Antes disso o Sporting dos 3 grandes era o cube que menos ganhava competicoes a niver de formacao, so apos o periodo do Paulo futre e quando comeceram os problemas financeiros se passou a optar por mais jovens da formacao , como disse antes muito dessas apostas foram feitas fruto dos problemas financeiros do clube!!

Dizer que o Sporting e um clube formador , e de facto, e o clube que mais jogadores tem dado ao futebol portugues , sem duvida , fruto de algum projecto , medio ,longo prazo, nao !!

Esta e e sempre foi a minha opiniao, que vale o que vale, so que por vezes e preciso ter coragem para falar do clube que gostamos, mesmo que faca faisca em alguem !!

Um dos maiores reconhecimentos que fazem e fizeram a este espaço, foi precisamente a discussão com sentido critico relativamente sobre a forma como o Sporting foi gerido nos últimos largos anos. Por pequena que seja, a sua contribuição para a queda do regime podre que tinha o Sporting sob a sua alçada, parece-me factual. A informação aqui difundida e a discussão sobre factos, medidas e acontecimentos no dia a dia do clube, abriram os olhos a muita gente. Coragem foi coisa que não faltou.

Quanto ao tema, discordo em parte. Nem me parece tão relevante quanto isso o que aconteceu há 30 anos, relativamente a esta máteria. Parece-me relativamente consensual que e relativamente à formação, o Sporting desde há muito tempo que tem um know how e os recursos humanos que lhe permitem ter uma vantagem competitiva quer na prospecção dos jovens talentos portugueses ( chegando aos melhores, primeiro ), quer na sua formação. Talvez essa diferenciação agora esteja esbatida e até em risco de ser ultrapassada se não o foi já, mas ainda estamos a colher os frutos de um trabalho de muitos anos, esperando eu que se inverta  a tendência.

Ora essa vantagem competitiva é factual. Já o era no pré Academia e foi nessa fase que o Sporting gerou os seus maiores talentos, mesmo não sendo o clube que mais títulos vencia nos escalões jovens, foi-o no pós Academia, vencendo quase 50% dos títulos em disputa ( juniores, juvenis e iniciados ), quando na década anterior venceu 20%, se tanto:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Campeonato_...gu%C3%AAs_de_Futebol_(outras_categorias)

Não se trata se somar títulos. Trata-se de formar talentos que possam integrar a equipa principal, acrescentar valor e eventualmente rentabilizá-los financeiramente.

E aqui o Sporting fê-lo razoavelmente. Não foi a formação que falhou. Foi a gestão desportiva com uma politica de contratações que no global, significaram e na última década, cerca de 100M de investimento e que resultaram em perdas financeiras brutais. Falhou a gestão financeira. Falhou a aposta nos treinadores. Falhou criar condições de crescimento e integração nos jovens na equipa principal, sem lhes dar demasiadas responsabilidades, demasiado cedo.

Para mim a questão da aposta do Sporting na formação devido a dificuldades financeiras, é extremamente redutora. A formação dotou o plantel, uns anos mais, outros anos menos, de jogadores de qualidade e ajudou a equipa a ser competitiva. A formação representa um bolo de quase 80% nas 10 maiores vendas de sempre do Sporting. A formação representa um encaixe superior a mais de 120M na última década e meia.

O Sporting, com Godinho Lopes e em apenas 2 anos, gastou mais de 50M na aquisição de cerca de 30 jogadores ( passes, prémios de assinatura e outros ) e duplicou os custos com o pessoal ( falamos de mais de 20M época ). Ora aqui está como é que se deixa cair totalmente a aposta nos nossos jovens, quando se gasta o que se tem e o que não tem. Isto de racional, quer desportivamente, quer financeiramente, tem ZERO.

Não defendo um qualquer imperativo estratégico que iniba a prospecção no mercado externo e a procura de soluções de investimento que não coloquem em causa a sustentabilidade do clube, defendo... bem, não importa o que defendo ou deixo de defender, as evidências estão aí. Quer na espinha dorsal da selecção nacional, quer do actual Sporting, que não existe por e num acto de desespero o Sporting ter lançado uns matrecos quaisquer no seu plantel principal a ver se davam em alguma coisa. Não. Falamos de jogadores de qualidade, com escola e que são do melhor que este país tem para oferecer.
Registado

Re: Nascer uma vez. , « Resposta #11 em: Janeiro 23, 2014, 12:14 »



*
Iniciado

Mensagens: 254


Bom texto Lion e de facto temos sido uma escola de talentos. Penso que no capitulo formação estamos de parabéns, o problema é a pós formação e o desperdicio de talentos que temos assistido á longos anos. Ainda hoje por motivos financeiros, a meio da primeira época já estamos a vender o William. Falta capacidade para aguentar os nossos talentos duas a três épocas para depois os vendermos por um valor condicente com a sua valia. Não é a vender ao desbarato que aproveitaremos a nossa escola. Até esta época assenta-nos o rotulo de formadores para outros clubes. É triste este rotulo mas quando vemos os resultados desportivos e financeiros que as nossas perolas tem dado aos outros clubes é um facto que não podemos relevar. Vemos o volume de vendas dos rivais e o nosso e é assustador, tendo nós formado e vendido os melhores talentos que pisaram os relvados lusitanos. A grande pergunta é, se compensa investir na formação ou simplesmente ir a clubes formadores e rentabilizar as suas perolas? Prefiro a primeira mas a segunda tem se mostrado mais acertada.
Registado
Re: Nascer uma vez. , « Resposta #12 em: Janeiro 23, 2014, 15:40 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 21170
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


Bom texto Lion e de facto temos sido uma escola de talentos. Penso que no capitulo formação estamos de parabéns, o problema é a pós formação e o desperdicio de talentos que temos assistido á longos anos. Ainda hoje por motivos financeiros, a meio da primeira época já estamos a vender o William. Falta capacidade para aguentar os nossos talentos duas a três épocas para depois os vendermos por um valor condicente com a sua valia. Não é a vender ao desbarato que aproveitaremos a nossa escola. Até esta época assenta-nos o rotulo de formadores para outros clubes. É triste este rotulo mas quando vemos os resultados desportivos e financeiros que as nossas perolas tem dado aos outros clubes é um facto que não podemos relevar. Vemos o volume de vendas dos rivais e o nosso e é assustador, tendo nós formado e vendido os melhores talentos que pisaram os relvados lusitanos. A grande pergunta é, se compensa investir na formação ou simplesmente ir a clubes formadores e rentabilizar as suas perolas? Prefiro a primeira mas a segunda tem se mostrado mais acertada.


Eu não tenho dúvidas que compensa. A aposta na formação não inibe o trabalho no mercado externo e o contrário é verdade, também.

A fuga de vários dos nossos jovens para os rivais, directa ou indirectamente, tem origem na incapacidade global do clube em termos de gestão desportiva e financeira. Aliás, os 2 últimos anos do Sporting provam que não havendo uma estratégia por principio errada, se mal aplicada e o for por pessoas incompetentes, esta terá resultados desastrosos. Afinal, fizemos o que os outros têm feito e sabemos onde chegámos.
Registado

Re: Nascer uma vez. , « Resposta #13 em: Janeiro 23, 2014, 17:57 »



*
Júnior

Mensagens: 1882


Parabens Smiley  Grin Cheesy Bater Palmas
Registado

Re: Nascer uma vez. , « Resposta #14 em: Janeiro 24, 2014, 02:51 »



*
Veterano

Mensagens: 7065
Idade: 25
Localidade: ilha Terceira Açores
Masculino


Muito Bom Lion73. Positivo!
Registado

FORÇA GRANDE BRUNO CARVALHO...
Re: Nascer uma vez. , « Resposta #15 em: Janeiro 24, 2014, 12:13 »


No avatar!

*
Sénior

Mensagens: 3049
Localidade: exton, pensylvania, usa
Masculino


Bom texto Lion e de facto temos sido uma escola de talentos. Penso que no capitulo formação estamos de parabéns, o problema é a pós formação e o desperdicio de talentos que temos assistido á longos anos. Ainda hoje por motivos financeiros, a meio da primeira época já estamos a vender o William. Falta capacidade para aguentar os nossos talentos duas a três épocas para depois os vendermos por um valor condicente com a sua valia. Não é a vender ao desbarato que aproveitaremos a nossa escola. Até esta época assenta-nos o rotulo de formadores para outros clubes. É triste este rotulo mas quando vemos os resultados desportivos e financeiros que as nossas perolas tem dado aos outros clubes é um facto que não podemos relevar. Vemos o volume de vendas dos rivais e o nosso e é assustador, tendo nós formado e vendido os melhores talentos que pisaram os relvados lusitanos. A grande pergunta é, se compensa investir na formação ou simplesmente ir a clubes formadores e rentabilizar as suas perolas? Prefiro a primeira mas a segunda tem se mostrado mais acertada.


Eu não tenho dúvidas que compensa. A aposta na formação não inibe o trabalho no mercado externo e o contrário é verdade, também.

A fuga de vários dos nossos jovens para os rivais, directa ou indirectamente, tem origem na incapacidade global do clube em termos de gestão desportiva e financeira. Aliás, os 2 últimos anos do Sporting provam que não havendo uma estratégia por principio errada, se mal aplicada e o for por pessoas incompetentes, esta terá resultados desastrosos. Afinal, fizemos o que os outros têm feito e sabemos onde chegámos.
Tu dizes que nos ultimos 2 anos nao houve estrategia , eu digo  que desde que me lembro , com exepcao do 2001/2002 onde na minha opniao se fez como sempre se deveria fazer , fazer aquizicoes de jogadores experientes, e indo apostando nos jogadores da formacao , assim acredito que se possa tirar mais dividendos  do investimento feito pelo clube .

So assim acredito  numa estrategia  tendo em conta o futuro, o que tenho visto ate aqui foi muito ao acaso , e sim no Sporting ao longo dos anos tem -se apostado em muitos matrecos , sim, como dizes por incapacidade de gestao desportiva!

Veja-se o caso do william carvalho ,foi uma supreza para todos , alguem alguma vez  imaginava o que viria a ser como jogador?

Sim concordo contigo que ate aqui temos tido um departamento de prospeccao  melhor que os outros , mas agora a diferenca e muito pouca, e nos moldes do trabalho nao estou a ver onde e que possa haver diferenca, entre o Sporting e os outros , nao ha segredos no futebol tudo e universal , a unica diferenca e nos apostarmos mais que os outros , muito por fruto de imcompetentes gestoes !
Registado
Re: Nascer uma vez. , « Resposta #16 em: Janeiro 24, 2014, 16:15 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 21170
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


Bom texto Lion e de facto temos sido uma escola de talentos. Penso que no capitulo formação estamos de parabéns, o problema é a pós formação e o desperdicio de talentos que temos assistido á longos anos. Ainda hoje por motivos financeiros, a meio da primeira época já estamos a vender o William. Falta capacidade para aguentar os nossos talentos duas a três épocas para depois os vendermos por um valor condicente com a sua valia. Não é a vender ao desbarato que aproveitaremos a nossa escola. Até esta época assenta-nos o rotulo de formadores para outros clubes. É triste este rotulo mas quando vemos os resultados desportivos e financeiros que as nossas perolas tem dado aos outros clubes é um facto que não podemos relevar. Vemos o volume de vendas dos rivais e o nosso e é assustador, tendo nós formado e vendido os melhores talentos que pisaram os relvados lusitanos. A grande pergunta é, se compensa investir na formação ou simplesmente ir a clubes formadores e rentabilizar as suas perolas? Prefiro a primeira mas a segunda tem se mostrado mais acertada.


Eu não tenho dúvidas que compensa. A aposta na formação não inibe o trabalho no mercado externo e o contrário é verdade, também.

A fuga de vários dos nossos jovens para os rivais, directa ou indirectamente, tem origem na incapacidade global do clube em termos de gestão desportiva e financeira. Aliás, os 2 últimos anos do Sporting provam que não havendo uma estratégia por principio errada, se mal aplicada e o for por pessoas incompetentes, esta terá resultados desastrosos. Afinal, fizemos o que os outros têm feito e sabemos onde chegámos.
Tu dizes que nos ultimos 2 anos nao houve estrategia , eu digo  que desde que me lembro , com exepcao do 2001/2002 onde na minha opniao se fez como sempre se deveria fazer , fazer aquizicoes de jogadores experientes, e indo apostando nos jogadores da formacao , assim acredito que se possa tirar mais dividendos  do investimento feito pelo clube .

So assim acredito  numa estrategia  tendo em conta o futuro, o que tenho visto ate aqui foi muito ao acaso , e sim no Sporting ao longo dos anos tem -se apostado em muitos matrecos , sim, como dizes por incapacidade de gestao desportiva!

Quando falo de estratégia, não me refiro a apostas de curto prazo tendo em conta um determinado objectivo, mas um conjunto de medidas sobre as quais se possa perspectivar um plano de médio e longo prazo.

E penso que o título de 2001/2002 nasce de um investimento, além de uma base que deu o título de 1999/2000, sem grande consideração pelo futuro do clube e sua sustentabilidade. O que defendo para o Sporting não é uma gestão que aposte no sucesso imediato e que coloque em causa os anos seguintes, a bem de um título e sim do crescimento sustentado do clube, criando condições para ganhar com regularidade e não quando calha.

Em 2000, após o título, o Sporting contratou Babb, Dimas, Paulo Bento, Rui Bento, Hugo, João Pinto, Sá Pinto, Niculae e Jardel ( entre muitos outros ), que a juntar a Pedro Barbosa, Rui Jorge, André Cruz e com excepção de Jardel e Niculae, formavam um grupo muito experiente, muito caro e sem perspectivas de rentabilização financeira e muitos, quase todos, perto do fim de carreira.

Foi um periodo em que o Sporting gastou muito mais dinheiro que os outros, era o clube com o maior orçamento em Portugal e que implicou um buraco financeiro na ordem das muitas dezenas de milhões, que a venda de Viana apenas mitigou um pouco.

Em pouco tempo, o plantel implodiu, a equipa principal do Sporting perdeu capacidade competitiva e de 2 títulos em 3 anos, passou para 3 terceiros lugares consecutivos e sem dinheiro para cantar um cego. Ora isto não é estratégia. Isto não é planeamento desportivo. A minha referência aos beneficios de ter um plantel capaz e experiente na integração de Quaresma e Viana, prende-se apenas e só com esses mesmos beneficios, do ponto de vista teórico e não de glorificação do ponto de vista estratégico de um período, mesmo que esse períodos nos tenha dado 2 títulos.

Veja-se o caso do william carvalho ,foi uma supreza para todos , alguem alguma vez  imaginava o que viria a ser como jogador?

Sim concordo contigo que ate aqui temos tido um departamento de prospeccao  melhor que os outros , mas agora a diferenca e muito pouca, e nos moldes do trabalho nao estou a ver onde e que possa haver diferenca, entre o Sporting e os outros , nao ha segredos no futebol tudo e universal , a unica diferenca e nos apostarmos mais que os outros , muito por fruto de imcompetentes gestoes !

O impacto da qualidade de trabalho nos escalões mais jovens ( o nossos e o dos rivais ), irá ver-se lá mais para a frente. Para já, temos uma geração sub 20 de muita qualidade e que preenche quase todas posições de campo.

Quanto aos jogadores que neste momento servem de base no 11 da equipa principal, tendo a montante a ausência de outras soluções pela incapacidade de investimento do clube, ainda assim têm-se revelado do melhor que há em Portugal e, por direito próprio e pela sua qualidade, merecem o crédito que lhes tem sido dado. Não houvesse a qualidade que de facto ainda há, não estaríamos onde estamos nesta liga, por mais obrigatória que fosse a aposta nos jovens.
Registado

Re: Nascer uma vez. , « Resposta #17 em: Janeiro 25, 2014, 07:40 »


No avatar!


Registado

Mensagens: 7


É inegável a Valia da Academia Sporting...
Ainda recentemente foi reconhecido esse valor, pois o Sporting está na linha da frente das equipas formadoras...
São dezenas os jogadores formados em Alcochete que jogam em várias equipas e são motivo de verdadeiro orgulho os jogadores da Formação que actuam no Sporting...

É verdade que no passado, o Clube não retirou uma Mais Valia muito palpável de todo esse trabalho, mas esperamos todos que o futuro seja diferente, a acreditar no presente...
As Mais Valias virão não só desportivamente, mas também e muitio importante para a vida do Sporting...as Mais Valias financeiras...
Tenhamos confiança no trabalho desta Direcção, já já mostrou a todos, interna e externamente...que não brinca em serviço...!!

Sporting Sempre...!! Vitória
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: [1] Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

Nascer uma vez.

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade