Beto Acosta - O Nosso Matador

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Grande Beto Acosta o Matador lembro-me que foi muito criticado davam-no como acabado mas mostrou grande forca interior e provou que estamos errados as minhas desculpas por ter duvidado de ti e muito obrigado pelo que fizeste pelo SCP campeao nacional ao fim de tantos anos com Inacio ao leme depois de Matarazzi. E depois fizeste isto ainda subiste mais na minha consideracao! Este sim merecedor do Orgulho Leonino!


 :venia: :venia: :venia: :venia:

O mais ridículo nestes comentários ao lance do Paulinho. Foi rirem-se e desvalorizarem um soco que o Paulinho dá antes ao Beto. Um soco!
Sporting - Esforço, Dedicação, Devoção e Glória

Contra o Famalicão. Lembro-me.
"O Sporting é nosso!!!"

"Bardamerda para todos aqueles que não são do Sporting Clube de Portugal!!!"
Um bom avançado que por cá passou, com instinto para o golo, soube aproveitar o bom momento do clube e assegurou o seu espaço no plantel. Depois conseguiu manter boas exibições e o campeonato foi ganho contra o salgueiros (se a memória não me falha)
Nao foi comentado aqui, além de ser jogador do San Lorenzo seniors (tipo equipa de veteranos aqui), tambem esta oficialmente ligado à formacao como treinador das camadas jovens after terminar o seu curso de treinador.
Wiki SPORTING          |          O SPORTING SOMOS NÓS!

Matadooor, Matadooor.
Beto Acosta, Beto Acosta
És o nosso Matador!
"Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida."
Francisco Stromp
Citar
Entrevista a Alberto Acosta (Sporting) em 17/12/1998

Alberto Acosta, nova contratação do Sporting, apresenta-se em entrevista para os sócios do Sporting

- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
Citar
Lendas do “universo” leonino: Beto Acosta
Por Jorge Faria Sousa - 01/03/2018

Alberto Acosta foi um dos argentinos que passou pelo Sporting e deixou a sua marca, com golos e títulos. Conhecido pelos sportinguistas como o “Matador”, foi um dos jogadores que contribuíram para o título de 99/00, sob a liderança do mister Augusto Inácio.

Beto Acosta estreou-se na Primeira Divisão do seu país, com a camisola do Club Atlético Unión de Santa Fe, na temporada 86/87. As boas prestações valeram-lhe a transferência para um dos históricos do futebol argentino, o San Lorenzo. Clube que viria a representar em 215 jogos, nos quais marcou 102 golos, totalizando dez temporadas nas várias passagens pelo clube de Buenos Aires. Na sua carreira, além do Sporting, representou os franceses do Toulouse, os japoneses do Yokohama Marinos, a Univ. Católica do Chile, o Boca Juniores e pendurou as chuteiras, aos 41 anos, ao serviço do Altético Fénix.

Na sua carreira, Beto Acosta foi companheiro de altetas como Nelson Tapia, Iván Cordoba, Leandro Romagnoli, “El Loco” Abreu, Fabien Barthez, entre tantos outros craques. No Sporting Clube de Portugal, “El Matador” foi colega de vários craques, como Iordanov, Ricardo Sá Pinto, André Cruz, César Prates, Aldo Duscher, Beto, Rui Jorge, Pedro Barbosa, Peter Schmeichel, Ivone De Franceschi, entre outros.

Acosta ficou na história do futebol leonino, com 99 jogos e 48 golos. Preponderante na conquista do título nacional em 99/00 e na Supertaça que venceu na época seguinte. Um verdadeiro leão em campo, tinha uma enorme atitude e entrega, em cada lance e a cada jogo. Um avançado forte no um contra um, tecnicamente evoluído, com uma meia distância como uma das imagens de marca, sobretudo um grande instinto goleador. Acosta marcou aos dois rivais, mas para sempre ficará o golo no Estádio das Antas, naquele que foi considerado o jogo do título em 99/00.

Numa carreira repleta de títulos, vitórias e golos, representou a selecção argentina por dezanove ocasiões, nas quais marcou dois golos. Acosta tem um palmarés impressionante, Liga Portuguesa e Supertaça, Liga Argentina Apertura e Liga Clausura, Liga Chilena Apertura. Ao nível de competições internacionais, o “Matador” conquistou a Taça das Confederações, Copa América, Copa Mercosul, Copa Sudamericana, a Copa Interamericana, entre tantos outros títulos.

Ficará sempre na memória, aquele leão que marcava golos com a camisola 11 e para o qual os sportinguistas cantavam: “Beto Acosta, Beto Acosta, és o nosso matador”!
Esse jogo não foi nas Antas mas sim em Alvalade, André Cruz marcou o primeiro de livre e Acosta o segundo numa bomba do meio campo após uma perda de bola do Chainho.
Esse jogo não foi nas Antas mas sim em Alvalade, André Cruz marcou o primeiro de livre e Acosta o segundo numa bomba do meio campo após uma perda de bola do Chainho.


 :naughty: :naughty:

Quem fez a brilhante assistência ao saudoso matador Beto Acosta, foi o inenarrável Carlos Secretário. E o remate, que grande GOLO, foi a uns 10 metros da entrada da área. Baliza norte, para a esquerda de Vitor Baía!

Que saudades, desse Estádio, dessa Equipa, de jogadores com aquela fibra, de ser Campeão!

Sei que é "feio" um homem chorar, mas ontem chorei, de orgulho e de alegria por trazer no coração o amor ao Sporting Clube de Portugal! - AJG - 01JUN2015