Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 01, 2014, 01:17

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Orgulho Leonino (Moderadores: wild_oscar, Stunner, sotnas) Tópico:

Francisco Stromp

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: [1] 2 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Francisco Stromp (Lida 5690 vezes)

Francisco Stromp , « em: Maio 21, 2011, 10:38 »



*
Veterano

Mensagens: 6267
Idade: 22
Localidade: Parede
Masculino


Francisco Stromp


Francisco Stromp nasceu, em Lisboa, a 21 de Maio de 1892.

Aos três anos adoeceu e os médicos colegas de profissão do pai Francisco dos Reis Stromp aconselharam-no a mudar de residência, pois o menino precisava de ar do campo. A família mudou-se para o Lumiar, onde Francisco Stromp viria a conviver de perto com José Alvalade e os irmãos Gavazzo. Em 1904, criaram o Campo Grande Foot-Ball Club, mas não durou muito tempo: durante um piquenique, em Loures, deu-se a cisão entre os associados nascendo a ideia de criar um novo clube.

Fundado o Sporting Clube de Portugal, desde cedo Francisco Stromp se entregou de corpo e alma a este novo projecto: em 1908, com apenas 16 anos, teve a sua estreia na equipa principal, pela qual disputou 107 jogos. Fez parte da conquista do primeiro Campeonato de Lisboa (1914/1915) e honrou a camisola verde-e-branca até 1924, conseguindo na sua penúltima época ajudar os leões a conquistarem o primeiro Campeonato de Portugal (1922/1923). Dias antes da final, disputada em Faro, frente à Académica de Coimbra escreveu:

"Ganhámos o Campeonato de Lisboa sem contestação dos nossos adversários e, até, com aplausos de todos eles. É isto um dos mais saborosos frutos do nosso trabalho. Ainda não chegámos ao fim. Agora vamos disputar o Campeonato de Portugal. Pretendemos ganhá-lo da mesma forma, sem contestação. A nossa vitória no Campeonato de Lisboa não se deve ao valor individual dos componentes da nossa equipa. Deve-se principalmente à correcção que todos soubemos manter em todos os jogos que fizemos, à assiduidade aos treinos que todos compreenderam serem necessários para vencer e à disciplina que me orgulho de ter sabido manter, não usando outros meios que não fossem a evocação da amizade que por todos tenho e aquela que todos temos pelo Sporting Clube de Portugal. Confio novamente na vontade de todos para poder triunfar. Continuaremos a trabalhar sem um desfalecimento. Precisamos de honrar o nosso título de Campeão de Lisboa, juntando-lhe o de Portugal, precisamos confirmar a contestação da derrota da época passada, precisamos de efectivar a última aspiração da vida desportiva do capitão da primeira equipa: entregar o título de Campeão de Portugal".


Numa altura em que a figura de treinador ainda não existia, Francisco Stromp foi o ‘capitão geral’ durante dez épocas. Orientava a equipa e tomava as decisões necessárias dentro do campo, podendo-se afirmar que foi o primeiro treinador campeão do Sporting Clube de Portugal. No entanto, Francisco Stromp multiplicava-se em outras tarefas: era ele quem escrevia as circulares aos associados, quem redigia as convocatórias para os jogadores e quem passava noites intermináveis debruçado sobre as contas, tentando sempre conseguir o melhor com o mínimo de despesa directa para o Clube.

O alto conceito que tinha pelas virtudes do desporto e o respeito pela ética, faziam de Francisco Stromp um amigo sem limites, mesmo para os seus adversários. Ficaram famosas as suas alocuções no balneário, antes dos jogos, quando, muitas vezes com os olhos em lágrimas, incitava os colegas a dignificarem a camisola verde-e-branca. As suas palavras eram escutadas religiosamente e tidas como um estímulo para os momentos mais difíceis.

Jorge Vieira, em 1966, num discurso feito na atribuição dos Prémios Stromp, recordou o seu amigo e colega de equipa Francisco Stromp: "Este homem, este homem excepcional, acentuo, tinha uma sensibilidade de criança, tornava-se vulgar quando se nos dirigia antes dos jogos apelando ao nosso Sportinguismo e para o nosso acrisolado amor ao Clube. Muitas vezes, ao finalizar as suas considerações, as lágrimas corriam-lhe pelas faces, e nós, arrastados pelo que víamos, também acabávamos por chorar. Quando, findos os jogos, nos dirigíamos a Chico - todos, sem excepção, lhe agradecíamos. Fora ele que nos arrastara para o triunfo, mercê do seu salutar exemplo, da sua vontade firme e da sua alma de lutador".

Em 1916, Francisco Stromp sofreu um grande revés, pois soube que o seu irmão António, com apenas 22 anos de idade tinha contraído sífilis, para a qual não havia tratamento eficaz na época: António Stromp viria a falecer em 1921. Três anos depois, Francisco e a sua família descobriram que tinham sido atacados pela mesma doença. No dia 1 de Julho de 1930, decidiu colocar termo à vida com apenas 38 anos. Suicidou-se, no dia do 24º Aniversário do Sporting Clube de Portugal, a sua razão de existir, metendo-se debaixo de um comboio, na estação de Sete Rios.

Desde a fundação do Clube até ao dia da sua morte, Francisco Stromp nunca deixou de se confundir com o próprio Sporting: o seu amor era tal, que chegava a usar no dia-a-dia a camisola leonina por baixo da camisa que levava para trabalhar no Banco Nacional Ultramarino. Daí o reconhecimento do Sporting Clube de Portugal ao conceder-lhe as distinções de Sócio de Mérito, Sócio Benemérito e, a título póstumo, a de Sócio Honorário, ocupando por decisão da Assembleia-Geral, eternamente o nº3 de associado, número que possuía quando faleceu.

Francisco Stromp nunca foi nem será esquecido pela memória colectiva: hoje dá o nome a um dos mais prestigiados galardões do Clube - os ‘Prémios Stromp’ e ao equipamento mais tradicional – verde de um lado, branco do outro. A Câmara Municipal de Lisboa atribuiu o seu nome a uma rua nas imediações do Estádio José Alvalade, onde foi colocado um busto evocativo deste símbolo eterno da história do Sporting Clube de Portugal e, em 1990, foi condecorado pelo Governo Português com a Medalha de Mérito Desportivo, a título póstumo.

Conta quem com ele conviveu de perto que Francisco Stromp ‘não tinha namoros, nem vida política’. A sua amante era o Sporting Clube de Portugal.

Curriculum:
   Nome: Francisco Stromp
   Local de Nascimento: Lisboa
   Data de Nascimento: 21 de Maio de 1892
   Início de Carreira no Sporting: 1908
   Internacionalizações: 25

   Títulos conquistados ao serviço do Sporting:
           1 Campeonato de Portugal
           4 Campeonatos de Lisboa
   Como Treinador
           8 Campeonatos de Lisboa

Fonte: http://www.sporting.pt
Registado



Re: Francisco Stromp , « Resposta #1 em: Maio 21, 2011, 10:42 »



*
Veterano

Mensagens: 6267
Idade: 22
Localidade: Parede
Masculino



Junto à zona do Estádio de Alvalade e numa rua também com o seu nome, a Câmara Municipal de Lisboa colocou o busto do eterno símbolo do Sporting Clube de Portugal. O escultor foi o conhecido Celestino Alves André e o seu descerramento foi feito pelos irmãos Cunha Rosa, membros fundadores do Grupo Stromp, por Filipe Soares Franco e Rogério Alves.
Registado

Re: Francisco Stromp , « Resposta #2 em: Maio 21, 2011, 10:44 »



*
Veterano

Mensagens: 6267
Idade: 22
Localidade: Parede
Masculino


Citar
Nascimento de Francisco Stromp

Hoje, dia 21 de Maio, é o dia de nascimento de Francisco Stromp, o Sócio nº3 do Sporting Clube de Portugal a título perpétuo, conservando o número de associado que tinha à data da sua morte, em 1930.
Francisco Stromp foi um dos fundadores do Sporting Clube de Portugal, ficou célebre como futebolista sobredotado, foi capitão de equipa, treinador, Vice-Presidente e vogal da Direcção.

Amava a camisola leonina, e por isso, foi respeitado e admirado por todos. Salazar Carreira escreveu aquando da sua despedida: ‘Com Francisco Stromp desapareceu o último representante de uma época tradicional, um espírito que já não é de hoje mas que ele conservara no cofre cristalino da sua enorme e puríssima alma de desportista, símbolo de dedicação cega, de amor absoluto ao seu Sporting Clube de Portugal’.

http://www.sporting.pt
« Última modificação: Maio 21, 2011, 11:47 por Frederico Vieira » Registado

Re: Francisco Stromp , « Resposta #3 em: Maio 21, 2011, 11:20 »



*
Veterano

Condecorações:Vencedor do Prémio de Apostas de Ciclismo 2012


Mensagens: 18160
Idade: 25
Localidade: Barreiro
Masculino


Obrigado Francisco Stromp Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas
Registado

Re: Francisco Stromp , « Resposta #4 em: Maio 21, 2011, 11:56 »



*

Mensagens: 24341
Feminino


 Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas

Uma vénia a este Homem Seta
Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Francisco Stromp , « Resposta #5 em: Maio 21, 2011, 18:33 »



*
Juvenil

Mensagens: 1080
Idade: 37
Localidade: Selva
Masculino

WWW
Todos fossem como ele foi e o Sporting estava sempre bem.
Obrigado. Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Dar Musica Dar Musica Dar Musica Bater Palmas
Registado

HONREM E DIGNIFIQUEM A CAMISOLA QUE VESTEM.
Re: Francisco Stromp , « Resposta #6 em: Outubro 27, 2011, 19:47 »



*
Juvenil

Mensagens: 881
Idade: 35


Devia ter mais posts este tópico. Nem que seja para umas coisas do género:

 Brinde Smiley Grin Bater Palmas Positivo
Registado
Re: Francisco Stromp , « Resposta #7 em: Outubro 27, 2011, 22:04 »



*
Sénior

Mensagens: 4435
Idade: 36
Masculino


Devia ter mais posts este tópico. Nem que seja para umas coisas do género:

 Brinde Smiley Grin Bater Palmas Positivo

 Seta

OBRIGADO  Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas

Registado
Re: Francisco Stromp , « Resposta #8 em: Outubro 28, 2011, 16:39 »



*
Iniciado

Mensagens: 329
Idade: 21
Localidade: Ericeira
Masculino



Fundado o Sporting Clube de Portugal, desde cedo Francisco Stromp se entregou de corpo e alma a este novo projecto

Desde sempre acreditou no seu Sporting, se hoje estamos onde estamos, em grande parte é graças a ele, e ao seu espirito de entrega. Um verdadeiro leão  Bater Palmas
Registado
Re: Francisco Stromp , « Resposta #9 em: Maio 21, 2012, 15:41 »



*

Mensagens: 24341
Feminino


Citar
Franscisco Stromp nasceu há 120 anos

Vários elementos do «Grupo Stromp» rumaram, no final da manhã desta segunda-feira, ao Cemitério do Lumiar para homenagear o seu patrono, Francisco Stromp, no dia em que se cumpre o 120.º aniversário do nascimento do sócio n.º3 «leonino».

Esta iniciativa - que contou com a presença do Padre Alberto, prior da paróquia do Lumiar - está englobada nas comemorações dos 50 anos do «Grupo Stromp», com toda a reportagem na próxima edição do Jornal Sporting.

www.sporting.pt


 Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas
Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Francisco Stromp , « Resposta #10 em: Maio 21, 2012, 15:53 »



*
Veterano

Mensagens: 5934
Idade: 20
Localidade: São Miguel, Açores/ freguesia em que fica o colombo
Masculino


Pena já não honrar-mos este grande sportinguista.
Registado

"É um orgulho estar no Sporting. Quem não conhece o Sporting sabe muito pouco de futebol"  Tales  3-9-2010
Re: Francisco Stromp , « Resposta #11 em: Maio 21, 2012, 20:20 »



*
Sénior

Mensagens: 4716


Uma vénia  Positivo
Registado
Re: Francisco Stromp , « Resposta #12 em: Maio 21, 2012, 21:30 »


Ex-Simon_10


*
Veterano

Mensagens: 11507
Idade: 24
Localidade: Lisboa/Tábua
Masculino


O que aconteceu ontem foi uma desonra à memória deste senhor!
Registado

Xbox Live - Luis1906
Re: Francisco Stromp , « Resposta #13 em: Maio 23, 2012, 21:46 »


ex-ruitrind


*
Veterano

Mensagens: 40994
Idade: 48
Localidade: Senhora da Hora
Masculino


Enorme pena já não existirem LEÕES deste calibre.  Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas
Registado

Re: Francisco Stromp , « Resposta #14 em: Agosto 16, 2012, 11:18 »



*

Mensagens: 335


Saudações Leoninas .

16-08-2012

Troféu Francisco Stromp em Odivelas
 

Este Domingo, dia 19 de Agosto, no Pavilhão Multiusos de Odivelas, realiza-se mais uma edição do Troféu Francisco Stromp nas modalidades de Andebol e Futsal.

Pelas 16h30, a equipa de andebol do Sporting vai defrontar o Belenenses. O capitão da equipa de Andebol, Ricardo Dias, acredita que os adeptos vão apoiar a equipa: “Estamos todos empenhados em fazer de Odivelas a casa das modalidades «leoninas». Sei que os nossos adeptos nos vão apoiar onde quer que joguemos.”

Pelas 18h30, a formação de futsal terá pela frente o Sp. Braga. Zezito, treinador-adjunto da equipa de futsal, acredita que jogar em Odivelas será uma mais-valia: “Vamos voltar aos velhos tempos da Nave do antigo Estádio José Alvalade, em que todas as modalidades estavam concentradas no mesmo espaço.”

Estas partidas vão servir para a apresentação das equipas de futsal e de andebol aos sócios e aos adeptos do Sporting.

 In : http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_trofeustromp_160812_97658.asp
« Última modificação: Agosto 16, 2012, 11:48 por Cesar » Registado
Re: Francisco Stromp , « Resposta #15 em: Agosto 17, 2012, 21:18 »



*

Mensagens: 13614
Idade: 26
Localidade: POR TEMPO INDEFINIDO AFASTADO DO FÓRUM! REGRESSAREI - talvez - QUANDO FORMOS CAMPEÕES NACIONAIS!
Masculino

WWW
Francisco Stromp

[...]

Numa altura em que a figura de treinador ainda não existia, Francisco Stromp foi o ‘capitão geral’ durante dez épocas. Orientava a equipa e tomava as decisões necessárias dentro do campo, podendo-se afirmar que foi o primeiro treinador campeão do Sporting Clube de Portugal. No entanto, Francisco Stromp multiplicava-se em outras tarefas: era ele quem escrevia as circulares aos associados, quem redigia as convocatórias para os jogadores e quem passava noites intermináveis debruçado sobre as contas, tentando sempre conseguir o melhor com o mínimo de despesa directa para o Clube.

O alto conceito que tinha pelas virtudes do desporto e o respeito pela ética, faziam de Francisco Stromp um amigo sem limites, mesmo para os seus adversários. Ficaram famosas as suas alocuções no balneário, antes dos jogos, quando, muitas vezes com os olhos em lágrimas, incitava os colegas a dignificarem a camisola verde-e-branca. As suas palavras eram escutadas religiosamente e tidas como um estímulo para os momentos mais difíceis.

[...]

Em 1916, Francisco Stromp sofreu um grande revés, pois soube que o seu irmão António, com apenas 22 anos de idade tinha contraído sífilis, para a qual não havia tratamento eficaz na época: António Stromp viria a falecer em 1921. Três anos depois, Francisco e a sua família descobriram que tinham sido atacados pela mesma doença. No dia 1 de Julho de 1930, decidiu colocar termo à vida com apenas 38 anos. Suicidou-se, no dia do 24º Aniversário do Sporting Clube de Portugal, a sua razão de existir, metendo-se debaixo de um comboio, na estação de Sete Rios.

Desde a fundação do Clube até ao dia da sua morte, Francisco Stromp nunca deixou de se confundir com o próprio Sporting: o seu amor era tal, que chegava a usar no dia-a-dia a camisola leonina por baixo da camisa que levava para trabalhar no Banco Nacional Ultramarino. Daí o reconhecimento do Sporting Clube de Portugal ao conceder-lhe as distinções de Sócio de Mérito, Sócio Benemérito e, a título póstumo, a de Sócio Honorário, ocupando por decisão da Assembleia-Geral, eternamente o nº3 de associado, número que possuía quando faleceu.

Francisco Stromp nunca foi nem será esquecido pela memória colectiva: hoje dá o nome a um dos mais prestigiados galardões do Clube - os ‘Prémios Stromp’ e ao equipamento mais tradicional – verde de um lado, branco do outro. A Câmara Municipal de Lisboa atribuiu o seu nome a uma rua nas imediações do Estádio José Alvalade, onde foi colocado um busto evocativo deste símbolo eterno da história do Sporting Clube de Portugal e, em 1990, foi condecorado pelo Governo Português com a Medalha de Mérito Desportivo, a título póstumo.

Conta quem com ele conviveu de perto que Francisco Stromp ‘não tinha namoros, nem vida política’. A sua amante era o Sporting Clube de Portugal.

Curriculum:
   Nome: Francisco Stromp
   Local de Nascimento: Lisboa
   Data de Nascimento: 21 de Maio de 1892
   Início de Carreira no Sporting: 1908
   Internacionalizações: 25

   Títulos conquistados ao serviço do Sporting:
           1 Campeonato de Portugal
           4 Campeonatos de Lisboa
   Como Treinador
           8 Campeonatos de Lisboa

Fonte: http://www.sporting.pt

Exemplificação do que é um símbolo. Há quem manifeste dificuldades em perceber o que é um símbolo, o que um jogador precisa de fazer para se tornar num símbolo, e o nosso fabuloso Francisco é a resposta.

Francisco Stromp, ninguém neste clube é mais símbolo que ele. Fantástico!

Sporting Clube de Portugal, Sempre!
Registado

http://sociedadesporting.blogspot.pt/201...a-ti-meu-querido-papa-fernando-1956.html

Um fragmento da que pode ter sido a primeira conversa séria que tive com o meu amado Papá Fernando; tinha eu uns 11 anos, julgo.
- Papá, eu sou o herdeiro, estou a fazer isto tudo [a auxiliar uns camionistas da empresa na montagem de uma enorme máquina] porquê? – perguntei eu.
- Filhote, és o herdeiro, és, mas do trabalho. Vá, mexe-te.
Só passados alguns anos compreendi, não apenas o significado do termo “trabalho”, mas o tom e a responsabilidade.
Re: Francisco Stromp , « Resposta #16 em: Maio 21, 2013, 15:01 »



*
Veterano

Mensagens: 14819


Parabéns Stromp, e que venham melhores dias no nosso Sporting Clube de Portugal!  Bater Palmas
Registado

''Aqui respira-se grandeza!'' - João ''Benny'' Benedito
Re: Francisco Stromp , « Resposta #17 em: Maio 21, 2013, 15:02 »



*
Veterano

Mensagens: 14819


Citar
Francisco Stromp nasceu há 121 anos

Francisco Stromp, figura ímpar do Sporting Clube de Portugal, nasceu a 21 de Maio de 1892.
Filho de Francisco dos Reis Stromp, médico, e de Elisa Lima de Oliveira Roxo, teve cinco irmãos: Octávia, Mário, Helena, José e António. Os dois últimos foram, como ele, fundadores do Sporting Clube de Portugal e a irmã Helena, uma exímia jogadora de ténis no clube. Nesse tempo, vivia a família Stromp no Lumiar, mais propriamente na Estrada da Torre, onde hoje se situa o Colégio S. João de Brito.

Muito estimado pelos seus condiscípulos, Francisco Stromp era considerado o aluno querido do Liceu Camões, tendo ainda frequentado o Instituto Superior Técnico.

O alto conceito em que tinha as virtudes do desporto e o respeito pela ética desportiva, faziam dele o amigo sem limites, mesmo com os seus adversários das pugnas desportivas. Ficaram famosas as usas alocuções no balneário, antes do inicio dos jogos, quando, muitas vezes com os olhos marejados de lágrimas, incitava os colegas a dignificarem o clube.

Em 1916 sofreu um grande revés, ano em que seu irmão António, com apenas 22 anos de idade contraíu a sífilis, doença para a qual não eram conhecidos tratamentos eficazes. António viria a falecer cinco anos depois, em 1921. Três anos depois, Francisco e a sua família descobrem que tinha sido atacado pela mesma doença. A sua vida começa a transformar-se por completo, vindo a falecer por vontade própria a 1 de Julho de 1930.

Alinhou pelo 1º team de futebol desde a época de 1908/09 aos dezasseis anos, até 1923/24. Participou em 107 jogos na categoria principal do clube, a médio-direito ou avançado-centro e foi seu capitão durante uma dezena de anos. Em 1923 conduziu o seu clube à conquista do Campeonato de Portugal.

Desde a fundação do Clube até ao dia da sua morte, nunca deixou de se confundir com o próprio Sporting, que mais não constituiu que o prolongamento afectivo da sua própria família. Daí o reconhecimento do Sporting Clube de Portugal com a atribuição das distinções de sócio de mérito, sócio benemérito e, a título póstumo, a de sócio honorário, ocupando, ainda, por decisão da Assembleia Geral, eternamente, o nº de associado que possuía, nº3.

Citar
Dia histórico para a família Stromp

No dia em que o irmão Francisco festejava o seu 20º aniversário, António Stromp, com 17 anos de idade era seleccionado pelo Comité Olimpico Português para representar Portugal nos 100 e 200 metros, nos Jogos Olímpicos, em Estocolmo, os primeiros em que o nosso país esteve presente. Efectivamente, foi a 21 de Maio de 1912, que tal aconteceu.
Tornou-se assim no primeiro, dos 123 atletas olímpicos de que o Sporting Clube de Portugal hoje muito se orgulha.

Foi também o primeiro dos seis portugueses a entrar em prova, o que aconteceu a 06 de Julho de 1912, na 5ª série da 1ª eliminatória dos 100 m. Por infeliz coincidência, 6 de Julho seria o dia em que viria a falecer 9 anos depois.

Desportista ecléctico, António, para além do atletismo onde foi campeão de Portugal e recordista nacional nos 100m, nos 200m e no Salto com Vara, foi um extraordinário futebolista, tendo jogado preferencialmente na posição de extremo direito, e estreado na primeira categoria do Sporting com apenas 15 anos de idade.

Fez o seu último jogo de futebol a 1 de Abril de 1916 já sabendo que fora atacado por doença incurável da época, a sífilis. Seguiram-se cinco anos de calvário, até que a terrível doença o levou com apenas 27 anos de idade.

Em 1926, a 13 de Junho, dia do seu nascimento, foi descerrada na rua norte do Campo Grande, onde se abria o portão que servia o campo atlético, a lápide Rua António Stromp coberta com a bandeira do Sporting foi descerrada por seu irmão Mário Stromp, na presença do Presidente do Clube, Dr. Pedro Sanches Navarro.
Registado

''Aqui respira-se grandeza!'' - João ''Benny'' Benedito
Re: Francisco Stromp , « Resposta #18 em: Maio 21, 2013, 15:14 »



*
Sénior

Mensagens: 4716


Símbolo eterno que se confunde com o próprio clube
Registado
Re: Francisco Stromp , « Resposta #19 em: Maio 21, 2013, 15:15 »


Quero um Pavilhão para as modalidades


*

Mensagens: 38581
Localidade: Galiza/lisboa




Respect

SL
Registado

Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: [1] 2 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Orgulho Leonino (Moderadores: wild_oscar, Stunner, sotnas) Tópico:

Francisco Stromp

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade