Morreu o grande Mascarenhas

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Que descanse em paz.
SPORTING SEMPRE !!!...20.721-0

Respeito!

Obrigado por elevar o nome do Sporting.
Paz á sua Alma.

Parte uma Glória do Clube.


Bruno de Carvalho - O nosso Presidente.
28-08-2015
Um senhor a jogar, a falar e a vestir


"Oh, tu andaste a comprar os outros... Assim também eu marcava seis ou sete golos!”. Na década de 90, Vasques trabalhava na Loja Verde do Sporting e Mascarenhas estava na Sala de Troféus do Clube, no piso intermédio do antigo Estádio, do lado oposto à sala de Direcção nesse patamar onde também passavam muitas vezes Jesus Correia e Travassos, a caminho de uma visita aos núcleos ‘leoninos’. Lá mais em baixo, junto da porta 10A, andavam também Hilário, Fernando Mendes, Mário Lino, Osvaldo Silva e Carvalho, entre tantos outros. As duas maiores gerações de sempre do futebol ‘verde e branco’, por aquilo que ganharam em termos de quantidade (Cinco Violinos) e ‘qualidade’ (Taça dos Vencedores das Taças), privavam diariamente e tinham uma relação boa, sadia, carinhosa, unida pelo amor a uma causa dentro e fora dos relvados. Vasques, pessoa brincalhona e capaz de fazer rir uma sala inteira a noite toda com Jesus Correia, não perdia uma oportunidade para se meter com Mascarenhas. O avançado, nascido em Angola em Abril de 1937, sorria. Sempre vestido de forma aprumada, de fato e gravata como mandava a boa educação pela qual ainda é recordado, era um Senhor a jogar, a falar e a vestir. Mais: ainda hoje tem o recorde de golos apontados num jogo das competições europeias, os seis na goleada por 16-1 ao Apoel que Vasques tantas vezes recordava da forma como o texto se inicia. Domingos António da Silva faleceu na passada terça-feira, com 78 anos, vítima de doença prolongada.

Mascarenhas, que sofreu um AVC em 2008, foi um guerreiro até ao fim e esteve décadas ligado ao Clube do coração, aquele que o fez chorar quando, ao serviço do Barreirense, fez dois golos aos ‘leões’. Após passagem pelo Benfica e pelo conjunto do Barreiro (depois de Alvalade, ainda andou por CUF, Peniche, Riopele e P. Ferreira), chegou ao Sporting em 1962, realizando o sonho de jogar de ‘verde e branco’ e contribuindo de forma decisiva para o imaginário de milhões de adeptos: a conquista da Taça das Taças, única prova internacional do currículo ‘leonino’, onde marcou 11 golos em 11 partidas disputadas (em 43 dias fez quatro encontros a marcar de forma consecutiva, entre Atalanta e Apoel).

Cinco, 20, 27, 57, 84 e 88, os minutos a que marcou aos cipriotas, são ainda hoje uma chave para a qual mais nenhum avançado conseguiu decifrar o código em termos europeus. No total, e ao longo de três temporadas, Mascarenhas apontou 80 golos em 107 jogos, 48 dos quais (em 59 partidas) de carácter oficial. O antigo companheiro Pedro Gomes recorda “o gentleman com quem fazia parceria no Totobola”. “Ganhámos uma vez o segundo prémio, mais de um mês de ordenado”, explicou. “Foi um grande colega e amigo, mais um que vai deixar saudades daquela equipa”, acrescentou Carvalho. “Era uma pessoa educada, muito humilde e amigo de todos”, completou Hilário. As palavras cruzam-se todas num só destino: um Homem bom. Tão bom que Mavroudes, o guarda-redes cipriota que sofreu os seis históricos golos mas que ficou seu amigo, chegou a fazer-lhe uma visita em Lisboa. Adeus Mascarenhas. E obrigado por tudo.

O corpo de Mascarenhas chegará às 16 horas de domingo, dia 30, à Igreja dos Anjos para ser velado. No dia seguinte, às 11 horas, haverá uma missa de corpo presente antes da saída para o cemitério do Alto de São João, prevista para as 11h30. A cremação está marcada para as 12 horas de segunda-feira.

http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_mascarenhasjornal_280815_154027.asp

A excepcionalidade do Sporting Clube de Portugal, cada um de nós a deve aos feitos de ex-atletas como o Mascarenhas, figura instrumental num dos capítulos mais bonitos de uma história tão rica quanto a nossa.

O nosso orgulho Sportinguista escora-se na grandeza edificada ao longo dos tempos pelos feitos que o clube vai conquistando.
« Última modificação: Agosto 29, 2015, 02:02 am por Chev Chelios »
Confirma-se que o Mascarenhas foi até hoje o único jogador a assinar um double hat-trick na história das competições europeias?

Es gibt nichts schlimmeres als die fleißigen Dummen!
Que Deus o Tenha em Eterno descanso, que nas nossas memórias e corações fica sempre!!

Por cada Leão que cair, Outros se Levantará!

Forçaaa Sportinggg
"O Sporting É Nosso Outra Vez."
Quero o meu Leão campeão!!

Sporting sem ti não há campeões *.*
És um verdadeiro Leão na Internet... mas ainda não és sócio? Muda isso num só minuto, faz-te sócio e sê uma voz activa/participativa no nosso clube! Precisamos da ajuda de todos os Sportinguistas! -> https://socionumminuto.pt

RESULTADOS E CONCLUSÕES DA AUDITORIA DE GESTÃO 1995-2013

Documentário "GOLPE NO SPORTING"