Cédric Soares

Isaac Goulart e 3 Visitantes estão a ver este tópico.

*** Hoje às 09:59
Discordo totalmente dessa ideia de culpar o Marco. Ou apenas o Marco.

O Cédric fazia movimentos interiores? Bom... rematava. E ainda remata. Às vezes corre bem e dá golo. Daí a ter a percepção de quando os fazer, do momento indicado, da forma indicada, etc, vai uma longa distância.

O meu problema com ele é mesmo o critério. Não sabe jogar no último terço, quando tabelar, quando encarar o 1x1, quando acelerar ou quando travar. E é pena porque defende bem, e sai bem a jogar desde trás, sempre com qualidade, mas a coisa fica negra lá à frente.

Por alguma razão te recordas do Cédric a rematar de longe... mas não a aparecer à entrada de área, ou dentro da mesma (sobretudo). Como acontece, por exemplo, com o Danilo e com o Maxi, várias vezes. Daí surgem golos (uns deles, outros de colegas).

Não desgosto do Cédric, e gostava de atacar a época com Cédric e Esgaio. Ainda acredito que seja possível renovar. Caso contrário, é ver um substituto: olhar para o salário do Miguel Lopes, e perguntar por exemplo o preço de um rapaz que anda no Maribor e que tem qualidade para substituir o Cédric.

Vamos aguardar e acompanhar.

 :arrow: :arrow: :arrow:
* Hoje às 10:31
Não concordo nada que o Cedric na época passada apresentasse tantas dificuldades ofensivas como este ano. Quanto a ser um jogador mais de linha, isso, em si, é apenas uma questão de perfil. Não é por um gajo vir mais para dentro que é automaticamente melhor jogador que um gajo que joga mais por fora. Pode jogar mal por dentro e bem por fora e o Cedric, mesmo jogando mais por fora, era um jogador com maior contributo ofensivo que agora, menos unidimensional, mais exiberante a aparecer no último terço, mais dinâmico, mais presente no jogo.

Não acho. Há que saber quando atacar dentro e fora, seja através de iniciativas individuais seja através do passe. Cédric não tem essa percepção no último terço.

@Lion73 acontece dos dois lados. Exagera-se de ambos os lados. Para mim, é claro dizer que a qualidade é algo questionável para um Sporting campeão. E por ser questionável dá margem para cada um ter a sua opinião.

Eu não tenho a certeza. Gostava que continuasse. E acho que por 7 milhões não se justifica a saída. Mas não tem neste momento qualidade para um Clube com mais objectivos declarados na Champions que o Sporting (ex: chegar aos quartos), quanto mais para quem quer ganhá-la.

O melhor para ele era continuar. Dificilmente jogará com esta regularidade noutro lado por várias razões, sobretudo saindo para um Clube com maiores objectivos.

Quanto ao que fez no Sporting, tenho muitas dificuldades em encontrar um padrão que permita ter expectativas tão positivas quanto ao crescimento/evolução. Sobretudo porque, à medida que o tempo vai passando, até acontece o contrário.

O que não significa que não seja o lateral-direito menos mau do Sporting, ou que por 4/5/6 milhões se consiga encontrar quem garanta maior rendimento no imediato (ou, se calhar, sequer o mesmo).

Lá está. Concordando que tem revelado insuficiências a nivel ofensivo que nem eram previsíveis há uns tempos atrás,  acho que também se exagera. E não é pouco.
****** Hoje às 13:47

Discordo totalmente dessa ideia de culpar o Marco. Ou apenas o Marco.

O Cédric fazia movimentos interiores? Bom... rematava. E ainda remata. Às vezes corre bem e dá golo. Daí a ter a percepção de quando os fazer, do momento indicado, da forma indicada, etc, vai uma longa distância.

O meu problema com ele é mesmo o critério. Não sabe jogar no último terço, quando tabelar, quando encarar o 1x1, quando acelerar ou quando travar. E é pena porque defende bem, e sai bem a jogar desde trás, sempre com qualidade, mas a coisa fica negra lá à frente.

Por alguma razão te recordas do Cédric a rematar de longe... mas não a aparecer à entrada de área, ou dentro da mesma (sobretudo). Como acontece, por exemplo, com o Danilo e com o Maxi, várias vezes. Daí surgem golos (uns deles, outros de colegas).

Não desgosto do Cédric, e gostava de atacar a época com Cédric e Esgaio. Ainda acredito que seja possível renovar. Caso contrário, é ver um substituto: olhar para o salário do Miguel Lopes, e perguntar por exemplo o preço de um rapaz que anda no Maribor e que tem qualidade para substituir o Cédric.

Vamos aguardar e acompanhar.

Uma coisa é falarmos de critério e momento de decisão, isso concordo.

Agora em termos de movimentos interiores (com bola sobretudo) o Cédric fazia pelo menos 1 vez por jogo até esta época, em que deixou de fazer. E sim normalmente esse movimento tinha como consequência o remate. Sobre aparecer á entrada da área, lembro-me de algumas vezes ele aparecer nas outras épocas (normalmente descaído mais para direita).

Dentro da área ele aparece sobretudo por fora, mas isto é simples, ele gosta de fazer esse movimento, porém se o extremo estiver mais encostado à linha e não por dentro, ele dificilmente faz esse movimento.

Podia fazer por dentro em vez por fora? Sim claro (já o vi fazer, mas é raro), mas para isso também precisa de um treinador que lhe diga isso (se o extremo estiver por fora, tu tens de aparecer por dentro).

Tu dizes que não sabe jogar no último terço, isso acho exagerado. Acho que é razoável.

Eu continuo a achar que o Cédric pode dar muito mais ofensivamente do que deu esta época (porque já vi ele dar essa qualidade, ainda na pré-época vi), agora sinceramente acho que precisa de um treinador que o volte a pôr forte nesse aspeto.



@Moutinho-Kun,  Se não me falha a memória marcou uma golão assim ao Nacional.

Exato, um golo do outro mundo.  :mais:
*** Hoje às 13:56

Discordo totalmente dessa ideia de culpar o Marco. Ou apenas o Marco.

O Cédric fazia movimentos interiores? Bom... rematava. E ainda remata. Às vezes corre bem e dá golo. Daí a ter a percepção de quando os fazer, do momento indicado, da forma indicada, etc, vai uma longa distância.

O meu problema com ele é mesmo o critério. Não sabe jogar no último terço, quando tabelar, quando encarar o 1x1, quando acelerar ou quando travar. E é pena porque defende bem, e sai bem a jogar desde trás, sempre com qualidade, mas a coisa fica negra lá à frente.

Por alguma razão te recordas do Cédric a rematar de longe... mas não a aparecer à entrada de área, ou dentro da mesma (sobretudo). Como acontece, por exemplo, com o Danilo e com o Maxi, várias vezes. Daí surgem golos (uns deles, outros de colegas).

Não desgosto do Cédric, e gostava de atacar a época com Cédric e Esgaio. Ainda acredito que seja possível renovar. Caso contrário, é ver um substituto: olhar para o salário do Miguel Lopes, e perguntar por exemplo o preço de um rapaz que anda no Maribor e que tem qualidade para substituir o Cédric.

Vamos aguardar e acompanhar.

Uma coisa é falarmos de critério e momento de decisão, isso concordo.

Agora em termos de movimentos interiores (com bola sobretudo) o Cédric fazia pelo menos 1 vez por jogo até esta época, em que deixou de fazer. E sim normalmente esse movimento tinha como consequência o remate. Sobre aparecer á entrada da área, lembro-me de algumas vezes ele aparecer nas outras épocas (normalmente descaído mais para direita).

Dentro da área ele aparece sobretudo por fora, mas isto é simples, ele gosta de fazer esse movimento, porém se o extremo estiver mais encostado à linha e não por dentro, ele dificilmente faz esse movimento.

Podia fazer por dentro em vez por fora? Sim claro (já o vi fazer, mas é raro), mas para isso também precisa de um treinador que lhe diga isso (se o extremo estiver por fora, tu tens de aparecer por dentro).

Tu dizes que não sabe jogar no último terço, isso acho exagerado. Acho que é razoável.

Eu continuo a achar que o Cédric pode dar muito mais ofensivamente do que deu esta época (porque já vi ele dar essa qualidade, ainda na pré-época vi), agora sinceramente acho que precisa de um treinador que o volte a pôr forte nesse aspeto.



@Moutinho-Kun,  Se não me falha a memória marcou uma golão assim ao Nacional.

Exato, um golo do outro mundo.  :mais:

Acho que isso também se deve à ocupação de espaços por parte da equipa. O João Mário descai muitas vezes para essa zona, e o próprio Carrillo deste ano procura mais espaços interiores, deixando assim o espaço livre na ala para o Cédric subir!

A questão do critério é algo complicado de ser ensinado na minha opinião. Deriva da leitura do jogo, da percepção dos movimentos dos companheiros e da inteligência para optar pela minha solução.

As minhas reticências na continuidade do Cedric prendem-se apenas com o facto de ir entrar no último ano do seu contrato e de aparentemente exigir mundos e fundos para a renovação. No entanto e relembrando as palavras do Presidente na última CI, fiquei claramente com a ideia que Cédric estaria muito mais perto de renovar do que Carrillo!
***** Hoje às 15:39
Não concordo nada que o Cedric na época passada apresentasse tantas dificuldades ofensivas como este ano. Quanto a ser um jogador mais de linha, isso, em si, é apenas uma questão de perfil. Não é por um gajo vir mais para dentro que é automaticamente melhor jogador que um gajo que joga mais por fora. Pode jogar mal por dentro e bem por fora e o Cedric, mesmo jogando mais por fora, era um jogador com maior contributo ofensivo que agora, menos unidimensional, mais exiberante a aparecer no último terço, mais dinâmico, mais presente no jogo.

Não acho. Há que saber quando atacar dentro e fora, seja através de iniciativas individuais seja através do passe. Cédric não tem essa percepção no último terço.

@Lion73 acontece dos dois lados. Exagera-se de ambos os lados. Para mim, é claro dizer que a qualidade é algo questionável para um Sporting campeão. E por ser questionável dá margem para cada um ter a sua opinião.

Eu não tenho a certeza. Gostava que continuasse. E acho que por 7 milhões não se justifica a saída. Mas não tem neste momento qualidade para um Clube com mais objectivos declarados na Champions que o Sporting (ex: chegar aos quartos), quanto mais para quem quer ganhá-la.

O melhor para ele era continuar. Dificilmente jogará com esta regularidade noutro lado por várias razões, sobretudo saindo para um Clube com maiores objectivos.

Quanto ao que fez no Sporting, tenho muitas dificuldades em encontrar um padrão que permita ter expectativas tão positivas quanto ao crescimento/evolução. Sobretudo porque, à medida que o tempo vai passando, até acontece o contrário.

O que não significa que não seja o lateral-direito menos mau do Sporting, ou que por 4/5/6 milhões se consiga encontrar quem garanta maior rendimento no imediato (ou, se calhar, sequer o mesmo).

Lá está. Concordando que tem revelado insuficiências a nivel ofensivo que nem eram previsíveis há uns tempos atrás,  acho que também se exagera. E não é pouco.

Portanto, a sua qualidade para titular num Sporting campeão é inquestionável? É jogador claramente para outros patamares?

Basicamente é com isso que não concordo, e se "exagero", será por aqui.

Penso que dentro de 2 anos poderemos ter mais certezas quanto a isto.
****** Hoje às 15:48
Não concordo nada que o Cedric na época passada apresentasse tantas dificuldades ofensivas como este ano. Quanto a ser um jogador mais de linha, isso, em si, é apenas uma questão de perfil. Não é por um gajo vir mais para dentro que é automaticamente melhor jogador que um gajo que joga mais por fora. Pode jogar mal por dentro e bem por fora e o Cedric, mesmo jogando mais por fora, era um jogador com maior contributo ofensivo que agora, menos unidimensional, mais exiberante a aparecer no último terço, mais dinâmico, mais presente no jogo.

Não acho. Há que saber quando atacar dentro e fora, seja através de iniciativas individuais seja através do passe. Cédric não tem essa percepção no último terço.

@Lion73 acontece dos dois lados. Exagera-se de ambos os lados. Para mim, é claro dizer que a qualidade é algo questionável para um Sporting campeão. E por ser questionável dá margem para cada um ter a sua opinião.

Eu não tenho a certeza. Gostava que continuasse. E acho que por 7 milhões não se justifica a saída. Mas não tem neste momento qualidade para um Clube com mais objectivos declarados na Champions que o Sporting (ex: chegar aos quartos), quanto mais para quem quer ganhá-la.

O melhor para ele era continuar. Dificilmente jogará com esta regularidade noutro lado por várias razões, sobretudo saindo para um Clube com maiores objectivos.

Quanto ao que fez no Sporting, tenho muitas dificuldades em encontrar um padrão que permita ter expectativas tão positivas quanto ao crescimento/evolução. Sobretudo porque, à medida que o tempo vai passando, até acontece o contrário.

O que não significa que não seja o lateral-direito menos mau do Sporting, ou que por 4/5/6 milhões se consiga encontrar quem garanta maior rendimento no imediato (ou, se calhar, sequer o mesmo).

Lá está. Concordando que tem revelado insuficiências a nivel ofensivo que nem eram previsíveis há uns tempos atrás,  acho que também se exagera. E não é pouco.

Portanto, a sua qualidade para titular num Sporting campeão é inquestionável? É jogador claramente para outros patamares?

Basicamente é com isso que não concordo, e se "exagero", será por aqui.

Penso que dentro de 2 anos poderemos ter mais certezas quanto a isto.

Bem, a qualidade para outros patamares acho que se começa a esfumar. Pelo menos para patamares claramente superiores ao Sporting, apesar disso não ser impossível (basta ver o que aconteceu com Carriço).

Quanto a ter qualidade para um Sporting campeão, acho que tem, acho que não é necessário andar a investir muitos fundos na LD, quando acho que esses fundos nos podem ajudar mais do MC para a frente ou até no eixo da defesa. E se entretanto o Esgaio mostrar melhores argumentos, melhor para nós.

Acho ainda que se pode tirar maior proveito ofensivo de Cedric, se se souber aproveitar melhor os momentos de jogo onde o seu futebol é mais forte e aí lembro-me do que se dizia do Leiria de Jesus e da mudança que se deu com ele: onde antes os avançados estavam lá, com JJ os avançados começaram a aparecer lá.

Cedric não é jogador de andar ali, pelo ataque, é jogador de aparecer. E nesse sentido temos jogado em prol das suas dificuldades e contra aquilo onde ele é mais forte, quando devíamos potenciar exactamente o oposto.
- You're a real stone player, aren't you, Ma? You threatened to smother his children.
- What does that mean?
- You know, everyone thought Dad was the ruthless one. But I gotta hand it to you. If you'd been born after those feminists, you woulda been the real gangster.
- I don't know what you're talking about!
***** Hoje às 15:48
Eu acho que o jogador estagnou no Sporting, e pior que isso não lhe vejo motivação para evoluir.

***** Hoje às 15:53
Eu também acho que tem Juziel (e acho que faria uma boa dupla com o Esgaio). Mas acho que não é inquestionável, e que assim sendo permite várias opiniões diferentes, todas legítimas, quanto a essa capacidade.
* Hoje às 15:59
(...)Portanto, a sua qualidade para titular num Sporting campeão é inquestionável? É jogador claramente para outros patamares?

Basicamente é com isso que não concordo, e se "exagero", será por aqui.

Penso que dentro de 2 anos poderemos ter mais certezas quanto a isto.

Não sei muito bem o que é ser inquestionável num Sporting campeão. Eliseu é titular inquestionável do actual bicampeão nacional.

Considero Cedric um lateral sólido e ainda com margem de progressão que com naturalidade poderá chegar a ligas fortes e jogar em bons clubes. A um nível do Barcelona ou de clubes de topo dessas melhores ligas? Naturalmente que não, a não ser que algo de muito estranho aconteça.

Naturalmente, também, terá que inverter a curva descendente desta época. Mas é ele e outros.
****** Hoje às 16:00
Eu também acho que tem Juziel (e acho que faria uma boa dupla com o Esgaio). Mas acho que não é inquestionável, e que assim sendo permite várias opiniões diferentes, todas legítimas, quanto a essa capacidade.

Absolutamente. Há 2/3 anos atrás, quando o Cedric era o patinho feio do plantel, via nele um potencial enorme para ser um jogador brutal. Mesmo com fragilidades maiores que agora, o seu futebol permitia alguns vislumbres que te faziam pensar num futuro mais promissor que aquele que entretanto se concretizou.

Não é por acaso que na última conversa que tivemos disse que perante uma proposta de +/- 7 M, eu venderia. A evolução não foi a esperada, é complicado renovar, Cedric não puxa a qualidade da equipa para baixo, mas também não faz dos que o rodeiam melhores jogadores. Anda lá, faz o papel dele, é fiável, bateu-se muito bem com alguns tipos do topo do futebol mundial, mas continua a faltar ali qualquer coisa.

É um jogador regular no Sporting, neste momento. E não era isso que via nele há uns anos. Quanto ao factor motivacional, também não parece o mesmo jogador humilde, que se matava para fazer o trabalho dele e dos outros dentro de campo, mas também convenhamos, a gestão da sua carreira, no Sporting, também não deve ser das coisas mais fáceis de encaixar, sempre com o fantasma Lopes na sombra, que quase que joga só porque ganha o que ganha.

Já me melindrou mais a ideia de perder Cedric. Fico é f*****, e muito, se perdermos o Cedric para manter a nulidade do Miguel Lopes - isso é que não faz qualquer sentido na minha cabeça, em cenário nenhum.
- You're a real stone player, aren't you, Ma? You threatened to smother his children.
- What does that mean?
- You know, everyone thought Dad was the ruthless one. But I gotta hand it to you. If you'd been born after those feminists, you woulda been the real gangster.
- I don't know what you're talking about!
***** Hoje às 16:08
Nâo me querendo imuscuir nesta discussão sobre a valia do Cedric, dado que já manifestei a minha opinião sobre a mesma e sobre a sua permanência/venda, deixo só uma achega ao @juziel:

Tens fortes hipóteses de ficar f***do, pois a bota do ML é, como bem sabes, bem difícil de descalçar. Pelo ordenado lunático para o seu real valor (que também dificulta eventuais empréstimos) e principalmente por aquela cláusula assassina que o velhaco asqueroso anuiu com os fruteiros.
"Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida."
Francisco Stromp
*** Hoje às 16:44
Nâo me querendo imuscuir nesta discussão sobre a valia do Cedric, dado que já manifestei a minha opinião sobre a mesma e sobre a sua permanência/venda, deixo só uma achega ao @juziel:

Tens fortes hipóteses de ficar f***do, pois a bota do ML é, como bem sabes, bem difícil de descalçar. Pelo ordenado lunático para o seu real valor (que também dificulta eventuais empréstimos) e principalmente por aquela cláusula assassina que o velhaco asqueroso anuiu com os fruteiros.

Uma pergunta idiota... Se Miguel Lopes sair do Sporting a cláusula para o Porto desaparece, correto?
Então se rescindir contrato connosco e assinar um novo a cláusula não seria eliminada?
**** Hoje às 17:02
Nâo me querendo imuscuir nesta discussão sobre a valia do Cedric, dado que já manifestei a minha opinião sobre a mesma e sobre a sua permanência/venda, deixo só uma achega ao @juziel:

Tens fortes hipóteses de ficar f***do, pois a bota do ML é, como bem sabes, bem difícil de descalçar. Pelo ordenado lunático para o seu real valor (que também dificulta eventuais empréstimos) e principalmente por aquela cláusula assassina que o velhaco asqueroso anuiu com os fruteiros.

Uma pergunta idiota... Se Miguel Lopes sair do Sporting a cláusula para o Porto desaparece, correto?
Então se rescindir contrato connosco e assinar um novo a cláusula não seria eliminada?

Não me parece que seja assim tão fácil descalçar essa bota. Esse negócio é daqueles que quanto mais fundo se cava, pior cheira. Parece-me que a única solução para não pagar nada aos corruptos, bem como não ter que pagar o exorbitante salário do Miguel Lopes, é emprestar o jogador até final do contrato.
Croquetes? Não, obrigado.
***** Hoje às 17:04
(...)Portanto, a sua qualidade para titular num Sporting campeão é inquestionável? É jogador claramente para outros patamares?

Basicamente é com isso que não concordo, e se "exagero", será por aqui.

Penso que dentro de 2 anos poderemos ter mais certezas quanto a isto.

Não sei muito bem o que é ser inquestionável num Sporting campeão. Eliseu é titular inquestionável do actual bicampeão nacional.

Considero Cedric um lateral sólido e ainda com margem de progressão que com naturalidade poderá chegar a ligas fortes e jogar em bons clubes. A um nível do Barcelona ou de clubes de topo dessas melhores ligas? Naturalmente que não, a não ser que algo de muito estranho aconteça.

Naturalmente, também, terá que inverter a curva descendente desta época. Mas é ele e outros.

Não, não é. Eu estou a falar "inquestionável" relativamente à percepção das suas capacidades ser consensual. As do Eliseu não são, e parece-me natural que as do Cédric também não sejam. Falava nesse sentido. A titularidade existe, mas não é inquestionável (ou seja, pode ser questionada, é legítimo) por não se justificar a um nível totalmente satisfatório em campo. Coloco-me nos que gostavam de continuar a contar com ele para esse lugar (o de principal lateral-direito do Sporting), mas admito outras opiniões, e não me parece de todo que possa almejar mais que o Sporting actualmente (continuando a ser titular, entenda-se). Mas o tempo será esclarecedor, para o bem ou para o mal.

Juziel, pois. Eu, mais que isso (e não direi pior que isso porque não tinha o outro em grande consideração), defendi a venda do João Pereira naquele Verão por achar que o Cédric estava preparado para o lugar.

Não me posso arrepender porque, de facto, não tinha o outro em melhor consideração, antes pelo contrário; mas fica o "amargo na boca" de me ter enganado quanto à sua qualidade e potencial, que julgava de outro nível.
***** Hoje às 17:07
Nâo me querendo imuscuir nesta discussão sobre a valia do Cedric, dado que já manifestei a minha opinião sobre a mesma e sobre a sua permanência/venda, deixo só uma achega ao @juziel:

Tens fortes hipóteses de ficar f***do, pois a bota do ML é, como bem sabes, bem difícil de descalçar. Pelo ordenado lunático para o seu real valor (que também dificulta eventuais empréstimos) e principalmente por aquela cláusula assassina que o velhaco asqueroso anuiu com os fruteiros.

Uma pergunta idiota... Se Miguel Lopes sair do Sporting a cláusula para o Porto desaparece, correto?
Então se rescindir contrato connosco e assinar um novo a cláusula não seria eliminada?

Não me parece que seja assim tão fácil descalçar essa bota. Esse negócio é daqueles que quanto mais fundo se cava, pior cheira. Parece-me que a única solução para não pagar nada aos corruptos, bem como não ter que pagar o exorbitante salário do Miguel Lopes, é emprestar o jogador até final do contrato.

Sinceramente, não faço ideia, MAS... sabendo-se o que se sabe do GL, não me admirava nada que houvesse uma (ou várias) cláusulas que nos obrigassem a cumprir o contrato com o ML até 2018, sob pena de termos que dar os 5M € aos corruptos do Norte.
Godinhices...  :menos: :menos:
"Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida."
Francisco Stromp
*** Hoje às 17:29
Nâo me querendo imuscuir nesta discussão sobre a valia do Cedric, dado que já manifestei a minha opinião sobre a mesma e sobre a sua permanência/venda, deixo só uma achega ao @juziel:

Tens fortes hipóteses de ficar f***do, pois a bota do ML é, como bem sabes, bem difícil de descalçar. Pelo ordenado lunático para o seu real valor (que também dificulta eventuais empréstimos) e principalmente por aquela cláusula assassina que o velhaco asqueroso anuiu com os fruteiros.

Uma pergunta idiota... Se Miguel Lopes sair do Sporting a cláusula para o Porto desaparece, correto?
Então se rescindir contrato connosco e assinar um novo a cláusula não seria eliminada?

Não me parece que seja assim tão fácil descalçar essa bota. Esse negócio é daqueles que quanto mais fundo se cava, pior cheira. Parece-me que a única solução para não pagar nada aos corruptos, bem como não ter que pagar o exorbitante salário do Miguel Lopes, é emprestar o jogador até final do contrato.

Sinceramente, não faço ideia, MAS... sabendo-se o que se sabe do GL, não me admirava nada que houvesse uma (ou várias) cláusulas que nos obrigassem a cumprir o contrato com o ML até 2018, sob pena de termos que dar os 5M € aos corruptos do Norte.
Godinhices...  :menos: :menos:

Esse monte de esterco... Sério... 2 anos depois e continuamos a levar com cenas dele...
*** Hoje às 19:36
Nâo me querendo imuscuir nesta discussão sobre a valia do Cedric, dado que já manifestei a minha opinião sobre a mesma e sobre a sua permanência/venda, deixo só uma achega ao @juziel:

Tens fortes hipóteses de ficar f***do, pois a bota do ML é, como bem sabes, bem difícil de descalçar. Pelo ordenado lunático para o seu real valor (que também dificulta eventuais empréstimos) e principalmente por aquela cláusula assassina que o velhaco asqueroso anuiu com os fruteiros.

Uma pergunta idiota... Se Miguel Lopes sair do Sporting a cláusula para o Porto desaparece, correto?
Então se rescindir contrato connosco e assinar um novo a cláusula não seria eliminada?

Não me parece que seja assim tão fácil descalçar essa bota. Esse negócio é daqueles que quanto mais fundo se cava, pior cheira. Parece-me que a única solução para não pagar nada aos corruptos, bem como não ter que pagar o exorbitante salário do Miguel Lopes, é emprestar o jogador até final do contrato.

Sinceramente, não faço ideia, MAS... sabendo-se o que se sabe do GL, não me admirava nada que houvesse uma (ou várias) cláusulas que nos obrigassem a cumprir o contrato com o ML até 2018, sob pena de termos que dar os 5M € aos corruptos do Norte.
Godinhices...  :menos: :menos:

Esse monte de esterco... Sério... 2 anos depois e continuamos a levar com cenas dele...

Ele estourou 100M em 2 anos. 100M que o Sporting não tinha, e agora deve a alguém.

Vais ficar bem mais que 2 anos a levar com cenas dele.
Já aderiste à Missão Pavilhão?

"Às vezes leio, e tenho a noção que o Presidente do Sporting deve ser atrasado mental. Depois lembro-me que sou eu, e lembro-me que aquilo é mentira."

- Bruno de Carvalho