Bruno de Carvalho - Ex-Candidato à Presidência do Sporting

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar
Tópico criado para os Membros do Fórum abordarem todos os assuntos relacionado com o Bruno de Carvalho, no pós Eleições.

Rui Sampaio - Administração Fórum SCP.

é bom que a a actual presidência faça um bom trabalho desta vez, senão pula já de lá para fora..

Citar

Bruno de Carvalho quer alteração dos estatutos

O ex-candidato à presidência do Sporting, Bruno de Carvalho, revelou esta terça-feira que vai entregar esta quarta uma proposta de alteração aos estatutos do clube junto da comissão encarregue de proceder à análise de propostas nesse sentido.

O ex-candidato explica em comunicado que a proposta visa "contribuir para um Sporting mais moderno e democrático" e que foi elaborada por uma "equipa composta por várias dezenas de sócios", com base numa "análise dos atuais estatutos e nas propostas de revisão" efetuadas durante o mandato de José Eduardo Bettencourt.

Bruno de Carvalho promete ainda avançar com uma "proposta para a implementação de um regulamento eleitoral", conforme promessa que fez durante a campanha eleitoral.

As eleições para os órgãos sociais do Sporting, realizadas no passado dia 26 de março, ficaram marcadas por grande conflitualidade e suspeitas de manipulação dos resultados por parte da lista liderada por Bruno de Carvalho.

A lista liderada por Godinho Lopes acabou por vencer o sufrágio pela curta margem de 360 votos.

http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=695713

He's watching you!  8)

Linguagem editada. A tolerância zero serve para este tópico também.
« Última modificação: Maio 30, 2011, 11:21 am por SCP Fan »
é bom que a actual presidência faça um bom trabalho desta vez, senão pula já de lá para fora..

Citar

Bruno de Carvalho quer alteração dos estatutos

O ex-candidato à presidência do Sporting, Bruno de Carvalho, revelou esta terça-feira que vai entregar esta quarta uma proposta de alteração aos estatutos do clube junto da comissão encarregue de proceder à análise de propostas nesse sentido.

O ex-candidato explica em comunicado que a proposta visa "contribuir para um Sporting mais moderno e democrático" e que foi elaborada por uma "equipa composta por várias dezenas de sócios", com base numa "análise dos atuais estatutos e nas propostas de revisão" efetuadas durante o mandato de José Eduardo Bettencourt.

Bruno de Carvalho promete ainda avançar com uma "proposta para a implementação de um regulamento eleitoral", conforme promessa que fez durante a campanha eleitoral.

As eleições para os órgãos sociais do Sporting, realizadas no passado dia 26 de março, ficaram marcadas por grande conflitualidade e suspeitas de manipulação dos resultados por parte da lista liderada por Bruno de Carvalho.

A lista liderada por Godinho Lopes acabou por vencer o sufrágio pela curta margem de 360 votos.

http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=695713

He's watching you!  8)

Parece-me bem. Dada a sua capacidade para mobilizar os sócios, parece-me que nem as tretas dos custos da organização de uma AG nos deverão desviar deste desígnio.

Agora, se não se alterar o que se pretende (leia-se, regra da representatividade), não contem comigo para ir em esquemas de golpadas e de clube pouco democrático.

Temos que lidar com as regras existentes.
« Última modificação: Maio 04, 2011, 14:57 pm por Majestade »
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
É assim que vai criando uma imagem de cumpridor e é assim que se ganha crédito junto dos que não votaram no Bruno, se quer ser opção na próxima AG eleitoral tem que até ir fazendo o que foi prometendo, esta Alteração dos Estatutos e o Regulamento Eleitoral são fundamentais para projectar o Clube para o futuro, engrandecendo a sua massa adepta e permitindo a esta que se manifeste mesmo estando longe de Lisboa, com total confiança nos processos, é essencial evitar que aconteça novamente algo como o que aconteceu na última AG eleitoral! :arrow:
Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
É assim que vai criando uma imagem de cumpridor e é assim que se ganha crédito junto dos que não votaram no Bruno, se quer ser opção na próxima AG eleitoral tem que até ir fazendo o que foi prometendo, esta Alteração dos Estatutos e o Regulamento Eleitoral são fundamentais para projectar o Clube para o futuro, engrandecendo a sua massa adepta e permitindo a esta que se manifeste mesmo estando longe de Lisboa, com total confiança nos processos, é essencial evitar que aconteça novamente algo como o que aconteceu na última AG eleitoral! :arrow:

 :arrow: :arrow: :arrow:
Tenho uma dúvida em relação ao funcionamento da AG

Imaginemos que a proposta da direcção não trás nada de novo a não ser o tal sócio-arguido.
Imaginem que não é apresentada qualquer proposta de criação de um regulamento eleitoral.

Podem ser apresentadas outras propostas? Qual é o procedimento? São apresentadas previamente para os sócios ficarem informados? Vão a votação? Ou só são votados os pontos que a direcção entender incluir na convocatória?

SL
Muito bem o Bruno de Carvalho.
A continuidade e a sua credibilidade trouxeram-nos a esta triste realidade. Basta!

É assim que vai criando uma imagem de cumpridor e é assim que se ganha crédito junto dos que não votaram no Bruno, se quer ser opção na próxima AG eleitoral tem que até ir fazendo o que foi prometendo, esta Alteração dos Estatutos e o Regulamento Eleitoral são fundamentais para projectar o Clube para o futuro, engrandecendo a sua massa adepta e permitindo a esta que se manifeste mesmo estando longe de Lisboa, com total confiança nos processos, é essencial evitar que aconteça novamente algo como o que aconteceu na última AG eleitoral! :arrow:

 :arrow:

Sobre o processo de revisão estatutária já aqui há uns dias escrevi (em consequencia da sessão de esclarecimento)

Sobre a sessão que fui vendo com cortes por outros afazeres.

...

Há no entanto um ponto que desde já declaro o meu desagrado: A maneira parcelar como se está a querer fazer a revisão estatutária.

Na minha opinião, esta não pode ser parcelar e remendada (por mais que se admita uma maior à posteriori) e desprovida de um sentido geral.

Os estatutos são um documento que rege a organização do clube e carece urgentemente de uma revisão e modernização geral, que não se compadece com alterações avulsas.

Do que foi proposto, também tenho alguma dificuldade em aceitar (reservando-me no entanto uma opinião definitiva quando a proposta for apresentada):

A alteração das categorias de sócio (como aparentemente esta a ser previsto e nomeadamente com a introdução do conceito de sócio-apoiante) vai se traduzir em mais uma estratificação na massa associada o que não me parece de todo positivo.

A figura da assembleia referendária (concordo com a figura, não concordo com a maneira como ela está a ser exposta) que servirá apenas para esvaziar de valor, conteúdo e discussão as AG's

O voto eletrónico, do qual eu tenho muitas reticencias sobre a maneira de o implantar.

Por isso mesmo, por considerar o timing de uma alteração estatutária desta monta e sem qualquer discussão ou reflexão perfeitamente extemporâneo e descabido (concordo com a convocação de um congresso para a sua discussão - onde até os sócios correspondentes podem estar presentes e discutir a sua situação -  para Setembro/Outubro e posterior - 20/30 dias - AG). Se calhar a proposta de um regulamento eleitoral moderno e real faria bem mais sentido neste momento.

Por isso mesmo, desde já declaro, em principio, o meu voto negativo a estas alterações (até posso concordar com o todo ou parte do proposto mas, volto a afirmar, não concordo com revisões parcelares e avulsas)

E mantenho esta opinião.

Reforma estatutária só inserida numa revisão séria e a sério, geral e com reflexão e discussão nos lugares certos.

Se demora mais? Provavelmente sim. Se agradará a todos? Provavelmente não. Se passará com facilidade em AG (qualquer que a sua redacção)? Duvido.

Por isso mesmo não posso deixar de sublinhar a importância que esta discussão (e porque não negociação) tem!

O CL, a funcionar como deve ser, deve ser um dos primeiros meios onde esta discussão deve ser tida (existe alguma razoabilidade de representatividade das listas eleitas). Após isso, Congresso e AG subsequente!

Agora, rever uns quantos pontos à pressa, por mais importantes que eles sejam, ou que concorde com eles, e com objectivos (nesta pressa), que até podem ser legítimos, mas que ainda não atingi, já em Junho não percebendo que se trata de um documento geral a necessitar de revisão, não contem comigo.

Tal como não contem, para fazer apenas uma actualização ortográfica!
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Tenho uma dúvida em relação ao funcionamento da AG

Imaginemos que a proposta da direcção não trás nada de novo a não ser o tal sócio-arguido.
Imaginem que não é apresentada qualquer proposta de criação de um regulamento eleitoral.

Podem ser apresentadas outras propostas? Qual é o procedimento? São apresentadas previamente para os sócios ficarem informados? Vão a votação? Ou só são votados os pontos que a direcção entender incluir na convocatória?

SL

Com toda a falibilidade do meu pouco conhecimento sobre o regime de procedimentos da AG, julgo que não.

A AG terá que ser convocada com uma ordem de trabalhos para votação de uma proposta de alteração oriunda dos corpos sociais. À partida, a votação de outras propostas, obedecerão ao regime de marcação de AG extraordinárias de iniciativa associativa (chamemos-lhe assim) - recolha de assinaturas, petição ao PMAG, escutinio deste sobre a validade do pedido, marcação da AG e depósito dos custos expectáveis da realização da mesma.

Por isso é que esta discussão terá que ser feita previamente apresentando-se uma proposta que reúna algum consenso.
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Espero que o Bruno não desista do nosso Sporting.
O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Comentário do Moderador A moderação avisa que este tópico será também sujeito a apertado controlo de linguagem ofensiva para com as figura ligadas ao SCP, sejam elas BdC, GL, ou seus apoiantes.Obrigado. Boas escrituras! :mrgreen:
O Sporting é o Clube de Portugal.

Há os que exigem;
Há os que reclamam;
Há os que teclam;
E há os que dão: http://www.forumscp.com/index.php?topic=59703.40
Não tomo os apoiantes do BdC ou alguém que não se reveja na actual direcção como pessoas mal educadas  :great:
Uma coisa é certa: numas futuras eleições (dentro de 1 ano, 1 e meio) ninguém lhe poderá acusar de não ter experiência - é que já foi presidente do Sporting!

Até lá, definharemos pelo 3º, 4º lugar mas desta vez completamente credíveis e claros!


P.S.: Ah, Bruno, até lá, vê se consegues ser arguido, condição que, como sabemos, qualquer honesto trabalhador tem de ter! Garantir-te-á imediatamente 15 a 20 %

Siga a fanfarra da união, da esponja e do benefício da dúvida!
Matias Fernandez (2009-2012) - Obrigado pelas boas memórias. Para sempre EL CRÁ !

" de pensar que o Sporting é muito grande !! São estas coisas que valem muito para o clube, são estas coisas que trazem Sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável, não são 6, 7%, isto é o Sporting !!!
Isto traz coisas muito importantes ao Sporting, fervor Sportinguista acima de tudo!"
by Leão Benedito
Como já tenho tido, este senhor é a oposição a corja que tem faltado nos últimos anos. Um homem forte, Sportinguista e com outras ideias, tudo isto faz assustar a corja e lembrem-se do espectáculo que foi as ultimas eleições, desde ameaças ou telefonemas da banca ao EB. É o único que pode mudar o ciclo vicioso que se tornou no SCP, conto que venha a ser presidente e continue a ter os investidores pois não tenho dúvidas que íamos ter grandes condições para lutar pelo título. Como não sou hipócrita continuo a dizer, apoiei e apoio BDC!
O CL, a funcionar como deve ser, deve ser um dos primeiros meios onde esta discussão deve ser tida (existe alguma razoabilidade de representatividade das listas eleitas). Após isso, Congresso e AG subsequente!

Na newsletter que nos foi remetida esta semana, GL diz que foi eleita no CL uma comissão para fazer uma proposta de revisão dos estatutos:
Citar
Na primeira semana de mandato, solicitámos a marcação de uma Assembleia Geral para discutir a alteração de Estatutos em matéria considerada de aceitação «transversal» nos sócios do Clube: sócio apoiante e sócio atleta, descentralização do voto e Assembleia Referendária.
Em boa hora, por um lado, a excelente relação com a Assembleia Geral eleita, e, por outro lado, a solicitação do Conselho Leonino e a marcação do mesmo para o passado dia 28 de Abril, permitiu a discussão daquela matéria e a constituição de um Comissão com objectivos e prazos bem claros para submissão a uma Assembleia Geral.
Sendo simpático, diria que a linguagem é arrevesada, mas, ainda assim, eu não consigo descodificar outra coisa que não seja o que disse em cima.
Mesmo que desconheça qualquer pormenor a esse respeito, dou de barato, portanto, que essa comissão foi eleita no CL e está a trabalhar, com objectivos e com prazos precisos. Suponho ainda que as conclusões dessa comissão tenham de passar pelo CL antes de chegar à AG.
Sinceramente, esta metodologia parece-me apropriada. Quanto ao congresso pelo meio, já diria ser algo de excessivo. Houve 1 há pouco tempo e só pelos estatutos não me parece ser necessário.



A estas opiniões pessoais, acrescem as seguintes sobre isto:
Tenho uma dúvida em relação ao funcionamento da AG

Imaginemos que a proposta da direcção não trás nada de novo a não ser o tal sócio-arguido.
Imaginem que não é apresentada qualquer proposta de criação de um regulamento eleitoral.

Podem ser apresentadas outras propostas? Qual é o procedimento? São apresentadas previamente para os sócios ficarem informados? Vão a votação? Ou só são votados os pontos que a direcção entender incluir na convocatória?

SL

Com toda a falibilidade do meu pouco conhecimento sobre o regime de procedimentos da AG, julgo que não.

A AG terá que ser convocada com uma ordem de trabalhos para votação de uma proposta de alteração oriunda dos corpos sociais. À partida, a votação de outras propostas, obedecerão ao regime de marcação de AG extraordinárias de iniciativa associativa (chamemos-lhe assim) - recolha de assinaturas, petição ao PMAG, escutinio deste sobre a validade do pedido, marcação da AG e depósito dos custos expectáveis da realização da mesma.

Por isso é que esta discussão terá que ser feita previamente apresentando-se uma proposta que reúna algum consenso.

Diria que deverás ter razão quanto às disposições (art A, art. B, etc.) a alterar e que, no conjunto, são a proposta de alteração constante da convocatória. Se alguns sócios pretenderem alterar outros artigos que dela não constem e situados noutros capítulos, paciência ou só pela via que dizes da AGE
Mas:
1- Mesmo que não perceba, de todo, o alcance de algumas coisas que GL diz (como o sócio-apoiante), a proposta que virá da tal comissão parece-me que pretende tocar em pontos suficientemente abrangentes e sensíveis. Dificilmente deixará de fora arts. que remetam, por exemplo, para o nº de votos.
2- A proposta a ser submetida à AG não deverá ser votada só na globalidade, até por ser, supostamente, grande. Tudo ou nada, portanto. Custar-me-ia a aceitar que, do ponto de vista democrático, assim fosse
Isto significa que
a) não excluo votações na especialidade, podendo ser propostos aditamentos, emendas, redacções alternativas, etc, a votar, eventualmente, em alternativa
b) um processo demorado e complexo, difícil de acompanhar e de gerir (e EB não está, de todo, talhado para isso)
c) há alguma (pouca, mas alguma) margem de alternativa, mas que exige um grau elevado de pachorra e de domínio de certas técnicas (à 1 da manhã estar a rabiscar a redacção de 1 art...) que não estará ao alcance do sócio comum, mas que pode ser engraçado do ponto de vista da feitura do que podemos chamar "o trabalho de casa" organizado

Isto está tudo cheios de ses e e óbvio que considero que a tal comissão (a existir) tem a chave na mão
Noutro tópico, já perguntei para a geral se alguém sabe quem a compõe. Sem sucesso
Noutro tópico, já perguntei para a geral se alguém sabe quem a compõe. Sem sucesso

O Grupo de Trabalho é alargado. O Secretário é o Boal.

http://acreditar.blog.com/
O meu símbolo é o LEÃO não o carneiro.

Dinasta da Dívida : Roquette - 'O Projectista Falhado', Dias da Cunha - 'O Crédulo Impenitente', Soares Franco - 'O Dissimulado compulsivo', Bettencourt - 'O Visigodo Inimputável', Godinho Lopes - 'O ex-Arguido Credível'
Day AfterBruno de Carvalho  - 'O SCP é Nosso, outra vez !!!'
Mais uma vez, Bruno promete, Bruno cumpre. Começa a ser até maçador.. Não estamos habituados a gente tão séria.

Espero que as alterações aos estatutos se façam o mais rapidamente possível, pois só beneficiariam a democracia e a verdade no Sporting.


"Um Estado que, na época do envenenamento das raças, se dedica a cultivar os seus melhores elementos raciais, tem de um dia se tornar senhor do mundo.
Que os adeptos do nosso movimento nunca se esqueçam disso, mesmo que, pela enormidade do sacrifício, possam vir a recear da possibilidade do sucesso."
- SH - 20/04/89
Quero primeiro dar os parabéns aos moderadores do forum, por não permitirem quaisquer abusos de linguagem relativamente para com qualquer membro da direcção do nosso Sporting ou para com qualquer figura que possa desempenhar um papel importante para o futuro do nosso querido clube. Penso que é uma atitude madura de quem tem responsabilidade em moldar as opiniões de todos os users do forum.

Antes de qualquer divergência que possa existir, relativamente à conjuntura que se vive, somos todos do Sporting. E unidos, seremos muito mais fortes. Viva o Sporting.

Em relação à abertura deste tópico, será importante, para podermos manter viva, nas nossas memórias, a figura de BdC e do seu projecto. Continuo a pensar que este tem um papel decisivo no futuro do Sporting Clube de Portugal, e ao mantermos sempre presente a figura de BdC, vai obrigar os actuais responsáveis do nosso clube, a fazerem o melhor, de preferência, sem os erros ridículos da anterior direcção. Isso só irá fazer bem ao Sporting.

Falando da alteração dos estatutos, relembro que, enquanto muitos viviam revoltados com a vitória do GL, eu fui o primeiro a colocar aqui no forum, um tópico de debate, relativamente à alteração dos estatutos que se impõe. Como apoiante da candidatura de BdC, fico muito contente por este preferir ajudar o nosso clube desta forma, contribuindo activamente para esta alteração essencial, em vez de avançar para processos judiciais que só iriam prejudicar o nosso Sporting. Bem Haja.
E o SPORTING é o nosso GRANDE AMOR!
Espero que o Bruno não desista do nosso Sporting.

Já és sócia?  ;)
uma proposta de alteração dos estatutos, bem pensada e bem elaborada, é exactamente o género de coisa em que o BdC pode, no imediato, contribuir para o Clube, e mostrar quem é! É o sinal de que as eleições já lá vão, e é altura de trabalhar, marcar posição, mostrar a razão pela qual teve a maioria de votantes.