Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 25, 2014, 19:32

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2011 Tópico:

[Eleições SCP 2011] O CONFRONTO É INEVITÁVEL.

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 2 [3] 4 5 6 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: [Eleições SCP 2011] O CONFRONTO É INEVITÁVEL. (Lida 12048 vezes)

Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #40 em: Março 28, 2011, 20:49 »



*
Veterano

Mensagens: 8810
Idade: 26
Localidade: Guimarães
Masculino


Ao chirola eu tenho que lhe dar os parabens!

E meu caro um dia ainda te verei como presidente do nosso grande clube!
Registado

Sporting Clube de Portugal


Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #41 em: Março 28, 2011, 21:13 »



*
Sénior

Mensagens: 3112
Idade: 38
Localidade: Várias
Masculino


MANIFESTO PRAGMÁTICO PARA UMA MUDANÇA SPORTINGUISTA

- Sou da opinião que de facto houve uma usurpação do poder que levou a que tenhamos um "estranho" à frente do nosso clube. Mas esta usurpação não aconteceu só no sábado, mas sim muito antes, desde antes da demissão de JEB. A campanha de GL deu provas mais do que suficientes disto mesmo. Por isso, apesar de normalmente discordar da forma como o chirola se manifesta neste espaço, não podia estar mais de acordo com o conteúdo. É preciso derrubar esta gente e devolver o clube aos sócios. É preciso organizar uma estratégia.

- Independentemente dos factos e contra-factos que circulam sobre o que aconteceu no sábado, a realidade é que hoje temos um "presidente" que não só foi eleito por uma minoria como com métodos duvidosos como não foi capaz (ou melhor, não teve tomates) de assumir uma posição face à realidade de fractura que se produziu (nos meus vinte e tal anos de memória sportinguista, nunca vivi um momento assim). E por "posição" refiro-me a uma atitude de clarificação sobre o que aconteceu.

- Pessoalmente, concordo com que o momento é de agir.* Se o JEB com 90/10 durou 18 meses, o que dizer de um marreta sem qualquer carisma ou atributo de liderança, ainda por cima eleito da forma como foi? Neste sentido, devemos mentalizar-nos de que a luta ainda agora está a começar, mais cedo ou mais tarde irão cair. Podemos perder meses ou anos, mas parar será a pior opção possível.

- O que fazer então? Existem várias formas de levar a água ao moinho, a maior parte delas já avançadas e discutidas aqui no fórum e em outros lugares (peço desculpa pela repetição das mesmas). O que faltará, penso, é uma estratégia mais unificada e concertada. Vamos por partes:

1) Existe um trabalho excelente que já está a ser feito a nível "constitucional", através das candidaturas ao CL e CFD, do SS e da AAS, que mostra que existe um grupo de corajosos que já passou das palavras à acção. Nesta vertente, são várias as opções: por exemplo, trabalhar em prol de uma assembleia geral extraordinária para votar uma "moção de censura" (não sei se essa figura existe nos estatutos do SCP), etc. Mas neste momento conviria esperar para ver o que acontece com o pedido de impugnação do BdC. Depois, há que ter muito cuidado com a auditoria que a "direcção" se propõe fazer, tendo em conta que um dos elementos da sua lista é "parte interessada". É preciso, como se defendeu, uma auditoria ao grupo consolidado de "empresas", sobretudo na vertente patrimonial, por onde o nosso amigo GL andou.

2) É preciso continuar a fazer um protesto visível, bem conseguido, efectivo. Como? Com persistência, inteligência, originalidade, humor até. Viral. O estádio pode e deve ser um espaço de manifestação. Cartazes e t-shirts com dizeres tipo: "Not My President", "Not my Muppet", "Alguem Viu a Minha Credibilidade?", "O Burro Sou Eu?", etc.

3) Há várias medidas que se poderiam fazer para poder mostrar que apoiamos o Sporting, mas não os seus dirigentes (uma estratégia de "não cooperação"): pagar as quotas, mas não comprar, ou devolver as gameboxes ao cuidado do Dr. Carlos Barbosa; ir ao estádio, mas ficar do lado de fora; fazer um "luto" no estádio (mas desta vez não à arbitragem como há 10 anos atrás, mas sim contra os verdadeiros ladrões); entupir o email do "provedor dos sócios" (chegou a existir esta figura?) com pedidos de esclarecimento sobre quem é o nosso presidente... Criar uma plataforma de adeptos descontentes, etc... Aceitam-se sugestões.

4) Devemos recordar que os media são instrumentos fundamentais. Há um universo de media hegemonizante e vermelhongo, mas também estamos num espaço plural que pode e deve ser aproveitado. Continuar a saltar dos fóruns e blogs para os espaços convencionais, como tem vindo a ser feito recentemente. Ver ponto 2.

5) É preciso ir atrás dos calcanhares de aquiles desta corja. Perceber quais os seus pontos fracos e o que fazer com eles. O saco de gatos é um deles, mas a ânsia de se manter no poder pode superar esse handicap. Outro dos pontos fracos: as mentiras e contradições em que os membros desta "direcção" incorrem constamente (PCF incluído). Outro ainda: os esqueletos nos seus armários. Fundamentalmente, é preciso entender para onde balançam as relações de poder.

6) A violência foi compreensível num momento de grande frustração; mas agora, numa estratégia a médio/longo prazo, não é produtiva.

7) O sucesso destas ou quaisquer outras iniciativas dependerá sempre da vontade dos que estão descontentes como nós. A revolução não pode ser imposta, dependerá sempre da convicção de cada um de nós de que este é o caminho certo.


- Já agora, e como material de apoio para esta reflexão, sugiro um livro chamado From Dictatorship to Democracy, do Gene Sharp, que inspirou muito boa gente que luta contra as hegemonias, dando instrumentos para a acção. Está disponível para download em inglês, francês, espanhol, etc. (não há versão portuguesa ainda) aqui:

http://www.aeinstein.org/organizations98ce.html


*Aproveito para esclarecer a minha situação associativa: fui sócio durante alguns tempos na época pré-dinastia. Por ser ainda muito novo, e por me "desviar" para outros assuntos, deixei de pagar quotas. Entretanto, os anos foram passando e quando recuperei a vontade de voltar a ser sócio recentemente, deparei-me com a crua realidade de que precisaria de 800 euros para me pôr em dia. Ainda vivi a ilusão de que poderia amealhar o dinheiro antes das eleições e assim ter uma boa margem de votos. Mas a crise, o ter de sustentar os meus filhos, chegando ao fim do mês com a conta a zeros, fizeram-me abandonar a ideia. Agora, ao saber que BdC perdeu por tão pouco, o sentimento de arrependimento é enorme. Neste sentido, decidi não esperar mais e (assim que voltar de uma viagem a África) vou fazer-me sócio de novo, começando de novo com 1 voto. Vou fazê-lo para voltar a lutar pelo meu clube.
Registado
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #42 em: Março 28, 2011, 21:36 »



*
Sénior

Condecorações:Melga 2011


Mensagens: 4148
Masculino


Mais uma vez em grande Chirola  Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas


O SPORTING SOMOS NÓS !!!
Registado

Matias Fernandez (2009-2012) - Obrigado pelas boas memórias. Para sempre EL CRÁ !

" de pensar que o Sporting é muito grande !! São estas coisas que valem muito para o clube, são estas coisas que trazem Sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável, não são 6, 7%, isto é o Sporting !!!
Isto traz coisas muito importantes ao Sporting, fervor Sportinguista acima de tudo!"
by Leão Benedito
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #43 em: Março 28, 2011, 22:13 »


Ex-suico76


*
Júnior

Mensagens: 1967
Idade: 30
Localidade: Marinhais
Masculino


MANIFESTO PRAGMÁTICO PARA UMA MUDANÇA SPORTINGUISTA

- Sou da opinião que de facto houve uma usurpação do poder que levou a que tenhamos um "estranho" à frente do nosso clube. Mas esta usurpação não aconteceu só no sábado, mas sim muito antes, desde antes da demissão de JEB. A campanha de GL deu provas mais do que suficientes disto mesmo. Por isso, apesar de normalmente discordar da forma como o chirola se manifesta neste espaço, não podia estar mais de acordo com o conteúdo. É preciso derrubar esta gente e devolver o clube aos sócios. É preciso organizar uma estratégia.

- Independentemente dos factos e contra-factos que circulam sobre o que aconteceu no sábado, a realidade é que hoje temos um "presidente" que não só foi eleito por uma minoria como com métodos duvidosos como não foi capaz (ou melhor, não teve tomates) de assumir uma posição face à realidade de fractura que se produziu (nos meus vinte e tal anos de memória sportinguista, nunca vivi um momento assim). E por "posição" refiro-me a uma atitude de clarificação sobre o que aconteceu.

- Pessoalmente, concordo com que o momento é de agir.* Se o JEB com 90/10 durou 18 meses, o que dizer de um marreta sem qualquer carisma ou atributo de liderança, ainda por cima eleito da forma como foi? Neste sentido, devemos mentalizar-nos de que a luta ainda agora está a começar, mais cedo ou mais tarde irão cair. Podemos perder meses ou anos, mas parar será a pior opção possível.

- O que fazer então? Existem várias formas de levar a água ao moinho, a maior parte delas já avançadas e discutidas aqui no fórum e em outros lugares (peço desculpa pela repetição das mesmas). O que faltará, penso, é uma estratégia mais unificada e concertada. Vamos por partes:

1) Existe um trabalho excelente que já está a ser feito a nível "constitucional", através das candidaturas ao CL e CFD, do SS e da AAS, que mostra que existe um grupo de corajosos que já passou das palavras à acção. Nesta vertente, são várias as opções: por exemplo, trabalhar em prol de uma assembleia geral extraordinária para votar uma "moção de censura" (não sei se essa figura existe nos estatutos do SCP), etc. Mas neste momento conviria esperar para ver o que acontece com o pedido de impugnação do BdC. Depois, há que ter muito cuidado com a auditoria que a "direcção" se propõe fazer, tendo em conta que um dos elementos da sua lista é "parte interessada". É preciso, como se defendeu, uma auditoria ao grupo consolidado de "empresas", sobretudo na vertente patrimonial, por onde o nosso amigo GL andou.

2) É preciso continuar a fazer um protesto visível, bem conseguido, efectivo. Como? Com persistência, inteligência, originalidade, humor até. Viral. O estádio pode e deve ser um espaço de manifestação. Cartazes e t-shirts com dizeres tipo: "Not My President", "Not my Muppet", "Alguem Viu a Minha Credibilidade?", "O Burro Sou Eu?", etc.

3) Há várias medidas que se poderiam fazer para poder mostrar que apoiamos o Sporting, mas não os seus dirigentes (uma estratégia de "não cooperação"): pagar as quotas, mas não comprar, ou devolver as gameboxes ao cuidado do Dr. Carlos Barbosa; ir ao estádio, mas ficar do lado de fora; fazer um "luto" no estádio (mas desta vez não à arbitragem como há 10 anos atrás, mas sim contra os verdadeiros ladrões); entupir o email do "provedor dos sócios" (chegou a existir esta figura?) com pedidos de esclarecimento sobre quem é o nosso presidente... Criar uma plataforma de adeptos descontentes, etc... Aceitam-se sugestões.

4) Devemos recordar que os media são instrumentos fundamentais. Há um universo de media hegemonizante e vermelhongo, mas também estamos num espaço plural que pode e deve ser aproveitado. Continuar a saltar dos fóruns e blogs para os espaços convencionais, como tem vindo a ser feito recentemente. Ver ponto 2.

5) É preciso ir atrás dos calcanhares de aquiles desta corja. Perceber quais os seus pontos fracos e o que fazer com eles. O saco de gatos é um deles, mas a ânsia de se manter no poder pode superar esse handicap. Outro dos pontos fracos: as mentiras e contradições em que os membros desta "direcção" incorrem constamente (PCF incluído). Outro ainda: os esqueletos nos seus armários. Fundamentalmente, é preciso entender para onde balançam as relações de poder.

6) A violência foi compreensível num momento de grande frustração; mas agora, numa estratégia a médio/longo prazo, não é produtiva.

7) O sucesso destas ou quaisquer outras iniciativas dependerá sempre da vontade dos que estão descontentes como nós. A revolução não pode ser imposta, dependerá sempre da convicção de cada um de nós de que este é o caminho certo.


- Já agora, e como material de apoio para esta reflexão, sugiro um livro chamado From Dictatorship to Democracy, do Gene Sharp, que inspirou muito boa gente que luta contra as hegemonias, dando instrumentos para a acção. Está disponível para download em inglês, francês, espanhol, etc. (não há versão portuguesa ainda) aqui:

http://www.aeinstein.org/organizations98ce.html


*Aproveito para esclarecer a minha situação associativa: fui sócio durante alguns tempos na época pré-dinastia. Por ser ainda muito novo, e por me "desviar" para outros assuntos, deixei de pagar quotas. Entretanto, os anos foram passando e quando recuperei a vontade de voltar a ser sócio recentemente, deparei-me com a crua realidade de que precisaria de 800 euros para me pôr em dia. Ainda vivi a ilusão de que poderia amealhar o dinheiro antes das eleições e assim ter uma boa margem de votos. Mas a crise, o ter de sustentar os meus filhos, chegando ao fim do mês com a conta a zeros, fizeram-me abandonar a ideia. Agora, ao saber que BdC perdeu por tão pouco, o sentimento de arrependimento é enorme. Neste sentido, decidi não esperar mais e (assim que voltar de uma viagem a África) vou fazer-me sócio de novo, começando de novo com 1 voto. Vou fazê-lo para voltar a lutar pelo meu clube.

Leão Vegetariano...devias ter aproveitado as oferendas do monte de pus da MINORIA dos sportinguistas e pedir para te saldarem as cotas... Maldoso Maldoso


Agora a sério...tenta ver se não terás hipóteses na secretaria de obter algum tipo de perdão das cotas em atraso só pagando desde o início do ano...
Registado

O amor ao Sporting é único
O ódio ao benfica eterno
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #44 em: Março 28, 2011, 22:23 »



*
Sénior

Mensagens: 3112
Idade: 38
Localidade: Várias
Masculino





Leão Vegetariano...devias ter aproveitado as oferendas do monte de pus da MINORIA dos sportinguistas e pedir para te saldarem as cotas... Maldoso Maldoso


Agora a sério...tenta ver se não terás hipóteses na secretaria de obter algum tipo de perdão das cotas em atraso só pagando desde o início do ano...

Eu bem que mandei a boca foleira ao PCF aqui no fórum para ver se ele dava o toque ao GL, mas não funcionou. 

Mas obrigado pela dica, assim que voltar a LX vou-me informar acerca da possível amnistia. A última informação que tenho da parte do SCP tem algumas semanas, e não menciona amnistia nenhuma...

Registado
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #45 em: Março 28, 2011, 23:56 »


Sócio SCP há 40's e tantos.


*
Veterano

Mensagens: 9742
Localidade: Alg Alentejo
Masculino


Grande post, excelente, Chirola.
Estou numa revolta tal que, a não haver novas eleições, vou pôr a massa de lado e só voltar quando cairem.
De certeza que não demorará muito!
Registado

QUERO    UM   SPORTING
CREDÍVEL  -  LIMPO  -  AMBICIOSO
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #46 em: Março 29, 2011, 00:42 »


Ex-REBELIAO06


*
Sénior

Mensagens: 3670
Localidade: nacional 109



Para quem tivesse alguma dúvida em relação aos meliantes que governam o Sporting desde 2 de Junho de 1995, o que se passou ontem com a farsa, a golpada, do acto eleitoral cujo objectivo era eleger Godinho Lopes para continuar a Dinastia de Pulhas no poder, para quem tivesse alguma dúvida, repito, julgo que ficou definitivamente esclarecido.

Quem de boa fé pensava que depois de 15 anos de pilhagem e de banditismo, esta Quadrilha de Malfeitores se deixaria derrotar em Eleições e sairia pelo próprio pé, enganou-se redondamente.

ESTA CANALHA NUNCA SAIRÁ A BEM.

Mas a falsificação de resultados, a manipulação de votos, a adulteração da verdade, SEMPRE foi a forma de actuar da corja Roquetteira.

Basta recordar o que se passou na Assembleia Geral no Auditório do Estádio aquando da cooptação do sinistro José Filipe Castro Guedes em que os empregados do Sporting fizeram uma contagem em que lhe dava uma margem mínima de vantagem, ao contrário do que se tinha visto através da votação de braço no ar, e quando se pediu recontagem, o Presidente da mesa da AG, Dias Ferreira, não autorizou.

Nessa mesma Assembleia houve uma outra votação, em que na sala várias pessoas presentes fizeram a contagem dos votos e no final a contagem feita pelos empregados do Clube deu um resultado completamente diferente, e claro, sempre a favor da Direcção.

Já no Congresso Fantoche, quem não se lembra da célebre votação através de voto electrónico que deu 50% e que na repetição 30 segundos depois, deu inexplicavelmente 70% contra 30%, sempre a favor dos mesmos.

E as célebres Assembleias no Pavilhão Atlântico com votação através de urnas com sim e com não, em que pela composição dos sócios presentes na sala, nunca ninguém saiu convencido da veracidade dos resultados e da contagem feita, sempre pelos empregados da Direcção em funções.

E mesmo quando não conseguiram, por facilitismo, incompetência ou distração dos contadores de votos, aprovar o que pretendiam, como na aprovação dos VMOCs e da passagem da Academia para a SAD em que necessitavam de 2 terços, fizeram letra morta dos resultados, passaram por cima dos sócios, atropelaram os Estatutos e aprovaram à mesma.

Estamos a lidar com gente que não é séria e que não é honesta.

Estamos a lidar com vigaristas.

Estamos a lidar com gatunos.


Recordo também a última Assembleia Geral para aprovação do Relatório e Contas no Multidesportivo, em que os métodos utilizados foram a intimidação e a agressão dos sócios oponentes, através da contratação e da mobilização de jagunços da Juventude Leonina a soldo da Direcção.

Este Sporting da Era Roquette transformou-se num Clube de gangsters.

Ontem, quando se viram perdidos, quando viram que o continuador da Dinastia de Pulhas, Godinho Lopes, poderia ser derrotado, mais uma vez não hesitaram em utilizar os métodos tradicionais que sempre têm sido o modo de actuar desta cáfila, desta corja miserável.
Mais um embuste, mais uma chapelada.

Mesmo sabendo que são odiados pela esmagadora maioria dos Sportinguistas, tudo fazem para se perpetuar no poder, evitando assim, que algum dia se venham a saber todas as patifarias e todos os crimes que têm cometido ao longo destes 15 anos e quase 10 meses.

Estamos a lidar com a pior gente que se pode imaginar, com uma gente execrável e sem quaisquer escrúpulos.
Um polvo, uma teia, uma MAFIA.

Este sporting da Era Roquette, é um sporting nojento, é um sporting de bandalhos.

Se depois de 15 anos de vergonha e humilhação, o escroque Godinho Lopes for aceite como o próximo sucessor da cleptocracia, da Mafia reinante, definitivamente este sporting, já não é o Sporting.

Este sporting é diametralmente oposto ao Sporting que existiu entre 1 de Julho de 1906 e que viveu até 1 de Junho de 1995.

Este sporting é o contrário dos valores e dos princípios do verdadeiro Sporting Clube de Portugal.
É a antítese de todos os ideais de seriedade, de dignidade e de honradez.

Este não é o Sporting que os meus pais me ensinaram, que eu aprendi, e em que vivi e cresci.

Com este sporting e com esta gentalha não me identifico. Pelo contrário. Tenho nojo, tenho asco e sou profundamente anti-sporting.
Desejo-lhes as maiores derrotas em todas as frentes.

Já prevendo que esta corja abjecta que tem o Clube empalmado e manipulado, poderia mais uma vez falsear a vontade dos Sportinguistas e continuar impunemente a matar o Sporting, pela primeira vez na minha vida não paguei as quotas para o ano todo.

Dolorosamente, juntar-me-ei aos mais de 50.000 sócios efectivos que desde que o criminoso José Roquette tomou o Sporting de assalto, deixaram de pagar quotas.

Com quase 40 anos de sócio, não contribuirei com mais um tostão para estes gatunos, para estes ladrões.
Não os alimentarei nem serei mais cúmplice desta escumalha infecta.
Sinto vergonha de pertencer a este sporting.
BASTA!

Quando for para os derrubar pagarei as quotas em atraso.
E quando forem derrubados, a seguir há que expulsá-los. Não poderá lá ficar, nem um.


Não deixarei de ser do Sporting porque isso é impossível. Mas não deste.

Até lá, não nos resta outra solução, senão continuar a combatê-los com todas as forças possíveis e imaginárias.

Não os deixar governar. Com guerrilha, com combate, com boicote, com sabotagem. Não os deixar respirar.

Esta onda de entusiamo e de euforia que se criou, todos aqueles que voltaram a sonhar e a acreditar poder voltar a sentir orgulho em ser do Sporting, não se poderão deixar abater.

Mesmo espoliados e ceifados cobardemente por estes pulhas roquetteiros, toda a nossa vontade de mudança, de limpeza e de justiça, deverá sair redobrada.

SÃO ELES QUE ESTÃO A MAIS NO SPORTING.

SÃO ELES QUE TERÃO DE SER ELIMINADOS.


Todos nós sabemos quem são os coveiros do Sporting.

O CONFRONTO É INEVITÁVEL.

O combate contra quem nos quer matar, terá de ser rua a rua, casa a casa, porta a porta.

O SPORTING SOMOS NÓS.

SEM TRÉGUAS!
   



 Seta Seta será sempre um prazer Grande General....um dia Venceremos e tudo voltará ao seu devido lugar.
Registado

 
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #47 em: Março 29, 2011, 00:49 »



*
Veterano

Mensagens: 6268
Idade: 22
Localidade: Parede
Masculino


Obrigado pelo texto Chirola. Também vi o senhor na tv a ser entrevistado naquele negro domingo. Esteve sempre 5 estrelas!  Bater Palmas

Sem tréguas!  
Registado

Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #48 em: Março 29, 2011, 00:50 »


Ex-REBELIAO06


*
Sénior

Mensagens: 3670
Localidade: nacional 109


Deixar de pagar cotas e deixar de ir ao futebol NÃO! Maldoso

Isso nunca me vão tirar! Seta

Detesto violência e continuo a achar que não é A forma de lá chegar, aliás, depois de muito ouvir, ler e ver desde Sábado, cheguei à conclusão que está aberta uma janela de oportunidade com a Eleição do EB para PMAG, excluindo a muuuuuito custo a real possibilidade que estas Eleições tenham sido manipuladas de forma premeditada (é o que eu acho mas prefiro ir por outro caminho), acho que há uma forma mais inteligente e eficaz de chegar lá! Ideia

Era muito importante alterar os estatutos nos aspectos referentes ao nº de votos por sócio, está mais do que visto que podem influenciar a decisão numas Eleições e nestas os efeitos foram devastadores, mais de 11% de diferença real entre votos e votantes Shocked, depois é necessário consagrar nos Estatutos outra forma de realizar Eleições no Sporting, o processo/método é tudo menos transparente, as etapas de confirmação da identidade dos votantes não são eficazes, tomo como exemplo o que me aconteceu e a muitos, na primeira confirmação para ver se tinha as cotas em dia, na entrada do Hall VIP, só foi confirmado isso e em nenhum momento confirmaram que eu era o Rui Sampaio do cartão de Sócio, nunca me foi pedido o Cartão Cidadão e até o tinha na mão junto com o Cartão de Sócio, depois desse controlo o ambiente no Hall VIP era muito estranho, havia muita gente por lá que já tinha votado e isso parece-me muito desaconselhável, basta haver um trajecto sem retorno ao ponto inicial para evitar esta situação, a entrega de boletins de voto era propícia a múltiplos enganos, boletins a mais, falta de confirmação do nº de boletins na hora de colocar os mesmos na urna, falta de um espaço onde se efectuasse de forma individual e privada a inscrição no boletim da nossa escolha, enfim, um sem número de erros potencialmente desvirtuadores das Eleições e factos objectivamente suficientes para uma impugnação!  

Nesta questão EB é fundamental, será que transportará a bandeira de umas Eleições justas e sérias, fazendo força para a realização de uma Assembleia Geral Extraordinária, logo após o previsível chumbo da impugnação? Questão

Não sei, se assim não for as assinaturas não são problema, mas a quantia em dinheiro pode ser um óbice, como tem sido ao longo dos tempos, espero que EB não dê uma cambalhota de costas e volte ao ponto de partida, confesso que me custa muito confiar nele e um dos meus principais medos nestas Eleições está confirmado, EB como PMAG é um incógnita, já estou de pé atrás e o homem ainda não falou! Pensar


Deixar de pagar cotas e deixar de ir ao futebol NÃO! Maldoso

Isso nunca me vão tirar! Seta


Por aqui exactamente o mesmo sentimento !!

...perante isso digo que: ainda nao é desta que volto a ser socio. perante isso afirmo a minha convicçao de que o nosso dinheiro nao vai para a ajudaao Sporting, mas para os bolsos deles. a minha diaspora apenas como adepto continua.
Registado

 
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #49 em: Março 29, 2011, 00:54 »


BANIDO


*
Iniciado

Mensagens: 121


Este Godinho Flopes vai ter q ser espremido, vai ter q ter medo de ser presidente do Sporting.. Quero lá saber para o "somos diferentes" q para mim é sinónimo de "somos uns betinhos do c r l ".. Sportinguistas temos q nos unir para fazer a vida negra a um CORRUPTO!
Registado
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #50 em: Março 29, 2011, 00:56 »



*
Veterano

Condecorações:Melhor Avatar 2010Humorista 2009Humorista 2008


Mensagens: 10655
Idade: 37
Localidade: Alfena
Masculino


Infelizmente não vi o Chirola na TV, mas já passei este post para os meus primos leões.

Inicialmente não concordava nada com esta postura do Chirola, mas quanto mais perto acompanhei os acontecimentos do Sporting, mais convencido fiquei.

Tens toda a razão, esta gente não interessa a ninguém. São caruncho a comerem o pouco que resta do clube.

Até o to-mané já se rendeu a esse facto.

Isto não pode continuar assim!

Acredito que o Bruno de Carvalho pouco vai conseguir fazer e não irá avançar com a impugnação, ou então ela ficará perdida na justiça.
Mas desconfio que a presidência do GL ainda vai ser mais pequena que a do JEB.
Registado

#&%@-$€!!!
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #51 em: Março 29, 2011, 02:11 »



*
Júnior

Mensagens: 1656
Idade: 36
Localidade: Guimarães
Masculino


Infelizmente não vi o Chirola na TV, mas já passei este post para os meus primos leões.

Inicialmente não concordava nada com esta postura do Chirola, mas quanto mais perto acompanhei os acontecimentos do Sporting, mais convencido fiquei.

Tens toda a razão, esta gente não interessa a ninguém. São caruncho a comerem o pouco que resta do clube.

Até o to-mané já se rendeu a esse facto.

Isto não pode continuar assim!

Acredito que o Bruno de Carvalho pouco vai conseguir fazer e não irá avançar com a impugnação, ou então ela ficará perdida na justiça.
Mas desconfio que a presidência do GL ainda vai ser mais pequena que a do JEB.

O que está a bold também já me aconteceu. A verdade é que o Chirola ajuda mais gente que os oftalmologistas!

Bem-hajas Chirola!  Brinde
Registado

Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #52 em: Março 29, 2011, 02:23 »



*
Veterano

Mensagens: 9626
Idade: 24
Localidade: Braga
Masculino


Grande post Chirola  Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas
Registado



Citar
Há coisas na vida que nunca mudam, a nobreza de carácter é uma delas, ou se tem, ou não. Por mais “riqueza” que ostentem, os pobres de espírito sempre o serão. O complexo de inferioridade demonstrado por todas estas atitudes é totalmente incompatível com um clube que para além de títulos quer ser grande, pois a grandeza é muito mais do que o vencer. A grandeza é vencer, é saber vencer, é saber perder, é saber estar, algo que não está ao alcance de todos.

O Sporting Clube de Portugal,
Lisboa, 28 de Outubro de 2013
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #53 em: Março 29, 2011, 02:28 »



*
Veterano

Condecorações:Revelação 2009


Mensagens: 7534
Idade: 31
Localidade: Carcavelos/Évora
Masculino


Grande texto do Chirola, grande demonstração de Sportinguismo como se fossem precisas mais!
Os restantes posts neste tópico transpiram também enorme Sportinguismo, porque vejo finalmente as pessoas convencidas daquilo que já muitos "terroristas" tinham dito: esta gente é uma máfia tenebrosa que não interessa a ninguém!!!

São criminosos e como criminosos que são têm de ser travados e levados à justiça, nem que essa justiça seja a justiça popular!
Na madrugada de domingo, depois de incredulidade, tive uma descarga de adrenalina quando a confusão começou... comecei por recuar, e ao meu lado estava o grande Rebelião, enquanto observávamos ao longe a confusão junto à porta, ao mesmo tempo que os acab se posicionavam! Depois deu-me para insultar forte e feio PPC que do lado de lá se fazia de vitima e era rodeado por pessoal em fúria. Ainda tive o ímpeto de correr à volta para lhe aventar um banano, mas a minha parte racional e responsável falou mais alto!

Tinha o coração a mil, senti uma revolta e um nojo terrível. Uma profunda angústia, e caí em depressão rapidamente. Momentos depois, já com o Chirola por perto lembro-me de lhe dizer "Não há hipótese, só lá vamos à mocada"!!! Foram momentos de inconformismo e desespero. Vi na cara do Chirola, enquanto falava para as câmaras uma indignação genuína, inclusive alguma consternação... e vi essa mesma consternação em tantos de nós, boa parte deles foristas deste espaço que lá estavam em peso. O sentimento geral era de choque, de desespero, muitos ainda de cabeça perdida. Vi pessoas deste espaço, conhecidas pela sua racionalidade e ponderação, totalmente consternadas como o Winston, o FLL, o Mineiro, o big foot, o Liurai, e muitos outros que estavam lá.

Saí dali momentos depois cabisbaixo e decidido a afastar-me (aliás já tinha estado afastado praticamente desde o inicio desta época, voltando a entusiasmar-me com o processo eleitoral). Cheguei a casa e nem conseguia dormir, quando finalmente consegui, a primeira coisa que fiz quando me levantei foi tentar saber noticias do Sporting. Estava rouco de tanto berrar naquela noite, sem vontade de discutir a fundo a questão quando o meu pai me telefonou também ele incrédulo com o volte-face. Foi um domingo de depressão...

No entanto, alguns dias passados, e ao observar a mobilização e persistência de tanta gente, o Sportinguismo latente e o inconformismo que não foi visto quando o infame JEB venceu as eleições também com uma mão cheia de nada, fez-me voltar a pensar que vale a pena continuar a lutar. Na realidade, o que se passou no domingo é o estrebuchar do morto. A quadrilha está a dar a ultimas, e o momento é propicio para carregar.

Duvido muito que o clube venha a ter sucesso com esta gente, e se o tiver será momentaneo e à custa de um crescimento do passivo e de um esvaziamento do poder do clube e da sua posição na SAD. Não há volta a dar, e perante isto, é dever de todo e qualquer verdadeiro Sportinguista ser anti-sporting e combater esta camarilha de rastejantes escroques. Urge recontarmos as espingardas e agir.

E lembrem-se: se há 18 meses éramos 10% e o tempo nos deu razão, hoje somos muitos mais, 40 ou 50% pelo menos!!! O potencial de mobilização é muito maior. Lembro-me de sermos uns quantos gatos pingados nos primeiros tempos de contestação ao JEB... de haver inclusive dificuldades de mobilização para algumas acções de protesto. Também nessa altura não tinhamos o facebook como ferramenta.

A violência, e por muito que possa chocar esta opinião, é uma arma a ter em conta em situações extremas. As pessoas não têm sangue de barata e é natural que possam tomar medidas extremas, especialmente quando do outro lado lidamos com gangsters que não se coíbem de usar um bando de delinquentes e chulos como guarda pretoriana! Será sempre uma opção, mas no meu entender, o ultimo recurso, mas de resto escuso-me a comentar muito mais relativamente a esse assunto.

Em suma, estamos vivos e não desistiremos. Como disse antes, é tempo de recontar as espingardas e reavaliar estratégias. É tempo de voltarmos aos movimentos subversivos. Contem comigo! Brinde
Registado
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #54 em: Março 29, 2011, 03:10 »



*
Iniciado

Mensagens: 197
Idade: 27
Localidade: Queluz
Masculino


O que mais me entristeceu, foi isto mesmo que está a acontecer, em vez de uma nova dinâmica, mais alegria entre adeptos pois não tenho dúvidas que começava a haver uma maior afluência ao estádio, mas o que acontece é precisamente o contrário. Independentemente de se gostar de Bruno de Carvalho ou não, era inegável a onda verde mais forte que nunca que se criou.

  Eu que fui a quase todos os jogos em casa desde os 18 anos até ao final da época passada, antes ia com amigos e o estádio estava bem composto e era um verdadeiro prazer, as pessoas foram desmoralizando e consequentemente desmobilizando os amigos mais próximos a deixarem de ir até que deixei de marcar presença. Ver o renascer do Sporting ser impedida numa situação tão dúbia fez-me chorar (não me lembro da última vez que chorei e curiosamente na semana em que perdemos a final da Uefa e campeonato não aconteceu).

Vamos lá lutar para que o ponto de viragem não fique perto de acontecer mas que seja uma realidade!!
Registado
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #55 em: Março 29, 2011, 03:16 »



*
Sénior

Mensagens: 3240
Idade: 34
Localidade: Vila Nova de Gaia
Masculino


Em muitas mensagens abominei o conteúdo truculento do Chirola.

Em muitas mensagens achei que o que ele fazia era apenas e só prejudicar o Sporting.

Estava cego, via o Sporting definhar, não via alternativas, e acomodava-me à situação vigente.

Quanto entrei para o fórum, um acontecimento, neste caso um user, despoletou em mim o acordar que agora acontece.

Mauras, o talibã de serviço, foi por mim alvo das maiores críticas pela sua beligerância absurda. Pensava eu que este bojardas à procura de visibilidade (Alguns se lembrarão do seu blazer azul bebé no correio da manhã), queria apenas e só um tacho.

Confirmei isso mesmo aquando das eleições anteriores. Mauras tinha-se juntado a um ignóbil PPC, conseguindo enganar alguns elementos do ser Sporting que sempre lutaram pelo Sporting sem segundos interesses.

Por essa união tachista, de que na altura me apercebi, continuei pensado que JEB seria uma solução menos má. Hoje em dia continuo a pensar que estive certo nessa opção.

JEB foi o pior presidente da história do Sporting, mas esteve no cargo tão pouco tempo que não pode criar danos realmente graves no clube, abrindo ao mesmo tempo os olhos de todos os sócios.

Os meus ficaram definitivamente abertos quanto à corja que se vem empoleirando no nosso clube. A formação da lista de Godinho Lopes confirmou que essa corja não iria nunca sair do clube a bem. A inclusão de PPC e PCF nas suas listas confirmou que ambos não passavam de uns tachistas lambe botas da pior espécie que merecem tanta consideração como a chiclete mastigada que hoje, à entrada de minha casa, se colou irritantemente à sola do meu sapato.

O aparecimento de Bruno de Carvalho mostrou que podem haver genuínos sportinguistas que têm força, projectos, e vontade clara de levar o clube para onde ele merece.

Tudo junto, temos de agradecer a JEB ter sido tão mau em tão pouco tempo, visto que uniu a maioria dos sócios contra estes palhaços absurdos que têm governado o nosso clube.

Só que o Sporting não é um clube democrático. No Sporting há pessoas que valem mais que outras, há pessoas que valem 25 mais que outras. Isso serviu de desculpa para uma manipulação que levou esta corja a estar ainda empoleirada no Sporting.

No entanto, parece-me que o ponto de viragem chegou. O Poleiro está cada vez mais fraco. Os sócios têm a palavra. Os protestos não podem parar. A cada derrota, a cada empate, a cada vitória, não nos podemos esquecer do que aconteceu no passado fim de semana.

Não apela à violência, mas apelo à inteligência. Temos de mudar os estatutos. Temos de instalar o voto electrónico, permitindo as votações à distância, e impedindo as "afinações". Temos de mudar os estatutos, e dar 1 voto a cada sócio. Só assim teremos democracia. Temos depois de confiar na cambada de chupistas incompetentes que temos à frente do clube. Eles vão mostrar o que são, eles vão fazer bosta atrás de bosta, eles não podem nunca ter paz. Eles devem ser apertados por tudo e por nada. Temos de começar por desmembrar um polvo fraco feito apenas para ganhar eleições. Temos de os expulsar aos poucos. PCF será o alvo mais fácil, um caracol sem coluna vertebral, que deve ser corrido o mais depressa possível. PPC deve ir atrás, já que é cão que ladra mas não morde. Carlos Barbosa também quer mandar, e não me parece que esteja disposto a ouvir o que não quer. Também pode cair. Duque e Freitas também não podem ter paz. A cada contratação terão de ter os cães em cima de si, e as comissões não chegam para os dois. Ambos já fugiram com o rabo entre as pernas, se fizermos com que as coisas corram mal, se protestarmos o suficiente, ambos sairão de novo.
Aí a corja estará fragilizada, ferida, moribunda. Godinho, agora uma marioneta que terá perdido grande parte dos cordéis, uma marioneta que ganhou só porque os estatutos do Sporting defendem uma dinastia, sairá corrido. E aí terá de surgir de novo Bruno de Carvalho. Terá de haver uma união ainda maior do que a que existiu nestas últimas eleições. Com os estatutos alterados, a democracia instalada, e a dinastia ferida de morte, o Sporting será nosso de novo, e com um presidente que pode ser o que precisamos por muitos e bons anos.

Cabe a nós lutar por tudo isto, cabe a nós abrir os olhos dos cegos que ainda mantêm as palas.

Cabe a nós pedir desculpas aos Chirolas do nosso clube por não termos visto isto mais cedo.

Cabe a nós fazer com que estes 36.55% ( Roll Eyes) sofram urgentemente a lobotomia que eu sofri.

Desculpa Chirola, por não ter estado mais cedo a teu lado. Espero que me aceites agora na tua luta, que me aches digno de tal, pois, mesmo longe, ajudarei no que puder.

LUTEMOS PELO SPORTING, ELE É E SERÁ SEMPRE NOSSO!

Registado

Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #56 em: Março 29, 2011, 04:14 »


Ex-Sadbad


*
Júnior

Mensagens: 1650
Idade: 30
Masculino


Chirola Bater Palmas

O sentimento une-nos, assim como o amor pelo Sporting...apesar de ter de comer muita "papa" ainda para chegar ao teu patamar de conhecimento.

No fundo, aquilo que foi dito ao longo destas páginas é o que todos nós sentimos, uns mais, outros menos.

Resta-me pedir mais uma vez a TODOS: não baixem os braços, vamos-nos unir, vamos LUTAR contra os poderes instalados, contra a CORJA!

É importante alinhar ideias, FALAR A UMA SÓ VOZ! Não podemos ser encarados como elementos dispersos que gritam cada um para seu lado aquilo que é por demais evidente. Dito isto, sugiro que se organize um grupo, denominado ou não, com um "porta-voz" (por mim seria o Chirola, mas é uma opinião), cujo objectivo é o de denunciar a máfia e corrupção que reina no SCP, ajudar naquilo que for possível para devolver o clube aos sócios...

Está lançado o mote, esta é a altura de viragem, o que dizem?
Registado

"Que haja força, inteligência e coragem para caminhar o campo minado que se nos depara à frente."
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #57 em: Março 29, 2011, 08:12 »


Ex-FranciscoBarão


*
Júnior

Mensagens: 2427
Masculino


Foi só mais uma batalha, a guerra continua mais forte que nunca.  Seta
Registado

Sporting Clube de Portugal, somos diferentes, somos melhores.
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #58 em: Março 29, 2011, 08:13 »



*
Juvenil

Mensagens: 1223
Idade: 34
Masculino


Grande texto do Chirola, grande demonstração de Sportinguismo como se fossem precisas mais!
Os restantes posts neste tópico transpiram também enorme Sportinguismo, porque vejo finalmente as pessoas convencidas daquilo que já muitos "terroristas" tinham dito: esta gente é uma máfia tenebrosa que não interessa a ninguém!!!

São criminosos e como criminosos que são têm de ser travados e levados à justiça, nem que essa justiça seja a justiça popular!
Na madrugada de domingo, depois de incredulidade, tive uma descarga de adrenalina quando a confusão começou... comecei por recuar, e ao meu lado estava o grande Rebelião, enquanto observávamos ao longe a confusão junto à porta, ao mesmo tempo que os acab se posicionavam! Depois deu-me para insultar forte e feio PPC que do lado de lá se fazia de vitima e era rodeado por pessoal em fúria. Ainda tive o ímpeto de correr à volta para lhe aventar um banano, mas a minha parte racional e responsável falou mais alto!

Tinha o coração a mil, senti uma revolta e um nojo terrível. Uma profunda angústia, e caí em depressão rapidamente. Momentos depois, já com o Chirola por perto lembro-me de lhe dizer "Não há hipótese, só lá vamos à mocada"!!! Foram momentos de inconformismo e desespero. Vi na cara do Chirola, enquanto falava para as câmaras uma indignação genuína, inclusive alguma consternação... e vi essa mesma consternação em tantos de nós, boa parte deles foristas deste espaço que lá estavam em peso. O sentimento geral era de choque, de desespero, muitos ainda de cabeça perdida. Vi pessoas deste espaço, conhecidas pela sua racionalidade e ponderação, totalmente consternadas como o Winston, o FLL, o Mineiro, o big foot, o Liurai, e muitos outros que estavam lá.

Saí dali momentos depois cabisbaixo e decidido a afastar-me (aliás já tinha estado afastado praticamente desde o inicio desta época, voltando a entusiasmar-me com o processo eleitoral). Cheguei a casa e nem conseguia dormir, quando finalmente consegui, a primeira coisa que fiz quando me levantei foi tentar saber noticias do Sporting. Estava rouco de tanto berrar naquela noite, sem vontade de discutir a fundo a questão quando o meu pai me telefonou também ele incrédulo com o volte-face. Foi um domingo de depressão...

No entanto, alguns dias passados, e ao observar a mobilização e persistência de tanta gente, o Sportinguismo latente e o inconformismo que não foi visto quando o infame JEB venceu as eleições também com uma mão cheia de nada, fez-me voltar a pensar que vale a pena continuar a lutar. Na realidade, o que se passou no domingo é o estrebuchar do morto. A quadrilha está a dar a ultimas, e o momento é propicio para carregar.

Duvido muito que o clube venha a ter sucesso com esta gente, e se o tiver será momentaneo e à custa de um crescimento do passivo e de um esvaziamento do poder do clube e da sua posição na SAD. Não há volta a dar, e perante isto, é dever de todo e qualquer verdadeiro Sportinguista ser anti-sporting e combater esta camarilha de rastejantes escroques. Urge recontarmos as espingardas e agir.

E lembrem-se: se há 18 meses éramos 10% e o tempo nos deu razão, hoje somos muitos mais, 40 ou 50% pelo menos!!! O potencial de mobilização é muito maior. Lembro-me de sermos uns quantos gatos pingados nos primeiros tempos de contestação ao JEB... de haver inclusive dificuldades de mobilização para algumas acções de protesto. Também nessa altura não tinhamos o facebook como ferramenta.

A violência, e por muito que possa chocar esta opinião, é uma arma a ter em conta em situações extremas. As pessoas não têm sangue de barata e é natural que possam tomar medidas extremas, especialmente quando do outro lado lidamos com gangsters que não se coíbem de usar um bando de delinquentes e chulos como guarda pretoriana! Será sempre uma opção, mas no meu entender, o ultimo recurso, mas de resto escuso-me a comentar muito mais relativamente a esse assunto.

Em suma, estamos vivos e não desistiremos. Como disse antes, é tempo de recontar as espingardas e reavaliar estratégias. É tempo de voltarmos aos movimentos subversivos. Contem comigo! Brinde

Muito bem, mais uma vez.

O grande problema neste momento - caso não aconteça outro volte-face por causa da impugnação - é o que está a bold.
Caso cheguem ao início da próxima temporada e com alguns reforços interessantes que possam contratar, milhares de sportinguistas viverão de novo a ilusão do sucesso desportivo. Mesmo os mais revoltados (onde me incluo), vão começar com os "mixed feelings" que resultam da vontade de ver a corja cair (vontade sempre presente) e, ao mesmo tempo, não conseguir desejar a derrota da equipa de futebol.

Vamos ver se se confirma o tal empréstimo obrigacionista de 40M€, o que demonstrará o que todos nós antecipávamos.
Já percebemos que vergonha é coisa que esta gente não tem.

PS: há registo das famosas declarações do grande chirola à Sicn?
« Última modificação: Março 29, 2011, 08:18 por NosferatuMan » Registado

Sporting
Re: O CONFRONTO É INEVITÁVEL. , « Resposta #59 em: Março 29, 2011, 08:17 »



*
Juvenil

Mensagens: 1223
Idade: 34
Masculino


.
Registado

Sporting
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 2 [3] 4 5 6 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2011 Tópico:

[Eleições SCP 2011] O CONFRONTO É INEVITÁVEL.

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade