Fórum SCP

[Eleições SCP 2011] Impugnação das eleições?

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Epá mas o Grudadinho Flopes naõ ganhou!!!


Quem lá esteve na madrugada de domingo sabe o que aconteceu!



Mas a vocês não vos interessa saber que "apareceram" mais 2 mil e tal votos nas urnas, do que aqueles que deram entrada no controlo de acesso ao local das eleições!


Mete-me nojo o Sporting de hoje. E metem-me nojo os lagartos que se identificam com estes bandalhos.

Enquanto este pulha se identificar como presidente do sporting, sou completamente ANTI-SPORTINGUISTA.

Cada vitória será para mim uma derrota e vice-versa.

Não está em causa o Bruno de Carvalho ter perdido as eleições. Mas ele não as perdeu.

E não apoio quem se perpetua no poder por via fraudulenta.



Volto a dizer, quem esteve lá até às 6 da manhã de Domingo, sabe o que aconteceu. Eu sei! E tu Maxwell Sabes? :naughty:

Isto sim é importante, independentemente do vencedor estas eleições têm que ser clarificadas o mais rápido possível!!!!
epah nem agora há união, por mil ou por um voto o homem ganhou!! vamos lá deixar-nos de coisas e apoiar quem realmente interessa, o Sporting!! Se houve ou não irregularidades não foi concerteza na contagem dos votos nem com currupção porque os sportinguistas não são disso. se houve foi em pintelhiçes que agora quem perdeu péga porque estava mais que certo que ia para lá. Eu compreendo o tombo foi grande!! Vamos lá deixar-nos de bocas amigos.

És parecido com o Abrantes, mas é porque és um lirico. Nem tu acreditas no que estás a dizer.
E se queres apoiar este Sporting, apoia. Não tens é de vir dizer o que devemos ou não fazer, porque eu não sou do clube dessa gente.
Boa dia a todos, começo por dizer que ontem após ter marcado presença pelas 11:30 na mesa eleitoral 19, fui para o Alentejo, mais concretamente para a Quinta de Esporão, onde esperava ver cair todo o chamado roquetismo adjacente na própria casa do pai do mesmo (era erónico e não foi um acaso a escolha da quinta no momento da marcação). Devo dizer que estive acordado até perto das 4:30 / 5:00 da manhã, tendo-me deitado com Bruno Carvalho a presidente segundo dizia a nossa duvidosa comunicação social e, pese embora não ter votado nele (votei Pedro Baltazar), achar que Inácio ia ser um zero à esquerda naquelas funções etc, etc, deitei-me a ver e sonhar com tudo de positivo que Bdc nos poderia trazer, jovem, bem falante, amor ao clube, dedicação 24 h, o fundo, o Wagner Love, o discurso e a queda do Roquetismo, ou da sombra do mesmo...
Quando acordei fiquei triste e completamente supreendido, e fui logo tentar perceber o que teria acontecido, a resposta é muito fácil amigos, a nossa porcaria de comunicação socialq que à pressa de serem os primeiros, precipitaram-se, contribuindo sobremaneira para a pouca vergonha que se passou asseguir, e aqui falo de toda a palhaçada dos insultos ao presidente eleito, aos vândalos que queriam agredir o Engº. Godinho Lopes, e a vergonha que todos aqueles palhaços que entraram naquela estupidez pegada fez o meu SPORTING passar...
Meus caros, por favor não venham com paninhos quentes, aquilo foi uma autêntica VERGONHA para o clube, se o Bdc ganha-se por tão poucos votos aqueles palhaços que lá estavam a insultar reagiriam da mesma forma, como comentariam tais atitudes se fosse vândalos do Godinho a fazê-lo? Mais, aceitavam de bom grado que o GL viesse impugnar eleições, ui ui, o que seria se fosse ao contrário...
Isto atingiu um limite de estupidez que nem consigo acreditar, muitos de voçês que tanto vêm apregoar a democracia, blá, blá, blá, quando têm alguém aqui no fórum que não alinha convosco, pura e simplemente ignoram, têm botão para isso, e fazem não é? Pergunto, isso é democracia, cultura democrática? Hummm...dúvido
Pergunto, os delegados do Bdc nas mesas apresentaram algum protesto durante ou após a contagem? Ficou lavrado em acta? pois é, pois é, enfim, porra, parem para pensar, não matem mais o SPORTING...
Mal ou bem, e como sempre o disse, eu sou do SPORTING, enão do Baltazar, do Bdc, do GL, ou seja de quem fôr.....por isso hoje digo com todas as letras, para dentro e para fora, o Engº. Godinho Lopes, é o meu presidente, é o presidente do grande SPORTING CLUBE DE PORTUGAL...
epah nem agora há união, por mil ou por um voto o homem ganhou!! vamos lá deixar-nos de coisas e apoiar quem realmente interessa, o Sporting!! Se houve ou não irregularidades não foi concerteza na contagem dos votos nem com currupção porque os sportinguistas não são disso. se houve foi em pintelhiçes que agora quem perdeu péga porque estava mais que certo que ia para lá. Eu compreendo o tombo foi grande!! Vamos lá deixar-nos de bocas amigos.

És parecido com o Abrantes, mas é porque és um lirico. Nem tu acreditas no que estás a dizer.
E se queres apoiar este Sporting, apoia. Não tens é de vir dizer o que devemos ou não fazer, porque eu não sou do clube dessa gente.

A questão é mesmo essa... não existem certezas que Godinho Lopes ganhou. Às tantas ganhou, ou parece que ganhou, mas não ganhou redondamente e até isso acontecer temos que lutar por novas eleições!!!!
 A LUTA AGORA NÃO PODE PARAR GODINHO VAI SENTIR A IRA NO PROXIMO JOGO EM CASA, O QUE SE PASSOU NO SABADO A NOITE E ONTEM A NOITE FOI APENAS UMA AMOSTRA.

A LUTA AGORA NÃO PODE PARAR GODINHO VAI SENTIR A IRA NO PROXIMO JOGO EM CASA, O QUE SE PASSOU NO SABADO A NOITE E ONTEM A NOITE FOI APENAS UMA AMOSTRA.


A ira deve ser demonstrada fora do estádio, tem que haver boicote aos jogos.
Algum jurista que se possa pronunciar acerca da possível impugnação, nomeadamente o espaço temporal que medeia entre a apresentação da mesma, e sua deliberação nos orgãos de justiça competentes?
É que é muito importante sabermos se em caso de deferimento, poderemos estar a hipotecar a próxima temporada.
Algum jurista que se possa pronunciar acerca da possível impugnação, nomeadamente o espaço temporal que medeia entre a apresentação da mesma, e sua deliberação nos orgãos de justiça competentes?
É que é muito importante sabermos se em caso de deferimento, poderemos estar a hipotecar a próxima temporada.

Hipotecar?

Ja esta hipotecada a partir do momento em que uma minoria de socios conseguiu eleger um fardo para presidente.
No meu mundo imaginário o Sporting contracta o ... blah, nao contracta ninguem porque de certeza um dos juniores da academia e melhor.
Ora, deixa lá ver se actualizo com algumas explicações hoje do Lino de Carvalho:

 :arrow: Informação oficial veiculada pelo Site do Sporting já pode não ser oficial quando não convém (ou seja, a oficial é a dos 88 000 votos... ooops, é a dos 91 000 votos... eh perdão, é uma delas, a que der mais jeito :angel:)
 :arrow: Foi admitida a falta de controlo entre o número de votos que entram e os realmente contabilizados, uma vez que o responsável disse que não conseguia saber quantos tinham sido os votos antes de os ter contado.
 :arrow: Os votos foram sendo metidos em sacos pretos apertados com um elástico e transportados para uma sala não tendo havido controlo para impedir que fossem trocados na identificação ou que alguém transferisse votos de um saco para o outro.
 :arrow: A recontagem foi pedida e negada.
 :arrow: Não existiu uma ou mais actas.

Esqueci-me de alguma?
Se alguem me souber, que me tire estas duvidas:

- Sendo que o Bruno de Carvalho vai avançar com a impgnação das eleições, e com uma providencia cautelar, isso terá efeitos praticos a partir de quando?

- Quanto tempo demorará um tribunal, a decidir se estas eleições será ou não legitimas?

- Com a providencia cautelar, como fica o Sporting em termos de admistração / contratação/ Renovação de jogadores etc etc?


Ora, deixa lá ver se actualizo com algumas explicações hoje do Lino de Carvalho:

 :arrow: Informação oficial veiculada pelo Site do Sporting já pode não ser oficial quando não convém (ou seja, a oficial é a dos 88 000 votos... ooops, é a dos 91 000 votos... eh perdão, é uma delas, a que der mais jeito :angel:)
 :arrow: Foi admitida a falta de controlo entre o número de votos que entram e os realmente contabilizados, uma vez que o responsável disse que não conseguia saber quantos tinham sido os votos antes de os ter contado.
 :arrow: Os votos foram sendo metidos em sacos pretos apertados com um elástico e transportados para uma sala não tendo havido controlo para impedir que fossem trocados na identificação ou que alguém transferisse votos de um saco para o outro.
 :arrow: A recontagem foi pedida e negada.
 :arrow: Não existiu uma ou mais actas.

Esqueci-me de alguma?

Como estou um mãos largas, passo por cima das 2 primeiras
A dos sacos e dos elásticos já me parece de um amadorismo incompreensível. Será que as urnas, seladas e numeradas, eram muito pesadas para serem transferidas de uma sala para outra?
Quando à recontagem. Porque motivo foi negada? Por serem 4 da manhã?
Não há acta? Mas há votos, que podem ser recontados, não?

Mas o mais importante para mim nem é isso.
Quanto às discrepâncias entre os totais de votos para os diferentes órgãos, e como não ouvi, foi dita alguma coisa, foi adiantada alguma explicação?
- Com a providencia cautelar, como fica o Sporting em termos de admistração / contratação/ Renovação de jogadores etc etc?

ainda não percebi que providência cautelar será essa... é que providência cautelar é uma acção preventiva e aqui o acto já ocorreu (tanto as eleições como a tomada de posse).

gostava de ver esta questão esclarecida.

a impugnação sim, não tenho qualquer dúvida da sua validade e que tem todos os argumentos para que o acto seja, pura e simplesmente, anulado!
essa da 2ª volta não me parece ter pernas para andar.

a ser deferida a impugnação, a consequência seria a anulação do acto e consequente repetição das eleições.

corrijam-me se estiver errado.
Bem, se isto não se resolver a tempo de salvar a próxima época (máximo final de Abril) só teremos Sporting a partir de 2012/2013.

Não sei se não será tarde demais para impedir o desinteresse dos sócios/adeptos e jogadores em estar ligados a esta Instituição Centenária.
there's someone in my head but it's not me.
- Com a providencia cautelar, como fica o Sporting em termos de admistração / contratação/ Renovação de jogadores etc etc?

ainda não percebi que providência cautelar será essa... é que providência cautelar é uma acção preventiva e aqui o acto já ocorreu (tanto as eleições como a tomada de posse).

gostava de ver esta questão esclarecida.

a impugnação sim, não tenho qualquer dúvida da sua validade e que tem todos os argumentos para que o acto seja, pura e simplesmente, anulado!
essa da 2ª volta não me parece ter pernas para andar.

a ser deferida a impugnação, a consequência seria a anulação do acto e consequente repetição das eleições.

corrijam-me se estiver errado.

Carlos eu nao percebo muito de assuntos juridicos, mas segundo percebo, a providencia cautelar teria o objectivo de o Godinho Lopes, não exercer as suas funções, ou seja, não poderia tomar medidas.

Corrijam-me se estiver errado


- Com a providencia cautelar, como fica o Sporting em termos de admistração / contratação/ Renovação de jogadores etc etc?

ainda não percebi que providência cautelar será essa... é que providência cautelar é uma acção preventiva e aqui o acto já ocorreu (tanto as eleições como a tomada de posse).

gostava de ver esta questão esclarecida.

a impugnação sim, não tenho qualquer dúvida da sua validade e que tem todos os argumentos para que o acto seja, pura e simplesmente, anulado!
essa da 2ª volta não me parece ter pernas para andar.

a ser deferida a impugnação, a consequência seria a anulação do acto e consequente repetição das eleições.

corrijam-me se estiver errado.

Carlos eu nao percebo muito de assuntos juridicos, mas segundo percebo, a providencia cautelar teria o objectivo de o Godinho Lopes, não exercer as suas funções, ou seja, não poderia tomar medidas.

Corrijam-me se estiver errado

Suponho que seja isso, porque empossado já foi. Poderá, mas é difícil, é ser impedido que exercer actos de gestão
E não sei se a impugnação a ter sucesso (que pode demorar muito tempo) pode implicar a anulação de tudo o que tiver sido feito anteriormente.
A providência cautelar pode ocorrer mesmo depois do acto consumado. Ou seja, pode ser entregue agora, mesmo após GL ter tomado posse, penso eu.

Tanto assim é que, se tu chumbares num exame da faculdades, por exemplo, podes lançar uma providência cautelar se não concordares com a nota e suspendes o processo. Corrija-me alguém da área de Direito, se estiver enganado.
"O Sporting é nosso outra vez!"
Googlei e encontrei esta definição/explicação de providência cautelar:

"Acção ou processo conservatório, providências cautelares: Têm como finalidade acautelar um prejuízo que se receia, baseando-se numa acção preventiva e está sempre dependente de uma acção princípal que pode ser declarativa ou executiva.

Ex: Se alguém me deve dinheiro tenho um direito de crédito e se não possuir título executivo a solução é recorrer à acção declarativa para em juízo obter esse título. Após a sua obtenção poderei recorrer à acção executiva para fazer valer o meu direito de crédito. No entanto como os tribunais são morosos e perante um qualquer indício que me permita concluir que o devedor poderá fugir ou por exemplo destruír o objecto da acção, se este não for dinheiro, poderei intentar uma acção de providência cautelar e conseguir por exemplo um arresto dos bens, art.619 C.C, art.381 a 427 C.P.C. O arresto não é igual a penhora embora ambos sejam formas de providência cautelar. Embora este procedimento esteja sempre dependente de uma acção principal, as providências cautelares podem ser requeridas antes, durante ou depois da referida acção, art.383 C.P.C. Se acontecer antes da entrada da acção declarativa, ou imediatamente executiva, art.º381 al) a, tem o autor 30 dias para a interpôr sob pena da providência cautelar perder validade jurídica, embora continue a poder reclamar o seu crédito. Recorre-se sempre a providência cautelar como primeira medida preventiva e aguarda-se depois pelo resultado da acção princípal que lhe está associada, neste caso, ou que virá a estar. Não confundir providência cautelar com restituição provisória de posse prevista no art.º1279 C.C, em que é ilícito recorrer à força para exigir à troca o meu crédito."


Confesso que, não sendo jurista, a minha área de experiência a nível do direito está mais ligada à área laboral. Isto tem mais a ver com Direito Administrativo, do meu ponto de vista.

Mas há aqui colegas que ou são advogados (@ Mr. Green) ou estudante de direito e podiam dar-nos um esclarecimento sobre este assunto.

Outra coisa que me traz sérias dúvidas (e não estou certo que este seja o melhor tópico para discutir, ou até se a situação fois discutida algures):

Formalmente, ao que creio, após conhecidos os resultados eleitorais finais, o PMAG em posse cessante dá posse ao novo PMAG, o qual por sua vez dá posse ao Presidente do CD.

EB tomou posse?

Tomando deu posse a GL?

Em caso negativo a posse de GL dada pelo PMAG cessante é válida?
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
A providência cautelar pode ocorrer mesmo depois do acto consumado. Ou seja, pode ser entregue agora, mesmo após GL ter tomado posse, penso eu.

Tanto assim é que, se tu chumbares num exame da faculdades, por exemplo, podes lançar uma providência cautelar se não concordares com a nota e suspendes o processo. Corrija-me alguém da área de Direito, se estiver enganado.
Mais ou menos, sim. A providência cautelar impede-o exercer as funções de Presidente.
E estive a falar com o meu pai, que é advogado, e ele disse-me que há a possibilidade de, quando se impugnar as eleições, e se se provar que o processo foi deliberadamente fraudulento, de excluir a lista A das eleições.

E devo corrigir colegas meus, isto não é Direito Administrativo, o Sporting é uma entidade privada, e o Dtº Administrativo aplica-se só para entidades públicas. É um caso de direito privado.

Precisa de afinações? Não procure mais, João Lino de Castro é a solução!