Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Julho 22, 2014, 08:26

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2011 Tópico:

[Eleições SCP 2011] Pedido esclarecimento quem foi observador/delegado na AGE.

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 ... 6 7 [8] 9 10 11 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: [Eleições SCP 2011] Pedido esclarecimento quem foi observador/delegado na AGE. (Lida 15154 vezes)

Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #140 em: Março 31, 2011, 15:32 »



*
Júnior

Mensagens: 1754
Localidade: Amadora
Masculino


Sem querer bater muito no ceginho, parece-me que o delegado da lista C foi comido. Uma AG (e em particular uma AG eleitoral) tem certos formalismos que devem ser respeitados.

Falou na recontagem e recebeu a resposta de que não estava nos estatutos e o pessoal estava cansado. Para quem é formado em direito e sabe que existe legislação que se sobrepõe aos estatutos, não devia ter sido tão sujeito a condicionamento e apresentado formalmente o pedido de recontagem. É grande a diferença entre uma conversa informal e um requerimento formal.

O argumento de que teria sempre direito a impugnação é de bradar aos céus! A diferença entre uma recontagem e um processo de impugnação é brutal, já que existe inversão do ónus de prova.

O cansaço e a pressão eram muitos, a juntar ao choque de ter ficado a poucos votos. A inexperiência do delegado e a ratice do Dr. Lino ditaram o resto.

Resta o processo de impugnação. O facto de o BdC ter defendido a realização de um regulamento eleitoral e sugerido a supervisão da CNE ANTES das eleições pode ser importante.
Registado


Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #141 em: Março 31, 2011, 15:44 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2008


Mensagens: 11012
Idade: 31
Localidade: Lisboa, Portugal
Masculino

WWW
Sem querer bater muito no ceginho, parece-me que o delegado da lista C foi comido. Uma AG (e em particular uma AG eleitoral) tem certos formalismos que devem ser respeitados.

Falou na recontagem e recebeu a resposta de que não estava nos estatutos e o pessoal estava cansado. Para quem é formado em direito e sabe que existe legislação que se sobrepõe aos estatutos, não devia ter sido tão sujeito a condicionamento e apresentado formalmente o pedido de recontagem. É grande a diferença entre uma conversa informal e um requerimento formal.

O argumento de que teria sempre direito a impugnação é de bradar aos céus! A diferença entre uma recontagem e um processo de impugnação é brutal, já que existe inversão do ónus de prova.

O cansaço e a pressão eram muitos, a juntar ao choque de ter ficado a poucos votos. A inexperiência do delegado e a ratice do Dr. Lino ditaram o resto.

Resta o processo de impugnação. O facto de o BdC ter defendido a realização de um regulamento eleitoral e sugerido a supervisão da CNE ANTES das eleições pode ser importante.

Isso aconteceu!? É a primeira vez que leio sobre isto...  Indeciso
Registado

"Por cada leão que cair, outro se levantará." - António Oliveira
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #142 em: Março 31, 2011, 15:59 »



*
Júnior

Mensagens: 2001
Idade: 58
Localidade: Lisboa
Masculino


Sem querer bater muito no ceginho, parece-me que o delegado da lista C foi comido. Uma AG (e em particular uma AG eleitoral) tem certos formalismos que devem ser respeitados.

Falou na recontagem e recebeu a resposta de que não estava nos estatutos e o pessoal estava cansado. Para quem é formado em direito e sabe que existe legislação que se sobrepõe aos estatutos, não devia ter sido tão sujeito a condicionamento e apresentado formalmente o pedido de recontagem. É grande a diferença entre uma conversa informal e um requerimento formal.

O argumento de que teria sempre direito a impugnação é de bradar aos céus! A diferença entre uma recontagem e um processo de impugnação é brutal, já que existe inversão do ónus de prova.

O cansaço e a pressão eram muitos, a juntar ao choque de ter ficado a poucos votos. A inexperiência do delegado e a ratice do Dr. Lino ditaram o resto.

Resta o processo de impugnação. O facto de o BdC ter defendido a realização de um regulamento eleitoral e sugerido a supervisão da CNE ANTES das eleições pode ser importante.

Discordo completamente. O delegado teria sido comido, se tivesse pedido a recontagem ! Isso seria ir na 'cantiga do bandido'.

A bandalheira que foram estas eleições, nao foi na contagem dos votos (que acredito, esteja certo), foi em todo o processo de votação.

E isso só é revertido, com Impugnação (problemático, devido à demora expectável), ou com novas Eleições, debaixo de um regulamento eleitoral (que estas eleições não tiveram).
Registado

O meu símbolo é o LEÃO não o carneiro.

Dinasta da Dívida : Roquette - 'O Projectista Falhado', Dias da Cunha - 'O Crédulo Impenitente', Soares Franco - 'O Dissimulado compulsivo', Bettencourt - 'O Visigodo Inimputável', Godinho Lopes - 'O ex-Arguido Credível'
Day AfterBruno de Carvalho  - 'O SCP é Nosso, outra vez !!!'
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #143 em: Março 31, 2011, 16:19 »



*
Júnior

Mensagens: 1754
Localidade: Amadora
Masculino


Discordo completamente. O delegado teria sido comido, se tivesse pedido a recontagem ! Isso seria ir na 'cantiga do bandido'.

A bandalheira que foram estas eleições, nao foi na contagem dos votos (que acredito, esteja certo), foi em todo o processo de votação.

E isso só é revertido, com Impugnação (problemático, devido à demora expectável), ou com novas Eleições, debaixo de um regulamento eleitoral (que estas eleições não tiveram).


Se pedisse recontagem, mantinha o direito a posterior impugnação.

E em sede de recontagem podia evidenciar e investigar a disparidade de dados entre as mesas de voto e a de entrada.
Registado
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #144 em: Março 31, 2011, 16:21 »



*
Juvenil

Mensagens: 1387
Idade: 34
Localidade: Lisboa
Masculino


Sem querer bater muito no ceginho, parece-me que o delegado da lista C foi comido. Uma AG (e em particular uma AG eleitoral) tem certos formalismos que devem ser respeitados.

Falou na recontagem e recebeu a resposta de que não estava nos estatutos e o pessoal estava cansado. Para quem é formado em direito e sabe que existe legislação que se sobrepõe aos estatutos, não devia ter sido tão sujeito a condicionamento e apresentado formalmente o pedido de recontagem. É grande a diferença entre uma conversa informal e um requerimento formal.

O argumento de que teria sempre direito a impugnação é de bradar aos céus! A diferença entre uma recontagem e um processo de impugnação é brutal, já que existe inversão do ónus de prova.

O cansaço e a pressão eram muitos, a juntar ao choque de ter ficado a poucos votos. A inexperiência do delegado e a ratice do Dr. Lino ditaram o resto.

Resta o processo de impugnação. O facto de o BdC ter defendido a realização de um regulamento eleitoral e sugerido a supervisão da CNE ANTES das eleições pode ser importante.

Discordo completamente. O delegado teria sido comido, se tivesse pedido a recontagem ! Isso seria ir na 'cantiga do bandido'.

A bandalheira que foram estas eleições, nao foi na contagem dos votos (que acredito, esteja certo), foi em todo o processo de votação.

E isso só é revertido, com Impugnação (problemático, devido à demora expectável), ou com novas Eleições, debaixo de um regulamento eleitoral (que estas eleições não tiveram).


Vou voltar ao tema, sendo que fui delegado às contagens da Lista F (um dos dois que ficaram na observação da contagem mas não entrei na sala onde se apuraram as contas finais).

O que o delegado da Lista B diz é na globalidade verdade.

Não vi nenhum delegado centurião da Lista A no Hall Vip à 1h da manhã. Ele esteve sempre nas contagens (como devem imaginar, quase já não ninguém o podia ouvir...mas ele esteve sempre lá).

A ordem pela qual se contaram os votos é basicamente indiferente. No entanto, a ordem que este delegado da Lista B refere é a correcta. Na verdade, os votos começaram a ser contados quase todos ao mesmo tempo (havia uma mesa para os de 1 voto, outra para os de 4, outra para os de 7, outra para os de 10, outra para os de 13 e outra para os restantes. Nesta última contaram-se primeiro os de 25, depois os de 22, depois de 19 e depois 16). Por uma questão de rapidez na contagem a mesa dos votos de 1 e 4 acabou primeiro que a de 7. Mas isto é irrelevante pois não tínhamos a noção exacta do total de votos. Isso só ficou apurado dentro da sala quando se inseriram votos no computador.

A questão da recontagem: já tinha sido falado com o Lino de Castro dessa possibilidade durante a contagem e ele já tinha referido que não seria possível fazê-lo naquela noite. Isto era do conhecimento dos delegados da lista C. Repito, ele disse que não era possível fazê-lo naquela noite (o que até era compreensível face ao cansaço de todos e ao adiantado das horas). Não disse que seria impossível fazê-lo no dia seguinte ou que isso não estava nos estatutos.

Sobre os cadernos eleitorais: não foi feito nenhum cross-check dos dados de sócios que entraram na sala passando pelo computador com os cadernos eleitorais, nem destes com o total de votos (pelo menos antes de se entrar na sala final).

Agora a minha opinião: mesma que se tivessem confrontado uns dados com os outros, o SCP arranjaria qualquer desculpa. Foi malta que pagou quotas, foi malta que entrou sem mostrar cartão, etc. Isto, digo-o eu, porque o SCP não desmonta a questão de 83 sócios terem votado no CD e não terem votado no CL. Levaram boletins para casa???

Na contagem tenho quase 100% de certeza que nada de estranho se passou. As irregularidades, que estou convencido que existiram, verificaram-se durante o dia naquela sala sem as mínimas condições para manter a situação "controlada".

O delegado da Lista C acabou por ser enrolado pelo cansaço, pelo paleio do Lino de castro, pela pressão do momento...e agora, sem nada ter feito no momento decisivo, parece-me que já vai tarde...
Registado

Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #145 em: Março 31, 2011, 16:29 »



*
Júnior

Mensagens: 2001
Idade: 58
Localidade: Lisboa
Masculino


Discordo completamente. O delegado teria sido comido, se tivesse pedido a recontagem ! Isso seria ir na 'cantiga do bandido'.

A bandalheira que foram estas eleições, nao foi na contagem dos votos (que acredito, esteja certo), foi em todo o processo de votação.

E isso só é revertido, com Impugnação (problemático, devido à demora expectável), ou com novas Eleições, debaixo de um regulamento eleitoral (que estas eleições não tiveram).


Se pedisse recontagem, mantinha o direito a posterior impugnação.

E em sede de recontagem podia evidenciar e investigar a disparidade de dados entre as mesas de voto e a de entrada.

A recontagem não permite investigar / solucionar a disparidade de dados entre o número de votos entrados e os votos credenciados.

A recontagem (porque daria resultados iguais) seria usada posteriormente como 'arma de arremesso' por parte daqueles que sabemos, com argumentos do género ' Vejam lá que não confiam no trabalho dos pessoal administrativo do SCP e quiseram-nos obrigar a mais uma horas de labuta, em recontagens estéreis ...)
Registado

O meu símbolo é o LEÃO não o carneiro.

Dinasta da Dívida : Roquette - 'O Projectista Falhado', Dias da Cunha - 'O Crédulo Impenitente', Soares Franco - 'O Dissimulado compulsivo', Bettencourt - 'O Visigodo Inimputável', Godinho Lopes - 'O ex-Arguido Credível'
Day AfterBruno de Carvalho  - 'O SCP é Nosso, outra vez !!!'
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #146 em: Março 31, 2011, 16:40 »



*
Veterano

Mensagens: 6706
Idade: 42
Localidade: Amadora, Portugal
Masculino


Não tendo estado como delegado, concordo com as conclusões do painatalao.

Acredito que os números que saíram cá para fora reflictam os boletins depositados nas urnas. Estavam muitos delegados a observar e apesar de serem humanos e poderem enganar-se por cansaço, julgo que tenham existido duplas contagens para confirmação da correcção dos números.

As incorrecções e irregularidades passaram-se durante o dia e foram tantas, que se se passassem numas eleições nacionais seriam mais que suficientes para uma impugnação: espero que no Sporting também o sejam.

Aquela sala parecia um centro comercial. Era uma grande confusão e acredito que pessoas (espero que inocentemente) se tenham dirigido a outras urnas que não a sua para depositar o voto. Depois de me darem os boletins para votar, dirigi-me para um local para meter as minhas cruzinhas e estavam lá 2 jovens lado a lado a preencherem os seus boletins.

Peço já agora ao painatalao que me confirme os dois seguintes pontos:
- foram contados os boletins que sobraram em cada uma das mesas?
- foram contadas nos cadernos as descargas feitas dos eleitores que votaram?

Julgo que a resposta será negativa a ambas as perguntas, o que potencia cada vez mais a existência de irregularidades durante o dia.

Também julgo que o delegado da lista C foi anjinho e sem grande experiência nestas situações.

A recontagem, tal como já disse o Santarém, vai mostrar resultados iguais. O problema não esteve na contagem.
Registado

ex-dmalmeida
David Almeida - LE S: A27 F: 22 N: 39 Sócio Nº 14864
Σπόρτινγκ - Assim se escreve Sporting em grego. Спортинг - em Russo. Em japonês é スポルティング・リスボン.
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #147 em: Março 31, 2011, 16:43 »



*
Júnior

Mensagens: 1754
Localidade: Amadora
Masculino




Resta o processo de impugnação. O facto de o BdC ter defendido a realização de um regulamento eleitoral e sugerido a supervisão da CNE ANTES das eleições pode ser importante.

Isso aconteceu!? É a primeira vez que leio sobre isto...  Indeciso


Fazendo fé no Bruno de Carvalho, aconteceu. Afirmação do próprio no facebook, ontem:

Já agora, sobre o tema, temos os seguintes comentários e respostas a questões colocadas ao Bruno de Carvalho no facebook:

- Olá Bruno! Desde já os meus Parabéns por tudo!!Em relação ao que se passou hoje com a Catarina em relação às declarações que ela fez, poderá ela ser punida pelo que aconteceu?? Poderá acontecer-lhe alguma coisa? Sim porque as ameaças já começaram....

- Todos devem seguir o exemplo de coragem dela e manifestar na comunicação social todas as irregularidades que sabem. Se for só um vão tentar colocar medo se forem todos nada mais poderão fazer a ninguém.


- Bruno, se conseguirmos que haja novas eleições, quer o Marco Van Basten quer os investidores, continuariam consigo ?
- Os investidores sim, Marco van basten por enquanto sim, temos de ser rápidos! Sozinho demorará muito tempo mas a vontade dos sócios tem de ser sempre prioritária.


- [Bruno,] Fiz um apanhado de 3 questões que generalizam um pouco do que muitos perguntaram, creio:

-Boa noite Bruno, já vi que com a afluência de perguntas vai ser complicada responder a todas mas deixo a minha: o relato de várias pessoas que nao podiam votar e fizeram-no e o facto de algumas irregularidades (ie, a foto com os boletins em branco... na triagem e o facto de pessoas terem passado á frente do 1º controlo) pode ser motivo de justa causa para a revogação do mandato dos membros do Conselho Directivo? Força!

-Caro Bruno, o "episódio" da senhora Catarina Bita que votou sem poder votar não permite fazer uma afirmação lógica que não há certezas quanto à "legalidade" (sócio efectivo à mais de 12 meses) dos votos?

-Bruno, existe alguma lista com os resultados da votação mesa a mesa? Hoje começaram a circular mas não sei se são os oficiais

- 1º sim
- 2º sim
- [3º] Não sei, são outras pessoas da candidaturam que tratam disso.


- Gostava de saber uma coisa, Bruno.

Quando entrar essa providencia, e caso se inpugnem as eleiçoes e isso pelos vistos demora muito tempo, como é que se prepara a proxima epoca... Quem é que muda a miseria em que estamos?

Isso é bom para o Sporting? Ha alguem mais importante que o Sporting?
...
Tu es o proximo presidente do Sporting Bruno, so peço que nunca ninguem se ponha acima do clube, porque ha atitudes que vao prejudicar e muito o clube... ou nao?

- Quem compra e vende jogadores? O Sporting ou a Sporting SAD?

- Sim, mas quem fica a dirigir? nao se cria um grande vazio?

- Então eu concorri apenas ao Sporting e por isso a época será salvaguardada pois são assuntos da SAD. Infelizmente por quem (pelo menos ainda) não ganhou legitimamente, mas vão poder preparar a época.

- Mas faço agora eu uma questão. Então mesmo tendo vencido com irregularidades vale tudo desde que se possa preparar épocas?

- Nao, nao vale tudo, acima de tudo a verdade, doa a quem doer.. eu so quero é que o Sporting consiga ficar acima disso tudo

- Eu não quero prejudicar o clube ou ganhar á força a eleição, quero que o Sporting CP e os sócios sejam respeitados e que a sua real decisão seja soberana. Em defesa do nosso grande clube e dos sócios todos, dos mais novos aos mais velhos.


- Não subestimem a agência de comunicação do GL! Com 4 candidaturas a CASCAR FORTE consegui 36 e tal % ! Agora imaginem com 1 Candidato e com uma IMPUGNAÇÃO! Eu também quero BDC a Presidente mas penso que não devemos subestimar a "continuidade" e pensarmos que os restantes sócios votantes votarão todos BDC! Penso que deve ser muito bem pensado para não prejudicar o BDC em FUTURAS ELEIÇÕES!

- então devo trocar o que acredito e a falta de verdade por um "poleiro" no futuro?


- Bruno, o que tem a dizer sobre as declarações da Catarina [Bita]?

- São mais um exemplo do que se passou no dia das eleições.


-Bruno, contaram-me hoje que o Bruno tinha pedido e/ou sugerido, para as eleições, a equipa que gere e controla as eleições políticas??

- Sim, supervisão da Comissão nacional de Eleições e elaboração de um reguçamento eleitoral que não existe, mas nada disso foi aceite antes das eleições.



- Atenção: Eu não quero repetir as eleições porque perdi! Quero repetir porque houve muitas irregularidades que não ditaram um vencedor legitimo e isso o Sporting CP e os seus sócios não merecem. Nada disto acontece de um momento para o outro. São questões legais e eu não sou advogado. Do meu lado apenas quero que se façam eleições sem irregularidades para bem de todos e não ser parte de um problema.

temos de nos manter unidos em favor do Sporting CP e pela verdade. Mas não posso responder a tempos pois em Portugal pode demorar muito.



- Presidente permita-me a expressão, como é que se vai descalçar esta bota?

- Qual bota?


- O BRUNO NAO VAI DESISTIR POIS NAO?

- 1º Não vou desistir


- A providencia cautelar é para ir em frente?

- 2º A providencia vai entrar em breve. Estamos à espera de documentos da assembleia geral.


- ‎2ª volta, há chances?

- ‎3º repetir as eleições só após impugnação e isso pode levar tempo... estou a fazer o que posso.


- Quando há novidades?

- 4º Não posso dar grandes novidades pois estes processo demoram. Infelizmente não ganharam legitimamente mas depois de irregularidades graves que já são do conhecimento geral tomaram posse à pressa para criar todo o clima de deixem-nos trabalhar...


- Obrigado a todos, com a minha determinação pela verdade e o vosso apoio o Sporting CP é que sai a ganhar!


Registado
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #148 em: Março 31, 2011, 16:43 »

Madaherios

Vou voltar ao tema, sendo que fui delegado às contagens da Lista F (um dos dois que ficaram na observação da contagem mas não entrei na sala onde se apuraram as contas finais).

O que o delegado da Lista B diz é na globalidade verdade.

Não vi nenhum delegado centurião da Lista A no Hall Vip à 1h da manhã. Ele esteve sempre nas contagens (como devem imaginar, quase já não ninguém o podia ouvir...mas ele esteve sempre lá).

A ordem pela qual se contaram os votos é basicamente indiferente. No entanto, a ordem que este delegado da Lista B refere é a correcta. Na verdade, os votos começaram a ser contados quase todos ao mesmo tempo (havia uma mesa para os de 1 voto, outra para os de 4, outra para os de 7, outra para os de 10, outra para os de 13 e outra para os restantes. Nesta última contaram-se primeiro os de 25, depois os de 22, depois de 19 e depois 16). Por uma questão de rapidez na contagem a mesa dos votos de 1 e 4 acabou primeiro que a de 7. Mas isto é irrelevante pois não tínhamos a noção exacta do total de votos. Isso só ficou apurado dentro da sala quando se inseriram votos no computador.

A questão da recontagem: já tinha sido falado com o Lino de Castro dessa possibilidade durante a contagem e ele já tinha referido que não seria possível fazê-lo naquela noite. Isto era do conhecimento dos delegados da lista C. Repito, ele disse que não era possível fazê-lo naquela noite (o que até era compreensível face ao cansaço de todos e ao adiantado das horas). Não disse que seria impossível fazê-lo no dia seguinte ou que isso não estava nos estatutos.

Sobre os cadernos eleitorais: não foi feito nenhum cross-check dos dados de sócios que entraram na sala passando pelo computador com os cadernos eleitorais, nem destes com o total de votos (pelo menos antes de se entrar na sala final).

Agora a minha opinião: mesma que se tivessem confrontado uns dados com os outros, o SCP arranjaria qualquer desculpa. Foi malta que pagou quotas, foi malta que entrou sem mostrar cartão, etc. Isto, digo-o eu, porque o SCP não desmonta a questão de 83 sócios terem votado no CD e não terem votado no CL. Levaram boletins para casa???

Na contagem tenho quase 100% de certeza que nada de estranho se passou. As irregularidades, que estou convencido que existiram, verificaram-se durante o dia naquela sala sem as mínimas condições para manter a situação "controlada".

O delegado da Lista C acabou por ser enrolado pelo cansaço, pelo paleio do Lino de castro, pela pressão do momento...e agora, sem nada ter feito no momento decisivo, parece-me que já vai tarde...

A versão foi que o sujeito centurião esteve cá fora e é corroborada por outras pessoas. Mais, se o cansaço é tão grande - e já ouvi mais do que uma vez isso - é muito fácil não se aperceberem de escapadelas. Outra coisa "diferente" e que corrobora os dados que foram saindo pela noite, é que BdC levava vantagem NO FINAL da mesa dos 19 votos e é por isto que a ORDEM é importante. Para tanto delegado afirmar que a sala é estanque, como raio os resultados certos saíram cá para fora? Continua a não bater a bota com a perdigota.

Quando ao pedido de recontagem, não se percebe então que Lino de castro tenha "apressado" a investidura de Godinho a presidente, quando havia mais do que matéria para duvidar dos resultados. Quanto a não ter sido feito nenhum cross-check, é tão grave que respondendo à pergunta do Zeferino Boal, a resposta só pode ser "vocẽs são todos parvos"! Mais ainda, e a Lista F esteve comigo nessa contagem patética na AG onde o Dias Ferreira (e os funcionários do Sporting) contavam 7's como 1's, como permitem que não haja crosscheck entre os dados do pc, dos cadernos e o número total de votantes? E os 440 votantes a mais não vos pareceram estranhos? Estão a brincar, não?
Registado
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #149 em: Março 31, 2011, 16:50 »



*
Juvenil

Mensagens: 1387
Idade: 34
Localidade: Lisboa
Masculino


Não tendo estado como delegado, concordo com as conclusões do painatalao.

Acredito que os números que saíram cá para fora reflictam os boletins depositados nas urnas. Estavam muitos delegados a observar e apesar de serem humanos e poderem enganar-se por cansaço, julgo que tenham existido duplas contagens para confirmação da correcção dos números.

As incorrecções e irregularidades passaram-se durante o dia e foram tantas, que se se passassem numas eleições nacionais seriam mais que suficientes para uma impugnação: espero que no Sporting também o sejam.

Aquela sala parecia um centro comercial. Era uma grande confusão e acredito que pessoas (espero que inocentemente) se tenham dirigido a outras urnas que não a sua para depositar o voto. Depois de me darem os boletins para votar, dirigi-me para um local para meter as minhas cruzinhas e estavam lá 2 jovens lado a lado a preencherem os seus boletins.

Peço já agora ao painatalao que me confirme os dois seguintes pontos:
- foram contados os boletins que sobraram em cada uma das mesas?
- foram contadas nos cadernos as descargas feitas dos eleitores que votaram?

Julgo que a resposta será negativa a ambas as perguntas, o que potencia cada vez mais a existência de irregularidades durante o dia.

Também julgo que o delegado da lista C foi anjinho e sem grande experiência nestas situações.

A recontagem, tal como já disse o Santarém, vai mostrar resultados iguais. O problema não esteve na contagem.

Não foram contados boletins que sobraram das mesas (penso que também não o foram no inicio, logo contar o que sobrou seria irrelevante).

Não foram contados nenhuns dados dos cadernos.

Registado

Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #150 em: Março 31, 2011, 16:51 »



*
Juvenil

Mensagens: 1387
Idade: 34
Localidade: Lisboa
Masculino


Acabando o assunto do dito Centurião: pareceu-me que ele esteve sempre lá dentro. Eu, pelo menos, estava sempre a vê-lo e, pior, a ouvi-lo! É um gajo que gosta muito de se ouvir a si próprio e cansa qualquer um! Mas mesmo que ele tenha vindo cá fora, o que repito me parece de todo impossível, isso influenciou o quê nas contagens ou divulgação de resultados?

Novamente sobre a ordem: é diferente a ordem da contagem da ordem de inserção de dados no pc! Durante a contagem tinhamos uma vaga ideia de como as coisas estavam a ir. Sabiamos que estava tudo muito equilibrado e, por isso mesmo, ninguém poderia afirmar com certeza que BdC ou GL estavam na frente. Relembro que estávamos sem caneta e telemóveis, logo só tinhamos mesmo a carola para guardar todos os resultados e multiplicá-los pelo número de votos de cada mesa. Algo díficil de conseguir com exactidão fazer naquelas condições.

Sobre as diferenças de votantes: nós não sabíamos os totais enquanto contávamos os votos! Foi-nos dito pelas 21h que o total de votantes era 14205 mas depois não se verificou isso com os cadernos. Podes dizer que fomos todos parvos! Sim, admito que tenhamos sido todos parvos ao não ter-mos levantado logo ali essa questão. Mas sem nenhum auxiliar de memória, admito que às 5h da manhã eu já não tinha certeza do número exacto que me tinham dito às 21h.

Mais estranho me parece que dentro da sala final ninguém se tenha levantado contra a diferença brutal (83!) de sócios a votarem no CD e no CL! Isto, para mim, é que é o mais caricato de tudo!
« Última modificação: Março 31, 2011, 16:59 por painatalao » Registado

Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #151 em: Março 31, 2011, 16:57 »



*
Juvenil

Mensagens: 1488
Localidade: Lx
Masculino



Sobre os cadernos eleitorais: não foi feito nenhum cross-check dos dados de sócios que entraram na sala passando pelo computador com os cadernos eleitorais, nem destes com o total de votos (pelo menos antes de se entrar na sala final).

Agora a minha opinião: mesma que se tivessem confrontado uns dados com os outros, o SCP arranjaria qualquer desculpa. Foi malta que pagou quotas, foi malta que entrou sem mostrar cartão, etc. Isto, digo-o eu, porque o SCP não desmonta a questão de 83 sócios terem votado no CD e não terem votado no CL. Levaram boletins para casa???


Não é de todo impossível identificar todos os votantes que constam dos cadernos e não constam do sistema informático.

Uma vez identificados, é fácil comprovar (nem que se contacte cada um individualmente) se, de facto, são votações legítimas ou se vamos encontrar mortos entre os votantes...

É verdade que dá trabalho, mas é a unica hipótese que vejo.

PS - Sou do ramo (direito).
Registado

Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #152 em: Março 31, 2011, 17:02 »



*
Juvenil

Mensagens: 1387
Idade: 34
Localidade: Lisboa
Masculino



Sobre os cadernos eleitorais: não foi feito nenhum cross-check dos dados de sócios que entraram na sala passando pelo computador com os cadernos eleitorais, nem destes com o total de votos (pelo menos antes de se entrar na sala final).

Agora a minha opinião: mesma que se tivessem confrontado uns dados com os outros, o SCP arranjaria qualquer desculpa. Foi malta que pagou quotas, foi malta que entrou sem mostrar cartão, etc. Isto, digo-o eu, porque o SCP não desmonta a questão de 83 sócios terem votado no CD e não terem votado no CL. Levaram boletins para casa???


Não é de todo impossível identificar todos os votantes que constam dos cadernos e não constam do sistema informático.

Uma vez identificados, é fácil comprovar (nem que se contacte cada um individualmente) se, de facto, são votações legítimas ou se vamos encontrar mortos entre os votantes...

É verdade que dá trabalho, mas é a unica hipótese que vejo.

PS - Sou do ramo (direito).

Acho que é uma possibilidade. Do mesmo modo que se poderia verificar as pessoas que pagaram quotas nesse dia vs se passaram (ou não) no pc.

Mas há sempre outras desculpas: eram deficientes, eram velhotes, furaram a fila, etc...
Registado

Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #153 em: Março 31, 2011, 17:18 »

Madaherios

Acabando o assunto do dito Centurião: pareceu-me que ele esteve sempre lá dentro. Eu, pelo menos, estava sempre a vê-lo e, pior, a ouvi-lo! É um gajo que gosta muito de se ouvir a si próprio e cansa qualquer um! Mas mesmo que ele tenha vindo cá fora, o que repito me parece de todo impossível, isso influenciou o quê nas contagens ou divulgação de resultados?

Novamente sobre a ordem: é diferente a ordem da contagem da ordem de inserção de dados no pc! Durante a contagem tinhamos uma vaga ideia de como as coisas estavam a ir. Sabiamos que estava tudo muito equilibrado e, por isso mesmo, ninguém poderia afirmar com certeza que BdC ou GL estavam na frente. Relembro que estávamos sem caneta e telemóveis, logo só tinhamos mesmo a carola para guardar todos os resultados e multiplicá-los pelo número de votos de cada mesa. Algo díficil de conseguir com exactidão fazer naquelas condições.

Sobre as diferenças de votantes: nós não sabíamos os totais enquanto contávamos os votos! Foi-nos dito pelas 21h que o total de votantes era 14205 mas depois não se verificou isso com os cadernos. Podes dizer que fomos todos parvos! Sim, admito que tenhamos sido todos parvos ao não ter-mos levantado logo ali essa questão. Mas sem nenhum auxiliar de memória, admito que às 5h da manhã eu já não tinha certeza do número exacto que me tinham dito às 21h.

Mais estranho me parece que dentro da sala final ninguém se tenha levantado contra a diferença brutal (83!) de sócios a votarem no CD e no CL! Isto, para mim, é que é o mais caricato de tudo!

1) Sem contar que passando os dados cá para fora acaba por ser ele que esteve na génese das "falsas expectativas" (e vamos considerar os resultados válidos), não te é estranho o enorme conjunto de possibilidades que uma sala não estanque de contagem de votos possa trazer em termos de legalidade e razão para a discrepância de votos, pois não? Pela última vez, eu não estou a duvidar da tua palavra, mas admito que o cansaço possa ter sido prejudicial a uma verificação exacta como se pretendia, bem como a situações menos claras de gente que procura, por todos os meios, se manter no poder.

2) Por si, a ordem é irrelevante. Em conjunto com o ponto anterior, já não é assim. Junta com a minha mensagem anterior, lê as declarações peremptórias dos vários delegados sobre a versão do que ocorreu, e compara com as declaraçẽos de Lino de Castro: a ordem torna-se relevante quando por um lado, Lino diz que Godinho foi sempre à frente - e como eu tomo válida a tua palavra, com os elementos que tinham, seria impossível saber por um lado, e tomando a contagem dos votos a começar em 1,4,7,..., Bruno ia à frente até se começar a contar a dos 22 votos - por outro, as declarações dos outros delegados. É muito relevante nesse aspecto e seria o garante de uma versão clara sobre o que se passou. Assim, e como me fio na mais na tua palavra do que na dos outros, acho que há versões contraditórias sobre o que se passou, e que o cansaço é uma boa desculpa aos apoiantes de Godinho para se terem aproveitado da situação e favorecer os seus interesses, sabendo nós o que esta gente fez ao longo destes anos e mais a mais, o que sabemos serem capazes de fazer em favor dos interesses instalados.

3) Obviamente que não podiam saber as diferenças dos votantes, e que sem quaisquer apoios, seria difícil controlarem. O que me espanta é que tenham permitido que não houvesse verificação entre os dados. Aqui culpo os Delegados por serem ingénuos, pois as incongruências serão gigantescas. Sem contar obviamente com os 183 votos de diferença entre CD e AG, os tais 83 votantes.
Registado
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #154 em: Março 31, 2011, 17:30 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2011


Mensagens: 6478
Localidade: Lisboa
Masculino

WWW

2) Por si, a ordem é irrelevante. Em conjunto com o ponto anterior, já não é assim. Junta com a minha mensagem anterior, lê as declarações peremptórias dos vários delegados sobre a versão do que ocorreu, e compara com as declaraçẽos de Lino de Castro: a ordem torna-se relevante quando por um lado, Lino diz que Godinho foi sempre à frente - e como eu tomo válida a tua palavra, com os elementos que tinham, seria impossível saber por um lado, e tomando a contagem dos votos a começar em 1,4,7,..., Bruno ia à frente até se começar a contar a dos 22 votos - por outro, as declarações dos outros delegados. É muito relevante nesse aspecto e seria o garante de uma versão clara sobre o que se passou. Assim, e como me fio na mais na tua palavra do que na dos outros, acho que há versões contraditórias sobre o que se passou, e que o cansaço é uma boa desculpa aos apoiantes de Godinho para se terem aproveitado da situação e favorecer os seus interesses, sabendo nós o que esta gente fez ao longo destes anos e mais a mais, o que sabemos serem capazes de fazer em favor dos interesses instalados.


Madaherios,

Digamos que é uma questão de "interpretação" e eu vou dar-te a minha que acaba por estar sustentada na maior informação que tenho dado ter sido delegado:

Correu o rumor que o Bruno esteve à frente por 600 votos e que depois perdeu por 900. Face a isto, Lino de Castro deu a sua explicação e que vai em conta com o que o painatalao tem tentado descrever.

Durante as contagens efectivas de boletins, à medida que as mesas iam sendo fechadas, ficámos com a noção que quem estaria à frente seria sempre o Godinho Lopes - daí o Lino de Castro dizer que o GL esteve sempre à frente nas contagens.

No entanto, quando foi para passar os valores somados para o computador para fazer as "afinações" (que não foram mais do que a consolidação dos resultados apurados), ao começar-se pelas mesas mais baixas, esteve o Bruno à frente até à mesa de 19 votos.
Registado

Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #155 em: Março 31, 2011, 17:47 »



*
Veterano

Mensagens: 6706
Idade: 42
Localidade: Amadora, Portugal
Masculino



2) Por si, a ordem é irrelevante. Em conjunto com o ponto anterior, já não é assim. Junta com a minha mensagem anterior, lê as declarações peremptórias dos vários delegados sobre a versão do que ocorreu, e compara com as declaraçẽos de Lino de Castro: a ordem torna-se relevante quando por um lado, Lino diz que Godinho foi sempre à frente - e como eu tomo válida a tua palavra, com os elementos que tinham, seria impossível saber por um lado, e tomando a contagem dos votos a começar em 1,4,7,..., Bruno ia à frente até se começar a contar a dos 22 votos - por outro, as declarações dos outros delegados. É muito relevante nesse aspecto e seria o garante de uma versão clara sobre o que se passou. Assim, e como me fio na mais na tua palavra do que na dos outros, acho que há versões contraditórias sobre o que se passou, e que o cansaço é uma boa desculpa aos apoiantes de Godinho para se terem aproveitado da situação e favorecer os seus interesses, sabendo nós o que esta gente fez ao longo destes anos e mais a mais, o que sabemos serem capazes de fazer em favor dos interesses instalados.


Madaherios,

Digamos que é uma questão de "interpretação" e eu vou dar-te a minha que acaba por estar sustentada na maior informação que tenho dado ter sido delegado:

Correu o rumor que o Bruno esteve à frente por 600 votos e que depois perdeu por 900. Face a isto, Lino de Castro deu a sua explicação e que vai em conta com o que o painatalao tem tentado descrever.

Durante as contagens efectivas de boletins, à medida que as mesas iam sendo fechadas, ficámos com a noção que quem estaria à frente seria sempre o Godinho Lopes - daí o Lino de Castro dizer que o GL esteve sempre à frente nas contagens.

No entanto, quando foi para passar os valores somados para o computador para fazer as "afinações" (que não foram mais do que a consolidação dos resultados apurados), ao começar-se pelas mesas mais baixas, esteve o Bruno à frente até à mesa de 19 votos.
Hugo, ainda assim, tens de concordar que as explicações foram todas mal dadas, todas a darem azo a mal-entendidos, com grandes contradições dependendo de quem falava, LC, GL, PPC, etc.
Mas já todos compreendemos que provavelmente os resultados "oficiais de domingo à noite" (diferentes dos resultados "oficiais de sábado à noite") corresponderão aos votos existentes nas urnas (apesar do amadorismo de como estes foram contados e não verificados). Tudo o que se passou antes das urnas fecharem é que é demasiado suspeito. Os totais não baterem certo uns com os outros (mesmo admitindo que estivessem correctos - o que eu não acredito) deveria ser o suficiente para o Dr. Lino de Castro não fazer a divulgação dos resultados e pedir uma recontagem por livre iniciativa.

Relembro que o número de boletins que chega à mesa antes do início da votação tem de ser igual ao número de boletins no final do dia. Ou seja:
"Número de boletins inicial" = "Soma de votos em cada uma das listas"+"votos brancos" + "votos nulos" + "boletins anulados" + "boletins não utilizados"

Se isto não aconteceu e se não existe neste momento hipótese de verificar então só existe uma conclusão a tirar:
Não há nada que diga que estas eleições foram livres e correctas e fieis com a vontade dos eleitores.
Registado

ex-dmalmeida
David Almeida - LE S: A27 F: 22 N: 39 Sócio Nº 14864
Σπόρτινγκ - Assim se escreve Sporting em grego. Спортинг - em Russo. Em japonês é スポルティング・リスボン.
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #156 em: Março 31, 2011, 17:49 »



*
Júnior

Mensagens: 1754
Localidade: Amadora
Masculino


Sobre as diferenças de votantes: nós não sabíamos os totais enquanto contávamos os votos! Foi-nos dito pelas 21h que o total de votantes era 14205 mas depois não se verificou isso com os cadernos. Podes dizer que fomos todos parvos! Sim, admito que tenhamos sido todos parvos ao não ter-mos levantado logo ali essa questão. Mas sem nenhum auxiliar de memória, admito que às 5h da manhã eu já não tinha certeza do número exacto que me tinham dito às 21h.

Na minha opinião, não é uma questão de mais ou menos parvoice dos delegados. Sem meios para tomarem apontamentos, e após tantas horas, é perfeitamente compreensível que essas diferenças tenham passado em claro.

É uma questão de método de trabalho, em que a quantidade de boletins devia ter sido confrontada com os cadernos e com o computador de entradas, sem que tal iniciativa tivesse que partir dos delegados. E aí a culpa maior é da MAG, com a agravante de ter sido solicitada e não atendida a elaboração de um regulamento.
Registado
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #157 em: Março 31, 2011, 17:49 »

Madaherios


2) Por si, a ordem é irrelevante. Em conjunto com o ponto anterior, já não é assim. Junta com a minha mensagem anterior, lê as declarações peremptórias dos vários delegados sobre a versão do que ocorreu, e compara com as declaraçẽos de Lino de Castro: a ordem torna-se relevante quando por um lado, Lino diz que Godinho foi sempre à frente - e como eu tomo válida a tua palavra, com os elementos que tinham, seria impossível saber por um lado, e tomando a contagem dos votos a começar em 1,4,7,..., Bruno ia à frente até se começar a contar a dos 22 votos - por outro, as declarações dos outros delegados. É muito relevante nesse aspecto e seria o garante de uma versão clara sobre o que se passou. Assim, e como me fio na mais na tua palavra do que na dos outros, acho que há versões contraditórias sobre o que se passou, e que o cansaço é uma boa desculpa aos apoiantes de Godinho para se terem aproveitado da situação e favorecer os seus interesses, sabendo nós o que esta gente fez ao longo destes anos e mais a mais, o que sabemos serem capazes de fazer em favor dos interesses instalados.


Madaherios,

Digamos que é uma questão de "interpretação" e eu vou dar-te a minha que acaba por estar sustentada na maior informação que tenho dado ter sido delegado:

Correu o rumor que o Bruno esteve à frente por 600 votos e que depois perdeu por 900. Face a isto, Lino de Castro deu a sua explicação e que vai em conta com o que o painatalao tem tentado descrever.

Durante as contagens efectivas de boletins, à medida que as mesas iam sendo fechadas, ficámos com a noção que quem estaria à frente seria sempre o Godinho Lopes - daí o Lino de Castro dizer que o GL esteve sempre à frente nas contagens.

No entanto, quando foi para passar os valores somados para o computador para fazer as "afinações" (que não foram mais do que a consolidação dos resultados apurados), ao começar-se pelas mesas mais baixas, esteve o Bruno à frente até à mesa de 19 votos.

Então:

1) Lino de Castro não poderia ter dado aquelas explicações para justificar o que quer que fosse.
2) O rumor corresponde à verdade atendendo á hora que saíu cá para fora em relação aos resultados parciais nas mesas 1,4,7,10,13 e 16. Aliás, a cronologia aponta exactamente para essa diferença (580 votos) se registar nessa contagem.
3) É quase impossível como não se tenham apercebido de uma diferença de 1500 votantes a mais para uma das Listas. Obviamente que atribuo ao cansaço extremo, pois acredito que estar com o centurião a tecer loas a si próprio faz enlouquecer qualquer um.
4) Esse cansaço pode também justificar que possam não ter estado atentos a qualquer manobra subreptícia, e não vos culpo por tal mas sim ao método eleitoral que beneficia quem procure aproveitar-se do facto.
Registado
Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #158 em: Março 31, 2011, 18:52 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2011


Mensagens: 6478
Localidade: Lisboa
Masculino

WWW
Sim, obviamente que percebemos que o Bruno tinha largo avanço em número de votantes graças às primeiras mesas, da mesma forma que tínhamos a percepção que o Godinho Lopes teria vantagem em relação ao número de votos por causa das mesas mais à frente.

Eu não posso falar pelo Lino de Castro, mas pelo que entendi das suas palavras foi que ele quis explicar exactamente aquilo que descrevi "Na contagem de boletins, Bruno nunca esteve à frente".

Quanto ao rumor, não faço a mais pequena ideia de quando terá surgido. Para mim, o Bruno nunca esteve com 600 votos de vantagem - mas eu também não entrei na sala onde foi feito o "somatório".
Registado

Re: Pedido de esclarecimento a quem foi observador/delegado na AGE. , « Resposta #159 em: Março 31, 2011, 19:31 »

Madaherios

Eu não posso falar pelo Lino de Castro, mas pelo que entendi das suas palavras foi que ele quis explicar exactamente aquilo que descrevi "Na contagem de boletins, Bruno nunca esteve à frente".

Eh pá, então não percebo. Como é que numa contagem de boletins ("de papéis") em que se tem mais 1500 nunca se esteve à frente? Eu percebo o que tu queres dizer, e é por isso mesmo que ainda percebo menos TODAS as justificações de Lino de Castro?

Nem falo dos delegados, onde de 60 passarm a 400 de um momento para o outro...
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 ... 6 7 [8] 9 10 11 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2011 Tópico:

[Eleições SCP 2011] Pedido esclarecimento quem foi observador/delegado na AGE.

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade