O cantinho da Ciência

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Como sabemos a ciência diz respeito aos e processos/sistemas que permitem obter conhecimento concreto e verídico! Ao longo da História Humana tem tido uma enorme progressão e assume-se hoje como um recurso totalmente imprescindível!

E agora perguntam: porquê este tópico?

Bem, todos os dias saem notícias referentes ao tema. No entanto, existem bastantes que não justificam a criação de um tópico daí eu ter decidido abrir este tópico.

Existem vários sites sobre o tema, sendo o http://www.cienciahoje.pt a referência nacional. Alguns jornais nacionais até já fazem manchete com notícias científicas; por isso usem e abusem deste tópico para saberem tudo o que de novo se anda a investigar e concluir por esse mundo fora! Mundo e não só claro! A ciência engloba tudo o que existe! Existe, logo pode ser investigado!

Citar
Áreas da ciência e sub-grupos
Classificação meramente prática com base no CiênciaHoje

Sociais e Humanas
-Antropologia
-Arqueologia
-Arquitectura e Urbanismo
-Ciências da Comunicação
-Ciências da Educação
-Ciências Políticas, Jurídicas e Forenses
-Conservação e Restauro
-Demografia
-Design
-Economia e Gestão
-Estudos Artísticos
-Estudos Literários
-Filosofia
-Linguística
-Música e Canto
-Psicologia
-Sexologia
-Sociologia

Engenharia e Tecnologia
-Ciência e Engenharia dos Materiais
-Engenharia Biomédica
-Engenharia Bioquímica e Biotecnológica
-Engenharia Civil e de Minas
-Engenharia Electrotécnica e Informática
-Engenharia Mecânica
-Engenharia Química
-Engenharia Sísmica
-Mundo digital
-Nanotecnologia
-Novas Energias
-Novas Tecnologias
-Processamento Computacional
-Redes de Alta Velocidade
-Robótica móvel

Naturais, Saúde, Água
-Ambiente
-Aquacultura
-Ciências Agrárias e Florestais
-Ciências Biológicas
-Ciências da Saúde
-Ciências do Desporto
-Ciências do Mundo Animal
-Ciências da Nutrição
-Ciências da Terra, do Mar e da Atmosfera
-Ciências Veterinárias
-Genética
-Geologia (paleontologia, mineralogia, sismologia...)
-Neurociências
-Odontologia


Exactas
-História da Ciência e da Terra
-Física
-Matemática
-Química

[/b]
Como já disse, esta classificação é meramente indicativa.Por exemplo a filosofia que está como sub-grupo é classificado por alguns como o oposto de ciência (o que não sabemos e o que sabemos, respectivamente)
Citação de: CienciaHoje
Ciência:Geologia - Paleontologia


Primeiro dinossauro angolano descoberto por português

Trata-se de uma nova espécie baptizada de “Angolatitan Adamastor”



O paleontólogo Octávio Mateus revelou hoje ter descoberto em Angola os primeiros fósseis de dinossauro e de qualquer animal terrestre, naquele país. Trata-se também de uma nova espécie e um novo género para a ciência a que se deu o nome de “Angolatitan Adamastor”.

Segundo o português, membro de uma equipa de cientistas internacionais que desde 2005 se desloca a Angola para procurar e estudar fósseis de vertebrados, para além do “braço quase completo” do primeiro dinossauro encontrado em território angolano, a descoberta veio a tornar-se ainda mais surpreendente.

O dinossauro saurópode, conhecido nos filmes da saga Jurassic Park do norte-americado Steven Spielberg pelo seu pesado porte (13 metros de comprimento) e pelo pescoço comprido, “era já uma relíquia no tempo em que viveu”, há 90 milhões de anos.
No Cretácico Superior, “só havia dois tipos de dinossauros saurópodes, os ‘titanossauros’ e os ‘rebaquiassauros’ e o ‘Angolatitan Adasmastor’ é ainda mais antigo que estes dois”, explicou Octávio Mateus, ao anunciar a nova espécie, cujo nome se baseia na mitologia portuguesa associada à época dos Descobrimentos, concretamente à passagem do Cabo das Tormentas, mais tarde designado Cabo da Boa Esperança, localizado a sul do continente africano.

Para o paleontólogo, o dinossauro existiu apenas em Angola “quando já se pensava extinto no resto do mundo” e, apesar de ter vivido no deserto e de ter de se alimentar com toneladas de comida, “conseguiu sobreviver naquele ambiente árido”, à semelhança do que acontece com os elefantes.

"Está tudo por descobrir" em Angola

A descoberta dos achados paleontológicos vêm enfatizar a riqueza de fósseis existentes em Angola, onde “está tudo por descobrir” porque a investigação científica ficou posta de lado durante décadas, mas também devido à vasta área de deserto.

“O facto de não ter vegetação nem ocupação do terreno torna mais fácil descobrir ossos”, disse, sublinhando que o potencial de descoberta de fósseis “é grande”.

Os achados paleontológicos foram encontrados no deserto de Namibe, a 70 quilómetros de Luanda, na primeira expedição realizada em 2005 a Angola pela equipa de cientistas.


Esta é a nona espécie de dinossauro baptizada por Octávio Mateus
« Última modificação: Março 17, 2011, 18:38 pm por AKi9 »
Citação de: CienciaHoje
Ciência:Espacial, Ecológica, Física


Especialista da NASA propõe laser para remover lixo espacial

Fazer com que os detritos penetrem na atmosfera e entrem em combustão é a proposta de James Mason

O lixo espacial continua a ser um perigo para satélites e astronautas. Agora, um cientista da NASA propõe uma solução que passa por utilizar um sistema de raios laser pouco potentes – situado na Terra – que poderá eliminar os detritos. Em 1978, um consultor da agência espacial norte-americana Donald Kessler afirmou que uma colisão entre dois pedaços de lixo pode desencadear uma série de efeitos em cadeia com consequências nefastas, provocando o aumento de detritos.

Na chamada “síndrome Kessler” se a velocidade com que se faz lixo é maior do que a velocidade com que se elimina, o planeta fica rodeado por tantos detritos que
até o lançamento de satélites fica comprometido. Há mais de 30 anos que os cientistas têm tentado acabar com esta ameaça.
Houve já várias propostas destinadas a solucionar o problema, desde a utilização de robôs espaciais até redes gigantes. Mas nenhuma delas parece viável. As agências espaciais limitam-se a afastar os seus satélites da rota dos pedaços de lixo e, pouco a pouco, a órbita terrestre está a tornar-se num recurso sobre-explorado que mais tarde ou mais cedo pode tornar-se inútil.

Agora, a NASA apresenta um projecto que pode ser viável. Como explica James Mason, a ideia consiste em utilizar um raio laser para resolver o problema. Ao contrário de outros projectos que visavam destruir as peças, este quer desacelerá-las ligeiramente, modificando as suas rotas e fazendo com que penetrem na atmosfera, entrando, assim, em combustão.

A ideia parece agradar até porque é de baixo custo. Serão apenas necessários lasers de baixa potência – dez vezes menos poderosos do que muitos modelos de uso militar. Apesar dos seus 5 KW o feixe de fotões seria suficiente.

Falta apenas que a administração da NASA apoie a iniciativa para se começar a fazer ensaios. Mason acredita que este sistema pode inverter a síndrome de Kessler em pouco tempo.


E agora perguntam: porquê este tópico?

Bem, todos os dias saem notícias referentes ao tema. No entanto, existem bastantes que não justificam a criação de um tópico daí eu ter decidido abrir este tópico.

Es bom a ler mentes! :mrgreen:

Como com outros topicos, a participacao permitira avaliar da sua relevancia. Cabera aos foristas decidir se o assunto que pretendem discutir justifica a abertura de um topico separado em funcao da participacao esperada.
Saudades do futuro.
Ainda bem que abriram este tópico, assim escuso eu de abrir um! :mrgreen:



Convite dos investigadores para sábado, dia 26 de Março
Dia Aberto – Aqui há química!


Aqui fica o convite dos investigadores do ITQB para, no próximo dia 26 de Março (sábado), vir descobrir a química que há aqui. Aqui nos projectos de investigação, aqui nas técnicas usadas, aqui nos organismos que estudamos, aqui nas experiências que fazemos, aqui por todo o lado. Até em nós próprios.

Celebrando o Ano Internacional da Química, organizámos esta 7.ª edição do Dia Aberto em torno dos Prémios Nobel da Química. A partir deles vamos falar da investigação que fazemos todos os dias no ITQB, na área da química, da bioquímica, da biologia, da biotecnologia.

Para os interessados nos desafios de uma vida dedicada à investigação teremos um espaço privilegiado para a conversa com os cientistas e para os mais novos mais uma oportunidade de vestir a bata e experimentar ser cientista por um dia.

E como não podia deixar de ser haverá um laboratório dedicado a todas aquelas experiências que só podemos fazer aqui.

Tal como nas edições anteriores queremos proporcionar um dia de descoberta e partilhar com todos, dos 0 aos 99, o nosso entusiasmo pelo nosso trabalho. Aqui, onde há química!


Esperamos por si!

Dia Aberto ITQB
26 de Março, 10h00 -17h00


O Dia Aberto está incluído no projecto Oeiras, uma iniciativa do ITQB e do IGC que conta com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras. Mais informações.

A entrada é livre e não é necessária marcação prévia. Algumas actividades requerem inscrição no local.
Nesse dia já tenho um convite para investigar a reacção quimica e humana de um outro projecto no ITSCP.  8)
Ainda bem que abriram este tópico, assim escuso eu de abrir um! :mrgreen:



Convite dos investigadores para sábado, dia 26 de Março
Dia Aberto – Aqui há química!


Aqui fica o convite dos investigadores do ITQB para, no próximo dia 26 de Março (sábado), vir descobrir a química que há aqui. Aqui nos projectos de investigação, aqui nas técnicas usadas, aqui nos organismos que estudamos, aqui nas experiências que fazemos, aqui por todo o lado. Até em nós próprios.

Celebrando o Ano Internacional da Química, organizámos esta 7.ª edição do Dia Aberto em torno dos Prémios Nobel da Química. A partir deles vamos falar da investigação que fazemos todos os dias no ITQB, na área da química, da bioquímica, da biologia, da biotecnologia.

Para os interessados nos desafios de uma vida dedicada à investigação teremos um espaço privilegiado para a conversa com os cientistas e para os mais novos mais uma oportunidade de vestir a bata e experimentar ser cientista por um dia.

E como não podia deixar de ser haverá um laboratório dedicado a todas aquelas experiências que só podemos fazer aqui.

Tal como nas edições anteriores queremos proporcionar um dia de descoberta e partilhar com todos, dos 0 aos 99, o nosso entusiasmo pelo nosso trabalho. Aqui, onde há química!


Esperamos por si!

Dia Aberto ITQB
26 de Março, 10h00 -17h00


O Dia Aberto está incluído no projecto Oeiras, uma iniciativa do ITQB e do IGC que conta com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras. Mais informações.

A entrada é livre e não é necessária marcação prévia. Algumas actividades requerem inscrição no local.


Estás no ITQB? Em que laboratório? Tenho alguns colegas por lá!
"Alianças só na mão esquerda da minha mulher"

 A propósito do Ano Internacional da Química queremos convidá-lo a vir descobrir a química que há aqui. Aqui nos projectos de investigação, aqui nas técnicas usadas, aqui nos organismos que estudamos, aqui nas experiências que fazemos, aqui por todo o lado. Até em nós próprios.

Tal como nas edições anteriores queremos proporcionar um dia de descoberta e partilhar com todos, dos 0 aos 99, o nosso entusiasmo pelo nosso trabalho.

Este ano, organizámos o Dia Aberto em torno dos Prémios Nobel da Química. A partir deles vamos falar da investigação que fazemos todos os dias no ITQB, na área da química, da bioquímica, da biologia, da biotecnologia.

Para os interessados nos desafios de uma vida dedicada à investigação teremos um espaço privilegiado para a conversa com os cientistas e para os mais novos mais uma oportunidade de vestir a bata e experimentar ser cientista por um dia.

E como não podia deixar de ser vamos ter um laboratório dedicado a todas aquelas experiências que só podemos fazer aqui. Aqui onde há química.

É já amanhã! :great:

Consultem o programa em: http://www.itqb.unl.pt/diaaberto2011/
Para Química:

Efeito das soluções-tampões (nomeadamente carbonatos e fosfatos) na ansiedade humana, que faz com que a respiração seja mais intensa.

Alguém ajuda?
Para Química:

Efeito das soluções-tampões (nomeadamente carbonatos e fosfatos) na ansiedade humana, que faz com que a respiração seja mais intensa.

Alguém ajuda?

Não estou a perceber a tua pergunta... o que te posso dizer é que a respiração é usada pelo organismo para compensar o pH que tende a ser mantido entre 7.35 e 7.45 em condições ideiais...

... em situações de acidose metabólica a respiração fica mais acelerada para existir maior libertação dos iões H+ (que estão a provocar a acidose), sendo que neste caso os carbonatos (HCO3-) estão reduzidos...

... no fundo é a equação habitual: H+ + HCO3- <==> H2CO3 <==> CO2 + H2O (que é o produto final libertado pela respiração). Se existir um desequilíbrio com acumulação de iões H+ um dos mecanismos de compensação é acelerar o tamponamento com o carbonato HCO3- (porque é básico enquanto o outro, H+, é ácido) que se acumula num processo final em CO2 e H2O e este processo de acumulação leva a um aumento da frequência respiratória para que seja expelido.

Se falarmos em acidose respiratória a coisa é um bocado diferente, mas eu penso que neste caso queres a metabólica. ;) Não sei se foi demasiado confuso, se calhar alguém consegue explicar melhor. ;D


P.S.: Já agora, a respiração em resposta à acidose metabólica chama-se respiração de Kussmaul e é muito típica em situações nos diabéticos do tipo 1 (jovens) quando produzem os chamados corpos cetónicos (ácidos, logo produzem um desequilíbrio com excesso de iões H+ em última análise).
Era isso. Faz assim sentido que se administrem carbonatos de lítio a quem padece de ansiedade

 Muito obrigado!
Era isso. Faz assim sentido que se administrem carbonatos de lítio a quem padece de ansiedade

 Muito obrigado!

Bem, isso é um bocado longshot, mas se pode ser que tenhas razão (não existem impossíveis).

No entanto, a razão médica para se dar carbonatos de lítio é por causa do lítio, não do carbonato, e é na psiquiatria em quem tem doença bipolar, porque o lítio é uma substância que diminui a frequência de crises (maníacas, acima de tudo). O carbonato aqui (Li2CO3) funciona APENAS como tampão para a solução, porque não se dá Lítio na sua forma "unbound" (acho que isso é fisicamente impossível).

Quando alguém tem alguma acidose metabólica geralmente dá-se bicarbonato que só contém o carbonato em si. Havia de ser bonito dar lítio também, destrambelhava a pessoa toda! ;D
« Última modificação: Janeiro 10, 2012, 14:36 pm por Paracelsus »
Fantástico! E pode ser o filme mais pequeno do mundo, mas representa um investimento de milhares de milhões de dólares!
Brilhante:

A Boy And His Atom: The World's Smallest Movie

Brilhante mas o título é enganador já que são moléculas de monóxido de carbono e não átomos.