Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 25, 2014, 23:53

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2011 Tópico:

[Eleições SCP 2011] Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: [1] Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: [Eleições SCP 2011] Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes (Lida 705 vezes)

[Eleições SCP 2011] Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « em: Fevereiro 22, 2011, 10:47 »



*
Júnior

Mensagens: 1562
Idade: 47
Localidade: Lisboa
Masculino


Postei no tópico de Paulo Sérgio, a seguinte mensagem:

"Está tudo dito. É inconcebível mantermos o forcado por mais um dia que seja. Se o problema são razões de natureza financeira, ainda mais justificada fica a rescisão com este mentecapto. Senão vejamos, o orçamento anual para o futebol são 30 milhões de euros. PL já conseguiu depreciar o valor da equipa em vários milhões, e corremos o risco de ainda piorar o cenário. Será assim tão gravoso largar 500 mil euros para o mandar embora? Eu até organizo uma colecta, e, de certeza que chegamos a esse valor para o vermos bem longe. E assim, até dia 26 Março, nem me importava que lá ficasse o Lima, ou o Couceiro a orientar o plantel. Agora, gramar este gajo até lá, irá representar um lento caminhar para o abismo. Basta! Corram com ele de uma vez por todas."

Ora, o que me move a abrir este novo tópico, circunscreve-se a uma questão pertinente em período pré-eleitoral, Paulo Sérgio. É por demais evidente, que nenhum dos candidatos irá manter este treinador, razão pela qual, não faz sentido a sua manutenção, até por que já percebeu que o seu lugar se encontra a prazo. Posto isto, se a sua competência já era colocada em causa, muito mais, nas presentes circunstâncias, o é. Urge, pois, uma rescisão unilateral com P.L., uma vez que o próprio não consegue enxergar o óbvio (como o fez o treinador da Académica), porque até por razões de ordem financeira, será menos penalizadora o seu afastamento de Alvalade - se "conseguirmos" passar o Glasgow Rangers ainda temos algo a ganhar. Estou em crer, até, que não consigamos algum resultado positivo na Liga enquanto PL se mantiver ao leme, pelo que, a possibilidade de o clube desabar até 26 de Março, é uma realidade cada vez mais possível. Assim sendo, o cenário de devastação económico e desportivo, pode assumir proporções inimagináveis e irreverssiveis.  Neste contexto, e com todos os defeitos que possa ter, creio que não ficariamos pior servidos, caso Couceiro assumisse o comando da equipa até a nova direcção contratar novo treinador. Mas nestes moldes é que não poderemos continuar. É absolutamente imperiosa a assunção de uma medida radical (as chicotadas muitas das vezes funcionam como um tónico para os jogadores). Por isso, sugiro a todos que se organize um grupo de pressão, suficientemente numeroso, para acabar com esta vergonha a que temos sido sujeitos de forma continuada. Não podemos esperar mais um mês a assistir a esta lenta agonia a que o clube se sujeitou. Não podemos continuar a comportarmo-nos como verdadeiros cordeirinhos prontos para o sacrifício. Os que me lêem, sabem que sempre pautei os meus comentários por uma linguagem apaziguadora, portanto não estou aqui a sugerir manifestações como as que têm acontecido no mundo Árabe. Mas alguma coisa tem que ser feita! No estádio, na Academia, na CS. JEB, PL têm que perceber, de uma vez por todas, que este ciclo terminou. Têm que sentir na pele o descontentamento dos associados.
BASTA! ACABOU!
NÃO DEIXEMOS MORRER O NOSSO SPORTING

« Última modificação: Maio 11, 2011, 10:49 por Rui Sampaio » Registado


Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #1 em: Fevereiro 23, 2011, 21:06 »



*

Condecorações:Treinador de Bancada 2013Treinador de Bancada 2012Treinador de Bancada 2011


Mensagens: 9852
Idade: 38
Masculino


Ora, o que me move a abrir este novo tópico, circunscreve-se a uma questão pertinente em período pré-eleitoral, Paulo Sérgio. É por demais evidente, que nenhum dos candidatos irá manter este treinador, razão pela qual, não faz sentido a sua manutenção, até por que já percebeu que o seu lugar se encontra a prazo. Posto isto, se a sua competência já era colocada em causa, muito mais, nas presentes circunstâncias, o é. Urge, pois, uma rescisão unilateral com P.L., uma vez que o próprio não consegue enxergar o óbvio (como o fez o treinador da Académica), porque até por razões de ordem financeira, será menos penalizadora o seu afastamento de Alvalade - se "conseguirmos" passar o Glasgow Rangers ainda temos algo a ganhar. Estou em crer, até, que não consigamos algum resultado positivo na Liga enquanto PL se mantiver ao leme, pelo que, a possibilidade de o clube desabar até 26 de Março, é uma realidade cada vez mais possível. Assim sendo, o cenário de devastação económico e desportivo, pode assumir proporções inimagináveis e irreverssiveis.  Neste contexto, e com todos os defeitos que possa ter, creio que não ficariamos pior servidos, caso Couceiro assumisse o comando da equipa até a nova direcção contratar novo treinador. Mas nestes moldes é que não poderemos continuar. É absolutamente imperiosa a assunção de uma medida radical (as chicotadas muitas das vezes funcionam como um tónico para os jogadores). Por isso, sugiro a todos que se organize um grupo de pressão, suficientemente numeroso, para acabar com esta vergonha a que temos sido sujeitos de forma continuada. Não podemos esperar mais um mês a assistir a esta lenta agonia a que o clube se sujeitou. Não podemos continuar a comportarmo-nos como verdadeiros cordeirinhos prontos para o sacrifício. Os que me lêem, sabem que sempre pautei os meus comentários por uma linguagem apaziguadora, portanto não estou aqui a sugerir manifestações como as que têm acontecido no mundo Árabe. Mas alguma coisa tem que ser feita! No estádio, na Academia, na CS. JEB, PL têm que perceber, de uma vez por todas, que este ciclo terminou. Têm que sentir na pele o descontentamento dos associados.
BASTA! ACABOU!
NÃO DEIXEMOS MORRER O NOSSO SPORTING





Agora? Agora é que vamos com grupos de pressão dizer que o sr. treinador tem de ir para a rua?

Agora é tarde. Isso só vem com largos meses de atraso. E já sei, podem sempre dizer: pois, agora estás com desculpas. Mas não. Eu estou-me é a borrifar para quem fica até 26 de Março. Porque não acredito que mesmo mudando o timoneiro, o novo tenha tempo para seja o que for. Além disso, o meu Sporting, a minha ideia de Sporting, não despede treinadores para salvar terceiros lugares. Contrata treinadores para primeiros lugares.

O Sporting pode sempre contar com a minha ajuda no que precisar. Mas olha que sei por conta própria o que é emitir opiniões no Sporting. Nós temos a mania de que somos muito diferentes, mas temos muito ovelha que segue o que o rebanho diz. E que não percebe a diferença entre a bola e a baliza.  também posso dizer que sei bem o que é andar a ouvir bocas de sócios por ter razão. Posso dizer que até já fui insultado nas bancadas por causa de defender o Acosta. Depois, de repente, já todos o defendiam. Também me fartei de ouvir (neste caso não nas bancadas, mas em conversas com outros sócios e adeptos) por dizer que tínhamos sido burros com o Mourinho. Sabes o que é que eu aprendi: que não vale a pena. Até em relação ao treinador: em Agosto andava tudo satisfeito com o homem! Batiam palmas ao "discurso". Agora têm o que merecem! O grupo de pressão devia ter sido antes dele vir. Agora é tarde. Perdemos tudo!

Quando criares um grupo de apoio à escolha de um treinador para ser campeão, que possa discutir nomes e currículos conta comigo para o que souber e puder! De contrário deixa andar, pode ser que "O Tribunal de Alvalade" aprenda. Mas olha que já anda há muitos anos para aprender.

Ah, e não partas do pressuposto que Paulo Sérgio não continuará. Ambos temos idade para saber que "essas" coisas acontecem no nosso Clube. Mas os sócios é que sabem, até porque eu acredito em Democracia. Mesmo por muito má ou destruidora que seja. Como tem sido para nós.


Já agora, percebo que queres despedir o treinador... mas quem é o PL, que também tem de perceber isso tudo?
Registado

“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #2 em: Fevereiro 23, 2011, 21:22 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 24820
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


Paulo Lérgio.
Registado

Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #3 em: Fevereiro 23, 2011, 21:24 »



*
Veterano

Mensagens: 11729
Idade: 43
Localidade: Linda-a-Velha
Masculino


Registado

Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #4 em: Fevereiro 23, 2011, 21:28 »


On a steel horse I ride


*

Condecorações:Membro do Ano 2012Membro do ano 2011


Mensagens: 24820
Localidade: VILA NOVA GAIA
Masculino


Smiley
Registado

Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #5 em: Fevereiro 23, 2011, 21:28 »



*

Condecorações:Treinador de Bancada 2013Treinador de Bancada 2012Treinador de Bancada 2011


Mensagens: 9852
Idade: 38
Masculino



Já percebi! Duas personalidades, a mesma pessoa, zero know-how futebolístico igual a zero!

Obrigado aos dois!  Positivo!
Registado

“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #6 em: Fevereiro 24, 2011, 10:14 »



*
Júnior

Mensagens: 1562
Idade: 47
Localidade: Lisboa
Masculino


Ora, o que me move a abrir este novo tópico, circunscreve-se a uma questão pertinente em período pré-eleitoral, Paulo Sérgio. É por demais evidente, que nenhum dos candidatos irá manter este treinador, razão pela qual, não faz sentido a sua manutenção, até por que já percebeu que o seu lugar se encontra a prazo. Posto isto, se a sua competência já era colocada em causa, muito mais, nas presentes circunstâncias, o é. Urge, pois, uma rescisão unilateral com P.L., uma vez que o próprio não consegue enxergar o óbvio (como o fez o treinador da Académica), porque até por razões de ordem financeira, será menos penalizadora o seu afastamento de Alvalade - se "conseguirmos" passar o Glasgow Rangers ainda temos algo a ganhar. Estou em crer, até, que não consigamos algum resultado positivo na Liga enquanto PL se mantiver ao leme, pelo que, a possibilidade de o clube desabar até 26 de Março, é uma realidade cada vez mais possível. Assim sendo, o cenário de devastação económico e desportivo, pode assumir proporções inimagináveis e irreverssiveis.  Neste contexto, e com todos os defeitos que possa ter, creio que não ficariamos pior servidos, caso Couceiro assumisse o comando da equipa até a nova direcção contratar novo treinador. Mas nestes moldes é que não poderemos continuar. É absolutamente imperiosa a assunção de uma medida radical (as chicotadas muitas das vezes funcionam como um tónico para os jogadores). Por isso, sugiro a todos que se organize um grupo de pressão, suficientemente numeroso, para acabar com esta vergonha a que temos sido sujeitos de forma continuada. Não podemos esperar mais um mês a assistir a esta lenta agonia a que o clube se sujeitou. Não podemos continuar a comportarmo-nos como verdadeiros cordeirinhos prontos para o sacrifício. Os que me lêem, sabem que sempre pautei os meus comentários por uma linguagem apaziguadora, portanto não estou aqui a sugerir manifestações como as que têm acontecido no mundo Árabe. Mas alguma coisa tem que ser feita! No estádio, na Academia, na CS. JEB, PL têm que perceber, de uma vez por todas, que este ciclo terminou. Têm que sentir na pele o descontentamento dos associados.
BASTA! ACABOU!
NÃO DEIXEMOS MORRER O NOSSO SPORTING





Agora? Agora é que vamos com grupos de pressão dizer que o sr. treinador tem de ir para a rua?

Agora é tarde. Isso só vem com largos meses de atraso. E já sei, podem sempre dizer: pois, agora estás com desculpas. Mas não. Eu estou-me é a borrifar para quem fica até 26 de Março. Porque não acredito que mesmo mudando o timoneiro, o novo tenha tempo para seja o que for. Além disso, o meu Sporting, a minha ideia de Sporting, não despede treinadores para salvar terceiros lugares. Contrata treinadores para primeiros lugares.

O Sporting pode sempre contar com a minha ajuda no que precisar. Mas olha que sei por conta própria o que é emitir opiniões no Sporting. Nós temos a mania de que somos muito diferentes, mas temos muito ovelha que segue o que o rebanho diz. E que não percebe a diferença entre a bola e a baliza.  também posso dizer que sei bem o que é andar a ouvir bocas de sócios por ter razão. Posso dizer que até já fui insultado nas bancadas por causa de defender o Acosta. Depois, de repente, já todos o defendiam. Também me fartei de ouvir (neste caso não nas bancadas, mas em conversas com outros sócios e adeptos) por dizer que tínhamos sido burros com o Mourinho. Sabes o que é que eu aprendi: que não vale a pena. Até em relação ao treinador: em Agosto andava tudo satisfeito com o homem! Batiam palmas ao "discurso". Agora têm o que merecem! O grupo de pressão devia ter sido antes dele vir. Agora é tarde. Perdemos tudo!

Quando criares um grupo de apoio à escolha de um treinador para ser campeão, que possa discutir nomes e currículos conta comigo para o que souber e puder! De contrário deixa andar, pode ser que "O Tribunal de Alvalade" aprenda. Mas olha que já anda há muitos anos para aprender.

Ah, e não partas do pressuposto que Paulo Sérgio não continuará. Ambos temos idade para saber que "essas" coisas acontecem no nosso Clube. Mas os sócios é que sabem, até porque eu acredito em Democracia. Mesmo por muito má ou destruidora que seja. Como tem sido para nós.


Já agora, percebo que queres despedir o treinador... mas quem é o PL, que também tem de perceber isso tudo?

Bom, caro amigo, a questão do PL, já aqui foi referida, por um problema de desconfiguração do teclado (entretanto resolvido) "saltando" um L em vez de um S.
Mas voltando ao que aqui nos traz. Relembro, para os que possam estar mais esquecidos, que ao seu tempo, e quando ainda muito tinhamos a ganhar, e o cenário de uma profunda depressão futebolistica se avizinhava, escrevi umas breves palavras aqui:
http://www.forumscp.com/index.php?topic=27456.0

Portanto, não concordo quando afirmas que "cheguei" tarde para fazer este tipo de apelos. O que já à época era evidente (há quase 4 meses) é que a solução PS estava esgotada, e que a insistência na sua manutênção poderia trazer efeitos irreverssiveis e inusitados. Bem... digamos que não errei, e o cenário actual é perfeitamente catastrófico e caótico. A equipa encontra-se a 23 pontos do primeiro lugar (no fim veremos até onde poderemos chegar); não temos garantido um lugar nas competições europeias na próxima época; vai ser necessário acender um velinha à Nª Senhora dos Aflitos para prosseguirmos na Liga Europa; fomos eliminados da Taça de Portugal; temos três vitórias em casa para a Liga; o valor dos passes dos jogadores caiu a pique; no meio deste embrulho, temos uma direcção demissionária.
Posto isto, acho que o efeito devastador PS já terá sido mais que suficiente para darmos 500 mil euros ao homem, e encontrarmos uma solução de recurso, que, como aqui já disse, até poderia passar por Couceiro ou o Lima. Garantidamente, nenhum dos dois faria pior que PS. É mais do que evidente que o forcado, coitado, faz o que pode. Mas o problema é que o que pode, é muito pouco, quer por inabilidade, quer por falta de competências, quer por uma confrangedora leitura de jogo, quer por erros sucessivos de posicionamento de jogadores. Dizia, e muito bem, um comentador outro dia na televisão, que PS, passados 8 meses, continua em pré-época. Ora, isto é absolutamente inaceitável, e qualquer treinador minimamente inteligente, já teria uma equipa tipo (boa ou má isso é outra conversa), e logicamente, haveria uma estabilidade, um fio de jogo, algo que fosse palpável.
Voltando ao que escrevi meses atrás. Confesso-te que foi com muita pena que constatei a fraquissima adesão ao meu apelo, o que denota o estado de letargia em que se encontra o universo leonino. Até nisso temos que ser considerados diferente, tal como os nossos dirigentes, uma élite da treta, polida, nada dada a confrontos de opiniões, e muito menos a manifestações de desagrado. Como dizem alguns amigos orcs, um bando de mansos, tótós e cordeirinhos. E por assim sermos, temo o pior no que às eleições diz respeito...
Registado
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #7 em: Fevereiro 24, 2011, 10:21 »



*
Sénior

Mensagens: 4691
Idade: 33
Localidade: Lisboa
Masculino


Paulo Sérgio após as eleições só tem de fazer uma coisa, colocar o seu lugar à disposição.

Caso não o faça, terá de ser coagido moralmente a demitir-se por parte do novo Presidente.

O Couceiro só terá de sair ao abrigo do seu período experimental, sendo um quadro superior o mesmo é de 240 dias.
Registado

"Reforçamos ainda a solução que temos vindo a defender para a sustentabilidade do Clube:
a)   O afastamento do Clube de todos os dirigentes envolvidos no “Projecto Roquette” e com responsabilidades na gravíssima situação actual, apuradas após a realização de uma verdadeira auditoria de gestão. Pedido de indemnização cível pelos danos causados ao Sporting Clube de Portugal;
b)    A renegociação firme, corajosa e realista da dívida bancária, de forma a reduzir drasticamente os encargos financeiros anuais; 
c)    A redução drástica dos custos com pessoal, como ponto de partida para que se alcance o equilíbrio da exploração operacional. Se analisarmos as últimas épocas, bem como o descalabro no balanço entre contratações e vendas de jogadores, facilmente verificamos duas realidades: (i) maior investimento não tem sido sinónimo de maior rendimento desportivo, (ii) os maiores encaixes financeiros com venda de jogadores foram com jogadores formados no Clube, e não com jogadores adquiridos pelas administrações e gestores de activos profissionais da SAD."
 - Candidatura Independente ao Conselho Fiscal e Disciplinar
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #8 em: Fevereiro 24, 2011, 11:14 »



*

Mensagens: 3647


Discordo completeamente da saída do treinador nesta altura, precisamente por estarmos em período pré-eleitoral.
Faz tanto sentido a direcção despedir/convidar o treinador a sair nesta altura como fez vender o melhor marcador da última década nos últimos dias do mercado de Janeiro: uma direcção demissionária deve encarregar-se de actos de gestão corrente. Substituir membros da equipa de futebol não se enquadra nessa categoria.

E depois, como seria? Ter um treinador interino durante mês e meio? Contratar um novo e impedir a próxima direcção de fazer um planeamento adequado? O Sporting está numa crise profunda. Não inventemos mais problemas para deitar mais achas para a fogueira.
Registado
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #9 em: Fevereiro 24, 2011, 11:40 »



*

Condecorações:Treinador de Bancada 2013Treinador de Bancada 2012Treinador de Bancada 2011


Mensagens: 9852
Idade: 38
Masculino


Bom, caro amigo, a questão do PL, já aqui foi referida, por um problema de desconfiguração do teclado (entretanto resolvido) "saltando" um L em vez de um S.

Eu percebi que algo se passava. A intenção não era de gozo, mas sim de incluir algum humor (eu tenho um humor estranho, já sei...). Nestes tempos que correm, e em relação ao Sporting, eu tento sempre incluir uma nota de humor nas coisas. Não consigo grandes resultados (falo de eu próprio rir em relação a algo), mas como me tenho por tipo que gosta de rir, se não for fazendo estas tentativas, no momento actual, só resta mesmo cortar os pulsos, o que não é, de todo, uma opção. POrtanto, não leves a mal tal situação!


Mas voltando ao que aqui nos traz. Relembro, para os que possam estar mais esquecidos, que ao seu tempo, e quando ainda muito tinhamos a ganhar, e o cenário de uma profunda depressão futebolistica se avizinhava, escrevi umas breves palavras aqui:
http://www.forumscp.com/index.php?topic=27456.0

Recordo-me perfeitamente de tal.


Portanto, não concordo quando afirmas que "cheguei" tarde para fazer este tipo de apelos. O que já à época era evidente (há quase 4 meses) é que a solução PS estava esgotada, e que a insistência na sua manutênção poderia trazer efeitos irreverssiveis e inusitados. Bem... digamos que não errei, e o cenário actual é perfeitamente catastrófico e caótico. A equipa encontra-se a 23 pontos do primeiro lugar (no fim veremos até onde poderemos chegar); não temos garantido um lugar nas competições europeias na próxima época; vai ser necessário acender um velinha à Nª Senhora dos Aflitos para prosseguirmos na Liga Europa; fomos eliminados da Taça de Portugal; temos três vitórias em casa para a Liga; o valor dos passes dos jogadores caiu a pique; no meio deste embrulho, temos uma direcção demissionária.
Posto isto, acho que o efeito devastador PS já terá sido mais que suficiente para darmos 500 mil euros ao homem, e encontrarmos uma solução de recurso, que, como aqui já disse, até poderia passar por Couceiro ou o Lima. Garantidamente, nenhum dos dois faria pior que PS. É mais do que evidente que o forcado, coitado, faz o que pode. Mas o problema é que o que pode, é muito pouco, quer por inabilidade, quer por falta de competências, quer por uma confrangedora leitura de jogo, quer por erros sucessivos de posicionamento de jogadores. Dizia, e muito bem, um comentador outro dia na televisão, que PS, passados 8 meses, continua em pré-época. Ora, isto é absolutamente inaceitável, e qualquer treinador minimamente inteligente, já teria uma equipa tipo (boa ou má isso é outra conversa), e logicamente, haveria uma estabilidade, um fio de jogo, algo que fosse palpável.

Vamos por partes:

Há 4 meses trás já era tarde. Para mim, tais iniciativas deveriam ocorrer quando se falou no nome do treinador. Lembro o que sucedeu com Mourinho. Na altura, foi uma posição completamente errada por parte dos sócios/simpatizantes. Mas teve o efeito que pretenderam. E Mourinho não veio. Porque quem analisa o percurso e quem viu as equipas de P. S. (e não falo de uma análise profunda ou que recorra a um know-how avassalador do fenómeno futebol, bastava sentar-se ao sofá e ver um qualquer jogo do Guimarães) podia perfeitamente concluir que era este o destino. Se até eu concluía isso, todos (ou quase todos, pois alguns não têm tempo para ver o Guimarães) o poderiam ter concluído! Estava lá. Era certinho! E muitos o fizeram, basta ir às primeiras páginas do tópico sobre o treinador. ena alguns terem mudado de opinião e terem ficados deslumbrados com um discurso vazio e com uma pré-época perfeitamente banal, pois temos de ver os jogos à luz do que é uma pré-época de clubes ingleses e franceses.

Mas essa é a primeira parte. Depois há que dizer, e repito o que já disse, neste momento estou-me a borrifar para quem está lá até 26 de Março. Preocupa-me é o que acontece a 27. Digo-o já: acho que o futuro treinador tem de entrar já. A menos que seja alguém que esteja em funções, não há qualquer desculpa para não entrar já. Aliás, as eleições deveriam ser antes, para que a preparação fosse atempada. Já o disse em relação a estas eleições e já o tinha dito em relação às anteriores. Mas concordo, no futebol não há data perfeita para mudar de Direcção. Mesmo que tudo esteja organizado. Muito menos quando não está, pois em relação ao mercado, o tempo não pára. Mas tem de acontecer, e temos de lidar o melhor possível com a situação. Solução transitória? Lima? Não! Não concordo. Lima tem o seu trabalho e está num momento importante. Puxá-lo para os seniores seria contraproducente, pois os seniores estão arrumados e os juniores poderiam sofrer com o facto. Couceiro? Não vejo nele melhoria no trabalho técnico ou táctico. Outro? Isso é deitar dinheiro fora. Para mim, a época acabou. Não acredito em Liga Europa ou Taça da Liga. Manter o 3º lugar? Bem, só discutir tal dá-me comichão. Mas concordo que é a realidade. Sejamos honestos: daqui até 26 de Março temos 4 jogos para a Liga Zon Sagres. Pelo meio Liga Europa (já) e Taça da Liga. Só a partir de 6 de Março é que novo treinador teria tempo para trabalhar aspectos tácticos. Até lá são sopas e descanso, não há tempo. Seria só pelo choque, pelo abanão na equipa? Duvido que tivesse grandes resultados. Até porque a equipa está (aparentemente e na sua maioria) com o treinador (imagino a falta de exigência que há naqueles treinos, não fazem nada e o treinador é um porreiro). Portanto, não vejo grande lógica.

Ah, não concordo que o forcado faça o que pode. Nem sequer o mínimo exigível. Mesmo concordando que tem pouca competência, qualquer um que tenha experiência em treino diário faz melhor.

Para finalizar: não acredito que ele saia pelo pé nem que o despeçam. Ele já teve milhares a mandá-lo para o c@r[coiso]. E não saiu. Já um presidente se demitiu e ele ficou. Já despediram um director, e ele ficou. Nenhuma marcha silenciosa funcionará. Nem sequer ruidosa. Há revoluções que não podem ser feitas com cravos. Por muito que me doa dizer isto. Mas como não sou adepto de tal postura, e por tudo o que disse anteriormente, espero até 26. A 27 falamos!


Voltando ao que escrevi meses atrás. Confesso-te que foi com muita pena que constatei a fraquissima adesão ao meu apelo, o que denota o estado de letargia em que se encontra o universo leonino. Até nisso temos que ser considerados diferente, tal como os nossos dirigentes, uma élite da treta, polida, nada dada a confrontos de opiniões, e muito menos a manifestações de desagrado. Como dizem alguns amigos orcs, um bando de mansos, tótós e cordeirinhos. E por assim sermos, temo o pior no que às eleições diz respeito...

Bem, a letargia não é no Universo Leonino. É em todo o lado. Olha, eu há alguns anos atrás (já me parece uma eternidade) desde os meus 16/17 até ao meio dos vintes, participava em associativismo. Nada de partidos políticos ou greves de estudantes. Participava em associações, assembleias, comissões, etc. Tanto a nível estudantil, como na comunidade. Fartei-em de, com outros, partir pedra. Sabes o que me diziam? "Vai lá, faz isso, estamos contigo, apoiamo-vos". E eu perguntava: " Então e tu, também vens connosco?" "Também assinas?" "Também fazes?"... Já adivinhaste a resposta certo? O sofá é porreiro. Manter o não alinhamento, até porque me posso lixar é mais fácil. Cheguei a um ponto que lancei cá dentro da cabeça um sonora "Olha, vão-se ... [pronto, meto aqui um inocente "encher de moscas"]". Compreendo perfeitamente o que escreves aí. Ter-me-ei transformado num deles. Se calhar... Olha, falamos a 28 de Março!
Registado

“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #10 em: Fevereiro 24, 2011, 12:00 »



*
Júnior

Mensagens: 1562
Idade: 47
Localidade: Lisboa
Masculino


Discordo completeamente da saída do treinador nesta altura, precisamente por estarmos em período pré-eleitoral.
Faz tanto sentido a direcção despedir/convidar o treinador a sair nesta altura como fez vender o melhor marcador da última década nos últimos dias do mercado de Janeiro: uma direcção demissionária deve encarregar-se de actos de gestão corrente. Substituir membros da equipa de futebol não se enquadra nessa categoria.

E depois, como seria? Ter um treinador interino durante mês e meio? Contratar um novo e impedir a próxima direcção de fazer um planeamento adequado? O Sporting está numa crise profunda. Não inventemos mais problemas para deitar mais achas para a fogueira.

É a tua opinião, legitima, que vou respeitar. Continuo a defender a solução interna, que expressei no meu post. Não creio que despedir PS configure deitar mais achas para a fogueira. Muito pelo contrário. A sua manutenção pode desencadear uma "revolução de Jasmin", com o avolumar de resultados negativos. E, ao que saiba, ainda não vivo no Médio-Oriente, e muito me desagradaria assistir a movimentos populares com claro pendor violento. Se acontecerem mais dois resultados negativos até às eleições, não tenhamos dúvidas que tal irá suceder, porque facilmente alguns associados passam do 8 para o 80. Portanto, faz todo o sentido adoptar uma medida unilateral. Poderiamos nada ganhar no campo desportivo, mas seguramente viveriamos na tranquilidade de algo ter sido feito.
Registado
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #11 em: Fevereiro 24, 2011, 12:05 »



*
Júnior

Mensagens: 1562
Idade: 47
Localidade: Lisboa
Masculino


Bom, caro amigo, a questão do PL, já aqui foi referida, por um problema de desconfiguração do teclado (entretanto resolvido) "saltando" um L em vez de um S.

Eu percebi que algo se passava. A intenção não era de gozo, mas sim de incluir algum humor (eu tenho um humor estranho, já sei...). Nestes tempos que correm, e em relação ao Sporting, eu tento sempre incluir uma nota de humor nas coisas. Não consigo grandes resultados (falo de eu próprio rir em relação a algo), mas como me tenho por tipo que gosta de rir, se não for fazendo estas tentativas, no momento actual, só resta mesmo cortar os pulsos, o que não é, de todo, uma opção. POrtanto, não leves a mal tal situação!


Mas voltando ao que aqui nos traz. Relembro, para os que possam estar mais esquecidos, que ao seu tempo, e quando ainda muito tinhamos a ganhar, e o cenário de uma profunda depressão futebolistica se avizinhava, escrevi umas breves palavras aqui:
http://www.forumscp.com/index.php?topic=27456.0

Recordo-me perfeitamente de tal.


Portanto, não concordo quando afirmas que "cheguei" tarde para fazer este tipo de apelos. O que já à época era evidente (há quase 4 meses) é que a solução PS estava esgotada, e que a insistência na sua manutênção poderia trazer efeitos irreverssiveis e inusitados. Bem... digamos que não errei, e o cenário actual é perfeitamente catastrófico e caótico. A equipa encontra-se a 23 pontos do primeiro lugar (no fim veremos até onde poderemos chegar); não temos garantido um lugar nas competições europeias na próxima época; vai ser necessário acender um velinha à Nª Senhora dos Aflitos para prosseguirmos na Liga Europa; fomos eliminados da Taça de Portugal; temos três vitórias em casa para a Liga; o valor dos passes dos jogadores caiu a pique; no meio deste embrulho, temos uma direcção demissionária.
Posto isto, acho que o efeito devastador PS já terá sido mais que suficiente para darmos 500 mil euros ao homem, e encontrarmos uma solução de recurso, que, como aqui já disse, até poderia passar por Couceiro ou o Lima. Garantidamente, nenhum dos dois faria pior que PS. É mais do que evidente que o forcado, coitado, faz o que pode. Mas o problema é que o que pode, é muito pouco, quer por inabilidade, quer por falta de competências, quer por uma confrangedora leitura de jogo, quer por erros sucessivos de posicionamento de jogadores. Dizia, e muito bem, um comentador outro dia na televisão, que PS, passados 8 meses, continua em pré-época. Ora, isto é absolutamente inaceitável, e qualquer treinador minimamente inteligente, já teria uma equipa tipo (boa ou má isso é outra conversa), e logicamente, haveria uma estabilidade, um fio de jogo, algo que fosse palpável.

Vamos por partes:

Há 4 meses trás já era tarde. Para mim, tais iniciativas deveriam ocorrer quando se falou no nome do treinador. Lembro o que sucedeu com Mourinho. Na altura, foi uma posição completamente errada por parte dos sócios/simpatizantes. Mas teve o efeito que pretenderam. E Mourinho não veio. Porque quem analisa o percurso e quem viu as equipas de P. S. (e não falo de uma análise profunda ou que recorra a um know-how avassalador do fenómeno futebol, bastava sentar-se ao sofá e ver um qualquer jogo do Guimarães) podia perfeitamente concluir que era este o destino. Se até eu concluía isso, todos (ou quase todos, pois alguns não têm tempo para ver o Guimarães) o poderiam ter concluído! Estava lá. Era certinho! E muitos o fizeram, basta ir às primeiras páginas do tópico sobre o treinador. ena alguns terem mudado de opinião e terem ficados deslumbrados com um discurso vazio e com uma pré-época perfeitamente banal, pois temos de ver os jogos à luz do que é uma pré-época de clubes ingleses e franceses.

Mas essa é a primeira parte. Depois há que dizer, e repito o que já disse, neste momento estou-me a borrifar para quem está lá até 26 de Março. Preocupa-me é o que acontece a 27. Digo-o já: acho que o futuro treinador tem de entrar já. A menos que seja alguém que esteja em funções, não há qualquer desculpa para não entrar já. Aliás, as eleições deveriam ser antes, para que a preparação fosse atempada. Já o disse em relação a estas eleições e já o tinha dito em relação às anteriores. Mas concordo, no futebol não há data perfeita para mudar de Direcção. Mesmo que tudo esteja organizado. Muito menos quando não está, pois em relação ao mercado, o tempo não pára. Mas tem de acontecer, e temos de lidar o melhor possível com a situação. Solução transitória? Lima? Não! Não concordo. Lima tem o seu trabalho e está num momento importante. Puxá-lo para os seniores seria contraproducente, pois os seniores estão arrumados e os juniores poderiam sofrer com o facto. Couceiro? Não vejo nele melhoria no trabalho técnico ou táctico. Outro? Isso é deitar dinheiro fora. Para mim, a época acabou. Não acredito em Liga Europa ou Taça da Liga. Manter o 3º lugar? Bem, só discutir tal dá-me comichão. Mas concordo que é a realidade. Sejamos honestos: daqui até 26 de Março temos 4 jogos para a Liga Zon Sagres. Pelo meio Liga Europa (já) e Taça da Liga. Só a partir de 6 de Março é que novo treinador teria tempo para trabalhar aspectos tácticos. Até lá são sopas e descanso, não há tempo. Seria só pelo choque, pelo abanão na equipa? Duvido que tivesse grandes resultados. Até porque a equipa está (aparentemente e na sua maioria) com o treinador (imagino a falta de exigência que há naqueles treinos, não fazem nada e o treinador é um porreiro). Portanto, não vejo grande lógica.

Ah, não concordo que o forcado faça o que pode. Nem sequer o mínimo exigível. Mesmo concordando que tem pouca competência, qualquer um que tenha experiência em treino diário faz melhor.

Para finalizar: não acredito que ele saia pelo pé nem que o despeçam. Ele já teve milhares a mandá-lo para o c@r[coiso]. E não saiu. Já um presidente se demitiu e ele ficou. Já despediram um director, e ele ficou. Nenhuma marcha silenciosa funcionará. Nem sequer ruidosa. Há revoluções que não podem ser feitas com cravos. Por muito que me doa dizer isto. Mas como não sou adepto de tal postura, e por tudo o que disse anteriormente, espero até 26. A 27 falamos!


Voltando ao que escrevi meses atrás. Confesso-te que foi com muita pena que constatei a fraquissima adesão ao meu apelo, o que denota o estado de letargia em que se encontra o universo leonino. Até nisso temos que ser considerados diferente, tal como os nossos dirigentes, uma élite da treta, polida, nada dada a confrontos de opiniões, e muito menos a manifestações de desagrado. Como dizem alguns amigos orcs, um bando de mansos, tótós e cordeirinhos. E por assim sermos, temo o pior no que às eleições diz respeito...

Bem, a letargia não é no Universo Leonino. É em todo o lado. Olha, eu há alguns anos atrás (já me parece uma eternidade) desde os meus 16/17 até ao meio dos vintes, participava em associativismo. Nada de partidos políticos ou greves de estudantes. Participava em associações, assembleias, comissões, etc. Tanto a nível estudantil, como na comunidade. Fartei-em de, com outros, partir pedra. Sabes o que me diziam? "Vai lá, faz isso, estamos contigo, apoiamo-vos". E eu perguntava: " Então e tu, também vens connosco?" "Também assinas?" "Também fazes?"... Já adivinhaste a resposta certo? O sofá é porreiro. Manter o não alinhamento, até porque me posso lixar é mais fácil. Cheguei a um ponto que lancei cá dentro da cabeça um sonora "Olha, vão-se ... [pronto, meto aqui um inocente "encher de moscas"]". Compreendo perfeitamente o que escreves aí. Ter-me-ei transformado num deles. Se calhar... Olha, falamos a 28 de Março!

Ok Ravanelli. Cá estaremos dia 28 para conversar mais um pouco...certamente "mais aliviados" por já não termos compromissos para a Liga Europa, nem para a Taça da Liga, e, quem sabe, a 30 pontos do 1º llugar.
Registado
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #12 em: Fevereiro 24, 2011, 21:52 »



*
Júnior

Mensagens: 1562
Idade: 47
Localidade: Lisboa
Masculino


Discordo completeamente da saída do treinador nesta altura, precisamente por estarmos em período pré-eleitoral.
Faz tanto sentido a direcção despedir/convidar o treinador a sair nesta altura como fez vender o melhor marcador da última década nos últimos dias do mercado de Janeiro: uma direcção demissionária deve encarregar-se de actos de gestão corrente. Substituir membros da equipa de futebol não se enquadra nessa categoria.

E depois, como seria? Ter um treinador interino durante mês e meio? Contratar um novo e impedir a próxima direcção de fazer um planeamento adequado? O Sporting está numa crise profunda. Não inventemos mais problemas para deitar mais achas para a fogueira.

É a tua opinião, legitima, que vou respeitar. Continuo a defender a solução interna, que expressei no meu post. Não creio que despedir PS configure deitar mais achas para a fogueira. Muito pelo contrário. A sua manutenção pode desencadear uma "revolução de Jasmin", com o avolumar de resultados negativos. E, ao que saiba, ainda não vivo no Médio-Oriente, e muito me desagradaria assistir a movimentos populares com claro pendor violento. Se acontecerem mais dois resultados negativos até às eleições, não tenhamos dúvidas que tal irá suceder, porque facilmente alguns associados passam do 8 para o 80. Portanto, faz todo o sentido adoptar uma medida unilateral. Poderiamos nada ganhar no campo desportivo, mas seguramente viveriamos na tranquilidade de algo ter sido feito.

E pronto, cá estamos depois de mais uma eliminação aos pés desse colosso chamado Glasgow Rangers. Como escrevi acima, não há a menor dúvida que o clima incendiário está instalado. Não era necessário termos chegado a este ponto. Mas era previsível, e a quantidade de comentários que neste fórum vão sendo colocados, indicia que a casa e o automóvel de PS estarão perante a eminência de serem vandalizados. Como referi, alguns sportinguistas vão passar do 8 ao 80. Tudo isto foi de uma estupidez confrangedora. Estupidez por o Sporting querer manter PS, e burrice por PS estar a colocar, com a sua teimosia, a carreira em causa.
Registado
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #13 em: Fevereiro 24, 2011, 22:43 »



*

Condecorações:Treinador de Bancada 2013Treinador de Bancada 2012Treinador de Bancada 2011


Mensagens: 9852
Idade: 38
Masculino



E pronto, cá estamos depois de mais uma eliminação aos pés desse colosso chamado Glasgow Rangers. Como escrevi acima, não há a menor dúvida que o clima incendiário está instalado. Não era necessário termos chegado a este ponto. Mas era previsível, e a quantidade de comentários que neste fórum vão sendo colocados, indicia que a casa e o automóvel de PS estarão perante a eminência de serem vandalizados. Como referi, alguns sportinguistas vão passar do 8 ao 80. Tudo isto foi de uma estupidez confrangedora. Estupidez por o Sporting querer manter PS, e burrice por PS estar a colocar, com a sua teimosia, a carreira em causa.

Se lhe incendiarem a casa ou o carro, então é que só nos vemos livres dele pagando. E ainda vai pedir indemnização por "danos psicológicos", visto que foi "enganado" e ninguém lhe disse que a equipa tinha de treinar para ganhar jogos. Também ninguém o avisou de que era preciso perceber de futebol, senão tinha arranjado forma de "ajudar mais".

O que foi estupidez foi contratá-lo. Não é dia 24 o problema. O problema foi o dia 21 de Abril de 2010. E não, não era agora que metê-lo na rua ia fazer a diferença. Enquanto pactuarmos com a entrada de [censurado] nunca ganharemos nada. Porque entrará [censurado], que será posta na rua a ganhar balúrdios, sendo substituída por mais [censurado], porque não sabem contratar mais nada e a malta dá sempre o beneficio da dúvida. E por muita ironia que haja sobre um eventual "alívio" em ficar de fora da luta, as coisas continuarão assim.

Se não era necessário chegar a este ponto? Pois não, porque volto a frisar: nunca deveria ter sido contratado! Quem duvidava que havia 99,999 % de probabilidade de as coisas serem assim? Não acharam um bocado "jogar no "euromilhões" com coisas sérias? Agora é que querem correr com ele, metendo um cheque chorudo no bolso? Naaaa. Como disse no outro tópico, metam-no é a treinar o Caneira!
Registado

“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Re: Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes , « Resposta #14 em: Fevereiro 25, 2011, 17:46 »



*
Júnior

Mensagens: 1615
Idade: 108
Localidade: Lx
Masculino

WWW
Anda tudo doente...
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: [1] Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2011 Tópico:

[Eleições SCP 2011] Período Pré-Eleitoral - Medidas urgentes

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade